Você está na página 1de 19

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL


DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DE POTENCIALIZAÇÃO DE PESSOAS

CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 022/DDPP/2010


(1ª FASE: Prova Objetiva – 2ª FASE: Prova Discursiva)

CAMPO DE CONHECIMENTO: SOCIOLOGIA


INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS

Atenção: NÃO ABRA este caderno antes de autorizado pelo fiscal


1. O tempo total para a resolução destas provas é de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo destinado ao
preenchimento do cartão-resposta das questões objetivas e à transcrição para as folhas oficiais de
resposta das questões discursivas.
2. Confira, no cartão-resposta, seu nome, seu número de inscrição, o CAMPO DE CONHECIMENTO para
o qual se inscreveu e demais dados, e transcreva-os nos quadros abaixo. Assine no local indicado.
Confira também seu número de inscrição nas folhas oficiais de resposta das questões discursivas.
Verifique no cartão-resposta se há marcações indevidas nos campos destinados às respostas. Se
houver, reclame imediatamente ao fiscal.
3. Após autorizado pelo fiscal, verifique no caderno de provas se faltam folhas, se a sequência de
questões está correta e se há imperfeições gráficas que possam causar dúvidas. Comunique
imediatamente ao fiscal qualquer irregularidade.
4. Cada questão objetiva é apresentada com 5 (cinco) alternativas de resposta (de “A” a “E”), das quais
apenas 1 (uma) é correta.
5. A interpretação das questões é parte integrante das provas, não sendo permitidas perguntas sobre as
questões aos fiscais. Utilize os espaços e/ou páginas em branco para rascunho. Não destaque folhas
do caderno de provas.
6. Transcreva com caneta esferográfica, de tinta preta (preferencialmente) ou azul, as respostas da
prova objetiva (no cartão-resposta) e da prova discursiva (nas folhas oficiais de resposta). Estes serão
os únicos documentos válidos para efeito de correção. Em hipótese alguma haverá substituição do
cartão-resposta ou das folhas oficiais de resposta por erro de preenchimento ou qualquer dano
causado pelo candidato.
7. Não assine nem identifique de forma alguma as folhas oficiais de resposta das questões discursivas.
8. Não será permitido, durante a realização das provas, a comunicação entre candidatos, o porte e
utilização de aparelhos celulares ou similares, de calculadoras ou similares, de relógios, de livros, de
anotações, de impressos ou de qualquer outro material de consulta, sendo eliminado do concurso o
candidato que descumprir esta determinação.
9. Ao terminar, entregue ao fiscal o seu caderno de provas, o cartão-resposta e as folhas oficiais de
resposta das questões discursivas. Você só poderá entregar este material e se retirar definitivamente do
seu grupo, a partir das 15h 30min.
10. Para conferir suas respostas com o gabarito oficial, anote-as no quadro constante da última folha do
caderno de provas, o qual poderá ser destacado e levado com você.

___________________________________________
ASSINATURA DO(A) CANDIDATO(A)
INSCRIÇÃO NOME DO(A) CANDIDATO(A)

CAMPO DE CONHECIMENTO LOCAL / SETOR / GRUPO / ORDEM


1ª. FASE – PROVA OBJETIVA

01) A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394/96 (LDB), no que se refere à
Educação Básica, prevê, em seu artigo 24:

I. A carga horária mínima anual será de oitocentas horas, distribuídas por um mínimo de
duzentos dias letivos de efetivo trabalho escolar, excluindo o tempo reservado aos exames
finais, quando houver.
II. Será considerado aprovado o aluno que obtiver no mínimo, setenta e cinco por cento de
frequência ou a média mínima estipulada no regimento escolar.
III. A escola poderá oferecer estudos de recuperação, de preferência paralelos ao período letivo,
para os casos de baixo rendimento, a serem disciplinados pelas instituições de ensino em
seus regimentos.
IV. A carga horária mínima anual será de oitocentas horas, distribuídas por um mínimo de
duzentos dias letivos de efetivo trabalho escolar, incluindo o tempo reservado aos exames
finais, quando houver.
V. A avaliação do desempenho do aluno será contínua e cumulativa, com prevalência dos
aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos resultados ao longo do período sobre os de
eventuais provas finais.

Assinale a alternativa CORRETA.

A( ) Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.


B( ) Somente as afirmativas I, III e V estão corretas.
C( ) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.
D( ) Somente as afirmativas I e V estão corretas.
E( ) Somente as afirmativas IV e V estão corretas.

02) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas abaixo em relação à Lei de
Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394/96 (LDB), que, no capítulo V da
Educação Especial, afirma:

( ) esta modalidade de educação escolar deverá ser oferecida preferencialmente na rede


regular de ensino, para alunos portadores de necessidades especiais.
( ) haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado na escola regular, para atender
às peculiaridades da clientela de educação especial.
( ) os alunos que não puderem atingir o nível exigido para a conclusão do Ensino Fundamental
e Médio, em virtude de suas deficiências, terão garantida a terminalidade específica.
( ) currículos, métodos, técnicas e recursos educativos deverão ter organização específica
para atender às necessidades dos alunos com necessidades especiais.
( ) haverá professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para
atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a
integração desses alunos nas classes comuns.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) F–V–V–F–V
B( ) F–F–V–F–F
C( ) V–V–F–V–V
D( ) V–F–V–V–F
E( ) V–V–F–F–V

SOCIOLOGIA 2
03) A avaliação da aprendizagem escolar adquire seu real sentido, à medida que se articula com o
projeto pedagógico, com a função que a escola assume na sociedade e, consequentemente,
com o projeto de ensino, ou seja, com o perfil do aluno que se pretende formar. Nesse
sentido, o que se entende por avaliação do processo de ensino e aprendizagem, numa
perspectiva democrática e libertadora, é:

I. instrumento seletivo, para medir, com vistas a reprovar ou permitir a continuidade dos estudos.
II. reflexão permanente sobre a realidade e acompanhamento, passo a passo, do educando na
sua trajetória de construção do conhecimento.
III. processo contínuo no qual o professor pode acompanhar a construção do conhecimento,
verificando os vários estágios do desenvolvimento do aluno e julgando-o em determinado
momento.
IV. processo sistemático e intencional de acompanhamento da relação entre o planejamento, o
ensino e a aprendizagem, para compreender as necessidades dos alunos com a preocupação
de dar ao professor informações para criar e recriar situações didáticas provocadoras de
aprendizagens.
V. prática concebida como julgamento de resultados predeterminados, baseando-se na
autoridade e respeito do professor.

Assinale a alternativa CORRETA.

A( ) Somente as afirmativas II, III e V estão corretas.


B( ) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.
C( ) Somente as afirmativas I e V estão corretas.
D( ) Somente as afirmativas I, II e IV estão corretas.
E( ) Somente as afirmativas I, II, III e IV estão corretas.

04) Assinale a alternativa CORRETA.


De acordo com Veiga, currículo é um importante elemento constitutivo da organização escolar
e implica necessariamente a interação entre sujeitos que têm um mesmo objetivo e a opção
por um referencial teórico que o sustente (2002, p.26). Numa perspectiva crítica mais
abrangente e visando a transformação social que deve se traduzir em propostas de
intervenção na sociedade, entende-se como currículo:

A( ) todas as disciplinas que integram a grade curricular da escola objetivando a transmissão do


conhecimento já elaborado e acumulado pela humanidade.
B( ) a síntese de conhecimentos predeterminados e organizados hierarquicamente, resultantes
de um suposto consenso cultural.
C( ) o rol das disciplinas com os seus conteúdos organizados sequencialmente em termos
lógicos, obedecendo ao estabelecimento de prioridades de acordo com as finalidades da
educação escolar e o público a que se destina.
D( ) o documento que expressa e organiza a formação dos conhecimentos, métodos e atividades
em disciplinas, matérias ou áreas, competências etc.
E( ) o conjunto das atividades da escola que afeta direta e indiretamente o processo de
transmissão-assimilação e produção do conhecimento, incluindo o currículo oculto.

SOCIOLOGIA 3
05) A organização do planejamento das disciplinas, numa ação interdisciplinar, implica considerar,
inicialmente, as necessidades do aluno, para, posteriormente, elaborar-se a programação da
disciplina, sendo que esta não seria de responsabilidade de um determinado professor, mas
de todos os envolvidos no processo educativo, inclusive o aluno. Nesse sentido, a
interdisciplinaridade pode ser entendida como a:

I. alternativa pedagógica que se caracteriza por romper as barreiras entre as disciplinas,


respeitando a verdade e a relatividade de cada uma.
II. alternativa pedagógica que consiste num trabalho comum tendo em vista a interação das
disciplinas científicas, de seus conceitos diretrizes, de sua metodologia, de seus
procedimentos, de seus dados e da organização do seu ensino.
III. aglutinação dos conteúdos de diversas disciplinas tendo em vista suas eventuais
aproximações.
IV. forma de enfatizar a socialização do saber elaborado como pressuposto básico para a
democratização do ensino.
V. forma de promover a coparticipação, reciprocidade, mutualidade, diálogo – elementos que
caracterizam a integração não apenas das disciplinas, mas de todos os fatores envolvidos no
processo educativo.

Assinale a alternativa CORRETA.

A( ) Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.


B( ) Somente as afirmativas I, II, III e V estão corretas.
C( ) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.
D( ) Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.
E( ) Somente as afirmativas I, II e V estão corretas.

06) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, sobre o processo de
formação da Sociologia como ciência.

( ) O pessimismo de Auguste Comte e de Karl Marx em relação aos rumos da sociedade


burguesa faz, de ambos, profetas e detratores da modernidade.
( ) A vida comunitária e familiar, assim como o processo artesanal de trabalho, ambos
fortalecidos pela urbanização e pelo novo modo de produção, foram fundamentais para
inspirar os primeiros sociólogos, que sustentavam a crença nestes fatores, como sinais de
evolução social.
( ) A noção geral de progresso inspirou a ciência da sociedade, que surgia como resposta às
questões emergentes da sociedade industrial.
( ) A Sociologia, ao se constituir gradativamente em um saber autônomo, organizado em uma
disciplina específica, envolveu, de uma forma ou de outra, a reflexão sobre liberdade e
razão.
( ) No intuito de constituir a Sociologia como uma disciplina científica com objeto e método
próprios, eminentes sociólogos buscaram, ao longo do século XIX, modelos de investigação
consagrados pelas ciências físicas e naturais.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) F–F–V–V–V
B( ) F–F–V–F–V
C( ) V–V–V–V–F
D( ) V–V–V–F–F
E( ) V–F–F–F–V

SOCIOLOGIA 4
07) Dentre as iniciativas que impulsionaram a institucionalização da Sociologia no Brasil, na
década de 1930, é CORRETO citar:
A( ) a criação de associações de sociólogos e a publicação de Casa grande e senzala, de
Gilberto Freire.
B( ) a criação de cursos de Ciências Sociais em universidades e a introdução da disciplina de
Sociologia nos cursos de nível médio.
C( ) a articulação entre ensino e pesquisa em Ciências Sociais nas universidades e a decretação
da primeira Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
D( ) as favoráveis condições do trabalho docente nas escolas e o ensino de Organização Social
e Política Brasileira (O.S.P.B) no nível médio.
E( ) a chamada Reforma Capanema e a publicação de manuais didáticos de Sociologia.

08) Numere a coluna 2, identificando o pensamento dos clássicos da Sociologia apresentada na


coluna 1.
Coluna 1 Coluna 2
I. Emile Durkheim ( ) Coerção social, solidariedade mecânica e solidariedade orgânica
são conceitos básicos de sua teoria.
II. Max Weber ( ) O desvendamento das contradições que constituem a realidade
social possibilita o seu conhecimento.
III. Karl Marx ( ) O “tipo ideal” consiste em um instrumento de orientação do
cientista no interior da enorme variedade de fenômenos
observáveis na vida social.
( ) Apresentou os fatos sociais como objeto de análise da Sociologia.

( ) A Sociologia é uma ciência social voltada para a compreensão


interpretativa da ação social.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.
A( ) II – III – II – II – III
B( ) I – II – III – II – III
C( ) II – I – III – I – II
D( ) I – III – II – I – II
E( ) I – II – III – I – II

09) Leia o fragmento do livro Ensaios de sociologia da cultura (Rio de Janeiro: Editora Civilização
brasileira, 1991), de Octavio Ianni, sobre a política cultural da ditadura militar no Brasil:
A repressão e a censura – abertas ou veladas – não são práticas de política cultural que
atingem apenas as publicações e os espetáculos. Atingem o próprio processo de criação
intelectual, tanto na ciência como na arte, na sala de aula como na pesquisa, no teatro
como no jornal (p. 162).
No contexto analisado pelo autor, é CORRETO afirmar que:
A( ) a reforma educacional instituiu currículos que enfatizavam os conteúdos científicos e o papel
do professor como intelectual.
B( ) consolidou-se a presença disciplinar da Sociologia nas escolas, com a finalidade de
assegurar a ordem social.
C( ) os saberes sociológicos foram transmitidos nas escolas principalmente pelas disciplinas de
O.S.P.B. e Educação Moral e Cívica.
D( ) a política educacional propiciou uma maior articulação entre licenciatura e bacharelado nas
universidades.
E( ) a Sociologia passou a figurar entre as disciplinas obrigatórias dos currículos de nível médio.

SOCIOLOGIA 5
10) Sobre o Positivismo apresentado por Comte no século XIX, é CORRETO afirmar que:

A( ) defende a previsibilidade científica estendida também para a vida social, apresentando


como lema: saber para prever, prever para poder. Essas ideias, porém, estiveram restritas a
França, onde se originaram.
B( ) é uma proposta de reorganização social mediante o conhecimento científico, com a
finalidade de eliminar dogmas teológicos e metafísicos.
C( ) incorpora uma concepção liberal e individualista da vida em sociedade, dissociando ciência
e indústria.
D( ) privilegia a dinâmica social, relacionada aos avanços da sociedade industrial, em detrimento
da estática social, representada pelos elementos permanentes de qualquer sociedade como
a família, a religião, a linguagem.
E( ) o indivíduo (o particular, o privado) representa superioridade sobre o coletivo.

11) Na análise de Karl Marx sobre o Estado burguês, identifique se são verdadeiras (V) ou falsas
(F) as afirmativas a seguir:

( ) O Estado é produto dos antagonismos de classes.


( ) O Estado representa a todos os membros da sociedade de modo igualitário. Ele é o
defensor do bem comum.
( ) O Estado representa diferenciadamente a sociedade e as classes sociais que a compõem.
( ) Para Marx, o poder do Estado independe da vida em sociedade. Ele (o Estado) está acima
dos interesses particulares.
( ) O Estado burguês é um aparelho que existe para manter a ordem capitalista vigente.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–F–V–V–F
B( ) F–V–F–V–V
C( ) V–F–V–F–V
D( ) F–V–F–V–F
E( ) V–F–F–F–V

12) Sobre a organização do trabalho no século XX, assinale a alternativa CORRETA.

A( ) O livro Princípios de administração científica destinou-se a tornar flexível a capacidade


produtiva das empresas.
B( ) O fordismo desenvolveu-se inicialmente na indústria têxtil, baseando seus princípios no
regime chamado de just-in-time.
C( ) Os programas de qualidade total e a terceirização são características do método de
racionalização produtiva concebido por Henri Ford.
D( ) O movimento denominado de “gerência científica”, concebido por Frederick Taylor,
radicalizou a separação entre trabalho intelectual e manual.
E( ) O padrão produtivo baseado no taylorismo-fordismo orientou uma produção vinculada à
demanda, variada e heterogênea.

SOCIOLOGIA 6
13) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, relativas ao
pensamento de Émile Durkheim.

( ) A ciência da sociologia deveria libertar-se da filosofia social abstrata, para poder assentar-se
em bases sólidas.
( ) A explicação funcional está estritamente ligada à tentativa de proporcionar critérios para
distinguir a normalidade da patologia social.
( ) A explicação do fato social radica na interpretação que os atores sociais atribuem aos seus
atos.
( ) Émile Durkheim pode ser identificado como um autor que está filiado a uma tradição da
sociologia que focaliza prioritariamente a ordem e o consenso.
( ) No âmbito do pensamento de Émile Durkheim, as crenças coletivas, as emoções e as
tendências são causadas por estados de consciência dos indivíduos.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–V–F–V–F
B( ) V–V–V–F–F
C( ) V–F–F–F–V
D( ) F–F–F–V–V
E( ) F–F–V–V–V

14) Leia o texto a seguir, do cientista social egípcio Samir Amin, fragmento do artigo “Capitalismo,
imperialismo e mundialização” (in: SEOANE, J.; TADDEI, E. Resistências mundiais.
Petrópolis-RJ:Vozes, 2001):
[...] as tendências de evolução do capitalismo contemporâneo se articulam em torno do
fortalecimento daquilo que designei como os “cinco monopólios” que modelam a
mundialização polarizante do imperialismo contemporâneo: I) o monopólio das novas
tecnologias; II) o monopólio do controle de fluxos financeiros, em escala mundial; III) o
controle do acesso aos recursos naturais do planeta; IV) o controle dos meios de
comunicação e da mídia; V) o monopólio das armas de destruição maciça. A efetivação
desses monopólios é operada pela ação conjunta, complementar, mas, por vezes,
igualmente conflituosa do grande capital das multinacionais industriais e financeiras e dos
Estados a seu serviço (p. 31).
Com base no texto, identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir.
( ) O processo atual de expansão capitalista aprofunda as relações de dependência e
dominação entre países.
( ) Os monopólios citados implicam uma difusão mundial e um processo de descentralização do
capital em escala mundial.
( ) A globalização oferece às regiões mais pobres a possibilidade de se equipararem às mais
ricas e industrializadas.
( ) O fenômeno da globalização é considerado, pelo autor, como expressão atual de relações
de imperialismo, comandadas pelo grande capital.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–F–F–V
B( ) F–V–F–F
C( ) V–F–V–V
D( ) V–V–F–F
E( ) F–F–V–V

SOCIOLOGIA 7
15) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, relativas ao
pensamento de Max Weber.

( ) O conhecimento científico não pode comprometer-se com posturas proféticas.


( ) As relações causais são sempre parciais na ciência social.
( ) Os valores entram como ingrediente fundamental na constituição do tipo ideal.
( ) A realidade, seja no mundo físico, seja no mundo social, possui uma ordem racional
imanente.
( ) Decorre, da concepção de ciência esboçada por Max Weber, que a sociologia deveria se
constituir num empreendimento comprometido com a transformação da sociedade.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) F–F–F–F–V
B( ) F–V–F–V–V
C( ) V–F–V–V–F
D( ) V–V–F–F–V
E( ) V–V–V–F–F

16) sobre o trabalho e suas formas históricas de organização, relacione a coluna 1 com a coluna
2.

Coluna 1 Coluna 2
I. Toyotismo ( ) Transformação ampla nas condições sociais e técnicas do
trabalho.
II. Manufatura ( ) Método produtivo concebido após a 2ª. Guerra Mundial.
III. Fordismo ( ) Forma fundamental do modo capitalista de produção, que
combina ofícios diversos e independentes, produzindo o
trabalhador parcial.
IV. Taylorismo ( ) Trabalho manual que depende da habilidade do
trabalhador.
V. Reestruturação ( ) Padrão de mecanização do processo produtivo instaurado
produtiva no início do século XX.
VI. Artesanato ( ) Método de gestão produtiva baseado no trabalho repetitivo
e parcelar.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) II – VI – V – I – IV – III
B( ) V – III – II – VI – IV – I
C( ) V – I – II – VI – III – IV
D( ) II – III – V – VI – I – IV
E( ) II – IV – III – VI – I – V

SOCIOLOGIA 8
17) Sobre a sociedade brasileira e o Estado, diferentes interpretações foram oferecidas por
cientistas sociais do país. Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a
seguir, relativas aos escritos de Florestan Fernandes e Octavio Ianni.
( ) Segundo Ianni, no processo de formação do capitalismo nacional verificou-se uma forte
dissociação entre Estado e sociedade, durante a primeira metade do século passado.
( ) Para Florestan Fernandes e Octavio Ianni, a inserção subordinada ao capitalismo mundial se
deu apoiada pelo poder econômico e político do imperialismo, num processo de contra-
revolução permanente.
( ) Na problemática da revolução burguesa e do caráter autoritário do Estado no Brasil, dois
aspectos são importantes, de acordo com Ianni: a forma pela qual se desenvolvem as
classes sociais e o modo pelo qual o imperialismo está presente nessas relações.
( ) Pensando sobre a revolução proletária no país, Florestan Fernandes defende a importância
estratégica da luta política dentro da ordem, ligada à necessidade histórica de constituição
da classe operária como classe em si.
( ) De acordo com Ianni, após o golpe militar de 1964 foi superada a tradição autoritária do
Estado brasileiro, configurando-se novas possibilidades democráticas e arranjos dos blocos
de poder.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.


A( ) V–F–V–V–F
B( ) F–V–V–V–F
C( ) F–V–F–V–V
D( ) F–F–V–F–V
E( ) V–V–F–V–F

18) Com relação ao Liberalismo, é CORRETO afirmar:


A( ) Tem como princípio a defesa de um Estado forte, interventor, uma vez que este representa
os interesses burgueses e as suas relações econômicas.
B( ) É um conjunto de ideias econômicas, éticas e políticas que se constituíram ao longo de um
processo histórico revolucionário impulsionado pela burguesia.
C( ) Trata-se de um conjunto de ideias destinadas a elaborar uma teoria política cristã.
D( ) É um conjunto de ideias que se limita a justificar o crescimento econômico da classe
burguesa, sem interferir em outros campos da vida social.
E( ) A não intervenção do Estado na economia, defendida pela doutrina liberal, permaneceu
intacta no decorrer das relações capitalistas de produção.

19) Em relação à classe burguesa, é CORRETO afirmar:


A( ) Apesar de defender uma nova organização do Estado, a classe burguesa, proprietária dos
meios de produção, abriu mão do poder político junto ao Estado, concentrando-se no campo
econômico.
B( ) Em seu processo revolucionário, a burguesia desprezou, em todo o processo, a participação
das classes populares.
C( ) A cidadania política plena concretizou-se com a democracia representativa burguesa,
instaurada desde o final do século XVIII.
D( ) A burguesia, ao se constituir em classe social, passa a defender com maior rigor os seus
interesses e, ao mesmo tempo, começa a questionar as monarquias nacionais, defendendo
a separação do público (Estado) e do privado (atividades particulares dos indivíduos),
sobretudo no que se refere às atividades econômicas.
E( ) As revoluções burguesas representaram a consolidação política da classe e se destinaram a
conceder direitos aos trabalhadores urbanos, promovendo a igualdade social.

SOCIOLOGIA 9
20) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, sobre a Sociologia e
seu ensino no Brasil:

( ) A década de 1950 pode ser considerada um marco no florescimento dos estudos sociais e
científicos no Brasil.
( ) De acordo com a Lei 11.684/2008, que institui o ensino de Filosofia e Sociologia no Ensino
Médio, as aulas de Sociologia devem ocorrer nas últimas duas séries do Ensino Médio.
( ) Data de fins do século XIX a proposta de inclusão da Sociologia, pela primeira vez, nos
cursos secundários.
( ) No final do século XVIII inicia-se no Brasil, no interior das Escolas de Direito, a discussão, o
estudo e a crítica das teorias sociológicas e políticas.
( ) Em Santa Catarina, a presença disciplinar obrigatória da Sociologia nos currículos escolares
de nível médio consolida-se na década de 1990.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–F–V–F–V
B( ) F–F–V–V–V
C( ) V–V–F–F–F
D( ) F–F–F–V–V
E( ) V–V–F–V–F

21) Sobre as matrizes clássicas da análise sociológica, assinale a alternativa CORRETA.

A( ) De acordo com o pensamento de Émile Durkheim, “a sociedade que se desenvolve no


Ocidente é exemplar, e será seguida como modelo por toda a humanidade”.
B( ) Para Marx, cujo pensamento recebeu forte influência de Kant, a investigação científica
baseia-se no princípio da contradição.
C( ) Conforme Durkheim, o individualismo é uma patologia que seria contornada com o
fortalecimento do progresso educacional.
D( ) Para Weber, a acumulação de riqueza advinda das conquistas coloniais teria sido elemento
indispensável para a conversão do empreendimento artesanal em empreendimento
capitalista.
E( ) Sobre a interpretação das causas do surgimento da sociedade moderna, podemos atribuir a
Weber a seguinte frase: “Nosso propósito não é absolutamente substituir uma interpretação
causal exclusivamente materialista por uma interpretação espiritualista da civilização e da
História”.

SOCIOLOGIA 10
22) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, sobre as análises
sociológicas e antropológicas da cultura.

( ) A cultura tem um papel importante em perpetuar os valores e normas de uma sociedade,


mas dificulta as possibilidades de criatividade e mudança.
( ) A ideia de relativismo cultural pressupõe que, para se realizar o estudo de uma dada cultura,
esta tenha que ser estudada em termos dos seus próprios significados e valores.
( ) Afirma-se que, desde o início do século XX até a Segunda Guerra, primavam os relatos
colonialistas das experiências de campo, onde o “outro” estudado era um estrangeiro, um
estranho, como um objeto a ser arquivado.
( ) Para aqueles teóricos que se debruçam nos estudos sobre a “identidade cultural” na
modernidade tardia e que acreditam que as identidades estão entrando em colapso, o
sujeito reunificado e estável significará a possibilidade de estabilização do mundo social e
cultural.
( ) A cultura nacional surge contemporânea à industrialização, tornando-se uma característica
chave da industrialização e um dispositivo da modernidade.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) F – V – V – V – V
B( ) V – V – V – F – F
C( ) F – V – V – F – V
D( ) V – F – V – F – F
E( ) F – F – V – F – V

23) No que se refere à crítica de Marx sobre as relações capitalistas de produção, identifique se
são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir.

( ) Há, no capitalismo, uma contradição fundamental: a produção da riqueza é coletiva e a


apropriação desta é privada.
( ) No processo produtivo capitalista, a extração de mais-valia se realiza com a apropriação,
pelo capital, dos resultados do trabalho excedente produzido pela força de trabalho.
( ) Os conflitos entre trabalhadores e empresários são vistos, por Marx, como uma doença
social que deve ser tratada com leis elaboradas pelo Estado.
( ) A mercadoria é um valor de uso destinado a satisfazer as necessidades humanas.
( ) No capitalismo, a noção marxiana de trabalho alienado diz respeito ao processo de
dissociação entre o trabalhador e a propriedade dos meios de produção.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V – V – F – F – V
B( ) F – V – V – F – V
C( ) V – V – V – F – F
D( ) F – F – V – V – V
E( ) V – F – F – V – V

SOCIOLOGIA 11
24) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas a seguir, relativas ao
pensamento de Émile Durkheim.

( ) A densidade moral e o crescimento da divisão do trabalho são fatos sociais que se


contrapõem à funcionalidade do todo social.
( ) As generalizações empíricas poderiam formar a base para verdadeiras leis científicas.
( ) A função das sanções repressivas é proteger e, dessa maneira, sustentar os valores da
consciência coletiva.
( ) A explicação causal envolve a identificação de leis que explicam a sucessão de fenômenos
sociais.
( ) O fato social é social porque se generaliza.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–F–F–F–V
B( ) F–V–V–V–F
C( ) V–V–F–F–V
D( ) F–F–F–V–V
E( ) V–V–V–F–F

25) Sobre o pensamento de Max Weber, identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as
afirmativas a seguir.

( ) O objetivo da ciência social é gerar explicações por causas determinantes e não


intencionais.
( ) A origem do capitalismo deve ser procurada não somente na economia, mas, também, nas
ideias que os homens formam do mundo social.
( ) A personalidade na ciência está simplesmente no serviço à causa da ciência e não à causa
dos ídolos.
( ) A racionalização e a burocratização da sociedade moderna continuam inexoravelmente sua
evolução, e, por esse motivo, são suficientes para determinar a natureza dos regimes
políticos, a maneira de viver, de pensar e de crer dos homens de amanhã.
( ) Profeta e demagogo estão deslocados em uma cátedra universitária.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–V–V–F–F
B( ) F–F–V–F–V
C( ) V–F–F–V–F
D( ) F–F–V–V–V
E( ) F–V–V–F–V

SOCIOLOGIA 12
26) Um dos argumentos contemporâneos de destaque nas reflexões sobre a “globalização” pode
ser sintetizado nas palavras de Zygmunt Bauman, no seu livro Globalização: as
consequências humanas (Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1999), conforme segue:
A expressão “compressão tempo/espaço” encerra a multifacetada transformação em curso
dos parâmetros da condição humana. Assim que examinarmos as causas e consequências
sociais dessa compressão, ficará evidente que os processos globalizadores não têm a
unidade de efeitos que se supõe comumente. Os usos do tempo e espaço são
acentuadamente diferenciados e diferenciadores. A globalização tanto divide como une;
divide enquanto une – e as causas da divisão são idênticas às que promovem a
uniformidade do globo [...] Alguns de nós tornam-se plena e verdadeiramente “globais”;
alguns se fixam na sua “localidade” – transe que não é nem agradável num mundo em que
os “globais” dão o tom e fazem as regras do jogo da vida. (p.7-8)
Com base na perspectiva acima esboçada, identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F)
as afirmativas a seguir.

( ) A globalização é um processo singular, cujos impactos operam de maneira unidimensional, e


no qual o desafio pela igualdade é fortalecido no livre acesso às informações.
( ) Ser local num mundo globalizado é sinal de provação e degradação social.
( ) Aqueles que transitam plenamente na sociedade global têm mais possibilidades de uma
inserção social vitoriosa.
( ) A “compressão tempo/espaço” implica transformações complexas que superam
desigualdades sociais no mundo global.
( ) Em uma sociedade globalizada, fixar-se na localidade é relevante porque reforça as
identidades.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–V–F–F–V
B( ) F–V–F–F–V
C( ) V–F–F–V–F
D( ) F–F–V–F–V
E( ) F–V–V–F–F

27) A tese da emergência dos novos movimentos sociais e populares, que defende a entrada de
novos atores em cena e a criação de novos sujeitos coletivos na sociedade brasileira dos
anos 1970 e 80, teve vários desdobramentos. Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F)
as características a seguir, no que se refere a esses desdobramentos:

( ) O enfraquecimento dos partidos políticos.


( ) O processo de constituição de identidades, como um dos elementos centrais na formação
desse campo movimentalista.
( ) Reformas estatais que retiram direitos dos trabalhadores do setor privado e público.
( ) Institucionalização gradativa do associativismo civil.
( ) O fenômeno do fortalecimento das ONGs como novo campo de atuação da sociedade civil.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–V–F–F–V
B( ) F–V–F–F–V
C( ) V–F–F–V–F
D( ) F–V–F–V–V
E( ) F–F–V–F–V

SOCIOLOGIA 13
28) Já no século XIX, os conhecimentos sociológicos orientaram estudiosos da vida social
brasileira. Contudo, é a partir do século XX que, segundo Florestan Fernandes, “sob o influxo
da transformação da sociologia em especialidade, surge um novo estilo de aplicação do
ponto de vista sociológico. A análise histórico-sociológica da sociedade brasileira se
transforma em investigação positiva. Este acontecimento marca, no plano intelectual, a
primeira transição importante no desenvolvimento da sociologia no Brasil, para padrões de
interpretação propriamente científicos”. (FERNANDES, F. A Sociologia no Brasil: contribuição
para o seu estudo e desenvolvimento. Petrópolis: Vozes, 1976, p. 41.)
Dentre os intelectuais que aplicaram as primeiras interpretações propriamente científicas em
relação à sociedade brasileira, é CORRETO citar:

A( ) Gilberto Freyre – Fernando de Azevedo – Joaquim Nabuco.


B( ) Fernando de Azevedo – Aníbal Falcão – Sérgio Buarque de Holanda.
C( ) Sílvio Romero – Caio Prado Júnior – Gilberto Freyre.
D( ) Sérgio Buarque de Holanda – Gilberto Freyre – Caio Prado Júnior.
E( ) Paulo Egydio – Sílvio Romero – Joaquim Nabuco.

29) O conceito de ideologia, em Marx, acompanha as várias fases de seu desenvolvimento


intelectual. Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as premissas a seguir, sobre
esse conceito e seus desdobramentos.

( ) O conceito se origina da crítica de Marx da religião e da concepção hegeliana de Estado.


( ) Na atualidade, o discurso ideológico deixou de exercer influência sobre a sociedade, uma
vez que as classes sociais deram lugar a novas formas de organização e de lutas
particulares e individualizadas.
( ) Em A ideologia alemã, Marx e Engels procuram mostrar a relação necessária entre formas
“invertidas” de consciência e a existência material dos homens.
( ) As distorções ideológicas contribuem para a reprodução da ordem vigente.
( ) O conceito marxiano traz uma conotação crítica e negativa, aplicando-se às distorções
relacionadas com o ocultamento de uma realidade social contraditória.
( ) Em uma sociedade democrática, não há espaço para práticas de dominação ideológica.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–V–F–V–V–F
B( ) V–F–V–V–V–F
C( ) V–F–V–F–F–F
D( ) F–F–V–V–V–F
E( ) F–F–F–V–V–V

SOCIOLOGIA 14
30) Em relação aos movimentos sociais, identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as
afirmativas a seguir.

( ) Os movimentos sociais, ocorridos no Brasil nos anos que compreendem a década de 1980,
contribuíram para os avanços em relação aos direitos de cidadania, efetivados pela
constituição de 1988.
( ) O paradigma dos “novos movimentos sociais” apresenta como categorias básicas: cultura,
identidade, autonomia, subjetividade, atores sociais, cotidiano etc.
( ) O movimento operário, que nasceu e se desenvolveu com o capitalismo industrial, apresenta
características que o incluem nos chamados “novos movimentos sociais”.
( ) Nos anos de 1970, emergiram no Brasil vários movimentos sociais urbanos que buscavam
resolver necessidades coletivas prementes, desconsideradas pelo “milagre econômico”
empreendido pela Ditadura Militar. Esses movimentos contaram com o apoio de um
segmento da igreja católica, vinculado à Teologia da Libertação.
( ) As teorias sociológicas clássicas não são utilizadas para a análise dos movimentos sociais
na era da globalização, uma vez que há várias interpretações acerca desses movimentos,
com diferentes entendimentos sobre seu conceito.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.

A( ) V–F–V–F–V
B( ) V–V–F–F–F
C( ) V–V–F–V–F
D( ) F–V–V–F–V
E( ) F–F–V–F–V

SOCIOLOGIA 15
SOCIOLOGIA 16
2ª. FASE – PROVA DISCURSIVA

Questão 1 - Em sua análise das “Funções das ciências sociais no mundo moderno” (In:
PEREIRA, L.; FORACCHI, M. Educação e Sociedade. 6ª ed. São Paulo: Editora Nacional, 1973),
Florestan Fernandes assinala que

De um lado, elas nos abrem perspectivas quase insondáveis de conhecimento e de domínio das
forças que operam no meio social em que vivemos. De outro lado, elas poderão contribuir, de
forma poderosa, para a formação do novo tipo de homem, exigido pela civilização científica e
industrial, em desenvolvimento. (p. 28)

Com base no texto acima citado, discorra sobre as finalidades da Sociologia no Ensino Médio,
desenvolvendo uma reflexão sobre o ensino da disciplina, que articule seus fundamentos
metodológicos à sua prática educativa.

SOCIOLOGIA 17
Questão 2 - Discorra sobre a análise sociológica clássica e desenvolva uma abordagem
comparativa entre o pensamento de Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber, escolhendo como
foco um dos três conceitos fundantes das ciências sociais: sociedade, trabalho e Estado.

SOCIOLOGIA 18

GRADE DE RESPOSTAS (Somente esta parte poderá ser destacada)

QUESTÕES 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15
RESPOSTAS

QUESTÕES 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
RESPOSTAS

SOCIOLOGIA 19