Você está na página 1de 3

Aerogeradores – links

http://www.pucrs.br/ce-eolica/faq.php?q=2

http://www.cee.uma.pt/dissertations/2009-2010/2010%20-%20%C3%89lvio%20Jesus.pdf

http://www.pucrs.br/ce-eolica/2008/2008_03.pdf

http://www2.ele.ufes.br/~projgrad/documentos/PG2006_1/diegomoulinsanson.pdf

http://fabygomes.com.sapo.pt/

http://www.adinelsa.com.pe/files/publicaciones/Energia_Eolica_-_Parte_2.pdf

http://www.adinelsa.com.pe/files/publicaciones/Energia_Eolica_-_Parte_1.pdf

http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/pdf/06-energia_eolica(3).pdf

Um aerogerador é um gerador eléctrico integrado ao eixo de um cata-vento cuja missão


é converter energia eólica em energia eléctrica. Este tipo de gerador tem-se
popularizado rapidamente devido ao facto de a energia eólica ser um tipo de energia
renovável, diferente das que provem dos combustíveis fosseis. É também considerada
uma "energia limpa" (que não polui).

É neste subcapítulo que vamos tratar o assunto do funcionamento, dos constituintes de


um aerogerador típico dos parques eólicos (em grande escala) e da segurança que este
implica. Este para nós é o capítulo chave do nosso projecto, visto que vamos ter a noção
teórica do que implica a construção de um aerogerador.

A partir daqui, sabemos os conceitos que teremos de adoptar aquando da construção de


o nosso aerogerador “caseiro”. mostra as principais partes e componentes de um
aerogerador, que irão ser descritas a seguir: Nacele: Contém os componentes do
aerogerador incluindo entre outros a caixa de engrenagens e o gerador eléctrico; Pás do
rotor: Capturam a energia cinética do vento e transferem-na para o cone do rotor; Cone
do rotor: Liga as pás ao eixo de baixa velocidade da turbina eólica; Eixo de baixa
velocidade: Conecta o cone do rotor à caixa de engrenagens. Numa turbina moderna o
eixo giro entre 9 e 30 rpm.
Nesse eixo estão instaladas as tubulações hidráulicas utilizadas para habilitar a operação
do freio aerodinâmico; Caixa de engrenagens: É utilizada para converter a baixa rotação
e o alto conjugado da turbina eólica em alta velocidade e mais baixo conjugado que
podem ser usados pelo gerador.

Em máquinas de 600 a 750kW, por exemplo, a relação de engrenagens é de


aproximadamente 1:50 (transformam uma volta do cone do rotor em 50 no rotor do
gerador); Eixo de alta velocidade: Acciona o gerador eléctrico. Ele pode ser equipado
com um travão a disco, usado em caso de falha do travão aerodinâmico ou na destruição
da turbina eólica. No caso da Figura 2 o travão a disco está instalado no eixo de baixa
velocidade; Gerador eléctrico: São geralmente utilizados os geradores de indução ou os
geradores síncronos; Controle de giro (mecanismo yaw): É conhecido também como
mecanismo de orientação e utiliza motores eléctricos para girar a nacele juntamente com
o rotor contra o vento. Este mecanismo é operado por um controlador electrónico o qual
monitoriza a direcção do vento usando uma veleta (instrumento que nos mostra a
direcção do vento). Normalmente o aerogerador gira alguns graus quando o vento muda
a sua direcção; Sistema de controlo: Contém um microprocessador que monitoriza,
continuamente, as condições do aerogerador.

Em caso de um mau funcionamento (sobrecarga, excesso de calor na caixa de


engrenagens, etc) ele automaticamente dispara o processo de paragem da turbina eólica;
Torre: Sustenta a nacele e o rotor. Geralmente é vantajoso ter uma torre alta porque a
velocidade do vento cresce à medida que se afasta do solo.

Nos aerogeradores modernos as torres podem atingir a altura de 40m a 60m. Em termos
construtivos elas podem ser tubulares ou reticuladas; Sensores de vento: São
basicamente o anemómetro e a veleta. O anemómetro mede a velocidade do vento
enquanto a veleta nos dá a direcção do vento. Os sinais do anemómetro são usados pelo
sistema de controlo para pôr em funcionamento o aerogerador quando a velocidade do
vento está em torno de 3,5m/s a 5m/s. Quando esta velocidade é superior a 25m/s o
sistema de controlo acciona o processo de paragem do aerogerador de forma a preservá-
lo mecanicamente. Já o sinal da veleta é usado para girar o aerogerador contra o vento
usando o mecanismo de orientação.