Você está na página 1de 4

1.

1 Energia e movimentos

Teste final do subdomínio 1: Energia e movimentos


(Teste n.o 4 do ano letivo – 90 minutos)

(8 p
1. Escolha a opção que completa corretamente cada uma das seguintes
afirmações.

(6 pt) 1.1 Um sistema mecânico é aquele em que…


A) não se consideram as variações da energia mecânica.
B) não se consideram as variações da energia interna.
C) não se consideram as variações da velocidade.
D) não se consideram a variações da altura.

(6 pt) 1.2 Para poder ser reduzido a uma partícula material, um corpo deve…
A) ser rígido, indeformável e ter apenas movimento de translação.
B) ser rígido e indeformável, podendo ter qualquer tipo de mo­- (6 p
vimento.
C) ser pequeno e ter pouca massa.
D) ser grande e com massa elevada.

(6 pt) 2. Considere um bloco que se move numa superfície horizontal, da


esquerda para a direita, estando nele aplicada uma força F de cinco
maneiras distintas, representadas nos esquemas I, II, III, IV e V.

F
F
F F F

I II III IV V

Escolha a única afirmação correta.


dt11_71_F
A) Nas situações I, II e III, o trabalho realizado pela força F é potente.
pe.2017.0010.01.01
SOS Física 10.o ano
B) Nas situações III e IV, o trabalho realizado pela força FR F é positivo. (6 p
C) Na situação II, o trabalho realizado pela força F é máximo. (12 p
D) Nas situações IV e V, a força F retira energia ao bloco.

(12 pt) 3. Os carrinhos do supermercado são projetados de tal modo que, quando
são empurrados, a força exercida pelo nosso antebraço seja aproxima-
damente horizontal. Por que razão isto acontece?

1
1.1 Energia e movimentos

4. Um automóvel e um autocarro deslocam-se numa estrada plana de


montanha, com a mesma energia cinética. A massa do automóvel é de
1000 kg e a massa do autocarro é de 10 000 kg.

(8 pt) 4.1 De entre as seguintes afirmações, selecione as verdadeiras.


A) Ambos se movem com o mesmo módulo de velocidade.
B) O autocarro move-se com um módulo de velocidade superior
ao do automóvel.
C) O autocarro move-se com um módulo de velocidade inferior ao
do automóvel.
D) Se forem exercidas sobre eles forças de travagem iguais, o auto-
carro irá percorrer uma maior distância até parar.
E) Se forem exercidas sobre eles forças de travagem iguais, os dois
veículos irão percorrer a mesma distância até pararem.

(6 pt) 4.2 A energia potencial gravítica do automóvel é…


A) dez vezes superior à do autocarro.
B) dez vezes inferior à do autocarro.
C) igual à do autocarro.
D) cem vezes inferior à do autocarro.

5. Um corpo rígido desloca-se 5,0 m na horizontal, estando sujeito às duas


forças F1 e F2, como representado na figura.

F2
F1
30° 
Sentido do movimento

As intensidades das forças F1 e F2 são 40 N epe.2017.0010.01.01


60 N,dt11_72_F
respetivamente, e
o trabalho total realizado pelas forças que atuam no corpo
SOS Física 10.o anoé de 38,9 J.
FR
(6 pt) 5.1 Calcule o trabalho realizado pela força F1.
(12 pt) 5.2 Determine o valor do ângulo entre a força F2 e o deslocamento.

6. Um carrinho, de 1,0 kg de massa, é lançado do ponto A com velocidade


de módulo 6,0 m s−1, passando depois a mover-se no interior de uma
calha circular (raio = 0,5 m), como mostra a figura. As forças dissipativas
são desprezáveis.

2
1.1 Energia e movimentos

(12 pt) 6.1 O sistema apresentado é conservativo. Justifique esta afirmação.


dt11_73_F
pe.2017.0010.01.01
(6 p
SOS Física 10.o ano
(12 pt) 6.2 Calcule a velocidade do carrinho na posição B. FR

(6 pt) 6.3 Considere agora que as forças dissipativas não são desprezáveis,
realizando um trabalho de −4 J entre A e B. Selecione a opção que
descreve corretamente o que sucede no movimento entre estes
pontos.
A) A variação da energia cinética é de −4 J.
B) A variação da energia mecânica é de −4 J.
(12 p
C) A variação da energia cinética é de +4 J.
D) A variação da energia mecânica é de + 4 J. (6 p

7. Um automóvel de 1000 kg, inicialmente em movimento, desce uma


rampa de 25 metros de comprimento, representada na figura. As únicas (6 p
forças que realizam trabalho durante a descida são o peso do automóvel
e as forças resistentes ao movimento. Estas têm uma intensidade igual
a 25% da intensidade do peso do automóvel.

5m

(18 p

(6 pt) 7.1 Calcule a intensidade das forças resistentesdt11_74_F


ao movimento. (12 p
pe.2017.0010.01.01
(18 pt) 7.2 Calcule o trabalho da resultante das forças que10.
SOS Física atuam
o ano
no automóvel.
FR

(6 pt) 7.3 Qual dos diagramas seguintes representa corretamente a força (18 p

resultante que atua no automóvel, FR, durante a descida?

3
1.1 Energia e movimentos

A) B) FR
FR

C) FR D)
FR

(6 pt) 7.4 O valor do ângulo α é…


dt11_75_F
A) 11,5°. B) 0,2°. C) 5,0°. D) 78,5°.
pe.2017.0010.01.01
o
SOS Física 10. ano
FR
8. O gráfico seguinte representa a variação da energia Ec / J
cinética em função da distância percorrida, para o 20

movimento de um caixote, de massa 10,0 kg, inicial- 15


10
mente em repouso, ao longo de uma superfície hori-
5
zontal de 4 metros de comprimento.
0 1 2 3 4 d /m
(12 pt) 8.1 Qual o módulo da velocidade atingida pelo caixote?

(6 pt) 8.2 O trabalho realizado pela força resultante foi de… dt11_76_F
pe.2017.0010.01.01
B) 20 J.
SOS Física 10.o ano
A) 4 J. C) 20 × 4 J. D) 20 J. FR
4
(6 pt) 8.3 Calcule a intensidade da força resultante que atuou no caixote.

9. Um elevador de um prédio de 10 andares, de massa 200 kg, possui um


motor elétrico de potência útil de 2400 W e rendimento 80%.
O elevador encontrava-se no rés-do-chão, quando foi chamado para o
último andar. Demorou 20 s a passar do primeiro para o nono andar,
mantendo a sua velocidade constante.

(18 pt) 9.1 Qual a distância percorrida pelo elevador entre o primeiro e o nono
andar?

(12 pt) 9.2 Qual a energia fornecida pela rede elétrica, para o funcionamento do
motor, durante o percurso entre o primeiro e o nono andar?

(18 pt) 9.3 Imagine que, imediatamente após passar o nono andar, os cabos
do elevador partem-se. O sistema de travagem de emergência
entrou em ação, quando a velocidade de queda do elevador atingiu
o módulo de 2 m/s, tendo exercido neste uma força de travagem
constante, durante 2 metros, até este parar. Calcule o trabalho rea-
lizado pela força de travagem.
4