Você está na página 1de 7

Ministério da Educação Código:

Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 1

Introdução às Ciências Sociais II

CARACTERIZAÇÃO
Curso: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS
Período Letivo: Ano: Semestre: Turma: Turno:
2º 2018 2° 6ª Noturno
Carga
54 horas Professor: Danilo José Dalio
Horária:

Pré-requisitos
Não há pré-requisitos.

Ementa:

O problema da tensa relação entre indivíduo e sociedade colocada às Ciências Sociais a


partir da constituição do individualismo moderno. Socialização e processos de
subjetivação.

Objetivos
Compreender o processo de constituição da noção de indivíduo e individualismo moderno.
Reconhecer os principais fenômenos caracterizadores da modernidade. Apreender as
particularidades do paradigma individualista nas ciências sociais. Estudar alguns dos seus
principais representantes teóricos na contemporaneidade.

Descrição do conteúdo
I – As ciências sociais e a construção do indivíduo no mundo moderno
Aula 1 (03/08) - A noção de indivíduo na modernidade.
Leitura indicada:
 MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a
Wittgenstein. 2ª ed. rev. ampl. Rio de Janeiro: Zahar, 2007. (Parte III, Cap. 1: As origens
do pensamento moderno e a ideia de modernidade, pp. 141-163)
Leitura Complementar:
 RENAUT, Alain. O indivíduo: reflexão acerca da filosofia do sujeito. Rio de Janeiro:
DIFEL, 1998. (Introdução: heterogênea modernidade, p. 5-24; Cap. I – Irrupção do
Indivíduo, pp. 25-38)
Aula 2 (10/08) - Indivíduo, modernidade e Política
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 2

Introdução às Ciências Sociais II

Leitura indicada:
 DUMONT, Louis. Ensaios sobre o individualismo. Lisboa: Dom Quixote, 1992. (Cap. II:
Gênese, II. A categoria política e o Estado a partir do século XIII, pp.73-121)
Aula 3 (17/08) - Indivíduo, modernidade e sociologia
Leitura indicada:
 SIMMEL, Georg. Questões fundamentais da Sociologia: indivíduo e sociedade. Rio de
Janeiro: Zahar, 2006. (Cap.2 – O nível social e o nível individual, p. 39-58; Cap. 3 – A
sociabilidade, p. 59-82)
Aula 4 (24/08) - Indivíduo, modernidade e antropologia
Leitura indicada:
 VELHO, Gilberto. Individualismo e cultura: notas para uma antropologia da sociedade
contemporânea. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981. (Cap. 9 – Observando o familiar, pp.
123-132)
Leituras Complementares:
 EVANS-PRITCHARD, E. E. [1937]. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar, 2005. (Apêndice IV: algumas reminiscências e reflexões sobre o
trabalho de campo, pp. 243-255)
 MALINOWSKI, Bronislaw. Os Argonautas do Pacífico Ocidental. São Paulo: Abril,
1984. (Introdução: tema, método e objetivo dessa pesquisa, pp. 17-34)
II. Desafios da Globalização
Aula 5 (31/08) - Globalização, modernidade reflexiva e mudanças de paradigmas sociais
Leitura indicada:
 GIDDENS, Anhony. Mundo em descontrole: o que a globalização está fazendo de nós.
Rio de Janeiro: Record, 2000. (Risco, p. 31-46; Tradição, p. 47-60; e Família, p. 61-76)
Leituras Complementares:
 BAUMAN, Zigmunt. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro:
Zahar, 2003. pp. 13-24 e pp. 100-111.
 BAUMAN, Zigmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.
Aula 6 (14/09) e Aula 7 (21/09) - A teoria social e as sociedades pós-tradicionais
Leitura indicada:
 GIDDENS, Anthony. A vida em uma sociedade pós-tradicional. In: GIDDENS, Anthony.
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 3

Introdução às Ciências Sociais II

Em defesa da sociologia. Ensaios, interpretações e tréplicas. São Paulo: Editora UNESP,


2001. pp. 21-95
Leituras Complementares:
 BECK, Ulrich. A reinvenção da politica. In: BECK, Ulrich et al. Modernização reflexiva:
política, tradição e estética na ordem social moderna. São Paulo: Ed. UNESP, 1997. pp. 1-
51
 GIDDENS, Anthony. A transformação da intimidade: sexualidade, amor e erotismo nas
sociedades modernas. São Paulo: Ed. UNESP, 1993. (Sexualidade, repressão e civilização,
p. 175-200; A intimidade como democracia, p. 201-222)
III – Marxismo, Indivíduo e a esfera da cultura na sociedade capitalista ocidental
Aula 8 (28/09) e Aula 9 (05/10) - Marxismo Ocidental: da revolução à cultura
Leitura indicada:
 ANDERSON, Perry. O advento do marxismo ocidental. In: ANDERSON, Perry.
Considerações sobre o marxismo ocidental. São Paulo: Brasiliense, 1989. pp. 43-73
 FROMM, Erich. Conceito Marxista de Homem. Rio de Janeiro: Zahar, 1970. pp. 13-61
Leitura Complementar:
 SCHAFF, Adam. La concepción marxista del individuo humano. In: SCHAFF, Adam.
Marxismo e indivíduo humano. México: Editorial Grijalbo, S.A, 1967. pp. 65-130
III – Diagnósticos da modernidade
Aula 10 (19/10) - Max Weber e o desencantamento do mundo
Leitura indicada:
 WEBER, Max. A ciência como vocação. In: WEBER, Max. Ciência e política, duas
vocações. São Paulo: Cultrix, 1984. p. 17-54.
Aula 11 (26/10) - Charles Wright-Mills e o ethos burocrático
Leitura indicada:
 WRIGHT-MILLS, Charles. O ethos burocrático. In: WRIGHT-MILLS, Charles. A
imaginação sociológica. Rio de Janeiro: Ed. Zahar, 1982. pp. 112-130.
Leituras Complementares:
 PIERUCCI, Antônio Flávio. Secularização segundo Max Weber. In: SOUZA, Jessé
(Org.). A atualidade de Max Weber. Brasília: Ed. UNB, 2000. pp. 105-162
 SOUZA, Jessé de. O conceito de racionalização. In: SOUZA, Jessé. Patologias da
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 4

Introdução às Ciências Sociais II

modernidade: um diálogo entre Habermas e Weber. São Paulo: Annablume, 1997. pp. 49-
102
Aula 12 (27/10) (Sábado)
IV – Novos Discursos da modernidade
Aula 13 (09/11) - Hannah Arendt e a condição humana
Leitura indicada:
 ARENDT, Hannah. Vida activa e a era moderna. In: ARENDT, Hannah. A condição
Humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1989. pp. 260-338
Aula 14 (23/11) - Norbert Elias e o processo civilizador
Leitura indicada:
 ELIAS, Norbet. Da sociogênese dos conceitos de “Civilização” e “Cultura”. In: ELIAS,
Norbert. O processo civilizador. Vol. 1: Uma história dos costumes. 2ª ed. Rio de Janeiro:
Zahar, 1994. pp. 21-64
Leituras Complementares:
 ELIAS, Norbert. Mudanças na balança do Nós-EU. In: ELIAS, Norbert. A sociedade dos
indivíduos. Rio de Janeiro: Zahar, 1994. pp. 127-194
 SOUZA, Jessé. Norbert Elias e a seletividade do processo civilizatório ocidental. In:
SOUZA, Jessé. Modernização seletiva: uma reinterpretação do dilema brasileiro. Brasília:
Ed. UNB, 2000. pp. 43-58
Aula 15 (24/11) (Sábado)
Aula 16 (30/11) - Modernidade e perigos à individualidade
Leitura indicada:
 LASCH, Christopher. O mínimo eu: sobrevivência psíquica em tempos difíceis. São
Paulo: Brasiliense, 1990. (Introdução: Consumo, narcisismo e cultura de massa, pp. 15-
49
Leitura Complementar:
 LASCH, Christopher. O mínimo eu: sobrevivência psíquica em tempos difíceis. São
Paulo: Brasiliense, 1990. (A mentalidade da sobrevivência, pp. 51-88)
Aula 17 (07/12) - Corrosão do espaço público
Leitura indicada:
 SENNET, Richard. O declínio do homem público: as tiranias da intimidade. São Paulo:
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 5

Introdução às Ciências Sociais II

Cia. das Letras, 1988. (Cap. 1 – O domínio público, pp. 15-66)


Leitura Complementar:
 SENNET, Richard. O declínio do homem público: as tiranias da intimidade. São Paulo:
Cia. das Letras, 1988. (Cap. 2 – Papéis, pp. 45-64)
Aula 18 (14/12) – Balanço e encerramento do curso

Procedimentos Didático Metodológicos


1. Metodologia: Leitura e diálogo sobre textos previamente indicados. Serão utilizadas
diferentes técnicas para expor o conteúdo e ampliar a interação no diálogo em sala. Os textos
de leitura recomendada para as aulas serão disponibilizados no repositório do Qacadêmico e
no Google Drive.
2. Recursos Didáticos: Serão utilizados os recursos audiovisuais disponíveis e técnicas de
interação de grupo para estímulo à interação direcionada aos objetivos da disciplina.
3. Prática como Componente Curricular: Cada estudante elaborará uma análise sociológica
comparativa entre dois textos integrantes das leituras complementares indicadas na
programação das aulas.
4. Formas de Avaliação: As avaliações serão realizadas de forma contínua no decorrer das
aulas. A participação nos debates durante as aulas e a elaboração de questões pertinentes à
leitura indicada em cada aula serão os principais elementos a serem avaliados.

Bibliografia
Básica

BERGER, P. & LUCKMANN, T. A construção social da realidade. Petrópolis:


Vozes, 1985.

DUBAR, Claude. A socialização. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

DUMONT, Louis. Ensaios sobre o individualismo. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

EVANS-PRITCHARD, E. E. 2005 [1937]. Apêndice IV: algumas reminiscências e


reflexões sobre o trabalho de campo. In: ______. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os
Azande. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Pp. 243-255.

FROMM, Erich. Conceito Marxista de Homem. Rio de Janeiro: Zahar, 1970.


Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 6

Introdução às Ciências Sociais II

MALINOWSKI, Bronislaw. Introdução: tema, método e objetivo dessa pesquisa. In:


______. Os Argonautas do Pacífico Ocidental. São Paulo: Abril, 1984, p. 17-34.

RENAUT, Alain. O indivíduo. Rio de Janeiro: Difel, 2004.

SIMMEL, Georg. Questões fundamentias da Sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

SCHAFF, Adam. O marxismo e o indivíduo. Rio de Janeiro: Civ. Brasileira, 1967.

VELHO, Gilberto. Individualismo e cultura: notas para uma antropologia da


sociedade contemporânea. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981.

Complementar

DUPUY, Jean-Pierre. Introdução às Ciências Sociais: lógica dos fenômenos


colectivos. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.

DURKHEIM, Émile. Sociologia e filosofia. São Paulo: Ícone, 1994.

ELIAS, Norbet. O processo civilizador. 2 volumes. Rio de Janeiro: Zahar, 1993.

FORACCHI, M. & MARTINS, J. Sociologia e sociedade. Rio de Janeiro: Livros


Técnicos e Científicos, 1977.

FOOT-WHITE. Anexo A: Sobre a Evolução de Sociedade de Esquina. In: Sociedade


de esquina: a estrutura social de uma área urbana pobre e degradada. Rio de Janeiro:
Zahar, 2005. p. 283-363.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 1989.

GIDDENS, Anthony. Política, Sociologia e teoria social. São Paulo: UNESP, 1998.

KAUFMANN, Jean-Claude. Ego: para uma Sociologia do indivíduo. Lisboa: Instituto


Piaget, 2001.

KONDER, L. & BETTO, F. O indivíduo no socialismo. São Paulo: Fund. Perseu


Abramo, 2000.
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 7

Introdução às Ciências Sociais II

MALINOWSKI, Bronislaw. 1984 [1922]. “Introdução: tema, método e objetivo dessa


pesquisa”. Em: Os Argonautas do Pacífico Ocidental. São Paulo: Abril. Pp. 17-34.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Livraria


Pioneira, 1989.

DADOS DE APROVAÇÃO
Professor responsável pela disciplina
Nome: Danilo José Dalio
Data Assinatura do Docente:
27/08/2018

Data Assinatura do Coordenador do Curso