Você está na página 1de 2

ESCOLA SECUNDÁRIA DR.

JOSÉ AFONSO

ÁREA DE INTEGRAÇÃO – 10º ANO – 2012-2013

Lê atentamente o seguinte texto:

«O homem recebe do meio, em primeiro lugar, a definição do bom e do mau, do


confortável e do desconfortável. Deste modo os chineses preferem os ovos podres e os
oceanenses o peixe em decomposição. Para dormir, os pigmeus procuram a incómoda
forquilha de madeira e os japoneses deitam a cabeça em duro cepo.
O homem recebe do seu meio cultural um modo de ver e de pensar. No Japão
considera-se delicado julgar os homens mais velhos do que parecem. (…)
O homem retira também do meio as atitudes afectivas típicas. Entre os maoris, as
lágrimas correm só no regresso do viajante e não à sua partida. Nos esquimós, que
praticam a hospitalidade conjugal, o ciúme desapareceu, tal como na Samoa. Nas ilhas
Alor, a mentira lúdica considera-se normal; as falsas promessas às crianças constituem
um dos divertimentos dos adultos. O mesmo espírito encontra-se na ilha Normanby
onde a mãe, por brincadeira, tira o seio ao filho que está a mamar. (…)
As crianças taraumaras batem e injuriam facilmente os pais. Entre os esquimós o
casamento faz-se por compra. Nos urabima da Austrália um homem pode Ter esposas
secundárias que são as esposas principais de outros homens. No Ceilão reina a
poliandria1 fraternal: o irmão mais velho casa-se e os mais novos mantêm relações com
a cunhada. O amor e os cuidados da mãe pelos filhos desapareceram nas ilhas do
estreito de Torres e nas ilhas Andaman, em que o filho ou a filha são oferecidos de boa

1 Poliandria  tipo de organização familiar em que a mulher tem, legalmente, vários maridos ao mesmo
tempo.
ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOSÉ AFONSO

ÁREA DE INTEGRAÇÃO – 10º ANO – 2012-2013

vontade aos hóspedes da família como presentes, ou aos vizinhos, em sinal de amizade.
(…)
Os diferentes povos criaram e desenvolveram um estilo de vida que cada
indivíduo aceita como um protótipo.»
Lucien Malson
- Com base no texto, esclarece o conceito “ relatividade cultural”.

-------------------------------------------

O ser humanos só pode desenvolver todas as suas capacidades (potencialidades)


integrado no meio social e cultural que lhe é próprio. Vejamos o seguinte texto:

«O homem sem a sociedade dos homens não será mais que um monstro. As
crianças selvagens, as que foram privadas muito cedo da atmosfera humana, as que
foram abandonadas e conseguiram pelos seus próprios recursos sobreviver ao
afastamento, representam fenómenos de simples deformidade.
(…)
Há muito tempo que conhecemos histórias de crianças selvagens. A princípio
chocaram, como se imagina, os que acreditavam na existência de uma natureza humana
(…) Hoje em dia, quem teria a audácia de pretender que uma criança isolada
precocemente e privada do contacto dos adultos durante muito tempo, se desenvolvesse
espiritualmente como por encanto?»
Lucien Malson

Sugestão de trabalho para apresentação na aula:


Elaboração de um pequeno PowerPoint sobre o tema “crianças selvagens” (a partir de uma
pesquisa na internet). Também podem procurar pequenos filmes/documentários no youtube.

.../...

Interesses relacionados