Você está na página 1de 4

1º) Explique a origem histórica comum dos principais conflitos separatistas e guerras civis do continente africano.

Os conflitos separatistas africanos têm sua origem na colonização e partilha do continente que foram realizadas
pelas nações imperialistas europeias. Durante essa partilha, que ocorreu no final do século XIX, criaram-se
fronteiras “artificiais” que não correspondiam às divisões territoriais étnicas ao longo do continente. Essas
fronteiras foram mantidas mesmo após os processos de independência dos Estados africanos, que passaram a ter,
em um mesmo território, diferentes nações e etnias, gerando múltiplos conflitos étnicos.

A onda de protestos, revoltas e revoluções populares contra governos de países árabes, conhecida como
Primavera Árabe, tem provocado a queda de alguns governos ditatoriais.

2) Cite 4 (quatro) países árabes onde ocorreram as manifestações referidas acima.

Argélia; Líbia; Egito; Jordânia; Iêmen; Arábia Saudita; Líbano; Síria.

Também: Palestina; Omã; Mauritânia; Marrocos; Djibuti; Barein; Iraque; Kuwait...

3) Explique como as redes sociais (Facebook, Twitter) e os meios de comunicação têm contribuído para o
desenvolvimento dos conflitos em países árabes de governos ditatoriais.

O Facebook e o Twitter têm sido usados na mobilização da população e na organização de protestos. A rede de
TV Al Jazeera tem sido usada na cobertura e divulgação dos movimentos.

4º) O racismo e a intolerância causaram diversos massacres e injustiças no decorrer da história, dos gregos e
romanos até os dias atuais.

Considere as seguintes afirmativas sobre alguns desses massacres e injustiças.

I. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha nazista perseguiu pessoas que não correspondiam a seu ideal
de raça ariana ou raça pura. Além de seis milhões de judeus, foram executados ciganos, homossexuais, presos,
deficientes, militantes políticos e outros grupos étnicos e religiosos.

II. O Apartheid, regime que durou de 1948 a 1994, restringiu os direitos dos não brancos na África. Nelson
Mandela passou 27 anos preso por lutar pelos direitos dos negros em seu país e tornou-se presidente depois de
libertado.

III. Os homossexuais sofreram perseguição com a expansão do cristianismo. Em alguns países, foram presos e
condenados à morte. Hoje, apesar de toda a repressão legal e social, a homofobia continua sendo
frequentemente expressada, muitas vezes com violência física.

Das afirmativas acima, pode-se dizer que

a) apenas I está correta. b) apenas II está correta.

c) apenas I e II estão corretas. d) apenas II e III estão corretas.

e) I, II e III estão corretas.

A partir das imagens das reportagens selecionadas, responda o que se pede:


CONTRA O VÉU ISLÂMICO — FRANÇA PROÍBE USO CIGANOS EXPULSOS DA FRANÇA SERÃO 950 DENTRO DE
DA BURCA (14/10/2009) UMA SEMANA (25/08/2010)
5º) Explique o que é XENOFOBIA.

A xenofobia no espaço europeu, que é laico em sua constituição social e política, é contraproducente já que não
corresponde aos ideais de pluralidade e convivência aos quais as sociedades européias, notadamente as
ocidentais, se basearam desde meados do século XX.

6º) Indique UMA CAUSA CULTURAL da proibição do uso do véu islâmico e UMA CAUSA ECONÔMICA da expulsão
dosciganos pelo atual governo francês.

aumentar o controle do Estado francês sobre o terrorismo internacional, já que terroristas podem se valer da
ocultação da identidade de quem usa a burca para ampliar a sua rede de atentados;

2) ampliar a margem de aceitação do atual governo frente aos grupos ideológicos mais conservadores da
sociedade francesa;

3) redimensionar a vida política e participação social das mulheres islâmicas na sociedade francesa, para que elas
lutem por igualdade de direitos de gênero junto aos homens de sua comunidade próxima;

4) revalorizar os costumes ocidentais na população migrante com o objetivo de reforçar a condição de sociedade
laica e liberal do franceses, sobre a qual o país construiu a sua identidade no mundo, desde

o século XVIII;

5) retirar a atenção da sociedade francesa dos principais problemas sociais e econômicos que afetam atualmente
aquele país, redirecionando-o para problemas secundários.

Dentre os interesses econômicos do mesmo governo para expulsar os ciganos do país, pode-se argumentar:

1) reduzir os gastos sociais com migrantes ilegais em um Estado fortemente endividado, notadamente após a
crise econômica iniciada em 2008;

2) diminuir o número de casos de violência no país (principalmente a ação dos narcotraficantes e grupos
mafiosos do leste europeu), que vêm crescendo, assustadoramente, e que já afetam os investimentos
econômicos na França e o turismo;

3) ampliar o acesso ao trabalho menos qualificado do francês de baixa renda afetado pela redução do emprego
desde a crise de 2008 e que compete agora com os imigrantes pelo acesso aos postos de trabalho menos
remunerados da economia francesa.

7º) Observe a área destacada pelas hachuras no mapa ao lado. Ela representa uma região de
grande importância geopolítica pela sua localização na confluência entre Europa, Ásia e África; por ser o berço
do judaísmo, do cristianismo e do islamismo e por ser detentora das maiores reservas de petróleo do mundo.

Esta conflituosa região é denominada de:

a) Extremo Oriente.

b) Leste Europeu.

c) Oriente Médio.

d) Bálcãs.

e) Cáucaso.

8º) As últimas duas décadas foram marcadas pela ocorrência de vários conflitos de caráter étnico, religioso e
separatista. O atentado ao metrô de Moscou, em março de 2010, fez ressurgir o movimento separatista da
Chechênia.

Cite as principais causas desse conflito.

O conflito recente da Chechênia ocorreu com a declaração de independência, não aceita pela Rússia, que
procura manter sua hegemonia sobre a região. Alguns especialistas apontam que entre as causas do conflito está
o fato de a Chechênia ter uma população majoritariâmente islâmica e de o governo russo temer que a
constituição de um Estado fundamentalista religioso na região sirva de exemplo para outros movimentos
separatistas, já que há no pais uma enorme diversidade étnica. Há ainda a preocupação com o controle dos
oleodutos e gasodutos que cortam o território da Chechênia.

9º) A Unesco condenou a destruição da antiga capital assíria de Nimrod, no Iraque, pelo Estado Islâmico, com a
agência da ONU considerando o ato como um crime de guerra. O grupo iniciou um processo de demolição em
vários sítios arqueológicos em uma área reconhecida como um dos berços da civilização.
Unesco e especialistas condenam destruição de cidade assíria pelo Estado Islâmico. Disponivel em: http://oglobo.globo.com. Acesso em: 30 mar.
2015 (adaptado).

O tipo de atentado descrito no texto tem como consequência para as populações de países como o Iraque a
desestruturação do(a)
O tipo de atentado descrito no texto tem como consequência para as populações de países como o Iraque a
desestruturação do(a)
a) Homogeneidade cultural. b) Patrimônio histórico. c) Controle ocidental.
d) Unidade étnica. e) Religião oficial.

10º) (UFPR) Na constituição do Brasil, consta que o país adota o regime republicano, com a organização política
baseada no federalismo. Defina o que é uma Federação e como é o ordenamento federativo do Estado braisleiro.

Interesses relacionados