Você está na página 1de 34

SEMINÁRIO

Projeto, Dimensionamento e Detalhamento de


Estruturas de Concreto Armado

RADIER DE CONCRETO ARMADO

1
INTRODUÇÃO

Análise estrutural: determinação de esforços solicitantes, deslocamentos,


deformações e tensões;
Modelo estrutural realista;
NBR 6118:2014  Hipóteses básicas:

a. Condições de equilíbrio;
b. Condições de compatibilidade;
c. Carregamento monotônico.

2
RADIER






 Radier com vigas de rigidez



3
RADIER

Interseção

Quando deve-se utilizar


radier?
Quando a área das sapatas
totalizar mais de 70% da área da
projeção da edificação,
recomenda-se a utilização de
radier.

n
70
A
A sapatas 0,70.A terreno
sap   Aprojeção
i 1 100
4
RADIER
Fases de construção de um radier.

Nivelamento do terreno. Marcação do radier.

5
RADIER
Fases de construção de um radier.

Definição do radier. Construção do radier.

6
RADIER
Fases de construção de um radier.

Construção do radier. Radier pronto.

7
Construção do radier.

Construção do radier.

Construção do radier.
Métodos de cálculo de radiers existentes RADIER

- Métodos estáticos; (*)


- Método das placas sobre base elástica;
- Método das placas sobre solo de Winkler; (*)
- Métodos das diferenças finitas;
- Método dos elementos finitos. (*)

Métodos estáticos Métodos numéricos


- Cálculo como radier rígido ou com - Analogia de grelha
variação linear de pressões;
- Método do elementos finitos.
- Área de influência dos pilares.

9
Métodos estáticos RADIER

a) radier rígido b) radier flexível


Pressões de contato em radier: a) variação linear ao longo do radier; b) pressões constantes na
faixa de influência dos pilares.

Cálculo do radier rígido ou com variação linear de pressão;


Área de influência dos pilares.
10
Métodos estáticos – Critério do ACI RADIER

Cálculo do radier rígido ou com variação linear de tensão;


Radier
1,75

R Faixa
kv  b
4
b
4  Ec  I
ℓ, comprimento da faixa
q2.b

Modelo de
cálculo

q1.b

11
Métodos estáticos RADIER

Cálculo do radier rígido ou com variação linear de tensão;

Fi
Ai
qi 
Fi
Ai

12
Métodos numéricos RADIER

Representação discreta do solo (modelo de Winkler)

F = K v .w
w

w
Kv

1 E solo 1
Kv   
B 1   Is
2

Kv ou Kn, coeficiente de reação vertical do solo.


Kh = ·Kn, coefiente de reação horizontal do solo.
13
Métodos numéricos RADIER

Representação discreta do solo (modelo de Winkler)

Módulo de deformação longitudinal do solo em função do SPT

Módulo de deformação do solo (E solo)


Tipo de solo Es = f(SPT) Es = f(Rp)
(KPa) (KPa e kN)
Areia Es = 500(SPT +15) E s = 2 a 4 Rp
Areia argilosa Es = 320(SPT + 15) E s = 3 a 6 Rp
Areia siltosa Es = 300(SPT + 6) E s = 1 a 2 Rp
Areia/pedregulho Es = 1200(SPT + 6) -
Argila mole - E s = 6 a 8 Rp

14
Métodos numéricos RADIER

Representação discreta do solo (modelo de Winkler)

Coeficiente de Poisson de diversos solos


Coeficiente de Poisson -
Tipo de solo

Saturada 0,4 -0,5
Não saturada 0,1 – 0,3
Argila
Arenosa 0,2 – 0,3
siltosa 0,3 – 0,35
Densa 0,2 – 0,4
Areia Fofa* e grossa 0,15
Fofa* e fina 0,25
Variação em função do
Rocha 0,1 – 0,4
tipo de rocha
15
Métodos numéricos RADIER

Representação discreta do solo (modelo de Winkler)

Coeficiente de forma das fundações.

Compr.(L) Sapata flexível Sapata


Forma
Largura(B) centro canto Média rígida
Circular - 1 0,64 0,85 0,79
quadrada - 1,12 0,56 0,95 0,99
1,5 1,36 0,67 1,15 1,06*
2 1,52 0,76 1,30 1,20*
3 1,78 0,88 1,52 -
5 2,10 1,05 1,83 1,70*
10 2,53 1,26 2,25 2,10*
100 4,00 2,00 3,70 3,40*
100 5,47 2,75 5,15 -
16
Métodos numéricos RADIER

Representação discreta do solo (modelo de Winkler)

Meio
Radier Contínuo
Radier

Molas

Molas

Meio Contínuo
17
Métodos numéricos RADIER

Analogia de grelha

Placa (Radier) Grelha de vigas

b  h3 b  h3 b  h3
If  It  2  If  It 
12 6 30
18
Métodos numéricos - Exemplo RADIER

Métodos dos elementos finitos

Esolo = 22,5 MPa (módulo de deformação longitudinal do solo);


solo = 0,3 (coeficiente de Poisson do solo);
Ecs = 23800 MPa (módulo de deformação longitudinal do concreto);
 = 0,2 (coeficiente de Poisson do concreto).
19
Métodos numéricos - Modelagem RADIER

Métodos dos elementos finitos

Níveis de aproximação na análise estrutural


20
Métodos numéricos - Modelagem RADIER

Métodos dos elementos finitos

Propriedades mecânicas dos materiais

Segundo NBR 6118:2003


Ecs
Ecs  0,85  Ec G
1 1  
Ec  5600 f ck   0,2
Es  210GPa
 concreto  25 kN m3

21
Métodos numéricos - Modelagem RADIER

Métodos dos elementos finitos

Propriedades mecânicas dos materiais

Modelo de Branson

 3  M 3 
 M r  
  I II   Ecs  I c
EI eq  Ecs     I c  1   r 
 M a    Ma   
 
22
Métodos numéricos - Modelagem RADIER

Métodos dos elementos finitos


Propriedades mecânicas dos materiais

Compressão uniaxial do concreto


23
Métodos numéricos - Modelagem RADIER

Métodos dos elementos finitos

Modelagem do Pavimento – M.E.F.


Critérios práticos:
- Redução da inércia a torção – 5% de It;
- Distância entre nós: 50 cm;
- Trechos rígidos;
- Simetria de discretização;
- Cuidado com equivalências.

24
RADIER
Comparação entre modelo de viga contínua, modelo de grelha, modelo de grelha
considerando deformabilidade dos pilares.

Deslocamento Z, modelo Deslocamento Z, modelo Deslocamento Z, modelo


de viga, de grelha. de grelha.
(painel isolado) (Apoios rígidos) (Apoios flexíveis)
Uz = 2,8 cm Uz = 11,07 cm Uz= 20,15 cm
25
Combinação de ações RADIER

ELU
g: coeficiente de majoração das ações permanentes;
Fd   g  Fgk   q  Fqk q: coeficiente de majoração das ações variáveis;
Fgk: ações permanentes;
Fqk: ações variáveis;
ELS-DEF
2: coeficiente, fator ponderador :

Fd ,ser   Fgi,k   2 Fqj,k Fgi,k: somatório das ações permanentes;


Fqi,k: somatório das ações variáveis;
ELS-W
1: coeficiente, fator ponderador ;

Fd ,ser   Fgi,k   1  Fqi,k


Fgi,k: somatório das ações permanentes;
Fqi,k: somatório das ações variáveis;

26
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos

Fpar
Fpar ,nós  
n

Distância entre nós: 50 cm;


Solo  Meio contínuo.

27
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos


Meio
Radier Contínuo

Rede de elementos finitos e


condições de contorno.

28
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos

Deslocamentos verticais – placa e solo Deslocamentos verticais - placa


29
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos

Deslocamentos verticais – placa e solo Deslocamentos verticais – placa e solo


Corte transversal. Corte longitudinal.
30
RADIER

31
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos

Tensões na direção Z – placa e solo Tensões na direção Z – placa e solo


Corte transversal. Corte longitudinal.
32
Métodos numéricos RADIER

Métodos dos elementos finitos

Momento na direção X, ms. Momento na direção Y, my.


33
Métodos numéricos RADIER

Dimensionamento

Dimensionamento por faixas;


“Cobrir” os diagramas de isovalores de momentos fletores;
mx e my  as,calc.  as,mín.
Detalhamento das armaduras;
Verificação da força cortante e de punção;
Verificação dos E.L.S.- DEF e E.L.S.-W.

34