Você está na página 1de 120

Curso: Ética

Teoria e Questões comentadas


Prof. Lucas Salvetti

Prof. Lucas Salvetti Matéria: Ética 1 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Professor: Lucas Salvetti
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

APRESENTAÇÃO

Bem-vindos (as) ao curso de Ética para o cargo de Auditor do


Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Auditor TCM RJ).
Antes de mais nada, quero dizer que este curso é composto por material
escrito digital (.PDF) e fórum tira-dúvidas =) =) !!!

Aulas em PDF
Tira-dúvidas

As aulas deste curso estão 100% atualizadas com todas as normas


que foram alteradas, republicadas e editadas até o momento. Se tiver qualquer
alteração de conteúdo, eu vou atualizar as aulas e questões correspondentes
e disponibilizar GRATUITAMENTE para os alunos, durante a vigência do curso.

O curso será de Teoria e Questões comentadas e o meu objetivo é


MASTIGAR e DIGERIR toda a matéria para vocês e, para isso, vou tratar de
abordar a parte teórica de forma totalmente objetiva e esquematizada. Vou usar
e abusar de tabelas, esquemas, gráficos e outras técnicas de estudo, de forma
que vocês possam absorver de forma mais fácil esta matéria.

Apresentação
Para os que ainda não me conhecem, meu nome é Lucas Salvetti e
ocupo o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual do Rio de Janeiro,
concurso no qual fui aprovado em 19º lugar em 2010 (aos 22 anos).
Além disto, sou professor de Auditoria, Ética e
Administração, tendo ministrado aula ao longo dos últimos
7 anos nos mais diversos cursos preparatórios deste país,
autor do livro “1001 questões comentadas de auditoria ESAF
– Editora Método”:
Sou coordenador pedagógico, coach e professor no
Exponencial Concursos, tendo participado ATIVAMENTE
na confecção e modulação da metodologia que aplicamos
em nossos cursos =)

Prof. Lucas Salvetti 2 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Concursos aprovados:
 19º lugar - Auditor Fiscal da Receita Estadual do Rio de Janeiro -
ICMS RJ 2010 - Aprovado com 22 anos, cargo que ocupo
atualmente.
 11º lugar - Auditor Fiscal de Tributos Estaduais de Rondônia - ICMS
RO 2010 - Aprovado com 22 anos
 41º lugar - Banco do Brasil (2006) - Aprovado com 18 anos

Histórico e análise das provas de


Ética

O último concurso para Auditor do TCM RJ foi em 2010, quando o cargo


ainda era chamado de Técnico, e teve este conteúdo programático:
“Ética do Servidor na Administração Pública:
1. Princípios constitucionais de natureza ética: moralidade,
impessoalidade, probidade, motivação e publicidade.
2. Normas penais relativas ao servidor público: Dos Crimes contra a
Fazenda Pública; Dos Crimes contra as Finanças Públicas.
3. Decreto Municipal nº 13.319 de 20/10/1994.
4. Lei de Improbidade Administrativa.
Referência Bibliográfica: BRASIL. Constituição da República Federativa do
Brasil - 1988. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituiçao.htm ___.
Constituição do Estado do Rio de Janeiro. ___. Lei Orgânica do Estado do
Rio de Janeiro. ___.
Decreto Municipal n. 13.319 de 20 de outubro de 1994. ___.
Código Penal e legislação extravagante sobre os tipos penais relativos ao
servidor público. ___.
Lei 8.429 de 02 de Junho de 1992.”

Como podem ver, temos um item de Direito Penal e outro específico do


Município, e iremos abordar todo conteúdo no curso =)

Prof. Lucas Salvetti 3 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Agora vamos dar uma olhadinha na estrutura e cronograma do curso?


Segue:

Aula Assunto
00 Introdução. Regras Deontológicas
01 Princípios constitucionais de natureza ética: moralidade,
impessoalidade, probidade e publicidade.
02 Lei nº 8.429/1992 - Improbidade
03 2. Normas penais relativas ao servidor público: Dos Crimes contra a
Fazenda Pública; Dos Crimes contra as Finanças Públicas.
04 Decreto Municipal nº 13.319 de 20/10/1994.
*Consulte a data de liberação das aulas no site do Exponencial, na
página do curso.

Prof. Lucas Salvetti 4 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Aula 00 – Introdução. Regras Deontológicas

Sumário
1- Introdução 6
2- Regras deontológicas 8
3- Questões comentadas 15
4- Lista de Exercícios (todos da aula) 85
5- Gabarito 120
6- Referencial Bibliográfico 120

Prof. Lucas Salvetti 5 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

1- Introdução

Pessoal, quando temos o termo “introdução” na disciplina de ética, acho


que o melhor a ser adotado é a origem da palavra Ética, e contextualiza-la
comparando-a com a Moral, que é sempre questão de prova.
Por isto, vamos tratar Ética vs. Moral sempre com o viés e aplicabilidade
para o que é exigido em concurso público, que é o nosso objetivo, certo?
Naturalmente, preciso introduzir determinados aspectos que facilitarão na hora
da prova, portanto, fiquem tranquilos que filtrarei ao máximo o conteúdo.
A palavra Ética tem origem do grego “ethos” que quer dizer o modo de
ser (caráter). Essa palavra era traduzida para o latim pelos romanos como
“mos” que significa costume, e que deu origem à palavra Moral.
É claro que ninguém nasce com noções de caráter e costumes, isso tudo
nós aprendemos com o tempo, com a convivência e principalmente, por meio
de influências. Ou seja, ética e moral têm a ver com a realidade humana e o
contexto das sociedades nas quais os seres humanos estão inseridos.
Temos o costume de pensar que ética e moral são a mesma coisa, já que,
como acima relatado, ambos os termos apresentam significados muito
próximos, só se diferenciando e pela língua de origem. Se fossemos fazer
filosofia, ok, estaríamos encrencados, mas não é o nosso caso. Aqui vamos
distinguir Ética e Moral conforme as bancas examinadoras também as
consideram: Moral é normativa e a Ética é teoria.
ÉTICA – teoria, ciência ou conhecimento do comportamento moral que
busca entender e explicar a moral;
MORAL – é o conjunto de regras (por isso diz-se normativa) de uma
sociedade, que orienta a convivência dentro desta mesma sociedade.

Conjunto de regras da
Moral
sociedade

COSTUMES

Busca entender e explicar a


Ética
moral

Portanto, pessoal, fiquem atento às palavras CHAVES, dentre as quais:


“conjunto de regras” ou “normativo”, pois você saberá que estamos falando de
Moral, e não de Ética. Apenas com essa diferenciação entre Ética e Moral, você
já é capaz de acertar diversas questões de concursos anteriores.

Prof. Lucas Salvetti 6 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Continuando com a explicação sobre Ética, verificamos que, segundo


Almeida e Christmann1, a Ética é:
“Filosofia que fará a eleição das melhores ações tendo como
horizonte o interesse coletivo, universal”.

Assim, para que o homem, por exemplo, obtenha uma vida pacífica e
feliz, deve empreender ações no sentido da realização de tal objetivo. E é nesse
ponto que se encaixa a Ética, já que esta permitirá ao homem fazer uma
avaliação a respeito das ações (boas, corretas) que deve tomar a fim de
cumprir o objetivo inicialmente estabelecido.
A ética (como ciência, teoria ou conhecimento) realiza uma verificação
teórica, buscando responder alguns questionamentos, tais como: o que é
moral?; por que ser moral?; qual o fundamento da moral?; etc. Portanto, a
ética é crítica, reflexiva, indagativa dos sistemas morais estabelecidos em
um determinado momento na sociedade.
Já a moral refere-se ao objeto da ética. Relaciona-se, assim, ao
conjunto de comportamentos e prescrições de uma sociedade, adquirida em
função dos hábitos e costumes dos indivíduos dessa sociedade.
Enquanto a moral é influenciada por fatores sociais e históricos,
apresentando diferenças no seu conceito entre determinados grupos (o que
caracteriza a moral como relativista), a ética é uma convenção universal de
princípios e regras, válidos qualquer que seja o local ou tempo, sendo apenas
uma só para todos que compõe o agrupamento social (o que caracteriza a ética
como universal).
É a ética que apresenta às pessoas os padrões e princípios que devem
dirigir a sua existência.
Para fixar essas diferenças entre ética e moral, observe o quadro abaixo:

ÉTICA MORAL

• é universal, coletivo • é particular (atinge grupos


(construído a partir do consenso específicos)
de várias morais) • trata de aspectos de condutas
• é princípio específicas
• é ciência que estuda a moral • é objeto da ética (tem caráter
(reflexão filosófica) prático, com força normativa)

1
Almeida e Chirstmann, Ética e direito: uma perspectiva integrada, 3ª ed., 2009.

Prof. Lucas Salvetti 7 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

2- Regras deontológicas

Em J. Ferrater Mora, Dicionário de Filosofia (2004), a definição de


deontologia, deontológico, não é extensa, e por isto vamos introduzir o assunto
com a origem das palavras e outras particularidades, que tem por objetivo
facilitar a compreensão teórica do termo “Regras Deontológicas”.
De origem grega, a palavra Deontológica significa “o obrigatório, o justo,
o adequado”, ou seja, a deontologia é a ciência dos deveres, sendo estudado o
que deve ser cumprido para atingir o ideal utilitário do maior prazer possível
para o maior número possível de indivíduos.
É comum não considerar a deontologia uma disciplina estritamente
normativa, mas uma disciplina descritiva e empírica cujo fim é a determinação
dos deveres que cabe cumprir em determinadas circunstâncias sociais, e muito
especialmente no âmbito de uma profissão determinada.
Agora quando saímos da parte teórica filosófica, e entramos nos
normativos existentes, nos deparamos com o Capítulo I do Decreto nº
1.171/1994, onde é tratada as “Regras Deontológicas”
A deontologia é o conjunto de deveres e regras de natureza ética de
determinada classe profissional. Portanto, a Seção I do Capítulo I trata das
disposições gerais sobre a ética no serviço público federal. Para facilitar e
direcionar o seu estudo, vou transcrever a literalidade, inserindo comentários e
esquematizações, facilitando assim a absorção do conteúdo.
Para iniciar e contextualizar, segue o esquema sobre regras
deontológicas:

Das Regras
Deontológicas

Hierarquia Respeitar a
Zelar pelos atos Não omitir ou
respeitada, publicidade e a
dentro e fora da falsear a verdade
negliência moralidade
repartição pública dos fatos
evitada administrativa

I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios


morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.
Comentário: Não basta você, enquanto servidor público, agir corretamente
apenas no exercício da sua função. A norma traz expressamente em seu texto

Prof. Lucas Salvetti 8 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

que até mesmo fora da sua função (ou seja, na sua vida privada) o agente
deve se mostrar ético, este ponto costuma ser bem cobrado em questões de
prova, portanto, ATENÇÃO!

a dignidade

o decoro
no exercício do cargo
ou função ou fora dele
São primados maiores
que devem nortear o o zelo
servidor público

a eficácia

a consciência dos
princípios morais

II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de


sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto, consoante
as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição Federal.
Comentário: Dessa vez o Decreto nos diz que, além de agir sempre segundo
a ética, o servidor deve principalmente decidir entre o honesto e o desonesto,
e seguir sempre os princípios expressos na Constituição Federal de 1988
(CF/88), conhecidos pelo mnemônico LIMPE (Legalidade, Impessoalidade,
Moralidade, Publicidade e Eficiência).

desprezar o
O servidor
não poderá JAMAIS elemento ético de
público
sua conduta

Legal Ilegal
Justo Injusto
Conveniente Inconveniente Principalmente

Oportuno Inoportuno
Honesto Desonesto

Vale destacar também o texto citado da Constituição Federal, vejamos:

Prof. Lucas Salvetti 9 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos


Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios
obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade,
publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:
“§ 4º - Os atos de improbidade administrativa importarão a
suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a
indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e
gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.”

Improbidade
Administrativa

perda
suspensão indisponibilidade ressarcimento
função
direitos políticos dos bens ao erário
pública

III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre


o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o
bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do
servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.
Comentário: Guarde bem: todo ato administrativo, a ação realizada por seus
agentes, decisões e tudo mais devem sempre visar o bem comum. Inclusive
a moralidade da Administração Pública e as condutas dos agentes públicos.

não se limita à
Moralidade distinção entre O fim é sempre o
bem comum
o bem e o mal

legalidade
consolidada pelo E
equilíbrio entre
finalidade

IV- A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos


direta ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige,
como contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no
Direito, como elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade,
erigindo-se, como consequência, em fator de legalidade.
Comentário: Além de a “dívida” para com a sociedade, que custeia o seu
salário, ou seja, o seu sustento, o servidor tem este compromisso de agir

Prof. Lucas Salvetti 10 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

eticamente porque ele mesmo também custeia o seu salário e o dos seus
colegas.

V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade


deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que,
como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio.
Comentário: O maior patrimônio de um servidor público não são bens
materiais, e sim o êxito no desempenho de suas atribuições. Lembrando:
servidor público, servir ao público, defender o interesse do público.

VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto,


se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada poderão
acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
Comentário: Não há que se dissociar a vida particular e a vida profissional do
servidor. Ambas são integradas e a conduta do mesmo na vida particular
pode refletir positivamente ou negativamente na sua vida profissional.
ATENÇÃO pois isto é MUITO cobrado em prova, no ponto que diz se a
função pública SE INTEGRA na vida particular do servidor.

VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou


interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar.
Comentário: Publicidade é a regra, e o sigilo a exceção. Atualmente é mais
comum as bancas utilizarem o termo “transparência” como sinônimo de
publicidade.

Prof. Lucas Salvetti 11 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Publicidade dos atos administrativos

Regra Exceção

interesse
superior do
a omissão constitui
casos de Estado e da
enseja requisito de investigações
segurança Administraç
comprometi eficácia e policiais
nacional ão Pública,
mento ético moralidade
nos termos
da lei

VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.
Comentário: A mentira é terminantemente proibida. Contra tudo e contra
todos, deve o servidor sempre trabalhar com a verdade, mesmo que isso atente
contra o servidor ou a própria Administração.

toda pessoa tem esse direito

esse direito não pode ser omitido, ainda que contrário


aos interesses do interessado ou da própria Adm. Pública
Direito à
verdade
oportunidade de crescimento e estabilização do Estado

condição de proteção da dignididade humana e da Nação

IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço


público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que
paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano
moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente ao
patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não
constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao
Estado, mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua

Prof. Lucas Salvetti 12 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-


los.
Comentário: Aqui, novamente, o servidor tem uma “dívida” com o
administrado, afinal, seu salário é pago, indiretamente, por toda a sociedade,
então tratar mal algum jurisdicionado, ou não zelar pelo patrimônio comprado
com o dinheiro público constitui ofensa à sociedade, aos criadores e construtores
de tais objetos, e ao próprio servidor pois ele também financia seu próprio
salário.

Falta de cortesia Má vontade

Dano moral ao usuário


do serviço público

Mau tratamento Falta de atenção

X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que


compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços públicos.
Comentário: Ninguém gosta de filas, correto? Então, não faça ao próximo
aquilo que você não quer que façam a você! Atrasar serviço e atendimento, e
causar filas, é antiético, desumano e um grave dano moral.

XI - O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de seus


superiores, velando atentamente por seu cumprimento, e, assim,
evitando a conduta negligente. Os repetidos erros, o descaso e o acúmulo
de desvios tornam-se, às vezes, difíceis de corrigir e caracterizam até
mesmo imprudência no desempenho da função pública.
Comentário: Aqui está presente a figura da hierarquia. O servidor deve atender
às ordens de seus superiores, exceto quando manifestamente ilegais,
imorais, etc. (veremos no item de vedação sobre o tema). Repetidos erros,
descasos e desvios acabam por se tornar imprudência por parte do agente.

Prof. Lucas Salvetti 13 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é


fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.
Comentário: Além de desmoralizar o serviço, a falta sem justificativa pode
conduzir a desordem. É só pensar no exemplo de um servidor que em um setor
é o único que desempenha uma determinada função. Se ele faltar, ninguém vai
fazer este atendimento, o que acarretará desordem e revolta na população.

fator de desmoralização do serviço


público
Falta / ausência
injustificada do
local de trabalho
conduz à desordem das relações
humanas

XIII - O servidor que trabalha em harmonia com a estrutura


organizacional, respeitando seus colegas e cada concidadão, colabora e
de todos pode receber colaboração, pois sua atividade pública é a grande
oportunidade para o crescimento e o engrandecimento da Nação.
Comentário: O trabalho desempenhado com harmonia, respeito e, claro, ética,
engradece toda a nação, por isso, apesar de todos os pesares, o pensamento
deve ser sempre na contribuição ao nosso amado Brasil.

O SERVIDOR

DEVE NÃO DEVE


Ser zeloso dentro e fora do trabalho Desprezar o elemento ético
Visar o bem comum Omitir ou falsear a verdade
Pagar a “dívida” com a sociedade, Deixar qualquer pessoa esperando
que o remunera por seu atendimento
Considerar o trabalho seu maior Causar filas
patrimônio
Ser cortês Se ausentar injustificadamente do
local de trabalho
Obedecer às ordens de seus -
superiores
Trabalhar em harmonia com o -
órgão

Prof. Lucas Salvetti 14 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

3- Questões comentadas

1- (FCC / Copergás - PE / Auxiliar Administrativo / 2016) Fábio,


servidor público de uma autarquia federal da área previdenciária, na condição
de responsável pelo atendimento aos cidadãos, tentando reduzir sua carga de
trabalho passou a informar àqueles que buscavam atendimento que alguns
serviços estavam temporariamente suspensos, informação essa que não
correspondia à verdade. De acordo com as disposições do Código de Ética
Profissional do Servidor Público Civil Federal, aprovado pelo Decreto no
1.171/1994 e suas alterações, a conduta de Fábio
a) constitui falta grave, passível de demissão, por violação aos deveres
fundamentais do servidor.
b) caracteriza violação às regras deontológicas, ensejando pena de repreensão.
c) não obstante reprovável, não é capitulada como violação à ética profissional.
d) caracteriza-se como conduta imprópria, que viola os direitos dos usuários,
passível de suspensão.
e) corresponde a conduta expressamente vedada ao servidor, passível de
aplicação de pena de censura.
Resolução:
Primeiramente, sabemos que a única aplicação de sanção prevista no
Decreto 1.171/1994 é a CENSURA, portanto, letra A, B e D estão incorretas.
A letra C peca ao dizer que não é capitulada como violação ética, portanto
o gabarito da questão é a letra E, conforme previsto no item VIII da Seção I do
Capítulo I:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-
la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
Gabarito: E.

2- (FCC - PMP (INSS)/2012) Considere duas hipóteses:


I. Fernanda, servidora pública civil do Poder Executivo Federal, tem sido vista
embriagada, habitualmente, em diversos locais públicos, como eventos, festas
e reuniões.
II. Maria, também servidora pública civil do Poder Executivo Federal, alterou o
teor de documentos que deveria encaminhar para providências.

Prof. Lucas Salvetti 15 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Nos termos do Decreto no 1.171/1994:


a) ambas as servidoras públicas não se sujeitam às disposições previstas no
Decreto no 1.171/1994.
b) apenas o fato descrito no item II constitui vedação ao servidor público; o
fato narrado no item I não implica vedação, vez que a lei veda embriaguez
apenas no local do serviço.
c) apenas o fato descrito no item I constitui vedação ao servidor público, desde
que ele seja efetivo.
d) ambos os fatos não constituem vedações ao servidor público, embora possam
ter implicações em outras searas do Direito.
e) ambos os fatos constituem vedações ao servidor público.
Resolução:
Veja o que diz a seção III, inciso XV e alíneas h e n:
“h) alterar ou deturpar o teor de documentos que deva encaminhar para
providências;”
“n) apresentar-se embriagado no serviço ou fora dele habitualmente;”
Gabarito: E.

3- (FCC - PMP (INSS)/2012) Nos termos do Decreto no 1.171/1994, a


pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censura e sua
fundamentação:
a) não é necessária para a aplicação da pena; no entanto, exige-se ciência do
faltoso.
b) constará do respectivo parecer, assinado por todos os seus integrantes, com
ciência do faltoso.
c) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo Presidente da
Comissão, com ciência do faltoso.
d) não é necessária para a aplicação da pena, sendo dispensável também a
ciência do faltoso.
e) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo Presidente da
Comissão, sendo dispensável a ciência do faltoso.
Resolução:
Conforme Capítulo II, inciso XXII do Decreto nº 1.171/1994:
“XXII - A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de
censura e sua fundamentação constará do respectivo parecer, assinado
por todos os seus integrantes, com ciência do faltoso.”
Gabarito: B

Prof. Lucas Salvetti 16 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

4- (FCC - AJ TRT6/Administrativa/"Sem Especialidade"/2012) O


comportamento ético na gestão pública exige que se valorize:
a) a presteza acima da formalidade legal.
b) a eficiência mais do que a eficácia.
c) o consenso acima do conflito.
d) o interesse público antes dos interesses privados.
e) a impessoalidade contra a afabilidade.
Resolução:
Sempre o maior alvo do serviço público será alcançar o interesse
público, e por óbvio, o interesse público prevalecerá sobre o interesse
particular.
Gabarito: D.

5- (FCC / INFRAERO / Administrador / 2011)Considere as seguintes


assertivas atinentes ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal:
I. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público,
é que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
II. A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, não
se integra na vida particular de cada servidor público.
III. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública.
IV. Os repetidos erros do servidor, seu descaso e o acúmulo de desvios tornam-
se, às vezes, difíceis de corrigir e caracterizam até mesmo imprudência no
desempenho da função pública.
Está correto o que consta em
a) II e III, apenas.
b) I, II e III, apenas.
c) I, III e IV, apenas.
d) I e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994:
Item I – Certo, Moralidade:

Prof. Lucas Salvetti 17 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção


entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Item II – Errado, DEVE se integrar na vida particular, conforme item VI:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Item III – Certo, conforme item VIII:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-
la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública.”
Item IV – Certo, conforme item XI:
“XI - O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de seus
superiores, velando atentamente por seu cumprimento, e, assim,
evitando a conduta negligente. Os repetidos erros, o descaso e o
acúmulo de desvios tornam-se, às vezes, difíceis de corrigir e
caracterizam até mesmo imprudência no desempenho da função
pública.”
Gabarito: C.

6- (FCC / AL-SP / Agente Legislativo de Serviços Técnicos e


Administrativos / 2010) Ética é o conjunto de regras e preceitos de ordem
valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.
A respeito de ética, considere:

Prof. Lucas Salvetti 18 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I, II e IV.
b) I, III e IV.
c) II, III e V.
d) II, IV e V.
e) III, IV e V.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, das comissões de Ética:
Item I – Certo. De acordo com item I:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Item II – Certo. De acordo com item III:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade,
na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a
moralidade do ato administrativo.”
Item III – Errado. Não se limita, conforme visto no comentário do item II.

Prof. Lucas Salvetti 19 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Item IV – Certo. De acordo com item VI:


“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Item V – Errado. DEVE ser considerado como acréscimo ao seu próprio bem-
estar, conforme item V:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já
que, como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode
ser considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: A.

7- (FCC / DNOCS / Agente Administrativo / 2010) No que concerne às


Regras Deontológicas estabelecidas no Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal, é correto afirmar que
a) o trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve
ser entendido como obrigação, independentemente do seu próprio bem-estar,
já que, como funcionário público, integrante do Poder Executivo, o êxito desse
trabalho é requisito essencial à manutenção de seu cargo, não dizendo respeito
ao seu patrimônio e a sua vida particular.
b) a remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como contra-
partida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, sendo dissociável
de sua aplicação e de sua finalidade.
c) a moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
d) toda pessoa tem direito à verdade, sendo que o servidor poderá omiti-la,
caso seja contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo da opressão, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade
humana quanto mais a de uma Nação.
e) deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que compete
ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de longas filas, ou
qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço, é comum e normal e,
portanto, não causa dano moral aos usuários dos serviços públicos e nem
mesmo configura atitude contra a ética ou ato de desumanidade.
Resolução:

Prof. Lucas Salvetti 20 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Conforme Decreto nº 1.171/1994:


Alternativa A – Errada. Vejamos item V do Decreto:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que,
como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio”
Alternativa B – Errada. Vejamos item IV do Decreto:
“IV- A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos
direta ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige,
como contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no
Direito, como elemento indissociável de sua aplicação e de sua
finalidade, erigindo-se, como conseqüência, em fator de legalidade.”
Alternativa C – Correto, transcrição literal do item III do Decreto.
Alternativa D – Errada. O Servidor NÃO PODE omitir, conforme item VIII do
Decreto:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-
la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
Alternativa E – Errada. Não é comum nem normal, sendo dito pelo Decreto no
item X que: “...não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de
desumanidade, mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: C

8- (FCC - PMP (INSS)/2006) Tendo em vista as regras deontológicas e


os deveres do servidor público federal, objeto de seu Código de Ética, é correta
a afirmação de que:
a) a existência de longas filas ou atrasos na prestação de serviço caracterizam
mera ineficiência dos responsáveis, e especialmente do órgão público, mas não
implicam em dano moral.
b) toda ausência do servidor de seu local de trabalho é considerada
desmoralização do serviço público e sempre conduz à desordem em relação de
qualquer natureza.
c) o trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,

Prof. Lucas Salvetti 21 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.
d) é dever do servidor público, entre outros, ter consciência de que seu trabalho
é regido tão-somente pelos princípios estatutários constantes no regime jurídico
único que se materializam na prestação do serviço público.
e) a probidade e a lealdade são deveres acessórios do servidor público, que
estando diante de duas opções, deverá escolher sempre a melhor e mais
vantajosa para o bem individual.
Resolução:
Conforme Capítulo I seção I item ”V” do Decreto 1.171/1994:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que,
como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: C.

9- (CESPE / Telebras / Conhecimentos Básicos para o Cargo 13 /


2015) A respeito de ética no serviço público, julgue o item subsequente.
As decisões do servidor público, cuja conduta deve ser pautada na ética,
deverão ser pautadas na legalidade, na conveniência, na oportunidade, na
justiça e na honestidade.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal”
Gabarito: Certo.

10- (CESPE – MDIC - Analista Técnico – Administrativo/2014) No que


se refere a ética e conduta pública, julgue o item a seguir.
Julgue o item abaixo relativo à ética no serviço público.
A conduta praticada pelo servidor público não pode ser considerada como
honesta ou desonesta, pois essa designação constitui um juízo subjetivo e sem
qualquer amparo em ato normativo.

Prof. Lucas Salvetti 22 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
O item está ERRADO, uma vez que contraria previsão contida no Decreto
1.171/1994, na seção que trata das regras de conduta do servidor público:
Seção I- Das Regras Deontológicas
[...] II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto, consoante
as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição Federal.
Gabarito: Errado.

11- (CESPE / ANTAQ / Conhecimentos Básicos - Todos os cargos /


2014) Com relação à ética e à função pública, julgue o seguinte item.
Cortesia, boa vontade e respeito ao cidadão correspondem a valores da
administração pública federal.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, na parte de regras deontológicas
(capítulo I) temos que:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que
paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano
moral(...)”
Eu responderia que a questão está correta, no entanto, a CESPE anulou com a
seguinte justificativa: “Por haver mais de uma interpretação quanto ao assunto
abordado no item, opta-se pela sua anulação”
A deontologia refere-se ao conjunto de princípios e regras de conduta (os
deveres) e são inerentes a uma determinada profissão. No entanto, ACREDITO
que a banca tenha anulado pelo fato de na LITERALIDADE do dispositivo
transcrito acima estar com a seguinte redação: “...caracterizam o esforço pela
disciplina”, sem menção aos valores.
Gabarito: Anulada.

12- (CESPE / SUFRAMA / Nível Superior / 2014) Julgue o item que se


segue, relacionado à moral e à ética no serviço público.
Caso um servidor público, responsável pelo atendimento ao público, permita
que longas filas se formem em seu setor de trabalho, em virtude de ele acessar

Prof. Lucas Salvetti 23 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

constantemente redes sociais de comunicação via telefone celular, tal conduta


caracterizará falta ética.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, na parte de regras deontológicas
(capítulo I) temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Certo.

13- (CESPE - PRF/2013) A respeito da ética no serviço público, julgue o


item subsequente.
O elemento ético deve estar presente na conduta de todo servidor público, que
deve ser capaz de discernir o que é honesto e desonesto no exercício de sua
função.
Resolução:
Está bem no começo da seção I do nosso código de ética, bem no inciso
II. Arrisco-me a dizer que nem precisava conhecer este dispositivo para saber
que a questão está correta. Confira o que diz o texto legal:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal”.
Gabarito: Certo.

14- (CESPE / TRT - 17ª Região (ES) / Técnico Judiciário - Tecnologia


da Informação / 2013) A remuneração do servidor público é custeada pelos
tributos pagos indiretamente por todos; por isso, exige-se, como contrapartida,
que ele aja conforme a moralidade administrativa.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, temos que:

Prof. Lucas Salvetti 24 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“IV- A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos


direta ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige,
como contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no
Direito, como elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade,
erigindo-se, como conseqüência, em fator de legalidade.”
Gabarito: Certo.

15- (CESPE / ANCINE / Todos os Cargos / 2013) Em relação à Lei n.º


8.112/1990, ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal e à Lei n.º 9.784/1999, julgue os itens a seguir.
A publicidade de todo e qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético contra o
bem comum, imputável a quem a negar.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão
comprometimento ético contra o bem comum, imputável a quem a
negar.”
Gabarito: Errado.

16- (CESPE / SEGESP-AL / Papiloscopista / 2013) Julgue os itens a


seguir, no que se refere às disposições do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, Decreto n.º 1.171/1994.
Desempenhar com presteza as atribuições do seu cargo e não omitir a
publicação de quaisquer atos administrativos é dever do servidor
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão

Prof. Lucas Salvetti 25 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

comprometimento ético contra o bem comum, imputável a quem a


negar.”
A questão está errada, mas foi anulada por extrapolar conteúdo do edital.
Gabarito: Anulada.

17- (CESPE / MPU / Conhecimentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e


27 a 32 / 2013) No que se refere à ética no serviço público, julgue o item a
seguir.
Toda ausência injustificada, exceto em casos de saúde e óbito familiar, é fator
de desmoralização do serviço público por gerar ineficiência dos processos.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.”
Gabarito: Errado.

18- (CESPE / FUB / Auxiliar de Administração / 2013) No que se refere


à ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
A moralidade do ato administrativo é consolidada pelo equilíbrio entre a
legalidade e a finalidade na conduta do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

19- (CESPE / FUB / Auxiliar de Administração / 2013) Julgue os itens


que se seguem, relativos ao regime disciplinar dos servidores públicos federais.
Poderá o servidor público federal ausentar-se do seu trabalho, por motivo
imperioso, sem prévia autorização do chefe imediato.

Prof. Lucas Salvetti 26 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.
Gabarito: Errado.

20- (CESPE / MPU / Analista - Comunicação Social / 2013) Acerca da


ética no serviço público e do comportamento profissional, julgue os itens
subsequentes.
O êxito do trabalho desenvolvido por servidor público perante a comunidade é
considerado acréscimo à administração pública, e não ao seu próprio bem-estar.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já
que, como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode
ser considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: Errado.

21- (CESPE / MPU / Analista - Comunicação Social / 2013) No que se


refere aos principais deveres do servidor, julgue os itens que se seguem.
O tratamento cortês e urbano, embora relevante, não consta do rol dos deveres
do servidor público, já que se trata de valor inerente à própria formação
humana.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. (...)”
Gabarito: Errado.

22- (CESPE / FUB / Nível Superior / 2013) Tendo em vista que, na


análise dos aspectos que envolvem a ética e os serviços públicos, é

Prof. Lucas Salvetti 27 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

imprescindível considerar que a prestação desses serviços tem como base o


servidor público ou funcionário público, recrutados no meio social de onde se
originam os seus valores tradicionais, julgue o item seguinte.
A função pública do servidor caracteriza seu exercício profissional, integrando-
se, desse modo, à sua vida particular, fazendo que seus atos na conduta diária
da vida privada acresçam ou diminuam o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

23- (CESPE / DEPEN / Agente Penitenciário / 2013) É permitido ao


servidor público omitir a verdade quando esta for contrária aos interesses da
própria pessoa interessada.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
Gabarito: Errado.

24- (CESPE / MPOG / Analista - Negócios / 2013) No que se refere à


ética e ao comportamento profissional no serviço público, julgue os itens
subsequentes.
Considere que um servidor público tenha recebido reclamações de um usuário
e, após analisar os fatos, tenha constatado a existência de falhas no
procedimento realizado por um colega de trabalho. Nessa situação, a omissão
da verdade não fere o código de ética do servidor público, desde que o problema
seja sanado.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 28 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
Gabarito: Errado.

25- (CESPE / PRF / Policial Rodoviário Federal / 2013) Considere que


os usuários de determinado serviço público tenham formado longas filas à
espera de atendimento por determinado servidor que, embora responsável pelo
setor, não viabilizou o atendimento. Nessa situação, segundo dispõe a legislação
de regência, a atitude do servidor caracteriza conduta contrária à ética e ato de
desumanidade, mas não grave dano moral aos usuários do serviço.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Errado.

26- (CESPE / PRF / Policial Rodoviário Federal / 2013) A respeito da


ética no serviço público, julgue os itens subsequentes.
O elemento ético deve estar presente na conduta de todo servidor público, que
deve ser capaz de discernir o que é honesto e desonesto no exercício de sua
função.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o

Prof. Lucas Salvetti 29 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,


consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

27- (CESPE / CPRM / Analista em Geociências - Administração /


2013)

Os atos inerentes à conduta do servidor em sua vida privada não podem


influenciar o seu bom conceito na vida funcional, já que o exercício da função
pública não se confunde com a vida particular de cada servidor.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Errado.

28- (CESPE / ANTT / Analista Administrativo / 2013) No que concerne


à ética no serviço público, julgue o item abaixo.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade na conduta do servidor público
fundamenta a motivação do ato administrativo, devendo o servidor distinguir
não só entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o conveniente e o
inconveniente, mas também entre o honesto e o desonesto
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item II e III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”

Prof. Lucas Salvetti 30 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção


entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade,
na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a
moralidade do ato administrativo."
O equilíbrio não fundamenta a motivação do ato administrativo, mas sim,
consolida a moralidade do ato.
Gabarito: Errado.

29- (CESPE / MC / Todos os Cargos / 2013) Em relação ao Código de


Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue o
item a seguir.
O servidor no exercício de suas funções públicas deverá preocupar-se com
valores de natureza ética como legalidade, justiça, conveniência e honestidade.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

30- (CESPE / MC / Todos os Cargos / 2013) Em relação ao Código de


Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue o
item a seguir.
A negativa de tornar público um ato administrativo enseja comprometimento
ético contra o bem comum, por parte do servidor responsável pela omissão,
exceto nos casos justificáveis que envolvam segurança nacional, investigação
policial ou interesse superior do Estado e da administração pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item VII do Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da

Prof. Lucas Salvetti 31 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de


eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar."
Gabarito: Certo.

31- (CESPE / UNIPAMPA / Administrador / 2013) Com base no Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue
os itens que se seguem.
Caso, em um hospital público, os pacientes tenham de esperar atendimento
médico sentados no chão ou em macas deterioradas, eles podem representar
contra os gestores da organização quanto ao tratamento a eles dispensado, uma
vez que os gestores descumpriram regras éticas de conduta pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Certo.

32- (CESPE / UNIPAMPA / Administrador / 2013) Com base no Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue
os itens que se seguem.
Em caso de ameaça terrorista ao país, as informações e os atos administrativos
secretos podem ser tornados públicos, para que se garanta a eficácia e a
moralidade das ações do Estado no enfrentamento do problema.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, é o contrário... em caso de segurança
nacional, processos declarados sigilosos não serão dado publicidade, conforme
item VII:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos
da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito

Prof. Lucas Salvetti 32 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento


ético contra o bem comum, imputável a quem a negar.”
A questão pega pesado pois correríamos para dizer que ela está errada,
já que é uma das exceções da necessidade de publicidade. No entanto, o aluno
com olhar apurado, perceberá que é ato discricionário dar ou não publicidade
nestes casos, afinal, temos que:
Publicidade  Regra, DEVE; Exceções, PODEM.
Gabarito: Certo.

33- (CESPE / TJ-DFT / Todos os Cargos / 2013) Julgue o item


subsequente, relativo à ética no serviço público.
A qualidade dos serviços públicos depende fortemente da moralidade
administrativa e do profissionalismo de servidores públicos.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”

Naturalmente, sem a moralidade, sobra espaço para desonestidade,


corrupção, perseguições indevidas e inúmeras outras atitudes não esperadas
por um servidor público, portanto, é correto afirmar que a qualidade está
relacionada à moralidade.
Gabarito: Certo.

34- (CESPE / INPI / Analista de Planejamento - Comunicação Social


/ 2013) O servidor deve dar publicidade a todo ato administrativo, sem
exceção, mesmo que isso seja contrário ao interesse da Administração Pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, temos exceção, conforme item VII do Decreto nº 1.171/1994:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos
da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito

Prof. Lucas Salvetti 33 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético


contra o bem comum, imputável a quem a negar.”
Gabarito: Errado.

35- (CESPE / CNJ / Analista Judiciário / 2013) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens de 19 a 24.
O servidor público deve adotar um comportamento de colaboração com seus
colegas quando perceber que, em sua organização, os deveres e os papéis são
desempenhados adequadamente e em conformidade com a lei.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“XIII - O servidor que trabalha em harmonia com a estrutura
organizacional, respeitando seus colegas e cada concidadão, colabora e de
todos pode receber colaboração, pois sua atividade pública é a grande
oportunidade para o crescimento e o engrandecimento da Nação.”
Gabarito: Certo.

36- (CESPE / MPOG / Técnico de Nível Superior / 2013) Como a


finalidade da administração pública é atingir o bem comum, a moralidade de
seus atos é consolidada pelo equilíbrio entre o que é bom e o que é ruim para a
população.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo."
Gabarito: Errado.

37- (CESPE / MPOG / Técnico de Nível Superior / 2013) A ética deve


integrar não só a vida profissional do servidor público, como também sua vida
privada. Sendo assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia na
vida privada do servidor público não poderão interferir na sua vida profissional,
sob pena de violação do Código de Ética Profissional do Servidor Público.

Prof. Lucas Salvetti 34 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Errado.

38- (CESPE / DEPEN / Técnico de Apoio / 2013) Acerca de ética e função


pública, bem como ética no serviço público, julgue os itens subsequentes.
Embora a função pública, tida como exercício profissional, integre a vida
particular de cada servidor, os fatos ocorridos no âmbito de sua vida privada
não podem influenciar o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Errado.

39- (CESPE - TNS (PRF)/2012) Acerca de ética e conduta pública, julgue


o item:
A moralidade da administração pública norteia-se pela distinção entre o bem e
o mal e pela noção de que sua finalidade é o bem comum.
Resolução: Questão correta conforme o texto constante na seção I e inciso III
do código de ética:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

Prof. Lucas Salvetti 35 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

40- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) A moralidade dos


atos do servidor público é consolidada quando ele, ao agir, considera a
legalidade e a finalidade desses atos, tendo em vista o bem comum.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a
moralidade do ato administrativo.”
Gabarito: Certa.

41- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) Considerando o


estabelecido no Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue os itens
a seguir.
A honra e a tradição dos serviços públicos devem ser preservadas pela conduta
ética dos servidores públicos, a qual fundamenta a confiança da sociedade nos
serviços prestados pela administração pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: Certo.

42- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) Considerando o


estabelecido no Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue os itens
a seguir.
Em toda e qualquer situação, o ato administrativo, para ser eficaz e moral, deve
ser público.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 36 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
Temos exceções, conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos
da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito
de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar.”
Gabarito: Errado.

43- (CESPE / TJ-RR / Nível Superior / 2012) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
Devido à impossibilidade de relativização do direito constitucional à privacidade,
considera-se que os atos praticados pelo servidor público no âmbito privado são
dissociados de sua conduta pública, não influenciando, portanto, seu conceito
funcional nem a prestação de serviços ao público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, a vida privada não é dissociada da pública,
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público.
Assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida
privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida
funcional.”
Gabarito: Errado.

44- (CESPE / TJ-RR / Nível Superior / 2012) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
Adota conduta ética, no exercício de seu cargo, o servidor público que preserva
seus valores pessoais bem como os da organização onde atua.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal.”

Prof. Lucas Salvetti 37 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,


portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
“XIV - São deveres fundamentais do servidor público:
f) ter consciência de que seu trabalho é regido por princípios éticos que
se materializam na adequada prestação dos serviços públicos;”
Gabarito: Certo.

45- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) É dever do servidor público zelar pela economia do material e pela
conservação do patrimônio público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que
paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano
moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente
ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má
vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às
instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade
que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e
seus esforços para construí-los.”.
Gabarito: Certo.

46- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) No que se refere ao Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens.
A moralidade do ato administrativo, na conduta do servidor público, é
consolidada por meio do equilíbrio entre legalidade e finalidade.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na

Prof. Lucas Salvetti 38 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato


administrativo."
Gabarito: Certo.

47- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) Constitui requisito de eficácia e moralidade a publicidade de qualquer
ato administrativo.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão
comprometimento ético contra o bem comum, imputável a quem a
negar.”
Gabarito: Errado.

48- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) O servidor não deve omitir a verdade ou falseá-la, ainda que esta
contrarie os interesses de pessoa interessada ou da própria administração
pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação."
Gabarito: Certo.

49- (CESPE / PRF / Nível Superior / 2012) Acerca de ética e conduta


pública, julgue os itens a seguir.
A moralidade da administração pública norteia-se pela distinção entre o bem e
o mal e pela noção de que sua finalidade é o bem comum.

Prof. Lucas Salvetti 39 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

50- (CESPE / TRE-RJ / Cargos de Nível Superior / 2012) No âmbito da


administração pública, a moralidade no comportamento do servidor limita-se ao
discernimento do certo e do errado, do bem e do mal.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, não se limita, conforme Decreto nº 1.171/1994 temos que:
II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o
ilegal, o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e
o inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.
Gabarito: Errado.

51- (CESPE / MCT / Técnico / 2012) Com relação à ética no serviço


público, julgue o item a seguir.
O sigilo de assuntos e informações deve ser guardado apenas em situações em
que o interesse público deve ser preservado, caso em que o processo deverá
ser previamente declarado sigiloso
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, não é apenas no caso do interesse público ser preservado, e a
declaração de sigilo é feita por lei, conforme Decreto nº 1.171/1994 item VII:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de

Prof. Lucas Salvetti 40 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético


contra o bem comum, imputável a quem a negar.”
Gabarito: Errado.

52- (CESPE / MCT / Técnico / 2012) No que se refere à atuação ética do


servidor público, julgue o item que se segue:
A probidade administrativa é uma forma de moralidade, visto que ela consiste,
entre outros aspectos, em servir honestamente a administração pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

53- (CESPE / Banco da Amazônia / Técnico Científico - Administração


/ 2012) Acerca da ética profissional do servidor público, julgue o item que se
seguem.
O Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal estabelece que a vida pessoal e a vida funcional do servidor são
dissociadas e que seu comportamento profissional é fruto de suas atitudes no
trabalho.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, não são dissociadas, vejamos Decreto nº 1.171/1994 item VI:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Errado.

Prof. Lucas Salvetti 41 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

54- (CESPE / TCU / Auditor Federal de Controle Externo - Psicologia


/ 2011) Julgue os itens de 34 a 37, relativos aos princípios e normas de
conduta ética dos servidores do TCU.
Os atos, comportamentos e atitudes dos servidores deverão incluir sempre uma
avaliação de natureza ética, para harmonizar práticas pessoais e valores
institucionais.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Para responder esta questão gostaria de citar 2 itens do Decreto nº 1.171/1994,
vamos lá:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”

Ok, professor, o privado e público do servidor estão conectados... mas como


saber que a conduta/ética do servidor é correta? Vejamos:
“XV - E vedado ao servidor público;
p) exercer atividade profissional aética ou ligar o seu nome a
empreendimentos de cunho duvidoso.”
Gabarito: Certo.

55- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) No que se refere à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
A moralidade do ato administrativo é consolidada por meio do equilíbrio entre
legalidade e finalidade na conduta do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo."
Gabarito: Certo.

Prof. Lucas Salvetti 42 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

56- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) Fatos e atos verificados na


conduta do dia a dia na vida privada do servidor público podem acrescer ou
diminuir o conceito em sua vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Certo.

57- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) No que se refere à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
Salvo as exceções legalmente previstas, a publicidade de qualquer ato
administrativo constitui requisito de eficácia e moralidade, constituindo
comprometimento ético contra o bem comum a sua omissão, imputável a quem
a negar.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar.
Gabarito: Certo.

58- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) O servidor público deve pautar-


se pela dignidade, pelo decoro, pelo zelo, pela eficácia e pela consciência dos
princípios morais, seja no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que sua
conduta refletirá o exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos,
comportamentos e atitudes devem ser direcionados para a preservação da
honra e da tradição dos serviços públicos.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:

Prof. Lucas Salvetti 43 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:


“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: Certo.

59- (CESPE / PREVIC / Cargos de Nível Superior / 2011) Com base no


disposto no Código de Ética Profissional do Serviço
Público, julgue os itens subsecutivos.
Os atos praticados por servidores públicos no âmbito de sua vida privada
influenciam no conceito atribuído a sua vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Certo.

60- (CESPE / PREVIC / Cargos de Nível Superior / 2011) É vedado o


uso de artifícios para procrastinar o exercício regular de direito por qualquer
pessoa.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação
de longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do
serviço, não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de
desumanidade, mas principalmente grave dano moral aos usuários dos
serviços públicos.”
“XIV - São deveres fundamentais do servidor público:

Prof. Lucas Salvetti 44 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) exercer suas atribuições com rapidez, perfeição e rendimento, pondo


fim ou procurando prioritariamente resolver situações
procrastinatórias, principalmente diante de filas ou de qualquer outra
espécie de atraso na prestação dos serviços pelo setor em que exerça
suas atribuições, com o fim de evitar dano moral ao usuário;”
Gabarito: Certo.

61- (CESPE / PREVIC / Técnico Administrativo / 2011) A cortesia, a


boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público caracterizam o
esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos direta ou
indiretamente significa causar-lhe dano moral. Da mesma forma, causar dano
a qualquer bem pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por
descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e
às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade que
dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para
construí-los.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
O enunciado cita literalmente o item IX do Decreto nº 1.171/1994.
Gabarito: Certo.

62- (CESPE / STM / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2011)


Julgue os itens a seguir, relativos à ética no serviço público.
A função pública caracteriza-se como um exercício profissional que deve ser
incorporado à vida particular do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

63- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Médio / 2011) Com base no Código
de Ética dos Servidores Públicos, julgue os
itens seguintes.

Prof. Lucas Salvetti 45 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

No exercício de suas funções, o servidor público jamais deve esquecer o


elemento ético de sua conduta, visto que suas decisões não se resumem ao
legal ou ilegal, ao oportuno ou inoportuno, ao conveniente ou inconveniente.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

64- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Médio / 2011) Com base no Código
de Ética dos Servidores Públicos, julgue os
itens seguintes.
A conscientização de cada servidor público quanto à preservação da honra e da
tradição dos serviços públicos decorre do desempenho de sua função com
dignidade, decoro, zelo e eficácia.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: Certo.

65- (CESPE / EBC / Técnico - Administração / 2011) A respeito do


disposto no Decreto n.° 1.171/1994, que instituiu o Código de Ética do Servidor
Público Civil, julgue os itens seguintes.
Fatos e atos relativos à conduta do servidor no dia a dia de sua vida privada
não podem ser considerados para acrescer ou diminuir o seu bom conceito na
vida funcional, em razão de terem ocorrido ou sido praticados fora do local de
trabalho.

Prof. Lucas Salvetti 46 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Errado.

66- (CESPE - PMP (INSS)/2010) No que se refere à ética no serviço


público, julgue o item a seguir.
Toda ausência injustificada do servidor ao seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público.
Resolução:
Conforme Decreto 1.171/1994, capítulo I, Seção I, inciso XII:
XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.
Gabarito: Certo.

67- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Superior) / 2010) De acordo com o Código de Ética Profissional do
Servidor Público, julgue o item a seguir.
A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, e por isso se exige, como contrapartida, que a
moralidade administrativa se integre no direito, como elemento indissociável de
sua aplicação e de sua finalidade.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução: De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“IV- A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos
direta ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige,
como contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no
Direito, como elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade,
erigindo-se, como conseqüência, em fator de legalidade.”
Gabarito: Certo.

Prof. Lucas Salvetti 47 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

68- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Superior) / 2010) De acordo com o Código de Ética Profissional do
Servidor Público, julgue o item a seguir.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade não deve
ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, deve SIM ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar,
conforme item V do Decreto nº 1.171/1994:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que,
como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio.
Gabarito: Errado.

69- (CESPE / AGU / Agente Administrativo / 2010) A ausência


injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de desmoralização do
serviço público e pode ser considerada uma atuação antiética.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.”
Gabarito: Certo.

70- (CESPE / AGU / Agente Administrativo / 2010) O êxito da opção por


uma forma ética de prestação de serviços públicos requer a procura contínua de
padrões de excelência elaborados com base em mecanismos de avaliação
internos, correspondentes aos posicionamentos daqueles servidores que
ocupam posições elevadas na hierarquia da administração. Nesse sentido, a
avaliação dos usuários-cidadãos tem papel secundário.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja

Prof. Lucas Salvetti 48 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício


da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.
V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que,
como cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: Errado.

71- (CESPE / DPU / Analista Administrativo / 2010) O Código de Ética


Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal estabelece, no
inciso VI, capítulo I, que a função pública deve ser tida como exercício
profissional e, portanto, se integra na vida particular de cada servidor público.
Assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia a dia na vida privada do
servidor poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
Com base nessas informações, assinale a opção correta.
a) O inciso em questão atende a exigência formal inscrita na Lei n.º
8.112/1990, que dispõe acerca do regime jurídico dos servidores públicos civis
da União, das autarquias e das fundações públicas federais.
b) O conteúdo do inciso está eivado da cultura política tradicional brasileira, ao
confundir a esfera pública com a privada.
c) O conteúdo do inciso em apreço está em acordo com o inciso I, que
estabelece a dignidade e o decoro como norteadores da conduta do servidor, no
exercício do cargo ou fora dele.
d) O conteúdo do inciso expressa a pretensão totalitária do Estado de controlar
a vida privada do indivíduo.
e) O conteúdo do inciso contradiz os dispositivos constitucionais que
estabelecem a liberdade individual e a liberdade profissional.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e atitudes
serão direcionados para a preservação da honra e da tradição dos serviços
públicos.”
Gabarito: C.

Prof. Lucas Salvetti 49 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

72- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Médio) / 2010) Considerando o Código de Ética do Servidor Público,
julgue o item a seguir.
A função pública deve ser tida como exercício profissional; portanto, integra-se
na vida particular de cada servidor público.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

73- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Médio) / 2010) Considerando o Código de Ética do Servidor Público,
julgue o item a seguir.
A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais
são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício
do cargo ou função, seja fora dele.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: Certo.

74- (CESPE / MDS / Agente Administrativo / 2009) Considerando o


código de ética do servidor público federal, julgue os itens subsequentes.
O agente público deve buscar o equilíbrio entre legalidade e finalidade, com o
objetivo de consolidar a moralidade do ato administrativo praticado.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:

Prof. Lucas Salvetti 50 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção


entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do
ato administrativo."
Gabarito: Certo.

75- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Superior / 2009) Com referência ao


Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal (Decreto n.º 1.171/1994), julgue
os itens seguintes.
Os fatos e atos verificados na conduta do dia a dia do servidor em sua vida
privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Certo.

76- (CESPE / FUB / Administrador de Edifícios / 2009) Com base no


Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal (Decreto n.º 1.171/1994),
julgue o próximo item.
O servidor público não pode jamais desprezar o elemento ético de sua conduta;
assim, não tem de decidir somente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto,
o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o inoportuno, mas principalmente
entre o honesto e o desonesto, consoante os princípios e regras contidas na
Constituição.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o

Prof. Lucas Salvetti 51 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,


consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

77- (CESPE / FUB / Administrador de Edifícios / 2009) A verdade,


princípio moral previsto no Código de Ética, pode ser afastada em algumas
situações, como, por exemplo, na hipótese de o médico de um hospital público
avisar aos familiares que o paciente poderá ser salvo, com vistas
exclusivamente a poupá-los do sofrimento imediato, quando já se sabe que a
morte é certa.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-
la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria
pessoa interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode
crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da
opressão ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade
humana quanto mais a de uma Nação."
Gabarito: Errado.

78- (CESPE / MI / Assistente Técnico Administrativo / 2009) Quanto


à ética no serviço público, julgue os seguintes itens.
A função pública deve ser tida como um exercício profissional que se integra à
vida particular de cada servidor público. Por essa razão, tanto no exercício do
cargo ou da função que lhe compete, quanto fora dele, o servidor público deve
sempre nortear sua conduta pelos primados da dignidade, do decoro, do zelo,
da eficácia e da consciência dos princípios morais, haja vista que os fatos e os
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada podem acrescer
ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."

Prof. Lucas Salvetti 52 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Gabarito: Certo.

79- (CESPE / MI / Assistente Técnico Administrativo / 2009) Quanto


à ética no serviço público, julgue os seguintes itens.
A moralidade pública prescinde de julgamentos sobre o bem e o mal, haja vista
que seu caráter pragmático e finalista não se coaduna com juízos valorativos
fundados em posicionamentos maniqueístas.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Errado, vejamos Decreto nº 1.171/1994:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Errado.

80- (CESPE / ANATEL / Técnico em Regulação - Telecomunicações /


2009) A moralidade da administração pública não se limita à distinção entre o
bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre a
manutenção da ordem constitucional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Errado.

81- (CESPE / ANATEL / Técnico em Regulação - Telecomunicações /


2009) Quanto ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal, julgue os itens a seguir.
É o equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público,
que consolida a moralidade do ato administrativo.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 53 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
Conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo."
Gabarito: Certo.

82- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
O trabalho do servidor público segue princípios éticos, assim, a eficácia na
prestação dos serviços seria a materialização desses princípios.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: Certo.

83- (CESPE - ATA MIN/2009) Quanto à ética no serviço público, julgue o


seguinte item.
A função pública deve ser tida como um exercício profissional que se integra à
vida particular de cada servidor público. Por essa razão, tanto no exercício do
cargo ou da função que lhe compete, quanto fora dele, o servidor público deve
sempre nortear sua conduta pelos primados da dignidade, do decoro, do zelo,
da eficácia e da consciência dos princípios morais, haja vista que os fatos e os
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada podem acrescer
ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
Resolução:
Literalidade do inciso VI da seção I do Decreto 1.171/1994:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,

Prof. Lucas Salvetti 54 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada


poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

84- (CESPE - ATA MIN/2009) O item apresenta uma situação hipotética,


seguida de uma assertiva a ser julgada quanto ao comportamento ético do
servidor público.
A servidora Maria, no exercício de suas funções, deixou o usuário João à espera
de atendimento durante meia hora, enquanto retocava a maquilagem. Nessa
situação, Maria causou danos morais ao usuário João.
Resolução:
A questão está correta conforme consta no inciso X da seção I do nosso
Decreto 1.171/1994, de acordo com a transcrição a seguir:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Certo.

85- (CESPE - AI (ABIN)/2008) Julgue o item a seguir de acordo com o


Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo federal.
Os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia do servidor em sua vida
privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional,
podendo caracterizar, inclusive, violação ao Código de Ética, o que será passível
de censura.
Resolução:
A questão está de acordo com o inciso VI das regras deontológicas do
Decreto 1.171/1994:
“A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto,
se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada poderão
acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

Prof. Lucas Salvetti 55 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

86- (CESPE - OI (ABIN)/2008) Com base no Código de Ética Profissional


do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal - Decreto n.º 1.171/1994,
julgue o item que se segue.
Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse
superior do Estado e da administração pública, a serem preservados em
processo previamente declarado sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de
qualquer ato administrativo constitui requisito de eficácia e moralidade,
ensejando sua omissão um comprometimento ético contra o bem comum,
imputável a quem a negar.
Resolução
Está de acordo com o inciso VII da seção I do Decreto nº 1.171/1994:
“VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar.”
Gabarito: Certo.

87- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O agente público tem o dever de buscar o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade na tentativa de proporcionar a consolidação da moralidade do ato
administrativo praticado.
Resolução:
Está de acordo com o Capítulo I, Seção I, Das Regras Deontológicas, inciso III
do Decreto n.º 1.171/1994:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre
o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o
bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do
servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

Prof. Lucas Salvetti 56 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

88- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,
integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.
Resolução:
O item traz o inciso V das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como
cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser
considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: Certo.

89- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
De acordo com o referido código de ética, tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.
Resolução:
Ainda nas Regras Deontológicas, temos o inciso IX que diz:
‘IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa
que paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe
dano moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente
ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não
constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado,
mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua inteligência,
seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-los.”

Prof. Lucas Salvetti 57 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Gabarito: Certo.

90- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O agente público tem o dever de buscar o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade na tentativa de proporcionar a consolidação da moralidade do ato
administrativo praticado.
Resolução:
Está de acordo com o Capítulo I, Seção I, das Regras Deontológicas, inciso
III do Decreto nº 1.171/1994, conforme a seguir:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre
o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é sempre o
bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do
servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

91- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,
integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.
Resolução:
O item traz o inciso V Das Regras Deontológicas do Decreto nº 1.171/1994:
“V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade
deve ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como

Prof. Lucas Salvetti 58 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser


considerado como seu maior patrimônio.”
Gabarito: Certo.

92- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
De acordo com o referido código de ética, tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.
Resolução:
Está de acordo com as Regras Deontológicas, inciso IX do Decreto nº
1.171/1994:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa
que paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe
dano moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente
ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não
constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado,
mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua inteligência,
seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-los.”
Gabarito: Certo.

93- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Embora


contrário aos interesses da gestão pública, o servidor não poderá usar de
falsidade na relação com o usuário.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”

Prof. Lucas Salvetti 59 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Gabarito: Certo.

94- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
O servidor público, no exercício de suas funções, deve decidir sobre o que é
oportuno e o que é inoportuno, mas, em relação ao que é honesto ou não, deve
ser consoante à cultura do ambiente em que atua.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Errado.

95- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
A conduta do servidor público, ao equilibrar a legalidade e a finalidade do ato
administrativo, consolida a moralidade na administração pública.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: Certo.

96- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
Causar danos por descuido a bens do patrimônio público não constitui uma
ofensa ao Estado, mas aos que construíram esses bens.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 60 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que
paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano
moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente ao
patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não
constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao
Estado, mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua
inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-
los.”
Gabarito: Errado.

97- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item a seguir em harmonia com as disposições do Código de Ética Profissional
do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.
Não apenas a preocupação acerca do legal e do ilegal, do justo e do injusto, do
conveniente e do inconveniente deve nortear as decisões do servidor público,
mas, principalmente, a preocupação com o honesto e o desonesto, de acordo
com os parâmetros constitucionais.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Certo.

98- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item seguinte em harmonia com as disposições do Código
de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal.
Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse
superior do Estado e da administração pública, a serem preservados em
processo previamente declarado sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de

Prof. Lucas Salvetti 61 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

qualquer ato administrativo constitui regra que deve ser seguida, sob pena de
comprometimento ético contra o bem comum.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Correto, conforme item VII do Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar."
Gabarito: Certo.

99- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item em harmonia com as disposições do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal.
A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, os fatos
e atos verificados na conduta do dia-a-dia do servidor, em sua vida privada, não
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos a seguinte redação dentro das
Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Gabarito: Errado.

100- (CESPE / HEMOBRÁS / Auxiliar Administrativo / 2008) Acerca de


ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
Considera-se a função pública como integrada à vida particular do servidor,
devido ao seu caráter de exercício profissional.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:

Prof. Lucas Salvetti 62 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,


portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Gabarito: Certo.

101- (CESPE / STJ / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2008)


No serviço público, o funcionário deve-se guiar pela conduta
ética, que abrange aspectos da atuação e da relação com os
públicos externo e interno. Julgue os itens a seguir, acerca do
comportamento ético do servidor público e suas implicações.
O funcionário que, no exercício de suas funções, deixa o usuário de seu serviço
à espera enquanto atende ligação telefônica particular por 20 minutos causa
danos morais a esse usuário.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Certo.

102- (CESPE / STJ / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2008)


Atento ao fato de que as entidades públicas devem oferecer serviço de qualidade
a seus usuários, o dirigente de um órgão público
pretende adotar procedimentos internos considerados relevantes para a
qualidade do atendimento. Em face dessa situação, cada um
dos seguintes itens apresenta uma proposta de procedimento a ser adotado
pelo referido órgão, que deve ser julgada certa se constituir
procedimento relevante para a melhoria da qualidade no atendimento ao
usuário, ou errada, em caso negativo.
Cada servidor do órgão em questão deverá se empenhar em auxiliar os
usuários, desde que não precise interromper nenhuma de suas tarefas e desde
que a demanda seja exclusiva da área em que o servidor atua.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução: Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:

Prof. Lucas Salvetti 63 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que


compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Não precisa ser demanda EXCLUSIVA da sua área, muito menos negar de
atender com o pretexto de que interromperá alguma tarefa sua.
Gabarito: Errado.

103- (FGV / FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE / Auxiliar Administrativo / 2013)


Com base no Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil, a moralidade
da Administração Pública não deve estar limitada à distinção entre o bem e o
mal, devendo ser acrescida da ideia de que
a) o fim é sempre a garantia dos direitos individuais.
b) a legalidade sempre conduz ao bem comum.
c) a finalidade é sempre o combate à corrupção.
d) a moralidade sempre prevalece sobre a legalidade.
e) o fim é sempre o bem comum.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá
consolidar a moralidade do ato administrativo.”
Gabarito: E.

104- (FGV / FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE / Auxiliar Administrativo / 2013)


Tendo em consideração o Código de Ética específico, em que se elenca
obrigações profissionais de servidores públicos, é correto afirmar que
a) a conduta ética decorre da exteriorização da conduta normatizada, sendo
irrelevante a adesão pessoal às regras codificadas.
b) a conduta ética decorre da obrigatoriedade de se agir de acordo com os
preceitos morais, uma vez que foram estabelecidos por meio de norma positiva.
c) a conduta ética decorre da aceitação livre, consciente e voluntária das regras
de conduta pelo sujeito moral.

Prof. Lucas Salvetti 64 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

d) a conduta ética decorre da atuação efetiva da Comissão de Ética dos órgãos


da Administração Pública.
e) a conduta ética decorre da preponderância das regras morais estabelecidas
pelo Código de Ética sobre a vontade do sujeito moral.
Resolução:
Podemos encontrar em vários locais a definição de que Ética é um conjunto de
conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar
explicar as regras morais de forma racional, fundamentada, científica e teórica.
É uma reflexão sobre a moral.
Em termos práticos, a finalidade da ética/moral são semelhantes e a ideia é
guiar a conduta do homem.
Gabarito: C.

105- (ESAF - Técnico em Regulação de Aviação Civil (ANAC)/2016)


Assinale a opção que não pertence ao conjunto de Regras Deontológicas do
Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.
a) A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais
são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício
do cargo ou função ou fora dele, uma vez que refletirá o exercício da vocação
do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e atitudes serão
direcionados para a preservação da honra e da tradição dos serviços públicos.
b) O servidor público deve resistir a todas as pressões de superiores
hierárquicos, de contratantes, interessados e outros que visem obter quaisquer
favores, benesses ou vantagens indevidas em decorrência de ações imorais,
ilegais ou aéticas e denunciá-las.
c) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
d) A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre ao Direito como
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como
consequência, em fator de legalidade.
e) O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve
ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, uma vez que, como
cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado
como seu maior patrimônio.
Resolução:

Prof. Lucas Salvetti 65 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

O Decreto 1.171/1994 apresenta quatro partes: 1) regras


deontológicas; 2) deveres fundamentais do servidor público; 3) vedações
ao servidor público; e 4) Comissões de Ética.

Código de Ética

regras deveres dos vedações ao das comissões


deontológicas servidores servidor público de ética

A única alternativa que não coincide com uma regra deontológica é a


letra B. O texto da alternativa B refere-se a um dever fundamental do servidor
público, previsto no inciso XVI, alínea i, do Código de Ética.
As demais alternativas apresentam regras deontológicas previstas no Decreto
1.171/1994.
Gabarito: B

106- (ESAF - Especialista em Regulação de Aviação Civil (ANAC)/2016)


Marque a alternativa incorreta consoante o Decreto nº 1171, de 1994.
De acordo com o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal, são deveres do servidor público, exceto:
a) desempenhar, a tempo, as atribuições do cargo, função ou emprego público
de que seja titular.
b) jamais retardar qualquer prestação de contas, condição essencial da gestão
dos bens, direitos e serviços da coletividade a seu cargo.
c) ceder às pressões de superiores hierárquicos, de contratantes, interessados
e outros que visem obter quaisquer favores.
d) tratar cuidadosamente os usuários dos serviços aperfeiçoando o processo de
comunicação e contato com o público.
e) ter consciência de que seu trabalho é regido por princípios éticos que se
materializam na adequada prestação dos serviços públicos.
Resolução:
O servidor não pode ceder às pressões de superiores hierárquicos, de
contratantes, interessados e outros que visem obter quaisquer favores.
Trata-se de um dever do servidor público, previsto no inciso XVI, alínea
i, do referido Decreto:
XIV - São deveres fundamentais do servidor público: [...]

Prof. Lucas Salvetti 66 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

i) resistir a todas as pressões de superiores hierárquicos, de contratantes,


interessados e outros que visem obter quaisquer favores, benesses ou
vantagens indevidas em decorrência de ações imorais, ilegais ou aéticas
e denunciá-las; [...]
Observe que não basta o servidor apenas resistir a todo tipo de pressão,
mas também denunciar tal ato.
Gabarito: C.

107- (ESAF - Especialista em Regulação de Aviação Civil - ANAC - 2016)


Tendo em vista o conceito de ética no setor público, julgue as afirmativas a
seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção correta.
I. A ética estabelece a conduta apropriada e as formas de promovê-la segundo
as concepções vigentes na sociedade como um todo ou em grupos sociais
específicos.
II. As frequentes denúncias de corrupção, como a recente Operação Lava Jato,
estimulam a sociedade a ter um conceito negativo da conduta ética da classe
política.
III. A ética no serviço público segue o pressuposto de que os fins justificam os
meios, uma vez que o interesse maior está na eficácia administrativa.


a) Apenas a afirmativa I é verdadeira.


b) Todas as afirmativas são verdadeiras.


c) Apenas a afirmativa II é verdadeira.


d) Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.


e) Apenas a afirmativa III é verdadeira.
Resolução:
Analisando as afirmativas:
I - Verdadeira, de acordo com a concepção moderna de ética (atenção para
este posicionamento recente da ESAF).
II - Verdadeira, trazendo aspecto atual que influencia o estudo da ética.
III - Falsa, pois o interesse na eficácia administrativa não justifica agir sem
ética.
Gabarito: D.

108- (ESAF - Analista de Planejamento e Orçamento - MPOG - 2005)


Dispõe o inciso II do Capítulo I do Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal que "o servidor público não poderá
jamais desprezar o elemento ético de sua conduta. Assim, não terá que decidir

Prof. Lucas Salvetti 67 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

somente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o conveniente e o


inconveniente, o oportuno e o inoportuno, mas principalmente entre o honesto
e o desonesto, consoante as regras contidas no art. 37, 'caput' e § 4o, da
Constituição Federal".
É correto afirmar que, em observância a essa regra deontológica, o servidor
público, no exercício das funções:


I. não deve dar efetividade às normas legais que, a seu juízo, são injustas.


II. deve optar pelo ato que, a seu juízo, seja justo, mesmo que seja ilegal.


III. pode deixar de praticar um ato administrativo no prazo e condições


estabelecidos em lei, se entender que o mesmo é inconveniente ou inoportuno.
IV. pode cumprir a lei de forma honesta ou desonesta, embora deva fazê-lo
apenas de forma honesta.
V. deve manter conduta que revele um padrão ético na Administração Pública,
mesmo que isso não contribua para o seu enriquecimento patrimonial e
financeiro.
Estão corretas:
a) as afirmativas I, II, III, IV e V.


b) apenas as afirmativas I, II, IV e V.


c) apenas as afirmativas I, III e V.


d) apenas as afirmativas IV e V.


e) apenas a afirmativa V.
Resolução:
Questão interessante, usando uma regra deontológica e simulando
situações nas assertivas. Vamos analisa-las:
Alternativa I – Errada. O juízo de valor sobre justiça ou injustiça não dá, ao
servidor público, o direito de deixar de dar efetividade às normas legais
estabelecidas.
Alternativa II – Errada. Se o ato é ilegal, não importa se é justo ou injusto.
Alternativa III – Errada. Se os prazos estão previstos em lei, o servidor tem
que os cumprir, independente de sua vontade ou juízo de razoabilidade.
Alternativas IV e V – Corretas. Não contrariam os dispositivos deontológicos
presentes no código de ética.
Gabarito: D.

109- (ESAF / CGU / Auditor Federal de Finanças e Controle - Correição


/ 2004) De acordo com o Decreto nº 1.171/1994 (Código de Conduta do

Prof. Lucas Salvetti 68 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal), são deveres fundamentais


do servidor público:
I. tratar cuidadosamente os usuários dos serviços, aperfeiçoando o processo de
comunicação e contato com o público.
II. omitir a verdade sobre fato que prejudique a Administração e beneficie o
cidadão.
III. ser assíduo e freqüente ao serviço.
IV. facilitar a fiscalização de todos os atos ou serviços por quem de direito.
Estão corretos os itens:
a) I, II e III
b) II, III e IV
c) I, III e IV
d) I, II e IV
e) I, II, III e IV
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994:
Item I – Certo, conforme item XIV – E.
Item II – Errado, é uma regra deontológica, prevista no item VIII.
Item III - Certo, conforme item XIV – L.
Item IV - Certo, conforme item XIV – S.
Gabarito: C.

110- (Quadrix / CRQ 18° Região - PI / Advogado / 2016) Com relação


às regras deontológicas constantes do Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal, assinale a alternativa incorreta.
a) Nos termos do aludido Código de Ética, o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade
do ato administrativo.
b) Salvo alguns casos previstos em lei, como segurança nacional e investigações
policiais, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético contra o
bem comum.
c) Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas.

Prof. Lucas Salvetti 69 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

d) Toda pessoa tem direito à verdade, que só poderá ser omitida pelo servidor
público quando contrária aos interesses da Administração Pública.
e) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Alternativa A – Certo, conforme item III das Regras Deontológicas do Decreto
nº 1.171/1994:
"III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo."
Alternativa B – Correto, conforme item VII, temos que:
"VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético
contra o bem comum, imputável a quem a negar."
Alternativa C – Certo, é o previsto no item XII.
Alternativa D – Errado, não tem esta ressalva, conforme item VIII:
"VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.".
Alternativa E – Certo, é o previsto no item IX.
Gabarito: D.

111- (Quadrix / CRQ 18° Região - PI / Auxiliar Administrativo / 2016)


Considerando as regras deontológicas do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, leia as afirmativas a seguir.
I. A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, como

Prof. Lucas Salvetti 70 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como


consequência, em fator de legalidade.
II. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo do hábito do erro, da opressão ou da mentira, que sempre
aniquilam até mesmo a dignidade humana, quanto mais a de uma Nação.
III. O servidor público deve exercer a profissão com zelo, diligência e
honestidade, defendendo os direitos, os bens e o interesse de clientes,
instituições e sociedades, estando sempre disposto, em face de seu
compromisso com a organização que representa, a abdicar de prerrogativas e
independência profissional, atuando como funcionário público.
Pode-se afirmar que:
a) somente I está correta.
b) somente II está correta.
c) somente III está correta.
d) há apenas duas afirmativas corretas.
e) todas estão corretas.
Resolução:
De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Item I – Correto, literalidade do item IV.
Item II – Correto, literalidade do item VIII.
Item III – Errado, vejamos item I do Decreto nº 1.171/1994:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Gabarito: D.

112- (FIOCRUZ / FIOCRUZ / Assistente Técnico de Gestão em Saúde /


2016) Para fins de apuração do comprometimento ético, entende-se por
servidor público todo aquele que, por força de lei, contrato ou de qualquer ato
jurídico, preste serviços de natureza permanente, temporária ou excepcional,
ainda que sem retribuição financeira, desde que ligado direta ou indiretamente
a qualquer órgão do poder estatal, como as autarquias, as fundações públicas,
as entidades paraestatais, as empresas públicas e as sociedades de economia

Prof. Lucas Salvetti 71 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

mista, ou em qualquer setor onde prevaleça o interesse do Estado. Com relação


aos aspectos contidos no Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil
do Poder Executivo Federal, analise as assertivas abaixo:
I – A função pública deve ser tida no âmbito do exercício profissional e, portanto,
não se integra na vida particular de cada servidor público.
II – A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
III – A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no
exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício da vocação
do próprio poder estatal.
Sobre as assertivas acima, pode-se afirmar que:
a) apenas II e III são verdadeiras.
b) apenas I e II são verdadeiras.
c) apenas I e III são verdadeiras.
d) apenas II é verdadeira.
e) I, II e III são verdadeiras.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Item I – Errado, se integra:
“VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.”
Item II – Certo, conforme item III das Regras Deontológicas.
Item III – Certo, conforme item I das Regras Deontológicas.
Gabarito: A

113- (CCV-UFC / UFC / Auxiliar em Administração / 2016) Conforme as


regras de conduta do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal “A moralidade da Administração Pública não se limita à
distinção entre o bem e o mal”. O fim almejado deve sempre ser:
a) o bem comum.
b) o interesse das minorias.
c) a preservação da burocracia.

Prof. Lucas Salvetti 72 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

d) a prática do ato administrativo.


e) o atendimento aos interesses do Estado.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção
entre o bem e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é
sempre o bem comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na
conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade do ato
administrativo.”
Gabarito: A.

114- (UFRRJ – Auxiliar em Administração (UFRRJ)/2015) Segundo o


Código de Ética do Servidor Público, existem primados que norteiam as
atividades da categoria. Os princípios contidos nesta normativa são:
a) dignidade, decoro, zelo e consciência dos princípios morais.
b) decoro, moralidade, efetividade e consciência dos princípios morais.
c) zelo, legalidade, eficiência e decoro.
d) dignidade, efetividade, impessoalidade e consciência dos princípios morais.
e) dignidade, decoro, zelo, eficiência e publicidade.
Resolução:
A questão exige um pouco mais de atenção, já que algumas opções
(impessoalidade, eficiência) listadas também são princípios, mas não estão
previstos literalmente no Código de Ética. Os princípios que a questão
busca estão mencionados no inciso I do Código de Ética (Decreto 1.171/1994):
CAPÍTULO I - Seção I- Das Regras Deontológicas
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos
princípios morais são primados maiores que devem nortear o servidor
público, seja no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá
o exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos,
comportamentos e atitudes serão direcionados para a preservação da
honra e da tradição dos serviços públicos.”
Observe o erro das demais alternativas:
b) decoro, moralidade, efetividade e consciência dos princípios morais.
c) zelo, legalidade, eficiência e decoro.
d) dignidade, efetividade, impessoalidade e consciência dos princípios
morais.
e) dignidade, decoro, zelo, eficiência e publicidade.

Prof. Lucas Salvetti 73 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Gabarito: A.

115- (IF-PB – ADMINISTRADOR - IF-PB / 2015) Quanto às regras


deontológicas trazidas pelo Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil
do Poder Executivo Federal, itens I a XIII, julgue as seguintes assertivas,
utilizando V, para o que for Verdadeiro, e F, para o que for Falso.
( ) A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, como
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como
consequência, em fator de legalidade.
( ) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
( ) A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, se
integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos
verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada poderão acrescer ou
diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas.
A sequência CORRETA é:
a) F, F, F, F.
b) F, F, V, V.
c) F, V, V, F.
d) V, V, F, F.
e) V, V, V, V.
Resolução:
O gabarito é a letra E, ou seja, todos os itens estão corretos.
CAPÍTULO I - Seção I - Das Regras Deontológicas
[...] III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre
o bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem
comum. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor
público, é que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
IV - A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta
ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, como

Prof. Lucas Salvetti 74 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como


consequência, em fator de legalidade.
[...] VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto,
se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos
verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada poderão acrescer ou
diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
[...] XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator
de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem
nas relações humanas.
Gabarito: E.

116- (UTFPR / UTFPR / Assistente de Alunos / 2015) Analise o texto a


seguir, composto a partir do Código de Ética do Servidor Público Federal e
assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:
O servidor não pode omitir ou falsear a _____________. Nenhum Estado pode
crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro. A
___________, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. O servidor deve prestar toda a sua
___________às ordens legais de seus superiores, evitando a conduta
negligente. Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à
______________ nas relações humanas. O servidor que trabalha em
___________ com a estrutura organizacional, respeitando seus colegas e cada
concidadão, colabora e de todos pode receber colaboração.
a) disciplina; atenção; harmonia; deslealdade; boa vontade.
b) verdade; disciplina; intenção; frustração; harmonia.
c) disciplina; harmonia; compreensão; desordem; sintonia.
d) verdade; cortesia; atenção; deslealdade; sintonia.
e) verdade; cortesia; atenção; desordem; harmonia.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina.”

Prof. Lucas Salvetti 75 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

“XI - O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de


seus superiores, velando atentamente por seu cumprimento, e, assim,
evitando a conduta negligente”
“XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.”
“XIII - O servidor que trabalha em harmonia com a estrutura
organizacional, respeitando seus colegas e cada concidadão, colabora e
de todos pode receber colaboração, pois sua atividade pública é a grande
oportunidade para o crescimento e o engrandecimento da Nação.”
Gabarito: E.

117- (FUNDEP / IF-SP / Técnico em Enfermagem / 2014) Segundo o


Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal,
“Toda pessoa tem direito a verdade.”.
De acordo com esse Código, o servidor público
a) não pode ocultar ou falsear a verdade mesmo que contrária aos interesses
da própria pessoa interessada ou da Administração Pública.
b) não pode omitir ou falsear a verdade, salvo na hipótese de ser necessário
para o exercício do direito de defesa.
c) não pode faltar com a verdade, salvo quando essencial à defesa do Estado e
da sociedade.
d) não pode descumprir o dever de dizer a verdade, salvo no caso de preservar
o interesse público em geral.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação."
Gabarito: A.

118- (FUNRIO / IF-BA / Auxiliar de Biblioteca / 2014) Acerca do Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal,
seguem-se três afirmações:

Prof. Lucas Salvetti 76 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

I. A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem


e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo;
II. A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, não
se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos
verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada em nada poderão
acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional;
III. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor só pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada, nos casos
de segurança nacional, investigações policiais ou interesse superior do Estado e
da Administração Pública, a serem preservados em processo previamente
declarado sigiloso, nos termos da lei.
Está correto apenas o que se afirma em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Item I – Certo, conforme item III das Regras Deontológicas
Item II – Errado, poderão sim, conforme item VI das Regras Deontológicas:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Item III – Errado, aqui há uma mistura de dois incisos, vejamos:
“VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-
la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação.”
"VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou
interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos
da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito

Prof. Lucas Salvetti 77 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético


contra o bem comum, imputável a quem a negar."
Gabarito: A.

119- (FUNDEP / IFN-MG / Assistente em Administração / 2014)


Consoante ao que dispõe o Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e de moralidade, admitindo-se, todavia, ressalvas nos
termos da lei.
Entre as referidas ressalvas, NÃO se incluem
a) os casos de segurança nacional.
b) as investigações policiais.
c) os contratos internacionais.
d) as hipóteses de interesse superior do Estado e da Administração Pública.
Resolução:
Conforme item VII do Decreto nº 1.171/1994, temos que:
"VII - Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais
ou interesse superior do Estado e da Administração Pública, a
serem preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos
termos da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão
comprometimento ético contra o bem comum, imputável a quem a
negar."

Portanto, não está incluindo entre as ressalvas os contratos


internacionais.
Gabarito: C.

120- (CETRO / Ministério das Cidades / Agente Administrativo / 2013)


De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, que aprova o Código de Ética
Profissional do Servidor Público, assinale a alternativa incorreta.
a) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
b) A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto,
integra-se na vida particular de cada servidor público. No entanto, os fatos e
atos verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada não terão o condão

Prof. Lucas Salvetti 78 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

de acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional, sob pena de


violação à sua privacidade e intimidade.
c) Toda pessoa tem o direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo do hábito do erro, da opressão ou da mentira, que sempre
aniquilam até mesmo a dignidade humana, quanto mais a de uma Nação.
d) Deixar o servidor qualquer pessoa à espera de solução que compete ao setor
em que exerça suas funções, permitindo a formação de longas filas, ou qualquer
outra espécie de atraso na prestação do serviço, não caracteriza apenas atitude
contra a ética ou ato de desumanidade, mas principalmente grave dano moral
aos usuários dos serviços públicos.
e) O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de seus
superiores, velando atentamente por seu cumprimento, e, assim, evitando a
conduta negligente. Os repetidos erros, o descaso e o acúmulo de desvios
tornam-se, às vezes, difíceis de corrigir e caracterizam até mesmo imprudência
no desempenho da função pública.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Alternativa A – Certo, conforme item III.
Alternativa B – Errado, vejamos o item VI:
"VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim,
os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional."
Alternativa C – Certo, conforme item VIII.
Alternativa D – Certo, conforme item X.
Alternativa E – Certo, conforme item XI.
Gabarito: B.

121- (ND / UFPB / Assistente em Administração / 2012) Considerando


o disposto no anexo do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal, quanto às regras deontológicas, julgue a assertiva
abaixo:
O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de sua conduta
tendo que decidir estritamente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o
conveniente e o inconveniente, o oportuno e o inoportuno.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 79 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“II - O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de
sua conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal,
o justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: Errado.

122- (ND / UFPB / Assistente em Administração / 2012) Considerando


o disposto no anexo do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal, quanto às regras deontológicas, julgue a assertiva
abaixo:
A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral. Da mesma
forma, causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público,
deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa
ao equipamento e às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa
vontade que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus
esforços para construí-los.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
O enunciado cita literalmente o item IX do Decreto nº 1.171/1994.
Gabarito: Certo.

123- (UFBA / UFBA / Técnico de Tecnologia da Informação / 2012) Um


servidor público, sentindo dificuldade no desenvolvimento de seu trabalho,
atuou vagarosamente no exercício de suas funções, causando o acúmulo de
pessoas em filas para o atendimento. O chefe do setor chamava a sua atenção
para a necessária rapidez no atendimento, mas o funcionário, com medo de ser
colocado à disposição do setor de pessoal, não confessava a sua limitação no
desempenho de suas atividades.
Em referência à situação apresentada, pode-se afirmar:
Esse servidor, ao deixar as pessoas à espera de atendimento e permitir a
formação de longas filas, está ferindo o Código de Ética do Servidor que, em
seu conjunto de regras e preceitos, enquadra o servidor não apenas contra a

Prof. Lucas Salvetti 80 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

ética ou ato de desumanidade, mas, principalmente, por grave dano moral aos
usuários dos serviços públicos.
( ) Certo ( ) Errado
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“X - Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que
compete ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de
longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço,
não caracteriza apenas atitude contra a ética ou ato de desumanidade,
mas principalmente grave dano moral aos usuários dos serviços
públicos.”
Gabarito: Certo.

124- (IF-CE / IF-CE / Auxiliar em Administração / 2012) Considerando-


se a redação atual do anexo do Decreto n° 1.171/1994, é um fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas:
a) ausentar-se de seu local de trabalho sem justificar.
b) permitir a formação de longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na
prestação do serviço.
c) causar dano a qualquer bem do patrimônio público, deteriorando-o, por
descuido ou má vontade .
d) cometer repetidos erros e descasos no exercício do cargo ou da função.
e) ter conduta negligente.
Resolução:
Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
“XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.”
Gabarito: A.

125- (FUNIVERSA / MTur / Agente Administrativo / 2010) A respeito do


Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal,
assinale a alternativa correta.
a) Em certos casos, a fim de não contrariar o interesse da administração
pública, o servidor público pode deixar de comunicar a verdade a um cidadão.

Prof. Lucas Salvetti 81 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) O Código trata a preservação dos bens da administração pública como tema


de natureza exclusivamente patrimonial.
c) O servidor público deve evitar ao máximo ausentar-se de seu local de
trabalho, porquanto toda ausência causa desmoralização ao serviço público.
d) Permitir a formação desnecessária de filas nos órgãos públicos pode
caracterizar infração de preceitos éticos por parte dos servidores responsáveis
e causar dano moral aos cidadãos.
e) Em face dos deveres de lealdade e de obediência à hierarquia no serviço
público, o servidor deve abster-se de comunicar oficialmente atos
potencialmente irregulares, quando não tenham relação direta com suas
funções.
Resolução: Conforme Decreto nº 1.171/1994, temos que:
Alternativa A – Errado, conforme item VIII:
"VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão
ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana
quanto mais a de uma Nação."
Alternativa B – Errado, inclui a honra e tradição:
“I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja
no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício
da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e
atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição
dos serviços públicos.”
Alternativa C – Errado, toda ausência INJUSTIFICADA é fator de
desmoralização:
“XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz
à desordem nas relações humanas.”
Alternativa D – Certo, conforme item X e XIV.
Alternativa E – Errado, não deve ter temor de representar:
“XIV - São deveres fundamentais do servidor público:
h) ter respeito à hierarquia, porém sem nenhum temor de representar
contra qualquer comprometimento indevido da estrutura em que se funda
o Poder Estatal;”
Gabarito: D.

Prof. Lucas Salvetti 82 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

126- (FUNRIO - Ag Adm (MDIC)/2009) Marque a alternativa correta, nos


termos do Decreto nº 1171/1994.
a) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina e não são obrigações do servidor público.
b) Causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público,
deteriorando-o, por descuido ou má vontade, constitui apenas uma ofensa ao
equipamento e às instalações ou ao Estado.
c) Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, mas poderá fazê-lo, se contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública.
d) Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos direta ou indiretamente
significa causar-lhe dano moral.
e) Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do
hábito do erro, da opressão, ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo
a dignidade humana quanto mais a de uma Nação. Entretanto, se for para trazer
lucro ao Estado, poderá.
Resolução:
Conforme capítulo I, seção I, inciso IX do Decreto 1.171/1994:
“A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa
que paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-
lhe dano moral (...)”
Portanto o único item correto é a alternativa D.
Vamos verificar as demais alternativas:
A e B – INCORRETAS. Em relação à alternativa A, os comportamentos
mencionados são, sim, obrigações do servidor. Já em relação à B, o dano
causado não constitui ofensa apenas ao equipamento e às instalações ou ao
Estado, mas também a diversas outras pessoas. Essas alternativas tratam de
uma regra deontológica prevista no inciso IX:
“IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço
público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa
que paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-
lhe dano moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem
pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má
vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às
instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade
que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e
seus esforços para construí-los”.

Prof. Lucas Salvetti 83 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

C e E – INCORRETA. Lembre-se que, ainda que seja contrária aos interesses


da própria pessoa interessada ou da Administração, a verdade deve prevalecer.
É o que dispõe a Regra Deontológica prevista no inciso VIII do referido Decreto.
VIII - Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la
ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer
ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da
opressão ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a
dignidade humana quanto mais a de uma Nação.
Gabarito: D.

127- (FUNRIO - AnaTA MDIC/2009) O servidor público não poderá jamais


desprezar o elemento ético de sua conduta. Assim terá que decidir
principalmente entre
a) o oportuno e o inoportuno.
b) o conveniente e o inconveniente.
c) o justo e o injusto.
d) o ilegal e o legal.
e) o honesto e o desonesto.
Resolução:
De acordo com o Capítulo I, seção I, inciso II:
“O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de sua
conduta. Assim, não terá que decidir somente entre o legal e o ilegal, o
justo e o injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o desonesto,
consoante as regras contidas no art. 37, caput, e § 4°, da Constituição
Federal.”
Gabarito: E.

Prof. Lucas Salvetti 84 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

4- Lista de Exercícios (todos da aula)

1- (FCC / Copergás - PE / Auxiliar Administrativo / 2016) Fábio,


servidor público de uma autarquia federal da área previdenciária, na condição
de responsável pelo atendimento aos cidadãos, tentando reduzir sua carga de
trabalho passou a informar àqueles que buscavam atendimento que alguns
serviços estavam temporariamente suspensos, informação essa que não
correspondia à verdade. De acordo com as disposições do Código de Ética
Profissional do Servidor Público Civil Federal, aprovado pelo Decreto no
1.171/1994 e suas alterações, a conduta de Fábio
a) constitui falta grave, passível de demissão, por violação aos deveres
fundamentais do servidor.
b) caracteriza violação às regras deontológicas, ensejando pena de repreensão.
c) não obstante reprovável, não é capitulada como violação à ética profissional.
d) caracteriza-se como conduta imprópria, que viola os direitos dos usuários,
passível de suspensão.
e) corresponde a conduta expressamente vedada ao servidor, passível de
aplicação de pena de censura.

2- (FCC - PMP (INSS)/2012) Considere duas hipóteses:


I. Fernanda, servidora pública civil do Poder Executivo Federal, tem sido vista
embriagada, habitualmente, em diversos locais públicos, como eventos, festas
e reuniões.
II. Maria, também servidora pública civil do Poder Executivo Federal, alterou o
teor de documentos que deveria encaminhar para providências.
Nos termos do Decreto no 1.171/1994:
a) ambas as servidoras públicas não se sujeitam às disposições previstas no
Decreto no 1.171/1994.
b) apenas o fato descrito no item II constitui vedação ao servidor público; o
fato narrado no item I não implica vedação, vez que a lei veda embriaguez
apenas no local do serviço.
c) apenas o fato descrito no item I constitui vedação ao servidor público, desde
que ele seja efetivo.
d) ambos os fatos não constituem vedações ao servidor público, embora possam
ter implicações em outras searas do Direito.
e) ambos os fatos constituem vedações ao servidor público.

Prof. Lucas Salvetti 85 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

3- (FCC - PMP (INSS)/2012) Nos termos do Decreto no 1.171/1994, a


pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censura e sua
fundamentação:
a) não é necessária para a aplicação da pena; no entanto, exige-se ciência do
faltoso.
b) constará do respectivo parecer, assinado por todos os seus integrantes, com
ciência do faltoso.
c) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo Presidente da
Comissão, com ciência do faltoso.
d) não é necessária para a aplicação da pena, sendo dispensável também a
ciência do faltoso.
e) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo Presidente da
Comissão, sendo dispensável a ciência do faltoso.

4- (FCC - AJ TRT6/Administrativa/"Sem Especialidade"/2012) O


comportamento ético na gestão pública exige que se valorize:
a) a presteza acima da formalidade legal.
b) a eficiência mais do que a eficácia.
c) o consenso acima do conflito.
d) o interesse público antes dos interesses privados.
e) a impessoalidade contra a afabilidade.

5- (FCC / INFRAERO / Administrador / 2011)Considere as seguintes


assertivas atinentes ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal:
I. O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público,
é que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
II. A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, não
se integra na vida particular de cada servidor público.
III. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública.
IV. Os repetidos erros do servidor, seu descaso e o acúmulo de desvios tornam-
se, às vezes, difíceis de corrigir e caracterizam até mesmo imprudência no
desempenho da função pública.
Está correto o que consta em
a) II e III, apenas.

Prof. Lucas Salvetti 86 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) I, II e III, apenas.
c) I, III e IV, apenas.
d) I e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.

6- (FCC / AL-SP / Agente Legislativo de Serviços Técnicos e


Administrativos / 2010) Ética é o conjunto de regras e preceitos de ordem
valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.
A respeito de ética, considere:

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I, II e IV.
b) I, III e IV.
c) II, III e V.
d) II, IV e V.
e) III, IV e V.

7- (FCC / DNOCS / Agente Administrativo / 2010) No que concerne às


Regras Deontológicas estabelecidas no Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal, é correto afirmar que
a) o trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve
ser entendido como obrigação, independentemente do seu próprio bem-estar,

Prof. Lucas Salvetti 87 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

já que, como funcionário público, integrante do Poder Executivo, o êxito desse


trabalho é requisito essencial à manutenção de seu cargo, não dizendo respeito
ao seu patrimônio e a sua vida particular.
b) a remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como contra-
partida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, sendo dissociável
de sua aplicação e de sua finalidade.
c) a moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
d) toda pessoa tem direito à verdade, sendo que o servidor poderá omiti-la,
caso seja contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo da opressão, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade
humana quanto mais a de uma Nação.
e) deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de solução que compete
ao setor em que exerça suas funções, permitindo a formação de longas filas, ou
qualquer outra espécie de atraso na prestação do serviço, é comum e normal e,
portanto, não causa dano moral aos usuários dos serviços públicos e nem
mesmo configura atitude contra a ética ou ato de desumanidade.

8- (FCC - PMP (INSS)/2006) Tendo em vista as regras deontológicas e


os deveres do servidor público federal, objeto de seu Código de Ética, é correta
a afirmação de que:
a) a existência de longas filas ou atrasos na prestação de serviço caracterizam
mera ineficiência dos responsáveis, e especialmente do órgão público, mas não
implicam em dano moral.
b) toda ausência do servidor de seu local de trabalho é considerada
desmoralização do serviço público e sempre conduz à desordem em relação de
qualquer natureza.
c) o trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,
integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.
d) é dever do servidor público, entre outros, ter consciência de que seu trabalho
é regido tão-somente pelos princípios estatutários constantes no regime jurídico
único que se materializam na prestação do serviço público.
e) a probidade e a lealdade são deveres acessórios do servidor público, que
estando diante de duas opções, deverá escolher sempre a melhor e mais
vantajosa para o bem individual.

Prof. Lucas Salvetti 88 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

9- (CESPE / Telebras / Conhecimentos Básicos para o Cargo 13 /


2015) A respeito de ética no serviço público, julgue o item subsequente.
As decisões do servidor público, cuja conduta deve ser pautada na ética,
deverão ser pautadas na legalidade, na conveniência, na oportunidade, na
justiça e na honestidade.
( ) Certo ( ) Errado

10- (CESPE – MDIC - Analista Técnico – Administrativo/2014) No que


se refere a ética e conduta pública, julgue o item a seguir.
Julgue o item abaixo relativo à ética no serviço público.
A conduta praticada pelo servidor público não pode ser considerada como
honesta ou desonesta, pois essa designação constitui um juízo subjetivo e sem
qualquer amparo em ato normativo.

11- (CESPE / ANTAQ / Conhecimentos Básicos - Todos os cargos /


2014) Com relação à ética e à função pública, julgue o seguinte item.
Cortesia, boa vontade e respeito ao cidadão correspondem a valores da
administração pública federal.
( ) Certo ( ) Errado

12- (CESPE / SUFRAMA / Nível Superior / 2014) Julgue o item que se


segue, relacionado à moral e à ética no serviço público.
Caso um servidor público, responsável pelo atendimento ao público, permita
que longas filas se formem em seu setor de trabalho, em virtude de ele acessar
constantemente redes sociais de comunicação via telefone celular, tal conduta
caracterizará falta ética.
( ) Certo ( ) Errado

13- (CESPE - PRF/2013) A respeito da ética no serviço público, julgue o


item subsequente.
O elemento ético deve estar presente na conduta de todo servidor público, que
deve ser capaz de discernir o que é honesto e desonesto no exercício de sua
função.

14- (CESPE / TRT - 17ª Região (ES) / Técnico Judiciário - Tecnologia


da Informação / 2013) A remuneração do servidor público é custeada pelos

Prof. Lucas Salvetti 89 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

tributos pagos indiretamente por todos; por isso, exige-se, como contrapartida,
que ele aja conforme a moralidade administrativa.
( ) Certo ( ) Errado

15- (CESPE / ANCINE / Todos os Cargos / 2013) Em relação à Lei n.º


8.112/1990, ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal e à Lei n.º 9.784/1999, julgue os itens a seguir.
A publicidade de todo e qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético contra o
bem comum, imputável a quem a negar.
( ) Certo ( ) Errado

16- (CESPE / SEGESP-AL / Papiloscopista / 2013) Julgue os itens a


seguir, no que se refere às disposições do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, Decreto n.º 1.171/1994.
Desempenhar com presteza as atribuições do seu cargo e não omitir a
publicação de quaisquer atos administrativos é dever do servidor
( ) Certo ( ) Errado

17- (CESPE / MPU / Conhecimentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e


27 a 32 / 2013) No que se refere à ética no serviço público, julgue o item a
seguir.
Toda ausência injustificada, exceto em casos de saúde e óbito familiar, é fator
de desmoralização do serviço público por gerar ineficiência dos processos.
( ) Certo ( ) Errado

18- (CESPE / FUB / Auxiliar de Administração / 2013) No que se refere


à ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
A moralidade do ato administrativo é consolidada pelo equilíbrio entre a
legalidade e a finalidade na conduta do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado

19- (CESPE / FUB / Auxiliar de Administração / 2013) Julgue os itens


que se seguem, relativos ao regime disciplinar dos servidores públicos federais.
Poderá o servidor público federal ausentar-se do seu trabalho, por motivo
imperioso, sem prévia autorização do chefe imediato.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 90 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

20- (CESPE / MPU / Analista - Comunicação Social / 2013) Acerca da


ética no serviço público e do comportamento profissional, julgue os itens
subsequentes.
O êxito do trabalho desenvolvido por servidor público perante a comunidade é
considerado acréscimo à administração pública, e não ao seu próprio bem-estar.
( ) Certo ( ) Errado

21- (CESPE / MPU / Analista - Comunicação Social / 2013) No que se


refere aos principais deveres do servidor, julgue os itens que se seguem.
O tratamento cortês e urbano, embora relevante, não consta do rol dos deveres
do servidor público, já que se trata de valor inerente à própria formação
humana.
( ) Certo ( ) Errado

22- (CESPE / FUB / Nível Superior / 2013) Tendo em vista que, na


análise dos aspectos que envolvem a ética e os serviços públicos, é
imprescindível considerar que a prestação desses serviços tem como base o
servidor público ou funcionário público, recrutados no meio social de onde se
originam os seus valores tradicionais, julgue o item seguinte.
A função pública do servidor caracteriza seu exercício profissional, integrando-
se, desse modo, à sua vida particular, fazendo que seus atos na conduta diária
da vida privada acresçam ou diminuam o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

23- (CESPE / DEPEN / Agente Penitenciário / 2013) É permitido ao


servidor público omitir a verdade quando esta for contrária aos interesses da
própria pessoa interessada.
( ) Certo ( ) Errado

24- (CESPE / MPOG / Analista - Negócios / 2013) No que se refere à


ética e ao comportamento profissional no serviço público, julgue os itens
subsequentes.
Considere que um servidor público tenha recebido reclamações de um usuário
e, após analisar os fatos, tenha constatado a existência de falhas no
procedimento realizado por um colega de trabalho. Nessa situação, a omissão
da verdade não fere o código de ética do servidor público, desde que o problema
seja sanado.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 91 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

25- (CESPE / PRF / Policial Rodoviário Federal / 2013) Considere que


os usuários de determinado serviço público tenham formado longas filas à
espera de atendimento por determinado servidor que, embora responsável pelo
setor, não viabilizou o atendimento. Nessa situação, segundo dispõe a legislação
de regência, a atitude do servidor caracteriza conduta contrária à ética e ato de
desumanidade, mas não grave dano moral aos usuários do serviço.
( ) Certo ( ) Errado

26- (CESPE / PRF / Policial Rodoviário Federal / 2013) A respeito da


ética no serviço público, julgue os itens subsequentes.
O elemento ético deve estar presente na conduta de todo servidor público, que
deve ser capaz de discernir o que é honesto e desonesto no exercício de sua
função.
( ) Certo ( ) Errado

27- (CESPE / CPRM / Analista em Geociências - Administração /


2013)

Os atos inerentes à conduta do servidor em sua vida privada não podem


influenciar o seu bom conceito na vida funcional, já que o exercício da função
pública não se confunde com a vida particular de cada servidor.
( ) Certo ( ) Errado

28- (CESPE / ANTT / Analista Administrativo / 2013) No que concerne


à ética no serviço público, julgue o item abaixo.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade na conduta do servidor público
fundamenta a motivação do ato administrativo, devendo o servidor distinguir
não só entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o conveniente e o
inconveniente, mas também entre o honesto e o desonesto
( ) Certo ( ) Errado

29- (CESPE / MC / Todos os Cargos / 2013) Em relação ao Código de


Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue o
item a seguir.
O servidor no exercício de suas funções públicas deverá preocupar-se com
valores de natureza ética como legalidade, justiça, conveniência e honestidade.

Prof. Lucas Salvetti 92 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado

30- (CESPE / MC / Todos os Cargos / 2013) Em relação ao Código de


Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue o
item a seguir.
A negativa de tornar público um ato administrativo enseja comprometimento
ético contra o bem comum, por parte do servidor responsável pela omissão,
exceto nos casos justificáveis que envolvam segurança nacional, investigação
policial ou interesse superior do Estado e da administração pública.
( ) Certo ( ) Errado

31- (CESPE / UNIPAMPA / Administrador / 2013) Com base no Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue
os itens que se seguem.
Caso, em um hospital público, os pacientes tenham de esperar atendimento
médico sentados no chão ou em macas deterioradas, eles podem representar
contra os gestores da organização quanto ao tratamento a eles dispensado, uma
vez que os gestores descumpriram regras éticas de conduta pública.
( ) Certo ( ) Errado

32- (CESPE / UNIPAMPA / Administrador / 2013) Com base no Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue
os itens que se seguem.
Em caso de ameaça terrorista ao país, as informações e os atos administrativos
secretos podem ser tornados públicos, para que se garanta a eficácia e a
moralidade das ações do Estado no enfrentamento do problema.
( ) Certo ( ) Errado

33- (CESPE / TJ-DFT / Todos os Cargos / 2013) Julgue o item


subsequente, relativo à ética no serviço público.
A qualidade dos serviços públicos depende fortemente da moralidade
administrativa e do profissionalismo de servidores públicos.
( ) Certo ( ) Errado

34- (CESPE / INPI / Analista de Planejamento - Comunicação Social


/ 2013) O servidor deve dar publicidade a todo ato administrativo, sem
exceção, mesmo que isso seja contrário ao interesse da Administração Pública.

Prof. Lucas Salvetti 93 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado

35- (CESPE / CNJ / Analista Judiciário / 2013) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens de 19 a 24.
O servidor público deve adotar um comportamento de colaboração com seus
colegas quando perceber que, em sua organização, os deveres e os papéis são
desempenhados adequadamente e em conformidade com a lei.
( ) Certo ( ) Errado

36- (CESPE / MPOG / Técnico de Nível Superior / 2013) Como a


finalidade da administração pública é atingir o bem comum, a moralidade de
seus atos é consolidada pelo equilíbrio entre o que é bom e o que é ruim para a
população.
( ) Certo ( ) Errado

37- (CESPE / MPOG / Técnico de Nível Superior / 2013) A ética deve


integrar não só a vida profissional do servidor público, como também sua vida
privada. Sendo assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia na
vida privada do servidor público não poderão interferir na sua vida profissional,
sob pena de violação do Código de Ética Profissional do Servidor Público.
( ) Certo ( ) Errado

38- (CESPE / DEPEN / Técnico de Apoio / 2013) Acerca de ética e função


pública, bem como ética no serviço público, julgue os itens subsequentes.
Embora a função pública, tida como exercício profissional, integre a vida
particular de cada servidor, os fatos ocorridos no âmbito de sua vida privada
não podem influenciar o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

39- (CESPE - TNS (PRF)/2012) Acerca de ética e conduta pública, julgue


o item:
A moralidade da administração pública norteia-se pela distinção entre o bem e
o mal e pela noção de que sua finalidade é o bem comum.

40- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) A moralidade dos


atos do servidor público é consolidada quando ele, ao agir, considera a
legalidade e a finalidade desses atos, tendo em vista o bem comum.

Prof. Lucas Salvetti 94 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado

41- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) Considerando o


estabelecido no Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue os itens
a seguir.
A honra e a tradição dos serviços públicos devem ser preservadas pela conduta
ética dos servidores públicos, a qual fundamenta a confiança da sociedade nos
serviços prestados pela administração pública.
( ) Certo ( ) Errado

42- (CESPE / TJ-RR / Auxiliar Administrativo / 2012) Considerando o


estabelecido no Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue os itens
a seguir.
Em toda e qualquer situação, o ato administrativo, para ser eficaz e moral, deve
ser público.
( ) Certo ( ) Errado

43- (CESPE / TJ-RR / Nível Superior / 2012) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
Devido à impossibilidade de relativização do direito constitucional à privacidade,
considera-se que os atos praticados pelo servidor público no âmbito privado são
dissociados de sua conduta pública, não influenciando, portanto, seu conceito
funcional nem a prestação de serviços ao público.
( ) Certo ( ) Errado

44- (CESPE / TJ-RR / Nível Superior / 2012) Com relação à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
Adota conduta ética, no exercício de seu cargo, o servidor público que preserva
seus valores pessoais bem como os da organização onde atua.
( ) Certo ( ) Errado

45- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) É dever do servidor público zelar pela economia do material e pela
conservação do patrimônio público.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 95 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

46- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) No que se refere ao Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens.
A moralidade do ato administrativo, na conduta do servidor público, é
consolidada por meio do equilíbrio entre legalidade e finalidade.
( ) Certo ( ) Errado

47- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) Constitui requisito de eficácia e moralidade a publicidade de qualquer
ato administrativo.
( ) Certo ( ) Errado

48- (CESPE / ANAC / Técnico em Regulação de Aviação Civil - Área 2


/ 2012) O servidor não deve omitir a verdade ou falseá-la, ainda que esta
contrarie os interesses de pessoa interessada ou da própria administração
pública.
( ) Certo ( ) Errado

49- (CESPE / PRF / Nível Superior / 2012) Acerca de ética e conduta


pública, julgue os itens a seguir.
A moralidade da administração pública norteia-se pela distinção entre o bem e
o mal e pela noção de que sua finalidade é o bem comum.
( ) Certo ( ) Errado

50- (CESPE / TRE-RJ / Cargos de Nível Superior / 2012) No âmbito da


administração pública, a moralidade no comportamento do servidor limita-se ao
discernimento do certo e do errado, do bem e do mal.
( ) Certo ( ) Errado

51- (CESPE / MCT / Técnico / 2012) Com relação à ética no serviço


público, julgue o item a seguir.
O sigilo de assuntos e informações deve ser guardado apenas em situações em
que o interesse público deve ser preservado, caso em que o processo deverá
ser previamente declarado sigiloso
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 96 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

52- (CESPE / MCT / Técnico / 2012) No que se refere à atuação ética do


servidor público, julgue o item que se segue:
A probidade administrativa é uma forma de moralidade, visto que ela consiste,
entre outros aspectos, em servir honestamente a administração pública.
( ) Certo ( ) Errado

53- (CESPE / Banco da Amazônia / Técnico Científico - Administração


/ 2012) Acerca da ética profissional do servidor público, julgue o item que se
seguem.
O Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal estabelece que a vida pessoal e a vida funcional do servidor são
dissociadas e que seu comportamento profissional é fruto de suas atitudes no
trabalho.
( ) Certo ( ) Errado

54- (CESPE / TCU / Auditor Federal de Controle Externo - Psicologia


/ 2011) Julgue os itens de 34 a 37, relativos aos princípios e normas de
conduta ética dos servidores do TCU.
Os atos, comportamentos e atitudes dos servidores deverão incluir sempre uma
avaliação de natureza ética, para harmonizar práticas pessoais e valores
institucionais.
( ) Certo ( ) Errado

55- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) No que se refere à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.
A moralidade do ato administrativo é consolidada por meio do equilíbrio entre
legalidade e finalidade na conduta do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado

56- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) Fatos e atos verificados na


conduta do dia a dia na vida privada do servidor público podem acrescer ou
diminuir o conceito em sua vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

57- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) No que se refere à ética no


serviço público, julgue os itens a seguir.

Prof. Lucas Salvetti 97 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

Salvo as exceções legalmente previstas, a publicidade de qualquer ato


administrativo constitui requisito de eficácia e moralidade, constituindo
comprometimento ético contra o bem comum a sua omissão, imputável a quem
a negar.
( ) Certo ( ) Errado

58- (CESPE / CNPQ / Assistente / 2011) O servidor público deve pautar-


se pela dignidade, pelo decoro, pelo zelo, pela eficácia e pela consciência dos
princípios morais, seja no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que sua
conduta refletirá o exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos,
comportamentos e atitudes devem ser direcionados para a preservação da
honra e da tradição dos serviços públicos.
( ) Certo ( ) Errado

59- (CESPE / PREVIC / Cargos de Nível Superior / 2011) Com base no


disposto no Código de Ética Profissional do Serviço
Público, julgue os itens subsecutivos.
Os atos praticados por servidores públicos no âmbito de sua vida privada
influenciam no conceito atribuído a sua vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

60- (CESPE / PREVIC / Cargos de Nível Superior / 2011) É vedado o


uso de artifícios para procrastinar o exercício regular de direito por qualquer
pessoa.
( ) Certo ( ) Errado

61- (CESPE / PREVIC / Técnico Administrativo / 2011) A cortesia, a


boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público caracterizam o
esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos direta ou
indiretamente significa causar-lhe dano moral. Da mesma forma, causar dano
a qualquer bem pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por
descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e
às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade que
dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para
construí-los.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 98 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

62- (CESPE / STM / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2011)


Julgue os itens a seguir, relativos à ética no serviço público.
A função pública caracteriza-se como um exercício profissional que deve ser
incorporado à vida particular do servidor público.
( ) Certo ( ) Errado

63- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Médio / 2011) Com base no Código
de Ética dos Servidores Públicos, julgue os
itens seguintes.
No exercício de suas funções, o servidor público jamais deve esquecer o
elemento ético de sua conduta, visto que suas decisões não se resumem ao
legal ou ilegal, ao oportuno ou inoportuno, ao conveniente ou inconveniente.
( ) Certo ( ) Errado

64- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Médio / 2011) Com base no Código
de Ética dos Servidores Públicos, julgue os
itens seguintes.
A conscientização de cada servidor público quanto à preservação da honra e da
tradição dos serviços públicos decorre do desempenho de sua função com
dignidade, decoro, zelo e eficácia.
( ) Certo ( ) Errado

65- (CESPE / EBC / Técnico - Administração / 2011) A respeito do


disposto no Decreto n.° 1.171/1994, que instituiu o Código de Ética do Servidor
Público Civil, julgue os itens seguintes.
Fatos e atos relativos à conduta do servidor no dia a dia de sua vida privada
não podem ser considerados para acrescer ou diminuir o seu bom conceito na
vida funcional, em razão de terem ocorrido ou sido praticados fora do local de
trabalho.
( ) Certo ( ) Errado

66- (CESPE - PMP (INSS)/2010) No que se refere à ética no serviço


público, julgue o item a seguir.
Toda ausência injustificada do servidor ao seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público.

Prof. Lucas Salvetti 99 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

67- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Superior) / 2010) De acordo com o Código de Ética Profissional do
Servidor Público, julgue o item a seguir.
A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, e por isso se exige, como contrapartida, que a
moralidade administrativa se integre no direito, como elemento indissociável de
sua aplicação e de sua finalidade.
( ) Certo ( ) Errado

68- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Superior) / 2010) De acordo com o Código de Ética Profissional do
Servidor Público, julgue o item a seguir.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade não deve
ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar.
( ) Certo ( ) Errado

69- (CESPE / AGU / Agente Administrativo / 2010) A ausência


injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de desmoralização do
serviço público e pode ser considerada uma atuação antiética.
( ) Certo ( ) Errado

70- (CESPE / AGU / Agente Administrativo / 2010) O êxito da opção por


uma forma ética de prestação de serviços públicos requer a procura contínua de
padrões de excelência elaborados com base em mecanismos de avaliação
internos, correspondentes aos posicionamentos daqueles servidores que
ocupam posições elevadas na hierarquia da administração. Nesse sentido, a
avaliação dos usuários-cidadãos tem papel secundário.
( ) Certo ( ) Errado

71- (CESPE / DPU / Analista Administrativo / 2010) O Código de Ética


Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal estabelece, no
inciso VI, capítulo I, que a função pública deve ser tida como exercício
profissional e, portanto, se integra na vida particular de cada servidor público.
Assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia a dia na vida privada do
servidor poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
Com base nessas informações, assinale a opção correta.
a) O inciso em questão atende a exigência formal inscrita na Lei n.º
8.112/1990, que dispõe acerca do regime jurídico dos servidores públicos civis
da União, das autarquias e das fundações públicas federais.

Prof. Lucas Salvetti 100 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) O conteúdo do inciso está eivado da cultura política tradicional brasileira, ao


confundir a esfera pública com a privada.
c) O conteúdo do inciso em apreço está em acordo com o inciso I, que
estabelece a dignidade e o decoro como norteadores da conduta do servidor, no
exercício do cargo ou fora dele.
d) O conteúdo do inciso expressa a pretensão totalitária do Estado de controlar
a vida privada do indivíduo.
e) O conteúdo do inciso contradiz os dispositivos constitucionais que
estabelecem a liberdade individual e a liberdade profissional.

72- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Médio) / 2010) Considerando o Código de Ética do Servidor Público,
julgue o item a seguir.
A função pública deve ser tida como exercício profissional; portanto, integra-se
na vida particular de cada servidor público.
( ) Certo ( ) Errado

73- (CESPE / INCA / INCA 2010 - Conhecimentos Básicos – PARTE I


(Nível Médio) / 2010) Considerando o Código de Ética do Servidor Público,
julgue o item a seguir.
A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais
são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício
do cargo ou função, seja fora dele.

74- (CESPE / MDS / Agente Administrativo / 2009) Considerando o


código de ética do servidor público federal, julgue os itens subsequentes.
O agente público deve buscar o equilíbrio entre legalidade e finalidade, com o
objetivo de consolidar a moralidade do ato administrativo praticado.
( ) Certo ( ) Errado

75- (CESPE / FUB / Cargos de Nível Superior / 2009) Com referência ao


Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal (Decreto n.º 1.171/1994), julgue
os itens seguintes.
Os fatos e atos verificados na conduta do dia a dia do servidor em sua vida
privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

Prof. Lucas Salvetti 101 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

76- (CESPE / FUB / Administrador de Edifícios / 2009) Com base no


Código de Ética Profissional do Servidor Público
Civil do Poder Executivo Federal (Decreto n.º 1.171/1994),
julgue o próximo item.
O servidor público não pode jamais desprezar o elemento ético de sua conduta;
assim, não tem de decidir somente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto,
o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o inoportuno, mas principalmente
entre o honesto e o desonesto, consoante os princípios e regras contidas na
Constituição.
( ) Certo ( ) Errado

77- (CESPE / FUB / Administrador de Edifícios / 2009) A verdade,


princípio moral previsto no Código de Ética, pode ser afastada em algumas
situações, como, por exemplo, na hipótese de o médico de um hospital público
avisar aos familiares que o paciente poderá ser salvo, com vistas
exclusivamente a poupá-los do sofrimento imediato, quando já se sabe que a
morte é certa.
( ) Certo ( ) Errado

78- (CESPE / MI / Assistente Técnico Administrativo / 2009) Quanto


à ética no serviço público, julgue os seguintes itens.
A função pública deve ser tida como um exercício profissional que se integra à
vida particular de cada servidor público. Por essa razão, tanto no exercício do
cargo ou da função que lhe compete, quanto fora dele, o servidor público deve
sempre nortear sua conduta pelos primados da dignidade, do decoro, do zelo,
da eficácia e da consciência dos princípios morais, haja vista que os fatos e os
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada podem acrescer
ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional
( ) Certo ( ) Errado

79- (CESPE / MI / Assistente Técnico Administrativo / 2009) Quanto


à ética no serviço público, julgue os seguintes itens.
A moralidade pública prescinde de julgamentos sobre o bem e o mal, haja vista
que seu caráter pragmático e finalista não se coaduna com juízos valorativos
fundados em posicionamentos maniqueístas.
( ) Certo ( ) Errado

80- (CESPE / ANATEL / Técnico em Regulação - Telecomunicações /


2009) A moralidade da administração pública não se limita à distinção entre o

Prof. Lucas Salvetti 102 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

bem e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre a


manutenção da ordem constitucional.
( ) Certo ( ) Errado

81- (CESPE / ANATEL / Técnico em Regulação - Telecomunicações /


2009) Quanto ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal, julgue os itens a seguir.
É o equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público,
que consolida a moralidade do ato administrativo.
( ) Certo ( ) Errado

82- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
O trabalho do servidor público segue princípios éticos, assim, a eficácia na
prestação dos serviços seria a materialização desses princípios.
( ) Certo ( ) Errado

83- (CESPE - ATA MIN/2009) Quanto à ética no serviço público, julgue o


seguinte item.
A função pública deve ser tida como um exercício profissional que se integra à
vida particular de cada servidor público. Por essa razão, tanto no exercício do
cargo ou da função que lhe compete, quanto fora dele, o servidor público deve
sempre nortear sua conduta pelos primados da dignidade, do decoro, do zelo,
da eficácia e da consciência dos princípios morais, haja vista que os fatos e os
atos verificados na conduta do dia-a-dia em sua vida privada podem acrescer
ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.

84- (CESPE - ATA MIN/2009) O item apresenta uma situação hipotética,


seguida de uma assertiva a ser julgada quanto ao comportamento ético do
servidor público.
A servidora Maria, no exercício de suas funções, deixou o usuário João à espera
de atendimento durante meia hora, enquanto retocava a maquilagem. Nessa
situação, Maria causou danos morais ao usuário João.

85- (CESPE - AI (ABIN)/2008) Julgue o item a seguir de acordo com o


Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo federal.
Os fatos e atos verificados na conduta do dia-a-dia do servidor em sua vida
privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional,

Prof. Lucas Salvetti 103 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

podendo caracterizar, inclusive, violação ao Código de Ética, o que será passível


de censura.

86- (CESPE - OI (ABIN)/2008) Com base no Código de Ética Profissional


do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal - Decreto n.º 1.171/1994,
julgue o item que se segue.
Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse
superior do Estado e da administração pública, a serem preservados em
processo previamente declarado sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de
qualquer ato administrativo constitui requisito de eficácia e moralidade,
ensejando sua omissão um comprometimento ético contra o bem comum,
imputável a quem a negar.

87- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O agente público tem o dever de buscar o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade na tentativa de proporcionar a consolidação da moralidade do ato
administrativo praticado.

88- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,
integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.

Prof. Lucas Salvetti 104 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

89- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
De acordo com o referido código de ética, tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.

90- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O agente público tem o dever de buscar o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade na tentativa de proporcionar a consolidação da moralidade do ato
administrativo praticado.

91- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que
devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões
éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve ser
entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como cidadão,
integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado como seu
maior patrimônio.

92- (CESPE - Ag Adm (MTE)/2008) A busca da gestão socialmente


responsável tem exigido maior transparência das instituições, sejam públicas,
sejam privadas, nas relações com seus fornecedores, funcionários e clientes.
Tal atributo tem sido fundamental para a reputação das organizações, que

Prof. Lucas Salvetti 105 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

devem explicitar à sociedade seus valores e a seu corpo funcional os padrões


éticos e de conduta considerados adequados.
Nesse contexto e à luz do Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, julgue o item seguinte.
De acordo com o referido código de ética, tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.

93- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Embora


contrário aos interesses da gestão pública, o servidor não poderá usar de
falsidade na relação com o usuário.
( ) Certo ( ) Errado

94- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
O servidor público, no exercício de suas funções, deve decidir sobre o que é
oportuno e o que é inoportuno, mas, em relação ao que é honesto ou não, deve
ser consoante à cultura do ambiente em que atua.
( ) Certo ( ) Errado

95- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
A conduta do servidor público, ao equilibrar a legalidade e a finalidade do ato
administrativo, consolida a moralidade na administração pública.
( ) Certo ( ) Errado

96- (CESPE / HEMOBRÁS / Técnico em Almoxarife / 2008) Acerca da


ética no serviço público, julgue os itens seguintes.
Causar danos por descuido a bens do patrimônio público não constitui uma
ofensa ao Estado, mas aos que construíram esses bens.
( ) Certo ( ) Errado

97- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item a seguir em harmonia com as disposições do Código de Ética Profissional
do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.
Não apenas a preocupação acerca do legal e do ilegal, do justo e do injusto, do
conveniente e do inconveniente deve nortear as decisões do servidor público,

Prof. Lucas Salvetti 106 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

mas, principalmente, a preocupação com o honesto e o desonesto, de acordo


com os parâmetros constitucionais.
( ) Certo ( ) Errado

98- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item seguinte em harmonia com as disposições do Código
de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal.
Salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse
superior do Estado e da administração pública, a serem preservados em
processo previamente declarado sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de
qualquer ato administrativo constitui regra que deve ser seguida, sob pena de
comprometimento ético contra o bem comum.
( ) Certo ( ) Errado

99- (CESPE / HEMOBRÁS / Cargos de Nível Superior / 2008) Julgue o


item em harmonia com as disposições do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal.
A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, os fatos
e atos verificados na conduta do dia-a-dia do servidor, em sua vida privada, não
poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Certo ( ) Errado

100- (CESPE / HEMOBRÁS / Auxiliar Administrativo / 2008) Acerca de


ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
Considera-se a função pública como integrada à vida particular do servidor,
devido ao seu caráter de exercício profissional.
( ) Certo ( ) Errado

101- (CESPE / STJ / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2008)


No serviço público, o funcionário deve-se guiar pela conduta
ética, que abrange aspectos da atuação e da relação com os
públicos externo e interno. Julgue os itens a seguir, acerca do
comportamento ético do servidor público e suas implicações.
O funcionário que, no exercício de suas funções, deixa o usuário de seu serviço
à espera enquanto atende ligação telefônica particular por 20 minutos causa
danos morais a esse usuário.

Prof. Lucas Salvetti 107 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

( ) Certo ( ) Errado

102- (CESPE / STJ / Técnico Judiciário - Área Administrativa / 2008)


Atento ao fato de que as entidades públicas devem oferecer serviço de qualidade
a seus usuários, o dirigente de um órgão público
pretende adotar procedimentos internos considerados relevantes para a
qualidade do atendimento. Em face dessa situação, cada um
dos seguintes itens apresenta uma proposta de procedimento a ser adotado
pelo referido órgão, que deve ser julgada certa se constituir
procedimento relevante para a melhoria da qualidade no atendimento ao
usuário, ou errada, em caso negativo.
Cada servidor do órgão em questão deverá se empenhar em auxiliar os
usuários, desde que não precise interromper nenhuma de suas tarefas e desde
que a demanda seja exclusiva da área em que o servidor atua.
( ) Certo ( ) Errado

103- (FGV / FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE / Auxiliar Administrativo / 2013)


Com base no Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil, a moralidade
da Administração Pública não deve estar limitada à distinção entre o bem e o
mal, devendo ser acrescida da ideia de que
a) o fim é sempre a garantia dos direitos individuais.
b) a legalidade sempre conduz ao bem comum.
c) a finalidade é sempre o combate à corrupção.
d) a moralidade sempre prevalece sobre a legalidade.
e) o fim é sempre o bem comum.

104- (FGV / FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE / Auxiliar Administrativo / 2013)


Tendo em consideração o Código de Ética específico, em que se elenca
obrigações profissionais de servidores públicos, é correto afirmar que
a) a conduta ética decorre da exteriorização da conduta normatizada, sendo
irrelevante a adesão pessoal às regras codificadas.
b) a conduta ética decorre da obrigatoriedade de se agir de acordo com os
preceitos morais, uma vez que foram estabelecidos por meio de norma positiva.
c) a conduta ética decorre da aceitação livre, consciente e voluntária das regras
de conduta pelo sujeito moral.
d) a conduta ética decorre da atuação efetiva da Comissão de Ética dos órgãos
da Administração Pública.

Prof. Lucas Salvetti 108 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

e) a conduta ética decorre da preponderância das regras morais estabelecidas


pelo Código de Ética sobre a vontade do sujeito moral.

105- (ESAF - Técnico em Regulação de Aviação Civil (ANAC)/2016)


Assinale a opção que não pertence ao conjunto de Regras Deontológicas do
Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.
a) A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais
são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício
do cargo ou função ou fora dele, uma vez que refletirá o exercício da vocação
do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e atitudes serão
direcionados para a preservação da honra e da tradição dos serviços públicos.
b) O servidor público deve resistir a todas as pressões de superiores
hierárquicos, de contratantes, interessados e outros que visem obter quaisquer
favores, benesses ou vantagens indevidas em decorrência de ações imorais,
ilegais ou aéticas e denunciá-las.
c) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
d) A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre ao Direito como
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como
consequência, em fator de legalidade.
e) O trabalho desenvolvido pelo servidor público perante a comunidade deve
ser entendido como acréscimo ao seu próprio bem-estar, uma vez que, como
cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho pode ser considerado
como seu maior patrimônio.

106- (ESAF - Especialista em Regulação de Aviação Civil (ANAC)/2016)


Marque a alternativa incorreta consoante o Decreto nº 1171, de 1994.
De acordo com o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal, são deveres do servidor público, exceto:
a) desempenhar, a tempo, as atribuições do cargo, função ou emprego público
de que seja titular.
b) jamais retardar qualquer prestação de contas, condição essencial da gestão
dos bens, direitos e serviços da coletividade a seu cargo.
c) ceder às pressões de superiores hierárquicos, de contratantes, interessados
e outros que visem obter quaisquer favores.

Prof. Lucas Salvetti 109 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

d) tratar cuidadosamente os usuários dos serviços aperfeiçoando o processo de


comunicação e contato com o público.
e) ter consciência de que seu trabalho é regido por princípios éticos que se
materializam na adequada prestação dos serviços públicos.

107- (ESAF - Especialista em Regulação de Aviação Civil - ANAC - 2016)


Tendo em vista o conceito de ética no setor público, julgue as afirmativas a
seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção correta.
I. A ética estabelece a conduta apropriada e as formas de promovê-la segundo
as concepções vigentes na sociedade como um todo ou em grupos sociais
específicos.
II. As frequentes denúncias de corrupção, como a recente Operação Lava Jato,
estimulam a sociedade a ter um conceito negativo da conduta ética da classe
política.
III. A ética no serviço público segue o pressuposto de que os fins justificam os
meios, uma vez que o interesse maior está na eficácia administrativa.


a) Apenas a afirmativa I é verdadeira.


b) Todas as afirmativas são verdadeiras.


c) Apenas a afirmativa II é verdadeira.


d) Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.


e) Apenas a afirmativa III é verdadeira.

108- (ESAF - Analista de Planejamento e Orçamento - MPOG - 2005)


Dispõe o inciso II do Capítulo I do Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal que "o servidor público não poderá
jamais desprezar o elemento ético de sua conduta. Assim, não terá que decidir
somente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o conveniente e o
inconveniente, o oportuno e o inoportuno, mas principalmente entre o honesto
e o desonesto, consoante as regras contidas no art. 37, 'caput' e § 4o, da
Constituição Federal".
É correto afirmar que, em observância a essa regra deontológica, o servidor
público, no exercício das funções:


I. não deve dar efetividade às normas legais que, a seu juízo, são injustas.


II. deve optar pelo ato que, a seu juízo, seja justo, mesmo que seja ilegal.


III. pode deixar de praticar um ato administrativo no prazo e condições


estabelecidos em lei, se entender que o mesmo é inconveniente ou inoportuno.

Prof. Lucas Salvetti 110 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

IV. pode cumprir a lei de forma honesta ou desonesta, embora deva fazê-lo
apenas de forma honesta.
V. deve manter conduta que revele um padrão ético na Administração Pública,
mesmo que isso não contribua para o seu enriquecimento patrimonial e
financeiro.
Estão corretas:
a) as afirmativas I, II, III, IV e V.


b) apenas as afirmativas I, II, IV e V.


c) apenas as afirmativas I, III e V.


d) apenas as afirmativas IV e V.


e) apenas a afirmativa V.

109- (ESAF / CGU / Auditor Federal de Finanças e Controle - Correição


/ 2004) De acordo com o Decreto nº 1.171/1994 (Código de Conduta do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal), são deveres fundamentais
do servidor público:
I. tratar cuidadosamente os usuários dos serviços, aperfeiçoando o processo de
comunicação e contato com o público.
II. omitir a verdade sobre fato que prejudique a Administração e beneficie o
cidadão.
III. ser assíduo e freqüente ao serviço.
IV. facilitar a fiscalização de todos os atos ou serviços por quem de direito.
Estão corretos os itens:
a) I, II e III
b) II, III e IV
c) I, III e IV
d) I, II e IV
e) I, II, III e IV

110- (Quadrix / CRQ 18° Região - PI / Advogado / 2016) Com relação


às regras deontológicas constantes do Código de Ética Profissional do Servidor
Público Civil do Poder Executivo Federal, assinale a alternativa incorreta.
a) Nos termos do aludido Código de Ética, o equilíbrio entre a legalidade e a
finalidade, na conduta do servidor público, é que poderá consolidar a moralidade
do ato administrativo.

Prof. Lucas Salvetti 111 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) Salvo alguns casos previstos em lei, como segurança nacional e investigações


policiais, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de
eficácia e moralidade, ensejando sua omissão comprometimento ético contra o
bem comum.
c) Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas.
d) Toda pessoa tem direito à verdade, que só poderá ser omitida pelo servidor
público quando contrária aos interesses da Administração Pública.
e) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral.

111- (Quadrix / CRQ 18° Região - PI / Auxiliar Administrativo / 2016)


Considerando as regras deontológicas do Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, leia as afirmativas a seguir.
I. A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, como
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como
consequência, em fator de legalidade.
II. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo do hábito do erro, da opressão ou da mentira, que sempre
aniquilam até mesmo a dignidade humana, quanto mais a de uma Nação.
III. O servidor público deve exercer a profissão com zelo, diligência e
honestidade, defendendo os direitos, os bens e o interesse de clientes,
instituições e sociedades, estando sempre disposto, em face de seu
compromisso com a organização que representa, a abdicar de prerrogativas e
independência profissional, atuando como funcionário público.
Pode-se afirmar que:
a) somente I está correta.
b) somente II está correta.
c) somente III está correta.
d) há apenas duas afirmativas corretas.
e) todas estão corretas.

Prof. Lucas Salvetti 112 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

112- FIOCRUZ / FIOCRUZ / Assistente Técnico de Gestão em Saúde /


2016) Para fins de apuração do comprometimento ético, entende-se por
servidor público todo aquele que, por força de lei, contrato ou de qualquer ato
jurídico, preste serviços de natureza permanente, temporária ou excepcional,
ainda que sem retribuição financeira, desde que ligado direta ou indiretamente
a qualquer órgão do poder estatal, como as autarquias, as fundações públicas,
as entidades paraestatais, as empresas públicas e as sociedades de economia
mista, ou em qualquer setor onde prevaleça o interesse do Estado. Com relação
aos aspectos contidos no Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil
do Poder Executivo Federal, analise as assertivas abaixo:
I – A função pública deve ser tida no âmbito do exercício profissional e, portanto,
não se integra na vida particular de cada servidor público.
II – A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
III – A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios
morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no
exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício da vocação
do próprio poder estatal.
Sobre as assertivas acima, pode-se afirmar que:
a) apenas II e III são verdadeiras.
b) apenas I e II são verdadeiras.
c) apenas I e III são verdadeiras.
d) apenas II é verdadeira.
e) I, II e III são verdadeiras.

113- (CCV-UFC / UFC / Auxiliar em Administração / 2016) Conforme as


regras de conduta do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal “A moralidade da Administração Pública não se limita à
distinção entre o bem e o mal”. O fim almejado deve sempre ser:
a) o bem comum.
b) o interesse das minorias.
c) a preservação da burocracia.
d) a prática do ato administrativo.
e) o atendimento aos interesses do Estado.

Prof. Lucas Salvetti 113 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

114- (UFRRJ – Auxiliar em Administração (UFRRJ)/2015) Segundo o


Código de Ética do Servidor Público, existem primados que norteiam as
atividades da categoria. Os princípios contidos nesta normativa são:
a) dignidade, decoro, zelo e consciência dos princípios morais.
b) decoro, moralidade, efetividade e consciência dos princípios morais.
c) zelo, legalidade, eficiência e decoro.
d) dignidade, efetividade, impessoalidade e consciência dos princípios morais.
e) dignidade, decoro, zelo, eficiência e publicidade.

115- (IF-PB – ADMINISTRADOR - IF-PB / 2015) Quanto às regras


deontológicas trazidas pelo Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil
do Poder Executivo Federal, itens I a XIII, julgue as seguintes assertivas,
utilizando V, para o que for Verdadeiro, e F, para o que for Falso.
( ) A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos direta ou
indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se exige, como
contrapartida, que a moralidade administrativa se integre no Direito, como
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, erigindo-se, como
consequência, em fator de legalidade.
( ) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.
( ) A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, se
integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos
verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada poderão acrescer ou
diminuir o seu bom conceito na vida funcional.
( ) Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas.
A sequência CORRETA é:
a) F, F, F, F.
b) F, F, V, V.
c) F, V, V, F.
d) V, V, F, F.
e) V, V, V, V.

Prof. Lucas Salvetti 114 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

116- (UTFPR / UTFPR / Assistente de Alunos / 2015) Analise o texto a


seguir, composto a partir do Código de Ética do Servidor Público Federal e
assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:
O servidor não pode omitir ou falsear a _____________. Nenhum Estado pode
crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro. A
___________, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. O servidor deve prestar toda a sua
___________às ordens legais de seus superiores, evitando a conduta
negligente. Toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é
fator de desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à
______________ nas relações humanas. O servidor que trabalha em
___________ com a estrutura organizacional, respeitando seus colegas e cada
concidadão, colabora e de todos pode receber colaboração.
a) disciplina; atenção; harmonia; deslealdade; boa vontade.
b) verdade; disciplina; intenção; frustração; harmonia.
c) disciplina; harmonia; compreensão; desordem; sintonia.
d) verdade; cortesia; atenção; deslealdade; sintonia.
e) verdade; cortesia; atenção; desordem; harmonia.

117- (FUNDEP / IF-SP / Técnico em Enfermagem / 2014) Segundo o


Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal,
“Toda pessoa tem direito a verdade.”.
De acordo com esse Código, o servidor público
a) não pode ocultar ou falsear a verdade mesmo que contrária aos interesses
da própria pessoa interessada ou da Administração Pública.
b) não pode omitir ou falsear a verdade, salvo na hipótese de ser necessário
para o exercício do direito de defesa.
c) não pode faltar com a verdade, salvo quando essencial à defesa do Estado e
da sociedade.
d) não pode descumprir o dever de dizer a verdade, salvo no caso de preservar
o interesse público em geral.

118- (FUNRIO / IF-BA / Auxiliar de Biblioteca / 2014) Acerca do Código


de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal,
seguem-se três afirmações:
I. A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.

Prof. Lucas Salvetti 115 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é


que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo;
II. A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto, não
se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos
verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada em nada poderão
acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional;
III. Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor só pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada, nos casos
de segurança nacional, investigações policiais ou interesse superior do Estado e
da Administração Pública, a serem preservados em processo previamente
declarado sigiloso, nos termos da lei.
Está correto apenas o que se afirma em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.

119- (FUNDEP / IFN-MG / Assistente em Administração / 2014)


Consoante ao que dispõe o Código de Ética Profissional do Servidor Público do
Poder Executivo Federal, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui
requisito de eficácia e de moralidade, admitindo-se, todavia, ressalvas nos
termos da lei.
Entre as referidas ressalvas, NÃO se incluem
a) os casos de segurança nacional.
b) as investigações policiais.
c) os contratos internacionais.
d) as hipóteses de interesse superior do Estado e da Administração Pública.

120- (CETRO / Ministério das Cidades / Agente Administrativo / 2013)


De acordo com o Decreto nº 1.171/1994, que aprova o Código de Ética
Profissional do Servidor Público, assinale a alternativa incorreta.
a) A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem
e o mal, devendo ser acrescida da ideia de que o fim é sempre o bem comum.
O equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do servidor público, é
que poderá consolidar a moralidade do ato administrativo.

Prof. Lucas Salvetti 116 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

b) A função pública deve ser tida como exercício profissional e, portanto,


integra-se na vida particular de cada servidor público. No entanto, os fatos e
atos verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada não terão o condão
de acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional, sob pena de
violação à sua privacidade e intimidade.
c) Toda pessoa tem o direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o
poder corruptivo do hábito do erro, da opressão ou da mentira, que sempre
aniquilam até mesmo a dignidade humana, quanto mais a de uma Nação.
d) Deixar o servidor qualquer pessoa à espera de solução que compete ao setor
em que exerça suas funções, permitindo a formação de longas filas, ou qualquer
outra espécie de atraso na prestação do serviço, não caracteriza apenas atitude
contra a ética ou ato de desumanidade, mas principalmente grave dano moral
aos usuários dos serviços públicos.
e) O servidor deve prestar toda a sua atenção às ordens legais de seus
superiores, velando atentamente por seu cumprimento, e, assim, evitando a
conduta negligente. Os repetidos erros, o descaso e o acúmulo de desvios
tornam-se, às vezes, difíceis de corrigir e caracterizam até mesmo imprudência
no desempenho da função pública.

121- (ND / UFPB / Assistente em Administração / 2012) Considerando


o disposto no anexo do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal, quanto às regras deontológicas, julgue a assertiva
abaixo:
O servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético de sua conduta
tendo que decidir estritamente entre o legal e o ilegal, o justo e o injusto, o
conveniente e o inconveniente, o oportuno e o inoportuno.
( ) Certo ( ) Errado

122- (ND / UFPB / Assistente em Administração / 2012) Considerando


o disposto no anexo do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal, quanto às regras deontológicas, julgue a assertiva
abaixo:
A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus
tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral. Da mesma
forma, causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público,
deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa
ao equipamento e às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa

Prof. Lucas Salvetti 117 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

vontade que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus
esforços para construí-los.
( ) Certo ( ) Errado

123- (UFBA / UFBA / Técnico de Tecnologia da Informação / 2012) Um


servidor público, sentindo dificuldade no desenvolvimento de seu trabalho,
atuou vagarosamente no exercício de suas funções, causando o acúmulo de
pessoas em filas para o atendimento. O chefe do setor chamava a sua atenção
para a necessária rapidez no atendimento, mas o funcionário, com medo de ser
colocado à disposição do setor de pessoal, não confessava a sua limitação no
desempenho de suas atividades.
Em referência à situação apresentada, pode-se afirmar:
Esse servidor, ao deixar as pessoas à espera de atendimento e permitir a
formação de longas filas, está ferindo o Código de Ética do Servidor que, em
seu conjunto de regras e preceitos, enquadra o servidor não apenas contra a
ética ou ato de desumanidade, mas, principalmente, por grave dano moral aos
usuários dos serviços públicos.
( ) Certo ( ) Errado

124- (IF-CE / IF-CE / Auxiliar em Administração / 2012) Considerando-


se a redação atual do anexo do Decreto n° 1.171/1994, é um fator de
desmoralização do serviço público, o que quase sempre conduz à desordem nas
relações humanas:
a) ausentar-se de seu local de trabalho sem justificar.
b) permitir a formação de longas filas, ou qualquer outra espécie de atraso na
prestação do serviço.
c) causar dano a qualquer bem do patrimônio público, deteriorando-o, por
descuido ou má vontade .
d) cometer repetidos erros e descasos no exercício do cargo ou da função.
e) ter conduta negligente.

125- (FUNIVERSA / MTur / Agente Administrativo / 2010) A respeito


do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo
Federal, assinale a alternativa correta.
a) Em certos casos, a fim de não contrariar o interesse da administração
pública, o servidor público pode deixar de comunicar a verdade a um cidadão.
b) O Código trata a preservação dos bens da administração pública como tema
de natureza exclusivamente patrimonial.

Prof. Lucas Salvetti 118 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

c) O servidor público deve evitar ao máximo ausentar-se de seu local de


trabalho, porquanto toda ausência causa desmoralização ao serviço público.
d) Permitir a formação desnecessária de filas nos órgãos públicos pode
caracterizar infração de preceitos éticos por parte dos servidores responsáveis
e causar dano moral aos cidadãos.
e) Em face dos deveres de lealdade e de obediência à hierarquia no serviço
público, o servidor deve abster-se de comunicar oficialmente atos
potencialmente irregulares, quando não tenham relação direta com suas
funções.

126- (FUNRIO - Ag Adm (MDIC)/2009) Marque a alternativa correta, nos


termos do Decreto nº 1171/1994.
a) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público
caracterizam o esforço pela disciplina e não são obrigações do servidor público.
b) Causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público,
deteriorando-o, por descuido ou má vontade, constitui apenas uma ofensa ao
equipamento e às instalações ou ao Estado.
c) Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-
la, mas poderá fazê-lo, se contrária aos interesses da própria pessoa
interessada ou da Administração Pública.
d) Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos direta ou indiretamente
significa causar-lhe dano moral.
e) Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do
hábito do erro, da opressão, ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo
a dignidade humana quanto mais a de uma Nação. Entretanto, se for para trazer
lucro ao Estado, poderá.

127- (FUNRIO - AnaTA MDIC/2009) O servidor público não poderá jamais


desprezar o elemento ético de sua conduta. Assim terá que decidir
principalmente entre
a) o oportuno e o inoportuno.
b) o conveniente e o inconveniente.
c) o justo e o injusto.
d) o ilegal e o legal.
e) o honesto e o desonesto.

Prof. Lucas Salvetti 119 de 120


www.exponencialconcursos.com.br
Curso: Ética
Teoria e Questões comentadas
Prof. Lucas Salvetti

5- Gabarito

1 E 27 ERRADO 53 ERRADO 79 ERRADO 105 B


2 E 28 ERRADO 54 CERTO 80 ERRADO 106 C
3 B 29 CERTO 55 CERTO 81 CERTO 107 D
4 D 30 CERTO 56 CERTO 82 CERTO 108 D
5 C 31 CERTO 57 CERTO 83 CERTO 109 C
6 A 32 CERTO 58 CERTO 84 CERTO 110 D
7 C 33 CERTO 59 CERTO 85 CERTO 111 D
8 C 34 ERRADO 60 CERTO 86 CERTO 112 A
9 CERTO 35 CERTO 61 CERTO 87 CERTO 113 A
10 ERRADO 36 ERRADO 62 CERTO 88 CERTO 114 A
11 ANULADA 37 ERRADO 63 CERTO 89 CERTO 115 E
12 CERTO 38 ERRADO 64 CERTO 90 CERTO 116 E
13 CERTO 39 CERTO 65 ERRADO 91 CERTO 117 A
14 CERTO 40 CERTO 66 CERTO 92 CERTO 118 A
15 ERRADO 41 CERTO 67 CERTO 93 CERTO 119 C
16 ANULADA 42 ERRADO 68 ERRADO 94 ERRADO 120 B
17 ERRADO 43 ERRADO 69 CERTO 95 CERTO 121 ERRADO
18 CERTO 44 CERTO 70 ERRADO 96 ERRADO 122 CERTO
19 ERRADO 45 CERTO 71 C 97 CERTO 123 CERTO
20 ERRADO 46 CERTO 72 CERTO 98 CERTO 124 A
21 ERRADO 47 ERRADO 73 CERTO 99 ERRADO 125 D
22 CERTO 48 CERTO 74 CERTO 100 CERTO 126 D
23 ERRADO 49 CERTO 75 CERTO 101 CERTO 127 E
24 ERRADO 50 ERRADO 76 CERTO 102 ERRADO
25 ERRADO 51 ERRADO 77 ERRADO 103 E
26 CERTO 52 CERTO 78 CERTO 104 C

6- Referencial Bibliográfico

- Decreto nº 1.171/1994
- Almeida e Chirstmann, Ética e direito: uma perspectiva integrada, 3ª ed.,
2009.

Prof. Lucas Salvetti 120 de 120


www.exponencialconcursos.com.br