Você está na página 1de 16

2 Língua Portuguesa

SUMÁRIO DO VOLUME
LÍNGUA PORTUGUESA
1. Ajudar se ajudando 5
Texto e interpelação (Brasileiros buscam intercâmbio para fazer trabalho voluntário no
exterior, Renata Ribeiro) 5
Cotexto e contexto (Linguagem verbal, não verbal e mista) 7
Do conceito à prática (Notícia, fórum) 11
Análise linguística (História da Língua Portuguesa) 17
Exercícios propostos 20
2. Arte, ritmo e oralidade 26
Texto e interpelação (A chegada de Lampião no céu, Rodolfo Coelho Cavalcanti) 26
Cotexto e contexto (Língua, fala, modalidades da língua) 30
Do conceito à prática (Carta do leitor, Carta ao leitor) 35
Análise linguística (Formação da Língua Portuguesa) 41
Exercícios propostos 45
3. Tempo e metamorfose 49
Texto e interpelação (O sonho do celular, Moacyr Scliar) 49
Cotexto e contexto (Variação linguística) 52
Do conceito à prática (Elementos da narrativa, exposição oral) 57
Análise linguística (Processos de ampliação da Língua Portuguesa) 68
Exercícios propostos 74
4. Vida e observação 79
Texto e interpelação (Toque de recolher, Luiz Eduardo) 79
Cotexto e contexto (Fatores responsáveis pela variação linguística) 82
Do conceito à prática (Crônica) 84
Análise linguística (Prefixos e sufixos) 89
Exercícios propostos 94
Língua Portuguesa 3

SUMÁRIO COMPLETO
Volume 1

1. Ajudar se ajudando
• linguagem verbal, não verbal e mista; notícia, fórum; históira da Língua Portuguesa
2. Arte, ritmo e oralidade
• língua, fala, modalidades da língua, carta do leitor, carta ao leitor; formação da Língua Portuguesa
3. Tempo e metamorfose
• variação linguística; elementos da narrativa, exposição oral; processos de ampliação da língua
4. Vida e observação
• fatores responsáveis pela variação linguística; crônica; prefixos e sufixos

Volume 2

5. Simplesmente simples
• texto, contexto; reportagem; verbete; introdução à morfologia
6. “Querer não é poder”
• gênero, tipologia; resumo; substantivo, adjetivo, artigo, numeral
7. (Con)vencer
• intertextualidade; dissertação; pronome pessoal
8. Cores, brilhos e paetês
• intertextualidade; palestra, noções de argumentação, pronome possessivo, demonstrativo, indefinido e
interrogativo

Volume 3

9. Vencendo paradigmas
• sinonímia, antonímia, piada, requerimento, declaração, preposição
10. Questão de opinião
• hiponímia, hiperonímia, tirinha, debate, discurso de acusação e defesa, advérbio
11. O mundo sou eu
• anúncio publicitário, mito, lenda, conjunção
12. A vida que a gente deveria ter
• noções de coesão, fábula, apólogo, romance, novela, conjunção
4 Língua Portuguesa
Língua Portuguesa 5
Ajudar se ajudando

1. AJUDAR SE AJUDANDO
Texto e interpelação
Leia esta notícia, atentando para as escolhas lexicais, para o propósito com que foi escrita e para
as estratégicas que o repórter utilizou a fim de atingir o seu objetivo. É importante pensar sobre essas
questões, pois é nesse entrelaçar que uma situação comunicativa ganha sentido.
Edição do dia 08/05/2012
09/05/2012 00h58 – Atualizado em 09/05/2012 01h32

BRASILEIROS BUSCAM INTERCÂMBIO PARA FAZER TRABALHO VOLUNTÁRIO NO EXTERIOR


Estudantes buscam adquirir experiência além de aprender outra língua. Pela proximidade,
Colômbia, Chile, Argentina são destinos mais procurados.
Renata Ribeiro
São Paulo, SP

1 Os brasileiros estão descobrindo que fazer um intercâmbio no exterior não é bom só para desenvolver
uma segunda língua e melhorar o currículo, mas também para ajudar os outros.
“Nadei com leão, eu andei de elefante, eu levei chita para passear na coleira. De cada mordida, cada
arranhão foi uma experiência inusitada”, conta a estudante de veterinária, Laura Bauermann.
5 Laura passou 40 dias na África cuidando de animais selvagens. “Acho que isso iria contar muito no
meu currículo, qualquer tipo de trabalho que você tenha feito lá fora pesa muito, é um diferencial. Então
eu fui, mas pela veterinária e pelo amor mesmo.”
A estudante de direito, Naiara Frick, escolheu cuidar de crianças órfãs no Marrocos. “Você vai com um
dos objetivos que é ajudar pessoas, mas eu senti que você acaba se ajudando muito mais, o processo de
10 autoconhecimento acontece. É muito legal”.
Cláudio Mato é aeroviário, fala três línguas, já conheceu muitos lugares do mundo a trabalho e quer
algo mais da viagem. “Eu espero que a viagem seja não só prazerosa, mas que faça eu crescer como
pessoa também”.
A engenheira Claudine Rolimen foi radical: depois de dez anos no mercado financeiro, largou tudo
15 para cuidar de crianças com necessidades especiais na Índia. “Em algum momento pareceu que aquilo
não estava sendo mais suficiente, não estava completando. Quero ajudar e eu sei que eu posso ajudar
muito mais onde tem mais necessidade”.
Não há dados oficiais, mas agências garantem que o número de brasileiros que deixam o país para
fazer trabalho voluntário dobra a cada ano. Colômbia, Chile, Argentina e México são os destinos mais
20 procurados, pela proximidade. Mas não é raro encontrar gente partindo para Rússia, China e Índia,
países interessados em receber estrangeiros.
“Países que já vêm trabalhando com medidas sociais há bastante tempo já conseguem enxergar
a importância desse trabalho voluntário de pessoas que têm boa qualificação e boa experiência.
Principalmente Índia, que tem uma abertura bem grande de mercado para os brasileiros”, fala a relações
25 públicas da AIESEC, Larissa Armani.
Há cinco anos promovendo a experiência, a gerente de agência de
intercâmbio CI, Gisele Mainardi, explica que a aventura não serve para
todo mundo. “Você vai se envolver, você tem um envolvimento cultural muito
grande, mas muito emocional. Ele está lá porque alguém
30 precisa”.
Quando volta, esse tipo de profissional é disputado
pelas grandes empresas. “Além de desenvolver
comportamentos que são queridos no mercado de
trabalho, como o trabalho em equipe, cooperação
35 e liderança, ele mostra uma vontade genuína de
contribuir com a sociedade, o que vai direto ao encontro
do interesse das empresas em se desenvolver na área
de sustentabilidade e responsabilidade social”, explica
a sócia da Cia de Talentos, Maíra Habimorad.
40 A sociedade ganha e o indivíduo também.
Disponível em: <http://g1.globo.com>. Acesso em: 10 jun. 2012.
6 Língua Portuguesa
Ajudar se ajudando

1 Analise esta citação e, depois, faça o que se pede.


“Acho que isso iria contar muito no meu currículo, qualquer tipo de trabalho que você tenha feito lá
fora pesa muito, é um diferencial. Então eu fui, mas pela veterinária e pelo amor mesmo.” (linhas 5-7)
Imagine-se um jovem que ainda depende financeiramente da família e que quer desenvolver um
trabalho voluntário fora do país. Você precisa convencer seus pais de que esse trabalho, com certeza,
vai enriquecer seu currículo. Considerando essa situação de interlocução, enumere pelo menos quatro
argumentos que usaria para atingir seu objetivo.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

2 Nessa notícia, há diversos elementos coesivos, Elementos coesivos são termos, como
responsáveis pela progressão textual. Sua tarefa será pronomes, advérbios, conjunções, preposições,
sinônimos, palavras denotativas, responsáveis
identificar quais elos coesivos cumprem as relações de
pela organização do texto.
sentido expostas a seguir, indicando o trecho em que estão
e destacando essas palavras.
a) Indica uma finalidade: _____________________________________________________________
b) Adiciona uma ideia, utilizando um par conjuntivo: ________________________________________
c) Apresenta uma marcação temporal: __________________________________________________
d) Retoma um termo já dito: ___________________________________________________________
e) Marca uma ressalva: ______________________________________________________________
f) Une termos de mesma função sintática: ________________________________________________

Considere o trecho a seguir para resolver a questão proposta.


“Além de desenvolver comportamentos que são queridos no mercado de trabalho, como o trabalho
em equipe, cooperação e liderança, ele mostra uma vontade genuína de contribuir com a sociedade, o
que vai direto ao encontro do interesse das empresas em se desenvolver na área de sustentabilidade e
responsabilidade social”, explica a sócia da Cia de Talentos, Maíra Habimorad. (linhas 32-39)

3 A fala de Maíra Habimorad é trazida pelo enunciador através do discurso direto. No discurso direto, o
Esse recurso nos dá a impressão de que as suas palavras foram mantidas enunciador sintetiza
e integra as palavras
como ela pronunciou. Que alteração na expressividade desse enunciado alheias ao seu discurso.
teríamos caso fosse utilizado o discurso indireto?
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

4 Considerando o discurso da estudante de veterinária, Laura Bauermann, no 2o e no 3o parágrafos, é


possível pensar que ela tenha priorizado a veterinária em detrimento do amor ao trabalho voluntário?
Justifique sua resposta de maneira clara e objetiva.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Língua Portuguesa 7
Ajudar se ajudando

5 Dizem que, nas universidades, se ensina que os jornalistas devem ser imparciais. Dessa forma, os
estudantes são levados a “podar” os adjetivos de seus textos, já que adjetivos agregam qualidades. E,
quando se acrescentam termos qualificadores, somam-se valores de grau negativo ou positivo. Portanto
se é parcial.
Contudo, como se sabe, mostrar-se imparcial nos textos, falados ou escritos, parece uma utopia. A
autora desse texto ratifica essa ideia, uma vez que, em seu discurso, se percebem marcas subjetivas.
Identifique um trecho em que se pode verificar parcialidade e, depois, justifique sua resposta.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

6 Relacione, em um comentário crítico, a frase “O trabalho dignifica o homem.” à seguinte fala de Gisele
Mainardi “Você vai se envolver, você tem um envolvimento cultural muito grande, mas muito emocional.
Ele está lá porque alguém precisa”. (linhas 28-30)
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

Cotexto e contexto
Nos últimos anos, o conceito de interagir parece estar na moda. No ambiente escolar, são propostos
trabalhos em grupos; em casa, você estabelece diferentes relações com as pessoas com as quais convive; no
ambiente virtual, frequenta vários sites de relacionamento.
Na verdade, a interação é algo que nunca saiu nem sairá de moda. A comunicação é uma necessidade
humana, e o homem apresenta-a desde o seu nascimento. O bebê, por
exemplo, chora pela atenção da mãe ou por comida; sorri, quando Comunicação é o nome dado ao
processo de interagir com outras
alguém brinca com ele. Com o tempo, passa a apontar para aquilo que pessoas utilizando linguagem.
deseja, até atingir a capacidade de emitir sons organizados, falar. Linguagem é um processo
comunicativo por meio do qual as
Todavia não é apenas por meio da fala que podemos nos comunicar. pessoas interagem entre si. Pode
O choro e o sorriso já são formas de interação, de linguagem; só não ser verbal, não verbal ou, ainda,
misturar essas duas formas.
são linguagens verbais, ou seja, não têm como unidade básica a palavra.

7 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões propostas.

1 2

3 4

Quino. QUINO. Potentes, prepotentes e impotentes. Lisboa: Dom Quixote, 1990. (Adaptado)

Joaquín Salvador Lavado, Quino, nasceu em 17 de julho de 1932 em Mendoza (Argentina). Aos três anos, o
cartunista teve sua vocação descoberta pelo tio. Ao terminar a escola primária, inscreveu-se na Escola de
Belas Artes de Mendoza, a qual abandonou, mais tarde, para dedicar-se ao humor. Depois de ter seu primeiro
quadrinho publicado, Quino nunca mais saiu da mídia.
8 Língua Portuguesa
Ajudar se ajudando

a) Que tipo de linguagem é empregada nesse texto? Explique.


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

b) Qual atitude é criticada pelo texto? Comente.


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

c) Que tipo de governo político pode ser exemplificado pelo cartum? Justifique.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

d) Quem são os interlocutores na tira? É possível identificar entre eles


locutor e locutários? Interlocutores são as pessoas
que participam do processo
__________________________________________________________ de interação por meio da
linguagem. Aquele que fala,
__________________________________________________________ pinta, dança, faz o gesto é o
locutor. Já aquele que recebe
__________________________________________________________ a mensagem é o locutário.

O cartum da questão anterior apresenta linguagem verbal. Há diversos tipos de linguagem não verbal,
como a música, a dança, a mímica, a pintura, a fotografia, que possuem como elementos básicos o tom, o
movimento, o gesto, a imagem, a expressão fisionômica, etc.
Hoje, alguns teóricos falam ainda na existência de um outro tipo de linguagem: a digital, ou de
programação. Essa modalidade permite armazenar e transmitir informações em meios eletrônicos. A
principal diferença entre ela e a verbal está na forma de organizar as informações, padronizar instruções do
computador, criar links, indexar dados. Na verdade, essa linguagem baseia-se em um sistema de referências
e utiliza a linguagem verbal, mas não é essa a sua unidade básica.
Disponível em: <http://www.rupestre.net>. Acesso em: 14 jun. 2012.

8 Você já ouviu falar em arte rupestre? Esse termo é usado 1


para descrever a prática que os povos antigos tinham de
empilhar pedras, entalhar e pintar rocha. Há uma imprecisão
sobre o porquê de o homem produzi-la: alguns teóricos
defendem que era essa uma manifestação da fantasia ou
servia apenas como entretenimento para o homem primitivo.
Outros a defendem como forma de comunicação desse
homem. Há, ainda, aqueles que veem essa arte como
resultante de rituais primitivos, de alucinações provocadas
pelo uso abusivo de entorpecentes. Existem também os que
a enxergam como uma manifestação puramente estética.

Disponível em: <http://arteparnasomania.


blogspot.com.br>. Acesso em: 14 jun. 2012.
A pintura rupestre
2 reproduzida ao lado
encontra-se em uma das
cavernas de Lascaux
(Dordonha, França) e retrata
um bisão. Muitos estudiosos
explicam imagens desse
tipo como parte do ritual A pintura acima reproduzida está na região
de gerações aborígenes de Ubirr, no Parque Nacional de Kakadu,
para aumentar a população no norte da Austrália. Essa pintura foi
de animais. A idade produzida há aproximadamente 40000 anos
dessa obra foi fixada em e é curioso pensar que, como aconteceu
aproximadamente 15000 a. C., com outras desse local, pode ter sido
e o autor dela é desconhecido. repintada por sucessivas gerações de
aborígenes ao longo dos anos.
Língua Portuguesa 9
Ajudar se ajudando

Considere a arte rupestre 1, anteriormente reproduzida, e responda às questões a seguir.


a) O que é possível depreender sobre a subsistência do homem que a produziu?
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

b) É possível precisar o que motivou o homem primitivo a produzir essa pintura?


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

9 Analise o seguinte anúncio publicitário para resolver os itens a e b.

A marca italiana
Benetton – United
Colors of Benetton
– principalmente
nos anos 80 e 90,
impressionava
o mundo com
campanhas
publicitárias que
abordavam de modo
intenso questões
raciais, religiosas e
relacionadas à opção
sexual. Grande parte
desses anúncios
tinha como fotógrafo
Disponível em: <http://str+ophicusailes.blogspot.com.br>. Acesso em: 10 jun. 2012. Oliviero Toscani.

a) Indique o(s) tipo(s) de linguagem empregada(s) no texto.


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

b) Explicite o objetivo do anunciante.


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

Considere o cartum a seguir para responder à questão 10.

Disponível em: <http://natvicente19.blogspot.com.br>. Acesso em: 15 jun. 2012.


10 Língua Portuguesa
Ajudar se ajudando

10
a) Dê um título pertinente ao cartum. Não use mais de cinco palavras.
___________________________________________________________________________________

b) Escreva uma parágrafo no qual você discorra sobre esse cartum.


___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

c) Construa um cartum com temática semelhante, mas enfatizando uma característica física humana.

11 Você é um bom observador? Conhecer os sinais corporais pode auxiliar nos relacionamentos interpessoais.
A linguagem corporal reflete, muitas vezes, opiniões que não são exteriorizadas. Pense, por exemplo, em
uma vendedora de uma loja que olha para as unhas enquanto está atendendo o cliente. A moça pode ser
bastante educada e dispor-se a ajudá-lo, mas o desinteresse dela ficará evidente.
Indique o que possivelmente reflete cada uma das mensagens corporais apresentadas a seguir.
a) coçar a testa:
___________________________________________________________________________________

b) evitar contato visual com o interlocutor:


___________________________________________________________________________________

c) cruzar os braços:
___________________________________________________________________________________

d) estralar os dedos:
___________________________________________________________________________________

e) morder os lábios:
___________________________________________________________________________________

f) mexer na roupa a todo momento:


___________________________________________________________________________________

g) simular tosse:
___________________________________________________________________________________
Língua Portuguesa 11
Ajudar se ajudando

h) roer as unhas:
___________________________________________________________________________________

i) passar a mão nos cabelos, ou colocá-los por trás da orelha:


___________________________________________________________________________________

j) arregalar o olho:
___________________________________________________________________________________

k) bater o pé:
___________________________________________________________________________________

Do conceito à prática
Vivemos na era da informação e, cotidianamente, somos bombardeados por notícias de todo o
mundo. Esse gênero circula em diferentes veículos de comunicação, como jornais, revistas, portais da
Internet, rádio e televisão, e é responsável por disponibilizar tanta informação.

Texto I

Leia atentamente o texto a seguir, reproduzido de um dos cadernos do jornal Folha de S. Paulo.

GÊMEAS RECEBEM CÉLULAS-TRONCO DE UM SÓ CORDÃO UMBILICAL


Transplante inédito no mundo dividiu as células de um doador
entre duas receptoras, que têm doença genética

DÉBORA MISMETTI
EDITORA-ASSISTENTE DE SAÚDE

Letícia Moreira/Folhapress
As gêmeas Letícia e Luana, nascidas em Cuiabá, Mato Grosso, têm
mais uma coisa em comum do que os outros irmãos univitelinos do resto
do mundo: elas receberam um transplante de células-tronco tiradas de um
mesmo cordão umbilical.
O compartilhamento de células de um cordão só é inédito no Brasil e,
segundo os médicos responsáveis pelo tratamento, feito no hospital Albert
Einstein, não há registro de caso igual no mundo.
As meninas, que estão prestes a completar um ano, têm uma doença
raríssima chamada linfohistiocitose hemofagocítica hereditária.
O mal, que atinge ao menos 1 em 50 mil nascidos vivos (muitos casos
não recebem diagnóstico), é fruto de uma alteração genética hereditária que
altera uma célula chamada histiócito.
Essa célula tem como função “limpar” a medula óssea, que fabrica as
células do sangue. Mas, em quem sofre da doença, o histiócito tem uma
atividade enlouquecida e engole células do sangue, como os glóbulos
As gêmeas Luana (de lilás) e
vermelhos. Letícia, no hospital Albert Einstein,
Isso leva à falta dessas células, causando anemia, alterações no sistema onde fizeram tratamento.
imune e até danos neurológicos, como explica o hematologista Nelson
Hamerschlak, coordenador da unidade de transplante de medula óssea do hospital Albert Einstein. Sem
tratamento, que pode ser feito com remédios ou transplante, a doença mata.

DIAGNÓSTICO
A linfohistiocitose hemofagocítica costuma se manifestar após o portador entrar em contato com vírus
ou bactérias. No caso das gêmeas, os sintomas começaram após a vacinação contra poliomielite, aos dois
meses de vida.
“A vacina só desencadeou a doença, poderia ter sido qualquer coisa”, afirma a hematologista Juliana
Folloni, também do Albert Einstein, que está acompanhando o caso das meninas.
12 Língua Portuguesa
Ajudar se ajudando

A mãe, Gracieli Dutra da Silva, 26, conta que só Letícia ficou doente.
O estado grave de saúde da menina levou ao pedido de transferência
para São Paulo. As duas foram, então, para o Instituto da Criança do
Hospital das Clínicas, onde receberam o diagnóstico, conta a mãe.
Apesar de Luana não ter tido sintomas, ela também tem a doença,
porque seu código genético é igual ao da irmã. “Elas ficaram internadas
lá de maio a agosto. Já saíram com o doador escolhido.”
Em casos mais leves da doença, que se manifestam mais tarde,
é possível um controle com remédios. No caso delas, a solução era
mesmo o transplante. O doador foi encontrado nos EUA.
Como as meninas são gêmeas univitelinas, o doador foi compatível
para as duas.
Disponível em: <http://img688.imageshack.us>. Um transplante como esse usa células-tronco retiradas do cordão
Acesso em: 24 ago. 2012.
umbilical de um bebê, colhidas logo após o parto e congeladas. O
objetivo é que as células repovoem a medula óssea do receptor para fabricar células sanguíneas sadias.
Para isso, é preciso que o cordão umbilical do doador tenha células suficientes de acordo com o peso de
quem vai recebê-las. “Como elas tinham mais ou menos 6 kg cada uma, foi possível usar o mesmo cordão.”
Em geral, usa-se sangue de um cordão para uma pessoa ou de dois cordões, quando o número de células
não é suficiente. A novidade do caso é usar um para duas pessoas.
A divisão das células foi feita no Brasil, com o cuidado de dar a cada uma a mesma quantidade.
Antes do transplante, as meninas foram submetidas à quimioterapia para matar as células da medula
óssea. Só depois disso é que as células-tronco foram infundidas.
O transplante foi feito em 16 novembro e seu sucesso foi constatado um mês depois. As meninas voltam
nesta semana para Cuiabá para comemorar, em casa, seu primeiro aniversário.
Folha de São Paulo, 04 mar. 2012. (Adaptado)

12 No primeiro parágrafo do texto, identificamos alguns dos elementos que compõem a notícia. Analise as
informações oferecidas nesse parágrafo e, em seguida, compare-as com as outras apresentadas no
corpo do texto. Registre suas observações de forma clara e objetiva.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

13 É comum o redator de um texto jornalístico buscar sempre a máxima imparcialidade em suas matérias,
ainda que seja difícil alcançá-la. Os redatores das notícias Brasileiros buscam intercâmbio para fazer
trabalho no exterior e Gêmeas recebem células-tronco de um só cordão umbilical conseguem manter a
imparcialidade nesses textos? Comente, relacionando sua resposta ao assunto abordado em cada texto.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

É possível ser inteiramente imparcial ao produzir uma notícia?


A notícia deveria narrar fatos atuais e relevantes com objetividade e precisão, sem manifestar
impressões pessoais do jornalista, mas nem sempre é o que acontece. Muitas vezes, o redator
não se atém apenas à apresentação dos fatos apurados e transpõe o seu posicionamento ao
texto.
Língua Portuguesa 13
Ajudar se ajudando

Manter-se sempre atualizado e bem informado permite a socialização no meio em que se vive. Saber
reconhecer a notícia em um jornal, numa revista ou na Internet e distingui-la de outros gêneros presentes
na imprensa pode ajudar bastante nesse processo.
Destaca-se pela
Esse gênero objetiva informar o leitor sobre fatos e acontecimentos atuais, de interesse linguagem clara,
público. A notícia circula no meio jornalístico e privilegia a apresentação dos fatos. Esses direta e precisa,
procurando
eventos são abordados de forma impessoal e com o predomínio da função referencial. expor dados
Para atingir um público diversificado, o texto tem que privilegiar as informações mais reais com
objetividade.
relevantes, fazer uso de um vocabulário acurado, ser o mais esclarecedor possível a quem Assim o foco
lê. É necessário, além de relatar o fato, oferecer o maior número de dados para que o dessa função
é o assunto, a
texto apresente veracidade, tornando-se confiável. A fim de cumprir esse propósito, muitas informação.
vezes, o jornalista usa ainda um outro meio: o discurso relatado direto ou indireto.
A intencionalidade de estudar esse gênero no âmbito escolar é formar leitores críticos e capazes de
produzir os diversos textos que são veiculados na sociedade.

Saiba mais
A primeira página de um jornal é construída por meio de uma hierarquia entre as notícias. O jornal destaca,
na manchete, a informação principal, que foi classificada assim pela equipe, com a intenção de persuadir o
leitor a procurar maiores esclarecimentos sobre o assunto no interior do jornal.

Disponível em: <http://fichacorrida.wordpress.com>. Acesso em: 16 jun. 2012.

Em seguida, serão apresentados a estrutura e os elementos essenciais da notícia.


14 Língua Portuguesa
Ajudar se ajudando

É comum redigir uma notícia de acordo com uma estrutura previamente estabelecida. Observe:

GOVERNO E EMPRESÁRIOS DISCORDAM MANCHETE OU


SOBRE VOLUNTARIADO NA COPA TÍTULO PRINCIPAL
SUBTÍTULO
Estima-se que 18 mil pessoas prestarão serviço Sintetiza a
Pequeno texto- espontâneo, sem receber salário ideia principal
resumo, que amplia da notícia. As
as informações do manchetes são
Da Agência Câmara - Brasília
título. curtas e objetivas.
postado em 20/06/2012 15:58 h

Deputados, empresários e
dirigentes do governo federal
não chegaram a um consenso
sobre a legalidade de a Fifa
recrutar voluntários para
trabalhar na Copa de 2014.
Estima-se que 18 mil pessoas
prestarão serviço espontâneo,
sem receber salário, no
Voluntários trabalham durante a Copa da evento a ser realizado no
África do Sul (crédito: Fifa/Divulgação)
Brasil. O tema foi discutido,
LEGENDA nesta terça-feira (19), em audiência pública da Comissão de Trabalho,
de Administração e Serviço Público.
Aparece
imediatamente Para o deputado Laercio Oliveira (PR-SE), autor do pedido de debate, LIDE (DO INGLÊS
abaixo ou acima um evento que movimenta billhões de dólares não pode ser enquadrado LEAD, “CONDUZIR”)
de uma fotografia, na Lei 9.608/98, que regulamenta o serviço voluntário. “Não posso ouvir Primeiro parágrafo
identificando-a, a informação de que milhares de brasileiros trabalharão gratuitamente, do texto. Ele deve
contextualizando-a
e acrescentando enquanto a Fifa enche seus cofres com recursos. A entidade deveria conter uma síntese
pagar a essas pessoas um valor compatível com a realidade trabalhista do que há de maior
alguma
importância na
informação. do País”, afirmou. notícia.
Segundo o representante da Federação Nacional das Empresas de
Serviços e Limpeza Ambiental, Erminio Alves Neto, o Brasil deveria dar
exemplo ao resto do mundo no sentido de acabar com o uso de trabalho
voluntário na Copa do Mundo, principalmente nos países mais pobres.
Na opinião dele, o Poder Público trata de maneira diferente a Fifa e as
companhias nacionais. “As empresas no Brasil são cobradas demais
pelo Ministério do Trabalho e pelo Ministério Público para registrar os
funcionários, e ainda temos de competir com os produtos da China.
Não é justo que uma entidade que tem um lucro absurdo, como a Fifa,
não pague sequer os salários para 18 mil trabalhadores e a empresa
brasileira seja fiscalizada violentamente pelo Estado”, argumentou.

Fiscalização INTERTÍTULO
Por sua vez, a secretária de Inspeção do Ministério do Trabalho, Vera Organiza as
Lúcia de Albuquerque, defendeu a legalidade do trabalho voluntário na informações em
blocos menores.
Copa. Apesar disso, ela assegurou que a fiscalização estará atenta para
evitar que os voluntários sejam explorados e acrescentou que o ministério
pretende entrevistar esses cidadãos para “ver se não foram iludidos, se não
pensavam que estavam assinando um contrato de trabalho formal”.
O representante da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do
Comitê Organizador Local da Copa, Weber Magalhães, destacou que
os trabalhadores voluntários terão a oportunidade de aprender e serem
qualificados. O debatedor informou que os organizadores se responsabilizam
por toda a parte de material, uniforme, alimentação e transporte, e que,
ao final do evento, os voluntários receberão um certificado.
A importância do trabalho voluntário na Copa como maneira de
mobilizar a população local foi também enaltecida pelo chefe de gabinete
da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do
Ministério do Esporte, Joel Fernando Benin.
Disponível em: <www.portal2014.org.br>. Acesso em: 16 jun. 2012.
Língua Portuguesa 15
Ajudar se ajudando

14 Releia o título e o primeiro parágrafo dessa notícia e resolva estas questões:


a) No primeiro parágrafo, há uma série de informações que permitem ao leitor responder a algumas
perguntas: O quê?, Quem?, Quando? Onde? Como?, Por quê?. Transcreva a seguir, se possível, as
respostas a todas essas perguntas.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

b) Explique o efeito obtido pelo uso do tempo presente no título Governo e empresários discordam sobre
voluntariado na Copa.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

c) De acordo com as notícias apresentadas até o momento, conclua: quais são os tempos verbais típicos
do título de uma notícia? E do corpo do texto? Que fato poderia ser noticiado usando o tempo futuro? E
o presente? E o pretérito?
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

15 Esta é a reprodução de uma tela intitulada O Último baile da Monarquia que foi pintada pelo artista Aurélio
de Figueiredo em 1905. Analise-a atentamente.

FIGUEIREDO, Francisco Aurélio de. Disponível em: <www.riodejaneiroaqui.com>. Acesso em: 16 jun. 2012.

Francisco Aurélio de Figueiredo e Melo (1854, Paraíba – 1916, Rio de Janeiro) foi, na adolescência,
mandado para o Rio de Janeiro para cursar a Academia Real de Belas-Artes, pois já mostrava talento
para pintura. Mais tarde, na Europa, foi aluno de importantes pintores de retratos. Produziu inúmeras
caricaturas, paisagens, esculturas e telas decorativas. A obra aqui reproduzida é a mais importante de
sua carreira e foi feita com autorização do Congresso Nacional e, depois, adquirida pelo presidente
Rodrigues Alves.
Prezado leitor,
 
Agradecemos o interesse em nosso
material. Entretanto, essa é somente
uma amostra gratuita.

Caso haja interesse, todos os materiais


do Sistema de Ensino CNEC estão
disponíveis para aquisição através
de nossa loja virtual.

loja.cneceduca.com.br