Você está na página 1de 2

Realismo-Naturalismo no Brasil (autores principais)

Aluísio Azevedo (1857-1913)


 Primeiro escritor profissional do Machado de Assis(1839-1908)
Brasil;  “O Polígrafo inclassificável”;
 Escreveu: folhetins romanescos,  “As antenas de vanguarda da
contos, teatro, crônicas e Literatura Brasileira”;
romances naturalistas;  Do moleque do Morro do
 Obra heterogênea (mistura de Livramento ao Presidente eterno
gêneros), foi do Romantismo ao da Academia Brasileira de Letras;
Naturalismo;  Personalidade introvertida;
 vertente social e urbana do Escreveu:
Naturalismo;  Romances*;
 Visão determinista:Meio, Raça e  Contos*;
Momento  Teatro;
 O melhor prosador naturalista  Poesias;
brasileiro;  Crônicas; Críticas Literárias; etc.

Características: *escreveu em duas fases (Prosa de


 Influência de Eça de Queirós e de ficção):
Émile Zola; I)Fase Romântica ou Convencional
 Aproximação com o falar português II)Fase Realista
repleto de arcaísmos e
lusitanismos com diálogos rápidos Obs.:Na Poesia temos a Fase
e precisos; Romântica e a Parnasiana
 Vocabulário patológico e apego ao
pormenor pitoresco; Fase Realista Machadiana:
 Cuidado descritivo com valorização
sensorial; Temática e características:
 Técnica do pintor e caricaturista;  Conflito: essência X aparência;
 Retratos de “tipos” sociais e  Loucura, solidão, adultério, crítica
descrições sugestivas; ao cientificismo, pessimismo (=
 Preferência por retratos de niilismo);
habitações coletivas e o seu  Universalismo;
cotidiano;  Humor negro e ironia;
 Personagens psicologicamente  Estética Realista peculiar;
superficiais dada a influência  Oposição ao romantismo;
determinista (os personagens são  Temas contemporâneos (século
vistos de fora e orientados pelas XIX);
“leis naturais”); Estilo:
Temática variada:  Narrativa lenta;
 Preconceito racial;  Ruptura com a narrativa linear;
 Crítica à hipocrisia da vida  Estilo “enxuto”, equilíbrio, disciplina
provinciana; clássica, correção gramatical e
 Anticlericalismo; concisão;
 A força do SEXO (determinismo  Poucas descrições exteriores;
biológico);  Metalinguagem ( leitor incluso);
 A devoração do homem pelo  Análise psicológica;
próprio homem (espécie de
“seleção natural”);  A tradição luciânica (Luciano de
 Zoomorfização agressiva; Samósata, escritor grego do século
 Homossexualismo, adultério, II) nos aspectos mais modernos de
violência urbana etc. seu texto, como:
Principais Romances Naturalistas: a ironia;
“O Mulato” – 1881 o riso;
 Romance de personagem o pessimismo humorístico;
“Casa de Pensão” – 1884 a fusão de gêneros;
 Romance de transição a digressão;
“O Cortiço” – 1890 a obra aberta (sem conclusão
 Romance coletivo aparente);
 A “Mulher” machadiana; por meio das impressões, mais
 O Triângulo amoroso; subjetivas que objetivas;
 O “Olhar” machadiano;  Ruptura com modelos tradicionais
 Importância histórica: 1881 do Realismo e Naturalismo;
“Memórias Póstumas de Brás
Cubas” (realismo no Brasil) Obra de difícil classificação:
Romances:
 “Quincas Borba” 1891 a)Elementos expressionistas
 “Dom Casmurro”1900  Deformação grotesca da realidade.
 “Esaú e Jacó”1904
 “Memorial de Aires”1908 b)Elementos impressionistas
Contos:  Memória como fio condutor da
 “Papéis avulsos”1882 narrativa, o passado é recriado
 “História sem data”1884 como “manchas de recordação”.
 “Várias histórias”1896
 “Páginas recolhidas”1899 c)Elementos realistas
 “Relíquias da casa velha”1906  Crítica ao sistema educacional da
época, representação social.
Raul Pompéia (1863-1895)
 Obra importante: “O Ateneu” d)Elementos naturalistas
Crônica de Saudades (1888).  Concepção instintiva e animalesca
 “Vais encontrar o mundo” das personagens e forte
(narrativa de confissão/ romance sexualidade.
de desilusão);
 Análise social e psicológica; Temática variada: corrupção,
 Autor de temperamento retraído, homossexualismo, opressão,
“hipersensível”, reprimido e traços hipocrisia, desilusão, complexo de
homossexuais; Édipo mal resolvido,etc.
 Busca projetar no internato toda a
Características: problemática do mundo adulto
 Narrado em primeira pessoa; (caráter simbólico);
 Sérgio (narrador-personagem)  Antecipação de Freud (vertente
“alter-ego” = outro eu do autor psicanalítica);
 Encadeamento cronológico;  O microcosmo do Ateneu
 Tempo: aproximadamente dois representa o macrocosmo da
anos (final do século XIX); Sociedade Imperial;
 Sucessão de episódios;  “Não é o internato que faz a
 Tom memorial (impressionismo sociedade, o internato a
associativo) reconstituir o internato reflete”