Você está na página 1de 17

Departamento de Línguas

9º Ano | Português
Prova Escrita | junho | Ano Letivo 2017/2018

Prova Escrita de Português


Prova 91 | 3.º Ciclo do Ensino Básico | 2018
Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho
Duração da Prova: 90 minutos. | Tolerância: 30 minutos.

Responde a todas as questões no enunciado da prova.


Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta.
Não é permitida a consulta de dicionário.
Não é permitido o uso de corretor. Risca aquilo que pretendes que não seja classificado.
Apresenta as tuas respostas de forma legível.
Ao responder, diferencia corretamente as maiúsculas das minúsculas.
As cotações dos itens encontram-se no final da prova.
–—––––––––––—–—–—–——— Página em branco ––––––––––—–—–—–———
COTAÇÕES
Grupo I

Para responderes aos itens que se seguem, vais ouvir um texto do programa «Um
Minuto pela Terra», da autoria de Francisco Ferreira, Inês Pereira e Sara Campos, transmitido
pela estação de rádio Antena 1, em 18 de outubro de 2013
.Para cada item (1. a 4.), selecciona a opção que permite obter uma afirmação
adequada ao sentido do texto. Faz um círculo à volta da opção correta.

1.1. Depois de Francisco referir a possibilidade de «poupar até 50% da tinta», Inês
interrompe-o com a expressão «Como?» para
(A) estabelecer uma comparação.
(B) revelar surpresa.
(C) solicitar uma explicação.
(D) exprimir estranheza.

1.2. Com a referência a «topten.pt», Francisco


(A) contradiz a informação apresentada anteriormente.
(B) adiciona informação objetiva sobre o assunto.
(C) exprime uma opinião sobre o assunto.
(D) limita-se a repetir dados apresentados anteriormente.

1.3. Pode afirmar-se que o objetivo principal do texto é


(A) narrar um acontecimento da atualidade.
(B) exprimir sentimentos.
(C) descrever objetos.
(D) apelar à mudança de hábitos.

1.4. O texto apresenta uma estrutura em que é possível identificar os momentos


seguintes:
(A) apresentação dos dois interlocutores; confronto de opiniões; síntese final.
(B) saudação dos interlocutores; introdução do assunto; apresentação de exemplos.
(C) apresentação do convidado; sequência de perguntas e respostas; conclusão.
(D) saudação inicial; apresentação de testemunhos de ouvintes; despedida

A TRANSPORTAR
Grupo II
Lê o texto. Em caso de necessidade, consulta as notas e o vocabulário apresentados.
Encantamentos
− Para que serve a poesia? 35 gastos. Estantes carregadas de livros velhos.
Esta é uma daquelas questões que, cedo Aproximei-me. Poesia, e mais poesia: Florbela,
ou tarde, todos os poetas enfrentam. A resposta Camões, Vinicius, José Régio, Sophia, Drummond,
mais frequente, mais falha de imaginação e de Manuel Bandeira, tudo misturado, num bem-
5 verdade, assegura que a poesia não serve para aventurado desrespeito a fronteiras políticas,
nada. Alguns poetas, em especial os portugueses, 40 estéticas e ideológicas. «O meu marido sempre
acrescentam a seguir que também a vida não serve gostou de poesia», justificou-se: «Eu, menos. Foi
para nada, etc. só depois de ele morrer, há 30 anos, que descobri o
Na origem, a poesia era uma disciplina da poder dos versos.»
10 magia. Servia para encantar. Continua a ser assim, Acontecera um pouco por acaso – contou.
embora, no sentido literal, poucas pessoas ainda 45 Uma tarde deu-se conta de que certos sonetos
exercitem essa antiquíssima arte. Uma tarde, em parnasianos3 (os mais trabalhosos) a ajudavam a
Benguela1, conheci uma das derradeiras vencer a insónia. Mais tarde, que João Cabral de
praticantes. Almoçava com amigos, e amigos de Melo Neto, a partir de «O cão sem plumas», era
15 amigos, num desses quintalões antigos, carregados muito eficaz no combate à cefaleia4. Pouco a pouco
de frutos, e de boa sombra, da cidade das acácias 50 foi desenvolvendo um método. Combatia a
rubras. A determinada altura escutei um sujeito que prisão de ventre lendo alto a Sagrada
se referiu a uma tal Dona Aurora: Esperança5. Mantinha o quintal livre de ervas
− A velha receita poesias. daninhas, percorrendo-o, ao crepúsculo6, enquanto
20 − Recita − corrigi. soprava devagar «O guardador de rebanhos»7.
O homem, um oficial do exército, 55 Numa cidade pequena não tardou que
encarou-me, irritado: tais excentricidades lhe trouxessem, primeiro
− Não senhor! Receita! Dona Aurora inimigos, e depois devotos seguidores e pacientes.
receita poesias. Resolve problemas de amor, Hoje, ela recebe a todos, ricos e pobres, na sala
25 amarrações, mau-olhado, tudo com versinhos. onde me recebeu a mim. Ouve as suas queixas,
Fiquei interessado. Anotei o endereço da 60 levanta-se, percorre as estantes, e regressa com a
curandeira num guardanapo e na manhã solução. «Quem me procura mais são mulheres
seguinte bati-lhe à porta. querendo reconquistar os maridos. Recomendo que
Dona Aurora morava na Restinga2, num lhes murmurem, enquanto dormem, algum Neruda,
30 casarão, em madeira, muito maltratado. A velha às vezes Camões, outras Bocage.» Dona Aurora
senhora, miúda, muito magra, vestia de cor de rosa. 65 não aceita dinheiro pelos serviços prestados.
Toda a sua força parecia residir na cabeleira, a qual «Não sou eu quem cura», explicou-me, «é a
mantinha uma vigorosa rebeldia juvenil. poesia».
Convidou-me a entrar. Móveis dos anos, muito
José Eduardo Agualusa (texto) e Pedro Vieira (ilustração), Ler, maio de 2012 (adaptado)
TRANSPORTE
Vocabulário e Notas
1 Benguela – cidade angolana, capital da província de Benguela.
2 Restinga – zona da cidade do Lobito, na província de Benguela.
3 sonetos parnasianos – composições poéticas com características do parnasianismo, uma corrente literária.
5 4 cefaleia – dor de cabeça forte e persistente.
5 Sagrada Esperança – obra de Agostinho Neto, poeta e primeiro presidente da República de Angola.
6 crepúsculo – luminosidade que ocorre antes do nascer do dia ou após o pôr do sol.
7 «O guardador de rebanhos» – título de um conjunto de poemas escrito por Fernando Pessoa.

Para responderes a cada item (1. a 4.), seleciona a opção que permite obter uma afirmação
adequada ao sentido do texto. Faz um círculo à volta da opção correta.

1.1. Segundo o autor, «− Para que serve a poesia?» (linha 1) apresenta-se aos poetas como
uma questão
(A) inédita.
(B) inevitável.
(C) invulgar.
(D) inimaginável.

1.2. A confusão gerada entre «receita» (linha 19) e «Recita» (linha 20) deve-se ao facto de se
tratar de palavras
(A) com um significado muito próximo.
(B) da mesma família.
(C) do mesmo campo lexical.
(D) com uma sonoridade muito próxima.

1.3. Os exemplos de aplicação do método que Dona Aurora foi desenvolvendo, apresentados
nas linhas 50 a 54, têm em comum o facto de incluírem referência
(A) à frequência com que a leitura do poema deve ser realizada.
(B) à extensão do poema que deve ser lido.
(C) ao modo como o poema deve ser lido.
(D) ao espaço em que a leitura do poema deve ser realizada.

1.4. De acordo com o último parágrafo do texto, pode afirmar-se que Dona Aurora revela
(A) oportunismo e arrogância.
(B) ambição e inveja.
(C) generosidade e modéstia.
(D) humildade e rebeldia.

A TRANSPORTAR
TRANSPORTE

Grupo III
Parte A
Lê o poema de Eugénio de Andrade. Em caso de necessidade, consulta o vocabulário
apresentado.

AGORA AS PALAVRAS
Obedecem-me agora muito menos,
as palavras. A propósito
de nada resmungam, não fazem
caso do que lhes digo, não respeitam a minha idade.
Provavelmente fartaram-se da rédea,
não me perdoam
a mão rigorosa, a indiferença
pelo fogo de artifício.
Eu gosto delas, nunca tive outra
paixão, e elas durante muitos anos
também gostaram de mim: dançavam
à minha roda quando as encontrava.
Com elas fazia o lume,
sustentava os meus dias, mas agora
estão ariscas1, escapam-se por entre
as mãos, arreganham os dentes
se tento retê-las. Ou será que
já só procuro as mais encabritadas2?
Eugénio de Andrade, O Sal da Língua, 2.ª ed., Porto,
Fundação Eugénio de Andrade, 1996
VOCABULÁRIO
1 ariscas – fugidias. 2 encabritadas – rebeldes.
1. Identifica os dois tempos a que se refere o poeta ao caracterizar a sua relação com as
palavras e justifica a resposta, transcrevendo, para cada um desses tempos, uma expressão
do texto.
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
TRANSPORTE
2. Explica a mudança sentida pelo poeta na sua relação com as palavras, indicando duas
manifestações dessa mudança.

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________

3. Explicita o que o poeta pretende sugerir nos versos 6 a 9, justificando o recurso a


“provavelmente” (verso 6).

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
Parte B TRANSPORTE

Lê as estâncias 76,77 e 82 do Canto IX de Os Lusíadas, de Luís de Camões. Se necessário,


consulta as notas.

76 Quis aqui sua ventura1 que corria


Após Efire2, exemplo de beleza,
Que mais caro que as outras dar queria
O que deu, pera dar-se, a Natureza.
Já cansado, correndo, lhe dizia:
«Ó fermosura indigna de aspereza3,
Pois desta vida te concedo a palma4,
Espera um corpo de quem levas a alma! 82 Já não fugia a bela Ninfa, tanto
Por se dar cara7 ao triste que a seguia,
77 Todas de correr cansam, Ninfa pura, Como por ir ouvindo o doce canto.
Rendendo-se à vontade do inimigo5; As namoradas mágoas que dizia.
Tu só de mi só foges na espessura? Volvendo o rosto, já sereno e santo8,
Quem te disse que eu era o que te sigo? Toda banhada em riso e alegria,
Se to tem dito já aquela ventura6 Cair se deixa aos pés do vencedor,
Que em toda a parte sempre anda comigo Que todo se desfaz em puro amor.
Oh! não na creias, porque eu, quando a cria,
Mil vezes cada hora me mentia.
Luís de Camões, Os Lusíadas, edição de A. J. da Costa Pimpão, Lisboa, MNE/IC, 2003.

VOCABULÁRIO E NOTAS:
1. má sorte; 2 ninfa desta “Ilha de Vénus”; 3 a quem ficaria mal a severidade; 4 vitória; 5 perseguidor; 6 má sorte; 7 rogada;
8 complacente;

4. Expõe os argumentos utilizados por Lionardo para pôr fim à fuga de Efire. Justifica a tua
resposta, com base em elementos textuais.
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________

5. Explicita em que medida a união entre o Homem e as deusas contribui para a glorificação e
estatuto dos portugueses e estabelece uma comparação com outro episódio à tua escolha em
que o herói tenha sido, igualmente, mitificado.
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
A TRANSPORTAR
TRANSPORTE
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

Grupo IV
1. Associa a cada função sintática da coluna A uma única frase da coluna B, de modo a
identificares a expressão sublinhada que corresponde a cada função sintática.

Coluna A Coluna B

a) Complemento direto 1. Este poema de Jorge de Sena nunca foi lido aqui.
2. Os temas da obra de Gil Vicente continuam atuais.
b) Complemento indireto 3. Prestei muita atenção à leitura do poema.
4. Os examinadores construíram um teste muito fácil.
c) Predicativo do sujeito 5. Comprei um carro, mas ainda não o conduzi.
6. Os heróis portugueses são louvados em toda a obra.
d) Sujeito 7. Chegaram, no mês passado, novas coleções de
moda.
e) Vocativo 8. Prepara-te, Pedro, que quero sair de casa!

A) _______ B) _________ C) ________ D)__________ E) _________

2. Transforma as duas frases simples seguintes numa frase complexa, utilizando uma locução
conjuncional subordinativa final. Faz as alterações necessárias.

Escreve um poema. Tenho insistido contigo.

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

3. Lê a frase seguinte: As deusas garantiram a Vénus que tinham seduzido os portugueses.

3.1. Indica a função sintática desempenhada pela oração sublinhada.

___________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
TRANSPORTE
3.2. Classifica, de forma completa, a oração sublinhada.

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

4. Completa cada uma das frases seguintes com a forma do verbo apresentado entre
parênteses, no tempo e no modo indicados.

4.1 Pretérito mais-que-perfeito do indicativo

Antes da época dos Descobrimentos, já ____________ (haver) muitos naufrágios nesta baía.

4.2 Futuro simples do conjuntivo

Sempre que eu e os alunos ___________________ (fazer) um texto de opinião, vamos


debater ideias.

5. Para responderes a cada item (5.1. a 5.2.), faz um círculo à volta da opção escolhida.

5.1. Identifica a frase que reproduz corretamente em discurso direto a frase seguinte: A
Matilde disse que ficaria em casa, que ninguém a faria sair dali.

(A) – Ficarei em casa, ninguém me faz sair daqui.

(B) – Fico em casa. Ninguém me faz sair daqui.

(C) – Ficarei em casa, ninguém me fará sair daqui.

(D) - Fico em casa. Ninguém faria com que eu saísse daqui.

5.2. Identifica os processos fonológicos ocorridos, respectivamente, na evolução da seguinte


palavra: arena – area – areia.

(A) síncope e epêntese.

(B) epêntese e síncope.

(C) síncope e dissimilação.

(D) epêntese e assimilação.

6. Substitui a expressão sublinhada por um pronome pessoal adequado. Faz apenas as


alterações necessárias.

Os navegadores contaram-nos histórias extraordinárias.

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
TRANSPORTE

Grupo V

A expressão escrita ocupa um lugar privilegiado no nosso dia a dia, seja em situações mais
formais, como, por exemplo, em contexto de sala de aula, seja em situações mais informais,
como, por exemplo, na comunicação que estabelecemos no domínio privado.

Partindo da tua experiência, escreve um texto que pudesse ser divulgado num blogue de
turma, no qual expresses o teu ponto de vista sobre a importância da escrita no quotidiano de
cada um, apresentando razões e exemplos ilustrativos que sustentem a tua opinião.

O teu texto deve ter um mínimo de 160 e um máximo de 260 palavras.

Observações:
1. Para efeitos de contagem, considera-se uma palavra qualquer sequência delimitada por
espaços em branco, mesmo quando esta integre elementos ligados por hífen (ex.: /di-lo-ei/).
Qualquer número conta como uma única palavra, independentemente dos algarismos que o
constituam (exemplo: /2018/).
2. Relativamente ao desvio dos limites de extensão indicados, há que atender ao seguinte:
– um desvio dos limites de extensão implica uma desvalorização parcial até dois pontos;
– um texto com extensão inferior a 55 palavras é classificado com 0 (zero) pontos.

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
__________________________________________________________________________________ TRANSPORTE

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

A TRANSPORTAR
Estas duas páginas só devem ser utilizadas se quiseres completar ou emendar
qualquer resposta. Caso as utilizes, não te esqueças de identificar claramente cada
uma dessas respostas.

__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
TRANSPORTE

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

FIM

TOTAL /100
Cotações
GRUPO I
1. ........................................................................................................... 3 pontos
2. ........................................................................................................... 3 pontos
3. ........................................................................................................... 3 pontos
4. ........................................................................................................... 3 pontos
Total: 12 pontos
GRUPO II
1. ........................................................................................................... 3 pontos
2. ........................................................................................................... 3 pontos
3. ........................................................................................................... 3 pontos
4. ........................................................................................................... 3 pontos
Total: 12 pontos
GRUPO III
1. ........................................................................................................... 5 pontos
2. ........................................................................................................... 5 pontos
3. ........................................................................................................... 5 pontos
4. ........................................................................................................... 5 pontos
5. …………………………………………………………………… 6 pontos
Total: 26 pontos
GRUPO IV
1. ........................................................................................................... 5 pontos
2 …………………………………………………………………… 2 pontos
3.1 .......................................................................................................... 1 ponto
3.2 .......................................................................................................... 2 pontos
4. ............................................................................................................ 4 pontos
5.1. ......................................................................................................... 2 pontos
5.2. ......................................................................................................... 2 pontos
6 . ........................................................................................................... 2 pontos
Total: 20 pontos
GRUPO V
1. ................................................................................................................ 30 pontos
Total: 30 pontos

TOTAL ............................................................................................................................ 100 pontos


PROVA 91