Você está na página 1de 16

12

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
AVALIAÇÃO EM PROCESSO
DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO
12

Língua
Língua Portuguesa
Portuguesa
3ª série do Ensino Médio Turma
Turma ___________________
3ª série do Ensino Médio _________________________
Avaliação Diagnóstica Data ______ /______ /______
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA Data _______ / _______ / _______
Escola ________________________________________________
Escola _______________________________________________________________________
Aluno ________________________________________________
Aluno ______________________________________________________________________

1
2
3
4
5
6
7
8

10
11
12
13
14
15
16

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 1 02/02/2018 01:59:45


Leia o texto e responda às questões 01, 02 e 03.

Memórias Póstumas de Brás Cubas


Machado de Assis

Capítulo 6
[...]
Não durou muito a evocação; a realidade dominou logo; o presente expediu
o passado. Talvez eu exponha ao leitor, em algum canto deste livro, a minha
teoria das edições humanas. O que por agora importa saber é que Virgília –
chamava-se Virgília – entrou na alcova1, firme, com a gravidade que lhe davam
as roupas e os anos, e veio até o meu leito2. O estranho levantou-se e saiu. Era
um sujeito, que me visitava todos os dias para falar do câmbio, da colonização e
da necessidade de desenvolver a viação férrea; nada mais interessante para um
moribundo. Saiu; Virgília deixou-se estar de pé; durante algum tempo ficamos
a olhar um para o outro, sem articular palavra. Quem diria? De dois grandes
namorados, de duas paixões sem freio, nada mais havia ali, vinte anos depois;
havia apenas dois corações murchos, devastados pela vida e saciados dela, não
sei se em igual dose, mas enfim saciados.
Virgília tinha agora a beleza da velhice, um ar austero3 e maternal; estava menos
magra do que quando a vi, pela última vez, numa festa de São João, na Tijuca;
e porque era das que resistem muito, só agora começavam os cabelos escuros
a intercalar-se de alguns fios de prata.

1 Alcova (s.f) (árabe al-qubba, abóbada, cúpula) 1. Pequena câmara interior para dormir. 2. Quarto de
dormir. In: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Disponível em: <https://www.priberam.pt/dlpo/
alcova>. Acesso em: 14 de dezembro de 2017
2 Leito (latim lectus, -i, cama) (s m)
1. Parte da cama que sustenta o enxergão e o colchão.
2. Conjunto formado pelo móvel usado para dormir, pelo colchão e pela roupa que geralmente o
reveste. = CAMA. IN: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Disponível em: < https://www.pribe-
ram.pt/dlpo/leito>. Acesso em: 14 de dezembro de 2017.
3 Aus·te·ro | (latim austerus, -a, -um) adj 1. Que é muito rigoroso em seus princípios. 2. Que demonstra
pouca ou nenhuma flexibilidade. = RÍGIDO, SEVERO . 3. Sério e grave. In: Dicionário Priberam da
Língua Portuguesa. Disponível em: < https://www.priberam.pt/dlpo/austero>. Acesso em: 14 de no-
vembro de 2017.

2 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 2 02/02/2018 01:59:45


- Anda visitando os defuntos? disse-lhe eu.
- Ora, defuntos! respondeu Virgília com um muxoxo4.
E depois de me apertar as mãos: ─ Ando a ver se ponho os vadios para a rua.
Não tinha a carícia lacrimosa de outro tempo; mas a voz era amiga e doce.
Sentou-se. Eu estava só, em casa, com um simples enfermeiro; podíamos falar
um ao outro, sem perigo. [...]

MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas. Disponível em: <http://www.


dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraDownload.do?select_action=&co_obra=1923&co_
midia=2>. Acesso em: 14 de novembro de 2017.

Questão 01
Pela leitura do trecho de “Memórias Póstumas de Brás Cubas” deduz-se que a
relação entre Brás Cubas e Virgília
(A) era aprovada pela sociedade e eles viviam em harmonia.
(B) continuava sem futuro e era reprovada pela família de ambos.
(C) terminara há algum tempo e devia manter-se em segredo.
(D) seguia às escondidas na direção de um invejado final feliz.
(E) causara momentos de disputa entre os dois apaixonados.

Questão 02
Em: “Não tinha a carícia lacrimosa de outro tempo, mas a voz era amiga e doce.”,
a conjunção em destaque “mas” é um organizador textual que
(A) repete o fato apresentado na oração anterior.
(B) destaca a consequência do que já foi afirmado.
(C) acrescenta uma condição à explicação anterior.
(D) estabelece relação de causa entre as orações.
(E) introduz uma ideia oposta ao que foi dito antes.
4 muxoxo (quimbundo muxoxo) s m
2.[Brasil] stalido que se faz com a língua ou com os lábios para demonstrar desprezo ou desagrado.
“muxoxo”. In: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Acesso em: <https://www.priberam.pt/dlpo/
muxoxo>. Acesso em: 14 de dezembro de 2017.

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 3

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 3 02/02/2018 01:59:45


Questão 03
Em: “Era um sujeito, que me visitava todos os dias para falar do câmbio, da
colonização e da necessidade de desenvolver a viação férrea; nada mais
interessante para um moribundo.”, o narrador revela-se
(A) saudoso.
(B) irônico.
(C) infeliz.
(D) nervoso.
(E) impaciente.

Leia o texto e responda à questão 04.

Calvin e Haroldo - E Foi Assim Que Tudo Começou, página 51. Disponível em: <http://tiras-do-
calvin.tumblr.com/page/4>. Acesso em: 14 de novembro de 2017.

Questão 04
Na tirinha, o humor está
(A) na indiferença de Calvin ao se referir à autoridade do pai.
(B) no modo como o pai responde à irreverência de Calvin.
(C) no nervosismo do pai ao conter a insatisfação de Calvin.
(D) na surpresa do pai ao responder às dúvidas de Calvin.
(E) nas perguntas sem repostas que Calvin faz ao pai.

4 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 4 02/02/2018 01:59:45


Leia o cartaz e responda às questões 05 e 06.

Disponível em: <http://portalarquivos.saude.gov.br/images/campanhas/febre-amarela-2016/


CARTAZ_FEBRE_AMARELA_64X46cm.png>. Acesso em: 15 de novembro de 2017.

Questão 05
No cartaz, em: “Se você mora ou pretende viajar para alguma região afetada pela
Febre Amarela, fique atento e procure uma unidade de saúde mais próxima.”, a
conjunção “se” apresenta, entre as orações do período, uma relação de
(A) consequência.
(B) conclusão.
(C) condição.
(D) dúvida.
(E) modo.

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 5

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 5 02/02/2018 01:59:45


Questão 06
Em: “A Febre Amarela pode ser evitada com a vacina, que é eficaz e segura para
uso.”, o pronome relativo “que” refere-se à
(A) doença.
(B) vacina.
(C) eficácia.
(D) segurança.
(E) febre amarela.

6 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 6 02/02/2018 01:59:45


Leia o texto e responda às questões 07 e 08.

Naomi Klein: “O futuro é radical, no aspecto ambiental e no político”

CARLES GELI
Barcelona 9 NOV 2017 - 18:08 BRST

Em seu novo livro, jornalista canadense chama população à luta: da jurídica à das ruas e fábricas

Como numa apocalíptica versão da Cinderela, o relógio do colapso ambiental


se aproxima de meia-noite. E, como as elites não se podem dar ao luxo de
levar a sério a mudança climática, pois isso “equivale a reconhecer o fim do
projeto neoliberal”, o resto da sociedade precisa agir imediatamente. Isso para
não falar da chegada de Trump à presidência dos EUA. Não Basta Dizer Não
(Bertrand Brasil) foi a maneira como a jornalista e ativista Naomi Klein (Montreal,
1970) formulou a situação em formato de livro: trocando os prestigiosos tomos
ultra analíticos e com profusão de notas (como nas obras Sem Logo; A Doutrina
do Choque…) por um manifesto urgente que chama à mobilização e à luta: da
jurídica à das ruas e fábricas.

Pergunta. Desde 2008 vivemos uma brutal desconstrução da esfera pública,


a perda de segurança trabalhista e ambiental, desemprego (especialmente o
juvenil) muito alto. Mas parece que a trajetória contestadora que havia em 2011
se truncou. As pessoas se convenceram de que o sistema está tão corrompido
que já não há mais nada a fazer, e de que o desastre climático é inevitável?

Resposta. Sem dúvida, uma das grandes batalhas hoje é lutar contra esse
sentimento de que o colapso é irreversível; não ajuda nada esse boom da ficção
distópica, com colapso econômico e oligarquias de ricos que têm segurança,
espiões, leis e países quase próprios. Trump é a distopia feita realidade, por
isso nos EUA pode haver certo sentimento de complacência dessas elites e de
resignação entre o resto; mas muita gente luta contra isso.

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 7

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 7 02/02/2018 01:59:45


P. Uma ideia transversal de seu novo livro é que está ocorrendo um separatismo
psicológico das pessoas: uma parte da sociedade mais rica ignora a outra,
a ponto de criar zonas verdes, com gente que pode pagar até segurança ou
bombeiros privados, e zonas vermelhas, com gente que tem cada vez menos
proteção pública. A sociedade hoje está menos democrática e solidária?

R. Sim, temo que seja menos democrática, mas é fruto da desigualdade que
as pessoas veem ao seu redor. Os ricos acreditam que poderão se proteger
sozinhos do impacto ambiental gerado pelo neocapitalismo selvagem. Há uma
guerra contra a democracia porque o sistema, cada vez mais, está construído
para servir às elites, e isso se choca com a democracia real, porque há muito
mais gente com menos proteção... Tudo isto desestimula as pessoas de votarem:
foram 90 milhões de norte-americanos que não foram às urnas nas últimas
eleições.
[...]

Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/11/08/cultura/1510165556_897934.html>.


Acesso em: 15 de novembro de 2017. (adaptado)

8 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 8 02/02/2018 01:59:46


Questão 07
Pela leitura do trecho da entrevista de Naomi Klein, deduz-se que, de acordo
com a jornalista,
(A) as consequências das mudanças climáticas para a população mundial
estão relacionadas à desconstrução de políticas públicas tanto na esfera
econômica como ambiental.
(B) a disputa entre as pessoas promove mudanças de todas as ordens, inclusive,
acarreta a possibilidade de aumentar o desemprego, especialmente, entre
os mais jovens.
(C) o sistema corrompido não pode ser responsabilizado pelas mobilizações nas
ruas e nas fábricas em busca de garantir os direitos e deveres da população
mais afetada pela crise econômica.
(D) as transformações causadas pelo impacto ambiental das mudanças
climáticas atingirão as elites, que só então, deixarão de reagir e influenciar
as políticas públicas de proteção ambiental.
(E) a sociedade está cada vez mais solidária e democrática ao exigir que os
governos intensifiquem a implementação de políticas públicas para diminuir
as desigualdades e os riscos ambientais.

Questão 08
Em: “E, como as elites não se podem dar ao luxo de levar a sério a mudança
climática, pois isso equivale a reconhecer o fim do projeto neoliberal”, o pronome
demonstrativo “isso” destacado, refere-se
(A) às elites econômicas.
(B) às mudanças climáticas.
(C) às políticas públicas ambientais.
(D) ao reconhecimento do fim do neoliberalismo.
(E) ao luxo de levar a sério a mudança climática.

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 9

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 9 02/02/2018 01:59:46


Produção Escrita
Língua Portuguesa
3ª Série do Ensino Médio

Escola __________________________________________ Turma:________

Aluno:_____________________________________ Data:____/____/_____

Caro aluno, após a leitura dos textos motivadores 1 e 2 e, com base em


conhecimentos construídos ao longo de sua formação, escreva um artigo de
opinião utilizando a norma padrão da língua portuguesa, para ser publicado no
blog da escola, sobre o tema: Viabilidade econômica e/ou ambiental para o
uso de energias renováveis no Brasil.

A partir da discussão de uma questão polêmica sobre o tema e com o propósito


de influir na opinião do leitor, mobilizar, desacomodar ou fazer mudar de ideia,
selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos
para defesa de seu ponto de vista, apresentando proposta de intervenção, que
respeite os direitos humanos.

TEXTO 1

29/08/2017 22h16 - Atualizado em 29/08/2017 22h16

Brasil ainda engatinha na adoção de carros elétricos ou


híbridos
Criar postos de reabastecimento é um desafio, diz professor.

Países europeus anunciam fim de veículos movidos a gasolina e diesel.

Energia limpa seria um alívio enorme para as nossas cidades, diminuindo a


poluição espalhada por carros. Enquanto países europeus estão anunciando o
fim de veículos movidos a gasolina e a óleo diesel, o Brasil meio que engatinha
no transporte considerado ecológico, mas existem algumas iniciativas para

10 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 10 02/02/2018 01:59:46


mudar isso. [...]
Em Minas, cinco carros elétricos transportam funcionários do estado entre as
sedes do governo, em Belo Horizonte. São 20 quilômetros da cidade administrativa
até o Palácio da Liberdade.

“De fato, é importante avaliar a economia e o menor impacto ambiental, ao


reduzir a poluição. Você imagina, são várias viagens feitas diariamente pelos
servidores”, disse Fabiana Santos, coordenadora do projeto Conect.Me.

A eletricidade não é nenhuma novidade no mundo dos automóveis. Lá em 1900


já tinha carro elétrico, tinha até estação de abastecimento. Só que, desde aquela
época, o principal entrave para que esse tipo de veículo se torne mais popular
continua o mesmo.

O professor Braz de Jesus Cardoso Filho, da UFMG, que estuda os carros


elétricos há 30 anos, diz que criar postos de reabastecimento ainda é um
desafio. “É um problema difícil de resolver, porque na medida em que a frota de
veículos elétricos é pequena, não vai ser fácil achar investidores interessados
em disponibilizar os pontos de recarga”, explicou Braz, que é professor titular do
Departamento de Energia Elétrica da UFMG.

Hoje, a frota de carros elétricos e híbridos, que são movidos por eletricidade
e outros combustíveis, ainda é muito pequena se comparada com o total de
veículos do país. [...]
O bonitão chegando no ponto, na maior metrópole do país, é um ônibus híbrido.
Por enquanto, é um teste em São Paulo. Quem entra, rapidinho percebe a
diferença. “O motor não faz barulho, aquele barulhão que geralmente os comuns
fazem. Esse não tem nem barulho”, disse o pintor David Silva Alves. [...]

Disponível em: <http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/08/brasil-ainda-engatinha-na-


adocao-de-carros-eletricos-ou-hibridos.html>. Acesso em: 13 de novembro de 2017. (adaptado)

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 11

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 11 02/02/2018 01:59:46


TEXTO 2

Vantagens e desvantagens das energias renováveis


Jul 15, 2016

[...]
Não se deve considerar e debater as vantagens e desvantagens das energias
renováveis como um todo, mas sim conhecer as ramificações de cada tipo de
energia renovável, assim como as suas particularidades.

Diz-se que uma fonte de energia é renovável quando não é possível estabelecer
um fim temporal para a sua utilização. É o caso do calor emitido pelo sol, da
existência do vento, das marés ou dos cursos de água.

As energias renováveis são virtualmente inesgotáveis, mas limitadas em termos


da quantidade de energia que é possível extrair em cada momento.

As energias renováveis caracterizam-se pela capacidade que têm de se


regenerar e, como tal, serem virtualmente inesgotáveis e ainda por respeitarem
o ambiente. Essas propriedades constituem a sua principal diferença face às
energias tradicionais.

Constituem energias renováveis, por exemplo, a solar, a eólica, as ondas e a


hidráulica. Todas elas, para além da sua presença ilimitada sobre a Terra e da
sua inocuidade face ao meio ambiente, têm uma origem comum: o sol.

Para além destas, são ainda renováveis a biomassa, energia geotérmica e a das
marés, que não dependem diretamente do sol.

O sol é o responsável direto pela energia solar (fotovoltaica e térmica), mas está
também na origem da energia eólica, ao provocar as diferenças de pressão que
dão origem ao vento e à energia das ondas.

O sol contribui também para o desenvolvimento da matéria orgânica de origem


biológica (biomassa) e é o principal agente dos ciclos da água.

12 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 12 02/02/2018 01:59:46


Vantagens das Energias Renováveis
• Podem ser consideradas inesgotáveis à escala humana comparadas
aos combustíveis fósseis;
• seu impacto ambiental é menor do que o provocado pelas fontes de
energia com origem nos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás),
uma vez que não produzem dióxido de carbono ou outros gases com
“efeito de estufa”;
• oferecem menos riscos do que a energia nuclear;
• permitem a criação de novos postos de emprego (investimentos em
zonas desfavorecidas);
• permitem reduzir as emissões de CO2, melhor para a qualidade de vida;
• reduzem a dependência energética da nossa sociedade face aos
combustíveis fósseis;
• conferem autonomia energética a um país, uma vez que a sua utilização
não depende da importação de combustíveis fósseis;
• conduzem à pesquisa em novas tecnologias que permitam melhor
eficiência energética.

Desvantagens das Energias Renováveis


• Custos elevados de investimento e infraestruturas apropriadas;
• impactos visuais negativos no meio ambiente.
• Energia da Biomassa – o método de combustão da biomassa não é
limpo.
• Energia Hidroelétrica – causa erosão de solos que pode ter impacto na
vegetação do local.
• Energia Solar – os custos iniciais muito elevados.
• Energia das Ondas – depende muito da localização e é bastante
dispendiosa.
• Energia Eólica – o custo inicial das turbinas é muito elevado. Existência
de muito barulho produzido.

Disponível em: <https://www.portal-energia.com/vantagens-e-desvantagens-das-energias-


renovaveis/>. Acesso em: 13 de novembro de 2017. (adaptado).

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 13

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 13 02/02/2018 01:59:46


Recomendações:

1. Faça rascunho.
2. Verifique se o leitor de seu texto compreenderá o que você quis
dizer.
3. Passe o rascunho a limpo, utilizando caneta azul ou preta.
4. Capriche na letra!
5. Não se esqueça do título.
6. Seu texto deve ter entre 10 e 30 linhas.
7. Para a contagem de linhas, serão desconsiderados trechos
copiados dos textos motivadores.

14 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 14 02/02/2018 01:59:46


Rascunho

Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio 15

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 15 02/02/2018 01:59:46


Texto Final

16 Avaliação da Aprendizagem em Processo ∙ Prova do Aluno – 3ª série do Ensino Médio

3EM_18ED_LP_REVISAO_0.indd 16 02/02/2018 01:59:46