Você está na página 1de 6

Editora Keimelion Revisores de textos

COMO ELABORAR UM ARTIGO

Jaqueline C. Bueno1

Resumo

Nosso objetivo é detalhar os passos na elaboração de um artigo acadêmico.


Utilizaremos a NBR 6022 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que
estabelece um sistema para a apresentação de um artigo acadêmico. Além de
facilitar a elaboração de um artigo, este sistema confere qualidade na apresentação
do mesmo. Um artigo bem elaborado apresenta o seu conteúdo de forma clara e
objetiva, fazendo com que o entendimento das idéias desenvolvidas se faça
presente.

Palavras-chave: Metodologia Científica. Trabalhos acadêmicos. Artigo.

1 INTRODUÇÃO

Ao longo das atividades acadêmicas, alunos e professores são constantemente


demandados à elaboração de artigos técnico-científicos. Os professores, com muitas
idéias revistas, estudadas e confrontadas, às vezes, fica meio perdido no momento
de elaboração e escrita do artigo. Os alunos por sua vez nos dizem com toda
certeza: estamos totalmente perdidos; como fazer um artigo? Neste sentido iremos
detalhar os passos à elaboração de um artigo acadêmico. Utilizaremos a NBR 6022
da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que estabelece um sistema
para a apresentação de um artigo acadêmico.

1
Professora do Centro de Tecnologia da Informação – SENAI –DF e Professora Adjunto das
faculdades SENAC – DF e Grupo Educacional Fortium — Cursos de MBA, Pós-Graduação e
Graduação. Brasília, 29/06/2010. Jacbueno2410@gmail.com

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245


Editora Keimelion Revisores de textos
2

2 DEFINIÇÕES E ESTRUTURA DO ARTIGO

A NBR 6022 — Informação e documentação — Artigo em publicação periódica


2
científica impressa — Apresentação (2003) define três modalidades de artigos
(2003, p. 2):
1. Artigo científico: [...] apresenta e discute idéias, métodos, técnicas,
processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento;
2. Artigo de revisão: [...] resume, analisa e discute informações já
publicadas;
3. Artigo original: apresenta temas ou abordagens originais.

Verifica-se que as duas primeiras definições são próximas e podem agrupar-se na


definição de “artigos de revisão” enquanto a última definição demarca a produção
original, tais como relatos de pesquisas, estudos de caso etc. Rever as idéias de um
determinado autor, comparando-as com as idéias de outros autores, é um trabalho
de revisão, que exige um trabalho de pesquisa ampla e contextualizada, para se ter
a idéia geral das obras dos autores pesquisados.

A estrutura de um artigo (NBR 6022, 2003, p. 3) é constituída de elementos pré-


textuais, textuais e pós-textuais. Os elementos pré-textuais são constituídos de (a)
título e subtítulo (se houver); (b) autoria; (c) resumo na língua do texto; (d) palavras-
chave na língua do texto. Os elementos textuais constituem-se de (a) introdução;
(b) desenvolvimento; (c) conclusão. Os elementos pós-textuais são constituídos de
(a) título, e subtítulo (se houver) em língua estrangeira; (b) resumo em língua
estrangeira; (c) palavras-chave em língua estrangeira; (d) notas explicativas; (e)
referências; (f) glossário; apêndices; (g) anexos.

Vejamos os significados de alguns elementos:


• resumo: apresentação, em frases seqüenciais, num parágrafo único,
dos pontos relevantes do documento (máximo de 250 palavras). O
resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as
conclusões do documento. A norma que estabelece os requisitos para a
redação de resumos é a NBR 6028 de 2003.

2
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS — ABNT. Normas de documentação.

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245


Editora Keimelion Revisores de textos
3

• palavras-chave: palavras representativas do conteúdo do documento.


Devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão
Palavra-chave, separadas entre si por ponto. Exemplo: Palavras-chave:
Referências. Documentação.
• notas explicativas: notas usadas para comentários que não foram
incluídos no texto.
• referências: conjunto de elementos padronizados pela NBR 6023 de
2002.
• glossário: lista, em ordem alfabética, dos principais conceitos utilizados
no texto.
• apêndices: texto ou documento elaborado pelo autor, a fim de
complementar sua argumentação.
• anexos: texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de
fundamentação, comprovação e ilustração.

3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO

Inicialmente, devemos consultar a NBR 14.724 (2005) para a configuração geral do


documento. Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4 (21 cm
x 29,7 cm). As margens devem ter as seguintes medidas: esquerda e superior = 3
cm; direita e inferior = 2 cm. O tamanho da fonte indicada é o tamanho 12; utiliza-se
de uma fonte menor nas citações acima de 3 linhas e nas notas de rodapé. Todo o
texto deve ser digitado com espaço 1,5 entrelinhas, excetuando-se as citações de
mais de três linhas, notas de rodapé e referências. Nestes casos usamos
espaçamento simples, entrelinhas.

Os títulos das seções são destacados gradativamente, utilizando-se os recursos de


negrito, itálico, caixa alta, grifo etc. O título e o subtítulo devem estar separados por
dois pontos. Os títulos são acompanhados pelo indicador numérico. Não se utilizam
ponto, hífen, travessão ou qualquer sinal após o indicativo de seção ou de seu título
(NBR 6024, 2003, p. 2). Os títulos sem indicativos numéricos devem ser
centralizados. São eles, no nosso caso, o resumo em língua estrangeira, as
referências, o glossário, o apêndice e o anexo.

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245


Editora Keimelion Revisores de textos
4

O nome do autor (ou dos autores) deve ser acompanhado de um breve currículo que
o(s) qualifique na área do conhecimento. O currículo, bem como o endereço postal
ou eletrônico, deve aparecer em rodapé na página de abertura.

A introdução é a parte inicial do artigo, onde deve constar a delimitação do assunto


tratado. É uma exposição breve que fixa os limites do assunto tratado: circunscreve
e restringe o assunto tratado. Na introdução indica-se o objetivo, formula-se a
problemática geral e as hipóteses levantadas, bem como “outros elementos
necessários para situar o tema do artigo” (NBR 6022, 2003, p. 4). Muitos autores
incluem a revisão da literatura na introdução:
Revisão de literatura: pode ser incluída na introdução ou apresentada
separadamente. Devem citar textos que tenham embasado o
desenvolvimento do trabalho. A revisão da literatura citada deve ser
apresentada preferencialmente em ordem cronológica, conforme evolução
do assunto, observando as normas para citação — NBR 10.520 (2002).
(FRANÇA, 2004, p. 66).

O desenvolvimento do artigo é o núcleo do mesmo “onde o autor expõe, explica e


demonstra o assunto” (Ibid., p. 64). É a parte principal do artigo, “que contém a
exposição pormenorizada do assunto tratado. Divide-se em seções e subseções, [...]
que variam em função da abordagem do tema e do método” (NBR 6022, 2003, p. 4).

A conclusão é a parte final do trabalho, “na qual se apresentam as conclusões


correspondentes aos objetivos e hipóteses” (Ibid.). O autor apresenta “uma resposta
à problemática do tema proposto na introdução” (FRANÇA, 2004, p. 67). Dever ser
breve. O autor coloca a sua opinião, as limitações da pesquisa e recomendações.

Para que o artigo se complete temos que consultar outras normas de


documentação. Um elemento que pode ser considerado essencial na elaboração
dos artigos é a citação. Para se fazer um bom sistema de citações é necessário
consultar a NBR 10.520 (2003). O mesmo acontece com as referências dos textos
citados. É imprescindível a consulta da NBR 6023 (2002).

Finalizando a apresentação geral do artigo, devemos valorizar os detalhes dos


elementos pós-textuais, tais como a utilização de outros idiomas para divulgação

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245


Editora Keimelion Revisores de textos
5

internacional do artigo em espanhol, inglês e francês. Podem-se utilizar ferramentas


na internet para traduções. Os anexos são identificados por letras maiúsculas
consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Exemplo: ANEXO A — NBR
6022.

4 CONCLUSÃO

Para elaborar um artigo consulte a NBR 6022 — Informação e documentação —


3
Artigo em publicação periódica científica impressa — Apresentação (2003) que
define as modalidades de artigos bem como estabelece todos os elementos
necessários para a elaboração do artigo.

Além de facilitar a elaboração de um artigo, este sistema confere qualidade na


apresentação do mesmo. Um artigo bem elaborado apresenta o seu conteúdo de
forma clara e objetiva, fazendo com que o entendimento das idéias desenvolvidas,
se faça presente, ou seja, se torne inteligível.

3
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS — ABNT. Disponível em:
< http://www.abnt.org.br>. Acesso em: 19 jun. 2006.

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245


Editora Keimelion Revisores de textos
6

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6022 —


Informação e documentação — Artigo em publicação periódica científica
impressa — Apresentação. Rio de Janeiro, mai. 2003.

______________________________________________________. NBR 6023 —


Informação e documentação — Referências — Elaboração. Rio de Janeiro, ago.
2002.

______________________________________________________. NBR 6024 —


Informação e documentação — Numeração progressiva das seções de um
documento escrito — Apresentação. Rio de Janeiro, mai. 2003.

______________________________________________________. NBR 6028 —


Informação e documentação — Reumo — Apresentação. Rio de Janeiro, nov.
2003.

______________________________________________________. NBR 10520 —


Informação e documentação — Citações em documentos — Apresentação. Rio
de Janeiro, ago. 2002.

______________________________________________________. NBR 14754 —


Informação e documentação — Trabalhos acadêmicos — Apresentação. Rio de
Janeiro, dez. 2005.

FRANÇA, Júnia Lessa. Manual para normalização de publicações técnico


científicas. 7. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2004.

(11)8133-1138 http://www.keimelion.com.br (31)3244-1245