Você está na página 1de 5

Ministério da Educação Código:

Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 1

Tópicos Especiais III

CARACTERIZAÇÃO
Curso: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS
Período Letivo: Ano: Semestre: Turma: Turno:
2º 2018 8° 3ª Vespertino
Carga
27 horas Professor: Danilo José Dalio
Horária:

Pré-requisitos
Não há pré-requisitos.

Ementa:

Introdução à sociologia do trabalho. Divisão do trabalho e capitalismo. Formas Produção e


organização sócio-técnica do trabalho. Fordismo-Taylorismo e Toyotismo. Metamorfoses do
mundo do trabalho; Jornada de trabalho, desemprego e terceirização; Trabalho e Desigualdades
sociais; Trabalho, Gênero e Raça/Etnia; Sindicalismo e divisão de classes.

Objetivos
Compreender o trabalho em sua relação como constituído por e constituinte das variadas
formações sociais, econômicas e culturais. Entender a dinâmica entre mundo do trabalho e os
espaços sociais. Apreender a relação entre a divisão social do trabalho e a dinâmica
campo/cidade. Compreender a mundialização do capital e suas relações com o trabalho.
Contextualizar criticamente o trabalho do profissional no mundo do trabalho e o seu papel na
produção do espaço social.

Descrição do conteúdo

1 – Introdução:
- Trabalho e Humanização
- Percepções do trabalho na História
- Trabalho: Riqueza e servidão
2 – Divisão do trabalho e capitalismo:
- Gerência científica do trabalho
- Reestruturação produtiva
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 2

Tópicos Especiais III

3 – Mudanças do Trabalho no Capitalismo:


- Jornada de trabalho, desemprego e terceirização.
4 – Trabalho e Desigualdades sociais:
- Trabalho, Gênero e Raça/Etnia
- Sindicalismo e divisão de classes

Aula 1 (07/08) e Aula 2 (14/08) – Trabalho e sociedade:


Leituras indicadas:
SANTANA, Marco Aurélio e RAMALHO, José Ricardo. Sociologia do Trabalho no mundo
contemporâneo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

TOMAZI, Nelson Dacio. Trabalho e Sociedade. In: TOMAZI, Nelson Dacio. Iniciação à
Sociologia. 2ª ed. rev. e ampl. São Paulo: Atual, 2000. p. 33-78.
Aula 3 (21/08), Aula 4 (28/08) e Aula 5 (04/09) – Capitalismo e reestruturação produtiva
Leituras indicadas:
ANTUNES, Ricardo. Fordismo, toyotismo e acumulação flexível. In: ANTUNES, Ricardo.
Adeus ao Trabalho? As Metamorfoses e a Centralidade do Mundo do Trabalho. Campinas:
Ed. Cortez/Ed. UNICAMP, 1995. p. 21-44.
WOOD, Stephen. O modelo japonês em debate: pós-fordismo ou japonização do fordismo.
Revista Brasileira de Ciências Sociais, n.17, out. 1991. p. 28-43.
Aula 6 (11/09) - Atividade avaliativa:
Filme: “O Capital” (Le Capital, 114 min, França, 2012)
Os cidadãos do século XXI são escravos do Capital; sofrem com os problemas e celebram os
triunfos. Esta é a história da ascensão de um escravo do sistema que transforma-se em seu mes-
tre. O trabalhador Marc Tourneuil se aventura no mundo feroz do Capital. Ao mesmo tempo, o
chefe de um importante banco de investimentos europeu se apega ao poder, quando uma em-
presa americana tenta comprá-los.

Aula 7 (18/09) e Aula 8 (25/09) - Jornada de trabalho, desemprego e terceirização.


Leituras indicadas:
SENNETT, Richard. Flexível: a reestruturação do tempo. In: SENNETT, Richard. A corrosão
do caráter: as consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. 14ª ed. Rio de Janeiro:
Record, 2009. p. 53-74.
ANTUNES, Ricardo. Adeus ao Trabalho? As Metamorfoses e a Centralidade do Mundo do
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 3

Tópicos Especiais III

Trabalho. Campinas: Ed. Cortez/Ed. UNICAMP, 1995. (Primeira Parte, Cap. II – As


metamorfoses no mundo do trabalho, pp. 45-60; Segunda Parte, Cap. 1 – A precarização do
trabalho em escala global, pp. 103-109).
Aula 9 (02/10) - Atividade avaliativa:
Filme: “Eles não Usam Black-tie” (120 mim, Brasil, 1981)
Um movimento grevista se inicia numa empresa. Um operário está preocupado com sua namo-
rada, que engravidou, e eles decidem se casar. Para não perder o emprego, ele resolve furar a
greve, que é liderada por seu pai, iniciando um conflito familiar que se estende às assembleias
e piquetes.

Aula 10 (09/10) - Trabalho e Gênero


Leitura Indicada:
ABREU, Alice. Especialização flexível e gênero – debates atuais. São Paulo em Perspectiva,
Vol. 8, Nº 1, 1994.
Aula 11 (16/10) - Atividade avaliativa:

Filme: “Terra Fria” (North Country, 126 mim, Estados Unidos, 2005)
O filme se passa em 1989, quando Josey Aimes, ao retornar à sua cidade natal, no Minnesota,
sai em busca de um emprego para sustentar os dois filhos. Contratada por uma mineradora –
principal fonte de empregos da região –, ela faz amizade com as outras mulheres que trabalham
na mina e passa a ser alvo de provocações lideradas por Bobby Sharp, seu namorado do
colegial. Josey denuncia-o aos seus superiores, mas a situação piora e logo as mulheres passam
a ser violentadas verbal e fisicamente pelos homens da mina. Ela leva o caso para a justiça e a
empresa perde a ação, sendo condenada a pagar indenizações às trabalhadoras e a implementar
uma política de combate ao assédio no local de trabalho.

Aula 12 (23/10) e Aula 13 (30/10) - Trabalho e Raça/Etnia

Leitura Indicada:

MARQUES, Lilian A. e SANCHES, Solange. Desigualdade de gênero e raça no mercado de


trabalho: tendências recentes. In: OIT (Organização Internacional do Trabalho). Igualdade de
gênero e raça no trabalho: avanços e desafios. Brasília: OIT, 2010.

Aula 14 (06/11) - Atividade Avaliativa: (escolher um dos filmes abaixo)

Filme: “Histórias Cruzadas” (The Help, 146 mim, Estados Unidos, 2011)
A história se passa nos anos 60, em um pequeno município do Mississipi, nos Estados Unidos.
Skeeter é uma garota que, ao retornar à Jackson, decide virar escritora. Ela começa a
entrevistar mulheres negras da cidade, que deixam suas famílias para trabalhar na criação dos
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 4

Tópicos Especiais III

filhos da elite branca. Ao conseguir as histórias, Skeeter as transforma em um livro sobre a


perspectiva das empregadas, mostrando como elas sofrem racismo na casa dos brancos em uma
era americana dos Direitos Civis.

Filme: “12 anos de escravidão” (12 Years a Slave, 134 mim, Estados Unidos, 2013)
Escravo liberto, Solomon Northup vive ao lado da esposa e filhos. Após aceitar um trabalho
que o leva para outra cidade, ele é raptado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo,
Solomon precisa superar humilhações, não só físicas como emocionais, para sobreviver. Ao
longo de 12 anos ele é explorado por seus serviços.

Aula 15 (13/11) e Aula 16 (20/11) – Sindicalismo e representação de classes


Leitura Indicada:
LARANJEIRA, Sônia. Há lugar para o sindicalismo na sociedade pós-industrial? Aspectos do
debate internacional. São Paulo em Perspectiva, Vol. 12, n. 1, 1998.
Leitura complementar:
ANTUNES, Ricardo. Mundo do trabalho e sindicatos na era da reestruturação produtiva:
impasses e desafios do novo sindicalismo brasileiro. In: ANTUNES, Ricardo. Adeus ao
Trabalho? As Metamorfoses e a Centralidade do Mundo do Trabalho. Campinas: Ed.
Cortez/Ed. UNICAMP, 1995. p. 166-173.
Aula 17 (27/11) - Atividade avaliativa:
Filme: “Peões” (85 mim, Brasil, 2004)
Em seu oitavo longa-metragem, o mais influente documentarista brasileiro da atualidade narra a
história pessoal de metalúrgicos do ABC paulista que tomaram parte nos movimentos grevistas
de 1979 e 1980, mas permaneceram em relativo anonimato. Eles falam de suas origens, de sua
participação no movimento e dos caminhos que suas vidas trilharam desde então. Exibem sou-
venirs das greves, recordam os sofrimentos e recompensas do trabalho nas fábricas, comentam
o efeito da militância política no âmbito familiar, dão sua visão pessoal de Luís Inácio Lula da
Silva e dos rumos do país.

Aula 18 (04/11) - Balanço e encerramento do curso

Procedimentos Didático Metodológicos


1. Metodologia: Leitura e diálogo sobre textos previamente indicados. Serão utilizadas
diferentes técnicas para expor o conteúdo e ampliar a interação no diálogo em sala. Os textos
de leitura recomendada para as aulas serão disponibilizados no repositório do Qacadêmico e
no Google Drive.
2. Recursos Didáticos: Serão utilizados os recursos audiovisuais disponíveis e técnicas de
interação grupal para estímulo à interação direcionada aos objetivos da disciplina.
3. Prática como Componente Curricular: Cada estudante elaborará cinco análises
Ministério da Educação Código:
Secretaria de Educação, Profissional e Tecnológica Nº
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
Campus de Anápolis
Plano de Ensino da Disciplina Pág. 5

Tópicos Especiais III

sociológicas de filmes relacionados ao tema “Trabalho e Sociedade”, articulando os


conteúdos dos textos apresentados em sala de aula com ideias exploradas nos filmes.
4. Formas de Avaliação: As avaliações serão realizadas de forma contínua no decorrer das
aulas. A participação nos debates durante as aulas e as análises supracitadas serão os
principais elementos a serem avaliados.

Bibliografia
Básica

ADORNO, Theodor. Capitalismo Tardio ou Sociedade Industrial? In: COHN, Gabriel (Org):
Col. Grandes Cientistas Sociais. São Paulo: Ática, 1986 a, p. 62-75.
ANTUNES, Ricardo. Adeus ao Trabalho? As Metamorfoses e a Centralidade do Mundo do
Trabalho. Campinas: Ed. Cortez/Ed. UNICAMP, 1995.
SANTANA, Marco Aurélio e RAMALHO, José Ricardo. Sociologia do Trabalho no mundo
contemporâneo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.
SENNETT, Richard. A corrosão do caráter: as consequências pessoais do trabalho no novo
capitalismo. 14ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2009.

Complementar

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,


2002.
HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.
SANTOS, Boaventura de Souza (Org.). A globalização e as ciências sociais. São Paulo: Cortez,
2002.
SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Hucitec, 1993.

DADOS DE APROVAÇÃO
Professor responsável pela disciplina
Nome: Danilo José Dalio
Data Assinatura do Docente:
27/08/2018

Data Assinatura do Coordenador do Curso