Você está na página 1de 1

Plano de Comunicação Interna

Trabalho - Comunicação

Pretendes fazer um Plano de Comunicação Interna/Organizacional e não sabes por onde


começar? Deixamos-te aqui um modelo que te poderá ser útil para construíres um
documento mais elaborado. Este modelo pretende ser uma ferramenta de trabalho, seja
do ponto de vista académico ou profissional.

'A identidade organizacional está na origem de uma gestão da comunicação interna


eficaz, sendo, simultaneamente, o resultado da mesma.'

Fonseca, Sérgio, Módulo INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS


ORGANIZAÇÕES, Pós-gradução em Gestão e Desenvolvimento Estratégico de
Recursos Humanos, ISLA - Lisboa, 9ª Edição, 2006/2007

O Plano de Comunicação deve espelhar as orientações políticas e estratégicas definidas


pela gestão, bem como os valores e missão da organização. Este plano deve
compreender duas fases: uma caracterização da comunicação interna e uma proposta de
plano que compreende o cruzamento de toda a informação recolhida na primeira fase e
em que se espelham as potencialidades de comunicação interna.

A primeira fase é composta pela análise de diferentes dimensões da comunicação:

Fluxo de informação: descendente, ascendente, horizontal e transversal

Natureza da comunicação: formal e informal

Modos de comunicar: oral, escrito, audiovisual e tecnológico

Públicos ou destinatários: internos e externos

Ocasiões: seleccionadas de acordo com a sua oportunidade temporal

Suportes: seleccionados em função do seu contributo para cada uma das missões-chave

Missões-chave da comunicação: agregar, orientar ou desenvolver pessoas

Na segunda fase procede-se ao cruzamento da informação recolhida e refere-se


potencialidades, planeamento e operacionalização da comunicação interna. Esta
informação pode ser ecolhida num conjunto de quadros que cruzam MODOS,
SUPORTES, PÚBLICOS e OCASIÕES. Também pode adaptar -se alguma da
informação disposta nos quadros resumo para o Plano de Comunicação Externa
apresentados neste site. Ver em Trabalho - Comunicação.