Você está na página 1de 5

Alimentação do bebê aos 6

meses
www.tuasaude.com

Na alimentação do bebê aos 6 meses, deve-se iniciar a introdução de


novos alimentos no cardápio, intercalando com as mamadas ou com o
uso de fórmula láctea própria para a idade. Assim, é nesta fase em
que deve-se acrescentar na dieta alimentos como legumes, frutas e
mingaus, sempre com a consistência de purês para facilitar a degluti-
ção e a digestão.

Durante a introdução de novos alimentos no cardápio do bebê, é


importante que cada alimento novo seja introduzido sozinho, para
facilitar a identificação de alergias ou sensibilidades alimentares, per-
mitindo que a família saiba qual o motivos de problemas como dores
de barriga, diarreia ou prisão de ventre. O ideal é que um alimento
novo seja introduzido na dieta a cada 3 dias, o que também facilita a
adaptação do bebê ao sabor e textura dos novos alimentos.
Conheça o método BLW de introdução alimentar, onde o bebê começa
a comer sozinho com as mãos, somente alimentos cozidos em todas as
refeições.

Assim, o ideal é iniciar com os seguintes alimentos:

1. Sopas ou purês de legumes: são ricos em vitaminas,


minerais e fibras que são essenciais para o correto
desenvolvimento do bebê. Alguns exemplos de legumes que
podem ser dados são abóbora, batata, cenoura, batata-doce,
abobrinha, couve-flor, chuchu e cebola. Além disso, a sopa
ou purê devem ser feitos sem utilizar sal, podendo-se
adicionar 1 colher de chá de azeite após a preparação estar
pronto.
2. Purês de frutas: frutas raspadas ou amassadas devem ser
dadas ao bebê nos lanches da manhã ou da tarde, podendo-
se também oferecer frutas cozidas, mas sempre sem
adicionar açúcar. Algumas frutas boas para iniciar a
alimentação sólida do bebê são maçã, pera, banana
e mamão.
3. Mingaus: os mingaus devem ser feitos de acordo com a
orientação do pediatra ou do nutricionista, seguindo a
diluição indicada no rótulo. Podem ser dados mingaus de
cereais, farinhas e amido, utilizando fontes como milho,
arroz, trigo e mandioca. Além disso, não se deve evitar dar
glúten ao bebê, pois o contato com o glúten diminui as
chances de intolerância alimentar no futuro.

É natural que nas primeiras refeições de sólidos o bebê coma muito


pouca quantidade, pois ainda está desenvolvendo a capacidade de
engolir os alimentos e habitando-se a novos sabores e texturas. As-
sim, geralmente é necessário complementar a refeição com leite
materno ou mamadeira, sendo importante não forçar o bebê a comer
mais do que ele deseja.

Rotina alimentar
Um exemplo da rotina alimentar de um bebê com 6 meses durante um
dia pode ser:

• Café da manhã (7h): Leite materno ou mamadeira;


• Lanche da manhã (10h): Purê de frutas com banana e maçã;
• Almoço (13h): Purê de legumes com batata-doce, abóbora e
couve-flor;
• Lanche da tarde (16h): Leite materno ou leite artificial;
• Jantar (18:30h): Mingau de trigo;
• Ceia (21h): Leite materno ou leite artificial.

Os purês e mingaus devem ser dados ao bebê com colher, evitando


sempre dar na mamadeira, pois ele precisa aprender a sentir a tex-
tura, ter a mastigação estimulada e aprender a engolir os alimentos.
Receitas para a Alimentação
Complementar
Veja abaixo duas receitas simples que podem ser dadas ao bebê com 6
meses.

Creme de abobrinha

Essa receita rende 4 refeições, sendo possível congelar para usar nos
dias seguintes.

Ingredientes

• 80 g de batata doce
• 100 g de abobrinha
• 100 g de cenoura
• 1 colher se chá de azeite

Modo de preparo

Descascar, lavar e cortar a batata e a cenoura em cubinhos. Lavar a


abobrinha e cortar em fatias. Colocar a batata, cenoura e abobrinha
em uma panela com água a ferver e deixar cozer por 20 minutos.
Escorrer a água em excesso e bater os ingredientes usando o liquidifi-
cador ou o mix até ter um creme aveludado. Em seguida, deve-se adi-
cionar o azeite e, se necessário para ajudar no ganho de peso,
adicionar 2 colheres de chá do leite do bebê.

Purê de banana

Este purê é simples e pode ser oferecido como lanche ou como sobre-
mesa após uma refeição com creme de legumes, por exemplo.

Ingredientes
• 120 g de banana
• Meia manga
• 2 colheres de sobremesa do leite em pó do bebê

Modo de preparo

Lavar e descascar a manga e a banana. Cortar ao pedaços e bater no


liquidificador até ficar em purê. Depois adicionar o leite e misturar
até ficar homogêneo.