Você está na página 1de 4

O SANGUE DE CRISTO

Texto: Hebreus 9:22. E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam


com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.
Remissão significa:
O derramamento do sangue de Jesus Cristo na Cruz foi um fator para que
pudéssemos receber o perdão dos nossos pecados e sermos aceitos na
presença de Deus.
A. A VIDA ESTÁ NO SANGUE
“Porque a alma da carne está no sangue, pelo que vo-lo tenho dado sobre
o altar, para fazer expiação pela vossa alma, porquanto é o sangue que fará
expiação...” (Lv 17:11.)
1) Quando pecamos, merecemos a morte. “O salário do pecado é a
morte” (Rm 6:23).

2) Jesus pagou a penalidade por nós, derramando o Seu sangue


(morrendo em nosso lugar).

3) Expiação significa fomos reconciliados com Deus. Jesus deu a Sua


vida (derramou o Seu sangue) na Cruz para a nossa reconciliação
(expiação). Isso possibilitou a nossa reconciliação com Deus. O
sangue de Jesus significa que não somos mais Seus inimigos e sim,
Seus amigos, Seus filhos e filhas. Pela fé, aceitamos o que Jesus fez
por nós.

B. O QUE O PECADO FAZ À NOSSA VIDA


1) Separa-nos de Deus – “Mas as vossas iniquidades fazem divisão
entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu
rosto de vós, para que não vos ouça”. (Is 59:2.)

2) Faz com que nos sintamos culpados – “Pois já as minhas


iniquidades ultrapassam a minha cabeça; como carga pesada são
demais para as minhas forças”. (Sl 38:4.)

3) Permite que Satanás nos acuse – Então, ouvi uma grande voz no
céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e o poder, e o reino do
1
nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo; porque já foi lançado
fora o acusador de nossos irmãos, o qual diante do nosso Deus os
acusava dia e noite. (Ap 12:10.)

4) Exige a penalidade de morte – “...a alma que pecar, essa morrerá”.


(Ez 18:4.) O sangue de Cristo supre todas as nossas necessidades.

C. O QUE O SANGUE DE JESUS É PARA DEUS

1) O sangue de Cristo satisfaz plenamente a lei de Deus – que requer


uma penalidade pela quebra da lei. L João 3:4 diz: “o pecado é a
quebra da lei”.

2) O sangue nos protege da penalidade pela quebra da lei (morte). Em


Êxodo 12, Deus ordenou ao povo de Israel a aplicar o sangue de um
cordeiro sob os portais de suas casas para protegê-los do destruidor
– o qual mataria todos os primogênitos.
Esse cordeiro era um protótipo do Cordeiro – Jesus – o Qual viria mais tarde.
Deus disse: “...vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá
entre vós praga de mortandade...” (V. 13.)
 A comunhão é restaurada
“Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós
sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo
seu sangue, seremos por ele salvos da ira”. (Rm 5:8,9.)
 Somos redimidos (comprados para sermos libertos da escravidão)
“Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas,
segundo as riquezas da sua graça”. (Ef 1:7.)
D. O SANGUE DE JESUS É PARA O HOMEM
O sangue satisfez a Deus. Agora ele deve nos satisfazer na purificação da
consciência de nossas culpas:
1. O sangue nos purifica da culpa – “Quanto mais o sangue de Cristo,
que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus,
purificará a vossa consciência das obras mortas, para servirdes ao
Deus vivo”? (Hb 9:14.)

2
2. O sangue nos santifica – “E, por isso, também Jesus, para santificar o
povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta”. (Hb 13:12.)

3. O sangue nos aproxima de Deus – “...por meio dele reconciliasse


consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as
que estão nos céus. A vós também, que noutro tempo éreis estranhos
e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora, contudo,
vos reconciliou...” (Cl 1:20-22.)

4. O sangue nos dá intrepidez para entrarmos na presença de Deus –


“Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue
de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu,
isto é, pela sua carne... cheguemo-nos com verdadeiro coração, em
inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e
o corpo lavado com água limpa”. (Hb10:19-22.)

5. O sangue nos aperfeiçoa diante dos olhos de Deus – “Porque, com


uma só oblação, aperfeiçoou para sempre os que são santificados”.
(Hb 10:14.)

E. O SANGUE É PARA O DIABO


A atividade mais estratégica de Satanás nesta era é a de ser o acusador dos
Irmãos (Ap 12:10) e é nisto que o Senhor Jesus o confronta: em Seu
ministério especial na qualidade de Sumo Sacerdote através do Seu Próprio
sangue (Hb 9:11-14).
 O sangue coloca Deus ao lado do homem e contra o Diabo – “ ...
Se Deus é por nós, quem será contra nós? ... Quem intentará
acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem os condenará? Pois é Cristo quem morreu ou, antes, quem
ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e
também intercede por nós”. (Rm 8:31,33, 34.)
O diabo não tem nenhuma base para acusações contra os que receberam a
obra do sangue de Cristo derramado por eles.

3
 O sangue dissolve todos os direitos legais de posse de Satanás –
“...em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a
remissão dos pecados”. (Cl 1:14.)
“Redenção” significa “comprar de volta”. Estamos debaixo de um novo
dono, e o preço que foi pago por nós foi o sangue derramado de Jesus.
“...a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue”. (At 20:28 –
veja também 1 Coríntios 6:19,20 e 1 Timóteo 2:6.)
F. O QUE O SANGUE DE CRISTO NOS TROUXE

1. Pureza de coração – “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz


está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus
Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado”. (1 Jo 1:7.)

2. Vida eterna – “Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos


digo que, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não
beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem
come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu
o ressuscitarei no último dia”. (Jo 6:53,54.)

3. Aproximação a Deus – “Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que


antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto”. (Ef
2:3.)
CONCLUSÃO:
Compreendemos agora o que o sangue derramado de Jesus significa para
Deus, para Satanás, e para nós.
Comprometo-me a compartilhar com os outros a verdade com relação ao
sangue de Cristo.
Lembrarei a mim mesmo constantemente da aliança que Deus tem comigo,
de perdoar o meu pecado, purificar-me do pecado, e proteger-me dos
ataques de Satanás.