Você está na página 1de 87

LEGISLAÇÃO C.

atendimento domiciliar multidisciplinar, tratamento


ambulatorial e internação.
ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, LEI nº D.atenção sexual e reprodutiva, excluído o direito à
13.146/2015 fertilização assistida.
E.diagnóstico e intervenção precoces, realizados por equipe
01 - A necessidade de atendimento prioritário para unidisciplinar.
pessoas com deficiência é uma questão pública
reconhecida. O assunto é tratado no Art. 9° da Lei 05 - Nos termos da Lei no 13.146/2015, a assistência
Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº social à pessoa com deficiência
13.146/2015), a partir do qual “a pessoa com deficiência A.destina-se à garantia de seguranças fundamentais no
tem direito a receber atendimento prioritário em várias enfrentamento de situações de vulnerabilidade e de risco,
situações”, entre as quais: por fragilização de vínculos e ameaça ou violação de
A.em filas de estabelecimentos comerciais, de serviços e direitos.
similares, que também são obrigados a fixar placa em local B.pode ou não envolver conjunto articulado de serviços do
visível. âmbito da Proteção Social Básica e da Proteção Social
B.para agendamento na emissão de passaporte a fim de Especial.
permitir menor tempo de espera possível, com atendimento C.envolve serviços prestados apenas no âmbito da Proteção
imediato. Social Especial.
C.no acesso a informações e disponibilidade de recursos de D.não se destina à pessoa com deficiência em situação
comunicações acessíveis. específica de dependência, vez que, nesse caso, são
D.no atendimento preferencial em unidades de saúde para assegurados outros meios de auxílio.
doadores de sangue, desde que comprovem ao menos três E.não se destina à família da pessoa com deficiência, haja
doações por ano. vista a característica da pessoalidade que norteia os
E.no atendimento preferencial em unidades de saúde para serviços assistenciais.
doadores de sangue, desde que comprovem ao menos três
doações por ano. 06 - Com base no Estatuto da Pessoa com Deficiência,
criado pela Lei nº 13.146/2015, fazendo alusão às
02 - De acordo com a Lei nº 13.146/2015, a Lei Brasileira políticas sociais, dadas as afirmativas,
de Inclusão da Pessoa com Deficiência - LBI (Estatuto I. A pessoa com deficiência terá tratamento diferenciado em
da Pessoa com Deficiência) – idosos, gestantes, relação à igualdade de oportunidades em função das
lactantes, pessoas com criança de colo e obesos não se políticas sociais.
enquadram no conceito de pessoa com deficiência, II. Uma das críticas ao Estatuto da Pessoa com Deficiência
apesar de possuírem ou apresentarem, por qualquer de 2015 é não fazer menção ao acesso a informações e
motivo, dificuldade de movimentar-se, permanente ou disponibilização de recursos de comunicação.
temporariamente, gerando redução efetiva da III. A pessoa com deficiência tem direito a receber
mobilidade, flexibilidade, coordenação motora e atendimento prioritário, sendo que, nos serviços de
percepção. Assinale a alternativa que apresenta a emergência públicos e privados, a prioridade deverá ser
terminologia correta para classificar o grupo de pessoas condicionada aos protocolos de atendimento médico.
com tais características. verifica-se que está(ão) correta(s)
A.Pessoas com mobilidade reduzida. A.I, apenas.
B.Pessoas com vantagem reduzida. B.III, apenas.
C.Pessoas em desvantagem temporária. C.I e II, apenas.
D.Pessoas em situação de vulnerabilidade. D.II e III, apenas.
E.Pessoas com locomoção restrita. E.I, II e III.

03 - A Lei no 13.146/2015 assegura benefício financeiro à 07 - Nos termos da Lei no 13.146/2015, dentre os
pessoa com deficiência desde que preenchidos requisitos a serem observados na inclusão da pessoa
determinados requisitos legais. A propósito do tema, com deficiência no trabalho, considere:
considere a seguinte situação hipotética: Rodrigo tem I. Colocação competitiva, o que compreende apenas a
38 anos de idade, é pessoa com deficiência e não possui igualdade de oportunidades com as demais pessoas com
meios de prover sua própria subsistência. Nos termos deficiência.
da citada Lei, esse benefício II. Fornecimento de recursos de tecnologia assistiva.
A.pode ser mensal ou, ainda, anual, conforme a III. Adaptação razoável no ambiente de trabalho.
necessidade da pessoa com deficiência, e desde que Está correto o que consta em
devidamente justificado. A.II e III, apenas.
B.mensal deve ser igual ou superior a um salário mínimo. B.I, II e III.
C.deverá ser pago semestralmente, em parcela única, e C.I e II, apenas.
destina-se apenas para alguns casos específicos de D.III, apenas.
deficiência. E.I e III, apenas.
D.mensal será devido a Rodrigo se ele não possuir meios
para prover sua subsistência nem de tê-la provida por sua 08 - Nos termos da Lei no 13.146/2015, para colocação
família. do símbolo internacional de acesso nos veículos, as
E.só é devido para Rodrigo se ele tiver mais de quarenta empresas de transporte coletivo de passageiros
anos. dependem da certificação de acessibilidade emitida,
obrigatoriamente, pelo
04 - Nos termos da Lei no 13.146/2015, as ações e os A.Procurador-Geral do Estado.
serviços de saúde pública destinados à pessoa com B.Procurador-Geral da República.
deficiência devem assegurar, dentre outros, C.Presidente da República.
A.serviços de habilitação e de reabilitação sempre que D.gestor público responsável pela prestação do serviço.
necessários, destinados apenas a alguns tipos de E.Ministro das Relações Exteriores.
deficiência, inclusive para a manutenção da melhor condição
de saúde e qualidade de vida. 09 - Considere:
B.atendimento psicológico, inclusive para seus familiares, I. Oferta de educação bilíngue, em Libras como primeira
exceto para os atendentes pessoais. língua e na modalidade escrita da língua portuguesa como
segunda língua, em escolas e classes bilíngues e em A.não considerará fatores socioambientais.
escolas inclusivas. B.terá seus instrumentos criados pelo Poder Legislativo.
II. Pesquisas voltadas para o desenvolvimento de novos C.não considerará fatores pessoais.
métodos e técnicas pedagógicas, de materiais didáticos, de D.será, excepcionalmente, realizada por equipe
equipamentos e de recursos de tecnologia assistiva. multiprofissional.
III. Planejamento de estudo de caso, de elaboração de plano E.será biopsicossocial.
de atendimento educacional especializado, de organização
de recursos e serviços de acessibilidade e de 13 - Atenção: Para responder às questões de números
disponibilização e usabilidade pedagógica de recursos de 17 e 18, considere a Lei no 13.146/2015 − Estatuto da
tecnologia assistiva. Pessoa com Deficiência. Os produtos que objetivem
IV. Articulação intersetorial na implementação de políticas promover a funcionalidade, relacionada à atividade e à
públicas. participação da pessoa com deficiência ou com
Nos termos da Lei no 13.146/2015, às instituições privadas, mobilidade reduzida, visando à sua autonomia,
de qualquer nível e modalidade de ensino, aplica-se, independência, qualidade de vida e inclusão social,
obrigatoriamente, o descrito em correspondem
A.I, II, III e IV. A.aos elementos de urbanização.
B.III e IV, apenas. B.às barreiras atitudinais.
C.I e II, apenas. C.às adaptações razoáveis.
D.I e III, apenas. D.ao mobiliário urbano ou rural.
E.II e IV, apenas. E.à tecnologia assistiva ou ajuda técnica.

10 – A propósito das disposições concernentes ao 14 - As adaptações, modificações e ajustes necessários


direito à saúde da pessoa com deficiência, previstas na e adequados que não acarretem ônus desproporcional e
Lei no 13.146/2015, considere: indevido, quando requeridos em cada caso, a fim de
I. É assegurada atenção integral à saúde da pessoa com assegurar que a pessoa com deficiência possa gozar ou
deficiência em todos os níveis de complexidade, por exercer, em igualdade de condições e oportunidades
intermédio do SUS, garantido acesso universal e igualitário. com as demais pessoas, todos os direitos e liberdades
II. É assegurada a participação da pessoa com deficiência fundamentais, são consideradas
na elaboração das políticas de saúde a ela destinadas. A.adaptações razoáveis.
III. É assegurado atendimento segundo normas éticas e B.acessibilidade.
técnicas, que regulamentarão a atuação dos profissionais de C.elemento de urbanização.
saúde e contemplarão aspectos relacionados aos direitos e D.tecnologia assistiva.
às especificidades da pessoa com deficiência, incluindo E.modificações inclusivas.
temas como sua dignidade e autonomia.
IV. A Lei no 13.146/2015 traz as diretrizes a serem 15 - Se um indivíduo de vinte e um anos de idade sofrer
observadas nas ações e serviços de saúde pública acidente que lhe cause deficiência física e o leve a ser
destinados à pessoa com deficiência, como, por exemplo, submetido à curatela, nos termos da Lei n.º 13.146/2015,
campanhas de vacinação e atendimento psicológico. Tais a curatela alcançará os atos de natureza
diretrizes aplicam-se, exclusivamente, às instituições A.trabalhista.
públicas de saúde e às privadas que participem de forma B.matrimonial.
complementar do SUS. C.educacional.
Está correto o que consta APENAS em D.negocial.
A.I, II e III.
B.I e II. 16 - De acordo com a Lei n.º 13.146/2015, dois indivíduos
C.III e IV. que pretendam atuar como tradutores e intérpretes da
D.II e IV. LIBRAS na educação básica e em cursos de graduação
E.I, III e IV. e pós-graduação deverão possuir, no mínimo,
A.nível superior, com habilitação exclusivamente em
11 - A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com tradução e interpretação da LIBRAS para atuar em todas as
Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência) foi áreas.
instituída com o intuito de assegurar e promover o B.ensino médio completo e certificação de proficiência na
exercício dos direitos e das liberdades fundamentais LIBRAS para atuar na graduação.
pelas pessoas com deficiência, em condições de C.ensino médio completo e certificação de proficiência na
igualdade, a sua inclusão social e cidadania. A respeito LIBRAS para atuar na educação básica.
do que dispõe a Lei nº 13.146/2015, é correto afirmar D.nível superior, com habilitação prioritariamente em
que: tradução e interpretação da LIBRAS para atuar na educação
A.À pessoa com deficiência são restritas modalidades de básica.
trabalho, em razão de sua condição.
B.A elaboração de políticas de saúde destinadas à pessoa 17 - Nos termos da Lei Federal no 13.146/2015, a pessoa
com deficiência deverá obrigatoriamente ser realizada com a com deficiência
participação de um representante com deficiência. A.poderá ser obrigada a se submeter a intervenção clínica
C.Excetua-se à regra de atendimento prioritário, que deve ou cirúrgica, tratamento ou institucionalização forçada,
ser destinado à pessoa com deficiência, a tramitação mediante prévia avaliação biopsicossocial, realizada por
processual e procedimentos judiciais e administrativos em equipe multiprofissional e interdisciplinar.
que for parte ou interessada. B.em situação de curatela, não terá participação na
D.Compete ao poder público o dever de adotar soluções que obtenção de consentimento para a prática dos atos da vida
se destinem à eliminação, redução ou superação de civil, pois, em tal circunstância, não possui qualquer
barreiras para a promoção do acesso a todo patrimônio capacidade civil.
cultural, pela pessoa com deficiência. C.está obrigada à fruição de benefícios decorrentes de ação
afirmativa, a fim de que sejam construídos ambientes de
12 - Atenção: Para responder às questões de números trabalho acessíveis e inclusivos.
17 e 18, considere a Lei no 13.146/2015 − Estatuto da D.somente será atendida sem seu consentimento prévio,
Pessoa com Deficiência. A avaliação da deficiência, livre e esclarecido em casos de risco de morte e de
quando necessária,
emergência em saúde, resguardado seu superior interesse e Assinale a opção em que constem as atividades a serem
adotadas as salvaguardas legais cabíveis. desempenhadas por este cargo, de acordo com o texto
E.e seu acompanhante ou atendente pessoal têm direito à da lei.
prioridade na tramitação processual e nos procedimentos A.Alimentação, locomoção e tradutor (LIBRAS).
judiciais em que forem partes ou interessados. B.Alimentação, asseio e ledor.
C.Higiene, ledor e tradutor (LIBRAS).
18 - Luísa, cadeirante, foi a um centro cultural D.Alimentação, higiene e locomoção.
recentemente construído por uma empresa privada de E.Locomoção, asseio e ledor.
seu município, para assistir a uma peça de teatro. Ao
chegar ao edifício, Luísa notou que não havia rampas de 21 - considere a Lei no 13.146/2015 − Estatuto da Pessoa
acesso e foi informada por um atendente de que não com Deficiência. A habilitação profissional pode ocorrer
existia, no auditório, espaço reservado para cadeirantes, em empresas por meio de prévia formalização do
apesar de haver, no prédio, elevadores reservados para contrato de emprego da pessoa com deficiência, que
pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, será considerada para o cumprimento da reserva de
bem como um banheiro acessível a elas. vagas prevista em lei, desde que, observado o disposto
Considerando a situação hipotética apresentada e a em regulamento, seja por tempo
legislação a ela relacionada, julgue os itens A.indeterminado e concomitante à inclusão profissional na
subsequentes. empresa.
I O auditório do centro cultural, por estar em edifício privado, B.determinado e anterior à inclusão profissional na empresa.
está dispensado de reservar local especial para pessoas C.determinado e concomitante à inclusão profissional na
com deficiência. empresa.
II Luísa poderá ser transportada manualmente por D.indeterminado e anterior à inclusão profissional na
funcionários do centro cultural, como forma, prevista empresa.
legalmente, de suprir a inexistência de rampas de acesso. E.determinado e posterior à inclusão profissional na
III O centro cultural cumpre as exigências legais quanto à empresa.
quantidade de banheiros acessíveis a pessoas com
deficiência. 22 - Atenção: Para responder às questões de números
IV Os banheiros e elevadores acessíveis a pessoas com 17 e 18, considere a Lei no 13.146/2015 − Estatuto da
deficiência ou com mobilidade reduzida são também Pessoa com Deficiência. Os direitos relacionados ao
destinados a gestantes e pessoas obesas. atendimento prioritário da pessoa com deficiência, são
Estão certos apenas os itens extensivos ao acompanhante da pessoa com deficiência
A.I e II. ou ao seu atendente pessoal, EXCETO, dentre outra
B.I, II e IV. hipótese, quanto
C.I, III e IV. A.à proteção e socorro em quaisquer circunstâncias.
D.II e III. B.ao atendimento em todas as instituições e serviços de
E.III e IV. atendimento ao público.
C.ao recebimento de restituição de imposto de renda.
19 - A Lei no 13.146, de 06 de julho de 2015, afirma que a D.à disponibilização de pontos de parada, estações e
pessoa com deficiência tem direito à cultura, ao esporte, terminais acessíveis de transporte coletivo de passageiros e
ao turismo e ao lazer em igualdade de oportunidades garantia de segurança no embarque e no desembarque.
com as demais pessoas. De acordo com o artigo 42, § E.ao acesso a informações e disponibilização de recursos
2º, o poder público deve adotar soluções destinadas à de comunicação acessíveis.
eliminação, à redução ou à superação de barreiras para
promoção do acesso a todo patrimônio cultural, 23 - A Lei nº 13.146/15 disciplina o reconhecimento de
observadas as normas de: igual perante a lei das pessoas com deficiência. Nesse
A.acessibilidade, ambientais e de proteção ao patrimônio contexto está inserido a curatela, sobre a qual a Lei no
histórico e artístico nacional. 13.146/15 estabelece que
B.segurança em cinemas, casas de espetáculos e ginásios A.a submissão da pessoa deficiente à curatela é obrigatória.
de esportes. B.os curadores são obrigados a prestar contas anualmente
C.conduta ética, ambientais e de programas de televisão. de sua administração ao Ministério Público.
D.segurança no trabalho. C.a definição de curatela de pessoa com deficiência constitui
E.acessibilidade, de programas de televisão e outras medida protetiva extraordinária e durará o menor tempo
atividades culturais. possível.
D.a curatela alcança atos relacionados a todos os direitos
20 - A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com ligados à pessoa com deficiência.
Deficiência (Lei no 13.146 de 6 de julho de 2015) E.para a emissão de documentos oficiais é exigida a
prescreve o dever do Estado, da família, da comunidade situação de curatela da pessoa com deficiência.
escolar e da sociedade em “assegurar educação de
qualidade à pessoa com deficiência, colocando-a a 24 - As disposições gerais da Lei no 13.146/15, que
salvo de toda forma de violência, negligência e instituiu o Estatuto da Pessoa com Deficiência,
discriminação”. Para tanto, prevê a instituição e a oferta estabelece que
de “profissionais de apoio escolar” nas instituições de A.a avaliação da deficiência obrigatoriamente será
ensino básico e superior. De acordo com o Art. 3º, inciso biopsicossocial e será realizada por equipe multiprofissional
XIII, das disposições gerais da legislação, entende-se e interdisciplinar.
como “profissional de apoio escolar”: “XIII – B.qualquer entrave que limite ou impeça o exercício de
profissional de apoio escolar: pessoa que exerce direitos como acessibilidade e liberdade de movimento são
atividades de ______, ______ e ______ do estudante denominados barreiras.
com deficiência e atua em todas as atividades escolares C.barreira urbanística são os entraves existentes nos
nas quais se fizer necessária, em todos os níveis e edifícios públicos e privados.
modalidades de ensino, em instituições públicas e D.acessibilidade é um conceito ligado a produtos,
privadas, excluídas as técnicas ou os procedimentos equipamentos, dispositivos e outros que objetivem qualidade
identificados com profissões legalmente estabelecidas”. de vida e inclusão social.
E.pessoas com criança de colo não estão incluídas no
conceito de “pessoa com mobilidade reduzida”.
E.Havendo vagas decorrentes de ação afirmativa, a pessoa
25 - Sobre o “Símbolo Internacional de Surdez”, a com deficiência deverá, necessariamente, concorrer pelas
legislação brasileira determina que cotas.
A.é permitido modificar ou adicionar ao símbolo outros
elementos além do desenho reproduzido pela lei, a 29 - Ao estabelecer condições de alcance para pessoa
depender de seu local de fixação. com deficiência ou com mobilidade reduzida utilizar,
B.o símbolo deverá ser colocado, obrigatoriamente, em com segurança e autonomia, espaços, mobiliários,
todos os locais que possibilitem acesso, circulação e equipamentos urbanos, edificações, transportes,
utilização por pessoas com deficiência auditiva. informação e comunicação, inclusive seus sistemas e
C.é lícita a utilização do símbolo para outras finalidades para tecnologias, bem como outros serviços e instalações
além dos interesses do deficiente auditivo. abertos ao público, de uso coletivo público ou privado,
D.é vedado o uso do símbolo para identificar veículos tanto na zona urbana quanto na rural, a legislação
conduzidos por deficiente auditivo, pois tal conduta é garante a pessoas nessa situação o direito à
discriminatória. A.funcionalidade.
E.é proibida a reprodução do símbolo em publicações e B.adaptação.
outros meios de comunicação relevantes para os interesses C.inclusão.
do deficiente auditivo. D.mobilidade.
E.acessibilidade.
26 - Em 2015 foi aprovada lei que prevê diversos direitos
para pessoas que tenham “impedimento de longo prazo 30 - Cabe ao poder público aprimorar os sistemas
de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o educacionais, garantindo às pessoas com deficiência
qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode condições de acesso, permanência, participação e
obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade aprendizagem, por meio da oferta de serviços e de
em igualdade de condições com as demais pessoas”. O recursos de acessibilidade que eliminem as barreiras e
enunciado se refere à promovam a sua inclusão plena. É o que está disposto
A.Lei nº 10.048, que dá prioridade de atendimento às na
pessoas com deficiência. A.Lei n. 8.069, de 13 de junho de 1990.
B.Lei nº 11.126, que dispõe sobre o direito do portador de B.Lei n. 9.394, de 21 de janeiro de 1996.
deficiência visual de ingressar e permanecer em ambientes C.Lei n. 13.146, de 6 de julho de 2015.
de uso coletivo acompanhado de cão-guia. D.Lei n. 2.345, de 12 de fevereiro de 2015.
C.Lei nº 10.098, que estabelece normas gerais e critérios
básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas 31 - O Estatuto da Pessoa com Deficiência foi
com deficiência ou com mobilidade reduzida. introduzido no ordenamento jurídico brasileiro através
D.Constituição da República Federativa do Brasil. da Lei nº 13.146/2015.
E.Lei nº 13.146, que institui o Estatuto da Pessoa com
Deficiência.

27 - A respeito dos direitos das pessoas com deficiência


e dos conceitos estabelecidos pela legislação de
regência, assinale a opção correta.
A.A prioridade na aquisição de imóvel de programa
habitacional público é deferida à pessoa com deficiência
sempre que signifique melhora de moradia, sem limite de
vezes.
B.O serventuário da justiça que, no exercício de suas
funções, tomar conhecimento de violação aos direitos de
pessoa com deficiência deve remeter peças ao Ministério
Público para as providências cabíveis.
C.O conceito de atendente pessoal abarca a prestação, por
enfermeiro, de serviço de enfermagem a pessoas com
deficiência.
D.As ações e os serviços de saúde pública destinados à
pessoa com deficiência devem assegurar atendimento
psicológico também a seus familiares.
E.A isenção do imposto de renda é um dos benefícios
reservados à pessoa com deficiência, não se estendendo a
seu acompanhante.
A sequência correta é
28 - Considerando a legislação relativa à pessoa com A.F ‒ V ‒ F ‒ F.
deficiência, assinale a opção correta. B.F ‒ V ‒ V ‒ V.
A.Pessoas com deficiência têm direito a planos de saúde C.V ‒ V ‒ V ‒ V.
específicos, que podem ter redução de cobertura em relação D.V ‒ F ‒ V ‒ F.
aos demais clientes, desde que haja redução proporcional E.V ‒ F ‒ F ‒ V.
do preço.
B.Os hotéis construídos antes da edição da Lei n.º 32 - Barreiras são qualquer entrave, obstáculo, atitude
13.146/2015 têm o prazo de até dez anos para adotar todos ou comportamento que limite ou impeça a participação
os meios de acessibilidade estabelecidos na lei. social da pessoa, bem como o gozo, a fruição e o
C.O princípio do desenho universal não é aplicável a exercício de seus direitos à acessibilidade, à liberdade
serviços, mas apenas a produtos e ambientes. de movimento e de expressão, à comunicação, ao
D.A acessibilidade deve ser entendida não só como direito, acesso à informação, à compreensão, à circulação com
mas também como princípio e garantia para o pleno segurança, entre outros. Acerca da classificação das
exercício de demais direitos. barreiras, assinale a alternativa correta à luz do Estatuto
da pessoa com deficiência (Lei n.º 13.146/2015).
A.Barreiras tecnológicas são as que dificultam ou impedem D.à alimentação.
o acesso da pessoa com deficiência às tecnologias. E.ao respeito e à convivência familiar e comunitária.
B.As barreiras nos transportes são as existentes nas vias e
nos espaços públicos e privados abertos ao público ou de 02 - Nos termos do Estatuto do Idoso, quanto aos
uso coletivo. direitos fundamentais é correto afirmar:
C.Barreiras nas comunicações e na informação são as A.Assegura-se prioritariamente a saúde mental do idoso.
atitudes ou os comportamentos que impeçam ou B.Os direitos dos idosos são os previstos apenas no
prejudiquem a participação social da pessoa com deficiência Estatuto do Idoso.
em igualdade de condições e oportunidades com as demais C.O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes
pessoas. à pessoa humana.
D.As barreiras existentes nos edifícios públicos e privados D.Não há previsão do seu aperfeiçoamento moral, mas
são chamadas de barreiras urbanísticas. apenas intelectual.
E.Qualquer entrave, obstáculo, atitude ou comportamento E.O envelhecimento é um direito universal e a sua proteção
que dificulte ou impossibilite a expressão ou o recebimento um direito privado.
de mensagens e de informações por intermédio de sistemas
de comunicação e de tecnologia da informação corresponde 03 - João, Maria e Pedro têm, respectivamente, 65, 60 e
às barreiras atitudinais. 55 anos de idade. Nos termos do Estatuto do Idoso, são
assegurados direitos somente a:
33 - Com base no Estatuto da pessoa com deficiência A.João, Pedro e Maria.
(Lei n.º 13.146/2015), assinale a alternativa correta. B.Pedro e João.
A.O Poder Legislativo criará instrumentos para avaliação C.Maria.
das deficiências. D.Maria e Pedro.
B.Toda pessoa com deficiência tem direito a oportunidades E.João e Maria.
diferenciadas e não sofrerá nenhuma espécie de
discriminação. 04 - Aponte a alternativa incorreta quanto à previsão
C.As deficiências afetam a plena capacidade civil da pessoa, contida no Estatuto do Idoso:
inclusive para exercer direitos sexuais e reprodutivos. A.É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do
D.Nos serviços de emergência públicos e privados, a Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade,
prioridade conferida pela Lei n.º 13.146/2015 é condicionada a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à
aos protocolos de atendimento médico. educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à
E.Em caso de pessoa com deficiência em situação de cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à
curatela, é dispensável o consentimento prévio para a convivência familiar e comunitária.
realização de tratamento, procedimento, hospitalização e B.Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de
pesquisa científica. negligência, discriminação, violência, crueldade ou
opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou
34 - No que diz respeito ao direito das pessoas com omissão, será punido na forma da lei.
deficiência à educação e ao trabalho, assinale a C.É dever de todos prevenir a ameaça ou violação aos
alternativa correta à luz do Estatuto da pessoa com direitos do idoso.
deficiência (Lei n.º 13.146/2015). D.Todo ser humano tem o dever de comunicar à autoridade
A.Às instituições privadas, de qualquer nível e modalidade competente qualquer forma de violação a esta Lei que tenha
de ensino, é permitida a cobrança de valores adicionais em testemunhado ou de que tenha conhecimento.
suas mensalidades, anuidades e matrículas com o objetivo E.Os idosos tem prioridade no recebimento da restituição do
de cumprir as determinações da lei para receber os Imposto de Renda.
estudantes com deficiência.
B.Os tradutores e intérpretes da Libras, quando 05 - A garantia de prioridade prevista no estatuto do
direcionados à tarefa de interpretar nas salas de aula dos idoso compreende:
cursos de graduação e pós-graduação, devem, no mínimo, I – atendimento preferencial mediato e individualizado junto
possuir ensino médio completo e certificado de proficiência aos órgãos públicos e privados prestadores de serviços à
na Libras. população.
C.A tradução completa do edital e de suas retificações em II – preferência na formulação e na execução de políticas
Libras é uma das medidas a serem adotadas nos processos sociais públicas específicas.
seletivos para ingresso e permanência nos cursos III – destinação privilegiada de recursos públicos nas áreas
oferecidos pelas instituições de ensino superior e de relacionadas com a proteção ao idoso.
educação profissional e tecnológica, públicas e privadas. IV – viabilização de formas alternativas de participação,
D.A pessoa com deficiência tem direito ao acesso a cursos, ocupação e convívio do idoso com as demais gerações.
treinamentos, educação continuada, planos de carreira, Estão corretas as afirmativas constantes nos itens:
promoções, bonificações e incentivos profissionais A.II,III e IV.
oferecidos pelo empregador, sem concorrer com os demais B.III e IV, apenas.
empregados. C.I, II e III.
E.A prioridade no atendimento à pessoa com deficiência D.I e III, apenas.
com maior dificuldade de inserção no campo de trabalho E.I e IV.
impossibilita a colocação competitiva da pessoa com 06 - A respeito dos direitos fundamentais do idoso é
deficiência em igualdade de oportunidades com as demais correto afirmar:
pessoas. A.Compete somente ao Estado assegurar à pessoa idosa a
liberdade, o respeito e a dignidade, como pessoa humana e
sujeito de direitos civis, políticos, individuais e sociais,
SIMULADÃO ESTATUTO DO IDOSO LEI Nº 10741/2003 garantidos na Constituição e nas leis.
B.É dever da sociedade zelar pela dignidade do idoso,
01 - É obrigação da família, da comunidade, da colocando-o a salvo de qualquer tratamento desumano,
sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com violento, desmocratizante, vexatório ou constrangedor.
absoluta prioridade, a efetivação do direito, exceto: C.É obrigação do Estado e de toda sociedade, garantir à
A.à aposentadoria. pessoa idosa a proteção à vida e à saúde, mediante
B.à vida. efetivação de políticas sociais públicas que permitam um
C.à saúde. envelhecimento saudável e em condições de dignidade.
D.O direito ao respeito consiste, unicamente, na
inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral. 11 - Considerando-se a proteção ao idoso, descrita na
E.O envelhecimento é um direito personalíssimo e a sua Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), é INCORRETO
proteção um direito social, nos termos desta Lei e da afirmar:
legislação vigente. A.O Poder Público poderá criar varas especializadas e
exclusivas do idoso.
07 - O direito à liberdade, previsto no Estatuto do Idoso, B.É assegurada prioridade na tramitação dos processos e
compreende os seguintes aspectos, exceto: procedimentos e na execução dos atos e diligências judiciais
A.opinião e expressão. em que figure como parte ou interveniente pessoa com
B.faculdade de ir, vir e estar nos logradouros públicos e idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, em qualquer
espaços comunitários, sem ressalvas. instância.
C.prática de esportes e de diversões. C.A prioridade processual cessará com a morte do
D.participação na vida familiar e comunitária. beneficiado.
E.faculdade de buscar refúgio, auxílio e orientação. D.Dentre os processos de idosos, dar-se-á prioridade
especial aos maiores de oitenta anos.
08 - O Estatuto do Idoso - Lei nº 10.741, de 01 de outubro
de 2003 – é destinado a regular os direitos assegurados 12 - Dadas as afirmativas quanto ao Estatuto do Idoso,
às pessoas com: Lei nº 10.741, de 1 de outubro de 2003, em seu capítulo
A.idade igual ou superior a 50 (cinquenta) anos. VIII, que trata sobre a assistência social,
B.idade igual ou superior a 50 (cinquenta) anos. I. Todas as entidades de longa permanência são obrigadas a
C.idade superior a 60 (sessenta) anos, desde que firmar contratos com a pessoa idosa abrigada.
aposentado, somente. II. A assistência social deverá ser prestada exclusivamente
D.idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos. pelo que determina a Lei Orgânica da Assistência Social.
E.idade igual ou superior a 65 (sessenta e cinco) anos, III. É vedada a cobrança de participação do idoso no custeio
apenas. da entidade filantrópica que o abrigue.
verifica-se que está(ão) correta(s)
09 - Considere as seguintes afirmações em relação ao A.I, apenas.
Estatuto do Idoso: B.III, apenas.
I. A participação dos idosos em atividades culturais e de C.I e II, apenas.
lazer será proporcionada mediante descontos de, pelo D.II e III, apenas.
menos, 50% nos ingressos para eventos artísticos, culturais, E.I, II e III.
esportivos e de lazer, sem a cesso preferencial aos
respectivos locais. 13 - Dadas as afirmativas quanto ao Estatuto do Idoso,
II. As instituições de educação superior ofertarão às pessoas I. A obrigação alimentar é solidária.
idosas, na perspectiva da educação ao longo da vida, cursos II. As transações referentes a alimentos poderão ser
e programas de extensão, presenciais ou a distância, celebradas perante o Promotor de Justiça.
constituídos por atividades formais e não formais. III. Se o idoso ou seus familiares não possuírem condições
III. Para desempate em concurso público, o primeiro critério econômicas de prover o seu sustento, esse provimento será
será o de idade, dando-se preferência ao de idade menos imposto ao Poder Público no âmbito da assistência social.
elevada. verifica-se que está(ão) correta(s)
Está correto o que se afirma em A.I, apenas.
A.I e II, apenas. B.II, apenas.
B.III, apenas. C.I e III, apenas.
C.I, II e III. D.II e III, apenas.
D.II, apenas. E.I, II e III.
E.I e III, apenas.
14 - De acordo com a Lei n. 10.741, de 01 de outubro de
10 - Amarildo contava com 64(sessenta e quatro) anos 2003 é CORRETO afirmar que:
de idade quando foi citado para uma ação judicial. Como A.É vedada a discriminação do idoso nos planos de saúde,
não tinha recursos financeiros para contratar um sendo facultativa a cobrança de valores diferenciados em
advogado, procurou a Defensoria Pública Estadual, que razão da idade e da projeção de despesas decorrentes de
se encarregou de sua defesa. Na contestação oferecida seu tratamento de saúde.
por Amarildo, o seu defensor requereu prioridade na B.Em relação à educação, cultura, esporte e lazer, todas as
tramitação do seu processo. Dois anos depois de tal entidades de longa permanência, ou casa-lar, são obrigadas
requerimento, Amarildo faleceu, sem que o processo a firmar contrato de prestação de serviços com a pessoa
ainda tivesse sido julgado. Consideradas as regras de idosa abrigada.
acesso à Justiça, conferidas ao idoso pela Lei nº C.Os crimes definidos no Estatuto do Idoso são de ação
10.741/2003 (Estatuto do Idoso) é correto afirmar que penal pública incondicionada, ressalvadas as hipóteses de
A.o defensor de Amarildo tinha razão quando reclamou dos aplicação dos Art. 181 e 182 do Código Penal Brasileiro.
servidores que movimentaram, antes do dele, o processo de D.Ao idoso é assegurado o direito de optar pelo tratamento
um idoso que contava com mais de 80 anos de idade. de saúde que lhe for reputado mais favorável, desde que ele
B.a prioridade concedida a Amarildo não cessou com a sua esteja no domínio de suas faculdades mentais.
morte, estendendo-se em favor da sua companheira, com
quem tinha uma união estável, que nada data do óbito 15 - Analisando a Lei n. 10.741, de 01 de outubro de
contava com 55(cinquenta e cinco) anos de idade. 2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso, verifica-se
C.antes mesmo da decisão judicial sobre o requerimento de que a garantia de prioridade compreende um rol de
prioridade feito por Amarildo, cabia aos servidores aspectos a serem observados para com a pessoa idosa.
encarregados das movimentações do seu processo, Com base nessa afirmativa, analise as assertivas
verificando que ele fez prova de sua idade, anotar essa abaixo:
circunstância em local visível nos autos. I. A garantia de prioridade compreende a obrigação da
D.a Defensoria Pública Estadual concedeu atendimento família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público
preferencial a Amarildo, observando a regra de prioridade assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do
garantida ao idoso em relação aos Serviços de Assistência direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura,
Judiciária.
ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à A.o agente público deverá promover o contato necessário
dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. com o idoso em sua residência.
II. A garantia de prioridade compreende atendimento B.o idoso se fará representar por procurador legalmente
preferencial imediato e individualizado junto aos órgãos constituído.
públicos e privados prestadores de serviços à população. C.o idoso se fará representar pelos familiares.
III. A garantia de prioridade compreende viabilização de D.o idoso se fará representar pelo médico.
formas alternativas de participação, ocupação e convívio do E.o idoso poderá ser representado por algum organismo de
idoso com as demais gerações. assistência social devidamente credenciado.
Marque a alternativa CORRETA:
A.Apenas as assertivas I e II estão corretas. 20 - É crime contra o idoso, conforme define a Lei nº
B.Apenas as assertivas II e III estão corretas. 10.741/2003:
C.Apenas as assertivas I e III estão corretas. A.recusar atendimento a suas exigências pessoais.
D.Todas as assertivas estão corretas. B.impedir acesso ao transporte coletivo municipal, quando
este der prova de sua idade, desde que não seja nos
16 - À luz do Estatuto do Idoso, consideram-se idosos serviços de transporte seletivos e especiais, quando
os indivíduos com idade igual ou superior a prestados paralelamente aos serviços regulares.
A.setenta anos. C.negar acesso a emprego ou cargo público por motivo de
B.sessenta anos. saúde.
C.cinquenta e cinco anos. D.receber doação por ele feita de boa-fé e de plena
D.sessenta e cinco anos, se for homem, e sessenta anos, se consciência, mas que não tenha sido submetida à
for mulher. autoridade mediadora.
E.sessenta anos, se for homem, e cinquenta e cinco anos, E.recusar-se a oferecer o assento privativo aos idosos nos
se for mulher. ônibus coletivos municipais ou intermun

17 - Jorge, servidor idoso do Tribunal Regional Eleitoral, 21 - Quatro amigos – Alfredo, Ragnar, Ulisses e Gisele –
ao dirigir-se de carro à sede do tribunal, com o intuito de discutiam a respeito da garantia de prioridade no
tratar de assuntos relativos à sua aposentadoria, não recebimento da restituição do Imposto de Renda
encontrou vaga de idoso e estacionou em local distante prevista no Estatuto do Idoso (Lei no 10.741/2003), mas
da entrada do prédio. Ao chegar ao setor de recursos persistiu a dúvida referente a qual deles é ou não
humanos do tribunal, Jorge solicitou atendimento considerado idoso para o referido diploma legal.
preferencial, no entanto, o funcionário responsável Considere que Alfredo tem 58 anos de idade; Ragnar, 72
negou o pedido, alegando estar muito ocupado. Por fim, anos de idade; Ulisses, 63 anos de idade; e Gisele, 56
após mais de uma hora de espera, Jorge desistiu do anos de idade.
atendimento e foi embora. Assinale a alternativa que apresenta, de forma correta,
Considerando essa situação hipotética e à luz do nos termos do Estatuto do Idoso, que personagem(ns)
Estatuto do Idoso, assinale a opção correta. da situação hipotética narrada pode(m) ser
A.O Tribunal Regional Eleitoral deve assegurar, pelo menos, considerado(s) idoso(s).
15% das suas vagas de estacionamento para idosos. A.Apenas Ragnar, pois o Estatuto do Idoso considera como
B.O setor de recursos humanos poderá exigir o idosas as pessoas com idade igual ou superior a 70 anos.
comparecimento pessoal de Jorge à repartição para B.Apenas Ragnar e Ulisses, pois o Estatuto do Idoso
assinatura de documentos relativos à sua aposentadoria, considera como idosas as pessoas com idade igual ou
ainda que ele esteja enfermo. superior a 60 anos.
C.O funcionário que negou atendimento preferencial a Jorge C.Apenas Ragnar, Ulisses e Gisele, pois o Estatuto do Idoso
está sujeito ao pagamento de multa administrativa de até mil considera como idosos os homens com idade igual ou
reais e multa cível a ser arbitrada pelo juiz. superior a 60 anos e considera como idosas as mulheres
D.Jorge, por ser servidor do Tribunal Regional Eleitoral, não com idade igual ou superior a 55 anos.
goza do direito de atendimento preferencial no setor de D.Nenhum dos quatro pode ser considerado idoso, tendo em
recursos humanos do órgão. vista que o Estatuto do Idoso considera como idosas as
E.Caso Jorge ajuíze ação para tratar de sua aposentadoria, pessoas com idade igual ou superior a 80 anos.
não será assegurada a ele prioridade na tramitação do E.Todos os quatro podem ser considerados idosos, pois o
processo. Estatuto do Idoso considera como idosas as pessoas com
idade igual ou superior a 50 anos.
18 - Contempla todas as pessoas que têm assegurado
por lei o direito ao atendimento prioritário em uma 22 - De acordo com o Estatuto do Idoso, constituem
repartição pública: obrigações das entidades de atendimento ao idoso:
A.pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou A.Oferecer instalações físicas em condições adequadas de
superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas habitabilidade.
com crianças de colo e os obesos. B.Oferecer atendimento personalizado.
B.pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou C.Proceder a estudo social e pessoal de cada caso.
superior a 70 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas D.Manter no quadro de pessoal profissionais com formação
com crianças de colo e os obesos. específica.
C.pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou E.Todas as alternativas estão corretas.
superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes e as pessoas
com crianças de colo. 23 - Complete a sentença a seguir: É dever de/do(a)(s)
D.pessoas com deficiência e idosos com idade igual ou ____________ zelar pela dignidade do idoso, colocando-
superior a 70 anos. o a salvo de qualquer tratamento desumano, violento,
E.pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou aterrorizante, vexatório ou constrangedor.
superior a 60 anos e as gestantes. A.Do Estado.
B.Da família.
19 - Uma vez necessário o comparecimento de um idoso C.Da igreja.
enfermo perante os órgãos públicos, quando do D.De todos.
interesse do próprio idoso, de acordo com as E.Dos filhos.
disposições da Lei no 10.741/2003, é admitido o
seguinte procedimento:
24 - De acordo com o Estatuto do Idoso, é correto 28 - O Estatuto do Idoso (Lei nº 741/2003/1990)
afirmar: estabelece a obrigatoriedade de assegurar ao idoso,
A.Falecendo o idoso, beneficiado com a prioridade de com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à
tramitação em um determinado processo judicial, o benefício saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte,
será estendido em favor do cônjuge supérstite, ainda que ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à
com idade inferior a sessenta anos. dignidade, ao respeito e à convivência familiar e
B.Aos idosos, a partir de sessenta anos, que não possuam comunitária. Em relação à responsabilidade em cumprir
meios para prover sua subsistência, nem de tê-la provida e assegurar ao idoso os direitos supracitados, marque V
por sua família, é assegurado o benefício mensal de um para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
salário-mínimo, nos termos da Lei Orgânica da Assistência ( ) É obrigação da família.
Social − LOA. ( ) É obrigação da comunidade.
C.É vedada a discriminação do idoso nos planos de saúde ( ) É obrigação da sociedade.
pela cobrança de valores diferenciados em razão da idade. ( ) É obrigação do Poder Público.
D.Considera-se apenas infração administrativa, punida com A sequência está correta em
multa, obstar o acesso de alguém a um determinado cargo A.V, F, F, V.
público por motivo de idade. B.F, F, V, V.
E.No sistema de transporte coletivo interestadual observar- C.V, V, F, V.
se-á, nos termos da legislação específica, a reserva de três D.V, V, V, V.
vagas gratuitas, por veículo, para idosos com renda igual ou
inferior a dois salários mínimos. 29 - As medidas de proteção ao idoso, previstas no
Estatuto do Idoso,
25 - O Estatuto do Idoso é destinado a regular os A.desconsideram os fins sociais a que se destinam.
direitos assegurados às pessoas com idade igual ou B.podem ser aplicadas, isolada ou cumulativamente.
superior a: C.somente podem ser aplicadas em casos de riscos à saúde
A.55 anos de idade. mental do idoso.
B.70 anos de idade. D.objetivam o fortalecimento dos vínculos familiares, através
C.60 anos de idade. do distanciamento comunitário.
D.75 anos de idade. E.como requisição para tratamento de sua saúde, em
E.65 anos de idade. regime ambulatorial, hospitalar ou domiciliar, não é uma das
medidas previstas na legislação.
26 - O Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003/1990)
estabelece que a participação dos idosos em atividades 30 - Medidas de proteção aos idosos estão previstas no
culturais e de lazer será proporcionada mediante Estatuto do Idoso. Em qual das situações descritas tais
descontos de pelo menos 50% nos ingressos para medidas devem ser aplicadas?
eventos, bem como o acesso preferencial aos A.No caso de amparo integral da sociedade.
respectivos locais. Em relação à classificação dos B.Em razão de condições pessoais dos idosos.
eventos contemplados com os descontos supracitados, C.No caso da integralidade do cuidado familiar.
marque V para as alternativas verdadeiras e F para as D.Diante da oferta de políticas públicas articuladas.
falsas. E.Diante da extensão de benefícios e serviços da parte do
( ) Eventos artísticos. Estado.
( ) Eventos de lazer.
( ) Eventos esportivos. 31 - Em casos de suspeita ou confirmação de violência
( ) Eventos culturais. praticada contra idosos, os serviços de saúde públicos
A sequência está correta em e privados devem notificar, compulsoriamente, a
A.V, F, V, V. autoridade sanitária e comunicar, obrigatoriamente, ao
B.V, F, F, V. seguinte órgão:
C.V, V, V, V. A.Conselho Tutelar.
D.F, V, V, F. B.Autoridade policial.
C.Ministério publicizador.
27 - O Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03) estabelece D.Conselho Municipal da Assistência Social.
várias medidas assecuratórias, bem como veda E.Conselho Regional de Assistentes Sociais.
condutas discriminatórias em razão da idade. Nos
termos do referido estatuto, constituem crimes as 32 - O Estatuto do Idoso instituído é destinado à regular
seguintes práticas, EXCETO: os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou
A.Exibir ou veicular, por qualquer meio de comunicação, superior a __________. Assinale a alternativa que
informações ou imagens depreciativas ou injuriosas à preenche corretamente a lacuna acima:
pessoa do idoso. A. 50 anos
B.Apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou B. 65 anos
qualquer outro rendimento do idoso, dando-lhes aplicação C. 60 anos
diversa da de sua finalidade. D. 55 anos
C.Fixar limite máximo de idade para admissão em qualquer
trabalho ou emprego, inclusive para concursos, mesmo nos 33 - Visando a integração do idoso à vida moderna, o
casos em que a natureza do cargo o exigir. Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/ 2003) prevê que
D.Abandonar o idoso em hospitais, casas de saúde, A. as faculdades públicas das áreas humanas reservem
entidades de longa permanência ou congêneres, ou não 5% de suas vagas para os idosos que apresentem a
prover suas necessidades básicas, quando obrigado por lei certificação do Ensino Médio completo ou equivalente.
ou mandado. B. os idosos tenham direito à formação profissional pública
E.Discriminar pessoa idosa, impedindo ou dificultando seu e/ou privada por meio de telecursos profissionalizantes e
acesso às operações bancárias, aos meios de transporte, ao cursos de informática a distância.
direito de contratar ou por qualquer outro meio ou C. os cursos especiais para idosos incluirão conteúdo
instrumento necessário ao exercício da cidadania, por relativo às técnicas de comunicação, computação e demais
motivo de idade. avanços tecnológicos.
D. os idosos sejam preparados para a aposentadoria por para idosos com renda igual ou inferior a 2 (dois) salários
meio de atividades educacionais que possibilitem sua mínimos.
adaptação ao mercado de trabalho. - É assegurada a reserva, para os idosos, nos termos da lei
local, de 5% (cinco por cento) das vagas nos
34 - Se o idoso ou seus familiares não possuir estacionamentos públicos e privados, as quais deverão ser
condições econômicas de prover o seu sustento, impõe- posicionadas de forma a garantir a melhor comodidade ao
se ao Poder Público esse provimento no âmbito idoso.
A. dos Conselhos Municipais da Saúde. Quantas são corretas?
B. da Assistência Social. A. Cinco;
C. dos Conselhos Estaduais dos Idosos. B. Quatro;
D. da Procuradoria da União. C. Três;
D. Duas;
35 - De acordo com a Lei n° 10.741/2003, que instituiu o E. Uma.
Estatuto do Idoso, faz parte das garantias de prioridade
ao idoso: 39 - Com base na Lei n.º 10.741 – Estatuto do Idoso, de
A. atendimento médicoemsituações emergenciais. 1.º de outubro de 2003, assinale a alternativa
B. gratuidade em passagens rodoviárias e aeroviárias para INCORRETA:
viagens interestaduais de lazer emgrupo. A. Aos idosos não é assegurado o direito de optar pelo
C. acesso à rede de serviços de educação, saúde e de tratamento de saúde que lhe for reputado mais favorável.
assistência social locais. Cabe tal função aos familiares; ao curador, quando o idoso
D. recebimento da restituição do Imposto de Renda. for interditado; ou ao médico, quando ocorrer iminente risco
E. atendimento em asilos, antes do atendimento por sua de vida e não houver tempo hábil para consulta a curador ou
própria família. familiar.
B. É dever de todos zelar pela dignidade do idoso,
36 - A Lei n.º 10.741 – Estatuto do Idoso, de 1.º de colocando-o a salvo de qualquer tratamento desumano,
outubro de 2003, assegura aos idosos nos programas violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.
habitacionais, públicos ou subsidiados com recursos C. É obrigação do Estado, garantir à pessoa idosa a
públicos, a prioridade na aquisição de imóvel para proteção à vida e à saúde, mediante efetivação de políticas
moradia própria, devendo ser observada a reserva sociais públicas que permitam um envelhecimento saudável
correspondente a: e em condições de dignidade.
A. 10% (três por cento) das unidades residenciais para D. Todo cidadão tem o dever de comunicar à autoridade
atendimento aos idosos. competente qualquer forma de violação ao Estatuto do Idoso
B. 50% (três por cento) das unidades residenciais para que tenha testemunhado ou de que tenha conhecimento.
atendimento aos idosos. E. É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e
C. 20% (três por cento) das unidades residenciais para do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta
atendimento aos idosos. prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à
D. 15% (três por cento) das unidades residenciais para alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao
atendimento aos idosos. trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e
E. 3% (três por cento) das unidades residenciais para à convivência familiar e comunitária.
atendimento aos idosos.
40 - Ao idoso é garantido o acesso à justiça. Com
37 - Segundo a Lei n.º 10.741 – Estatuto do Idoso, de 1.º relação a esta garantia, assinale a alternativa
de outubro de 2003, a assistência social aos idosos será INCORRETA.
prestada de forma articulada, conforme os princípios e A. O Poder Público poderá criar varas especializadas e
diretrizes previstos: exclusivas do idoso.
A. na Lei Orgânica da Assistência Social, na Política B. É assegurada prioridade na tramitação dos processos e
Nacional do Idoso, no Sistema Único de Saúde e nas procedimentos e na execução dos atos e diligências judiciais
demais normas pertinentes. em que figure como parte ou interveniente pessoa com
B. na Lei Orgânica do Município, na Política Nacional do idade igual ou superior a sessenta anos, em qualquer
Idoso, no Sistema Único de Saúde e nas demais normas instância.
pertinentes. C. A prioridade não cessará com a morte do beneficiado,
C. no Instituto Nacional de Previdência e Assistência Social estendendo-se em favor do cônjuge supérstite, companheiro
e na Política Nacional do Idoso. ou companheira, com união estável, maior de sessenta
D. no Sistema Único de Assistência Social Municipal e no anos.
Sistema Único de Saúde. D. A prioridade não se estende aos processos e
E. na Política Nacional de Saúde do Idoso e no Conselho procedimentos na Administração Pública.
Estadual de Assistência Social. E. Para o atendimento prioritário será garantido ao idoso o
fácil acesso aos assentos e caixas, identificados com a
38 - Analise as afirmações sobre o que estipula a Lei n.º destinação a idosos em local visível e caracteres legíveis.
10.741 – Estatuto do Idoso, de 1.º de outubro de 2003,
para o transporte de idosos. 41 - Os casos de suspeita ou confirmação de maus-
- Aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos fica tratos contra idosos serão obrigatoriamente
assegurada a gratuidade dos transportes coletivos públicos comunicados pelos profissionais de saúde a quaisquer
urbanos e semiurbanos, exceto nos serviços seletivos e dos seguintes órgãos, EXCETO.
especiais, quando prestados paralelamente aos serviços A. Autoridade policial.
regulares. B. Ministério Público.
- Para ter acesso à gratuidade, basta que o idoso apresente C. Defensoria Pública.
qualquer documento pessoal que faça prova de sua idade. D. Conselho Municipal do Idoso.
- Nos veículos de transporte coletivo não há necessidade de E. Conselho Nacional do Idoso.
reserva de assentos para os idosos, cabendo aos usuários o
bom censo de dar prioridade para os idosos. 42 - Sobre o Estatuto do Idoso, marque a alternativa
- No sistema de transporte coletivo interestadual deve ser correta:
observada a reserva de 2 (duas) vagas gratuitas por veículo A. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da
integridade física, psíquica e moral, abrangendo a
preservação da imagem, da identidade, da autonomia, de E. haverá a reserva de 04 (quatro) vagas gratuitas, por
valores, ideias e crenças, dos espaços e dos objetos veículo, destinadas aos idosos, no sistema interestadual de
pessoais. transporte coletivo.
B. É considerada idosa a pessoa com idade igual ou 46 - Segundo a Lei 10.741/03,
superior a 65 (sessenta e cinco) anos. A. o Estatuto do Idoso destina-se a regular os direitos
C. Ao idoso portador de necessidades especiais é assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 55
assegurado o direito a acompanhante, devendo o órgão de (cinqüenta e cinco) anos.
saúde proporcionar as condições adequadas para a sua B. o idoso tem atendimento preferencial, imediato e
permanência em tempo integral. individualizado, junto a órgãos públicos e privados
D. A participação dos idosos em atividades culturais e de prestadores de serviços à população.
lazer será proporcionada mediante descontos de pelo C. o dever de prevenir a violação dos direitos do idoso é da
menos 30% (trinta por cento) nos ingressos para eventos competência exclusiva do Poder Público.
artísticos, culturais, esportivos e de lazer, bem como, o D. os idosos terão desconto de, no máximo, 50%
acesso preferencial aos respectivos locais. (cinqüenta por cento) nos ingressos para eventos culturais.
E. os casos de maus-tratos contra idosos serão
43 - Em relação às disposições dos Estatutos da Criança obrigatoriamente comunicados ao Conselho de Integração e
e do Adolescente (Lei n.º 8.069/1990) e do Idoso (Lei n.º Proteção do Idoso.
10.741/2003), assinale a opção correta 47 - De acordo com o Estatuto do Idoso,
A. Compete exclusivamente à autoridade judiciária e ao A. serão reservados 15% (quinze por cento) dos assentos
membro do MP a aplicação de medidas socioeducativas ao para os idosos nos veículos de transporte coletivo.
adolescente pela prática de ato infracional. B. é assegurado aos idosos, a partir dos 65 (sessenta e
B. Compete exclusivamente à autoridade judiciária cinco) anos, que não possuam meios para prover a sua
conceder remissão ao adolescente pela prática de ato subsistência, nem de tê-la provida por sua família, o
infracional equivalente aos crimes de furto e estelionato. benefício mensal de 02 (dois) salários mínimos.
C. Não constitui crime, mas mera infração administrativa, C. é assegurada a prioridade do idoso ao embarcar no
divulgar pela televisão, sem autorização devida, o nome de sistema de transporte coletivo.
criança envolvida em procedimento policial pela suposta D. aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos de idade
prática de ato infracional. ficará assegurada a gratuidade dos transportes coletivos
D. O Estatuto do Idoso proíbe a aplicação das normas públicos urbanos e semi-urbanos, inclusive nos serviços
procedimentais dos juizados especiais criminais para a seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos
apuração dos delitos praticados contra maior de 60 anos de serviços regulares.
idade, ainda que o máximo de pena privativa de liberdade E. haverá a reserva de 4 (quatro) vagas gratuitas, por
cominada não ultrapasse dois anos. veículo, destinada aos idosos, no sistema interestadual de
E. Aquele que retém indevidamente o cartão magnético transporte coletivo.
que permite a movimentação da conta bancária em que é 48 - Segundo a Lei 10.741/03,
depositada mensalmente a pensão de pessoa idosa comete A. o Estatuto do Idoso destina-se a regular os direitos
o delito de estelionato, previsto no Código Penal. assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 55
(cinqüenta e cinco) anos.
44 - Com base na Lei 10.741/03, identifique com V as B. o idoso tem atendimento preferencial, imediato e
afirmativas verdadeiras e com F, as falsas: individualizado, junto a órgãos públicos e privados
( ) O Poder Público poderá criar varas especializadas e prestadores de serviços à população.
exclusivas do idoso. C. o dever de prevenir a violação dos direitos do idoso é da
( ) Constitui crime punível com reclusão dificultar o competência exclusiva do Poder Público.
atendimento, sem justa causa, ao idoso. D. os idosos terão desconto de, no máximo, 50%
( ) Os casos de maus-tratos contra idosos serão (cinqüenta por cento) nos ingressos para eventos culturais.
obrigatoriamente comunicados pelo profissional de Saúde a E. os casos de maus-tratos contra idosos serão
qualquer um dos seguintes órgãos: autoridade policial, obrigatoriamente comunicados ao Conselho de Integração e
Ministério Público, Conselho Municipal do Idoso, Conselho Proteção do Idoso.
Estadual do Idoso, Conselho Nacional do Idoso, podendo e 49 - Considera-se o idoso para efeito de lei a pessoa
devendo, inclusive, ser comunicados à maioria deles. maior de
A alternativa que contém a seqüência correta, de cima para A. 50 anos.
baixo, é a B. 55 anos.
A.V V F C. 60 anos.
B.F V F D. 65 anos.
C.V F V E. 70 anos.
D.F F V
E.V V V 50 - Para responder às questões de 32 a 34, identifique
com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas. Em
45 - De acordo com o Estatuto do Idoso, seguida, marque, na Folha de Respostas, a alternativa
A. serão reservados 15% (quinze por cento) dos assentos que contém a seqüência correta, de cima para baixo, de
para os idosos nos veículos de transporte coletivo. acordo com o seguinte código:
B. é assegurado aos idosos, a partir dos 65 (sessenta e Nos termos da Lei 10.741/03,
cinco) anos, que não possuam meios para prover a sua ( ) são de ação penal pública incondicionada os crimes
subsistência, nem de tê-la provida por sua família, o definidos no Estatuto do Idoso.
benefício mensal de 02 (dois) salários mínimos. ( ) constitui crime dificultar o acesso de pessoa idosa a
C. é assegurada a prioridade do idoso ao embarcar no operações bancárias.
sistema de transporte coletivo. ( ) coagir o idoso a outorgar procuração é crime, cuja pena
D. aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos de idade prevista varia de 06 (seis) meses a 01 (um) ano de reclusão.
ficará assegurada a gratuidade dos transportes coletivos ( ) constitui crime, punível com reclusão de 02 (dois) meses
públicos urbanos e semi-urbanos, inclusive nos serviços a 01 (um) ano e multa, expor a perigo a integridade psíquica
seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos do idoso.
serviços regulares. A.V F V F
B.V F F V
C.F V F V
D.F V V F continuado, assim como próteses, órteses e outros recursos
E.V V F V relativos ao tratamento, habilitação ou reabilitação.
C.A garantia de prioridade ao idoso compreende o
51 - Assinale a alternativa correta, consoante o disposto atendimento preferencial, imediato e individualizado junto
no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003): aos órgãos públicos prestadores de serviços à população,
A.Aos maiores de 60 (sessenta) anos de idade fica mas tal garantia não se aplica às entidades de natureza
assegurada a gratuidade dos transportes coletivos públicos privada.
urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços seletivos e D.A obrigação alimentar é solidária, podendo o idoso optar
especiais, quando prestados paralelamente aos serviços entre os prestadores.
regulares.
B.No sistema de transporte coletivo interestadual e 56 - Constituem obrigações das entidades de
internacional, nos termos da legislação específica, observar- atendimento aos idosos:
se-á a reserva de 2 (duas) vagas gratuitas por veículo para ( ) Fornecer-lhes alimentação em quantidade suficiente.
idosos com renda igual ou superior a 2 (dois) salários ( ) Propiciar-lhes assistência religiosa.
mínimos. ( ) Assegurar transporte aos visitantes dos idosos.
C.Aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos de idade fica A alternativa que contém a seqüência correta, de cima para
assegurada a gratuidade dos transportes coletivos públicos baixo, é a
urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços seletivos e A.V V F
especiais, quando prestados paralelamente aos serviços B.F V F
regulares. C.V F V
D.Todo o idoso, com idade superior a 75 (setenta e cinco) D.F F V
anos de idade, tem direito a um abono mensal no valor E.V V V
correspondente a 1 (um) salário mínimo, a ser pago pelas
prefeituras municipais até o 5º dia útil de cada mês, desde 57 - De acordo com o Estatuto do Idoso,
que comprovem ter renda familiar igual ou inferior a 2 (dois) A. serão reservados 15% (quinze por cento) dos assentos
salários mínimos por mês. para os idosos nos veículos de transporte coletivo.
B. é assegurado aos idosos, a partir dos 65 (sessenta e
53 - Assinale a alternativa correta, consoante o disposto cinco) anos, que não possuam meios para prover a sua
no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003): subsistência, nem de tê-la provida por sua família, o
A.Na admissão do idoso em qualquer trabalho ou emprego, benefício mensal de 02 (dois) salários mínimos.
é vedada a discriminação e a fixação de limite máximo de C. é assegurada a prioridade do idoso ao embarcar no
idade, inclusive para concurso, inadmitida qualquer exceção sistema de transporte coletivo.
ou ressalva. D. aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos de idade
B.O primeiro critério de desempate em concurso público ficará assegurada a gratuidade dos transportes coletivos
será a idade, dando-se preferência ao de idade mais públicos urbanos e semi-urbanos, inclusive nos serviços
elevada. seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos
C.É vedada a discriminação do idoso nos planos de saúde serviços regulares.
pela cobrança de valores diferenciados em razão da idade, E. haverá a reserva de 04 (quatro) vagas gratuitas, por
exceto na hipótese de doenças incapacitantes. veículo, destinadas aos idosos, no sistema interestadual de
D.Os meios de comunicação que não mantiverem espaços transporte coletivo.
ou horários especiais voltados aos idosos, com finalidade
informativa, educativa, artística e cultural poderão sofrer, 58 - Segundo a Lei 10.741/03,
dentre outras sanções administrativas, a perda da A. o Estatuto do Idoso destina-se a regular os direitos
concessão, em caso de reincidência. assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 55
(cinqüenta e cinco) anos.
54 - Assinale a alternativa correta, consoante o disposto B. o idoso tem atendimento preferencial, imediato e
no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003): individualizado, junto a órgãos públicos e privados
A.A obrigação alimentar é subsidiária, devendo o idoso, prestadores de serviços à população.
primeiro, reclamar alimentos dos parentes mais próximos C. o dever de prevenir a violação dos direitos do idoso é da
para, só então, provando esses a impossibilidade de prestá- competência exclusiva do Poder Público.
los, cobrar dos parentes mais distantes. D. os idosos terão desconto de, no máximo, 50%
B.Aos maiores de 75 (setenta e cinco) anos de idade, é (cinqüenta por cento) nos ingressos para eventos culturais.
assegurada a gratuidade dos transportes coletivos E. os casos de maus-tratos contra idosos serão
interestadual e internacional, desde que comprovem a real obrigatoriamente comunicados ao Conselho de Integração e
necessidade. Proteção do Idoso.
C.Nos programas habitacionais, públicos ou privados, com
ou sem a participação de recursos públicos, o idoso goza de 59 - Assinale a alternativa INCORRETA.
prioridade na aquisição de imóvel para moradia própria, A. O casamento civil pode ser dissolvido pelo divórcio,
reservando-se 3% (três por cento) das unidades residenciais após prévia separação judicial por mais de um ano, nos
para atendimento aos idosos. casos expressos em lei, ou comprovada separação de fato
D.A participação dos idosos em atividades culturais e de por mais de dois anos
lazer será proporcionada mediante desconto de pelo menos B. O casamento religioso tem efeito civil, nos termos da lei
50% (cinqüenta por cento) nos ingressos para eventos C. Entende-se, também, como entidade familiar a
artísticos, culturais, esportivos e de lazer, bem como o comunidade formada por qualquer dos pais e seus
acesso preferencial aos respectivos locais. descendentes
D. Aos maiores de 60 (sessenta) anos é garantida a
55 - Assinale a alternativa correta, consoante o disposto gratuidade dos transportes coletivos urbanos.
no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003):
A.O Estatuto do Idoso foi instituído para regular os direitos
assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 65 SIMULADÃO DO ESTATUTO DA IGUALDADE RACIAL
(sessenta e cinco) anos de idade. LEI Nº 12288 DE 20 DE JULHO DE 2010
B.Incumbe ao Poder Público fornecer aos idosos, a preços
populares, medicamentos, especialmente os de uso 01 - A alternativa que não constitui objetivo da Política
Nacional de Saúde Integral da População Negra, de
acordo com o art. 8º da lei nº 12.288, de 20 de julho de 04 - NÃO é objetivo do Sistema Nacional de Promoção
2010, é da Igualdade Racial (SINAPIR), previsto na Lei Federal n°
A a promoção da saúde integral da população negra, 12.288/2010,
priorizando a redução das desigualdades étnicas e o A garantir a eficácia dos meios e dos instrumentos criados
combate à discriminação nas instituições e serviços do para a implementação das ações afirmativas e o
Sistema Único de Saúde (SUS). cumprimento das metas a serem estabelecidas.
B a melhoria da qualidade dos sistemas de informação do B descentralizar a implementação de ações afirmativas
Sistema Único de Saúde (SUS) no que tange à coleta, ao pelos governos estaduais, distrital e municipais.
processamento e à análise dos dados desagregados por cor, C articular planos, ações e mecanismos voltados à
etnia e gênero. promoção da igualdade étnica.
C o fomento à realização abrangente de estudos e D acompanhar e avaliar as etapas de implantação e
pesquisas sobre racismo e saúde da população indígena e desenvolvimento de políticas ou programas de ações
outros grupos vulneráveis. afirmativas nos diferentes setores de ação do Estado
D a inclusão do conteúdo da saúde da população negra nos brasileiro.
processos de formação e educação permanente dos E formular políticas destinadas a combater os fatores de
trabalhadores da saúde. marginalização e a promover a integração social da
E a inclusão da temática saúde da população negra nos população negra.
processos de formação política das lideranças de
movimentos sociais para o exercício da participação e 05 - De acordo com a Lei n o 12.288/2010 (Estatuto da
controle social no SUS. Igualdade Racial), é correto afirmar que:
A Os programas de ações afirmativas serão implementados,
02 - “O Estatuto da Igualdade Racial destina-se a excepcionalmente e apenas na esfera pública, para reparar
garantir à população negra a efetivação da igualdade de as desigualdades sociais e demais práticas discriminatórias
oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, adotadas durante o processo de formação social do País.
coletivos e difusos e o combate à discriminação e às B Nos programas destinados à veiculação pelas emissoras
demais formas de intolerância étnica. [...]” (BRASIL, de televisão, deverá ser adotada a prática de conferir
2010, p.1) oportunidades de emprego para atores, figurantes e técnicos
negros, inclusive quando se tratar de programas que
De acordo com o Estatuto da Igualdade Racial, abordem especificidades de grupos étnicos determinados,
é incorreto afirmar que sendo vedada toda e qualquer discriminação de natureza
A discriminação racial ou étnico-racial é toda distinção, política, ideológica ou étnica.
exclusão, restrição ou preferência baseada em raça, cor, C Serão assegurados à população negra a assistência
descendência ou origem nacional ou étnica que tenha por técnica rural, a simplificação do acesso ao crédito agrícola e
objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo ou o fortalecimento da infraestrutura de logística para a
exercício, em igualdade de condições, de direitos humanos comercialização da produção.
e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, D É assegurada a assistência religiosa aos praticantes de
social, cultural ou em qualquer outro campo da vida pública religiões de matrizes africanas internados em hospitais ou
ou privada. em outras instituições de internação coletiva, exceto àqueles
B desigualdade racial é toda situação injustificada de submetidos a pena privativa de liberdade.
diferenciação de acesso e fruição de bens, serviços e E A fim de integrar a população negra que vive em áreas
oportunidades, nas esferas pública e privada, em virtude de urbanas subutilizadas, degradadas ou em processo de
raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica. degradação é assegurado o direito à moradia adequada,
C desigualdade de gênero e raça é a assimetria existente no que inclui, para efeitos dessa lei, exclusivamente o
âmbito da sociedade que acentua a distância social entre provimento habitacional.
mulheres negras e os demais segmentos sociais.
D população negra é o conjunto de pessoas que assim 06 - De acordo com o Estatuto da Igualdade Racial (Lei
sejam reconhecidas em procedimento administrativo estatal n° 12.288/2010), a participação da população negra, em
próprio, que contará com a participação de entidades condição de igualdade de oportunidade, na vida
afrodescendentes. econômica, social, política e cultural do País será
E políticas públicas são as ações, iniciativas e programas promovida, dentre outros, prioritariamente, por meio de
adotados pelo Estado no cumprimento de suas atribuições
institucionais. I. eliminação dos obstáculos históricos, socioculturais e
institucionais que impedem a representação da diversidade
03 - À luz da Lei 12.288/2010, assinale a étnica nas esferas pública e privada.
afirmativa incorreta. II. modificação das estruturas institucionais do Estado para o
A Na produção de filmes e programas destinados à adequado enfrentamento e a superação das desigualdades
veiculação pelas emissoras de televisão e em salas étnicas decorrentes do preconceito e da discriminação
cinematográficas, deverá ser adotada a prática de conferir étnica.
oportunidades de emprego para atores, figurantes e técnicos III. inclusão nas políticas públicas de desenvolvimento
negros. econômico e social e adoção de medidas, programas e
B Nos estabelecimentos de Ensino Fundamental e de políticas de ação afirmativa.
Ensino Médio privados, é facultado o estudo da história geral
da África. Está correto o que se afirma em
C População negra é o conjunto de pessoas que se A I e II, apenas.
autodeclaram pretas e pardas. B II, apenas.
D Ações afirmativas são programas e medidas especiais C III, apenas.
adotadas pelo Estado e pela iniciativa privada para a D I, apenas.
correção das desigualdades raciais e para a promoção da E I, II e III.
igualdade de oportunidades. 07 - Com base no Estatuto da Igualdade Racial, a
E O poder público garantirá o registro e a proteção da participação da população negra, em condição de
capoeira, em todas as suas modalidades, como bem de igualdade de oportunidade na vida econômica, social,
natureza imaterial e de formação da identidade cultural política e cultural do País será promovida,
brasileira. prioritariamente, dentre outras ações, por meio de
A apoio à iniciativa de entidades que mantenham espaço étnica, ou restringir o reconhecimento, gozo ou exercício, em
para promoção social e cultural da população negra. igualdade de condições e de direitos, no que concerne ao
B desenvolvimento de processos de informação, acesso a serviços públicos.
comunicação e educação para contribuir com a redução das C distinção, exclusão ou assimetria existente no âmbito da
vulnerabilidades da população negra. sociedade que acentua a distância social entre mulheres
C eliminação dos obstáculos históricos, socioculturais e negras e os demais segmentos sociais.
institucionais que impedem a representação da diversidade D distinção, exclusão ou situação injustificada de
étnica nas esferas pública e privada. diferenciação de acesso a serviços e oportunidades, nas
D celebração de festividades e cerimônias de acordo com esferas pública, em virtude de raça, cor, descendência ou
preceitos das respectivas religiões. origem nacional ou étnica, ou restringir o reconhecimento,
E produção e a divulgação de publicações relacionadas ao gozo ou exercício, em igualdade de condições e de direitos,
exercício e à difusão das religiões de matriz africana. no que concerne à aquisição de bens.
E distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada em
08 - Nos termos do Estatuto da Igualdade Racial, a raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica que
população negra tem direito à participar de atividades tenha por objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo
educacionais, culturais, esportivas e de lazer adequadas ou exercício, em igualdade de condições, de direitos
a seus interesses e condições, de modo a contribuir humanos e liberdades fundamentais nos campos político,
para o patrimônio cultural de sua comunidade e da econômico, social, cultural ou em qualquer outro campo da
sociedade brasileira. vida pública ou privada.

São providências para o cumprimento deste disposto: 11 - O Estatuto da Igualdade Racial (Lei nº 12.288/2010)
instituiu, como forma de organização e articulação
I. Promoção de ações para viabilizar e ampliar o acesso da voltadas à implementação do conjunto de políticas e
população negra ao ensino gratuito e às atividades serviços destinados a superar as desigualdades étnicas
esportivas e de lazer. existentes no país:
II. Desenvolvimento de campanhas educativas, inclusive nas A a Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas
escolas, para que a solidariedade aos membros da as Formas de Discriminação Racial.
população negra faça parte da cultura de toda a sociedade. B o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial.
III. Implementação de políticas públicas para o C os Juizados Especiais Criminais.
fortalecimento da juventude negra brasileira. D o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao
Trabalhador.
Está correto o que se afirma em E o Ministério dos Direitos Humanos.
A I e III, apenas.
B III, apenas. 12 - Para efeito do Estatuto da Igualdade Racial,
C I e II, apenas. instituído pela Lei Federal nº 12.288, de 20 de julho de
D I, II e III. 2010, desigualdade racial é
E II, apenas. A a assimetria existente no âmbito da sociedade que
acentua a distância social entre as mulheres negras e os
09 - A participação da população negra, em condição de demais segmentos sociais.
igualdade e de oportunidade, na vida econômica, social, B a restrição à liberdade de consciência e de crença e ao
política e cultural do País será promovida, livre exercício dos cultos religiosos de matriz africana.
prioritariamente, por meio de: C a distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada
em raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica.
I. Inclusão nas políticas públicas de desenvolvimento D a situação injustificada de diferenciação de acesso e
econômico e social. fruição de bens, serviços e oportunidades em virtude de
II. Apoio às iniciativas que visam superar as dificuldades de raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica.
aprendizado dessa população nas escolas, em especial no E a restrição ao exercício de direitos no campo político em
processo de alfabetização. razão da cor.
III. Implementação de programas socioeducativos voltados
primeiramente à população que enfrenta situações de risco 13 - No Brasil, a partir do século XXI, percebe-se um
social. incremento de ações e políticas públicas que estimulam
IV. Eliminação dos obstáculos históricos, socioculturais e a redução da desigualdade racial. Sobre o tema da
institucionais que impedem a representação da diversidade discriminação racial é INCORRETO afirmar que:
étnica nas esferas pública e privada. A a presença de pessoas negras em cargos públicos exerce
um papel simbólico na sociedade.
Está correto o que se afirma APENAS em B a diversidade étnico-racial é importante para a formação
A I e IV. dos estudantes universitários.
B I e III. C a redução da desigualdade racial exige a superação de
C II e III. uma perspectiva meramente formal do princípio da
D I, II e IV. isonomia.
E II, III e IV. D é assegurada a assistência religiosa aos praticantes de
religiões de matrizes africanas nos estabelecimentos
10 - Nos termos da Lei no 12.288/2010 (Estatuto da prisionais.
Igualdade Racial), considera-se discriminação racial ou E o estudo da história geral da África é facultativo nos
étnico-racial toda estabelecimentos privados de ensino médio.
A distinção, exclusão ou assimetria existente no âmbito da
sociedade que acentua a diferenciação de acesso a serviços 14 - O Estatuto da Igualdade Racial abarca questões tais
e oportunidades distanciando as mulheres negras e os como o livre exercício dos cultos religiosos de matriz
demais segmentos sociais, visando a segregação e a africana. Nesse sentido, pode-se afirmar que:
diferenciação de acesso a bens e serviços públicos e A O combate à intolerância com as religiões de matrizes
privados. africanas exclui de seu âmbito de proteção os mananciais a
B distinção, exclusão ou situação injustificada de elas vinculados.
diferenciação de acesso a bens, nas esferas privada, em
virtude de raça, cor, descendência ou origem nacional ou
B A pena privativa de liberdade impede a assistência 18 - O Estatuto da Igualdade Racial prevê
religiosa aos praticantes das religiões de matriz africana que A o reconhecimento da capoeira como manifestação cultural
se encontram no cumprimento de tal pena. regional.
C A celebração de reuniões relacionadas à religiosidade e a B a inclusão de quilombolas nos usos e costumes, tradições
fundação e manutenção, por iniciativa privada, inclusive em e manifestos próprios do local onde desejam se instalar, fora
lugares não reservados para tais fins. de suas comunidades, de modo a diminuir as diferenças
D É assegurada a possibilidade de criação de instituições culturais.
beneficentes privadas ligadas às convicções religiosas C que a desigualdade de gênero e raça é a assimetria
derivadas dos cultos de matrizes africanas. existente no âmbito da sociedade que acentua a distância
E Os representantes das religiões de matrizes africanas social entre mulheres negras e os demais segmentos
possuem assento paritário em relação às demais religiões sociais.
em conselhos públicos. D como ações afirmativas os programas e medidas
especiais adotados pelo Estado para a correção das
15 - Com relação ao Estatuto da Igualdade Racial, Lei n° desigualdades raciais, excluindo desse conceito legal as
12.288/2010, é correto afirmar que ações da iniciativa privada.
A define ações afirmativas como sendo programas e E a participação da população negra, em condição de
medidas especiais adotadas exclusivamente pelo Estado igualdade de oportunidades, na vida econômica, social,
para correção das desigualdades sociais e para a promoção política e cultural do País, por meio de estímulo de iniciativas
de igualdade de oportunidades. de promoção, preservando-se a igualdade no acesso a
B define políticas públicas como sendo ações, iniciativas e recursos públicos.
programas adotados pelo Estado e pelo setor privado,
mediante políticas de incentivo, para a correção das 19 - Assinale a alternativa INCORRETA sobre a prática
desigualdades sociais e para a promoção de oportunidades. da capoeira de acordo com a Lei Federal nº 12.288, de 20
C instituiu o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade de julho de 2010, que institui o Estatuto da Igualdade
Racial como forma de organizar e articular o conjunto de Racial.
políticas e serviços destinados a superar as desigualdades A O poder público garantirá o registro e a proteção da
étnicas prestado pelo poder público federal, vedada a capoeira, em todas as suas modalidades, como bem de
participação da iniciativa privada. natureza imaterial e de formação da identidade cultural
D estabelece a obrigatoriedade de concessão de bolsas por brasileira
parte dos órgãos federais de fomento à pesquisa e à pós- B O poder público buscará garantir, por meio dos atos
graduação, para o incentivo de programas de estudos normativos necessários, a preservação dos elementos
voltados a temas pertinentes à população negra. formadores tradicionais da capoeira nas suas relações
E estabelece que o direito à liberdade de consciência e de internacionais
crença e o livre exercício dos cultos religiosos de matriz C A capoeira é reconhecida como desporto de criação
africana compreende acesso aos órgãos e aos meios de nacional
comunicação para divulgação das respectivas religiões. D É obrigatório o ensino da capoeira nas instituições
públicas e privadas pelos capoeiristas e mestres
16 - Tendo como parâmetro o Estatuto da Igualdade tradicionais, pública e formalmente reconhecidos
Racial (lei nº 12.288/2010), assinale a opção incorreta:
A É possível conceber a Teoria do Impacto Desproporcional 20 - Com relação à Lei nº 12.288/10 (Estatuto da
como aquela que permite que se constatem violações ao Igualdade Racial), atente às assertivas abaixo e em
princípio da igualdade quando os efeitos práticos de seguida responda ao que se pede.
determinadas normas, aparentemente neutras, causem
dano excessivo, ainda que não intencional, aos integrantes I- Discriminação racial ou étnico-racial compreende-se como
de determinados grupos vulneráveis. toda distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada
B As liberdades existenciais e econômicas são protegidas em raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica
com a mesma intensidade pela nossa ordem constitucional, que tenha por objeto anular ou restringir o reconhecimento,
já que a Constituição Federal de 1988 busca valorizar a livre gozo ou exercício, em igualdade de condições, de direitos
iniciativa. humanos e liberdades fundamentais nos campos político,
C A capoeira é reconhecida como desporto de criação econômico, social, cultural ou em qualquer outro campo da
nacional, nos termos do art. 217 da Constituição Federal. vida pública ou privada.
D Aos remanescentes das comunidades dos quilombos que II- A centralização para a implementação das ações
estejam ocupando suas terras é reconhecida a propriedade afirmativas pelos governos estaduais, distrital e municipais
definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os títulos respectivos constitui um dos objetivos do Sistema Nacional de
E É assegurada a assistência religiosa aos praticantes de Promoção da Igualdade Racial.
religiões de matrizes africanas internados em hospitais ou III- Como população negra deve-se compreender o conjunto
em outras instituições de internação coletiva, inclusive de pessoas que adotam autodefinição preta ou parda para
àqueles submetidos a pena privativa de liberdade. efeitos de fruição dos programas sociais estatuídos pela
17 - Instituído pelo Estatuto Nacional da Igualdade administração direta.
Racial — Lei n.º 12.288/2010 —, o Sistema Nacional de
Promoção da Igualdade Racial (SINAPIR) tem por Está CORRETO o que se afirma
objetivo A apenas na afirmativa III.
A iniciar a ação penal em face de atitudes e práticas de B em todas as afirmativas.
intolerância religiosa nos meios de comunicação e em C apenas nas afirmativas I e III.
quaisquer outros locais. D apenas na afirmativa I.
B formular políticas, programas e projetos voltados para a E apenas na afirmativa II .
inclusão da população negra no mercado de trabalho.
C descentralizar a implementação de ações afirmativas 21 - Assinale a alternativa INCORRETA sobre a prática
pelos governos estaduais, distrital e municipais. da capoeira de acordo com a Lei Federal n° 12.288, de 20
D ratificar os compromissos assumidos pelo Brasil junto a de julho de 2010, que institui o Estatuto da Igualdade
organismos internacionais. Racial.
E instituir os conselhos para a aplicação do Fundo Nacional A O poder público garantirá o registro e a proteção da
de Habitação de Interesse Social (FNHIS). capoeira, em todas as suas modalidades, como bem de
natureza imaterial e de formação da identidade cultural B - fundamental e médio.
brasileira C - médio, apenas.
B O poder público buscará garantir, por meio dos atos D - infantil, fundamental e médio.
normativos necessários, a preservação dos elementos
formadores tradicionais da capoeira nas suas relações 26 - Considerando as disposições da lei federal nº
internacionais 12.288, de 20/07/2010 que institui o Estatuto da
C A capoeira é reconhecida como desporto de criação Igualdade Racial, assinale a alternativa correta sobre o
nacional significado da sigla SINAPIR.
D É obrigatório o ensino da capoeira nas instituições A - Serviço de Integração e Autopromoção Racial
públicas e privadas pelos capoeiristas e mestres B - Serviço Nacional de Apoio às Práticas de Integração
tradicionais, pública e formalmente reconhecidos Racial
C - Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial
22 - Assinale a alternativa correta sobre as previsões da D - Sistema Nacional de Promoção da Integração Racial
Lei Federal n° 12.288, de 20 de julho de 2010, que institui E - Sindicato Nacional de Participação Racial
o Estatuto da Igualdade Racial, quanto à educação.
A - Nas datas comemorativas de caráter cívico, os órgãos 27 - Assinale a alternativa correta, considerando as
responsáveis pela educação determinarão a participação de disposições da lei federal nº 12.288, de 20/07/2010 que
intelectuais e representantes do movimento negro para institui o Estatuto da Igualdade Racial.
debater com os estudantes suas vivências relativas ao tema A - O Poder Legislativo federal elaborará plano nacional de
em comemoração promoção da igualdade racial contendo as metas, princípios
B - Os órgãos federais, distritais e estaduais de fomento à e diretrizes para a implementação da Política Nacional de
pesquisa e à pós-graduação deverão criar incentivos a Promoção da Igualdade Racial (PNPIR)
pesquisas e a programas de estudo voltados para temas B - A elaboração, implementação, coordenação, avaliação e
referentes às relações étnicas, aos quilombos e às questões acompanhamento da Política Nacional de Promoção da
pertinentes à população negra Igualdade Racial (PNPIR), bem como a organização,
C - O Poder Executivo federal, por meio dos órgãos articulação e coordenação do Sistema Nacional de
competentes, obrigará as instituições de ensino superior Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), serão efetivados
públicas e privadas, sem prejuízo da legislação em vigor, a pelo órgão responsável pela política de promoção da
resguardar os princípios da ética em pesquisa e apoiar igualdade étnica em âmbito nacional
grupos, núcleos e centros de pesquisa, nos diversos C - É o Poder Legislativo federal autorizado a instituir fórum
programas de pós-graduação que desenvolvam temáticas intergovernamental de promoção da igualdade étnica, a ser
de interesse da população negra coordenado pelo órgão responsável pelas políticas
D - Os conteúdos referentes à história da população negra educacionais gerais, com o objetivo de implementar
no Brasil serão ministrados no âmbito de todo o currículo estratégias que visem à incorporação da política nacional de
escolar, resgatando sua contribuição decisiva para o promoção da igualdade étnica nas ações governamentais de
desenvolvimento social, econômico, político e cultural do Estados e Municípios
País D - As diretrizes das políticas nacional e regional de
promoção da igualdade étnica serão elaboradas por órgão
23 - Assinale a alternativa correta sobre o que devem ser colegiado, independentemente de participação da sociedade
consideradas ações afirmativas de acordo com a Lei civil
Federal nº 12.288, de 20 de julho de 2010, que institui o E - Os Poderes Executivos estaduais, distrital e municipais,
Estatuto da Igualdade Racial. no âmbito das respectivas esferas de competência, poderão
A - As políticas de tratamento absolutamente igualitário dos instituir conselhos de promoção da igualdade étnica, de
cidadãos caráter provisório e deliberativo, compostos exclusivamente
B - Os programas e as medidas especiais adotados por representantes de órgãos e entidades públicas.
exclusivamente pelo Estado para a proibição das
desigualdades de oportunidades 28 - Assinale a alternativa INCORRETA sobre os
C - Os programas e as medidas especiais adotados pelo objetivos do Sistema Nacional de Promoção da
Estado e pela iniciativa privada para a correção das Igualdade Racial (Sinapir), considerando as disposições
desigualdades raciais e para a promoção da igualdade de da lei federal nº 12.288, de 20/07/2010 que institui o
oportunidades Estatuto da Igualdade Racial.
D - As campanhas da iniciativa privada para obtenção de A - Promover a igualdade étnica e o combate às
vantagens pela diminuição dos tratamentos desiguais desigualdades sociais resultantes do racismo, inclusive
mediante adoção de ações afirmativas
24 - De acordo com a Lei nº 12.288/2010 (Estatuto da B - Formular políticas destinadas a combater os fatores de
Igualdade Racial), “toda distinção, exclusão, restrição marginalização e a promover a integração social da
ou preferência baseada em raça, cor, descendência ou população negra
origem nacional ou étnica que tenha por objeto anular C - Centralizar a implementação de ações afirmativas no
ou restringir o reconhecimento, gozo ou exercício, em nível federal
igualdade de condições, de direitos humanos e D - Articular planos, ações e mecanismos voltados à
liberdades fundamentais nos campos político, promoção da igualdade étnica
econômico, social, cultural ou em qualquer outro campo E - Garantir a eficácia dos meios e dos instrumentos criados
da vida pública ou privada” corresponde ao conceito de: para a implementação das ações afirmativas e o
A - Desigualdade racial. cumprimento das metas a serem estabelecidas.
B - Desigualdade de gênero.
C - Discriminação racial. 29 - No desfile de 1988, a Escola de Samba Grêmio
D - Discriminação de gênero. Recreativo Escola de Samba Mangueira, tradicional
E - Descriminalização racial. agremiação carioca, tinha a seguinte passagem em
seu magnífico samba enredo, apontando que não
25 - De acordo com o Estatuto da Igualdade Racial, o obstante houvesse a libertação dos escravos, o fator
estudo da história geral da África e da história da econômico ainda não havia permitido a sua efetiva
população negra do Brasil é obrigatório nos liberdade na sociedade brasileira:
estabelecimentos de ensino “Pergunte ao criador, quem pintou esta aquarela, livre
A - infantil e fundamental.
do açoite da senzala, preso na miséria da favela”. adotados pelo Estado no cumprimento de suas atribuições
Nesta toada, assinale a alternativa INCORRETA: institucionais.
A - negar ou obstar emprego por motivo racial é crime no ( ) Ações afirmativas: os programas e medidas especiais
nosso país; adotados pelo Estado e pela iniciativa privada para a
B - a Lei 12.288 (Estatuto da Igualdade Racial) dispõe que o correção das desigualdades raciais e para a promoção da
poder público promoverá ações que assegurem a igualdade igualdade de oportunidades.
de oportunidades no mercado de trabalho para a população A sequência CORRETA para as assertivas acima é:
negra, inclusive mediante a implementação de medidas A - V, F, V, V, V.
visando à promoção da igualdade nas contratações do setor B - V, F, F, F, V.
público e o incentivo à adoção de medidas similares nas C - V, F, V, V, F.
empresas e organizações privadas; D - V, F, V, F, V.
C - deixar, por motivos raciais ou étnicos, de conceder os E - V, F, F, V, V.
equipamentos necessários ao empregado em igualdade de
condições com os demais trabalhadores, é prática 32 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
considerada criminosa; Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
D - a dispensa do trabalhador por motivos raciais confere a população negra a efetivação da igualdade de
este o direito de ser readmitido, com a percepção dos oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
salários devidos durante o afastamento, ou de perceber a coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
remuneração devida no período de afastamento, de forma demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
dobrada; do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
E - não é permitida, em qualquer hipótese, a publicação de os termos da lei e a mens lege, assinale a
anúncio de emprego fazendo referência à cor do trabalhador afirmação INCORRETA.
desejado. A - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
evitar a discriminação racial e o bulling social.
30 - De acordo com o artigo 56 da Lei nº 12.288, de 20 de B - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante
julho 2010, no que se refere à implementação dos tratamento igualitário da população negra, também no que
programas e das ações constantes dos planos diz respeito aos seguros privados de saúde.
plurianuais e dos orçamentos anuais da União, deverão C - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
ser observadas as políticas de ação afirmativa a que se mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
refere o inciso VII do artigo 4º desta Lei e outras os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
políticas públicas que tenham como objetivo promover a Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
igualdade de oportunidades e a inclusão social da formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
população negra, especialmente no que tange a: assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
I. Promoção da igualdade de oportunidades em educação, D - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
emprego e moradia. busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
II. Financiamento de pesquisas, nas áreas de educação, e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
saúde e emprego, voltadas para a melhoria da qualidade de imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
vida da população negra. E - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de
III. Doações de empresas privadas e organizações não oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro,
governamentais, nacionais ou internacionais. independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de
IV. Incentivo à criação e à manutenção de microempresas participação na comunidade, em todas as suas vertentes.
administradas por pessoas autodeclaradas negras.
Está CORRETO o que se afirma apenas em: 33 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
A - I e IV. Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
B - I e III. população negra a efetivação da igualdade de
C - II e IV. oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
D - I, III e IV. coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
E - I, II e IV. demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
31 - A Lei n° 12.288, de 20 de julho de 2010, institui o os termos da lei e a mens lege, assinale a
Estatuto da Igualdade Racial, destinado a garantir à afirmação INCORRETA.
população negra a efetivação da igualdade de A - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
coletivos e difusos e o combate à discriminação e às os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
demais formas de intolerância étnica. No parágrafo Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
único do artigo 1º, para efeito deste estatuto, considera- formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
se: assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
( ) Discriminação racial ou étnico-racial: toda distinção, B - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
exclusão, restrição ou preferência baseada em raça, cor, busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
descendência ou origem nacional ou étnica que tenha por e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo ou imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
exercício, em igualdade de condições, de direitos humanos C - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, evitar a discriminação racial e o bulling social.
social, cultural ou em qualquer outro campo da vida pública D - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de
ou privada. oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro,
( ) Desigualdade racial: assimetria existente no âmbito da independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de
sociedade que acentua a distância social entre mulheres participação na comunidade, em todas as suas vertentes.
negras e os demais segmentos sociais. E - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante
( ) Desigualdade de gênero e raça: toda situação tratamento igualitário da população negra, também no que
injustificada de diferenciação de acesso e fruição de bens, diz respeito aos seguros privados de saúde.
serviços e oportunidades, nas esferas pública e privada, em
virtude de raça, cor, descendência ou origem nacional ou 34 - No âmbito do Estatuto da Igualdade Racial, − Lei nº
étnica. 12.288/2010 − ações afirmativas são
( ) Políticas públicas: as ações, iniciativas e programas
A - as políticas voltadas para garantir equidade por meio de A - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de
cotas raciais para acesso à educação básica pública, ao oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro,
emprego, à moradia, à saúde, ao saneamento básico e independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de
outros serviços. participação na comunidade, em todas as suas vertentes.
B - aquelas que são voltadas à seleção por mérito, condição B - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante
socioeconômica, adesão a credo religioso, partido político e tratamento igualitário da população negra, também no que
outros critérios que revelem práticas discriminatórias. diz respeito aos seguros privados de saúde.
C - os programas e medidas especiais adotados pelo Estado C - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
e pela iniciativa privada para a correção das desigualdades busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
raciais e para a promoção da igualdade de oportunidades. e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
D - as medidas governamentais compensatórias imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
permanentes destinadas a populações marcadamente D - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
marginalizadas e desfavorecidas por condições de mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
desigualdades materiais. os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
E - a caridade pública e a filantropia das empresas privadas, Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
de caráter compulsório, facultativo ou voluntário, que formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
produzem condição temporária de igualdade racial. assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
E - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
35 - A Lei n. 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o evitar a discriminação racial e o bulling social.
Estatuto da Igualdade Racial. Ela se destina a garantir a
efetivação da igualdade de oportunidades, a defesa dos 38 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
direitos étnicos individuais, coletivos e difusos e o Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
combate à discriminação e às demais formas de população negra a efetivação da igualdade de
intolerância étnica. Assinale a opção correta. oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
A - A Lei se refere especificamente à população negra. coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
B - A Lei não especifica raça ou etnia, visando a combater demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
todo tipo de discriminação. do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
C - A Lei é de difícil aplicação porque não define os termos da lei e a mens lege, assinale a
discriminação racial ou étnico-racial. afirmação INCORRETA.
D - A Lei representa o coroamento das lutas contra o A - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante
racismo e foi batizada como Lei Zumbi dos Palmares. tratamento igualitário da população negra, também no que
E - A Lei revoga o antigo Sistema Nacional de Promoção da diz respeito aos seguros privados de saúde.
Igualdade Racial (Sinapir), instituído por decreto-lei do B - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
regime militar. mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
36 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
população negra a efetivação da igualdade de assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, C - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às evitar a discriminação racial e o bulling social.
demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput D - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
os termos da lei e a mens lege, assinale a e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
afirmação INCORRETA. imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
A - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante E - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de
tratamento igualitário da população negra, também no que oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro,
diz respeito aos seguros privados de saúde. independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de
B - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único participação na comunidade, em todas as suas vertentes.
evitar a discriminação racial e o bulling social.
C - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no 39 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010, Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a população negra a efetivação da igualdade de
Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
formas de Discriminação Racial e todos os compromissos coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional. demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
D - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro, os termos da lei e a mens lege, assinale a
independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de afirmação INCORRETA.
participação na comunidade, em todas as suas vertentes. A - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
E - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura evitar a discriminação racial e o bulling social.
busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos B - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
imaterial e da formação da identidade cultural brasileira. e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
37 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o C - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
população negra a efetivação da igualdade de os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando D - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde,
os termos da lei e a mens lege, assinale a garante tratamento igualitário da população negra, também
afirmação INCORRETA. no que diz respeito aos seguros privados de saúde.
E - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de C - A prática de cultos, a celebração de reuniões
oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro, relacionadas à religiosidade e a fundação e manutenção, por
independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de iniciativa pública, de lugares reservados para tais fins.
participação na comunidade, em todas as suas vertentes. D - A comunicação ao Ministério Público para abertura de
ação penal em face de atitudes e práticas de intolerância
40 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o religiosa nos meios de comunicação e em quaisquer outros
Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à locais.
população negra a efetivação da igualdade de
oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, 43 - Sobre o tratamento que a Lei nº 12.288, de 20 de
coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às julho de 2010 – Estatuto da Igualdade Racial dá ao
demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput esporte e lazer, analise as afirmativas.
do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
os termos da lei e a mens lege, assinale a I. A capoeira é reconhecida como desporto de criação
afirmação INCORRETA. nacional, nos termos do Art. 217 da Constituição Federal.
A - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de II. A atividade de capoeirista será reconhecida em todas as
oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro, modalidades em que a capoeira se manifesta, seja como
independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de esporte, luta, dança ou música, sendo livre o exercício em
participação na comunidade, em todas as suas vertentes. todo o território nacional.
B - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no III. É facultado o ensino da capoeira nas instituições públicas
mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010, e privadas pelos capoeiristas e mestres tradicionais, pública
os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a e formalmente reconhecidos.
Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
formas de Discriminação Racial e todos os compromissos Estão corretas as afirmativas
assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional. A - I, II e III.
C - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único B - I e II, apenas.
evitar a discriminação racial e o bulling social. C - I e III, apenas.
D - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura D - II e III, apenas.
busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza 44 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
imaterial e da formação da identidade cultural brasileira. Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
E - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, garante população negra a efetivação da igualdade de
tratamento igualitário da população negra, também no que oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
diz respeito aos seguros privados de saúde. coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
41 - Considerando o que dispõe a Lei nº 12.288, de 20 de do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
julho de 2010 – Estatuto da Igualdade Racial, analise as os termos da lei e a mens lege, assinale a
seguintes definições para efeito do Estatuto. afirmação INCORRETA.
A - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura
I. Desigualdade racial: toda distinção, exclusão, restrição ou busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos
preferência baseada em raça, cor, descendência ou origem e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza
nacional ou étnica que tenha por objeto anular ou restringir o imaterial e da formação da identidade cultural brasileira.
reconhecimento, gozo ou exercício, em igualdade de B - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
condições, de direitos humanos e liberdades fundamentais mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
nos campos político, econômico, social, cultural ou em os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
qualquer outro campo da vida pública ou privada. Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
II. Discriminação racial ou étnico-racial: toda situação formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
injustificada de diferenciação de acesso e fruição de bens, assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
serviços e oportunidades, nas esferas pública e privada, em C - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
virtude de raça, cor, descendência ou origem nacional ou evitar a discriminação racial e o bulling social.
étnica. D - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde,
III. Desigualdade de gênero e raça: assimetria existente no garante tratamento igualitário da população negra, também
âmbito da sociedade que acentua a distância social entre no que diz respeito aos seguros privados de saúde.
mulheres negras e os demais segmentos sociais. E - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de
IV. População negra: o conjunto de pessoas que se oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro,
autodeclaram pretas e pardas, conforme o quesito cor ou independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de
raça usado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e participação na comunidade, em todas as suas vertentes.
Estatística (IBGE), ou que adotam autodefinição análoga.
45 - A Lei n.º 12.288, de 20 de julho de 2010, instituiu o
Estão corretas apenas as afirmativas Estatuto da Igualdade Racial, que objetiva garantir à
A - I e II. população negra a efetivação da igualdade de
B - I e III. oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais,
C - III e IV. coletivos e difusos, e o combate à discriminação e às
D - II, III e IV. demais formas de intolerância, conforme dispõe o caput
do artigo 1º do diploma legal em análise. Considerando
42 - De acordo com a Lei nº 12.288, de 20 de julho de os termos da lei e a mens lege, assinale a
2010 – Estatuto da Igualdade Racial, o direito à liberdade afirmação INCORRETA.
de consciência e de crença e ao livre exercício dos A - O Brasil, no tocante à inclusão da população negra no
cultos religiosos de matriz africana NÃO compreende: mercado, tem por fundamento legal a CF, a Lei 12.288/2010,
A - A produção e a divulgação de publicações relacionadas os compromissos assumidos pelo Brasil ao ratificar a
ao exercício e à difusão das religiões de matriz africana. Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as
B - A fundação e a manutenção, por iniciativa privada, de formas de Discriminação Racial e todos os compromissos
instituições beneficentes ligadas às respectivas convicções assumidos pelo Brasil perante a comunidade internacional.
religiosas. B - O Estatuto da Igualdade Racial tem por objetivo único
evitar a discriminação racial e o bulling social.
C - O Estatuto da Igualdade Racial ao tratar da Cultura virtude de raça, cor, descendência ou origem nacional ou
busca preservar as tradições remanescentes dos quilombos étnica.
e o registro e proteção da capoeira, como bem de natureza B - Desigualdade racial é toda distinção, exclusão, restrição
imaterial e da formação da identidade cultural brasileira. ou preferência baseada em raça, cor, descendência ou
D - A lei 12288/2010, no que trata do direito à saúde, origem nacional ou étnica que tenha por objeto anular ou
garante tratamento igualitário da população negra, também restringir o reconhecimento, gozo ou exercício, em igualdade
no que diz respeito aos seguros privados de saúde. de condições, de direitos humanos e liberdades
E - O Estado tem o dever de garantir a igualdade de fundamentais nos campos político, econômico, social,
oportunidades, reconhecendo a qualquer cidadão brasileiro, cultural ou em qualquer outro campo da vida pública ou
independente da etnia ou cor da pele, o pleno direito de privada.
participação na comunidade, em todas as suas vertentes. C - Ações afirmativas são iniciativas e programas adotados
pelo Estado no cumprimento de suas atribuições
46 - Assinale a alternativa correta sobre as matérias institucionais.
indicadas expressamente na Lei Federal n° 12.888, de 20 D - Políticas públicas são programas e medidas especiais
de julho de 2010 (Estatuto da Igualdade Racial) como adotados pelo Estado e pela iniciativa privada para a
sendo de estudo obrigatório nos estabelecimentos de correção das desigualdades raciais e para a promoção da
ensino fundamental e de ensino médio, públicos e igualdade de oportunidades.
privados. E - Desigualdade de gênero e raça é a assimetria existente
A - Estudo dos problemas brasileiros e História geral da no âmbito da sociedade que acentua a distância social entre
África. mulheres negras e os demais segmentos sociais.
B - História das populações indígenas no Brasil e História da
população negra no Brasil. 50 - Para efeito da lei nº 12.288/2010 (Estatuto da
C - História geral da África e História da população negra no Igualdade Racial), considera-se discriminação racial ou
Brasil. étnico-racial, dentre outras ações, as seguintes:
D - História das populações indígenas no Brasil e História
geral da África. I- A distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada em
E - Estudo dos problemas brasileiros e História das raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica que
populações indígenas no Brasil. tenha por objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo
ou exercício, em igualdade de condições, de direitos
47 - Assinale a alternativa correta considerando as humanos e liberdades fundamentais nos campos político,
disposições da lei federal n° 12.288, de 20/07/2010, que econômico, social, cultural ou em qualquer outro campo da
institui o Estatuto da Igualdade Racial. vida pública ou privada.
A - É assegurada a assistência religiosa aos praticantes de II- A violência psicológica, entendida como qualquer conduta
religiões de matrizes africanas internados em hospitais ou que cause dano emocional e diminuição da autoestima.
em outras instituições de internação coletiva, excluídos os III- A violência sexual, entendida como qualquer conduta que
casos de pena privativa de liberdade. constranja a presenciar, a manter ou a participar de relação
B - Os conteúdos referentes à história da população negra sexual não desejada, mediante intimidação, ameaça, coação
no Brasil serão ministrados por meio de componente ou uso da força.
curricular específico, resgatando sua contribuição decisiva IV- A violência patrimonial, entendida como qualquer conduta
para o desenvolvimento social, econômico, político e cultural que configure retenção, subtração, destruição parcial ou
do País. total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos
C - É facultado o ensino da capoeira nas instituições pessoais, bens, valores e direitos ou recursos econômicos,
públicas e privadas pelos capoeiristas formados em incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades.
educação física. V- A violência moral, entendida como qualquer conduta que
D - Para incentivar o desenvolvimento das atividades configure calúnia, difamação ou injúria.
produtivas da população negra no campo, o poder público
promoverá ações para viabilizar e ampliar o seu acesso ao Está correto apenas o contido em:
financiamento agrícola. A - I, II, III e V.
B - I e V.
48 - Para efeito do Estatuto da Igualdade Racial, C - I, II, III e IV.
considera(m)-se D - I.
A - discriminação racial ou étnico-racial: toda situação E - Todos os itens estão corretos.
injustificada de diferenciação de fruição de oportunidades,
nas esferas pública e privada, em virtude de raça. 51 - À vista das regras contidas no Estatuto da
B - desigualdade racial: a distinção baseada em Igualdade Racial, assinale a alternativa que contém
descendência que tenha por objeto restringir o afirmação INCORRETA.
reconhecimento, em igualdade de condições, de liberdades A - O Estatuto da Igualdade Racial adota como diretriz
fundamentais no campo econômico. político-jurídica a inclusão das vítimas de desigualdade
C - desigualdade de gênero e raça: a assimetria existente no étnico-racial, a valorização da igualdade étnica e o
âmbito da sociedade que acentua a distância social entre fortalecimento da identidade nacional brasileira.
mulheres negras e os demais segmentos sociais. B - Constitui meio de promover a participação da população
D - população negra: o conjunto de pessoas que se negra, em condições de igualdade de oportunidade, na vida
autodeclaram pretas e pardas, conforme o quesito cor ou econômica, social, política e cultural do País a
raça usado pelo Ministério da Educação e Cultura. implementação de programas de ação afirmativa destinados
E - políticas privadas: as ações, iniciativas e programas ao enfrentamento das desigualdades étnicas no tocante à
adotados pela iniciativa privada no cumprimento de suas educação, cultura, esporte e lazer, saúde, segurança,
atribuições institucionais. trabalho, moradia, meios de comunicação de massa,
financiamentos públicos, acesso à terra, à Justiça e outros.
49 - Dentro dos conceitos trazidos pelo Estatuto da C - A Política Nacional de Saúde Integral da População
Igualdade Racial, assinale a alternativa correta. Negra, organizada de acordo com as diretrizes
A - Discriminação racial ou étnico-racial é toda situação especificadas na Lei n.º 12.288/2010, é constituída de um
injustificada de diferenciação de acesso e fruição de bens, conjunto de ações de saúde voltadas à população negra.
serviços e oportunidades, nas esferas pública e privada, em D - Para o acesso da população negra à terra e às
atividades produtivas no campo, caberá ao poder público
assegurar à população negra, dentre outras medidas, a humano vividos por negros e brancos, o que comprova a
assistência técnica rural, a simplificação do acesso ao existência de uma grande desigualdade social em nosso
crédito agrícola e o fortalecimento da infraestrutura de país.
logística para a comercialização da produção.
E - Para garantia de acesso da população negra à moradia, 56 - Analise as seguintes assertivas sobre o Estatuto da
constitui diretriz a ser observada pelos agentes financeiros, Igualdade Racial e da Lei Maria da Penha:
públicos ou privados, a promoção de ações para viabilizar
seu acesso aos financiamentos habitacionais, observando- I. Aos remanescentes das comunidades de quilombos que
se a previsão legal expressa de criação de linha especial e estejam ocupando terras quilombolas no Rio Grande do Sul,
diferenciada de crédito com juros inferiores aos praticados será reconhecida a propriedade definitiva das mesmas,
no mercado. estando o Estado autorizado a emitir- lhes os títulos
respectivos, nos termos da lei.
52 - Com o intuito de garantir à população negra a II. As instituições de ensino deverão respeitar a diversidade
igualdade de oportunidades e a defesa dos direitos racial quando promoverem debates, palestras, cursos ou
étnicos individuais, coletivos e difusos, foi criado o(a): atividades afins, convidando negros, entre outros, para
A - Padrão Nacional contra o Racismo. discorrer sobre os temas apresentados.
B - Estatuto da Igualdade Racial. III. Nos procedimentos de investigação policial ou durante
C - Ação Afirmativa de Intolerância Étnica. ação penal, é facultado à ofendida, nos casos de violência
D - Norma de Procedimento e Conduta. doméstica e familiar contra a mulher, entregar intimação ou
notificação ao agressor.
53 - Na discussão referente ao racismo, há a
compreensão de que este é uma forma de preconceito, Quais estão corretas?
que significa: A - Apenas I.
A - uma ideia preconcebida sobre comportamentos, valores B - Apenas II.
e crenças que segrega os indivíduos e que tem como C - Apenas III.
principal elemento a virtude. D - Apenas I e II.
B - um movimento historicamente datado que segrega E - Apenas II e III.
pessoas por conta de suas condições socioeconômicas,
criando uma massa de excluídos sociais e seu ponto central 57 - Assinale a alternativa incorreta:
é a intolerância religiosa. A - Nos estabelecimentos de ensino fundamental, de ensino
C - um julgamento negativo e prévio dos membros de um médio e de ensino superior, públicos e privados, é
grupo racial de pertença, de uma etnia, ou de uma religião e obrigatório o estudo da história geral da África e da história
tem como característica principal a inflexibilidade. da população negra no Brasil;
D - uma atitude de superioridade entre os indivíduos de uma B - O direito à liberdade de consciência e de crença e ao
sociedade com base na segregação de corte religioso e que livre exercício dos cultos religiosos de matriz africana
tem, em seu ponto central, a autoridade sobre o outro. compreende a comunicação ao Ministério Público para a
abertura de ação penal em face de atitudes e práticas de
54 - Na definição sobre o racismo, autores indicam que é intolerância religiosa nos meios de comunicação e em
um comportamento e uma ação resultante: quaisquer outros locais;
A - da simpatia e do sentimento de pertença entre as C - A Lei Estadual nº 7.238/2006, ao tratar de concurso
variadas raças que, pelo biótipo, se colocam como público, estabelece que o candidato portador de
diferentes, mas com propostas de vida similares. necessidades especiais, em razão da necessária igualdade
B - da aversão, por vezes, do ódio em relação a pessoas de condições, concorrerá a todas as vagas, sendo reservado
que possuem um pertencimento racial observável por meio no mínimo o percentual de cinco por cento em face da
de sinais, tais como: cor da pele, tipo de cabelo dentre classificação obtida;
outros. D - Ficará sujeito às penas de multa e de prestação de
C - da indiferença e intolerância entre povos de tribos serviços à comunidade, incluindo atividades de promoção da
diferentes que, na luta por conquistas de terras, não se igualdade racial, quem, em anúncios ou qualquer outra
identificam como pertencentes à mesma raça. forma de recrutamento de trabalhadores, exigir aspectos de
D - da ausência do sentimento de pertença a uma aparência próprios de raça ou etnia para empregos cujas
comunidade com determinadas características fenotípicas e atividades não justifiquem essas exigências;
que, gradativamente, origina um distanciamento entre os E - Os programas de ação afirmativa constituem-se em
seus habitantes. políticas públicas destinadas a reparar as distorções e
desigualdades sociais e demais práticas discriminatórias
55 - Apesar do discurso de que no Brasil não há a adotadas, nas esferas pública e privada, durante o processo
existência de racismo entre as pessoas, ele se propaga de formação do País.
e invade as mentalidades, as subjetividades e isto é
comprovado: 58 - Utilize as definições estipulativas fixadas pelos
A - pelos levantamentos do IBGE que, com base nas debates entre Iris Marion Young e Nancy Fraser para
pesquisas de opinião, constataram que, mesmo a população interpretar os seguintes dispositivos do Estatuto da
brasileira sendo produto de uma miscigenação cultural, Igualdade Racial:
todos somos iguais independente de cor, pois as
oportunidades são para todos. I. O direito à moradia adequada, para os efeitos desta Lei,
B - através do censo demográfico que reafirma que nas inclui não apenas o provimento habitacional, mas também a
comunidades e nas áreas em crescente processo de garantia da infraestrutura urbana e dos equipamentos
favelização, a população negra se encontra em um número comunitários associados à função habitacional, bem como a
expressivo, pois a maioria não trabalha por opção. assistência técnica e jurídica para a construção, a reforma
C - a partir do mapeamento por territórios que constata a ou a regularização fundiária da habitação em área urbana.
grande concentração de população negra apartada da (Art. 35, parágrafo único)
população branca, e que a primeira apresenta altas taxas de II. O direito à liberdade de consciência e de crença e ao livre
mortalidade infantil e quadros de desnutrição severa. exercício dos cultos religiosos de matriz africana
D - pelas estatísticas oficiais do Estado brasileiro que compreende a comunicação ao Ministério Público para
comparam as condições de vida, emprego, saúde, abertura de ação penal em face de atitudes e práticas de
escolaridade, entre outros índices de desenvolvimento intolerância religiosa nos meios de comunicação e em
quaisquer outros locais. (Art. 24 e inciso Vill) 62 - Com base na Lei nº 12.288/2010, sobre o Sistema
III. O acesso universal e igualitário ao Sistema Único de Nacional de Promoção da Igualdade Racial, no que se
Saúde (SUS) para promoção, proteção e recuperação da refere a sua organização e competência, é correto
saúde da população negra será de responsabilidade dos afirmar que a responsabilidade de elaboração do plano
órgãos e instituições públicas federais, estaduais, distritais e nacional de promoção da igualdade racial pertence
municipais, da administração direta e indireta (Art. 6° , § 1° ) ao(à).
IV. O poder público incentivará a celebração das A - Poder Executivo Federal.
personalidades e das datas comemorativas relacionadas à B - Poder Judiciário
trajetória do samba e de outras manifestações culturais de C - Ministério Público.
matriz africana, bem como sua comemoração nas D - Secretaria da Cultura.
instituições de ensino públicas e privadas. (Art. 19) E - Poder Executivo Municipal.
V. A atividade de capoeirista será reconhecida em todas as
modalidades em que a capoeira se manifesta, seja como 63 - De acordo com a Lei nº 12.288/2010, artigo 3º, além
esporte, luta, dança ou música, sendo livre o exercício em das normas constitucionais relativas aos princípios
todo o território nacional. (Art. 22, § 1° ) fundamentais, aos direitos e garantias fundamentais e
VI. É assegurada a assistência religiosa aos praticantes de aos direitos sociais, econômicos e culturais, o Estatuto
religiões de matrizes africanas internados em hospitais ou da Igualdade Racial adota como diretriz política jurídica
em outras instituições de internação coletiva, inclusive a:
àqueles submetidos à pena privativa de liberdade. (Art. 25)
I. discriminação racial, desigualdade de gênero e raça e
É CORRETO afirmar que: direitos étnicos individuais.
A - As assertivas II, III e VI se orientam para o objetivo da II. inclusão das vítimas de desigualdade étnico-racial,
redistribuição. valorização da igualdade étnico-racial e fortalecimento da
B - As assertivas I, III e IV se orientam para o objetivo do identidade nacional brasileira.
reconhecimento. III. participação efetiva da população negra em projetos
C - As assertivas I, V e VI se orientam para o objetivo da contra a desigualdade, direitos étnicos coletivos e Políticas
redistribuição. Públicas voltadas para comunidades dos Quilombos.
D - As assertivas II, IV e V se orientam para o objetivo do
reconhecimento. É correto o que está contido em :
A - I, apenas.
59 - Trata-se de mecanismo que “opera de forma a B - I, II e III.
induzir, manter e condicionar a organização e a ação do C - I e III, apenas.
Estado, suas instituições e políticas públicas – atuando D - II, apenas.
também nas instituições privadas, produzindo e E - II e III, apenas.
reproduzindo a hierarquia racial”. O conceito se refere: 64 - Sobre a Lei nº 12.288/10,examine as afirmações que
A - Às políticas afirmativas. seguem. A participação da população negra, em
B - Ao racismo institucional. condição de igualdade de oportunidade, na vida
C - Ao preconceito de gênero. econômica, social, política e cultural do País será
D - Ao preconceito de classes promovida, prioritariamente, por meio de:

60 - Considere: I - Inclusão nas políticas públicas de desenvolvimento


econômico e social;
I. Durante o século XIX, após a alforria, os negros não eram II - Adoção de medidas, programas e políticas de ação
encarados como inferiores, principalmente por causa das afirmativa;
teorias inclusivas que eram famosas nessa época. III - Modificação das estruturas institucionais do Estado para
II. O mito da democracia racial brasileira se deu, o adequado enfrentamento e a superação das
principalmente, pelo fato de se afirmar que os portugueses desigualdades étnicas decorrentes do preconceito e da
eram rudes no trato com qualquer pessoa, independente de discriminação étnica;
sua cor de pele. IV - Promoção de ajustes normativos para aperfeiçoar o
III. Atualmente, no Brasil, os aspectos gênero e raça podem combate à discriminação étnica e às desigualdades étnicas
interferir na redução de salários oferecidos pela iniciativa em todas as suas manifestações individuais, institucionais e
privada. estruturais;
V - Implementação de programas de ação afirmativa
Está correto o que se afirma APENAS em destinados ao enfrentamento das desigualdades étnicas no
A - II e III. tocante à educação, cultura, esporte e lazer, saúde,
B - III. segurança, trabalho, moradia, meios de comunicação de
C - I e III. massa, financiamentos públicos, acesso à terra, à Justiça, e
D - II. outros.
E - I. A - Apenas as assertivas I, II, III e IV estão corretas.
B - As assertivas III e IV estão incorretas.
61 - De acordo com o Decreto nº 4.886/2003, a Política C - As assertivas II, IV e V estão incorretas.
Nacional de Promoção da Igualdade Racial (PNPIR) tem D - Apenas as assertivas I, II, III e V estão corretas.
como objetivo principal. E - Todas as assertivas estão corretas.
A - a defesa dos direitos da população negra e parda.
B - reduzir desigualdades raciais no Brasil, com ênfase na 65 - Assinale a alternativa incorreta:
população negra. A - O Estatuto da Igualdade Racial considera desigualdade
C - criar ações e programas para a Fundação Cultural de gênero e raça a assimetria no âmbito da sociedade que
Palmares. acentua a distância social entre mulheres negras e demais
D - administrar os procedimentos da Secretaria Especial de segmentos sociais;
Políticas de Promoção da Igualdade Racial. B - Em nosso país, há obrigatoriedade de estudo, tanto no
E - controlar as despesas decorrentes de programas e ensino fundamental, quanto no ensino médio, da história
ações voltados diretamente à Igualdade Racial. geral da África e da história da população negra no Brasil;
C - É competente, por opção da ofendida, para os processos
cíveis regidos pela Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha),
o Juizado do seu domicílio ou residência, do lugar do fato B.Poderá ser aplicada em todos os casos de ocorrência de
em que se baseou a demanda ou do domicílio do agressor; ato infracional.
D - Povos e comunidades tradicionais são grupos C.Nunca poderá ser aplicada havendo outra medida
culturalmente indiferenciados que usam territórios e recursos adequada.
naturais como condição para sua reprodução cultural, social, D.Pode-se permitir a realização de atividades externas,
religiosa, ancestral e econômica; salvo determinação judicial em contrário.
E - É a autoidentificação o critério fundamental para definir
os grupos aos quais se aplicam as disposições da 03 - Segundo dispõe o Estatuto da Criança e do
Convenção nº 169, da OIT. Adolescente, “a política de atendimento dos direitos da
criança e do adolescente far-se-á através de um
66 - Em relação às políticas de ação afirmativa de conjunto articulado de ações governamentais e não-
caráter racial no âmbito do acesso ao ensino superior, governamentais, da União, dos estados, do Distrito
dentre os argumentos expostos a seguir, favoráveis e Federal e dos municípios” (artigo 86), das quais
desfavoráveis, NÃO é correto do ponto de vista do participam entidades de atendimento, que no
direito constitucional positivo afirmar que desenvolvimento de programas de internação devem
A - contrariam o princípio da igualdade porque o critério de cumprir, entre outras, as obrigações descritas no seu
raça não pode ser considerado distinção, já que artigo 94, como por exemplo: não restringir nenhum
biologicamente só existe o ser humano. E tanto isto é direito que não tenha sido objeto de restrição na
verdade que as formas de identificação racial dos programas decisão de internação; diligenciar no sentido do
de ação afirmativa pecam pela falta de razoabilidade (v.g: restabelecimento e da preservação dos vínculos
auto-identificação) familiares; oferecer vestuário e alimentação suficientes
B - concretizam o princípio da igualdade porque, e adequados à faixa etária dos adolescentes atendidos;
independentemente da lei não poder estabelecer a propiciar assistência religiosa àqueles que desejarem,
igualdade, já que, em verdade, esta é um fato político, é de acordo com suas crenças. Ao tomar conhecimento
dever do Estado proporcionar os meios através dos quais os de que em uma entidade governamental a direção editou
negros poderão, agindo, ascender a esfera política, e um regra impeditiva de visita dos pais de interno que não
destes meios é o do acesso diferenciado ao ensino superior. tivessem bom comportamento, marque a medida que
C - concretizam o direito social fundamental à assistência poderia ser aplicada à entidade:
aos desamparados, face a forte relação da história do povo A.Afastamento provisório de seus dirigentes.
negro com a pobreza, devendo, portanto, ser entendida tal B.Suspensão parcial do repasse de verbas públicas.
política como permanente, na medida em que se reconheça C.Interdição da unidade.
a inviabilidade de se resgatar a dignidade humana do negro, D.Cassação do registro.
definitivamente prejudicada por conta das representações
culturais desfavoráveis formuladas a partir da escravidão. 04 - O Estatuto da Criança e Adolescente prevê, em suas
D - concretizam o princípio do devido processo legal em disposições gerais, o direito à convivência familiar e
sentido material cumulado com diretrizes constitucionais do comunitária, sendo CORRETO afirmar que a criança ou
direito à educação, eis que o critério constitucional de adolescente que estiver inserido em programa de
acesso aos níveis mais elevados do ensino, que é o da acolhimento familiar ou institucional
capacidade de cada um, deve ser articulado e temperado A.após o prazo de dois anos, será compulsoriamente
com o reconhecimento de que, face a forte relação da encaminhado para o procedimento de adoção, devendo
história do povo negro com a pobreza, para o que seguir os critérios definidos pela Vara de Infância e
contribuem políticas públicas de educação básica Juventude.
deficientes, a capacidade não pode ser aferida apenas por B.terá sua situação reavaliada, no máximo, a cada seis
critérios técnicos, mas também por critérios sociais. meses, devendo a autoridade judiciária competente, com
E - contrariam o princípio do devido processo legal em base em relatório elaborado por equipe multidisciplinar,
sentido material, eis que violam o objetivo republica no de decidir de forma fundamentada pela possibilidade de
dever da promoção do bem de todos, sem preconceitos de reintegração familiar ou colocação em família substituta.
origem, sexo, raça, cor, idade ou quaisquer outras formas de C.ficará no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes
discriminação. Decerto, a única forma de discriminação Acolhidos no sistema do Conselho Nacional de Justiça,
positiva possível que daria fundamento a uma ação assegurado o acesso aos dados nele contidos para a
afirmativa particularizada é aquela destinada ao combate a finalidade de adoção.
pobreza, exatamente porque definida como objetivo D.no processo de adoção, terão direitos diferenciados em
republicano com viés de discriminação positiva. relação aos filhos nascidos em casamento, ou união estável.

05 - A propósito da reavaliação das medidas


SIMULADÃO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO socioeducativas, está correto afirmar que
ADOLESCENTE LEI Nº 8069/1990 A.podem ser feitas a cada 6 (seis) meses, as de liberdade
assistida, de semiliberdade e de meio aberto.
01 - A Justiça da Infância e da Juventude NÃO é B.podem ser solicitadas a qualquer tempo, a pedido da
competente para direção do programa de atendimento, do defensor, do
A.conceder a remissão como forma de manutenção do Ministério Público, do adolescente, de seus pais ou
processo. responsável, as de meio aberto ou privação de liberdade e
B.conhecer de pedidos de adoção e seus incidentes. do respectivo plano individual.
C.aplicar penalidades administrativas nos casos de infrações C.devem ser feitas a cada 6 (seis) meses, as de meio aberto
contra norma de proteção à criança e ao adolescente. ou privação de liberdade e do respectivo plano individual.
D.conhecer de representações promovidas pelo Ministério D.devem ser feitas, quando solicitadas, a pedido da direção
Público para apuração de ato infracional atribuído a do programa de atendimento, do defensor, do Ministério
adolescente aplicando as medidas cabíveis Público, do adolescente, de seus pais ou responsável, as de
liberdade assistida, de semiliberdade e de internação.
02 - Com relação ao adolescente infrator constituem
exigências para a realização da medida de internação, 06 - Acerca do direito da criança à proteção, à vida e à
EXCETO: saúde, nos termos do disposto no Estatuto da Criança e
A.A internação deverá ser cumprida em entidade exclusiva Adolescente, analise as assertivas a seguir.
para adolescentes.
I. O poder público, as instituições e os empregadores C.Em razão de sua conduta ou por omissão dos pais ou
propiciarão condições adequadas ao aleitamento materno, responsável, matrícula obrigatória em estabelecimento
inclusive aos filhos de mães submetidas à medida de oficial de ensino fundamental.
privação de liberdade. D.Por omissão da sociedade, do Estado ou dos pais ou
II. Os profissionais das unidades primárias de saúde responsável, abrigo em entidade.
desenvolverão ações sistemáticas, individuais ou coletivas,
visando ao planejamento, à implementação e à avaliação de 10 - De acordo com o Estatuto da Criança e do
ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento Adolescente, são asseguradas ao adolescente, entre
materno e à alimentação complementar saudável, de forma outras, as seguintes garantias processuais:
contínua. I. Pleno e formal conhecimento da atribuição de ato
III. Os serviços de unidades de terapia intensiva neonatal infracional, mediante citação ou meio equivalente;
deverão dispor de banco de leite humano ou unidade de II. Direito de ser ouvido pessoalmente pela autoridade
coleta de leite humano. competente.
É CORRETO apenas o que se afirma em III. Vedação à sua confrontação com vítimas e testemunhas.
A.I, II e III. IV. Defesa técnica pelo Ministério Público.
B.I. Está correto o que se afirma em:
C.III. A.I, II, III e IV.
D.II e III. B.I, II e III.
C.I e II.
07 - É da competência do Comissário da Infância e da D.II e IV.
Juventude lavrar auto de infração, quando constatar
violação das normas de proteção à criança e ao 11 - De acordo com o Estatuto da Criança e do
adolescente, que tipifiquem infrações administrativas. Adolescente (Lei nº 8.069/1990), é INCORRETO afirmar:
Considerando o que foi afirmado, marque a alternativa A.A autoridade judiciária manterá, em cada comarca ou foro
abaixo que narra ocorrência que NÃO justifica a regional, um registro de crianças e adolescentes em
lavratura do auto de infração pelo Comissário da condições de serem adotados e outro de pessoas
Infância e Juventude: interessadas na adoção.
A.Matéria jornalística, divulgada em periódico impresso, B.A inscrição dos interessados na adoção será seguida de
contendo o nome de criança a que se atribua ato infracional. um período de preparação psicossocial e jurídica, orientado
B.Ausência de comunicação pelo médico à autoridade pela equipe técnica da Justiça da Infância e da Juventude,
competente de caso que tenha conhecimento, envolvendo preferencialmente com apoio dos técnicos responsáveis pela
suspeita ou confirmação de maus-tratos contra criança ou execução da política municipal de garantia do direito à
adolescente. convivência familiar.
C.Ausência de identificação correta do neonato e da C.Para a adoção, é necessário o consentimento do
parturiente, por ocasião do parto feito em estabelecimento adotando quando maior de doze anos de idade.
de atenção à saúde de gestante. D.É vedada a adoção por procuração.
D.Hospedagem de criança ou adolescente em pensão,
desacompanhado, sem autorização dos pais ou responsável 12 - De acordo com o Estatuto da Criança e do
ou da autoridade judicial. Adolescente (Lei nº 8.069/1990),analise as afirmativas
abaixo:
08 - A Lei nº 8.069/1990, denominada Estatuto da Criança I. Em caso de adoção por pessoa ou casal residente ou
e Adolescente, prevê nas disposições preliminares domiciliado fora do País, o estágio de convivência, cumprido
quais os direitos da criança e do adolescente, sendo no território nacional, a ser acompanhado pela equipe
CORRETO afirmar que a criança e o adolescente interprofissional a serviço da Justiça da Infância e da
A.têm direitos fundamentais restritivos. Por esse motivo, Juventude, será de, no mínimo, 60 (sessenta) dias.
elabora-se uma legislação específica denominada Estatuto II. O vínculo da adoção constitui-se mediante termo nos
da Criança e Adolescente para regular quais os direitos e autos, no qual o responsável prestará compromisso de bem
deveres a serem cumpridos e respeitados. e fielmente desempenhar o encargo.
B.têm acesso parcial aos direitos fundamentais inerentes à III. O adotado tem direito de conhecer sua origem biológica,
pessoa humana, em que a criança e o adolescente, por bem como de obter acesso irrestrito ao processo no qual a
estarem em fase de desenvolvimento, necessitam de medida foi aplicada, somente após completar 18 (dezoito)
legislação especial para acesso e proteção social. anos.
C.gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à IV. Terão prioridade de tramitação os processos de adoção
pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que em que o adotando for criança ou adolescente com
trata o Estatuto da Criança e Adolescente, sendo deficiência ou com doença crônica.
assegurado por lei, todas as oportunidades e facilidades, a Esta correto o que se afirma em:
fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, A.Todas as afirmativas são verdadeiras.
espiritual e social, em condições de liberdade e de B.As afirmativas I e IV são verdadeiras.
dignidade. C.Apenas a afirmativa IV é verdadeira.
D.serão assim considerados, para os efeitos do Estatuto da D.Apenas a afirmativa III é falsa.
Criança e Adolescente, se tiverem até treze anos e entre
quatorze e dezoito anos, respectivamente. 13 - Legislação Especial Federal - Lei nº 8.069/1990 -
Estatuto da Criança e do Adolescente -
09 - Constatada a ameaça ou violação de qualquer ECA - CONSULPLAN Consultoria
direito garantido à criança ou ao adolescente pela Lei nº (CONSULPLAN) - 2017 - Tribunal de Justiça - MG
8.069/1990, são medidas protetivas que podem ser (TJMG/MG) - Oficial Judiciário
aplicadas, EXCETO: Em relação à proteção judicial dos interesses
A.Em razão de sua conduta, encaminhamento aos pais ou individuais, difusos ou coletivos relativos à infância e à
responsável, mediante termo de responsabilidade. adolescência, assinale a alternativa INCORRETA, de
B.Por abuso do pai ou responsável, requisição de acordo com o que prevê o Estatuto da Criança e do
tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico, em regime Adolescente (Lei nº 8.069/1990):
hospitalar ou ambulatorial. A.Para defesa dos direitos e interesses protegidos por essa
lei, são admissíveis todas as espécies de ações pertinentes.
B.Apenas o Ministério Público, como legitimado para a crianças e adolescentes a que se atribua autoria de ato
propositura das ações cíveis fundadas em interesses infracional.
coletivos ou difusos, poderá tomar dos interessados
compromisso de ajustamento de conduta às exigências 17 - São deveres do Estado em relação às crianças e aos
legais. adolescentes, conforme previsto no art. 54 da Lei
C.O servidor público tem o dever de provocar a iniciativa do 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente),
Ministério Público, prestando-lhe informações sobre fatos EXCETO:
que constituam objeto de ação civil, indicando-lhe os A.Oferta de ensino noturno regular, adequado às condições
elementos de convicção. do adolescente trabalhador.
D.A investigação do desaparecimento de crianças ou B.Atendimento educacional especializado aos portadores de
adolescentes será realizada imediatamente após notificação deficiência, preferencialmente na rede regular de ensino.
aos órgãos competentes, que deverão comunicar o fato aos C.Ensino fundamental, obrigatório e gratuito, apenas para
portos, aeroportos, Polícia Rodoviária e companhias de aqueles que não tiveram acesso na idade própria.
transporte interestaduais e internacionais, fornecendo-lhes D.Atendimento em creche e pré-escola às crianças de zero
todos os dados necessários à identificação do desaparecido. a cinco anos de idade.

14 - Considere as seguintes assertivas, conforme as 18 – O artigo 18-A do Estatuto da Criança e do


disposições da Lei nº 8.069/1990 (ECA): Adolescente é de particular relevância para os
I. Considera-se criança, para os efeitos do ECA, a pessoa educadores, porque aborda a questão da forma como os
até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela diversos responsáveis pelos cuidados e pela educação
entre doze e dezoito anos de idade. da criança devem agir em relação a ela. Sobre essas
II. A colocação em família substituta far-se-á mediante ações analise as afirmativas.
adoção, considerando-se a situação jurídica da criança ou I - Em hipótese alguma os castigos físicos contra crianças
adolescente, nos termos do Estatuto. devem ser aplicados.
III. A competência do Juiz da Infância e da Juventude, nos II - A criança tem o direito de ser educada e cuidada sem
casos de ato infracional, será determinada pelo domicílio tratamento cruel ou degradante, como formas de correção,
dos pais ou responsável, ou pelo lugar onde se encontre a disciplina, educação.
criança ou adolescente, à falta dos pais ou responsável. III - A criança precisa de limites, sendo os castigos físicos
Está correto o que se afirma em: importantes meios de modelagem de comportamentos.
A.I e II. IV - Os castigos físicos só poderão ocorrer se houver
B.I. indisciplina persistente por parte da criança.
C.II e III. Estão corretas as afirmativas
D.I, II e III. A.I, II e III, apenas.
B.I, II e IV, apenas.
15 - Considerando as disposições contidas no Estatuto C.III e IV, apenas.
da Criança e do Adolescente, faça a avaliação das D.I e II, apenas.
afirmativas expostas a seguir:
I. É dever do Estado assegurar à criança e ao adolescente 19 - De acordo com a Lei nº 8.069, de 13 de julho de
oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do 1990, que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do
adolescente trabalhador Adolescente (ECA), é correto afirmar que:
II. É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos A.os direitos enunciados na referida Lei são aplicados
de idade, salvo na condição de aprendiz. exclusivamente às crianças e adolescentes em condições de
III. À criança e ao adolescente é assegurado o direito de hipossuficiência econômica.
contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às B.direito ao esporte e ao lazer não são assegurados às
instâncias escolares superiores. crianças e aos adolescentes.
IV. Os dirigentes de estabelecimentos de ensino C.direito ao respeito consiste na inviolabilidade da
fundamental têm o dever de comunicar ao Conselho Tutelar integridade física, não abrangendo os aspectos psíquicos e
os casos de: maus-tratos envolvendo seus alunos; elevados morais da criança e do adolescente.
níveis de repetência; e reiteração de faltas injustificadas e de D.compete somente ao poder público a efetivação dos
evasão escolar, depois de adotadas sem sucesso as direitos previstos na referida Lei.
medidas previstas na instituição para evitá-los. E.participar da vida política, na forma da lei, é um dos
Está correto o que se afirma nos seguintes itens: aspectos compreendidos no direito à liberdade.
A.II, III e IV, apenas.
B.I, II, III e IV. 20 - É da competência dos órgãos que compõem o
C.II e IV, apenas. Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do
D.I e III, apenas. Adolescente
A.atribuir aos Conselhos dos Direitos da Criança e do
16 - A propósito do acesso à Justiça garantido à criança Adolescente a atividade fiscalizatória sobre as entidades que
e ao adolescente pela Lei nº 8.069/1995 (Estatuto da executam programas socioeducativos em regime de
Criança e do Adolescente), está correto afirmar que internação.
A.há isenção de custas nas ações judiciais da competência B.indicar o Conselho Tutelar para a condução do
da Justiça da Infância e da Juventude, aos que adolescente autor de ato infracional à Delegacia
necessitarem de assistência judiciária. Especializada.
B.a divulgação de atos judiciais, policiais e administrativos C.indicar o Ministério Público como destinatário de notícia de
que digam respeito a crianças e adolescentes a que se fato que constitua infração administrativa contra os direitos
atribua autoria de ato infracional, somente pode ocorrer com da criança ou do adolescente, inclusive violência
o seu consentimento. institucional.
C.qualquer notícia a respeito do fato que atribua autoria de D.atribuir ao Centro Especializado de Assistência Social a
ato infracional a criança ou adolescente não poderá execução da medida socioeducativa de semiliberdade.
identificá-lo, sendo vedada fotografia, referência a nome, 21 - Assinale a opção que completa, correta e
apelido, filiação, parentesco, residência e, inclusive, iniciais respectivamente, a lacuna do seguinte dispositivo legal:
do nome e sobrenome. “Havendo motivo grave, poderá a autoridade judiciária,
D.é vedada a expedição de cópia ou certidão de atos ouvido o Ministério Público, ___________________¹,
judiciais, policiais e administrativos que digam respeito a ___________________², até o julgamento definitivo da
causa, ficando a criança ou adolescente confiado a D.nenhum adolescente será privado de sua liberdade senão
pessoa idônea, mediante termo de responsabilidade”. em flagrante de ato infracional ou por ordem escrita e
A.decretar a perda do poder familiar¹ — liminar ou fundamentada da autoridade judiciária competente.
incidentalmente²
B.decretar a suspensão do poder familiar¹ — liminarmente² 27 - No que concerne ao instituto jurídico da tutela,
C.decretar a perda do poder familiar¹ — liminarmente² tomando-se por base o ECA, é correto afirmar que
D.decretar a suspensão do poder familiar¹ — liminar ou A.as normas de decretação de perda ou suspensão do
incidentalmente² poder familiar aplicam-se à destituição da tutela.
B.o tutor nomeado por testamento ou qualquer documento
22 - Aplica-se às entidades governamentais de autêntico, conforme previsto no Código Civil, deverá, no
atendimento que descumprirem suas obrigações legais, prazo de 60 (sessenta) dias após a abertura da sucessão,
sem prejuízo da responsabilidade civil e criminal de ingressar com pedido destinado ao controle judicial do ato,
seus dirigentes ou prepostos: observando o procedimento previsto no ECA.
A.suspensão total ou parcial do repasse de verbas públicas C.o deferimento da tutela pressupõe a prévia decretação da
ou suspensão de programa. perda ou suspensão do poder familiar, mas não implica,
B.interdição de unidades ou suspensão de programa. necessariamente, o dever de guarda.
C.fechamento de unidade ou interdição de programa. D.a tutela será deferida, nos termos da lei civil, a pessoa de
D.cassação ou suspensão do registro, ou fechamento de até 18 (dezoito) anos completos.
unidade.
28 - No que diz respeito à família, de acordo com o ECA,
23 - Configura infração administrativa, prevista no ECA assinale a afirmação verdadeira.
A.deixar a autoridade policial responsável pela apreensão A.Entende-se por família extensa ou ampliada aquela
de criança ou adolescente de fazer imediata comunicação à formada mediante guarda, tutela ou adoção,
autoridade judiciária competente e à família do apreendido independentemente da situação jurídica da criança ou
ou à pessoa por ele indicada. adolescente.
B.vender ou locar a criança ou adolescente fita de B.Entende-se por família extensa ou ampliada a
programação em vídeo, em desacordo com a classificação comunidade formada pelos pais ou qualquer deles e seus
atribuída pelo órgão competente. descendentes.
C.submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, C.Entende-se por família natural a comunidade formada
guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento. pelos pais ou qualquer deles e seus descendentes.
D.deixar a autoridade competente, sem justa causa, de D.Entende-se por família natural aquela que se estende para
ordenar a imediata liberação de criança ou adolescente, tão além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal,
logo tenha conhecimento da ilegalidade da apreensão. formada por parentes próximos com os quais a criança ou
adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e
24 - Quanto ao Direito à Profissionalização e à Proteção afetividade.
no Trabalho da criança e do adolescente, pode-se
afirmar corretamente que 29 - Assinale a opção que completa, correta e
A.é proibido qualquer trabalho a menores de dezesseis anos respectivamente, as lacunas do seguinte dispositivo
de idade, salvo na condição de aprendiz. legal: “A ____________¹ é medida excepcional e
B.ao adolescente aprendiz, ainda que menor de quatorze ____________², à qual se deve recorrer apenas quando
anos, são assegurados os direitos trabalhistas e esgotados os recursos de manutenção da criança ou
previdenciários. adolescente na família natural ou extensa”.
C.é garantido o adicional por trabalho perigoso, insalubre ou A.adoção¹ — revogável²
penoso ao adolescente aprendiz. B.adoção¹ — irrevogável²
D.ao adolescente empregado, é permitido o trabalho C.guarda¹ — irrevogável²
realizado entre as cinco horas da manhã e as vinte e duas D.guarda¹ — revogável²
horas do mesmo dia.
30 - Assinale a opção que completa, correta e
25 - A adoção internacional de criança ou adolescente respectivamente, as lacunas do seguinte dispositivo
brasileiro ou domiciliado no Brasil legal: “Os filhos, ______________________¹, terão
A.somente terá lugar quando restar comprovado que a ______________________ 2, proibidas quaisquer
colocação em família substituta é a solução adequada ao designações discriminatórias relativas à filiação”.
caso concreto. A.havidos da relação do casamento¹ — os mesmos direitos,
B.tem lugar ainda que não esgotadas todas as mas distintas qualificações²
possibilidades de colocação da criança ou adolescente em B.havidos da relação do casamento, ou por adoção¹ — os
família substituta brasileira. mesmos direitos e qualificações²
C.somente terá lugar quando restar comprovado que, em se C.havidos da relação do casamento, ou por adoção¹ — os
tratando de adoção de adolescente, este foi consultado, por mesmos direitos e qualificações²
meios adequados ao seu estágio de desenvolvimento, e que D.havidos ou não da relação do casamento¹ — os mesmos
se encontra preparado para a medida, mediante parecer direitos, mas distintas qualificações²
elaborado por equipe interprofissional.
D.tem lugar como procedimento isonômico, não tendo os 31 - O direito ao respeito, previsto no ECA, consiste
brasileiros residentes no exterior preferência aos A.na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral
estrangeiros. da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da
imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, ideias e
26 - Quanto ao ato infracional, é correto afirmar que crenças, dos espaços e objetos pessoais.
A.se considera ato infracional somente a conduta descrita B.em brincar, praticar esportes e divertir-se.
como crime. C.em participar da vida familiar e comunitária, sem
B.são penalmente inimputáveis os menores de vinte e um discriminação.
anos, sujeitos às medidas previstas no ECA. D.no direito de buscar refúgio, auxílio e orientação.
C.para os efeitos do ECA, deve ser considerada a idade do
adolescente à data da manifestação judicial. 32 - Conforme o ECA, considera-se criança
A.a pessoa até quatorze anos de idade incompletos, e
adolescente aquela entre quatorze e dezoito anos de idade.
B.a pessoa até doze anos de idade completos, e C.dignidade física e psíquica, envolvendo altruísmo,
adolescente aquela com mais de doze e menos de dezoito preferências alimentares, identidade e valores financeiros.
anos de idade. D.direito de ir e vir, de expressar-se, brincar e divertirse,
C.a pessoa até doze anos de idade incompletos, e participar da vida familiar e comunitária.
adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade.
D.a pessoa até quatorze anos de idade completos, e 38 - As crianças e os adolescentes têm direito à
adolescente aquela com mais de quatorze e menos de educação que vise a sua qualificação para o trabalho, o
dezoito anos de idade. seu pleno desenvolvimento e o exercício da
A.heteronomia.
33 - Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente — B.disciplina.
ECA —, Lei Federal nº 8.069/90, a falta ou a carência de C.cidadania.
recursos materiais D.independência.
A.não constitui motivo suficiente para a suspensão do poder
familiar, mas sim para a perda deste. 39 - A inviolabilidade da integridade física, psíquica e
B.não constitui motivo suficiente para a perda ou a moral da criança e do adolescente, abrangendo a
suspensão do poder familiar. preservação da imagem, da identidade, da autonomia,
C.constitui motivo suficiente para a suspensão do poder dos valores, ideias e crenças, dos espaços e objetos
familiar, mas não para a perda. pessoais, tal como preescrito no ECA, refere-se ao
D.constitui motivo suficiente para a perda ou a suspensão do direito de
poder familiar. A.emitir opinião e se expressar.
B.ter crença religiosa.
34 - Dadas as afirmativas a respeito do que é C.brincar e praticar esportes.
estabelecido pela Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, D.ser respeitado.
Estatuto da Criança e do Adolescente,
I. Uma gestante que manifeste interesse em entregar seu 40 - De acordo com o Estatuto da Criança e do
filho para adoção deve ser obrigatoriamente encaminhada, Adolescente (ECA), Lei n. 8.069, de 13 de julho de 1990,
sem constrangimento, à Justiça da Infância e da Juventude. os casos de suspeita ou confirmação de castigo físico,
II. O componente especializado dos serviços de Assistência tratamento cruel ou degradante e de maus-tratos contra
Social é o Conselho Federal de Serviço Social. crianças e adolescentes deverão ser obrigatoriamente
III. Na hipótese de internação de um adolescente, o comunicados
estabelecimento de atendimento à saúde deve proporcionar A.ao Conselho Escolar.
condições para a permanência em tempo integral de um dos B.ao Conselho Tutelar.
pais ou responsável. C.ao Conselho de Classe.
verifica-se que está(ão) correta(s) D.ao Conselho de Educação.
A.I, apenas.
B.II, apenas. 41 - Legislação Especial Federal - Lei nº 8.069/1990 -
C.I e III, apenas. Estatuto da Criança e do Adolescente -
D.II e III, apenas. ECA - Universidade Federal do Rio de Janeiro
E.I, II e III. (UFRJ) - 2017 - Universidade Federal do Rio de Janeiro
(UFRJ) - Assistente de Alunos
35 - O ECA, lei que dispõe sobre a proteção integral à De acordo com o artigo 3º do Estatuto da Criança e do
criança e ao adolescente, considera respectivamente, Adolescente (ECA), a criança e o adolescente gozam de
para os efeitos dessa Lei as seguintes faixas etárias: todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa
A.Criança 0-12 anos incompletos; Adolescente 12 a 18 anos humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata
completos. esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros
B.Criança 0-5 anos completos; Adolescente 15 a 17 anos meios todas as oportunidades e facilidades, a fim de
completos. lhes facultar, em condições de liberdade e dignidade, o
C.Criança 0-10 anos incompletos; Adolescente 10 a 18 anos desenvolvimento:
completos. A.ético, moral, psíquico e físico.
D.Criança 6-14 anos completos; Adolescente 16 a 21 anos B.físico, moral e social.
completos. C.social, moral e psíquico.
D.mental, moral e espiritual.
36 - “As emissoras de rádio e televisão somente E.físico, mental, moral, espiritual e social.
exibirão, no horário recomendado para o público infanto
juvenil, programas com finalidades educativas, 42 - O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei no
artísticas, culturais e informativas.” (Art. 76 da Lei n. 8.069 de 13 de julho de 1990) garante ao menor de idade
8.069, de 13 de julho de 1990). Este artigo constitui uma o direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer,
A.regulamentação a ser cumprida pelos meios de prevendo alguns dos incisos a seguir:
comunicação.
B.ação policialesca que ignora o discernimento deste I. Ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para
público. os que a ele não tiveram acesso na idade própria.
C.ação de censura com valor moral. II. Progressiva extensão da obrigatoriedade e gratuidade ao
D.medida restritiva aos direitos das crianças. ensino médio.
III. Atendimento educacional especializado e gratuito aos
37 - O direito da criança e do adolescente à liberdade é portadores de deficiência, obrigatoriamente em rede
definido no título II dos direitos fundamentais e especial de ensino.
explicitado no Capítulo II, em seu artigo 16 (ECA,1990). IV. Obrigatoriedade e gratuidade em creche e pré-escola às
Esse direito compreende: crianças de zero a seis anos de idade.
A.primazia de receber proteção e socorro em quaisquer V. Acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa
circunstâncias devendo, para tanto, ter precedência do e da criação artística, segundo a capacidade de cada um.
atendimento nos serviços público. VI. Oferta de ensino noturno regular, adequado às condições
B.integridade do corpo físico, psíquico e moral da criança e do adolescente trabalhador.
do adolescente, abrangendo tanto o complexo de Édipo
quanto a vocação profissional.
VII. Atendimento no ensino fundamental, através de C.Exclusivamente do Estado.
programas suplementares de material didático-escolar, D.Somente do Estado e da família.
transporte, alimentação e assistência à saúde. E.Somente da família.
Assinale a opção em que constem os incisos corretos que,
de acordo com o Estatuto (art. 54), prescrevem os direitos 46 - O adolescente que cometer um ato infracional
assegurados pelo Estado à criança e ao adolescente. estará sujeito a algumas medidas socioeducativas.
A.I, III, IV, V e VI Assinale a alternativa que apresenta exemplos dessas
B.I, III, V e VI medidas.
C.I, II, V, VI e VII A.Obrigação de reparação do dano e prisão.
D.I, IV e VII B.Prestação de serviços à comunidade e anistia.
E.I, II, III, IV, V, VI e VII C.Internação em estabelecimento educacional e multa.
D.Refúgio, auxílio e orientação.
43 - De acordo com os artigos 15 e 16 do Estatuto da E.Advertência e liberdade assistida.
Criança e do Adolescente – ECA, “a criança e o
adolescente têm direito à liberdade, ao respeito e à 47 - São considerados direitos fundamentais da criança
dignidade como pessoas humanas em processo de e do adolescente:
desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, I - a proteção à vida e a saúde.
humanos e sociais garantidos na Constituição e nas II - a prisão especial nos casos de privação de liberdade.
leis”. III - alimentação gratuita até a idade adulta.
O direito à liberdade compreende os seguintes Está(ão) correta(s):
aspectos: A.alternativa I.
A.I - ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços B.alternativa II.
comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e C.alternativas I e II.
expressão; III - vacinação das crianças nos casos D.alternativas I e III.
recomendados pelas autoridades sanitárias; IV - brincar, E.alternativas II e III.
praticar esportes e divertir-se; V - participar da vida familiar e
comunitária, sem discriminação; VI - participar da vida 48 - Sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)
política, na forma da lei; VII - buscar refúgio, auxílio e é INCORRETO afirmar:
orientação. A.Foi apenas com a promulgação do ECA que crianças e
B.I - ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços adolescentes passaram a ser concebidos como sujeitos de
comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e direito, em peculiar condição de desenvolvimento.
expressão; III - crença e culto religioso; IV - brincar, praticar B.O ECA assegurou o direito de crianças e adolescentes à
esportes e divertir-se; V - participar da vida familiar e convivência familiar e comunitária, prioritariamente na
comunitária, sem discriminação; VI - participar da vida família de origem e, excepcionalmente, na família substituta.
política, na forma da lei; VII - vacinação das crianças nos C.De acordo com o ECA, situação de pobreza da família
casos recomendados pelas autoridades sanitárias. constitui motivo suficiente para o afastamento da criança e
C.I- ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços do adolescente do convívio familiar.
comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e D.O ECA passou a exigir a inscrição das entidades que
expressão; III - crença e culto religioso; IV - brincar, praticar ofertassem programas de abrigo no Conselho Municipal dos
esportes e divertir-se; V - participar da vida familiar e Direitos da Criança e do Adolescente e estabeleceu
comunitária, sem discriminação; VI - contestar critérios princípios para a organização desses serviços.
avaliativos, podendo recorrer às instâncias superiores; VII - E.O ECA tem por base teórico-filosófica a Doutrina da
buscar refúgio, auxílio e orientação. Proteção Integral.
D.I - ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços
comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e 49 - O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)
expressão; III - crença e culto religioso; IV - brincar, praticar estabelece que “a criança e o adolescente têm direito à
esportes e divertir-se; V - participar da vida familiar e educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua
comunitária, sem discriminação; VI - participar da vida pessoa, preparo para o exercício da cidadania e
política, na forma da lei; VII - buscar refúgio, auxílio e qualificação para o trabalho”. Sobre o direito à
orientação. educação, à cultura, ao esporte e ao lazer de crianças e
E.I - ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços adolescentes, é correto afirmar que
comunitários, ressalvadas as restrições legais; II - opinião e A.o acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público
expressão; III - Participar da definição e elaboração da objetivo.
proposta curricular do município; IV - brincar, praticar B.os pais ou responsáveis não têm a obrigação de
esportes e divertir-se; V - contestar critérios avaliativos, matricular seus filhos ou pupilos na rede regular de ensino.
podendo recorrer às instâncias superiores; VI - participar da C.o não oferecimento do ensino obrigatório pelo poder
vida política, na forma da lei; VII - vacinação das crianças público ou sua oferta irregular não importa responsabilidade
nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias. da autoridade competente.
44 - De acordo com o Estatuto da Criança e do D.compete ao poder público recensear os educandos no
Adolescente, quem recruta participação de criança ou ensino fundamental, fazer-lhes a chamada e zelar, junto aos
adolescente em cena de sexo explícito ou pornográfica, pais ou responsáveis, pela frequência à escola.
comete crime. Ao infrator, o crime descrito gera a
seguinte penalidade: 50 - Considerando o Conselho Tutelar e o disposto
A.Reclusão, de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa sobre ele no Estatuto da Criança e do Adolescente,
B.Detenção de seis meses a dois anos. assinale a afirmativa correta.
C.Apenas advertência escrita. A.As decisões do Conselho Tutelar podem ser revistas por
D.Reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa. qualquer cidadão por se tratar de função pública.
B.O exercício efetivo da função de conselheiro constitui
45 - Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, o serviço público relevante, sem estabelecer presunção de
dever de assegurar à criança, ao adolescente e ao idoneidade moral.
jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à C.Para promover a execução de suas decisões, o Conselho
saúde, à alimentação e à educação é: Tutelar pode representar junto à autoridade judiciária nos
A.Somente da sociedade e do governo. casos de descumprimento injustificado de suas
B.Do Estado, da família e da sociedade. deliberações.
D.o processo para a escolha dos membros do Conselho 05 - O plano diretor além de outras disposições, contém
Tutelar é estabelecido em lei municipal e realizado sob a diretrizes sobre sistema viário do Município e o sistema
responsabilidade da prefeitura com a fiscalização do de zoneamento, sendo
Ministério Público. A.aprovado por decreto do Chefe do Executivo, que detém
competência privativa para sua elaboração, ouvidos os
competentes órgãos técnicos.
B.o documento técnico-legislativo que aprova as linhas
SIMULADÃO ESTATUTO DA CIDADE LEI Nº 10257 DE 10 gerais do ordenamento urbano, remetendo para decreto
DE JULHO DE 2001 legislativo a definição do zoneamento, parcelamento,
01 - O mandamento constitucional de transparência na arruamento e sistema de lazer.
Administração pública e amplo acesso à informação é a C.aprovado por lei complementar de iniciativa do Chefe do
diretriz condutora do regramento estabelecido pela Lei Executivo, contendo as normas que veiculam o
de Acesso à Informação (Lei no 12.527/2011). Nesse planejamento territorial, das quais pode vir a ser extraído o
diapasão, a premissa adotada pelo referido diploma é a entendimento do que seja a função social da propriedade
da publicidade de dados e informações, admitindo, naqueles limites territoriais.
contudo, algumas EXCEÇÕES, entre as quais: D.elaborado por iniciativa parlamentar, obrigatória oitiva dos
A.número reduzido de servidores ou ausência de servidor setores especializados da sociedade e da população, e
apto para efetuar a pesquisa ou levantamentos necessários. submetido a trâmite interno no Executivo antes da sanção,
B.ausência de indicação, pelo requerente, das razões para oitiva dos órgãos técnicos competentes para os ajustes
determinantes da solicitação. e correções necessários.
C.hipóteses de segredo industrial decorrentes da exploração E.o plano urbanístico de ordenamento territorial, que contém
direta de atividade econômica pelo Estado. os estudos, diagnóstico e plano de diretrizes necessários ao
D.dúvida fundamentada sobre a idoneidade do solicitante ou adequado desenvolvimento urbano, restrito ao Executivo e
indícios de que possa fazer uso abusivo da informação. submetido ao Legislativo para fins de aprovação de sua
E.razões de interesse público, devidamente justificadas pela execução no orçamento.
autoridade competente, no âmbito do seu poder
discricionário. 06 - A abertura de novas vias pode ser feita
A.pelas Municipalidades, desde que haja delegação da
02 - Com base nas disposições da Lei n.º 6.766/1979 (Lei competência constitucionalmente atribuída aos Estados e ao
de Parcelamento do Solo Urbano) e da Lei n.º Distrito Federal.
10.257/2001 (Estatuto da Cidade), julgue os seguintes B.pelo loteador, quando da implantação de projeto de
itens. A ocupação de imóvel urbano com área total de loteamento regularmente aprovado pela municipalidade,
até 250 m2 por cinco anos ininterruptos, sem que tenha quando também deverá ter sido definido o percentual das
havido contestações, dará ao ocupante o direito à demais áreas públicas necessárias para o empreendimento.
usucapião desse imóvel, ainda que ele seja proprietário C.pelo loteador, para novos empreendimentos situados em
de outro imóvel urbano. glebas rurais ou de expansão urbana, que demandem obras
C.Certo de arruamento e interligação com rodovia já existente.
E.Errado D.pelos Estados, Distrito Federal e pelos Municípios, no
perímetro urbano e metropolitano, demonstrado o interesse
03 - Com base nas disposições da Lei n.º 6.766/1979 (Lei público na efetivação da intervenção urbanística.
de Parcelamento do Solo Urbano) e da Lei n.º E.pelo empreendedor, nas diversas modalidades de
10.257/2001 (Estatuto da Cidade), julgue os seguintes parcelamento do solo, previamente autorizado pelo órgão
itens. Situação hipotética: Um terreno urbano com cerca licenciador municipal.
de 300 m² é ocupado, há seis anos consecutivos, por 07 - A aquisição de imóveis pelos entes públicos pode
uma dezena de famílias de baixa renda, para sua se dar de forma voluntária ou compulsória, estando
moradia. No terreno, contudo, não é possível identificar previsto na Lei no 10.257/2001, consubstanciando-se em
as áreas ocupadas por cada família. Assertiva: Nessa instituto para aquela finalidade e cuja motivação não se
condição, o terreno poderá ser usucapiado funda na pretensão da Administração pública de utilizar
coletivamente. direta e especificamente o imóvel para política pública
C.Certo predeterminada,
E.Errado A.a servidão administrativa, em que determinado imóvel fica
gravado definitivamente em favor de determinada utilidade
04 - O Plano Diretor, segundo disposição expressa do pública, prevista indenização em títulos da dívida pública.
Estatuto da Cidade (Lei no 10.257/2001), B.desapropriação por utilidade pública, precedida de decreto
A.deverá conter, entre outros pontos, os critérios para editado pelo Chefe do Executivo, instituto que exige sempre
concessão, pelo município, do uso especial de imóveis para indenização prévia, justa e em dinheiro em favor do
fins de moradia destinado aos moradores removidos de proprietário expropriado, sob pena de enriquecimento ilícito.
áreas de risco. C.instituição de operação urbana consorciada, por meio da
B.nas cidades integrantes de aglomeração urbana, deve qual são alterados e disciplinados os usos, zoneamento e
seguir necessariamente as diretrizes dos planos estaduais usuários de determinado perímetro urbano, com vistas a
decenais de desenvolvimento das regiões metropolitanas. adequação ao planejamento constante do plano diretor.
C.deve integrar-se, nas cidades com mais de duzentos mil D.desapropriação-urbanística, que permite seja declarada a
habitantes, a um plano de mobilidade urbana e de acesso a perda da propriedade do particular para adequação do
serviços públicos essenciais por todos os moradores. perímetro em que está inserido ao que está previsto no
D.é obrigatório para cidades com mais de 20 mil habitantes plano diretor, exigida a indenização prévia, justa e em títulos
e deve ser aprovado por lei municipal, a ser revista pelo da dívida pública municipal ou federal, sob pena de
menos a cada dez anos. enriquecimento ilícito.
E.deve abranger todo o território, urbano ou rural, do E.desapropriação como sanção pelo solo urbano que não
município, com exceção das áreas de interesse para cumpra sua função social, respeitadas as imposições
segurança nacional, cuja regulação fica a cargo do prévias obrigatoriamente anteriores e não atendidas pelo
Ministério da Defesa. proprietário, com indenização paga em títulos da dívida
pública, em exceção à regra da indenização em dinheiro.
08 - Iniciada nova gestão na Administração pública de unificação das matrículas para viabilizar o registro do projeto
determinado ente federado, foi dado início à execução de loteamento.
do plano urbanístico integrante do plano diretor, que C.deverá unificar as matrículas desde logo, para solicitação
contempla uma série de intervenções viárias, com obras das licenças, autorizações e aprovações necessárias ao
de infraestrutura, que inclui a demolição de alguns empreendimento, para então submetê-lo à registro.
viadutos, para reconfiguração do sistema viário. D.caberá optar por unificar desde logo ou posteriormente as
Entretanto, um desses viadutos foi projetado por um matrículas, desde que o faça antes do registro do
renomado arquiteto e é marco da criação do referido loteamento, pois essa matrícula será objeto de registro e
município, datado de mais de um século. A associação averbação de todas as alienações aos adquirentes, abrindo-
de arquitetos local publicou nota técnica contendo se matrículas individualizadas apenas para as áreas
informações sobre o projeto, linha arquitetônica e públicas, de titularidade municipal ou distrital.
relevância da obra, o que E.descabe utilização de mais de uma gleba não parcelada
A.pode servir de fundamento para que o órgão responsável para o mesmo projeto de loteamento, sendo necessário
pela preservação do patrimônio histórico dê início a primeiro proceder à unificação das matrículas e sequencial
procedimento de tombamento do referido viaduto, o que desmembramento.
impediria sua demolição e obrigaria seu restauro.
B.não pode suspender a demolição, ainda que a evidência 11 - Com relação à outorga onerosa do direito de
tenha caráter técnico, tendo em vista que referido viaduto construir, o Estatuto das Cidades dispõe que
não configura patrimônio tutelado por meio de tombamento, A.o direito de construir poderá ser exercido acima do
porque constitui obra viária. coeficiente básico, mediante contrapartida do beneficiário e
C.não pode constituir elemento para iniciar procedimento devidamente autorizado por decreto do Poder Executivo.
para tombamento ou para qualquer outra intervenção no B.coeficiente de aproveitamento é a relação entre a área
viaduto ou em qualquer outra obra ou imóvel público, em edificável e a área do terreno.
razão da iniciativa ser exclusiva do seu titular. C.o plano diretor poderá fixar coeficiente de aproveitamento
D.é fundamento para ser decretado o tombamento definitivo, básico único para toda a zona urbana, vedado coeficiente
notificado o ente público posteriormente sobre a decisão. diferenciado para áreas específicas dentro da zona urbana.
E.enseja preliminar notificação ao ente público para se D.a lei definirá os limites máximos a serem atingidos pelos
manifestar sobre a nota técnica publicada para que seja coeficientes de aproveitamento, considerando a
possível dar início ao procedimento de tombamento da obra proporcionalidade entre o projeto da obra e a área edificável
viária. do terreno.
E.a outorga onerosa não poderá permitir alteração de uso do
09 - Conforme reportado por José Afonso da Silva, solo solo da área edificável.
criado será toda edificação acima do coeficiente único,
quer envolva a ocupação de espaço aéreo, quer a de 12 - A partir da afirmação que a política de
subsolo. (Direito Urbanístico Brasileiro). A Lei no desenvolvimento urbano é consubstanciada pelo
10.257/2001 trata desse conceito ao disciplinar conjunto coordenado das unidades de planejamento
A.a outorga onerosa do direito de construir, por meio da qual urbanístico − planos e projetos urbanísticos − e
o proprietário ou possuidor do terreno podem alienar o construída pela atuação conjunta entre o poder público
potencial construtivo da área objeto de seu direito real, e o setor privado, é correto afirmar:
mediante contrapartida financeira. A.O planejamento urbanístico contêm todos os elementos
B.a transferência do direito de construir, por meio da qual o necessários para a execução da transformação desejada,
proprietário de um terreno ou imóvel pode ser autorizado a estabelecendo regras e estratégias específicas para cada
edificar acima do coeficiente básico, desde que reduzido um dos diferentes territórios da cidade a serem seguidas
esse potencial de qualquer outro terreno de sua titularidade pelo setor privado.
situado no mesmo município. B.O projeto urbanístico, etapa da política de
C.as operações urbanas consorciadas, que compreendem desenvolvimento urbano, veicula disposições gerais e
intervenções conjuntas dos entes públicos para fundamentais da regulação urbanística, conformando os
readequação urbana do perímetro identificado, aprovadas instrumentos aplicáveis no município.
por meio de decreto do ente federado municipal ou distrital. C.O projeto urbanístico utiliza-se ferramental próprio,
D.a transferência do direito de construir, autorizada por lei desenvolvido e implantado em atuação conjunta entre o
municipal, por meio da qual o proprietário do terreno pode poder público e o setor privado, com o objetivo de regular o
ser autorizado a utilizar o potencial construtivo desse bem processo de transformação das cidades.
em outro local, quando aquele tiver sido, por exemplo, D.O planejamento urbanístico é um processo que ocorre em
necessário para implantação de equipamentos comunitários. ao menos duas fases, sendo a primeira preparatória através
E.outorga onerosa do direito de construir, autorizada por lei de planos gerais e normativos e a segunda vinculante, que
municipal, por meio da qual o proprietário de um terreno se realiza mediante planos de atuação concreta, de natureza
pode ser autorizado a utilizar o potencial construtivo do executiva.
mesmo em outro local, no caso daquele ter sido destinado a E.O plano urbanístico é o conjunto de propostas destinadas
programa de regularização fundiária. à transformação ou correção de urbanização outrora
implementada e à melhoria das condições ambientais,
10 - O proprietário de diversas áreas não parceladas formalmente representados em instrumento próprio e
pretende implantar um loteamento, mas tem dúvidas específico.
sobre quais providências deve adotar para lograr êxito
no registro, considerando que os imóveis que formam o 13 - A agenda do desenvolvimento urbano por parte dos
perímetro que pretende destinar ao empreendimento Municípios brasileiros, em observância disposto no art.
são objeto de diversas matrículas contíguas. Nesse 24, Inc. I da Constituição Federal, é instituída pelo
sentido, Estatuto da Cidade (Lei Federal no 10.257/2001), que
A.cabe a aprovação do projeto com as matrículas na forma estabelece padrões mínimos pelos quais a política de
como se encontram, desmembrando-se o registro, desenvolvimento urbano deve ser elaborada e
considerando que serão encerradas e darão lugar àquelas implementada pelos municípios. Em relação à política
referentes aos lotes e áreas públicas. de desenvolvimento urbano constata-se que:
B.poderá prosseguir com a aprovação dos projetos técnicos I. É considerada um projeto de controle da evolução ou
junto aos órgãos competentes, mas deverá providenciar a desenvolvimento do processo de urbanização em uma
sociedade, que pretende orientar a configuração espacial
dessas relações, atuando diretamente sobre as condições IV. A aplicação de instrumentos e programas devem
de apropriação, produção, uso e transformação do espaço considerar a diversidade dos Municípios brasileiros.
urbano. Está correto o que consta em
II. É a soma dos meios e processos eleitos para a A.I, II e III, apenas.
formulação e implantação do planejamento urbanístico geral B.I, II, III e IV.
do município com os meios e processos eleitos para C.I, III e IV, apenas.
formulação e implantação de planos setoriais de D.II e IV, apenas.
desenvolvimento urbano e projetos urbanísticos deles E.III e IV, apenas.
derivados.
III. É o processo de escolha dos meios para a realização dos 17 - Em sua gênese o solo criado traz consigo um
objetivos do governo com a participação de agentes públicos caráter eminentemente distributivo, isto é mostra-se
e privados, como os programas de ação do governo para a como uma ferramenta que tem como objetivo principal
realização de objetivos determinados num espaço-tempo compensar a sociedade pela exploração extraordinária
certo. das infraestrutura urbanas por parte dos
IV. É a produção da regulação urbanística padronizada e empreendedores que no solo edificam. O solo criado
minimamente suficiente a promover as funções sociais da traz consigo um importante instrumento que vem sendo
cidade, em atendimento a Constituição Federal. adotado por diversos Municípios desde o advento do
Está correto o que consta APENAS em Estatuto da Cidade. Neste sentido, é objetivo da Outorga
A.I e II. Onerosa do Direito de Construir:
B.II e III. A.Neutralizar os efeitos da valoração diferenciada derivada
C.I e III. da atribuição de diferentes aproveitamentos aos terrenos
D.I e IV. urbanos.
E.II e IV. B.Arrecadar recursos para o erário municipal, com vistas a
custear a manutenção da infraestrutura urbana.
14 - O estabelecimento da política urbana nos C.Taxar os proprietários de terrenos urbanos quando do não
Municípios brasileiros bem como os princípios do cumprimento da função social da propriedade urbana.
direito urbanístico tem por objetivo D.Exigir contrapartida financeira como forma de combate a
A.desenvolver o plano diretor municipal e o regramento de especulação imobiliária junto as centralidades urbanas.
uso e ocupação do solo. E.Taxar a valorização imobiliária decorrente do processo de
B.estabelecer as diretrizes de gestão urbana e o urbanização determinado pelo Plano Diretor Municipal.
consequente regramento urbanístico.
C.elaborar diretrizes de desenvolvimento e regras de 18 - As Operações urbanas, definidas pelo Artigo 32 do
controle da propriedade imóvel urbana. Estatuto da Cidade, surgiram como empreendimentos
D.definir o conceito de função social nos aspectos jurídicos, de natureza imobiliária, por intermédio dos quais o
políticos e culturais dos Municípios. poder público assumiria a iniciativa do processo de
E.adequar a propriedade imóvel urbana à sua função social. produção do espaço urbano e participaria da
valorização imobiliária decorrente, visando objetivos
15 - O Estatuto da Cidade traz consigo, além de sociais e ou aumento das oportunidades para atuação
diretrizes da política de desenvolvimento urbano, outros da iniciativa privada. O termo “Consorciada” presente
conteúdos. Um destes conteúdos reúne, sob a mesma na definição das operações urbanas,
terminologia, elementos muito diversos e dificilmente A.refere-se a necessidade de estudos econômicos, social,
comparáveis. Este conteúdo refere-se à ambientais e jurídicos para a viabilidade de implantação do
A.Projetos urbanísticos. projeto.
B.Planos setoriais. B.determina a necessidade de um consórcio imobiliário
C.Instrumentos da política urbana. responsável pela gestão e implantação do projeto
D.Ações para o cumprimento da função social da urbanístico da Operação.
propriedade. C.define as formas de gestão da Operação, com decisões
E.Índices urbanísticos. compartilhadas entre o mercado imobiliário e o conselho
gestor do Projeto.
16 - Considere o texto e as afirmações abaixo. D.valoriza a ideia da associação entre o setor público e o
A pesquisa “Rede de Avaliação e Capacitação para a setor privado, bem como as formas de controle social.
Implementação dos Planos Diretores Participativos”, E.refere-se a formas de concessão urbanística que podem
realizada pelo Ministério das Cidades entre 2007 e 2010, ser aplicadas para a viabilidade do projeto especifico,
analisou mais de 500 planos diretores no Brasil e mediante lei especifica.
demonstrou um importante problema qualitativo nestas
peças de planejamento. “Um dos principais problemas 19 - Desapropriação urbanística é
identificados [...] é que diversas diretrizes e A.um instrumento de melhoria nas condições de vida, com
instrumentos não estão adequadamente demarcados no equitativa distribuição da riqueza e atenuação das
território. [...] Foram poucos os planos que avançaram desigualdades em sociedade.
no adequado rebatimento territorial de diretrizes e B.um instrumento de utilização da propriedade urbana de
instrumentos, o que evidencia, em diversos casos, o forma conveniente e vantajosa ao interesse coletivo.
descolamento dos propósitos do plano com o território C.um instrumento de realização da política do solo urbano
municipal e a fragilidade de estratégias de em função do planejamento urbanístico.
desenvolvimento urbano pretendidas nesses planos D.a determinação de preferência para aquisição de imóvel
diretores. urbano objeto de alienação onerosa entre particulares.
E.um instrumento de execução de programas e projetos
I. As políticas setoriais não encontram expressão territorial habitacionais de interesse social.
adequada na política de desenvolvimento urbano.
II. É evidente a falta de integração da políticas de 20 - Dentre os instrumentos de política urbana, o art. 36
desenvolvimento urbano junto ao território. da Lei no 10.257/2001 trata do Estudo de Impacto de
III. A articulação e a integração territorial das políticas Vizinhança que, se descumprido, poderá desafiar o
setoriais são a chave para um salto qualitativo na revisão ajuizamento de Ação Coletiva. Dentre as questões
dos Planos Diretores Municipais. mínimas exigidas pelo dispositivo legal,
A.encontram-se o adensamento populacional, uso e urbana; utilização para moradia do possuidor ou de sua
ocupação do solo, geração de tráfego e demanda por família.
transporte público. C.Posse ininterrupta e sem oposição pelo período de 2
B.encontram-se as dos equipamentos urbanos e (dois) anos; imóvel público de até 150 m2, imóvel localizado
comunitários, regularização fundiária, ordenamento e em área com características e finalidade urbana; utilização
direcionamento da expansão urbana. para moradia do possuidor ou de sua família.
C.estão as da ventilação e iluminação, instituição de zonas D.Posse ininterrupta e sem oposição pelo período de 5
especiais de interesse social, parcelamento, edificação ou (cinco) anos; imóvel público de até 250 m2, imóvel
utilização compulsórios. localizado em área com características e finalidade urbana;
D.não se admite controle jurisdicional pela via coletiva. utilização para moradia do possuidor ou de sua família.
E.não se admite o exame de interesses difusos, porque o E.Posse ininterrupta e sem oposição pelo período de 5
prejuízo restringe-se aos futuros adquirentes do (cinco) anos; imóvel público de até 250 m2, imóvel
empreendimento. localizado em área com características e finalidade urbana
21 - O plano diretor tem por objetivo estabelecer os ou rural; utilização para moradia do possuidor ou de sua
critérios para o atendimento das funções sociais da família.
cidade e da propriedade urbana, com base em diversas
diretrizes. Dentre elas, pode-se citar: 25 - O prefeito do Município Alfa, que conta hoje com 30
A.a estagnação da valorização imobiliária, visando a (trinta) mil habitantes e tem mais de 30% de sua área
ocupação coletiva. constituída por cobertura vegetal, consulta o Procurador
B.o aproveitamento dos vazios urbanos ou terrenos Geral do Município para verificar a necessidade de
subutilizados ou ociosos, coibindo a retenção especulativa. edição de Plano Diretor, em atendimento às disposições
C.concentração dos ônus e encargos referentes a obras e constitucionais e ao Estatuto da Cidade (Lei nº
serviços de infraestrutura urbana em um só ente federativo, 10.257/01). Sobre o caso, assinale a afirmativa correta.
a fim de agilizar a disponibilização da posse ou ocupação. A.O Plano Diretor não é necessário, tendo em vista a área
D.a sua revisão a cada 20 anos. de cobertura vegetal existente no Município Alfa, devendo
E.a aprovação do plano pelos Estados ou Territórios, para este ser substituído por Estudo Prévio de Impacto Ambiental
garantia da coparticipação orçamentária e financeira. (EIA).
B.O Plano Diretor não será necessário, tendo em vista que
22 - Sistema técnico necessário ao desenvolvimento das todos os municípios com mais de 20 (vinte) mil habitantes
funções urbanas, podendo estas funções serem vistas estão automaticamente inseridos em “aglomerações
sob o aspectos social, econômico e institucional. Sob o urbanas”, que, por previsão legal, são excluídas da
aspecto social, o sistema promove adequadas necessidade de elaboração de Plano Diretor.
condições de moradia, trabalho, saúde, educação, lazer C.Será necessária a edição de Plano Diretor, aprovado por
e segurança. No que se refere ao aspecto econômico, lei municipal, que abrangerá todo o território do Município
propicia o desenvolvimento das atividades produtivas, Alfa, em razão do seu número de habitantes.
isto é, a produção e comercialização de bens e serviços. D.O Plano Diretor será necessário na abrangência da região
E sob o aspecto institucional, dispõem dos meios urbana do município, regendo, no que tange à área de
necessários ao desenvolvimento das atividades político- cobertura vegetal, as normas da Política Nacional do Meio
administrativas, entre os quais se inclui a gerência da Ambiente.
própria cidade. Esse sistema refere-se
A.à equipamentos urbanos. 26 - O direito de preempção é o instrumento da política
B.à infraestrutura urbana. urbana previsto na Lei no 10.257/2001 – denominada
C.ao Plano Diretor Estratégico. Estatuto da Cidade – que confere ao Poder Público
D.à gestão municipal participativa. municipal preferência para aquisição de imóvel urbano
E.aos instrumentos urbanísticos. objeto de alienação onerosa entre parti culares. O direito
de preempção será exercido sempre que o Poder
23 - Sobre as Regiões Metropolitanas, estas devem Público necessitar de áreas para:
conter a autonomia necessária e também o adequado I. Regularização fundiária.
ambiente interfederativo compartilhado. Devem garantir II. Execução de programas e projetos habitacionais de
igualdade de condições de decisão de todos os entes interesse social.
federados que a compõem e para promover um III. Constituição de reserva fundiária.
desenvolvimento compartilhado em que o interesse IV. Ordenamento e direcionamento da expansão urbana.
local estaria suficientemente representado no interesse Está correto o que se afirma em
comum. As ações e diretrizes relacionadas a este A.I e III, apenas.
ambiente compartilhado estão definidas, no Estatuto da B.I, II, III e IV.
Metrópole, pelo instrumento: C.II e IV, apenas.
A.Plano Diretor Metropolitano. D.I, apenas.
B.Funções Públicas de Interesse Comum. E.III, apenas.
C.Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado.
D.Estrutura própria de governança interfederativa. 27 - Nos termos da Lei no 10.257/2001 (Estatuto da
E.Lei Federal que institui as Regiões Metropolitanas. Cidade), o direito que confere ao Poder Público
municipal preferência na aquisição de imóvel urbano
24 - Assinale a alternativa que contempla requisitos objeto de alienação onerosa entre particulares é
necessários para a concessão de uso especial para fins definição de
de moradia, sem prejuízo de outros requisitos A.direito de superfície.
complementares, nos termos da legislação pertinente. B.direito de império.
A.Posse ininterrupta e sem oposição pelo período de 2 C.desapropriação para fins urbanísticos.
(dois) anos; imóvel público de até 250 m2, imóvel localizado D.servidão administrativa.
em área com características e finalidade urbana; utilização E.direito de preempção.
para moradia do possuidor ou de sua família.
B.Posse ininterrupta e sem oposição pelo período de 5 28 - Manoel possuía um terreno de 25.000 m², que foi
(cinco) anos; imóvel público ou particular de até 150 m2, invadido por 110 possuidores, que permaneceram no
imóvel localizado em área com características e finalidade imóvel pelo prazo de 6 anos. Manoel ajuizou uma ação
de reintegração de posse. Os moradores alegaram e
comprovaram, em contestação, a presença dos
requisitos da usucapião especial urbana. 33 - A respeito de planejamento e projeto urbano, julgue
Considerando a disciplina constante do Estatuto da os itens seguintes com base na Lei de Parcelamento do
Cidade, deveria o juiz declarar o pedido de reintegração Solo Urbano e no Estatuto das Cidades. Sempre que
de posse necessitar de áreas para a execução de programas
A.procedente, tendo em vista que, em razão das dimensões habitacionais ou para implantação de equipamentos
do terreno, a usucapião somente seria possível de ser comunitários, previstos pelo Estatuto da Cidade como
declarada após 10 anos de efetiva ocupação. um direito de preempção, o poder público poderá
B.procedente, mas condicionando o cumprimento da ordem desapropriar, sem ônus para o governo, trechos de
de reintegração de posse ao fornecimento, pelo Poder imóvel(is) urbano(s) para esses fins, desde que assim
Público, de alternativa habitacional a todos os moradores, previsto em lei municipal ou distrital.
mediante a concessão especial de uso para fins de moradia. C.Certo
C.procedente, mas condicionando o cumprimento da ordem E.Errado
de reintegração de posse ao fornecimento, pelo Poder
Público, de alternativa habitacional a todos os moradores, 34 - O Estatuto da Cidade, Lei no 10.257/2001, prevê em
mediante a concessão especial de uso para fins de moradia. seu texto que, para o planejamento municipal, serão
D.improcedente, declarando a aquisição da propriedade utilizados, entre outros, os seguintes instrumentos:
pelos ocupantes em razão da ocorrência da usucapião A.plano diretor e desapropriações.
especial urbana, atribuindo igual fração ideal de terreno a B.servidão administrativa e disciplina do parcelamento do
cada possuidor, independentemente da dimensão do terreno uso e da ocupação do solo.
que cada um ocupe. C.diretrizes orçamentárias, orçamento anual e concessão de
E.improcedente, não podendo, entretanto, declarar a direito real de uso.
aquisição da propriedade pela usucapião, devendo os D.zoneamento ambiental e gestão democrática participativa.
ocupantes postularem seus direitos em ação própria, tendo E.programas e projetos setoriais, planos de desenvolvimento
em vista a impossibilidade de reconvenção em ação econômico e social e direito de superfície.
possessória.
35 - Um projeto de loteamento em determinada região de
29 - As opções a seguir apresentam institutos jurídicos um Município foi objeto de questionamento por parte
de política urbana, na forma da Lei nº 10.257/01, à dos moradores da região, sob o argumento de que não
exceção de uma. Assinale-a. teria sido elaborado Estudo de Impacto de Vizinhança
A.Concessão de direito real de uso. (EIV). A exigência, considerando o disposto no Estatuto
B.Inversão da posse. da Cidade,
C.Direito de superfície. A.será procedente se o empreendimento de loteamento em
D.Operações urbanas consorciadas. questão for pertencente a particular, tendo em vista que a
E.Legitimação de posse. apresentação fica dispensada quando a responsabilidade for
de entes públicos ou de entes integrantes da Administração
30 - A Lei Federal no 10.257, de 10 de julho de 2001 indireta.
(versão atualizada de 19 julho de 2017), denominada B.é descabida, tendo em vista que o parcelamento do solo,
Estatuto da Cidade, determina que o Plano Diretor é sob a modalidade de loteamento, pressupõe a localização
obrigatório para cidades: em área rural ou de expansão urbana, o que é incompatível
A.com áreas suscetíveis a deslizamentos de grande com a elaboração do EIV.
impacto; C.será devida caso a legislação municipal assim preveja,
B.integrantes de regiões rurais de grandes extensões; considerando que os projetos de loteamento pressupõem a
C.integrantes de regiões rurais de grandes extensões; inserção em área urbana, requisito constante do Estatuto da
D.com áreas isentas de interesse turístico e histórico; Cidade para ser obrigatória a elaboração do EIV.
E.com qualquer densidade populacional. D.é obrigatória somente no caso do projeto de parcelamento
estar inserido em área urbana ou área de expansão urbana,
31 - Assinale a alternativa correta, nos termos da Lei no não sendo cabível caso o loteamento tenha sido registrado
10.257/2001. às margens de matrícula de área rural.
A.O direito de superfície somente pode ser transferido por E.somente é cabida no caso de não haver licenciamento
tempo determinado, mediante escritura registrada no ambiental para a área, tendo em vista a identidade de
cartório de registro de imóveis. finalidade com o EIV.
B.É vedado, ao plano diretor, fixar áreas nas quais o direito
de construir possa ser exercido acima do coeficiente de 36 - A implantação de um conjunto habitacional de baixa
aproveitamento básico adotado. renda por determinado Estado deve
C.O usucapião especial de imóvel urbano pode ser A.passar por todas as instâncias de aprovação existentes,
reconhecido ao mesmo possuidor mais de uma vez, para o municipal, estadual e federal, em face da inexistência de
mesmo imóvel. hierarquia entre os entes, não cabendo a exigência de
D.O autor da ação de usucapião especial urbana terá os observância da legislação ambiental no caso de se tratar de
benefícios da assistência judiciária gratuita, exceto perante o empreendimento financiado pelo programa Minha Casa
cartório de registro de imóveis. Minha Vida.
E.O direito de preempção confere ao Poder Publico B.obedecer a legislação ambiental vigente, dispensada, no
municipal preferência na aquisição de imóvel urbano objeto entanto, a submissão às normas municipais, especialmente
de alienação onerosa entre particulares. zoneamento e plano diretor, por se tratar de ente público
hierarquicamente superior.
32 - A respeito de planejamento e projeto urbano, julgue C.se submeter à legislação que rege o parcelamento do
os itens seguintes com base na Lei de Parcelamento do solo, dispensada, no entanto, a previsão de áreas verdes e
Solo Urbano e no Estatuto das Cidades. A prefeitura institucionais em razão da natureza do empreendimento.
deverá fornecer ao interessado a locação das faixas D.observar a legislação municipal vigente, tendo em vista
sanitárias do terreno, necessárias ao escoamento das que inexiste hierarquia entre os entes federados, devendo
águas pluviais, e as faixas não edificáveis, para permitir ser respeitada a repartição de competências constitucional.
a elaboração do projeto de loteamento. E.se submeter às normas gerais federais que tratam sobre
C.Certo uso e ordenação do solo, em face da hierarquia federativa,
E.Errado
dispensada a observância de normas estaduais e lei estadual ou federal e quando o loteamento abranger área
municipais, porque inferiores àquelas. superior a 10.000 m2.
C.especial definidas por legislação federal (áreas de
37 - Com base na Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001, proteção ambiental, florestal e marítima); quando localizados
que “Regulamenta os artigos nos 182 e 183 da em áreas da União e quando o loteamento abranger área
Constituição Federal, estabelece diretrizes gerais da superior a 500.000 m2.
política urbana e dá outras providências”, analise as D.privado definidas por legislação municipal (áreas de
assertivas e identifique com V as verdadeiras e com F as expansão urbana); quando localizados em área limítrofe do
falsas. município e quando o loteamento abranger área superior a
( ) O plano diretor, aprovado por lei municipal, é o 100.000 m2.
instrumento básico da política de desenvolvimento e E.especial definidas por legislação estadual ou federal
expansão urbana, sendo parte integrante do processo de (proteção manancial ou patrimônio cultural, histórico,
planejamento municipal. O plano plurianual, as diretrizes paisagístico e arqueológico); quando localizados em área
orçamentárias e o orçamento anual deverão incorporar as limítrofe do município ou que pertença a mais de um
diretrizes e as prioridades nele contidas. município, nas regiões metropolitanas ou em aglomerações
( ) O estudo de impacto de vizinhança (EIV) será executado urbanas, definidas em lei estadual ou federal e quando o
de forma a contemplar os efeitos positivos e negativos do loteamento abranger área superior a 1.000.000 m2.
empreendimento ou da atividade quanto à qualidade de vida
da população residente na área e suas proximidades, e, 40 - Acerca do que dispõe a Lei no 10.257/01, é correto
desde que regulamentado por lei específica, dispensará o afirmar que
estudo prévio de impacto ambiental (EIA). A.o direito de preempção confere ao Poder Público
( ) Na pendência da ação de usucapião especial urbana, municipal preferência para aquisição de imóvel urbano
ficarão sobrestadas quaisquer outras ações, petitórias ou objeto de alienação onerosa entre particulares.
possessórias, que venham a ser propostas relativamente ao B.a concessão do direito de superfície deverá ser
imóvel usucapiendo, sendo obrigatória a intervenção do invariavelmente onerosa.
Ministério Público. C.na pendência da ação de usucapião especial urbana,
( ) O plano diretor é obrigatório para cidades inseridas na tramitam conjuntamente quaisquer outras ações, petitórias
área de influência de empreendimentos ou atividades com ou possessórias, que venham a ser propostas relativamente
significativo impacto ambiental de âmbito regional ou ao imóvel usucapiendo.
nacional. Nesse caso, os recursos financeiros para a D.decorridos dez anos de cobrança do IPTU progressivo
elaboração do plano diretor estarão inseridos entre as sem que o proprietário tenha cumprido a obrigação de
medidas de compensação adotadas. parcelamento, edificação ou utilização, o Município poderá
( ) O plano diretor poderá fixar áreas nas quais o direito de proceder à desapropriação do imóvel, com pagamento em
construir poderá ser exercido acima do coeficiente de dinheiro.
aproveitamento básico adotado, mediante contrapartida a E.compete aos Municípios, entre outras atribuições de
ser prestada pelo beneficiário. interesse da política urbana, legislar sobre normas gerais de
A alternativa que contém a sequência correta, de cima para direito urbanístico.
baixo, é
A.V F V F V 41 - Quanto ao direito urbanístico, assinale a alternativa
B.V F V V V correta.
C.V F V V F A.A lei que instituir o plano diretor deverá ser revista, pelo
D.F V F V V menos, a cada vinte anos.
E.F F V F F B.O plano diretor é obrigatório para todas as cidades.
C.O plano diretor é parte integrante do processo de
38 - De acordo com o disposto no Estatuto das Cidades, planejamento regional e municipal.
assinale a opção correta. D.Não é possível aos municípios ampliar o seu perímetro
A.O estatuto não permite ao proprietário urbano a urbano após a edição da Lei no 10.257/2001 (Estatuto da
transmissão de seus direitos de propriedade. Cidade).
B.Compete apenas à União promover, de forma isolada e E.O plano diretor, aprovado por lei municipal, é o
por iniciativa própria, programas de construção de moradias. instrumento básico da política de desenvolvimento e
C.O estatuto prevê instrumento que desobriga o proprietário expansão urbana.
a dar destinação ao seu terreno subutilizado.
D.O município poderá, em determinada situação, aumentar 42 - De acordo com a Lei Federal nº 10.257/2001
a alíquota do IPTU, progressivamente pelo prazo de cinco (Estatuto da Cidade) com relação ao direito de construir,
anos consecutivos, como forma de penalizar a retenção do o Plano Diretor poderá
imóvel para fins de especulação da valorização imobiliária. A.fixar áreas nas quais o direito de construir será exercido
E.O estatuto proíbe a propositura de usucapião especial de acima do coeficiente de aproveitamento básico adotado,
imóvel urbano. desde que o beneficiário seja portador de necessidades
especiais.
39 - Da aprovação do Projeto de Loteamento e B.estabelecer coeficientes de aproveitamento diversificados,
Desmembramentos, aos Estados caberá disciplinar a para áreas específicas dentro da zona urbana.
aprovação pelos Municípios de loteamentos e C.definir limites máximos para os coeficientes de
desmembramentos, quando localizados em áreas de aproveitamento, considerando a proporcionalidade entre o
interesse número de usuários e a área da zona urbana.
A.público definidas por legislação federal (áreas de risco, D.alterar o uso do solo, mediante o aumento da
áreas de proteção ambiental e áreas de expansão urbana); infraestrutura existente e do coeficiente de aproveitamento.
quando localizados em área dentro dos limites municipais, E.dispensar o emprego do coeficiente básico adotado nas
definidas em lei estadual ou federal e quando o loteamento áreas centrais urbanas, nas quais a valorização do solo é
abranger área superior a 5.000.000 m2. mais elevada.
B.privado definidas por legislação estadual ou federal (áreas
destinadas a portos, aeroportos, rodovias e ferrovias); 43 - Assinale a opção que apresenta o teor do artigo que
quando localizados em área limítrofe do município ou que foi incluído no Estatuto da Cidade (Lei nº 10.527/01),
pertença a mais de um município, nas regiões referente à ampliação do perímetro urbano dos
metropolitanas ou em aglomerações urbanas, definidas em Municípios.
A.Fixação de parâmetros de parcelamento, uso e ocupação D.inclui, de forma taxativa, a lista dos instrumentos para a
do solo, de modo a restringir a diversidade de usos. execução da política urbana.
B.Previsão de áreas para habitação multifamiliar, com o
objetivo de controlar a densidade da região, quando o uso 48 - Sobre a tutela coletiva do direito à cidade, do direito
habitacional for permitido. à moradia e do meio ambiente, considere:
C.Delimitação dos trechos com restrições à urbanização e I. O Estatuto da Cidade (Lei no 10.257/2001) prevê que as
dos trechos sujeitos a controle especial, em função de cidades incluídas no cadastro nacional de Municípios com
ameaça de desastres naturais. áreas suscetíveis à ocorrência de deslizamentos de grande
D.Determinação de diretrizes e instrumentos específicos impacto, inundações bruscas ou processos geológicos ou
para proteção das edificações educacionais públicas e hidrológicos correlatos têm que, obrigatoriamente, elaborar
privadas. Plano Diretor, independentemente do número de habitantes.
E.Definição de diretrizes específicas e de áreas para uso II. Por se tratar de política urbanística essencial à exata
industrial, na zona periférica externa ao novo perímetro ordenação das cidades, os Municípios não poderão
urbano demarcado. dispensar as exigências relativas ao percentual e às
dimensões de áreas destinadas ao uso público ou ao
44 - Com relação ao EIV, previsto na Lei n.º 10.257/2001 tamanho dos lotes regularizados, assim como a outros
(Estatuto da Cidade), julgue os itens a seguir. parâmetros urbanísticos e edilícios, ainda que se trate de
I A definição dos empreendimentos e das atividades para regularização fundiária de núcleos urbanos informais.
cuja construção, ampliação e funcionamento deverá ser III. O princípio do poluidor pagador internaliza o custo social
elaborado EIV é de competência municipal, seja em área provocado pelas externalidades da atividade econômica em
urbana ou rural. decorrência de seu processo produtivo.
II O EIV deve contemplar os efeitos positivos e negativos do IV. O consumidor de produtos e de serviços não faz parte do
empreendimento ou da atividade para a qualidade de vida sistema de logística reversa de resíduos sólidos, cuja
da população residente na área e em suas proximidades. responsabilidade recai sobre o fornecedor.
III O EIV inclui a análise do uso e da ocupação do solo, bem V. É possível regularização fundiária de interesse social dos
como da geração de tráfego e da demanda por transporte núcleos urbanos informais inseridos em área urbana de
público. ocupação consolidada existentes, total ou parcialmente, em
IV Realizado o EIV, dispensam-se a elaboração e a áreas de preservação permanente. Todavia, para tanto, é
aprovação de EIA. preciso aprovação de projeto no qual se elabore estudos
Estão certos apenas os itens técnicos que justifiquem as melhorias ambientais em relação
A.I e II. à situação anterior, inclusive por meio de compensações
B.I e IV. ambientais, quando for o caso.
C.II e III. Está correto o que se afirma APENAS em
D.III e IV. A.I, II e III.
B.II e III.
45 - Determinado município, para executar seu C.I, III e V.
planejamento urbanístico, com a valorização de espaços D.I e IV.
históricos e a otimização de meios de transporte E.III e V.
coletivo, desapropriou imóveis que vinham sendo
usados de forma incompatível com a previsão do plano 49 - O Estatuto da Cidade, Lei n.º 10.257/2001, enuncia
diretor. que
Nessa situação, A.se considera subutilizado o imóvel cujo aproveitamento
A.os cálculos dos valores das indenizações pelas não esteja em consonância com o estipulado no
desapropriações devem ser regulamentados pelo Estatuto zoneamento ambiental, estabelecido na lei orgânica de cada
da Cidade. município e registrado no cartório de registro de imóveis.
B.promovida a readequação do uso, não poderá haver B.a desapropriação será a primeira medida a ser tomada
alienação dos bens desapropriados a outros particulares. pelo Poder Público municipal quando identificar territórios
C.o município utilizou um instituto jurídico de política urbana, que não cumprem sua função social.
com repercussão sobre o caráter perpétuo do direito de C.o plano diretor deve estabelecer as condições a serem
propriedade. observadas para a outorga onerosa do direito de construir e
D.as desapropriações fundamentaram-se exclusivamente no de alteração de uso, sendo que os recursos auferidos serão
requisito do interesse social. aplicados na construção de habitações populares.
D.o direito de superfície é aquele que pode ser concedido
46 - Acerca de instrumentos de tutela de bens culturais pelo proprietário urbano a outrem, por tempo determinado
materiais e das competências para a proteção do ou indeterminado, mediante escritura pública registrada no
patrimônio cultural, assinale a opção correta. cartório de registro de imóveis.
A.O rito de tombamento de ofício inicia-se com manifestação E.o plano diretor é um instrumento de planejamento
do IPHAN, órgão vinculado ao Ministério da Cultura. regional, necessário ao planejamento de regiões
B.A ação popular não se presta a anular ato lesivo ao metropolitanas, aglomerações urbanas e microrregiões.
patrimônio histórico e cultural.
C.Todos os entes federativos possuem competência para 50 - No que concerne à Lei nº 10.257/01, assinale a
legislar sobre tombamento e competência material para afirmativa correta.
realizá-lo. A.Decorridos 10 (dez) anos de cobrança do IPTU
D.O ato de tombamento é discricionário, de modo que progressivo sem que o proprietário tenha cumprido a
eventual controle pelo Poder Judiciário não se estende a sua obrigação de parcelamento, edificação ou utilização, o
motivação. Município poderá proceder à desapropriação do imóvel, com
pagamento em títulos da dívida pública.
47 - O Estatuto da Cidade B.O proprietário urbano poderá conceder a outrem o direito
A.tipifica novas condutas que poderão caracterizar de superfície do seu terreno, sempre por tempo
improbidade administrativa na execução da política urbana. determinado, mediante escritura pública registrada no
B.não dispõe sobre plano diretor, o qual é lei reservada à cartório de registro de imóveis. O direito de superfície
competência municipal. abrange o direito de utilizar o solo, o subsolo ou o espaço
C.regulamenta a forma de realização de consultas públicas aéreo relativo ao terreno, na forma estabelecida no contrato
como instrumento de gestão democrática das cidades. respectivo, atendida a legislação urbanística.
C.Considera-se consórcio imobiliário a forma de viabilização 54 - A Constituição Federal de 1988 trouxe novidades
de planos de urbanização, de regularização fundiária ou de sobre o processo de política urbana onde dotou o Poder
reforma, conservação ou construção de edificação por meio Público de meios a propiciar um melhor aproveitamento
da qual o proprietário transfere ao poder público municipal da propriedade. A partir da Lei 10.257/2001, considerado
seu imóvel e, após a realização das obras, recebe, como o Estatuto das cidades, julgue os itens e assinale o que
pagamento, unidades imobiliárias devidamente urbanizadas for VERDADEIRO sobre o tema apresentado:
ou edificadas, ficando as demais unidades incorporadas ao A.O Estatuto das cidades estabeleceu as alternativas para
patrimônio público. garantir as fontes de recursos. Esses, devem ser
D.Lei municipal específica para área incluída no plano obrigatoriamente, oriundos esfera federal.
diretor poderá determinar o parcelamento, a edificação ou a B.O Estatuto da Cidade permite ao administrador que
utilização compulsórios do solo urbano não edificado, planeje a sua cidade de modo a implementar políticas
subutilizado ou não utilizado, devendo fixar as condições e urbanas.
os prazos para implementação da referida obrigação, sendo C.A Lei Federal n.º 6.766/79 que regula os meios adequados
o proprietário notificado pelo Poder Executivo municipal para ao parcelamento do solo urbano em seu art. 2º, in verbis:
o cumprimento da obrigação, devendo a notificação ser “Art. 2° - O parcelamento do solo urbano poderá ser feito
registrada no cartório de registro de imóveis. mediante loteamento ou desmembramento, observadas as
disposições desta Lei e das legislações estaduais e
51- Segundo o Estatuto da Cidade, municipais pertinentes.” Sobre o desmembramento
A.cabe aos municípios a integração da gestão de recursos informado, assinale a opção CORRETA:
hídricos com a gestão ambiental e a avaliação de impactos D.A lei estabelece ações que os administradores devem
ambientais. cumprir, com efeito didático apenas, sem sanções de
B.o plano diretor deve promover, de forma participativa, a qualquer natureza.
elaboração e implantação das diretrizes envolvendo ações
de diagnóstico, monitoramento e controle ambiental, visando 55 - O Estatuto da Cidade, Lei Federal no 10.257/2001,
integrar o poder público, a sociedade organizada e a estabelece, em seu artigo 37, a execução de estudo de
iniciativa privada. impacto de vizinhança (EIV), contemplando os efeitos
C.o plano diretor, aprovado pela Câmara Municipal, positivos e negativos do empreendimento ou atividade
obrigatório para cidades com mais de vinte mil habitantes, é quanto à qualidade de vida da população residente na
o instrumento básico da política de desenvolvimento e de área e suas proximidades, incluindo a análise, no
expansão urbana. mínimo, das seguintes questões: adensamento
D.o planejamento urbano deve promover a harmonização populacional;
com as políticas públicas de ordenamento territorial e A.poluição em todas as suas formas; uso e ocupação do
desenvolvimento regional sustentável. solo; valorização imobiliária; geração de tráfego e demanda
E.a educação ambiental deve ser uma política específica por transporte público; ventilação e iluminação; paisagem
dos municípios para desenvolver o ordenamento territorial urbana e patrimônio natural e cultural.
urbano. B.equipamentos urbanos e comunitários; uso e ocupação do
solo; geração de tráfego e demanda por estacionamento;
52 - Um município desenvolve Operação Urbana ventilação e iluminação; paisagem urbana e patrimônio
Consorciada e emitirá, para custear a intervenção, natural e cultural.
Certificados de Potencial Adicional de Construção C.equipamentos urbanos e comunitários; uso e ocupação do
(CEPACs), a serem adquiridos como contrapartida de solo; valorização imobiliária; geração de tráfego e demanda
proprietários, usuários permanentes e investidores por transporte público; ventilação e iluminação; paisagem
privados em função da utilização dos benefícios urbana e patrimônio natural e cultural.
previstos. O planejamento da Operação identificou a D.equipamentos urbanos e comunitários; poluição em todas
necessidade de reassentamento de famílias de baixa as suas formas; valorização imobiliária; geração de tráfego e
renda que ocupam áreas em que se preveem obras da demanda por estacionamento; paisagem urbana e
Operação. A utilização dos recursos de CEPACs para patrimônio natural e cultural.
construção das unidades habitacionais necessárias E.equipamentos urbanos e comunitários; uso e ocupação do
para esse trabalho de reassentamento é, nos termos da solo; alteração de distribuição de trabalho e renda; geração
Lei no 10.257/2001, de
A.permitida, porém a área de reassentamento deve
localizar-se dentro do perímetro da Operação. 56 - tráfego e demanda por transporte público;
B.permitida, se demonstrado que o reassentamento é parte ventilação e iluminação; paisagem urbana e patrimônio
da Operação. natural e cultural.
C.proibida, devendo os recursos serem custeados pelo O plano diretor revela referido princípio através de seu
Programa Minha Casa Minha Vida. art. 40, § 4º, incisos I a III, ao determinar:
D.proibida, devendo os recursos entrar como contrapartida A.Que deve ser aprovado na esfera federal garantindo a
do Município na Operação. política atual de permanência política e estagnação urbana.
E.proibida, em função da garantia do direito à moradia, B.O processo de elaboração do Plano diretor é de
devendo ser adotada solução que não implique remoções. competência do poder judiciário de cada município.
C.O plano diretor deve ser construído pela câmara municipal
53 - Com vistas ao cumprimento da função social da que pode permitir ou proibir audiências públicas de acordo
propriedade, estabeleceram-se, em uma legislação com seu interesse.
municipal, parâmetros para a definição de terrenos D.Na garantia de participação dos cidadãos no processo de
ociosos ou subaproveitados. Nos termos do Estatuto da elaboração, fiscalização e implementação deste plano.
Cidade, essa definição corresponde à fixação de um
valor mínimo para 57 - A partir do Estatuto da Cidade (Lei n° 10.257/2001)
A.o Índice de Elevação. que prevê que as cidades incluídas no cadastro nacional
B.a Taxa de Ocupação. de Municípios com áreas suscetíveis à ocorrência de
C.o Coeficiente de Aproveitamento. deslizamentos de grande impacto, devem elaborar seu
D.a Taxa de Permeabilidade. Plano Diretor. De acordo com a tutela coletiva do direito
E.a Cota de Terreno por Unidade Autônoma. à cidade, à moradia e do meio ambiente, assinale a
opção que apresenta características que condizem com
essa tutela:
A.É necessário a aprovação de projeto de estudos técnicos A.exclusivamente, que serão prestadas no prazo da lei, sob
para justificar melhorias ambientais para a regularização pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo
fundiária de núcleos urbanos informais inseridos em área seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado.
urbana de ocupação em áreas de preservação permanente. B.ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no
B.Os municípios estão proibidos de exigir áreas de lotes já prazo da lei, sob pena de responsabilidade, ressalvadas
regularizados, os parâmetros dos edifícios erguidos. aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da
C.É permitido aos municípios a extinção do princípio de sociedade e do Estado.
poluidor se esta poluição for atividade econômica principal C.ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no
da localidade. prazo da lei, sob pena de responsabilidade, sendo vedadas
D.Se a área for acometida de deslizamentos, não existe as informações sigilosas.
possibilidade destas serem incluídas no novo cadastro D.que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de
nacional de municípios. responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja
concedido judicialmente.
58 - Luís é proprietário de um imóvel que está em E.ou de interesse coletivo ou geral, desde que justificadas,
processo de tombamento pelo município de Salvador – que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de
BA. Há no imóvel uma casa, na qual Luís reside, e uma responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja
grande área livre, que ele explora comercialmente como definido pelo Presidente da República.
estacionamento de veículos particulares. Há poucos
meses, o coeficiente único de construção da zona na
qual se localiza o imóvel foi ampliado pelo plano diretor ESTADO RIO GRANDE DO SUL
do município e, por isso, Luís cogita aumentar a área Prefeitura Municipal de Pinheiro Machado
construída do imóvel.
Nessa situação hipotética, de acordo com as TÍTULO I
disposições do Estatuto da Cidade, DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
A.os proprietários dos prédios vizinhos ao imóvel tombado
que tiverem seu direito de construir afetado poderão se 01 - Esta Lei institui o regime jurídico dos servidores
beneficiar do instituto da transferência do direito de construir, públicos do Município de Pinheiro Machado.
desde que haja lei municipal autorizativa.
B.caberá indenização a Luís em razão da desvalorização ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
econômica do imóvel decorrente de eventual tombamento,
independentemente da comprovação de prejuízos sofridos. 02 - Para os efeitos desta Lei, Funcionário público é a
C.se houver lei municipal que autorize a transferência do pessoa legalmente investida em cargo público.
direito de construir para imóvel em outro local, Luís poderá
alienar esse direito a terceiros. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
D.Luís poderá utilizar-se do direito de construir até o
tombamento definitivo do imóvel. 03 - Cargo público é o criado em lei, em número certo, com
E.caso o imóvel venha a ser tombado, Luís não poderá denominação própria, remunerado pelos cofres do governo,
gravá-lo com hipoteca sem prévia autorização do município. ao qual corresponde um conjunto de atribuições e
responsabilidades cometidas a servidor público.
59 - O Estatuto das Cidades, Lei nº 10.257/2001,
estabelece as diretrizes gerais da política urbana, com o ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
objetivo de ordenar o pleno desenvolvimento das
funções sociais da cidade e da propriedade urbana, 04 - Os cargos públicos serão de provimento efetivo ou em
buscando a ordenação e o controle do uso do solo, de comissão.
forma a evitar algumas ações listadas a seguir, à
exceção de uma. Assinale-a. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
A.A poluição e a degradação ambiental.
B.A utilização inadequada dos imóveis urbanos. 05 - A investidura em cargo público depende de aprovação
C.Um parcelamento do solo que gere o uso excessivo da prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos,
infra estrutura urbana. de acordo com a natureza e a complexidade do cargo, na
D.A conservação do patrimônio público. forma prevista em lei, e as nomeações para cargo em
E.A exposição da população a riscos de desastres. comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração.

60 - Quanto à usucapião especial de imóvel urbano, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


segundo a Lei Federal no 10.257/2001, aquele que
possuir como sua área ou edificação urbana de até 06 - A investidura em cargo do magistério municipal será por
_________metros quadrados, por cinco anos, concurso de provas e títulos.
ininterruptamente e sem oposição, utilizando-a para sua
moradia ou de sua família, adquirir-lhe-á o domínio, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
desde que não seja proprietário de outro imóvel urbano
ou rural. 07 - Somente poderão ser criados cargos de provimento em
O valor que preenche, corretamente, a lacuna é: comissão para atender encargos de direção, chefia ou
A.150. assessoramento, e seu provimento, nos casos, condições e
B.200. percentuais mínimos, será destinado aos servidores de
C.250. carreira.
D.300.
E.500. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

61 - Em 2011, foi publicada a Lei nº 12.527, a chamada 08 - Função de confiança é a instituída por lei para atender a
“Lei de acesso à informação”. Essa lei regulamenta um encargos de direção, chefia ou assessoramento, sendo
direito fundamental de receber informações, previsto no privativa de detentor de cargo de provimento efetivo,
inciso XXXIII do art. 5o, Constituição Federal, que dispõe observados os requisitos para o exercício.
que todos têm direito a receber dos órgãos públicos
informações de seu interesse particular, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
15 - A nomeação é o ato de investidura em cargo público e
09 - É vedado cometer ao servidor atribuições diversas das será feita:
de seu cargo, incluindo os encargos de direção, chefia ou I - em comissão, quando se tratar de cargo que, em virtude
assessoramento e comissões legais. de lei, assim deva ser provido;
II - em caráter efetivo, nos demais casos.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
TÍTULO II
DO PROVIMENTO E DA VACÂNCIA 16 - A nomeação, em caráter efetivo, obedecerá à ordem de
CAPÍTULO I classificação obtida pelos candidatos no concurso público.
DO PROVIMENTO
SEÇÃO I ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
Disposições Gerais
SEÇÃO IV
10 - São requisitos básicos para ingresso no serviço público Da posse e do exercício
municipal: 17 - Posse é a aceitação expressa das atribuições, inerentes
I - ser brasileiro; ao cargo público, com o compromisso de bem servir,
II - ter idade mínima de dezoito anos; formalizada com a assinatura de termo pela autoridade
III - estar quite com as obrigações militares, eleitorais e competente e pelo nomeado.
judiciais;
IV- gozar de boa saúde física e mental, comprovada ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
mediante prévio exame médico;
V - ter atendido a outras condições prescritas em lei. 18 - A posse dar-se-á no prazo de 15 (quinze) dias contados
da data de publicação do ato de nomeação, podendo, a
11 - Os cargos públicos serão providos por: pedido, ser prorrogado por mais 15 (quinze) dias, por
I - nomeação; solicitação fundamentada do interessado e mediante ato
II - recondução; motivado da autoridade competente.
III - readaptação;
IV - reversão; ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
V - reintegração;
VI - aproveitamento. 19 - Se a posse não se der dentro do prazo inicial ou da
prorrogação, será tornada sem efeito a nomeação.
( ) investidura do servidor efetivo em cargo de atribuições
e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
sofrido em sua capacidade física ou mental, verificada em
inspeção médica. 20 - No ato da posse, o nomeado apresentará,
( ) é a aceitação expressa das atribuições, deveres e preferencialmente, declaração sobre o exercício de outro
responsabilidades inerentes ao cargo público, com o cargo, emprego ou função pública e, nos casos que a lei
compromisso de bem servir, formalizada com a assinatura indicar, declaração de bens e valores que constituam seu
de termo pela autoridade competente e pelo nomeado. patrimônio.
( ) do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado.
( ) o ato de investidura em cargo público e será feita. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) retorno do servidor aposentado por invalidez à atividade
no serviço público municipal, verificado, em processo, que 21 - Nomeação é o desempenho das atribuições do cargo
não subsistem os motivos determinantes da aposentadoria. pelo servidor.

SEÇÃO II ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


Do concurso público
22 - É de 15(quinze) dias o prazo para o servidor entrar em
12 - As normas gerais para realização de concurso serão exercício, contados da data da posse.
estabelecidas em Lei Complementar. Além das normas
gerais, os concursos serão regidos por instruções especiais, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
constantes no edital, que deverão ser expedidas pelo órgão
competente, com publicidade sigilosa. 23 - Será tornado sem efeito o ato de nomeação, se não
ocorrer a posse ou o exercício, nos prazos legais.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
13 - Os limites de idade para inscrição em concurso público
serão fixados em lei, de acordo com a natureza e a 24 - O exercício deve ser dado pelo chefe da repartição para
complexidade de cada cargo. O candidato deverá comprovar a qual o servidor for empossado.
que, na data de encerramento das inscrições, atingiu a idade
mínima e não ultrapassou a idade máxima fixada para o ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
recrutamento, bem como preencheu todos os requisitos
constantes na lei. 25 - A promoção, a readaptação e a recondução, não
interrompem o exercício.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
14 - O prazo de validade do concurso será de dois anos, 26 - O início, a interrupção e o reinício do exercício serão
prorrogável, uma vez, por igual prazo. registrados no assentamento individual do servidor. Ao
entrar em exercício, o nomeado apresentará, ao órgão de
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO pessoal, os elementos necessários ao assentamento
individual.
SEÇÃO III
Da nomeação ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
37 - Somente os afastamentos decorrentes de gozo de
27 - O nomeado que, por prescrição legal, deva prestar férias legais e os previstos em Lei não prejudicam a
caução como garantia, poderá entrar em exercício sem avaliação do semestre.
prévia satisfação dessa exigência.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
38 - Quando os afastamentos, no período considerado,
28 - A caução poderá ser feita por uma das modalidades forem superiores a 30 (trinta dias), a avaliação do estágio
seguintes, EXCEÇÃO: ficará suspensa até o retorno do servidor às suas
A - depósito em conta corrente; atribuições, retomando-se a contagem do tempo anterior
B - garantia hipotecária; para efeito do semestre.
C - título de dívida pública;
D - seguro fidelidade funcional, emitido por instituição ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
legalmente autorizada.
39 - Três meses antes de fim do período de estágio
29 - No caso de seguro, as contribuições referentes ao probatório, a avaliação do desempenho do servidor,
prêmio não serão descontadas do servidor segurado, em realizada de acordo com o que dispuser a lei ou
folha de pagamento. regulamento, será submetida à homologação da autoridade
competente, sem prejuízo da continuidade de apuração dos
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO quesitos enumerados nesta lei.

30 - Poderá ser autorizado o levantamento da caução antes ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


de tomadas as contas do servidor.
40 - Em todo o processo de avaliação, o servidor deverá ter
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO vista de cada boletim de estágio, podendo se manifestar
sobre os itens avaliados pela Comissão Especial, devendo
31 - O responsável por alcance ou desvio de material ficará apor sua assinatura.
isento da ação administrativa, porém não ficará isento da
cão cível e criminal, ainda que o valor da caução seja ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
superior ao montante do prejuízo causado.
41 - O servidor que não preencher alguns dos requisitos do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO estágio probatório deverá receber orientação adequada para
que possa corrigir as deficiências.
SEÇÃO V
Da estabilidade ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
32 - O servidor nomeado para cargo de provimento efetivo
em virtude de concurso público adquire estabilidade após 42 - Verificado, no estágio probatório, resultado insatisfatório
3(três) anos de efetivo exercício. por três avaliações consecutivas, será processada a
exoneração do servidor.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
33 - O servidor estável só perderá o cargo:
I - em virtude de sentença judicial transitada em julgado; 43 - Sempre que se concluir pela exoneração do estagiário,
II - mediante processo penal em que lhe seja assegurada ser-lhe-á assegurada vista do processo, pelo prazo de
ampla defesa; 5( cinco ) dias úteis, para apresentar defesa e indicar as
III- mediante prévio procedimento de avaliação periódica de provas que pretenda produzir.
desempenho, na forma de lei complementar, assegurada
ampla defesa. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

34 - Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo 44 - A defesa, quando apresentada, será apreciada em
de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório por relatório conclusivo, por comissão especialmente designada
período de 36 (trinta e seis) meses, durante o qual a sua pelo Prefeito, podendo, também, serem determinadas
aptidão, capacidade e desempenho serão objeto de diligências e ouvidas testemunhas.
avaliação por Comissão Especial designada para esse fim,
com vista à aquisição da estabilidade, observados os ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
seguintes quesitos:
I - assiduidade; 45 - O servidor não aprovado no estágio probatório será
II - pontualidade; exonerado e reconduzido ao cargo anteriormente ocupado,
III - indisciplina; se era estável, observados os dispositivos pertinentes.
IV - eficiência;
V - irresponsabilidade; ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
VI - relacionamento.
35 - É condição para a aquisição da estabilidade a avaliação 46 - O estagiário, quando convocado, poderá participar de
do desempenho após o estágio probatório. todo e qualquer curso específico referente às atividades de
seu cargo.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
36 - A avaliação será realizada por semestre e a cada uma
corresponderá um competente boletim, sendo que cada 47 - Nos casos de cometimento de falta disciplinar, inclusive
servidor será avaliado no efetivo exercício do cargo para o durante o primeiro e o último trimestre, o estagiário terá a
qual foi nomeado. sua responsabilidade apurada através de sindicância ou
processo administrativo disciplinar, observadas as normas
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO estatutárias, independente da continuidade da apuração do
estágio probatório pela Comissão Especial.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
59 - Não poderá reverter o servidor que contar 65( sessenta
SEÇÃO VI e cinco) anos de idade.
Da recondução
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
48 - Recondução é o retorno do servidor estável ao cargo
anteriormente ocupado. E decorrerá de: 60 - A reversão dará direito à contagem do tempo em que o
a) falta de capacidade e eficiência no exercício de outro servidor esteve aposentado, exclusivamente para nova
cargo de provimento efetivo ou aposentadoria.
b) readaptação do anterior ocupante.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
49 - Inexistindo vaga, serão cometidas ao servidor as
atribuições do cargo de origem, assegurados os direitos e SEÇÃO IX
vantagens decorrentes, até o regular provimento. Da reintegração

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 61 - Reintegração é a investidura do servidor estável no


cargo anteriormente ocupado, quando invalidada a sua
SEÇÃO VII demissão por decisão judicial, sem ressarcimento de todas
Da readaptação as vantagens.
50 - Readaptação é a investidura do servidor efetivo em
cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
limitação que tenha sofrido somente em sua capacidade
física, verificada prévia inspeção médica. 62 - Reintegrado o servidor e não existindo vaga, aquele que
houver ocupado o cargo será reconduzido ao cargo de
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO origem, com direito à indenização por dano, aproveitado em
outro cargo ou posto em disponibilidade.
51 - A readaptação será efetivada em cargo de padrão de
vencimento inferior. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO SEÇÃO X


Da disponibilidade e do aproveitamento
52 - Realizando-se a readaptação em cargo de padrão
inferior, ficará assegurado ao servidor vencimento 63 - Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o
correspondente ao cargo que ocupava. servidor estável ficará em disponibilidade, com remuneração
proporcional ao tempo de serviço, até seu adequado
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO aproveitamento em outro cargo.

53 - Inexistindo vaga, serão cometidas ao servidor as ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


atribuições do cargo indicado, até o regular provimento.
64 - O retorno à atividade de servidor em disponibilidade far-
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO se-á mediante aproveitamento em cargo equivalente por sua
natureza e retribuição àquele de que era titular. No
SEÇÃO VIII aproveitamento terá preferência o servidor que estiver há
Da reversão mais tempo em disponibilidade e, no caso de empate, o que
54 - Reversão é o retorno do servidor aposentado por contar mais tempo de serviço público municipal.
invalidez à atividade no serviço público municipal, verificado,
em processo, que subsistem os motivos determinantes da ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
aposentadoria.
65 - O aproveitamento de servidor que se encontrar em
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO disponibilidade há mais de 12( doze)meses dependerá de
prévia comprovação de sua capacidade física e mental, por
55 - A reversão far-se-á a pedido ou de ofício, junta médica oficial. Verificada a incapacidade definitiva, o
incondicionada sempre à existência de vaga. servidor em disponibilidade será aposentado.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

56 - Em nenhum caso poderá efetuar-se a reversão sem 66 - Será tornado sem efeito o aproveitamento e cassada a
que, mediante inspeção médica, fique provada a capacidade disponibilidade se o servidor não entrar em exercício no
para o exercício do cargo. prazo legal, contado da publicação do ato de
aproveitamento, e a doença comprovada por inspeção
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO médica.

57 - Somente poderá ocorrer reversão para cargo ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


anteriormente ocupado ou, se transformado, no resultante
da transformação. SEÇÃO XI
Da promoção
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
67 - As promoções obedecerão às regras estabelecidas na
58 - Será tornada sem efeito a reversão e cassada a lei que dispuser sobre os planos de carreira dos servidores
aposentadoria do servidor que, dentro do prazo legal, não municipais.
entrar no exercício do cargo para o qual haja sido revertido,
salvo motivo de força maior, devidamente comprovado. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
CAPÍTULO II ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
DA VACÂNCIA
77 - A designação para o exercício da função gratificada,
68 - A vacância do cargo decorrerá de: que nunca será cumulativa com o cargo em comissão, será
I - exoneração; feita por ato expresso da autoridade competente.
II - demissão;
III - readaptação; ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
IV – reversão;
V - aposentadoria; 78 - O valor da função gratificada será percebido
VI – reversão; cumulativamente com o vencimento do cargo de provimento
efetivo.
70 - Dar-se-á a exoneração a pedido; de ofício quando se
tratar de cargo em comissão; ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
de servidor não estável nas hipóteses desta lei; ocorrer
posse de servidor não estável em outro cargo acumulável, 79 - O valor da função gratificada continuará sendo
observado o disposto desta Lei. percebido pelo servidor que, sendo seu ocupante, estiver
ausente em virtude de férias, casamento, licença para saúde
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO de pessoa da família, licença para tratamento de saúde,
licença à gestante ou paternidade, serviços obrigatórios por
71 - A abertura de vaga ocorrerá na data da publicação da lei ou atribuições decorrentes de seu cargo ou função.
lei que criar o cargo ou do ato que formalizar qualquer das
hipóteses previstas nesta lei. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
80 - Será tornada sem efeito a designação do servidor que
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO não entrar no exercício da função gratificada no prazo de
2(dois) dias a contar da publicação do ato de investidura.
72 - A vacância de função gratificada dar-se-á por dispensa,
a pedido ou de ofício, ou por destituição. A dispensa será ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
aplicada como penalidade, nos casos previstos nesta Lei.
81 - O provimento de função gratificada poderá recair
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO também em servidor ocupante de cargo efetivo de outra
entidade pública posto à disposição do Município sem
DAS MUTAÇÕES FUNCIONAIS prejuízo de seus vencimentos.
CAPÍTULO I
DA SUBSTITUIÇÃO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

73 - Dar-se-á a substituição de titular de cargo em comissão 82 - É facultado ao servidor efetivo do Município, quando
ou de função gratificada durante o seu impedimento legal. indicado para o exercício de cargo em comissão, optar pelo
Poderá ser organizada e publicada no mês de fevereiro a provimento sob a forma de função gratificada
relação de substitutos para o ano todo. correspondente.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

74 - O substituto fará jus ao vencimento do cargo em 83 - A lei indicará os casos e condições em que os cargos
comissão ou do valor da função gratificada, se a substituição em comissão serão exercidos, obrigatoriamente, por
ocorrer por prazo superior a 7(sete) dias. servidores ocupantes de cargos de provimento efetivo.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

CAPÍTULO II TÍTULO IV
DA REMOÇÃO DO REGIME DO TRABALHO
CAPÍTULO I
75 - Remoção é o deslocamento do servidor de uma para DO HORÁRIO E DO PONTO
outra repartição. A remoção poderá ocorrer a pedido,
atendida a conveniência do serviço; de ofício, no interesse 84 - O Prefeito determinará, quando não estabelecido em lei
da administração. A remoção será feita por ato da autoridade ou decreto, o horário de expediente das repartições.
competente. A remoção por permuta será precedida de
requerimento firmado por ambos os interessados. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 85 - O horário normal de trabalho de cada cargo ou função é


o estabelecido na legislação específica, não podendo ser
CAPÍTULO III superior a 8 (oito) horas diárias e a 44 (quarenta e quatro)
DO EXERCÍCIO DE FUNÇÃO DE CONFIANÇA horas semanais.

76 - A função de confiança a ser exercida exclusivamente ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


por servidor público efetivo, poderá ocorrer sob a forma de
função gratificada. A função de confiança é instituída por lei 86 - Terá direito a redução entre 25% (vinte e cinco por
para atender atribuições de direção, chefia e cento) e 50%(cinqüenta por cento) da carga horária de
assessoramento, que justifiquem o provimento por cargo em trabalho os servidores que tiverem filhos portadores de
comissão. A função gratificada poderá também ser criada necessidades especiais nas datas em que configurada a
em paralelo com o cargo em comissão, como forma necessidade através de perícia médica municipal, conforme
alternativa de provimento da posição de confiança, hipótese Lei específica que regulamenta o assunto.
em que o valor da mesma não poderá ser superior a
cinqüenta por cento do vencimento do cargo em comissão. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
87 - Atendendo à conveniência ou à necessidade do serviço,
e mediante acordo escrito com a participação da entidade ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
sindical representativa da categoria, poderá ser instituído
sistema de compensação de horário, hipótese em que a 95 - Perderá a remuneração do repouso o servidor que tiver
jornada diária poderá ser superior a oito horas, sendo o faltado, sem motivo justificado, ao serviço durante a
excesso de horas compensado pela correspondente semana, mesmo que em apenas meio turno. São motivos
diminuição em outro dia, observada sempre a jornada justificados as concessões, licenças e afastamentos
máxima semanal. A diminuição em outro dia deverá observar previstos em lei, nas quais o servidor continuará com direito
a proporcionalidade de uma hora e meia de folga para cada ao vencimento normal, como se em exercício estivesse.
hora laborada além das 8(oito) horas diárias.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
96 - Nos serviços públicos ininterruptos, o servidor que
88 - A freqüência do servidor será controlada pelo ponto; trabalhar nos dias feriados, civis e religiosos, terá direito a
pela forma determinada em regulamento, quanto aos um dia de folga compensatório; na sua impossibilidade, terá
servidores não sujeitos ao ponto. o pagamento das horas trabalhadas com acréscimo de
100% (cem por cento).
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
89 - Ponto é o registro, mecânico, que assinala o
comparecimento do servidor ao serviço e pelo qual se TÍTULO V
verifica, diariamente, a sua entrada e saída, somente tendo DOS DIREITOS E VANTAGENS
validade quando devidamente assinado ou rubricado pelo CAPÍTULO I
mesmo. DO VENCIMENTO E DA REMUNERAÇÃO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 97 - Vencimento é a retribuição paga ao servidor pelo efetivo


exercício do cargo, correspondente ao valor fixado em lei.

CAPÍTULO II ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


DO SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO
98 - Remuneração é o vencimento acrescido das vantagens
90 - A prestação de serviços extraordinários só poderá permanentes, estabelecidas em lei.
ocorrer por expressa determinação da autoridade
competente, mediante solicitação fundamentada do chefe da ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
repartição, ou de ofício.
99 - Nenhum servidor poderá perceber, mensalmente, a
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO título de remuneração ou subsídio, importância maior do que
a fixada como limite pela Constituição Federal, e sua
91 - O serviço extraordinário será remunerado por hora de interpretação, segundo o Supremo Tribunal Federal.
trabalho que exceda o período normal, com acréscimo de
50% ( cinqüenta por cento ) em relação à hora normal. Salvo ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
nos casos excepcionais, devidamente justificados, não
poderá o trabalho em horário extraordinário exceder a duas 100 - A lei fixará a relação de valores entre a maior e a
horas diárias. menor remuneração dos servidores municipais.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

92 - O serviço extraordinário, excepcionalmente, poderá ser 101 - O servidor perderá:


realizado sob a forma de plantões para assegurar o I - a remuneração dos dias que faltar ao serviço, bem como
funcionamento dos serviços municipais interruptos. O dos dias de repouso da respectiva semana, sem prejuízo da
plantão extraordinário visa à substituição do plantonista penalidade disciplinar cabível;
titular legalmente afastado ou em falta ao serviço. II - a parcela da remuneração diária, proporcional aos
atrasos, ausências e saídas antecipadas, iguais ou
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO superiores a trinta minutos, sempre iguais ou superiores a
uma hora, sem prejuízo da penalidade disciplinar cabível;
93 - O exercício de cargo em comissão ou de função III - metade da remuneração na hipótese prevista no
gratificada, não sujeito ao controle de ponto, não exclui a parágrafo único do art. 145.
remuneração por serviço extraordinário.
102 - Nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO provento. Mediante autorização do servidor, poderá haver
CAPÍTULO III consignação em folha de pagamento em favor de terceiros,
DO REPOUSO SEMANAL a critério da administração e com reposição de custos, até o
limite de trinta por cento da remuneração.
94 - O servidor terá direito a repouso remunerado, num dia
de cada semana, preferencialmente aos domingos, bem ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
como nos dias feriados, civis e religiosos. A remuneração do
dia de repouso corresponderá a um dia normal de trabalho. 103 - As reposições devidas por servidor à Fazenda
Na hipótese de servidores com remuneração por produção, Municipal poderão ser feitas em parcelas mensais, com
peça ou tarefa, o valor do repouso corresponderá a metade juros e correção monetária, e mediante desconto em folha
da produção da semana, dividido pelos dias úteis da mesma de pagamento. O valor de cada parcela não poderá exceder
semana. Consideram-se já remunerados os dias de repouso a vinte por cento da remuneração do servidor. O servidor
semanal do servidor mensalista ou quinzenalista, cujo será obrigado a repor, de uma só vez, a importância do
vencimento remunere 30(trinta) ou 15(quinze) dias, prejuízo causado à Fazenda Municipal em virtude de
respectivamente.
alcance, desfalque, ou omissão de efetuar o recolhimento ou servidor retornar à sede do Município em prazo menor do
entradas nos prazos legais. que o previsto para seu afastamento, restituirá as diárias
recebidas em excesso, em igual prazo.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
104 - O servidor em débito com o Erário, que for demitido, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
exonerado, destituído do cargo em comissão, ou que tiver a
sua disponibilidade cassada, terá de repor a quantia de uma Subseção II
só vez. A não quitação de débito implicará em sua inscrição Da ajuda de custo
em dívida ativa e cobrança judicial. 113 - A ajuda de custo destina-se a cobrir as despesas de
viagem e instalação do servidor que for designado para
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO exercer missão ou estudo fora do Município, por tempo que
justifique a mudança temporária de residência.
CAPÍTULO II
DAS VANTAGENS ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
105 - Além do vencimento, poderão ser pagas ao servidor as
seguintes vantagens: 114 - A ajuda de custo não poderá exceder o dobro do
I - indenização; vencimento do servidor, salvo quando o deslocamento for
II - gratificações e adicionais; para o exterior, caso em que poderá ser até de quatro vezes
III – licença - maternidade o vencimento, desde que arbitrada justificadamente. O valor
IV - auxílio para diferença de caixa. das diárias será estabelecido em Lei.

106 - As _____________não se incorporam ao vencimento ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


ou provento para qualquer efeito.
Subseção III
( ) indenizações Do transporte
( ) gratificações
115 - Conceder-se-á indenização, mediante autorização da
107 - As_______________________incorporam-se ao administração, de transporte ao servidor que realizar
vencimento ou provento, nos casos e condições indicados despesas com a utilização de meio próprio de locomoção
em lei. para a execução de serviços internos, por força das
atribuições próprias do cargo, em valor a ser fixado em lei
( ) gratificações complementar, tomando-se por base a quilometragem
( ) os adicionais rodada.
( ) os auxílios
( ) indenizações ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

108 - Os acréscimos pecuniários não serão computados SEÇÃO II


nem acumulados para fim de concessão de acréscimos Das gratificações e adicionais
ulteriores.
116 - Constituem gratificações e adicionais dos servidores
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO municipais:
I - gratificação natalina;
SEÇÃO I II - adicional por tempo de serviço;
Das indenizações III -adicional pelo exercício de atividades em condições
insalubres ou perigosas;
109 - Constituem indenizações ao servidor: IV - adicional noturno.
I - diárias; V – Triênios
II - ajuda de custo; Subseção I
III - transporte. Da gratificação natalina

Subseção I 117 - A gratificação natalina corresponderá a 1/12 ( um doze


Das diárias avos) da remuneração a que o servidor fizer jus no mês de
dezembro, por mês de exercício, no respectivo ano. As
110 - Ao servidor que, por determinação da autoridade vantagens que não mais estejam sendo percebidas no
competente, se deslocar para prestar serviço no interior do momento da concessão da gratificação natalina, serão
Município, no desempenho de suas atribuições, ou em computadas proporcionalmente aos meses de exercício no
missão ou estudo de interesse da administração, serão ano correspondente, na razão de 1/11 ( um onze avos) de
concedidas, além do transporte, diárias para cobrir as seu valor vigente em dezembro, por mês de exercício em
despesas de alimentação. O valor das diárias será que o servidor percebeu a vantagem. A fração igual ou
correspondente a 3,97%(três, vírgula, noventa e sete por superior a 10(dez) dias de exercício no mesmo mês será
cento) do Padrão 1 (um) do Quadro Único dos Servidores. considerada como mês integral.
Os valores só serão concedidos quando o servidor
permanecer os dois turnos no interior, podendo haver ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
retorno para a sede no período entre os turnos.
118 - A gratificação natalina será paga até o dia 20( vinte) do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO mês de dezembro de cada ano. Entre os meses de
setembro e novembro de cada ano, o Município pagará,
111 - Se o deslocamento do servidor constituir exigência como adiantamento da gratificação referida, de uma só vez,
permanente do cargo, não fará jus a diárias. metade da remuneração percebida no mês anterior.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
112 - O servidor que receber diárias e não se afastar da
sede, por qualquer motivo, ficará obrigado a restituí-las 119 - Em caso de demissão, exoneração, falecimento ou
integralmente, no prazo de 2(dois) dias. Na hipótese de o aposentadoria do servidor, a gratificação natalina será
devida proporcionalmente aos meses de efetivo exercício, concessão ou eliminação precedidas de laudo pericial,
calculada sobre a remuneração do mês da exoneração, realizado por Médico ou Engenheiro do Trabalho.
falecimento ou aposentadoria.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
Subseção IV
120 - A gratificação natalina não será considerada para Do adicional noturno
cálculo de qualquer vantagem pecuniária.
128 - O servidor que prestar trabalho noturno fará jus a um
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO adicional de 20%(vinte por cento) sobre o vencimento do
cargo. Considera-se trabalho noturno, para efeito deste
Subseção II artigo, o executado entre às 22(vinte e duas) horas de um
Do adicional por tempo de serviço dia e às 05(cinco) horas do dia seguinte. Nos horários
mistos, assim entendidos os que abrangem períodos diurnos
121 - O adicional por tempo de serviço é devido à razão de e noturnos, o adicional será pago integralmente às horas de
15% (quinze por cento) e 25% ( vinte e cinco por cento ) de trabalho noturno.
efetivo exercício prestado ao Município, incidente sobre o
vencimento da classe do servidor ocupante de cargo efetivo. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
Computar-se-á para a vantagem o tempo de serviço
anteriormente prestado ao Município, sob qualquer forma de Subseção V
ingresso. O servidor fará jus ao adicional a partir do mês em Dos triênios
que completar 15 (quinze ) e 25(vinte e cinco)anos. A
concessão da gratificação de 25% (vinte e cinco por cento) 129 - O servidor ocupante de cargo provimento efetivo terá
faz cessar a percepção de 15% ( quinze por cento ) aumento de 15% ( quinze por cento) sobre o vencimento da
anteriormente concedida. O adicional por tempo de serviço, classe, denominado avanço, cuja concessão automática se
quando auferido por direito, integra sua remuneração, processará por triênio de efetivo exercício prestado ao
passando a servir , também, como base de cálculo do Município. Os avanços a que se refere o artigo serão
provento por ocasião de sua aposentadoria. concedidos até o máximo de 20 (vinte), sendo que o triênio
quando auferido por direito, integra a remuneração do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO servidor, passando a servir também, como base de cálculo
do provento por ocasião de sua aposentadoria.
122 - Para efeito de concessão do adicional por tempo de
serviço não se considerará interrupção de efetividade ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
qualquer dos afastamentos previstos nos Artigos 117 e 120
deste Estatuto. A concessão do adicional por tempo de 130 - A Concessão do avanço será protelada na razão de:
serviço será protelada na razão de: I- Trinta (30) dias, por falta não justificada;
I- Trinta (30) dias, por dia de suspensão ou multa; II- Sessenta (60) dias, por dia de suspensão ou multa;
II- Sessenta (60) dias, por falta não justificada; III- trezentos e sessenta e cinco (365) dias,quando a
III- Trezentos e sessenta e cinco dias (365) dias, quanto a penalidade for por prazo superior a 5 (cinco) dias;
penalidade for por prazo superior a cinco (05) dias.
SEÇÃO III
Subseção III Da Licença- Prêmio
Dos adicionais de insalubridade e periculosidade
131 - A Licença- Prêmio será concedida:
123 - Os servidores que executarem atividades, insalubres I – Por decênio: a primeira Licença – Prêmio será
ou perigosas, farão jus a um adicional incidente sobre o concedida ao servidor ocupante de cargo de provimento
vencimento básico da categoria a que pertence. As efetivo, após completar 10 (dez) anos de ininterrupto
atividades insalubres ou perigosas serão definidas em lei exercício, tendo direito à 3 (três) meses com vencimentos e
própria. vantagens.
II – Por Qüinqüênio: após a concessão da primeira
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO Licença- Prêmio, as demais serão concedidas por
qüinqüênio de ininterrupto exercício, tendo direito a 6 (seis)
124 - O exercício de atividade em condições de meses com vencimentos e vantagens.
insalubridade assegura ao servidor a percepção de um
adicional, respectivamente, de 40(quarenta), 20( vinte) ou 132 - A pedido do servidor, a Licença-Prêmio poderá, no
10(dez) por cento, segundo a classificação nos graus todo ou em parte, ser gozada, em parcelas não superiores a
máximo, médio ou mínimo. um mês, ou integralmente; em moeda corrente, quando não
gozada;
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

125 - O adicional de periculosidade será de 45%( quarenta e 133 - Não terá direito à Licença-Prêmio o servidor que no
cinco por cento). qüinqüênio ou decênio tiver, com EXCEÇÃO:
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO A - Sofrido pena de suspensão ou multa;
B - Faltado ao serviço sem justificativa legal por mais de
126 - Os adicionais de insalubridade e periculosidade são 2(dois) dias para licença qüinqüenal e 5 (cinco) dias para
acumuláveis, cabendo ao servidor optar por um deles, licença-prêmio decenal.
quando for o caso. C - Gozado licença por prazo superior a 45 (quarenta e
cinco) dias, consecutivos ou não, em razão de doença em
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO pessoa da família para licença qüinqüenal e 90(noventa)
dias, consecutivos ou não, em razão de doença em pessoa
127 - O direito ao adicional de insalubridade ou da família para licença prêmio Decenal;
periculosidade, cessará com a eliminação das condições ou D - por prazo superior a 90(noventa) dias, consecutivos ou
dos riscos que deram causa a sua concessão, sendo sua não, para tratamento da própria saúde para licença -prêmio
qüinqüenal e por prazo superior a 180 (cento e oitenta),
consecutivos ou não, para tratamento da própria saúde para se-á o decurso de novo período aquisitivo, após a perda do
licença prêmio Decenal. Excetua-se desta penalidade, os direito a férias prevista neste artigo, no primeiro dia em que
casos de licença por acidente em serviço; o servidor retornar ao trabalho.
E - para tratar de interesses particulares;
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
134 - Não terá direito à Licença-Prêmio o servidor que no
qüinqüênio ou decênio tiver gozado licença para serviço SEÇÃO II
militar obrigatório; para desempenho de mandato classista. Da concessão e do gozo das férias

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 140 - É obrigatória a concessão e gozo das férias, em um só


período, nos dez meses subseqüentes à data em que o
135 - Fica ressalvado o direito de servidores que servidor tiver adquirido o direito. As férias somente poderão
completaram o decênio para aquisição de licença prêmio e ser suspensas por motivo de calamidade pública, comoção
que tenham ultrapassado, dentro desse período, os interna ou por motivo de superior interesse público, por ato
180(cento e oitenta ) dias de licença para tratamento da devidamente motivado.
própria saúde, aos quais será aplicado o período de
carência até a compensação dos dias de licença ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
excedentes, para final concessão do direito.
141 - A concessão das férias, mencionado o período de
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO gozo , será participado, por escrito, ao servidor, com
antecedência de, no mínimo, 15(quinze) dias, cabendo a
Seção IV este assinar a respectiva notificação.
Do auxílio para diferença de caixa
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
136 - O servidor que, por força das atribuições próprias de
seu cargo, pagar ou receber em moeda corrente, perceberá SEÇÃO III
um auxílio para diferença de caixa, no montante de 12% Da remuneração das férias
( doze por cento) do vencimento. O servidor que estiver
respondendo legalmente pelo tesoureiro ou caixa, durante 142 - O servidor perceberá durante as férias a remuneração
os impedimentos legais deste, fará jus ao pagamento do integral, acrescida de 1/3 (um terço). As vantagens que não
auxílio. O auxílio de que trata este artigo só será pago mais estejam sendo percebidas no momento do gozo de
enquanto o servidor estiver, efetivamente, executando férias serão computadas proporcionalmente aos meses de
serviços de pagamento ou recebimento e nas férias exercício no período aquisitivo das férias, na razão de 1/12
regulamentares. ( um doze avos) por mês de exercício ou fração superior a
15( quinze )dias. O pagamento da remuneração das férias,
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO por solicitação do servidor, será feito dentro dos 3(três) dias
anteriores ao início do gozo.
CAPÍTULO III
DAS FÉRIAS ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
SEÇÃO I
Do direito a férias e da sua duração SEÇÃO IV
Dos efeitos na exoneração, no falecimento
136 - O servidor terá direito, anualmente, ao gozo de um e na aposentadoria
período de férias, sem prejuízo da remuneração. Após cada
período de doze meses de vigência da relação entre o 143 - No caso de demissão, exoneração, falecimento ou
Município e o servidor, terá este direito a férias, na seguinte aposentadoria, será devida a remuneração correspondente
proporção: ao período de férias cujo direito o servidor tenha adquirido
I - trinta dias corridos, quando não houver faltado ao serviço nos termos desta lei. O servidor exonerado, falecido ou
mais de 5( cinco) vezes sem justificativa. aposentado após doze meses de serviço, além do disposto
II - 24 (vinte e quatro) dias corridos, quando houver tido de no “caput”, terá direito também à remuneração relativa ao
6( seis ) a 14 (quatorze ) faltas não justificadas. período completo de férias, na proporção de 1/12 ( um doze
III - dezoito dias corridos, quando houver tido de quinze a avos) por mês de serviço ou fração superior a 14( quatorze)
vinte e três faltas não justificadas. dias.
IV - doze dias corridos, quando houver tido de vinte e quatro
a trinta e duas faltas não justificadas. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

137 - É vedado descontar, do período de férias, as faltas do CAPÍTULO IV


servidor ao serviço. DAS LICENÇAS
SEÇÃO I
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO Disposições Gerais

138 - Não serão consideradas faltas ao serviço as 144 - Conceder-se-á licença ao servidor ocupante de cargo
concessões, licenças e afastamentos previstos em lei, nos efetivo:
quais o servidor continuar com direito ao vencimento normal, I - por motivo de doença;
como se em exercício estivesse. II - para o serviço militar obrigatório;
III - para concorrer a cargo eletivo;
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO IV - para tratar de interesses particulares;
V - para desempenho de mandato classista.
139 - Não terá direito a férias o servidor que, no curso do
período aquisitivo, tiver gozado licenças para tratamento de 145 – Em qualquer hipótese o servidor não poderá
saúde, por acidente em serviço ou por motivo de doença em permanecer em licença da mesma espécie por período
pessoa da família, isoladamente ou em conjunto , por mais superior a 24 vinte e quatro meses.
de 6 ( seis )meses, embora descontínuos, e licença para
tratar de interesses particulares por qualquer prazo. Iniciar- ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
removido, antes de completar 2(dois)anos de exercício no
146 - A licença concedida dentro de 60 (sessenta) dias do novo cargo ou repartição.
término de outra da mesma espécie será considerada como
prorrogação. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO SEÇÃO VI


Da licença para desempenho de mandato classista
SEÇÃO II
Da licença por motivo de doença em pessoa da família 152 - É assegurado ao servidor eleito o direito a licença para
desempenho de mandato de direção em confederação,
147 - Poderá ser concedida licença ao servidor ocupante de federação ou sindicato representativo da categoria, sem
cargo efetivo, por motivo de doença do cônjuge ou remuneração. Somente poderão ser licenciados servidores
companheiro, do pai ou da mãe, do filho ou enteado e de eleitos para cargos de direção ou representação nas
irmão, mediante comprovação. A licença somente será referidas entidades, até o máximo de dois, por entidade. A
deferida se a assistência direta do servidor for indispensável licença terá duração igual à do mandato, podendo ser
e não puder ser prestada simultaneamente com o exercício prorrogada no caso de reeleição e por uma única vez. Os
do cargo, o que deverá ser apurado, através de servidores investidos em cargos do Sindicato Municipal, no
acompanhamento pela Administração Municipal. máximo três (02) pessoas, terão direito a dispensa de até
um (01) dia por semana para atuar nas atividades sindicais,
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO sem prejuízo de remuneração.

148 - A licença será concedida sem prejuízo da ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


remuneração, até um mês, e, após, com os seguintes
descontos: CAPÍTULO V
I - de 1/3 (um terço), quando exceder a um mês e até dois DO AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO OU
meses; ENTIDADE
II - de 2/3 (dois terços), quando exceder a dois meses até
seis meses; 153 - O servidor ocupante de cargo efetivo e estável poderá
III - sem remuneração, a partir de sétimo mês até o máximo ser cedido para ter exercício em outro órgão ou entidade dos
de dois anos. Poderes da União, dos Estados e dos Municípios, nas
seguintes hipóteses com EXCEÇÃO:
SEÇÃO III A - para exercício de função de confiança;
Da licença para o serviço militar B - em casos previstos em leis específicas e
C - para cumprimento de convênio.
149 - Ao servidor ocupante de cargo efetivo que for D - para cumprimento em cargo eletivo
convocado para o serviço militar ou outros encargos de
segurança nacional, será concedida licença sem 154 - Para exercício de função de confiança a cedência será
remuneração. A licença será concedida à vista de sem ônus para o Município e, nos demais casos, conforme
documento oficial que comprove a convocação. O servidor dispuser a lei ou o convênio.
desincorporado em outro Estado da Federação deverá
reassumir o exercício do cargo dentro do prazo de ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
30( trinta ) dias; se a desincorporação ocorrer dentro do
Estado o prazo será de 15 ( quinze )dias. CAPÍTULO VI
DAS CONCESSÕES
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
155 - Sem qualquer prejuízo, poderá o servidor ausentar-se
SEÇÃO IV do serviço por um dia para doação de sangue; até dois dias,
Da licença para concorrer a cargo eletivo para se alistar como eleitor;

150 - Salvo disposição diversa em Lei Federal, o servidor ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


ocupante de cargo efetivo fará jus a licença remunerada,
com vencimentos integrais, a partir do registro de sua 156 - Qualquer prejuízo, poderá o servidor ausentar-se do
candidatura a cargo eletivo perante a Justiça Eleitoral, até o serviço por até cinco dias consecutivos, por motivo de, com
dia seguinte ao do pleito. O servidor candidato a cargo EXCEÇÃO:
eletivo no próprio Município e que exercer cargo ou função a) casamento;
de direção, chefia, assessoramento, arrecadação ou b) falecimento de avô ou avó, cônjuge, companheiro,
fiscalização, dele será exonerado a partir do dia imediato ao companheira, pais, madrasta, padrasto filhos ou enteados,
registro de sua candidatura perante a Justiça Eleitoral, até o menores sob guarda legal, irmãos, sogro, sogra, nora, genro
dia seguinte ao do pleito. e netos.
c) nascimento do filho, para o pai, a contar da data do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO evento.
d) falecimento de tio e tia
SEÇÃO V
Da licença para tratar de interesses particulares 157 - A servidora terá direito a uma hora por dia para
amamentar o próprio filho até que este complete cinco
151 - Não havendo prejuízo ao serviço, poderá ser meses de idade. A hora poderá ser fracionada em dois
concedida ao servidor estável licença para tratar de períodos de meia hora, se a jornada for de dois turnos. Se a
assuntos particulares, pelo prazo de até 2(dois) anos saúde do filho o exigir, o período de seis meses poderá ser
consecutivos, sem remuneração. A licença poderá ser dilatado, por prescrição médica.
interrompida a qualquer tempo, a pedido do servidor ou no
interesse do serviço. Não se concederá nova licença antes ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
de decorridos 2( dois) anos do término ou interrupção da
anterior. Não se concederá a licença a servidor nomeado ou 158 - Poderá ser concedido horário especial ao servidor
estudante quando comprovada a incompatibilidade entre o
horário escolar e o da repartição, desde que não haja 167 - Caberá recurso ao Prefeito, como última instância
prejuízo ao exercício do cargo. Para efeitos do disposto administrativa, sendo delegável sua decisão. Terá caráter de
neste artigo, será exigida a compensação de horários na recurso o pedido de reconsideração quando o prolator do
repartição, respeitada a duração semanal do trabalho. despacho, decisão ou ato houver sido o Prefeito.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

CAPÍTULO VII 168 - O prazo para interposição de pedido de


DO TEMPO DE SERVIÇO reconsideração ou de recurso, é de 30( trinta ) dias, a contar
da publicação ou da ciência, pelo interessado, da decisão
159 - A apuração do tempo de serviço será feita em dias. O recorrida. O pedido de reconsideração e o recurso não terão
número de dias será convertido em anos, considerados de efeito suspensivo e, se providos, seus efeitos retroagirão à
365(trezentos e sessenta e cinco ) dias. data do ato impugnado.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

160 - São considerados como de efetivo exercício os 169 - O direito de reclamação administrativa prescreverá,
afastamentos em virtude de, EXCEÇÃO de: salvo disposição legal em contrário, em um ano a contar do
A - férias; ato ou fato do qual se originar. O prazo prescricional terá
B - exercício de cargos em comissão, no Município; início na data da publicação do ato impugnado ou da data da
C - convocação para o serviço militar; ciência, pelo interessado, quando o ato não for publicado. O
D - júri e outros serviços obrigatórios por lei; pedido de reconsideração e o recurso interromperá a
E - licença à gestante, à adotante e à paternidade; para prescrição administrativa.
tratamento de saúde, inclusive por acidente em serviço ou
moléstia profissional; e para tratamento de saúde de pessoa ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
da família.
170 - A representação será dirigida ao chefe imediato do
161 - Contar-se-á apenas para efeito de aposentadoria o servidor que, se a solução não for de sua alçada, a
tempo, EXCEÇÃO encaminhará a quem de direito. Se não for dado andamento
A - de contribuição no serviço público federal, estadual e à representação, dentro do prazo de 5(cinco)dias, poderá o
municipal, inclusive o prestado às suas autarquias; servidor dirigi-la direta e sucessivamente às chefias
B - de licença para desempenho de mandato classista; superiores.
C - de licença para concorrer a cargo eletivo e
D - em que o servidor esteve em disponibilidade não ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
remunerada.
E - Licença-Prêmio gozada 171 - É assegurado o direito de vistas do processo ao
servidor ou representante legal, pelo prazo de 15 (quinze)
162 - Para efeito de disponibilidade, será computado o dias.
tempo de serviço público federal, estadual ou municipal.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

163 - Para efeito de aposentadoria, será computado também CAPÍTULO III


o tempo de contribuição na atividade privada e rural, nos DA ACUMULAÇÃO
termos da legislação federal pertinente.
172 - vedada a acumulação remunerada de cargos públicos,
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO exceto, quando houver compatibilidade de horários,
EXCEÇÃO
164 - O tempo de afastamento para exercício de mandato a) a de dois cargos de professor;
eletivo será contado na forma das disposições b) a de um cargo de professor com outro, técnico ou
constitucionais ou legais específicas. É vedada a contagem científico;
acumulada de tempo de serviço simultâneo. c) a de dois cargos exclusivos de médicos.
d) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO de saúde, com profissões regulamentadas.

CAPÍTULO VIII CAPÍTULO IV


DO DIREITO DE PETIÇÃO DAS RESPONSABILIDADES

165 - É assegurado ao servidor o direito de requerer, pedir 173 - O servidor responde civil, penal e administrativamente
reconsideração, recorrer e representar, em defesa de direito pelos atos praticados enquanto no exercício do cargo.
ou de interesse legítimo. As petições, salvo determinação
expressa em lei ou regulamento, serão dirigidas ao Prefeito ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
Municipal e terão decisão no prazo de 15( quinze) dias.
174 - A responsabilidade civil decorre de ato omissivo ou
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO comissivo, doloso ou culposo, de que resulte prejuízo ao
Erário ou a terceiros. A indenização de prejuízo causado ao
166 - O pedido de reconsideração deverá conter novos Erário poderá ser liquidada na forma prevista nesta lei.
argumentos ou provas suscetíveis de reformar o despacho, Tratando-se de dano causado a terceiros responderá o
a decisão ou ato. O pedido de reconsideração, que poderá servidor perante à Fazenda Pública em ação regressiva,
ser renovado, será submetido à autoridade que houver sem prejuízo de outras medidas administrativas e judiciais
prolatado o despacho, proferido a decisão ou praticado o cabíveis. A obrigação de reparar o dano não estende-se aos
ato. sucessores.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


175 - A responsabilidade penal abrange os crimes e
contravenções imputados ao servidor. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 185 - Será cassada a aposentadoria e a disponibilidade se


ficar provado que o inativo, quando na atividade praticou
176 - A responsabilidade administrativa resulta de ato falta punível com a pena de demissão, aceitou ilegalmente
omissivo ou comissivo praticado por servidor investido no cargo ou função pública; praticou usura, em qualquer das
cargo ou função pública. As sanções civis, penais e suas formas.
administrativas poderão cumular-se, sendo independentes
entre si. A responsabilidade penal ou administrativa do ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
servidor será afastada no caso de absolvição criminal
definitiva que negue a existência do fato ou a sua autoria. 186 - A pena de destituição de função de confiança será
aplicada quando se verificar falta de exação no seu
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO desempenho; quando for verificado que, por negligência ou
benevolência, o servidor contribuiu para que não se
CAPÍTULO V apurasse, no devido tempo, irregularidade no serviço. A
DAS PENALIDADES aplicação dessa penalidade implicará em perda do cargo
efetivo.
177 - São penalidades disciplinares aplicáveis a servidor
após procedimento administrativo em que lhe seja ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
assegurado o direito de defesa, EXCEÇÃO de:
A - advertência; 187 - O ato de aplicação de penalidade é de competência do
B - suspensão; Prefeito Municipal. Não poderá ser delegada competência
C - exoneração; aos Secretários Municipais para aplicação da pena de
D - cassação de aposentadoria ou da disponibilidade; e suspensão ou advertência.
E - destituição de cargo ou função de confiança.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
178 - Na aplicação das penalidades serão consideradas a
natureza e a gravidade da infração cometida, os danos que 188 - A pena de destituição de função de confiança implicará
dela provierem para o serviço público, as circunstâncias na impossibilidade de ser investido em funções dessa
agravantes e os antecedentes. natureza durante o período de 5(cinco) anos a contar do ato
de punição.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
179 - Não poderá ser aplicada mais de uma pena disciplinar
pela mesma infração. No caso de infrações simultâneas, a 189 - As penalidades aplicadas ao servidor não serão
maior absorve as demais, funcionando estas como registradas em sua ficha funcional.
agravantes na gradação da penalidade.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
190 - A ação disciplinar prescreverá:
180 - Observado o disposto nos artigos precedentes, a pena I – em _______, quanto às infrações puníveis com
de advertência ou suspensão será aplicada, a critério da demissão, cassação de aposentadoria e disponibilidade, ou
autoridade competente, por escrito, na inobservância de destituição de função de confiança;
dever funcional previsto em lei, regulamento ou norma II – em ________, quanto à suspensão; e
interna, nos casos de violação de proibição que não tipifique III – em ________, quanto à advertência.
infração sujeita à penalidade de suspensão.
( ) 180 dias
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) 5 anos
( ) 2 anos
181 - A pena de suspensão não poderá ultrapassar a
60(sessenta) dias. Quando houver conveniência para o
serviço, a penalidade de suspensão poderá ser convertida 191 - A falta também prevista na lei penal como crime
em multa, na base de vinte e cinco por cento por dia de prescreverá juntamente com este. O prazo de prescrição
remuneração, ficando o servidor obrigado a permanecer em começará a correr da data em que a autoridade tomar
serviço e a exercer suas atribuições legais. conhecimento da existência da falta. Somente a abertura de
sindicância interromperá a prescrição. Na hipótese do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO parágrafo anterior, o prazo prescricional recomeçará a correr
novamente, no dia imediato ao da interrupção.
182 - Configura abandono de cargo a ausência intencional
ao serviço por mais de 30( trinta) dias consecutivos. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO CAPÍTULO VI


DO PROCESSO DISCIPLINAR EM GERAL
183 - A demissão por inassiduidade ou impontualidade SEÇÃO I
somente será aplicada quando caracterizada a habitualidade Disposições preliminares
de modo a representar séria violação dos deveres e
obrigações do servidor, após anteriores punições por 192 - A autoridade que tiver ciência de irregularidade no
advertência ou suspensão. serviço público é obrigada a promover a sua apuração
imediata, mediante sindicância ou processo administrativo
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO disciplinar. Quando o fato denunciado, de modo evidente,
configurar infração disciplinar ou ilícito penal, a denúncia
184 - O ato de imposição de penalidade mencionará sempre será arquivada, por falta de objeto.
o fundamento comportamental.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO que possível um deles bacharel em Administração,
designada pela autoridade competente que indicará, dentre
193 - As irregularidades e faltas funcionais serão apuradas eles, o seu presidente. Os demais membros deverão ser de
em processo regular com direito a plena defesa, por meio de categoria igual ou superior a do sindicante, não podendo
sindicância, quando houver dados suficientes para sua nenhum deles estar ligado ao mesmo por qualquer vínculo
determinação ou para apontar o servidor faltoso; processo de subordinação ou parentesco. A comissão terá como
administrativo disciplinar, quando a gravidade da ação ou secretário, servidor designado pelo presidente, podendo a
omissão torne o servidor passível de demissão, cassação da designação recair em um dos seus membros.
aposentadoria ou da disponibilidade.
SEÇÃO II ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
Da suspensão preventiva 201 - A comissão processante, sempre que necessário e
194 - A autoridade competente poderá determinar a expressamente determinado no ato de designação, dedicará
suspensão preventiva do servidor, até 60(sessenta dias), todo o tempo aos trabalhos do processo, ficando os
prorrogáveis por mais 30(trinta) se, fundamentadamente, membros da comissão, em tal caso, dispensados dos
houver necessidade de seu afastamento para apuração de serviços normais da repartição.
falta a ele imputada.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
202 - O processo administrativo será contraditório,
195 - O servidor fará jus à remuneração integral durante o assegurada ampla defesa ao acusado, com a utilização dos
período de suspensão preventiva. meios e recursos admitidos em direito.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

SEÇÃO III 203 - Quando o processo administrativo disciplinar resultar


Da sindicância de prévia sindicância, o relatório desta integrará os autos,
como peça informativa da instrução. Na hipótese do relatório
196 - A sindicância será cometida a servidor ocupante de da sindicância concluir pela prática de crime, a autoridade
cargo efetivo, devendo este ser dispensado de suas competente oficiará ao Ministério Público, e remeterá cópia
atribuições normais até a apresentação do relatório. A dos autos, independente da imediata instauração do
critério da autoridade competente, considerando o fato a ser processo administrativo disciplinar.
apurado, a função sindicante poderá ser atribuída a uma
comissão de servidores, até o máximo de 2(dois). ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 204 - O prazo para a conclusão do processo não excederá


60 ( sessenta ) dias, contados da data do ato que constituir a
197 - O sindicante ou a comissão efetuará, de forma comissão, admitida a prorrogação por mais 30( trinta) dias,
sumária, as diligências necessárias ao esclarecimento da quando as circunstâncias o exigirem, mediante autorização
ocorrência e indicação do responsável, apresentando, no da autoridade que determinou a sua instauração.
prazo máximo de 30(trinta) dias, relatório a respeito.
Preliminarmente, deverá ser ouvido o autor da ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
representação e o servidor implicado, se houver. Reunidos
os elementos apurados, o sindicante ou comissão traduzirá 205 - As reuniões da comissão serão registradas em atas
no relatório as suas conclusões, indicando o possível que deverão detalhar as deliberações adotadas.
culpado, qual a irregularidade ou transgressão e o seu
enquadramento nas disposições estatutárias. O sindicante ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
abrirá o prazo de 5(cinco) dias para o indiciado apresentar
defesa, antes de elaborar o relatório. 206 - Ao instalar os trabalhos da comissão, o Presidente
determinará a autuação da portaria e demais peças
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO existentes e designará o dia, hora e local para primeira
audiência e a citação do indiciado.
198 - A autoridade, de posse do relatório, acompanhado dos
elementos que instruíram o processo, decidirá, no prazo de ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
5 ( cinco) dias úteis pela aplicação de penalidade de
advertência ou suspensão; pela instauração de processo 207 - A citação do indiciado deverá ser feita pessoalmente e
administrativo disciplinar, ou arquivamento do processo. contra-recibo, com, pelo menos,48 (quarenta e oito ) horas
de antecedência em relação à audiência inicial e conterá dia,
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO hora e local e qualificação do indiciado e a falta que lhe é
imputada, com a devida fundamentação legal e descrição
199 - Entendendo a autoridade competente que os fatos não dos fatos. Caso o indiciado se recuse a receber a citação,
estão devidamente elucidados, inclusive na indicação do deverá o fato ser certificado, com assinatura de, no mínimo,
possível culpado, devolverá o processo ao sindicante ou duas testemunhas. Estando o indiciado ausente do
comissão, para ulteriores diligências, em prazo certo, não Município, se conhecido seu endereço, será citado por via
superior a 5 (cinco) dias úteis. De posse do novo relatório e postal, em carta registrada, juntando-se ao processo o
elementos complementares, a autoridade decidirá no prazo comprovante do registro e o aviso de recebimento. Achando-
e nos termos deste artigo. se o indiciado em lugar incerto e não sabido, será citado por
ordem judicial, divulgado como os demais atos oficiais do
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO Município, com prazo de quinze dias.

SEÇÃO IV ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


Do processo administrativo disciplinar
208 - O indiciado poderá constituir procurador para fazer a
200 - O processo administrativo disciplinar será conduzido sua defesa. Em caso de revelia, o presidente da comissão
por comissão de dois servidores estáveis, sendo sempre processante designará, de ofício, um defensor.
217 - Após o decurso do prazo, apresentada a defesa ou
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO não, a comissão apreciará todos os elementos do processo,
apresentando relatório, no qual constará em relação a cada
209 - Na audiência marcada, a comissão promoverá o indiciado, separadamente, as irregularidades de que foi
interrogatório do indiciado, concedendo-lhe, em seguida, o acusado, as provas que instruíram o processo e as razões
prazo de 5(cinco) dias para oferecer alegações escritas, de defesa, propondo, justificadamente, a absolvição ou
requerer provas e arrolar testemunhas, até o máximo de 7 punição do indiciado, e indicando a pena cabível e seu
(sete). fundamento legal. O relatório e todos os elementos dos
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO autos serão remetidos à autoridade que determinou a
instauração do processo, dentro de dez dias, contados do
210 - Havendo mais de um indiciado, o prazo será comum e término do prazo para apresentação da defesa.
de 15(quinze) dias, contados a partir da tomada de
declarações do último deles. O indiciado ou seu advogado ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
terão vista do processo na repartição, podendo ser fornecida
cópia de inteiro teor mediante requerimento e reposição do 218 - A comissão ficará à disposição da autoridade
custo competente, até a decisão final do processo, para prestar
esclarecimento ou providência julgada necessária.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
211 - A comissão promoverá a tomada de depoimentos,
acareações, investigações e diligências cabíveis, 219 - Recebidos os autos, a autoridade que determinou a
objetivando a coleta de prova, recorrendo, quando instauração do processo dentro de cinco dias pedirá
necessário, a técnicos e peritos de modo a permitir a esclarecimentos ou providências que entender necessários,
completa elucidação dos fatos. à comissão processante, marcando-lhe prazo; encaminhará
os autos à autoridade superior, se entender que a pena
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO cabível escapa à sua competência;

212 - O indiciado tem o direito de, pessoalmente ou por ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


intermédio de procurador, assistir aos atos probatórios que
se realizarem perante à comissão, requerendo as medidas 220 - As irregularidades processuais que não constituam
que julgar convenientes. O presidente da comissão poderá vícios substanciais insanáveis, suscetíveis de influírem na
indeferir pedidos considerados impertinentes, meramente apuração da verdade ou na decisão do processo, não lhe
protelatórios ou de nenhum interesse para o esclarecimento determinarão a nulidade.
dos fatos. Será indeferido o pedido de prova pericial, quando
a comprovação do fato independer de conhecimento ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
especial de perito.
221 - O servidor que estiver respondendo a processo
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO administrativo disciplinar só poderá ser exonerado, a pedido,
do cargo, ou aposentado voluntariamente, após a conclusão
213 - As testemunhas serão intimadas a depor mediante do processo e o cumprimento da penalidade, acaso
mandado expedido pelo presidente da comissão, devendo a aplicada. Excetua-se o caso de processo administrativo
segunda via, com o ciente do intimado, ser anexada aos instaurado apenas para apurar o abandono de cargo,
autos. Se a testemunha for servidor público, a expedição do quando poderá haver exoneração a pedido, a juízo da
mandado será imediatamente comunicada ao chefe da autoridade competente.
repartição onde serve, com a indicação do dia e hora
marcados para a inquirição. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO SEÇÃO V


Da revisão do processo
214 - O depoimento será prestado oralmente e reduzido a
termo, sendo lícito a testemunha trazê-lo por escrito. As 222 - A revisão do processo administrativo disciplinar poderá
testemunhas serão ouvidas. separadamente, com prévia ser requerida a qualquer tempo, uma única vez, quando a
intimação do indiciado ou de seu procurador. Na hipótese de decisão for contrária ao texto de lei ou à evidência dos
depoimentos contraditórios ou que se infirmem, proceder-se- autos; a decisão se fundar em depoimentos, exames ou
á a acareação entre os depoentes. documentos falsos ou viciados; forem aduzidas novas
provas, suscetíveis de atestar a inocência do interessado ou
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO de autorizar diminuição da pena. A simples alegação de
injustiça da penalidade não constituirá fundamento para a
215 - Concluída a inquirição de testemunhas, poderá a revisão do processo.
comissão processante, se julgar útil ao esclarecimento dos
fatos, reinterrogar o indiciado. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 223 - No processo revisional, o ônus da prova caberá ao


requerente.
216 - Ultimada a instrução do processo, o indiciado será
intimado por mandado pelo presidente da comissão para ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
apresentar defesa escrita, no prazo de dez dias,
assegurando-se-lhe vista do processo na repartição, sendo 224 - O processo de revisão será realizado por comissão
fornecida cópia de inteiro teor mediante requerimento e designada segundo os moldes das comissões de processo
reposição do custo. O prazo de defesa será comum e de administrativo e correrá em apenso aos autos do processo
quinze dias se forem dois ou mais os indiciados. originário.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


225 - As conclusões da comissão serão encaminhadas à
autoridade competente, dentro de 30(trintas) dias, devendo SEÇÃO III
a decisão ser proferida, fundamentadamente, dentro de 10 Da licença para tratamento de saúde
( dez) dias.
233 - Será concedida ao servidor licença para tratamento de
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO saúde, a pedido ou de ofício, com base em exame médico,
sem prejuízo da remuneração a que fizer jus.
226 - Julgada procedente a revisão, será tornada
insubsistente ou atenuada a penalidade imposta, ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
restabelecendo-se os direitos decorrentes dessa decisão.
234 - Para licença até quinze dias, a inspeção será feita por
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO médico do serviço oficial do próprio Município e, se por
prazo superior, por junta médica oficial. Inexistindo médico
TÍTULO VII do Município, será aceito atestado firmado por outro médico,
DA SEGURIDADE SOCIAL DO SERVIDOR nas licenças até 15( quinze) dias.
CAPÍTULO I
DISPOSIÇÕES GERAIS ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

227 - Os benefícios do Plano de Seguridade Social 235 - Será punido disciplinarmente com suspensão de
compreendem quanto ao servidor, EXCEÇÃO 15(quinze) dias, o servidor que se recusar ao exame
a) aposentadoria; médico, cessando os efeitos da penalidade logo que se
b) salário-família; verifique o exame.
c) licença para tratamento de saúde;
d) licença à gestante; ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
e) licença por doação de sangue;
236 - A licença poderá ser prorrogada de ofício, por decisão
228 - Os benefícios do Plano de Seguridade Social do órgão competente; a pedido do servidor, formulado até 2
compreendem quanto ao dependente: (dois) dias antes do término da licença vigente.
a) pensão por morte;
b) auxílio-reclusão. ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

229 - Os benefícios de aposentadoria e pensão por morte, 237 - O servidor licenciado para tratamento de saúde não
serão atendidas mediante o sistema próprio de previdência poderá dedicar-se a qualquer outra atividade remunerada,
social, de natureza contributiva, conforme lei específica. sob pena de ter cassada a licença.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO

SEÇÃO II SEÇÃO IV
Do salário-família Da licença à gestante e à Adotante

230 - O salário-família será devido somente ao servidor ativo 238 - Será concedida, mediante laudo médico, licença à
que tenha renda bruta mensal igual ou inferior à fixada para servidora gestante, por 120( cento e vinte) dias
a concessão da vantagem pela legislação federal, na consecutivos, sem prejuízo da remuneração.
proporção do número de filhos ou equiparados.
Consideram-se equiparados para efeitos deste artigo o ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
enteado e o menor tutelado, mediante declaração do
segurado e desde que comprovada a dependência 239 - A servidora que adotar ou obtiver guarda judicial para
econômica. fins de adoção de criança, será concedida licença
maternidade, na forma que vem assim disciplinada, com
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO EXCEÇÃO de:
A – No caso de adoção ou guarda judicial de criança até
231 - O valor da cota do salário-família será pago 1(um) ano de idade, o período de licença será de 120 dias;
mensalmente no valor estabelecido pelo Regime Geral de B – No caso de adoção ou guarda judicial de criança a partir
Previdência Social, por filho menor ou equiparado, até 1( um) ano de idade até quatro anos de idade, o período de
completar quinze anos, ou inválido de qualquer idade. licença será de 60 (sessenta) dias;
Quando ambos os cônjuges forem servidores do Município, C - No caso de adoção ou guarda judicial de criança a partir
assistirá a cada um, separadamente, o direito à percepção de 5 (cinco) anos de idade até 8 ( oito) anos de idade, o
do salário-família com relação aos respectivos filhos ou período de licença será de 30 (trinta)dias;
equiparados. Não será devido o salário-família relativamente D - A licença maternidade será concedida mediante
ao cargo exercido cumulativamente pelo servidor, no apresentação de termo judicial de guarda a adodante ou
Município. É assegurado o pagamento do salário família guardiã.
durante o período em que, por penalidade, o servidor deixar
de perceber remuneração. 240 - A licença gestante deverá ter início entre o primeiro dia
do nono mês de gestação e a data do parto, salvo
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO antecipação por prescrição médica. No caso de nascimento
prematuro, a licença terá início a partir do parto.
232 - O salário-família será pago a partir do mês em que o
servidor apresentar à repartição competente a prova de ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
filiação ou condição de equiparado, e, se for o caso, da
invalidez. O pagamento do salário família é condicionado à 241 - No caso de aborto não criminoso, atestado por médico
apresentação da documentação exigida pela legislação oficial, a servidora terá direito a um mês de repouso
federal pertinente. remunerado.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO


D - a maioridade para o filho ou irmão ou de pendente
SEÇÃO V menor designado, de ambos os sexos, exceto o inválido, ao
Da licença por acidente em serviço completar 25(vinte e cinco) anos de idade.

242 - Será licenciado com remuneração proporcional, o 251 - A pensão poderá ser requerida a qualquer tempo,
servidor acidentado em serviço. prescrevendo tão somente as prestações exigíveis há mais
de 5(cinco) anos.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
243 - Configura acidente em serviço o dano físico ou mental
sofrido pelo servidor e que se relacione, mediata ou 252 - As pensões serão atualizadas na mesma data e na
imediatamente, com as atribuições do cargo exercido. mesma proporção dos reajustes dos vencimentos dos
servidores ou da transformação ou reclassificação do cargo
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO que serviu de referência à concessão de pensão, na forma
da lei.
244 - O servidor acidentado em serviço que necessite de
tratamento especializado poderá ser tratado em instituição ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
privada à conta de recursos públicos. O tratamento de que
trata este artigo, recomendado por junta médica oficial, TÍTULO IX
constitui medida de exceção e somente será admissível DAS DISPOSIÇÕES GERAIS, TRANSITÓRIAS E FINAIS
quando inexistirem meios e recursos adequados em CAPÍTULO I
instituição pública. DISPOSIÇÕES GERAIS

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO 253 - O Dia do Servidor Público será comemorado a vinte e


oito de novembro.
245 - A prova do acidente será feita através de sindicância
no prazo de 5(cinco) dias, prorrogável quando as ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
circunstâncias o exigirem.

( ) VERDADEIRO ( ) FALSO CAPÍTULO II


DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS E FINAIS
SEÇÃO VI
Da pensão por morte 254 - As disposições desta Lei aplicam-se aos servidores
dos Poderes Executivo e Legislativo, das sociedades de
246 - A pensão por morte será devida mensalmente ao economia mista, das autarquias e fundações públicas.
conjunto de dependentes do servidor falecido, aposentado
ou não, a contar do óbito, observada a precedência ( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
estabelecida nesta lei. O valor mensal e integral da pensão a
que tem direito o conjunto de beneficiários será igual ao total 255 - Os atuais servidores municipais estatutários admitidos
da remuneração computável para o provento de mediante prévio concurso público ficam submetidos ao
aposentadoria do servidor ou, se aposentado, ao valor do regime desta Lei. Os contratos individuais de trabalho se
próprio provento. extinguem automaticamente pela nomeação para cargo
público. No que pertine às férias, o servidor poderá optar,
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO mediante termo escrito, em recebê-las no termo de quitação
do contrato ou pela continuidade da contagem do tempo de
247 - O valor mensal integral da pensão por morte em serviço para posterior gozo no novo regime.
nenhuma hipótese será inferior ao valor do salário mínimo.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO
256 - É assegurada a concessão de aposentadoria e
248 - São beneficiários da pensão por morte, na condição de pensão, aos servidores ocupantes de cargos efetivos bem
dependentes do servidor com EXCEÇÃO: como aos seus dependentes, que, até 16 de dezembro de
A - o cônjuge, a companheira, o companheiro e o filho não 1998, tenham cumprido os requisitos para a obtenção
emancipado, de qualquer condição, menores de 21 anos ou destes benefícios, com base nos critérios da legislação
inválido; então vigente. O servidor de que trata este artigo, que tenha
B - os avós; completado as exigências para aposentadoria proporcional e
C - o irmão não emancipado, de qualquer condição, menor que opte por permanecer em atividade fará jus à isenção da
de 21 anos ou inválido; contribuição previdenciária até completar as exigências para
aposentadoria contidas no art. 40, § 1º, III, a, da
249 - A importância total da pensão será rateada: Constituição Federal. Os proventos da aposentadoria a ser
I - cinqüenta por cento para o cônjuge ou companheiro concedida aos servidores efetivos referidos no “caput”, e
remanescente e o restante, em partes iguais, entre os filhos termos integrais ou proporcionais ao tempo de serviço já
menores ou inválidos, ou integralmente entre estes quando exercido até a data de publicação da EC nº 20-98, bem
inexistir cônjuge ou companheiro remanescente; como as pensões de seus dependentes, serão calculados
II - em partes iguais, entre os demais dependentes, segundo de acordo com a legislação em vigor à época em que foram
a ordem de procedência. atendidas as prescrições nela estabelecidas para a
concessão destes benefícios ou nas condições da legislação
250 - Acarreta perda da qualidade de beneficiário, exceto: vigente. São mantidos todos os direitos e garantias
A - o seu falecimento; assegurados nas disposições constitucionais vigentes à data
B - a anulação do casamento; de publicação da Emenda nº 20-98 aos servidores, inativos
C - a cessação da invalidez, em se tratando de beneficiário e pensionistas, que já cumpriram, até aquela data, os
inválido; e requisitos para usufruírem tais direitos, observado o disposto
no art. 37, XI, da Constituição Federal.
( ) VERDADEIRO ( ) FALSO B.perfeitos, válidos e eficazes, até que o ato de
desclassificação seja anulado, o que acarreta a anulação
dos atos posteriores.
C.perfeitos, válidos e ineficazes, pois os atos posteriores,
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS inclusive de homologação da licitação e adjudicação do
objeto ao vencedor só surtiriam efeitos após a celebração do
ATOS ADMINISTRATIVOS contrato.
D.imperfeitos, válidos e eficazes, pois embora formalmente
01 - No que se refere aos vícios de competência na contenham vícios de legalidade, produzem efeitos até que
administração pública, assinale a opção correta. formalmente invalidados.
A.A remoção de ofício de servidor caracteriza abuso de E.imperfeitos, inválidos e eficazes, pois o ciclo de formação
poder. dos mesmos não observou as disposições legais
B.Quando o vício de competência não pode ser convalidado, pertinentes, mas produzem efeitos até o ato de
caracteriza-se hipótese de nulidade absoluta. desclassificação ser revogado.
C.A convalidação é o ato administrativo pelo qual é suprido o
vício existente em um ato ilegal, operando efeitos 05 - Os atos administrativos deverão ser motivados, com
posteriores. indicação dos fatos e fundamentos jurídicos, EXCETO
D.A usurpação de poder ocorre quando um servidor público A.quando imponham ou agravem deveres, encargos ou
exerce a função de outro servidor na mesma repartição. sanções.
E.Ocorre desvio de poder quando a autoridade policial se B.quando apliquem jurisprudência firmada sobre a questão.
excede no uso da força para praticar ato de sua C.quando importem anulação, revogação, suspensão ou
competência. convalidação de ato administrativo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: D.quando decidam recursos administrativos.

06 - O Prefeito de determinado Município concedeu licença


por motivo de doença em pessoa da família a servidor
público municipal já falecido. Nesse caso, o ato
administrativo citado apresenta vício de
A.objeto.
B.motivo.
C.forma.
D.sujeito.
E.finalidade.

07 - Rodrigo é servidor público federal e chefe de


determinada repartição pública. Rodrigo indeferiu as férias
02 - A definição apresentada refere-se aos atos pleiteadas por um de seus subordinados, o servidor José,
A.complexos. alegando escassez de pessoal na repartição. No entanto,
B.de gestão. José comprovou, que há excesso de servidores na
C.compostos. repartição pública. No caso narrado,
D.simples. A.há vício de motivo no ato administrativo.
E.ampliativos. B.o ato deve, obrigatoriamente, permanecer no mundo
jurídico, vez que sequer exigia fundamentação.
03 - Dentre as espécies de atos administrativos, C.inexiste vício no ato administrativo, no entanto, o ato
A.a homologação não possui natureza jurídica de ato comporta revogação.
administrativo de efeitos concretos, tendo em vista que não D.o ato praticado por Rodrigo encontra-se viciado, no
constitui direitos, prestando-se a dar publicidade a ato entanto, não admite anulação, haja vista a
administrativo anteriormente praticado. discricionariedade administrativa na hipótese.
B.os atos administrativos vinculados não conferem direitos E.o objeto do ato administrativo encontra-se viciado.
subjetivos, já que estes advêm diretamente da lei,
independentemente da edição daqueles. 08 - O atributo que consiste na possibilidade de certos atos
C.alguns atos administrativos praticados demandam análise administrativos serem decididos e executados diretamente
de adequação com os requisitos legais para sua emissão, o pela própria administração, independentemente de ordem
que, em sendo constatado, é reconhecido por meio de judicial, denomina-se
homologação. A.presunção de legitimidade.
D.os atos administrativos discricionários são editados ou não B.autoexecutoriedade.
conforme margem de liberdade dada ao Administrador C.motivação.
público, tal como ocorre com as licenças. D.tipicidade.
E.a admissão de pessoal possui natureza jurídica de E.imperatividade.
contrato administrativo, vez que forma vínculo definitivo
entre empregador e Estado. 09 - A respeito dos atributos dos atos administrativos,
assinale a opção correta.
04 - Um determinado procedimento licitatório transcorria em A.O ato administrativo configura instrumento de realização
um município com vistas à contratação de serviços de do interesse público, razão por que ele tem a coercibilidade
agrimensura para imóveis rurais de titularidade daquele como atributo absoluto.
ente. Um dos licitantes foi desclassificado, tendo o B.A imperatividade é atributo que dota de coercitividade
procedimento prosseguido. Considerando que a todos os atos administrativos.
desclassificação tenha se dado em desacordo com os C.A presunção de legitimidade do ato administrativo é
requisitos do edital, os atos administrativos posteriormente atenuada pela possibilidade de o particular deixar de cumpri-
praticados são lo quando houver alguma dúvida sobre sua legalidade.
A.imperfeitos, inválidos e ineficazes, porque o ato ilegal D.A autoexecutoriedade, como atributo, admite exceções,
anterior, independentemente de invalidação expressa, viciou como nas hipóteses de cobrança de multa e de
os atos de homologação e adjudicação automaticamente. desapropriação.
E.O contraditório e a ampla defesa suprimem a comportamento possível a ser obrigatoriamente adotado
autoexecutoriedade dos processos administrativos. sempre que se configurar a situação objetiva descrita em lei.

10 - O pregoeiro de um tribunal regional eleitoral (TRE), em 16 - Considere:


um certame licitatório para aquisição de urnas eletrônicas, I. A revogação é sempre discricionária.
resolveu negar provimento ao recurso de um licitante com II. O ato vinculado, em regra, pode ser revogado.
fundamento em parecer da área técnica do tribunal. III. O ato discricionário não comporta anulação.
Nessa situação hipotética, a área técnica do tribunal praticou IV. Na revogação, extingue-se ato válido.
um ato administrativo Está correto o que consta APENAS em
A.punitivo. A.IV.
B.vinculado. B.II e III.
C.normativo. C.I, II e III.
D.ordinatório. D.I e IV.
E.enunciativo. E.I, II e IV.

11 - De acordo com a doutrina, os atos administrativos que 17 - A respeito dos atos administrativos, assinale a opção
possuem todas as suas condições e requisitos estipulados correta.
por lei, prevendo uma única e obrigatória atuação A.São elementos dos atos administrativos a competência, a
administrativa, são classificados como finalidade, a forma, o motivo e o objeto.
A.complexos. B.Apenas o Poder Executivo, no exercício de suas funções,
B.vinculados. pode praticar atos administrativos.
C.constitutivos. C.Mesmo quando atua no âmbito do domínio econômico, a
D.declaratórios. administração pública reveste-se da qualidade de poder
E.discricionários. público.
D.Para a formação do ato administrativo simples, é
12 - Considere que determinada autoridade do TRE/PI tenha necessária a manifestação de dois ou mais diferentes
negado pedido administrativo feito por um servidor do órgãos ou autoridades.
quadro, sem expor fundamentos de fato e de direito que E.Define-se ato nulo como ato em desconformidade com a
justificassem a negativa do pedido. Nesse caso, o ato lei ou com os princípios jurídicos, passível de convalidação.
administrativo praticado pela autoridade do TRE/PI
A.não possui presunção de veracidade. PODERES ADMINISTRATIVOS
B.pode ser editado sob a forma de resolução.
C.é considerado, quanto à formação da vontade, ato 01 - Em defesa dos consumidores locais, a Prefeitura
administrativo complexo. Municipal de Barueri, por meio de seus órgãos, impõe multa
D.classifica-se como ato administrativo meramente e interdita um supermercado em que havia disparidade de
enunciativo. preços, já que estes, registrados no caixa, eram muito
E.apresenta vício de forma. maiores do que aqueles que constavam das gôndolas. A
atuação da Prefeitura Municipal, nesse caso, é decorrente
13 - Considere o seguinte trecho destacado da obra de do poder
Regis Fernandes de Oliveira (Ato Administrativo, São Paulo: A.intrínseco.
Revista dos Tribunais, 5o ed. 2007, p.50): O que distingue, B.de polícia.
in principio, o ato administrativo dos demais praticados pela C.hierárquico.
Administração e dos atos privados é a desnecessidade de ir D.disciplinar.
a juízo para impor-se. O autor se refere ao atributo do ato E.regulamentar.
administrativo denominado
A.presunção de legitimidade. 02 - Os servidores públicos estão sujeitos à hierarquia no
B.exigibilidade. exercício de suas atividades funcionais. Considerando esse
C.executividade. aspecto,
D.imperatividade. A.o poder disciplinar a que estão sujeitos é decorrente
E.autoexecutoriedade. dessa hierarquia, visto que guarda relação com o vínculo
funcional existente e observa a estrutura organizacional da
14 - Qual dos itens NÃO corresponde a um dos atributos do Administração pública para identificação da autoridade
ato administrativo? competente para apuração e punição por infrações
A.Moralidade. disciplinares.
B.Exigibilidade. B.submetem-se ao poder de tutela da Administração, que
C.Tipicidade. projeta efeitos internos, sobre órgãos e servidores, e
D.Imperatividade. externos, atingindo relações jurídicas contratuais travadas
com terceiros.
15 - Considerando os conhecimentos básicos sobre atos C.conclui-se que o poder hierárquico é premissa para o
administrativos, na esfera da administração pública, no que poder disciplinar, ou seja, este somente tem lugar onde se
se refere à classificação, aos atributos, aos elementos, à identificam relações jurídicas hierarquizadas, funcional ou
vinculação, aos atos administrativos em espécie e à extinção contratualmente, neste caso, em relação à prestação de
dos atos administrativos, assinale alternativa INCORRETA. serviços terceirizados.
A.Os atos administrativos podem ser extintos unicamente D.o poder hierárquico autoriza a edição de atos normativos
por meio de anulação judicial. de caráter autônomo, com força de lei, no que se refere à
B.São espécies de atos administrativos: atos normativos, discipli na jurídica dos direitos e deveres dos servidores
atos ordinatórios, atos negociais, atos enunciativos, atos públicos.
punitivos. E.somente o poder hierárquico e o poder disciplinar
C.São atributos dos atos administrativos: presunção de produzem efeitos internos na Administração pública, tendo
legitimidade, imperatividade, autoexecutoriedade e em vista que o poder de polícia e o poder regulamentar
tipicidade. visam à produção de efeitos na esfera jurídica de direito
D.São atos administrativos vinculados, os atos praticados privado, não podendo atingir a atuação de servidores
pela administração pública sem margem para liberdade de públicos.
decisão, pois a lei previamente determinou o único
03 - Assinale a opção correta com relação ao poder 1 - Poder Vinculado
hierárquico. 2 - Poder Discricionário
A.Decorre do poder hierárquico o poder de revisão, por 3 - Poder Hierárquico
superior, dos atos praticados por subordinado. 4 - Poder Disciplinar
B.A disciplina funcional guarda relação com o poder 5 - Poder Regulamentar
disciplinar, não se ligando ao poder hierárquico. 6 - Poder de Polícia
C.A avocação é regra ampla e geral cuja difusão deve ser A – É o Poder que tem a Administração Pública de praticar
estimulada em prol da eficiência. certos atos "sem qualquer margem de liberdade".
D.A hierarquia administrativa é restrita ao Poder Executivo. B - É aquele pelo qual a Administração Pública de modo
E.Subordinação e vinculação, como decorrências do poder explícito ou implícito, pratica atos administrativos com
hierárquico, são institutos que se confundem e que se liberdade de escolha de sua conveniência, oportunidade e
caracterizam pelo controle que se dá no âmbito de um conteúdo.
mesmo ente. C - É aquele pelo qual a Administração distribui e escalona
as funções de seus órgãos;
04 - Com respeito à organização administrativa da D – É aquele através do qual a lei permite a Administração
administração pública, assinale a opção correta. Pública aplicar penalidades às infrações funcionais de seus
A.O Poder Executivo, além da sua função administrativa servidores;
típica, pratica atos no exercício da função jurisdicional E - É aquele inerente aos Chefes dos Poderes Executivos
quando aplica penalidades administrativas aos servidores. (Presidente, Governadores e Prefeitos) para expedir
B.A legislação infraconstitucional pode autorizar que os decretos e regulamentos para complementar, explicitar
poderes da União desempenhem funções atípicas, (detalhar) a lei visando sua fiel execução. 6/8
prestigiando o sistema de freios e contrapesos estabelecido F - A atividade da administração pública que, limitando o
pela Constituição Federal de 1988. disciplinando direito, interesse ou liberdade, regula a prática
C.No regime federativo nacional, todos os componentes da de ato ou abstenção de fato, em razão de interesse público.
federação materializam o Estado, cada um deles atuando A.1-B, 2-A, 3-D, 4-C, 5-F, 6-E
dentro dos seus limites de competência traçados por lei B.1-A, 2-B, 3-C, 4-D, 5-E, 6-F
complementar. C.1-E, 2-F, 3-C, 4-D, 5-B, 6-A
D.O Poder Legislativo, além da função normativa própria, D.1-A, 2-B, 3-D, 4-C, 5-E, 6-F
exerce a função administrativa quando processa e julga o E.1-A, 2-D, 3-B, 4-E, 5-C, 6-F
presidente da República nos crimes de responsabilidade.
E.O Poder Judiciário, além de sua função jurisdicional típica, 08 - Poder _________________ é o conjunto de poderes
pratica atos no exercício de função normativa, como na coercitivos exercidos in concreto pelo Estado sobre as
elaboração dos regimentos internos dos tribunais. atividades dos administrados, através de medidas impostas
a essas atividades.” (José Cretella Jr.) Preenche
05 - Segundo a doutrina, ocorrerá desvio de poder se corretamente o espaço:
A.o agente praticar ato buscando alcançar fim diverso A.Discricionário.
daquele determinado pela lei. B.de Polícia.
B.o agente público agir fora dos limites de sua competência C.Hierárquico.
administrativa. D.Disciplinar.
C.houver a remoção de um servidor por agente E.Regulamentar.
incompetente, como forma de punição daquele.
D.a autoridade praticar ato administrativo que vá além do 09 - A Administração é dotada de poderes administrativos
que a lei permita. dentre os quais figuram os poderes
E.houver violação ao requisito de motivo do ato A.político, vinculado, hierárquico e de polícia.
administrativo, tornando-o arbitrário. B.disciplinar, discricionário, regulamentar e de polícia.
C.regulamentar, vinculado, disciplinar e militar.
06 - Com relação aos poderes administrativos, é correto D.militar, disciplinar, discricionário e hierárquico.
afirmar que o poder E.disciplinar, político, vinculado e hierárquico.
A.de polícia é o que cabe à Administração para apurar
infrações e aplicar penalidades às pessoas sujeitas a sua 10 - O poder de polícia deve ser exercido pela Administração
disciplina interna. Pública de acordo com o interesse público. Por tal razão é
B.de polícia será considerado regularmente exercido quando chamado de poder‐dever. A esse respeito, é correto afirmar
desempenhado pelo órgão competente, nos limites da lei, que o poder de polícia
aplicável, inclusive, de forma discricionária, desde que sem A.é amplo e permite a edição de regulamentos autônomos e
abuso ou desvio de poder. executórios à margem da lei.
C.disciplinar alcança as sanções impostas aos servidores B.impõe que a Administração Pública apure infrações e
públicos, mas não abrange as sanções impostas às demais aplique penalidades, mesmo que não haja legislação prévia.
pessoas sujeitas à disciplina interna administrativa, como, C.é discricionário e confere ao administrador a liberdade
por exemplo, os estudantes de uma escola pública. subjetiva de aplicar sanções ainda que em desacordo com
D.disciplinar é discricionário; por essa razão, a os princípios da proporcionalidade e razoabilidade.
Administração, pautada em juízo de conveniência e de D.é uma competência estatal que autoriza o agente público
oportunidade, pode decidir entre instaurar ou não o a restringir a liberdade e a propriedade em nome do
procedimento adequado para apurar a falta cuja prática é interesse público, desde que sejam observados os princípios
imputada a servidor público. da proporcionalidade e razoabilidade.
E.de polícia prevê que, caso seja necessária a interdição de
um estabelecimento industrial no qual se detectem infrações 11 - Determinado servidor público efetivo do setor de
graves às normas de higiene e de segurança alimentar, recursos humanos de um tribunal regional eleitoral, no
deverá o órgão requerer tal medida ao judiciário, uma vez âmbito de sua atuação e amparado por lei, proferiu, entre
que ninguém poderá ser privado de sua liberdade ou de duas opções cabíveis, decisão a respeito de determinado
seus bens, exceto por ordem escrita e fundamentada de caso concreto. Após o decurso de todos os prazos legais
autoridade judiciária. para recurso, esse servidor determinou o imediato
cumprimento da referida decisão, não havendo outro
07 - Relacione a 1ª coluna com a 2ª coluna, de acordo com posicionamento a ser adotado.
a definição correspondente:
Nessa situação, o primeiro e o segundo ato do agente possível a esta restaurar a legalidade, quando for o caso,
resultaram, respectivamente, do exercício dos poderes lançando mão de seu poder
A.vinculado e disciplinar. A.
B.discricionário e vinculado. de tutela, expressão de limitação de seu poder discricionário
C.disciplinar e discricionário. e corolário do princípio da legalidade.
D.hierárquico e discricionário. B.
E.hierárquico e vinculado. de autotutela, que permite a revisão, de ofício, de seus atos
para, sanar ilegalidade.
PRINCIPIOS DA ADMINISTRAÇÃO C.
1 - Entre os princípios informadores da licitação, estão o de autotutela, expressão do princípio da supremacia do
procedimento formal, a publicidade, a igualdade entre os interesse público, que possibilita a alteração de atos por
licitantes, a vinculação aos termos do instrumento razões de conveniência e oportunidade, sempre que o
convocatório e a adjudicação compulsória. Nesse contexto, interesse público assim recomendar.
o princípio da D.
A.adjudicação compulsória não impede que a Administração disciplinar, que se expressa, nesse caso, por meio de
Pública possa adiar a contratação quando haja motivo para medidas corretivas de atuação inadequada do servidor
tal. público que emitiu o ato.
B.publicidade impede que o conteúdo das propostas seja E.
mantido em sigilo em qualquer momento do procedimento de tutela disciplinar, em razão da atuação ilegal do servidor
licitatório. público, que faz surgir o dever da Administração de corrigir
C.vinculação ao instrumento convocatório não se aplica no seus próprios atos.
julgamento das propostas, aplicando-se na etapa inicial da
licitação. 06 - Não é considerado um princípio que rege a
D.igualdade entre os licitantes impede que a lei de licitações Administração pública:
preveja qualquer critério de desempate. A.
Legitimidade.
02 - Com relação aos princípios que fundamentam a B.
administração pública, assinale a opção correta. Moralidade.
A.Pelo princípio da autotutela, a administração pode, a C.
qualquer tempo, anular os atos eivados de vício de Publicidade.
ilegalidade. D.
B.O regime jurídico-administrativo compreende o conjunto Impessoalidade.
de regras e princípios que norteia a atuação do poder
público e o coloca numa posição privilegiada. 07 - Sobre a Administração Pública e os princípios que a
C.A necessidade da continuidade do serviço público é regem, é correto afirmar:
demonstrada, no texto constitucional, quando assegura ao A.Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis
servidor público o exercício irrestrito do direito de greve. apenas aos brasileiros natos.
D.O princípio da motivação dos atos administrativos, que B.É vedado ao servidor público civil o direito à livre
impõe ao administrador o dever de indicar os pressupostos associação sindical.
de fato e de direito que determinam a prática do ato, não C.Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do
possui fundamento constitucional. Poder Judiciário não poderão exceder o dobro daqueles
E.A publicidade marca o início da produção dos efeitos do pagos pelo Poder Executivo.
ato administrativo e, em determinados casos, obriga ao D.A cumulação de um cargo de professor com outro técnico
administrado seu cumprimento. ou científico consiste em exceção à vedação de acumulação
de cargos públicos remunerados.
03 - Os princípios constituem um alicerce dentro do Direito E.As pessoas jurídicas de direito público não terão direito de
Administrativo. A Constituição Federal expressamente regresso contra seus agentes em razão de danos causados
dispôs que a Administração Pública Direta e Indireta de a terceiros.
qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de 08 - A qual princípio, fundamentalmente, se encontra sujeita
A.legalidade, interesse público, moralidade, policiamento e a prestação dos serviços públicos de saneamento básico no
eficácia. que diz A IMPOSSIBILIDADE DE SUA INTERRUPÇÃO?
B.legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e A.
eficiência. Princípio da Continuidade.
C.publicidade, contraditório, insegurança jurídica, legalidade B.
e eficiência. Princípio da Razoabilidade.
D.ampla defesa, contraditório, segurança jurídica, interesse C.
público e eficiência. Princípio da Moralidade Administrativa.
E.legalidade, moralidade, publicidade interna, dupla D.
conformidade e ampla defesa. Princípio da Proporcionalidade.
E.
04 - Assinale a opção que explicita o princípio da Nenhuma das alternativas anteriores.
administração pública na situação em que um administrador
público pratica ato administrativo com finalidade pública, de 09 - O princípio que deve nortear a atuação da
modo que tal finalidade é unicamente aquela que a norma Administração Pública no sentido de produzir resultado de
de direito indica como objetivo do ato. modo rápido e preciso de maneira que os resultados de
A.eficiência suas ações satisfaçam, plenamente, as necessidades da
B.moralidade população e que foi incluído ao texto constitucional após a
C.razoabilidade sua promulgação é o da
D.impessoalidade A.
E.segurança jurídica Legalidade.
B.
05 - Diante de uma situação de irregularidade, decorrente da Impessoalidade.
prática de ato pela própria Administração pública brasileira, é C.
Moralidade. para a concretização do princípio da moralidade
D. administrativa?
Publicidade. A.
E. Princípio da Legalidade.
Eficiência. B.
Princípio da Moralidade.
10 - A moralidade da administração pública se caracteriza C.
por Princípio da Impessoalidade.
A. D.
limitar-se à distinção entre o bem e mal. Princípio da Publicidade.
B. E.
se encerrar sempre na legalidade da conduta humana. Princípio da Eficiência.
C.
ter como alicerce a finalidade da ação pública. 15 - Avalie se a administração pública direta e indireta de
D. qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
não se limitar à distinção entre o bem e o mal. Federal e dos Municípios tem de obedecer aos seguintes
E. princípios:
buscar sempre o bem individual e coletivo. I - legalidade
II - pessoalidade
11 - Pode-se, sem pretender esgotar o conceito, definir o III - moralidade
princípio da eficiência como princípio IV - privacidade
A. V - eficiência
constitucional que rege a Administração Pública, do qual se Estão corretos:
retira especificamente a presunção absoluta de legalidade A.
de seus atos. I, II e III, apenas;
B. B.
infralegal dirigido à Administração Pública para que ela seja I, III e V, apenas;
gerida de modo impessoal e transparente, dando C.
publicidade a todos os seus atos. II e IV, apenas;
C. D.
infralegal que positivou a supremacia do interesse público, I, III, IV e V, apenas;
permitindo que a decisão da Administração sempre se E.
sobreponha ao interesse do particular. I, II, III, IV e V.
D.
constitucional que se presta a exigir a atuação da CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Administração Pública condizente com a moralidade, na
medida em que esta não encontra guarida expressa no texto
constitucional. 01 - Assinale a opção correta com relação aos controles da
E. administração pública.
constitucional dirigido à Administração Pública para que seja A.
organizada e dirigida de modo a alcançar os melhores O controle jurisdicional dos atos administrativos vinculados
resultados no desempenho de suas funções. ou discricionários abrange tanto o mérito administrativo
como a sua legalidade.
12 - Marque a alternativa que contém os fundamentos ou B.
subprincípios do princípio da proporcionalidade. O direito de petição, previsto na Constituição Federal de
A.Adequação, razoabilidade e racionalidade. 1988, a despeito de ser um direito fundamental, exige o
B.Adequação, exigibilidade e proporcionalidade em sentido pagamento de taxa.
estrito. C.
C.Razoabilidade, necessidade e boa-fé. No exercício de suas funções, a administração pública se
D.Regularidade, exigibilidade e proporcionalidade em sujeita ao controle dos Poderes Legislativo e Judiciário, além
sentido estrito. de exercer, ela mesma, o controle sobre os próprios atos.
D.
13 - Todos têm direito a receber dos órgãos públicos O controle administrativo deve ser concomitante e posterior,
informações de seu interesse particular, ou de interesse mas não pode ser prévio.
coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob E.
pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo Embora a administração pública se submeta ao controle
seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado" jurisdicional, exige-se o exaurimento prévio da via
(art. 5.º, XXXIII da CF). administrativa para o ajuizamento da ação judicial.
O conceito acima se refere ao princípio da:
A. 02 - Em relação ao controle sobre a administração pública, é
impessoalidade; correto afirmar que
B. A.o judiciário pode anular ou revogar atos da administração
eficiência; pública.
C. B.com base na autotutela, a administração pública pode
legalidade; revogar atos ilegais ou anular os inconvenientes.
D. C.a anulação de um ato pela administração pública produz
moralidade; efeitos retroativos.
E. D.a revogação de um ato pela administração produz efeitos
publicidade. retroativos.

14 - Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE 03 - O controle administrativo é o poder de fiscalização e


à pergunta abaixo. Qual dos princípios abaixo visa a dar correção que a Administração pública exerce sobre
transparência aos atos da administração pública e contribuir A.
seus próprios atos.
B. 07 - Em relação ao controle da administração pública,
os atos da sociedade. assinale a alternativa correta:
C. A.
a intenção entre a comunidade e os tribunais. O controle da administração é tarefa exclusiva do Poder
D. Legislativo, por meio do Tribunal de Contas.
o número de atos aprovados e os de interesse dos tribunais B.
de Justiça. As comissões parlamentares não podem realizar o controle
E. dos atos do Poder Executivo.
a contabilidade e as finanças das entidades privadas. C.
São espécies de controle o administrativo, o legislativo e o
04 - Acerca do controle exercido sobre a administração judicial.
direta e indireta, assinale a opção correta. D.
A.As fundações, as empresas públicas e as sociedades de Cabe apenas à administração pública controlar seus atos,
economia mista não se submetem à fiscalização do TCU, por meio da auditoria interna.
apenas à supervisão ministerial. E.
B.As empresas públicas e as sociedades de economia mista Somente o Poder Judiciário tem competência legal para
submetem-se à fiscalização do TCU, independentemente de realizar o controle da administração pública.
sua criação por lei.
C.As fundações, as empresas públicas e as sociedades de 08 - Os recursos administrativos são meios de controle dos
economia mista submetem-se à fiscalização do TCU, desde atos da Administração Pública. A esse respeito, analise os
que criadas por lei. itens a seguir.
D.As empresas públicas e as sociedades de economia mista I - hierarquia orgânica;
submetem-se à fiscalização do TCU, desde que possuam II - garantia do contraditório;
servidores celetistas e também estatutários em seu quadro III - garantia da ampla defesa;
de pessoal. IV - duplo grau de jurisdição;
E.Por serem parte da administração indireta, as empresas V - direito de petição.
públicas e as sociedades de economia mista não se Constituem fundamentos dos recursos administrativos
submetem à fiscalização do TCU. somente os itens:
A.
05 - A respeito do controle da administração, assinale a I, II, III e IV;
opção correta. B.
A. I, II, III e V;
Controle de mérito é aquele em que o órgão controlador faz C.
o confronto entre a conduta administrativa e uma norma II, III, IV e V;
jurídica vigente e eficaz, que pode estar na CF ou em lei D.
complementar ou ordinária. II, III e V;
B. E.
Na medida em que o controle de legalidade dos atos dos I, II, III, IV e V.
Poderes Executivo e Legislativo é exercido apenas pelo
Poder Judiciário, ele se caracteriza como um controle 09 - O Controle administrativo é exercitado pelos Poderes do
externo, e não interno. Estado sobre suas próprias atividades, visando mantê-las
C. dentro da lei, segundo as exigências do serviço. Os atos
Denomina-se controle por vinculação, e não por administrativos são passíveis de controle interno e externo.
subordinação, o controle exercido por um ministério sobre Assim, pode-se afirmar, CORRETAMENTE, que:
uma autarquia cujas atribuições lhe são afetas. A.
D. o controle jurisdicional revoga o ato administrativo;
O controle exercido pelo Poder Legislativo sobre a B.
administração pública é de caráter exclusivamente político. a Administração pode rever os seus atos modificando-os ou
E. invalidando-os, para se adequar à lei;
Segundo a CF, o controle externo da administração pública C.
federal é exercido pelo Tribunal de Contas da União, tanto é causa suspensiva do controle jurisdicional a existência de
sob os aspectos de legalidade e legitimidade quanto sob os processo administrativo;
de economicidade, aplicação de subvenções e renúncia de D.
receitas. a coisa julgada administrativa gera definitividade da decisão,
não existindo possibilidade de questionamento no Poder
06 - Em relação ao controle da administração pública, Judiciário;
assinale a opção correta, segundo o disposto na CF.
A. 10 - Assinale a opção incorreta a respeito do controle da
O Poder Judiciário exerce o controle externo da administração pública.
administração com auxílio dos tribunais de contas. A.O controle da administração pública pode ser interno,
B. quando praticado pela própria administração, e externo,
As entidades da administração indireta não são fiscalizadas quando realizado pelos demais poderes.
pelos tribunais de contas. B.O Poder Judiciário, como órgão que exerce de ofício o
C. controle externo da administração pública, tem total
Compete ao Congresso Nacional julgar anualmente as liberdade para adentrar os aspectos meritórios dos atos
contas prestadas pelo presidente da República e apreciar os administrativos.
relatórios sobre a execução dos planos de governo. C.No controle interno, a administração pode anular seus
D. próprios atos, quando eivados de vícios que os tornem
O Congresso Nacional, mediante aprovação da maioria ilegais, ou revogá-los, quando presentes razões de
absoluta de seus membros, poderá convocar o presidente conveniência ou oportunidade.
da República e seus ministros para prestarem, D.A ação dos indivíduos na defesa de seus direitos ou
pessoalmente, informações sobre assunto previamente contra os atos administrativos irregulares constitui uma
determinado. forma de controle da administração.
11 - Relativamente ao controle dos atos administrativos,
assinale a opção correta.
A. SERVIÇOS PÚBLICOS
O controle legislativo ou parlamentar é o exercido pelos
órgãos legislativos ou por comissões parlamentares sobre 01 - Ao Estado compete prestar, direta ou indiretamente,
determinados atos do Poder Executivo, podendo ultrapassar serviços públicos considerados atividades materiais à
as hipóteses previstas na Constituição Federal. disposição da população. Como tais, a sua prestação
B. A.pode ser interrompida por decisão unilateral do
Controle administrativo é o poder de fiscalização e correção concessionário ou permissionário, sempre que houver
que a administração pública exerce sobre sua própria onerosidade excessiva, ante o princípio constitucional do
atuação, sob os aspectos de legalidade e mérito, por equilíbrio econômico-financeiro dos contratos.
iniciativa própria ou mediante provocação. B.está sujeita à cobrança de tarifa, que é a única forma de
C. financiamento dos investimentos privados e remuneração do
Configura exemplo de controle legislativo previsto na concessionário, que explora o serviço por sua conta e risco.
Constituição da República a competência exclusiva do C.está sujeita a regras e princípios, que afetam não só os
Congresso Nacional para fiscalizar e controlar, diretamente, prestadores como os usuários, estes que devem, em razão
ou por qualquer de suas casas, os atos do Poder Executivo, do princípio da isonomia, estar sujeitos ao mesmo valor de
exceto os da administração indireta. tarifa, sendo vedada a prática de subsídio tarifário.
D. D.indireta está sujeita à fiscalização do titular do serviço, em
Controle judiciário é o exercido pelos órgãos do Poder cuja atuação é vedada a participação, por meio de
Judicário sobre os atos administrativos praticados apenas cooperação, do usuário, ante o caráter econômico que a
pelo Poder Executivo e pelo Poder Legislativo. atividade assume nesta hipótese.
E. E.indireta pode se dar por meio de concessão ou permissão,
Os atos discricionários podem ser livremente apreciados cujos contratos são precedidos de licitação, sujeitando-se à
pelo Poder Judiciário, tanto no aspecto da legalidade quanto regras e princípios especiais, tais como o da adequação e
no mérito (oportunidade e conveniência). continuidade.

12 - A respeito do poder disciplinar da administração e do 02 - Considerando a sistemática estabelecida na ordem


controle judicial dos seus atos, assinale a opção incorreta. jurídica, sobre o conceito de serviço público analise os itens
A. a seguir.
Ao Poder Judiciário cabe examinar o aspecto da legalidade I. O Estado é titular de determinadas atividades materiais,
e da legitimidade da sanção imposta pela administração ao destinadas à satisfação das necessidades coletivas.
servidor, analisando os fatos apurados e a motivação II. As atividades materiais destinadas à satisfação das
utilizada pela autoridade administrativa, sem que isso necessidades coletivas podem ser prestadas diretamente ou
implique intromissão indevida nos critérios de conveniência por meio de delegação.
e oportunidade, de competência exclusiva da administração. III. Na prestação das atividades materiais destinadas à
B. satisfação das necessidades coletivas é sempre vedada a
O Poder Judiciário pode, com esteio no princípio da cobrança de qualquer valor do usuário.
proporcionalidade, anular uma pena disciplinar que julgar Está correto o que se afirma em
muito severa, na hipótese de considerar que a conduta do A.I, apenas.
servidor não possa ser tida como procedimento desidioso. B.III, apenas.
C. C.I e II, apenas.
Em caso de juntada de documento falso, por servidor D.II e III, apenas.
investigado, no curso da instrução do procedimento E.I, II e III.
administrativo, não será necessária a instauração de um
procedimento administrativo próprio e específico para poder 03 - O município X decide delegar o serviço de limpeza
apená-lo por este ato, em que o servidor tenha ciência da urbana para uma entidade da iniciativa privada e, para isso,
imputação, prazo para se defender e para o exercício do fará uso da modalidade de licitação concorrência e
contraditório. estabelecerá um prazo de quatro anos de contrato. Assinale
D. a opção que, de acordo com a legislação, apresenta a
Estando o ato administrativo punitivo revestido de modalidade de delegação a ser adotada pelo município.
competência, forma, finalidade e motivação, aspectos estes A.Concessão de serviço público ordinária.
passíveis de apreciação pelo Poder Judiciário, torna-se B.Autorização de serviço público.
vedado a este último o exame do mérito da sanção C.Concessão especial de administração de serviço público.
disciplinar. D.Autorização patrocinada.
E. E.Parceria-público privada.
Cabe ao Poder Judiciário o exame da legalidade do ato, aí
incluindo-se a investigação em torno da existência do fato ou 04 - Considere:
de sua adequação à lei. I. Desempenham serviço público descentralizado.
II. Sujeitam-se a controle administrativo exercido nos limites
13 - Prefeito de cidade do interior do Estado, através da da lei.
edição de um decreto, reduz o rol de beneficiários de um III. Respondem diretamente pelos seus atos, ou seja,
direito concedido por lei. O prejudicado pela exclusão deve apenas no caso de exaustão de seus recursos é que
propor a seguinte ação constitucional: irromperá responsabilidade do Estado.
A. IV. Não detêm capacidade de autoadministração, haja vista
mandado de segurança que tal função é considerada exclusiva do Estado.
B. No que concerne às características das autarquias, está
mandado de injunção correto o que consta em
C. A.I, II, III e IV.
habeas-corpus B.I, II e IV, apenas.
D. C.II e III, apenas.
ação popular D.I, II e III, apenas.
E. E.III e IV, apenas.
habeas-data
05 - Considere que determinado Estado pretenda transferir à atividades esportivas comandadas por professores
iniciativa privada a prestação de serviço público de especializados e franqueadas gratuitamente à população,
transporte metropolitano, objetivando, com isso, a melhoria organizado por uma entidade sem fins lucrativos, poderá ser
do serviço ofertado ao usuário, com renovação da frota e implementada pela Municipalidade local mediante
maior regularidade e pontualidade. Para tanto, exigiu dos A.contratação direta, com dispensa de licitação, por se tratar
particulares que irão explorar o serviço investimentos de pessoa jurídica sem fins lucrativos.
consideráveis, os quais serão amortizados pela tarifa B.outorga de concessão de serviço público, para prestação
cobrada dos usuários, demandando, para, tanto, não menos das atividades indicadas à população local.
do que 10 anos de exploração. O instituto jurídico adequado C.outorga de permissão de uso em favor da entidade, para
para os fins colimados é que realize na área pública as atividades que beneficiam e
A.permissão de serviço público, independente de licitação e interessam a toda a comunidade.
com prazo determinado. D.contratação de permissão de uso com a entidade, para
B.concessão de serviço público, mediante prévio que os serviços sejam prestados, fixando-se em favor da
procedimento licitatório. mesma remuneração no valor equivalente aos custos para
C.concessão de serviço público, de caráter oneroso e realização do evento.
precário. E.edição de ato de concessão de uso, possibilitando a
D.autorização, mediante prévio procedimento licitatório e por cobrança de entrada no parque, ainda que as atividades
prazo determinado. esportivas não dependam de pagamento específico pelos
E.concessão, se o particular for pessoa física, ou permissão, usuários.
se for pessoa jurídica ou consórcio.
10 - Titularidade e execução de serviços públicos são
06 - Considerando as disposições acerca do serviço público, conceitos que podem ou não estar vinculados à mesma
assinale a alternativa correta. pessoa, porque
A.Considera-se concessão de serviço público a delegação A.tanto a titularidade, quanto a execução dos serviços
de sua prestação, feita pelo poder concedente, mediante públicos devem ser expressamente delegadas à iniciativa
licitação, na modalidade tomada de preço, à pessoa jurídica privada quando o Poder Público pretender prover referidas
que demonstre capacidade para seu desempenho, por sua utilidades de forma indireta.
conta e risco e por prazo determinado. B.a titularidade dos serviços públicos demanda delegação
B.Reputa-se permissão de serviço público a delegação, a expressa na lei que autoriza a execução daqueles pela
título precário, mediante licitação, obrigatoriamente na iniciativa privada, seja por meio de concessão ou por
modalidade concorrência, da prestação de serviços públicos, permissão de serviços públicos.
feita pelo poder concedente à pessoa jurídica que C.a concessão de serviços públicos transfere a titularidade
demonstre capacidade para seu desempenho, por sua conta do serviço para o concessionário, que gozará de proteção
e risco. inerente ao regime jurídico da prestação do serviço
C.É legítimo o corte no fornecimento de serviços públicos enquanto perdurar a relação jurídica.
essenciais por razões de ordem técnica ou de segurança D.a titularidade do serviço público remanesce com o ente
das instalações, ainda que não precedido de notificação. federado assim competente, sendo-lhe permitido delegar à
D.O corte no fornecimento de energia elétrica somente pode iniciativa privada a execução das referidas utilidades.
recair sobre o imóvel que originou o débito, e não sobre E.somente os consórcios podem reunir titularidade e
outra unidade de consumo do usuário inadimplente. execução de serviços públicos no que concerne aos entes
E.No caso de consórcio, é vedado ao poder concedente que integram a Administração indireta, tendo em vista que
determinar que o licitante vencedor se constitua em empresa às autarquias e empresas estatais podem ser atribuídos um
antes da celebração do contrato. ou outro conceito, alternativamente.

07 - Com relação à delegação de serviços públicos, é 11 - A celebração de convênio pelos órgãos ou entidades da
correto afirmar que administração pública depende de prévia aprovação de um
A.os serviços públicos são outorgados por lei e delegados documento proposto pela organização interessada. Tal
por decreto, ato que implicará na transferência de execução. documento é intitulado
B.todos os serviços públicos poderão ser objeto do contrato A.plano de trabalho.
de concessão, o qual deverá contemplar obrigatoriamente a B.celebração de convênio.
transferência de execução. C.instrumento de ação.
C.nos serviços delegados, não há transferência da execução D.relação de atividades.
do serviço por contrato. E.cronograma de execução.
D.serviços propriamente ditos ou essenciais à coletividade
não admitem a transferência de execução, devendo 12 - Tendo em vista os conceitos de autorização, permissão
permanecer em mãos do Poder Público. e concessão de serviço público, assinale a opção correta.
E.a titularidade do serviço público pode ser outorgada por A.
decreto, ato que implicará na transferência de execução. A autorização é ato administrativo vinculado por meio do
qual a administração consente que o indivíduo desempenhe
08 - Um Estado X contratou uma empresa para os serviços serviço público que não seja considerado de natureza
de limpeza e manutenção predial do Centro Administrativo, estatal.
onde está localizada a sede do Governo do Estado e suas B.
Secretarias. A empresa em questão fornece diariamente Permissão de serviço público é a delegação, a título
toda a mão de obra para a limpeza, assim como o material precário, da prestação de serviços públicos, feita pelo poder
necessário para a consecução dos serviços. Pode-se concedente à pessoa física ou jurídica que demonstre
considerar, nesse caso, que a execução do serviço público é capacidade para seu desempenho, por sua conta e risco.
A.Indireta / Descentralizada. C.
B.Direta / Centralizada. A concessão pode ser contratada com pessoa física ou
C.Indireta / Centralizada. jurídica e por consórcio de empresas.
D.Direta / Descentralizada. D.
E.Direta / Desconcentralizada. A concessão, caracterizando-se como contrato
administrativo, pode ser outorgada por prazo indeterminado.
09 - A realização de um evento comemorativo no parque E.
municipal, durante um final de semana, com diversas
A permissão de serviço público, diferentemente da A.
concessão, configura delegação a título precário e não exige Caducidade
licitação. B.
Anulação
13 - Os serviços municipais de calçamento se traduzem C.
como: Rescisão
A. D.
individuais. Encampação
B. E.
gerais. Reversão
C.
administrativos. 18 - Analise as afirmações sobre o Serviço Público:
D. I. Serviço público é todo serviço comum prestado pelas
industriais. empresas privadas ou pelos prestadores autônomos.
E. II. A preservação da saúde pública e os serviços de polícia,
próprios. são exemplos de serviços públicos.
III. São alguns exemplos de serviços essenciais: transporte
14 - Assinale a opção correta quanto à concessão de serviço coletivo, tratamento de esgoto e compensação bancária.
público. IV. É o serviço público campo próprio de atuação do Estado
A. em que a intervenção de particulares é meramente
O concessionário atua em nome da administração, por conta acessória ou substitutiva.
e risco desta, respondendo subsidiariamente por eventuais Sobre as afirmações:
danos causados na execução do serviço. A.Todas estão corretas.
B. B.Somente II, III e IV estão corretas.
O poder concedente é atribuição exclusiva da União e dos C.Somente II e III são corretas.
estados, sendo vedado aos municípios. D.Somente I, II e IV são falsas.
C.
O contrato de concessão de serviço público deve ser 19 - Não se configura caso de concessão administrativa o
precedido de licitação, na modalidade de concorrência, salvo A.contrato realizado entre o Estado e particulares para
nas hipóteses previstas em lei. manutenção de rodovias no país, em que, durante um
D. período preestabelecido em contrato, a iniciativa privada
A pessoa física pode ser concessionária de serviço público. deve cumprir rigorosamente um extenso cronograma de
investimentos, com fiscalização e monitoramento do Estado
15 - Assinale a alternativa correta: e, ao final da gestão privada, a rodovia volta ao poder
A.Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente público com todos os benefícios realizados, como a
ou sob regime de concessão ou permissão, sempre através ampliação, a renovação e a modernização da malha
de licitação, a prestação de serviços públicos. rodoviária.
B.A realização de exame psicotécnico em concurso público, B.contrato em que se prevê um conjunto de direitos e
que possua natureza eliminatória, ofende o princípio da obrigações de empresa particular com o Estado para
impessoalidade. prestação do serviço público de telecomunicações e
C.Compete ao Poder Judiciário, quando do controle da exploração da infra-estrutura afeta à prestação desses
legalidade, examinar o conteúdo de questões de concurso serviços, por período pré-determinado e remuneração
público para aferir a avaliação ou correção dos gabaritos. tarifária.
D.A falta de defesa técnica por advogado no processo C.contrato em que ministério permite ao particular a
administrativo disciplinar ofende a Constituição e, portanto, exploração de linhas de transmissão de energia elétrica,
torna nulo todo o processo. visando à instalação, à operação e à manutenção de cerca
de 2.250 quilômetros de novas linhas, mediante
16 - A respeito da concessão de serviços, assinale a remuneração tarifária.
alternativa incorreta: D.contrato de adesão em que o Estado permite a
A. particulares ligados a uma cooperativa explorar serviços
A licitação para a outorga de concessão será realizada, em rodoviários municipais de transporte coletivo de passageiros.
regra, nas modalidades concorrência ou tomada de preços.
B. 20 - Não se configura caso de concessão administrativa o
A concessão de serviço público é a delegação da prestação A.contrato realizado entre o Estado e particulares para
de um serviço público a pessoa jurídica ou consórcio de manutenção de rodovias no país, em que, durante um
empresas que demonstre capacidade para seu período preestabelecido em contrato, a iniciativa privada
desempenho, por sua conta e risco e por prazo determinado. deve cumprir rigorosamente um extenso cronograma de
C. investimentos, com fiscalização e monitoramento do Estado
Toda concessão ou permissão pressupõe a prestação de e, ao final da gestão privada, a rodovia volta ao poder
serviço adequado ao pleno atendimento dos usuários, público com todos os benefícios realizados, como a
conforme estabelecido em Lei e no respectivo contrato. ampliação, a renovação e a modernização da malha
D. rodoviária.
A concessão poderá se extinguir por encampação, B.contrato realizado entre o Estado e particulares para
caducidade, rescisão e anulação. manutenção de rodovias no país, em que, durante um
E. período preestabelecido em contrato, a iniciativa privada
No exercício da fiscalização, o poder concedente terá deve cumprir rigorosamente um extenso cronograma de
acesso aos dados relativos à administração, contabilidade, investimentos, com fiscalização e monitoramento do Estado
recursos técnicos, econômicos e financeiros da e, ao final da gestão privada, a rodovia volta ao poder
concessionária. público com todos os benefícios realizados, como a
ampliação, a renovação e a modernização da malha
17 - A retomada do serviço pelo poder concedente durante o rodoviária.
prazo da concessão, por motivo de interesse público, C.contrato em que ministério permite ao particular a
mediante lei autorizativa específica e prévio pagamento de exploração de linhas de transmissão de energia elétrica,
indenização, denomina-se: visando à instalação, à operação e à manutenção de cerca
de 2.250 quilômetros de novas linhas, mediante C.Os bens públicos dominicais estão sujeitos à usucapião.
remuneração tarifária. D.São espécies de bens públicos os de uso comum do povo;
D.contrato de adesão em que o Estado permite a os de uso especial e os dominicais.
particulares ligados a uma cooperativa explorar serviços
rodoviários municipais de transporte coletivo de passageiros. 7 - Os bens públicos são todas as coisas corpóreas e
incorpóreas, móveis ou imóveis, que pertençam, sob
21 - Um indivíduo afirmou que "se o TSE contratasse uma qualquer título, às entidades públicas. Sendo assim, não
empresa para desenvolver um novo modelo de urna podem ser livremente vendidos pelo administrador público,
eletrônica, esse contrato configuraria uma delegação de que não tem livre disponibilidade sobre eles, ao contrário do
serviço público a particulares mediante contrato que ocorre com o proprietário de bens privados, que, como
administrativo de concessão". Essa frase é regra geral, tem poderes amplos para dispor dos próprios
A. bens.
falsa, pois trata-se de contrato de autorização de serviço Considerando essas informações, é correto afirmar que essa
público. descrição apresenta a característica dos bens públicos
B. denominada
falsa, pois o serviço contratado não constitui serviço público. A.inalienabilidade.
C. B.indisponibilidade
falsa, pois a concessão se realiza mediante ato C.imprescritibilidade.
administrativo, e não mediante contrato. D.impenhorabilidade.
D. E.não onerabilidade.
verdadeira.
8 - Uma área pertencente ao Município do Rio de Janeiro na
BENS PÚBLICOS qual não haja qualquer serviço administrativo é considerada
bem público:
1 - Considere que a prefeitura municipal de uma cidade A.desafetado
possui um estádio de futebol, sem necessidade de reformas, B.afetado
e pretende deixá-lo sob a exploração da iniciativa privada. C.parcialmente afetado
Nesse caso, poderá ser celebrado um Contrato de D.de uso especial
A.Gestão.
B.Serviço. 9 - O termo “Alienação de Bens” tem como significado, no
C.Concessão de Uso. setor público:
D.Concessão de Obra Pública. A.
E.Concessão de Serviço Público. Garantia fiduciária;
B.
2 - Considere que uma pessoa, física ou jurídica, que esteja dado em garantia de dívida;
em débito com a prefeitura municipal, efetue o pagamento C.
por meio da transferência de um bem. Essa forma de Venda de bens públicos;
aquisição de bens pelo poder público é denominada D.
A.Doação. Compra de bens públicos;
B.Permuta. E.
C.Adjudicação. Nenhuma das anteriores.
D.Desapropriação.
E.Dação em pagamento. 10 - A venda à sociedade, em geral, de bens móveis
inservíveis à administração pública, poderá ser realizada
3 - NÃO é bem público de uso comum do povo: pela(s) seguinte(s) modalidade(s) de licitação:
A.Os rios. A.
B.As sedes dos Municípios. Concorrência Pública;
C.As ruas. B.
D.As praças. Leilão;
C.
4 - Em relação às noções de bens públicos, é exemplo de Pregão;
bem de uso especial do Estado: D.
A.Rios e lagos. As alternativas “a” e “b” estão corretas;
B.Vias públicas. E.
C.Hospital público. Nenhuma das anteriores.
D.Terreno público sem destinação.
11 - Os bens públicos, considerando a sua destinação,
5 - É CORRETO afirmar sobre os bens públicos: recebem uma classificação. Assim, os bens que visam à
A.Os bens de uso comum do povo constituem o patrimônio execução de serviços administrativos e dos serviços
das pessoas jurídicas de direito público. públicos em geral recebem a seguinte classificação:
B.Os bens de uso especial são os rios, mares, estradas, A.
ruas e praças. Bens de uso comum do povo.
C.Os bens dominicais são os edifícios ou terrenos aplicados B.
a serviço ou estabelecimento da administração federal, Bens de uso especial.
estadual ou municipal, inclusive as autarquias. C.
D.Nenhuma das alternativas. Bens dominicais.
D.
6 - A respeito da Administração Pública, assinale a Bens indisponíveis.
alternativa CORRETA: E.
A.A Administração Pública é formada apenas e unicamente Bens patrimoniais públicos.
pela Administração Pública Direta, constituída pelos órgãos
públicos. 12 - Todas as coisas, físicas ou não, que têm valor ou
B.De nenhum modo o estrangeiro, mesmo que naturalizado, importância jurídica, imóveis, móveis e semoventes,
poderá ser servidor público.
créditos, direitos e ações, que de qualquer forma pertençam B.
ao município é o conceito de: os que constituem o aparelhamento material da
A. Administração.
bem público. C.
B. as terras sem destinação pública, os prédios públicos
instalações. desativados, os bens móveis inservíveis e a dívida ativa.
C. D.
serviços públicos. os mares, os rios, as estradas, as praças e os logradouros
D. públicos.
propriedade. E.
E. os bens móveis e os imóveis pertencentes à União.
patrimônio.
16 - Considerando bens públicos, todas as al-ternativas
13 - Quanto aos bens públicos, é correto afirmar dentre as estão corretas, exceto a:
proposições abaixo, EXCETO: A.Os bens públicos de uso especial são aqueles que
A. constituem o aparelhamento mate-rial da Administração
São bens públicos os de uso comum do povo, tais como Pública para execução dos serviços administrativos e
rios, mares, estradas, ruas e praças; os de uso especial, os serviços públicos em geral, podendo ser móveis ou imóveis.
edifícios ou terrenos destinados a serviço ou B.Em relação ao regime jurídico, os precei-tos básicos que
estabelecimento da administração federal, estadual, norteiam os bens públicos de uso comum do povo e os
territorial ou municipal, inclusive os de suas autarquias e as dominicais são: inalie-nabilidade, impenhorabilidade,
sociedades de economia mista. imprescritibilida-de e não-onerosidade.
B. C.Os bens públicos dominicais constituem o patrimônio das
Não dispondo a lei em sentido contrário, consideram-se pessoas jurídicas de Direito Pú-blico, como objeto de direito
dominicais os bens pertencentes às pessoas jurídicas de real ou pessoal de cada entidade.
direito público a que se tenha dado estrutura de direito D.A acessão por aluvião é um exemplo de aquisição
privado. originária de bem público.
C. E.Afetação é o fato administrativo através do qual se atribui
Os bens públicos de uso comum do povo e os de uso ao bem público uma destinação pública específica de
especial são inalienáveis, enquanto conservarem a sua interesse direto ou indireto da Administração.
qualificação, na forma que a lei determinar; os bens públicos
dominicais podem ser alienados, observadas as exigências 17 - Sobre os bens públicos, é correto afirmar:
da lei. A.
D. A Administração pode alienar qualquer bem de uso comum
Os bens públicos não estão sujeitos a usucapião e o seu ou de uso especial, mesmo que afetados.
uso comum pode ser gratuito ou retribuído, conforme for B.
estabelecido legalmente pela entidade a cuja administração A afetação não pode ser feita por ato administrativo, só por
pertencerem. lei.
C.
14 - Os bens dominiais, ou dominicais, são bens afetados,
porque têm uma destinação.
D.
A afetação é a atribuição de uma destinação a um bem.
E.
Os bens destinados à execução dos serviços públicos são
bens de uso comum.

18 - São bens da União, na sua totalidade, de acordo com a


Constituição Federal, exceto:
A.as ilhas costeiras;
B.as cavidades naturais subterrâneas;
C.as terras tradicionalmente ocupadas pelos índios;
D.os terrenos da marinha e seus acrescidos;
E.o mar territorial.

19 - De acordo com a classificação dos bens públicos, o


imóvel que abriga e pertence à Prefeitura de Manaus é
A. considerado
2/3/2/2/1 A.
B. de uso especial.
2/3/2/2/3 B.
C. de uso comum do povo.
2/2/1/1/3 C.
D. dominial.
3/2/1/1/2 D.
E. regular de serviço.
2/3/1/1/3 E.
de uso disponível.
15 - Considerando-se a destinação ou o objetivo a que se
destinam, os bens públicos recebem classificações 20 - A desafetação de bem público decorre de:
diferentes. Uma delas é a de “bens de uso especial”. Estão A.
incluídos nessa classificação: ato jurídico ou de lei
A. B.
aqueles que se destinam à utilização geral pelos indivíduos. lei formal, exclusivamente
C. c) A desapropriação poderá abranger a área contígua,
ato jurídico, necessariamente necessária ao desenvolvimento da obra a que se destina, e
D. as zonas que se valorizarem extraordinariamente, em
lei, de ato jurídico ou de fato jurígeno consequência da realização do serviço.
d) Os bens públicos pertencentes às entidades políticas
INTERVENÇÃO DO ESTADO NA SOCIEDADE PRIVADA não podem ser objeto de desapropriação, uma vez que os
bens públicos são imprescritíveis.
1 - Atente ao seguinte enunciado: “Quando a Administração
Pública intervém na propriedade privada, proibindo ao 6 - Acerca da aquisição de bens pela administração, analise
proprietário plantar ou construir em seu imóvel, por vezes, o as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.
poder público acaba por desapropriar o bem do administrado
sem formalmente assim fazer, evitando o pagamento da I. A desapropriação é procedimento administrativo pelo qual
indenização devida ao administrado”. o Poder Público ou delegatário autorizado visa alcançar a
O enunciado acima remete à espécie de desapropriação transferência compulsória da propriedade de alguém,
conhecida como desapropriação mediante prévia e justa indenização, paga em dinheiro,
salvo os casos que a própria Constituição enumera, em que
a) por interesse social. o pagamento é feito com títulos da dívida pública ou da
b) indireta. dívida agrária.
c) por necessidade pública.
d) por utilidade pública. II. A desapropriação é forma originária de aquisição de
propriedade, sendo capaz de gerar o título constitutivo de
2 - Na ação de desapropriação, propriedade por força própria, ou seja, independentemente
de título jurídico anterior. Mesmo na desapropriação
a) a transmissão da propriedade, decorrente de amigável tem-se igual entendimento, dado que, neste caso,
desapropriação amigável ou judicial, ficará sujeita ao o expropriante e o expropriado ajustam seus interesses
imposto de lucro imobiliário. apenas em relação à indenização, às condições de
b) é incabível a imissão provisória na posse dos bens. pagamento e à transferência do bem.
c) a instância interrompe-se no caso de falecimento do
réu. III. Na desapropriação indireta, também chamada de
d) não serão atendidas, no valor da desapropriação, o valor apossamento administrativo, o Estado apropria-se de um
das benfeitorias necessárias feitas após a desapropriação. bem imóvel particular, e sua consequente integração ao
e) a contestação só poderá versar sobre vício do processo patrimônio público, sem a observância das formalidades do
judicial ou impugnação do preço. procedimento expropriatório previsto na legislação de
regência.
3 - A respeito da desapropriação, é correto afirmar que
Estão corretas as afirmativas:
a) é forma derivada de aquisição da propriedade. a) I e II, apenas
b) a ação expropriatória não pode ser intentada se o b) II e III , apenas
proprietário do bem não puder ser identificado. c) I e III , apenas
c) mesmo se anulado o processo expropriatório, o bem d) I, II e III
expropriado, uma vez incorporado à Fazenda Pública, não
pode ser reivindicado. 7 - Acerca da intervenção do Estado na propriedade,
d) se o poder expropriante requerer urgência, a imissão assinale a alternativa correta.
provisória na posse poderá ser efetivada sem o depósito do
preço inicial. a) Na desapropriação, por interesse social para fins de
e) o expropriado pode requerer o levantamento de noventa reforma agrária, a indenização prévia e justa, em títulos da
por cento do valor inicial depositado, desde que apresente dívida agrária, somente abrange as benfeitorias úteis.
prova de domínio do bem. b) A requisição, em qualquer das hipóteses, não é
indenizável.
4 - A respeito das chamadas “desapropriação-sanção”, por c) A servidão administrativa, por suas características,
descumprimento da função social da propriedade, é determina que a indenização paga ao proprietário do imóvel
INCORRETO afirmar: corresponda ao valor total do bem.
d) Os bens públicos não contemplam a hipótese de
a) Prescindem de pagamento de indenização ao tombamento.
proprietário do imóvel desapropriado, visto que têm, e) A caducidade da declaração de utilidade pública em uma
justamente, caráter sancionador. desapropriação resulta do decurso do tempo sem o Poder
b) Aplicam-se a propriedades rurais ou urbanas. Público desencadear atos concretos para torná-la uma
c) Demandam pagamento de justa indenização, embora realidade.
não em dinheiro.
d) Pressupõem, dentre outros requisitos, o inadequado 8 - A legislação vigente sobre desapropriação
aproveitamento da propriedade.
e) São executadas mediante devido processo legal. a) permite, quando se tratar de desapropriação para fins de
urbanização ou reurbanização, realizada mediante
5 - A desapropriação é o procedimento de direito público concessão, que o concessionário aplique a receita
pelo qual o Poder Público transfere para si a propriedade de decorrente da revenda ou utilização imobiliária em projeto
terceiro, por razões de utilidade pública ou de interesse associado, desenvolvido por sua conta e risco, garantido ao
social. Sobre o assunto, assinale a alternativa correta: poder concedente no mínimo o ressarcimento dos
desembolsos com indenizações, quando estas ficarem sob
a) Trata-se da modalidade mais gravosa de intervenção do sua responsabilidade.
Estado na propriedade, apesar de não existir a efetiva b) estabelece a competência exclusiva das pessoas
transferência de domínio do particular ao Poder Público. políticas para promover a declaração de interesse público ou
b) A doutrina classifica a desapropriação como forma de interesse social.
derivada de aquisição de propriedade, pois provém de título c) permite a desapropriação de pessoas jurídicas,
anterior, sendo o bem suscetível de reivindicação. ressalvando a necessidade de prévia autorização do
Presidente da República, quando se tratar de instituições e 12 - Sobre Desapropriação, julgue as afirmações a seguir:
empresas cujo funcionamento dependa de autorização do I - A ação, quando a União for autora, será proposta no
Governo Federal e se subordine à sua fiscalização. Distrito Federal ou no foro da Capital do Estado onde for
d) considera como hipótese de interesse social a criação e domiciliado o réu, perante o juízo privativo, se houver.
melhoramento de centros de população.
e) permite que seja renovada a alegação de urgência uma II - A alegação de urgência, que não poderá ser renovada,
única vez, quando houver expirado o prazo de cento e vinte obrigará o expropriante a requerer a imissão provisória
dias para requerer imissão provisória na posse. dentro do prazo improrrogável de 180 (cento e oitenta) dias.

9 - A chamada “desapropriação para política urbana” é uma III - A petição inicial conterá apenas os requisitos previstos
espécie de desapropriação de competência dos municípios, no Código de Processo Civil.
conforme artigo 182 da Constituição Federal de 1988 e a Lei
nº 10.257 de 2001. São condições para a utilização do IV - O prazo de caducidade do decreto expropriatório nas
instrumento de desapropriação nessa modalidade: desapropriações por utilidade pública é de cinco anos,
contado da data de sua expedição.
a) O ato administrativo reconhecendo a utilidade e
necessidade pública, o interesse social naquele imóvel, 13 - Marque a alternativa correta:
especificação no plano diretor da área em que o imóvel está a) As afirmações I, II e III estão corretas.
inscrito, o pagamento de indenização prévia, justa e em b) Todas as afirmações estão corretas.
dinheiro. c) Apenas as afirmações II e IV estão corretas.
b) Especificação no plano diretor da área em que o imóvel d) Todas as afirmações estão incorretas.
está inscrito, lei municipal autorizando tal medida, e que o e) Apenas as afirmações I e IV.
proprietário não atenda às medidas anteriores que a lei
determina. 14 - No que se refere à desapropriação por utilidade pública,
c) O ato administrativo reconhecendo a utilidade e pode ser afirmado o que segue:
necessidade pública e o interesse social naquele imóvel.
d) O ato administrativo reconhecendo a utilidade e a) A desapropriação por utilidade pública não pode
necessidade pública, o interesse social naquele imóvel e o abranger as zonas que se valorizarem extraordinariamente,
pagamento de indenização prévia, justa e em dinheiro. em consequência da realização do serviço.
e) Especificação no plano diretor da área em que o imóvel b) Entidades que exercem funções delegadas do Poder
está inscrito, lei federal autorizando tal medida, o pagamento Público podem promover a desapropriação por utilidade
de indenização prévia, justa e em dinheiro. pública mediante autorização expressa constante de lei ou
contrato.
10 - Uma concessionária prestadora de serviço público de c) Não se exige autorização legislativa para a
distribuição de gás precisa ampliar a rede subterrânea sob desapropriação dos bens de domínio dos Estados, dos
sua operação em determinado trecho, para disponibilizar o Municípios e do Distrito Federal pela União, como regra.
acesso a mais localidades. Elaborado o projeto e d) A lei proíbe a desapropriação pelos Estados-membros
identificados os imóveis, todos particulares, a empresa de ações de instituições cujo funcionamento dependa de
precisa instrumentalizar a instalação da infraestrutura. O autorização do Governo Federal, salvo mediante prévia
instituto jurídico adequado para viabilizar o projeto da autorização, por Resolução do Congresso Nacional.
concessionária é a
15 - A respeito da intervenção do Estado na propriedade
a) requisição administrativa, visto que o serviço público privada, assinale a alternativa correta:
permite que a concessionária requisite as áreas particulares
necessárias à prestação do serviço público de utilidade a) Os Estados-membros e os Municípios, em situações
geral. excepcionais, devidamente justificadas, dispõem do poder
b) limitação administrativa, pois a restrição será temporária, de desapropriar imóveis rurais, por interesse social, para
apenas para a instalação da tubulação subterrânea, efeito de reforma agrária, especialmente quando para fins de
devolvendo-se a superfície ao proprietário ao término da implementação de projetos de assentamento rural ou de
obra. estabelecimento de colônias agrícolas.
c) desapropriação, pois a obra deixará inaproveitável o b) As coisas tombadas, que pertençam à União, aos
imóvel por completo, sendo obrigatório, por lei, que o poder Estados ou aos Municípios, podem ser alienadas a
público adquira as áreas necessárias a instalação de particulares, desde que autorizado judicialmente.
infraestrutura para prestação de serviços públicos. c) A coisa tombada não poderá sair do país, senão por
d) servidão administrativa, instituída em favor do serviço curto prazo, sem transferência de domínio e para fim de
público, mediante indenização aos proprietários pela intercâmbio cultural, a juízo do Conselho Consultivo do
redução do aproveitamento de suas propriedades, em razão Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.
da obra ser subterrânea. d) requisição é a modalidade de intervenção estatal na
e) ocupação temporária, mediante remuneração propriedade, através da qual o Estado utiliza,
proporcional, tendo em vista que a utilização do imóvel transitoriamente, imóveis privados, como meio de apoio à
perdurará apenas pelo tempo necessário a instalação da execução de obras e serviços públicos.
infraestrutura, restituindo-se os imóveis ao término.
16 - O Município Y desapropriou uma área maior que a
11 - São pressupostos da desapropriação a necessidade necessária para a construção da escola municipal
pública, a utilidade pública e o interesse social. Assinale a pretendida. A alegação do Município foi que a parte
alternativa correspondente ao principal aspecto remanescente já ficaria reservada para a ampliação das
caracterizador da utilidade pública. instalações da referida escola.
A situação apresentada é hipótese de:
a) Emergência.
b) Utilização ilícita. a) Desapropriação indireta, uma vez que foi desapropriada
c) Conveniência. área maior que a necessária para a construção da escola.
d) Desigualdade. Só seria lícita a desapropriação de área maior que a
e) Interesse. necessária se fosse para a realização de assentamentos
rurais.
b) Apossamento administrativo, sendo inconstitucional a a) II, III, IV.
perda da propriedade de alguém para que o bem fique b) I, III, V.
reservado a uma utilização futura, havendo nítida violação c) I, II, III.
ao direito fundamental de propriedade. d) III, IV, V.
c) Desapropriação por zona, que possui expressa previsão e) I, II, V.
na legislação que disciplina a desapropriação por utilidade
pública. 20 - Acerca da intervenção do Estado na propriedade,
d) Direito de extensão, que assiste ao poder público, de assinale a opção correta.
pagar por toda a propriedade e não apenas a parte que será
utilizada imediatamente na obra pública. a) Limitações administrativas são determinações de caráter
individual por meio das quais o poder público impõe aos
17 - Sobre o instituto da desapropriação, assinale a proprietários determinadas obrigações, positivas, negativas
alternativa correta. ou permissivas, com o fim de condicionar as propriedades
ao atendimento da função social.
a) O direito de extensão é o direito de o expropriado exigir b) Compete à União e aos estados desapropriar por
a devolução do bem desapropriado que não foi utilizado pelo interesse social, para fins de reforma agrária, mediante
Poder Público para atender o interesse público. prévia e justa indenização em títulos da dívida agrária, o
b) A desapropriação por zona abrange a área contígua imóvel rural que não estiver cumprindo a sua função social.
necessária ao desenvolvimento de obras públicas e as c) Segundo entendimento do STF, a desapropriação-
zonas que valorizarem extraordinariamente em decorrência confisco, prevista no art. 243 da CF, incide sobre a totalidade
da realização do serviço. da propriedade em que forem cultivadas plantas
c) Pode o expropriado discutir em sua defesa apresentada psicotrópicas, e não apenas sobre a área efetivamente
em sede de ação de desapropriação qualquer matéria, em plantada.
respeito ao princípio do devido processo legal. d) A servidão administrativa instituída por acordo com o
d) A indenização em todas as modalidades de proprietário do imóvel, ao contrário daquela instituída por
desapropriação deve sempre ser prévia, justa e em dinheiro. sentença judicial, prescinde da declaração de utilidade
e) Os bens expropriados, uma vez incorporados à Fazenda pública do poder público.
Pública, podem ser objeto de reivindicação quando e) A instituição de requisição administrativa, quando recair
comprovada a nulidade do processo de desapropriação. sobre bens imóveis, não dispensa o prévio e necessário
registro na matrícula do imóvel.
18 - A desapropriação realizada para a proteção do solo e a
preservação de cursos e mananciais de água e de reservas 21 - Assinale a alternativa correta a respeito do instituto da
florestais está alicerçada no pressuposto desapropriação em âmbito municipal.

a) da utilidade pública, pois a transferência do bem se a) Entre os tipos de desapropriação, o direito brasileiro
afigura conveniente para a Administração. contempla aquela decorrente do desatendimento a normas
b) da utilidade pública, pois decorre de situação do Plano Diretor, a chamada desapropriação-sanção, que se
emergencial que exige a transferência da propriedade à faz mediante prévia e justa indenização em dinheiro.
Administração. b) Após a aplicação do IPTU progressivo no tempo, na
c) da necessidade pública, pois a transferência do bem se forma da lei, pelo período de três anos, sem que o
afigura conveniente para a Administração. proprietário cumpra as obrigações legais relativas ao imóvel,
d) do interesse social, pois objetiva a distribuição da o Município poderá proceder à desapropriação.
propriedade ou condiciona o seu uso ao bem-estar social. c) A declaração expropriatória a ser decretada pelo Prefeito
e) da necessidade pública, pois objetiva a distribuição da Municipal ou por lei da Câmara Municipal tem, entre seus
propriedade ou condiciona o seu uso ao bem-estar social. efeitos, o poder de retirar o bem da posse do seu
proprietário.
19 - A desapropriação por interesse social será decretada d) Caso o imóvel expropriado não tenha o destino para o
para promover a justa distribuição da propriedade ou qual se desapropriou, o Munícipe tem o direito de exigir de
condicionar o seu uso ao bem estar social. A Lei n° 4.132, volta o seu imóvel por meio do instituto da retrocessão.
de 10 de setembro de 1962, define os casos de e) O Município, como expropriante, pode desistir da
desapropriação por interesse social e dispõe sobre sua desapropriação a qualquer tempo, mesmo após a
aplicação. adjudicação, revogando o ato expropriatório e pagando a
indenização ao expropriado por eventuais prejuízos
I. o aproveitamento de todo bem improdutivo ou explorado causados.
sem correspondência com as necessidades de habitação,
trabalho e consumo dos centros de população a que deve 22 - No que se refere à intervenção do Estado na
ou possa suprir por seu destino econômico; propriedade, assinale a alternativa que contém afirmativa
correta.
II. o expropriante tem o prazo de 5 (cinco) anos, a partir da
decretação da desapropriação por interesse social, para a) Em todas as hipóteses de desapropriação de bens pelo
efetivar a aludida desapropriação Estado, o pagamento ao desapropriado será efetuado
exclusivamente em dinheiro.
III. estabelecimento e a manutenção de colônias ou b) Somente os bens privados de particulares poderão ser
cooperativas de povoamento e trabalho agrícola: objeto de desapropriação.
c) Na desapropriação para fins de reforma agrária por
IV. a manutenção de posseiros em terrenos urbanos onde, interesse social, as benfeitorias úteis e necessárias do
com a tolerância expressa ou tácita do proprietário, tenham imóvel desapropriado serão indenizadas em títulos da dívida
construído sua habilitação, formando núcleos residenciais de agrária.
mais de 15 (quinze) famílias; d) No caso de iminente perigo público, a autoridade
competente poderá usar de propriedade particular,
V. a construção de casa populares; assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver
dano.
Julgue os itens a seguir e assinale a alternativa correta:
23 - Relativamente à intervenção do Estado na propriedade algumas alterações pontuais procedidas por legislação
privada, posterior. Sobre o instituto da desapropriação, é correto
afirmar que
a) as limitações administrativas se consubstanciam em
atos administrativos de caráter individual, mediante os quais a) só é possível a expropriação de bens imóveis com
o Poder Público impõe posturas positivas, negativas ou, prévia indenização em dinheiro ou, em algumas hipóteses,
ainda, permissivas, com a finalidade de adequar o dado em títulos públicos com vencimento em prazo de, no
imóvel à sua função social. máximo, cinco anos.
b) por não ensejar a perda da propriedade e em vista da b) a desapropriação exige que os bens expropriados sejam
supremacia do interesse público sobre o particular, a destinados a uma finalidade ou utilidade públicas,
servidão administrativa não comporta a possibilidade de incorporando-se ao patrimônio público, vedada a sua
indenização ao proprietário do imóvel, mesmo no caso de posterior alienação em favor de particulares.
esse suportar prejuízos. c) na desapropriação de bem imóvel, a declaração de
c) o instituto da ocupação temporária recairá sobre bem utilidade pública deve especificar o bem dela objeto e se
imóvel com a finalidade de permitir ao poder público circunscrever àquela área necessária àquela finalidade,
executar serviços, existindo ou não perigo público iminente a vedada sob pena de nulidade do ato expropriatório a
ser confrontado. A exemplo da servidão administrativa, a inclusão de área lindeira para futura alienação e captura da
ocupação temporária é direito real e, assim, deverá ser valorização imobiliária pelo poder público.
levada a registro no cartório de registro de imóveis para d) a prática dos atos necessários à desapropriação pode
gerar efeitos. ser exercida por particulares mediante delegação pelo poder
d) o ato de tombamento implica restrições ao uso do bem público à iniciativa privada.
móvel e imóvel por seu proprietário ou possuidor, que
deverá conservá-lo segundo as características culturais que 26 - Assinale a opção correta relativamente às formas de
motivaram sua proteção. No caso de tombamento de bens intervenção do Estado na propriedade privada.
imóveis, o proprietário que não possuir recursos financeiros
suficientes para realizar obras de preservação ou de a) Em regra, a desapropriação de imóveis urbanos deve
conservação deverá informar tal fato à autoridade ser realizada mediante prévia e justa indenização, a ser
competente, que deverá proceder à mencionada obra, adimplida com títulos da dívida pública de emissão
vedada a desapropriação. previamente aprovada pelo Senado Federal.
e) ao contestar ação de desapropriação, o Defensor b) As limitações administrativas são medidas
Público somente poderá versar sobre vícios do processo fundamentadas no poder de polícia do Estado, incidem
judicial ou impugnar o preço apresentado pelo expropriante, sobre bens individualizados discriminados em ato
vedada a reconvenção. administrativo e geram obrigações para o proprietário de
cada um desses bens.
24 - Sobre Desapropriação, julgue as afirmativas abaixo. c) A extinção da servidão administrativa pode ocorrer em
razão da perda da coisa gravada ou da desafetação da
I. Não obstante a declaração de utilidade pública ou de coisa dominante.
interesse social seja atividade administrativa afeta ao Poder d) O tombamento somente poderá ter como objeto bens
Executivo, o art. 8 do Decreto-lei n. 3.365/41 autoriza o imóveis e pode incidir sobre imóveis públicos ou privados.
Poder Legislativo a tomar a iniciativa da desapropriação e) A ocupação temporária é a utilização transitória pelo
cumprindo, neste caso, ao Executivo, praticar os atos Estado de bens imóveis de propriedade particular para fins
necessários à sua efetivação. de interesse público, uso que não suscita direito a
indenização ante a efemeridade da limitação do uso do bem.
II. É lícito ao proprietário construir no bem declarado de
utilidade pública ou de interesse social. Portanto o valor das 27 - A desapropriação
eventuais construções que venham a ser realizadas será
incluído no valor da indenização quando a desapropriação a) por interesse social, para fins de reforma agrária,
for efetivada. compete à União e deve ser precedida de indenização em
dinheiro.
III. Somente é lícito discutir no âmbito da ação de b) de terras onde são cultivadas plantas psicotrópicas será
desapropriação o valor a ser pago a título de indenização e indenizada com títulos da dívida pública.
eventuais incidentes da própria ação de desapropriação. c) por descumprimento da função social da propriedade
Outros aspectos relativos à desapropriação que podem urbana é aplicável somente nos Municípios que tenham
resultar na anulação do processo, como o desvio de plano diretor aprovado por lei
finalidade, devem ser levados à apreciação judicial por meio d) indireta deve ser precedida de prévia e justa indenização
de ação rescisória, consoante previsto no Decreto-lei n. 3. em dinheiro.
365/41. e) de bens de domínio do Município, pelos Estados, é
expressamente vedada porque afronta o princípio federativo.
IV. É legítimo ao poder público expropriante solicitar, em
casos de urgência, a imissão provisória na posse do bem, o LICITAÇÃO E CONTRATOS – LEI 8666/93
que poderá ser feita após despacho nesse sentido pelo juízo
do feito, independentemente da citação do réu, mediante o 1- Analise as afirmações a seguir e marque V ou F,
depósito da quantia arbitrada de conformidade legal. conforme sejam verdadeiras ou falsas.
( ) No serviço público, a área responsável pelas compras
A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é: deve seguir a Lei das Licitações.
a) I e II ( ) Os limites de compras e contratação de serviços são
b) I e III definidos para o serviço público pela Corregedoria do
c) I, II e IV Ministério Público.
d) I e IV ( ) A Comissão Permanente de Licitações é responsável
e) II e III pelos processos de compra e contratação de serviços no
serviço público.
25 - O instituto da desapropriação, no direito brasileiro, é ( ) Os processos licitatórios são necessários e inerentes à
regido por norma editada por decreto-lei na década de 40 e gestão pública, não sendo possível quaisquer compras sem
recepcionada pela Constituição Federal de 1988, com licitação.
A sequência correta, de cima para baixo, é: D.
A.V - F - V - F instruções e normas para os recursos previstos na Lei no
B.V - F - F - V 8.666/93.
C.F - V - F - F E.
D.V - V - F - V sanções para o caso de inadimplemento.
E.F - F - V - V
06 - Para adquirir determinado equipamento técnico
02 - São crimes previstos na Lei 8.666/93, exceto: necessário à consecução de suas atividades, sujeitam-se às
A. regras atinentes ao procedimento licitatório previstas na Lei
Dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas no 8.666/93 os(as):
em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à I – órgãos de municípios com menos de 20.000 habitantes;
dispensa ou à inexigibilidade. II – órgãos administrativos do Poder Judiciário;
B. III – Tribunais de Contas; IV – empresas particulares
Impedir, perturbar ou fraudar a realização de qualquer ato de titulares de concessão de serviço público.
procedimento licitatório. Está(ao) correto(s):
C. A.
Devassar o sigilo de proposta apresentada em procedimento I e III, apenas.
licitatório, ou proporcionar a terceiro o ensejo de devassá-lo. B.
D. II e IV, apenas.
Impedir, perturbar ou fraudar concorrência pública ou venda C.
em hasta pública, promovida pela administração federal, I, II e III, apenas.
estadual ou municipal, ou por entidade paraestatal; afastar D.
ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de I, III e IV, apenas.
violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de E.
vantagem. I, II, III e IV.

03 - Dentre os princípios expressamente previstos na Lei de 07 - A Lei nº 8.666/93 estabelece normas gerais sobre
Licitações, Lei nº 8.666/93, NÃO se inclui o princípio licitações e contratos administrativos pertinentes a obras,
A. serviços, compras, alienações e locações no âmbito dos
da razoabilidade. Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
B. Municípios. Em relação às disposições gerais da Lei nº
da legalidade. 8.666/93, é correto afirmar que:
C. A.as obras, mas não os serviços, serão necessariamente
da impessoalidade. precedidas de licitação, sendo os serviços contratados a
D. empresas de conhecimento específico.
do julgamento objetivo. B.
E. a licitação será sigilosa, sendo públicos e acessíveis ao
da vinculação do instrumento convocatório. público apenas o resultado final, com o nome do vencedor,
os prazos e os valores acordados.
04 - A lei de licitações (Lei Federal nº 8.666/93 e alterações) C.
autoriza a dispensa de licitação para os valores, preços e custos utilizados nas licitações terão
A. como expressão monetária a Unidade Fiscal de Referência,
aquisição de materiais, equipamentos, ou gêneros, que só atualizada através do câmbio oficial comercial do dia.
possam ser fornecidos por produtor, empresa ou D.
representante comercial exclusivo. o agente público, na execução da Lei nº 8.666/93, deve
B. proteger os interesses nacionais, estabelecendo tratamento
celebração de contratos de prestação de serviços com diferenciado de natureza comercial e legal entre empresas
organizações sociais, qualificadas no âmbito das respectivas brasileiras e estrangeiras.
esferas de governo, para atividades contempladas no E.
contrato de gestão. além dos órgãos da administração direta, subordinam-se ao
C. regime da Lei nº 8.666/93 os fundos especiais, as
aquisição de bens e contratação de serviços de até R$ autarquias, as fundações públicas e as empresas públicas.
80.000,00.
D. 08 - No que tange à Lei Federal nº 8666/93, considere as
contratação de profissional do setor artístico, desde que seguintes afirmativas:
consagrado pela crítica especializada ou opinião pública. I - Projeto Executivo é o conjunto dos elementos necessários
E. e suficientes à execução completa da obra, de acordo com
qualquer situação em que se possa comprovar, as normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas
objetivamente, que a contratação direta é mais vantajosa Técnicas - ABNT.
para a administração. II - Nos projetos básicos e projetos executivos de obras e
serviços serão considerados alguns requisitos, entre eles, a
05 - De acordo com a lei de licitações (Lei segurança, a funcionalidade e adequação ao interesse
no 8.666/93), NÃO é requisito obrigatório do edital a público e o impacto ambiental.
indicação dos(as): III - A Administração Pública responde solidariamente com o
A. contratado pelos encargos previdenciários e fiscais
critérios de reajuste do preço, nas compras para entrega resultantes da execução do contrato.
imediata. Está incorreto apenas o que se afirma em:
B. A.I;
critérios para julgamento, com disposições claras e B.II;
parâmetros objetivos. C.III;
C. D.I e II;
condições equivalentes de pagamento entre empresas E.I e III.
brasileiras e estrangeiras, no caso de licitações
internacionais.
09 - De acordo com Lei n.º 8.666/1993, caso o governo do poderá ser dispensado o recebimento provisório nos casos
estado do Pará pretenda vender um bem móvel inservível de de fornecimento de gêneros perecíveis.
sua propriedade, deve utilizar a modalidade de processo c.
licitatório denominada o recebimento far-se-á mediante recibo nos casos de
A. serviços profissionais.
concurso. d.
B. o recebimento provisório, nos casos de obras, cabe ao
tomada de preços. responsável por seu acompanhamento e fiscalização por
C. meio de termo circunstanciado assinado pelas partes.
concorrência. e.
D. a responsabilidade civil pela solidez e segurança da obra ou
leilão. do serviço é excluída após trinta dias do recebimento
definitivo.
10 - A conduta ou comportamento da Administração que,
como parte contratual, torna impossível a execução do 14 - Acerca das disposições gerais da Lei nº 8.666/93 (Lei
contrato administrativo celebrado como, por exemplo, a não que disciplina as licitações e os contratos administrativos),
entrega do local da obra ou do serviço para que o contratado considere:
possa executar o contrato administrativo, denomina-se Em regra, todos os valores, preços e custos utilizados nas
a. licitações terão como expressão monetária a moeda
teoria da imprevisão. corrente nacional.
b. II. O acompanhamento do processo licitatório é permitido
fato do príncipe. aos licitantes e, em caráter excepcional, àquele que, por
c. escrito, justificar o seu interesse.
força maior. III. Aos agentes públicos é vedado, em geral, dar tratamento
d. diferenciado de natureza comercial, legal, trabalhista ou
fato da administração. qualquer outra.
e. IV. Não se subordinam ao regime da Lei no 8.666/93 as
caso fortuito. empresas públicas e as sociedades de economia mista.
É correto o que consta APENAS em:
11 - Sobre as regras quanto à formalização do contrato a.
administrativo, é INCORRETO: I e II.
a. b.
Se não houver convocação para a contratação, no prazo de II e III.
trinta dias contados da entrega das propostas, os licitantes c.
ficam liberados do compromisso assumido. I e III.
b. d.
O instrumento de contrato, em regra, é obrigatório nos casos I, II e IV.
de concorrência e de tomada de preços, bem como nas e.
dispensas e inexigibilidades cujos preços estejam I, III e IV.
compreendidos nos limites destas duas modalidades de
licitação. 15 - Sobre licitações é correto afirmar:
c. A.
A minuta do futuro contrato integrará sempre o edital ou ato O pregão pode ser utilizado para alienação de bens imóveis.
convocatório da licitação. B.
d. A concorrência é a modalidade de licitação utilizada para
É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a aquisição de imóveis pela Administração Pública, que
Administração, salvo o de pequenas compras de pronto estejam avaliados em até R$ 650.000,00 (seiscentos e
pagamento. cinqüenta mil reais).
e. C.
Qualquer interessado pode obter cópia autenticada do A modalidade de licitação denominada concurso é utilizada
contrato administrativo, mediante o pagamento dos pela Administração Pública para a contratação de pessoal.
emolumentos devidos. D.
O convite pode ser utilizada nos casos em que caiba a
12 - A licitação tem por objetivo obter um contrato mais utilização da tomada de preços.
vantajoso para a administração pública e garantir a
observância do princípio constitucional da isonomia. Entre 16 - As normas gerais relativas à licitação aplicam-se aos
os princípios que regem as licitações no Brasil incluem-se a.
também os da órgãos da Administração Direta e às entidades da
A. Administração Indireta.
legalidade, da impessoalidade e da igualdade. b.
B. órgãos da Administração Direta e às empresas públicas, tão-
publicidade, do julgamento subjetivo e da moralidade. somente.
C. c.
legalidade, da pessoalidade e da moralidade. órgãos da Administração Direta e às fundações públicas,
D. tão-somente.
impessoalidade, do julgamento subjetivo e da igualdade. d.
Estados, Distrito Federal e Municípios, tão-somente.
13 - A respeito da execução do contrato administrativo e o e.
recebimento do seu objeto pela Administração Publica, é Estados, Distrito Federal e Municípios e às entidades
INCORRETO afirmar que prestadoras de serviço público, tãosomente.
a.
o recebimento far-se-á mediante termo circunstanciado nos 17 - Sobre contratos administrativos é correto afirmar que:
casos de aquisição de equipamentos de grande vulto. A.
b.
é obrigatória a exigência, pela Administração Pública, de B.
garantia nas contratações de obras, serviços e compras. impessoalidade.
B. C.
a Administração Pública pode exigir, como garantia para a publicidade.
celebração de contratos, caução em dinheiro ou em títulos D.
da dívida pública. adjudicação compulsória.
C. E.
a garantia prestada pelo contratado será liberada ou probidade administrativa.
restituída após a execução do contrato e, quando em
dinheiro, atualizada monetariamente. 21 - Assinale a alternativa INCORRETA:
D. A.
em hipótese alguma a garantia pode exceder a 5% (cinco O edital é espécie de instrumento convocatório aplicável a
por cento) do valor do contrato. todas as modalidades de licitação.
B.
18 - Tendo em vista as disposições da Lei no 8.666/93, O vencedor do processo licitatório não adquire direito à
considere: celebração do contrato, mas tão somente direito subjetivo à
I. Os contratos administrativos regulam-se pelas suas preferência na contratação.
cláusulas e pelos preceitos de direito público, aplicando-se- C.
lhes, supletivamente, os princípios da teoria geral dos A Administração Pública não poderá celebrar o contrato com
contratos e as disposições de direito privado. preterição da ordem de classificação das propostas, ou com
II. A garantia do contrato administrativo, cujas modalidades terceiros estranhos ao procedimento licitatório, sob pena de
são, dentre outras, caução em dinheiro e fiança bancária, nulidade.
sempre será exigida pela Administração no patamar de dez D.
por cento do valor contratado. À Administração Pública é dado revogar a licitação por
III. As cláusulas econômico-financeiras e monetárias dos motivos válidos, aferidos por critérios administrativos
contratos administrativos poderão ser alteradas sem prévia efetivos, sem que disso resulte qualquer indenização aos
concordância do contratado. licitantes, inclusive ao vencedor.
IV. Não se admite contrato com prazo de vigência
indeterminado, sendo admissível a prorrogação, desde que 22 - Assinale a alternativa INCORRETA:
justificada por escrito e previamente autorizada pela A.
autoridade competente. Na licitação, o atraso justificado na execução do contrato
É correto o que consta APENAS em: sujeitará o contratado à multa de mora, na forma prevista no
A. instrumento convocatório ou no contrato.
I e III. B.
B. Dentre as penas previstas no Estatuto da Licitação para a
II e III. inexecução total ou parcial do contrato estão a suspensão
C. temporária de participação em licitação e o impedimento de
I e IV. contratar com a Administração, por prazo não superior a dois
D. anos.
I, II e IV. C.
E. O Estatuto da Licitação diz ser crime admitir à licitação ou
II, III e IV. celebrar contrato com empresa ou profissional inidôneo.
D.
19 - Considerando os contratos administrativos, assinale a Segundo o Estatuto da Licitação, considera-se servidor
opção correta. público aquele que exerce, mesmo que transitoriamente ou
A. sem remuneração, cargo, função ou emprego público.
Os contratos administrativos podem conter cláusulas
exorbitantes. 23 - Ainda em relação aos princípios da licitação pública,
B. assinale a opção correta.
A presença da administração em um dos pólos da relação A.
contratual significa que esta se trata de um contrato Em virtude do princípio da vinculação ao instrumento
administrativo. convocatório, a lei veda à administração o descumprimento
C. das normas e condições do edital, ao qual se acha
Os contratados não podem propor alterações contratuais, estritamente vinculada.
que são permitidas apenas para a administração pública. B.
D. O princípio da impessoalidade impõe que os atos e termos
Em razão do princípio da continuidade do serviço público, o da licitação sejam efetivamente expostos ao conhecimento
contratado não pode suspender o serviço prestado à de qualquer interessado.
administração. C.
E. O princípio da legalidade almeja impedir que a licitação seja
A concordata do contratado implica extinção do seu contrato decidida sob o influxo do subjetivismo, de sentimentos,
administrativo. impressões ou propósitos pessoais dos membros da
comissão julgadora.
20 - Atenção: As questões de números 21 a 24 referem-se à D.
Lei nº 8.666/93. O princípio da moralidade implica o dever não apenas de
Durante o transcorrer do procedimento licitatório, o órgão da tratar isonomicamente todos os que participarem do
Administração Pública responsável pela realização do certame, mas também o de garantir oportunidade de
certame descumpriu determinada norma prevista no edital e, disputá-lo a quaisquer interessados.
ainda, alterou o critério objetivo de julgamento das E.
propostas. Em virtude deste fato, um dos licitantes pleiteou O princípio da adjudicação compulsória ao vencedor permite
judicialmente a nulidade da licitação em razão da que a administração, concluído o procedimento licitatório,
inobservância do princípio da atribua seu objeto a outrem que não o legítimo vencedor.
A.
vinculação ao instrumento convocatório.
24 - Segundo a Lei n° 8.666/93, a responsabilidade civil do B.
contratado pela solidez e segurança de uma obra é considerada dispensada.
A. C.
perdura somente até o término do prazo de execução do é dispensável.
contrato. D.
B. será por concurso.
perdura somente até o pagamento da obra pela E.
Administração. será vedada.
C.
perdura somente até o recebimento provisório da obra. 29 - Considere:
D. I. Licitação entre quaisquer interessados para a escolha de
perdura somente até o recebimento definitivo da obra. trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a instituição
E. de prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme
não é excluída pelo término do prazo da execução, nem pelo critérios constantes de edital publicado na imprensa oficial
pagamento da obra, nem pelo recebimento provisório ou com antecedência mínima de quarenta e cinco dias.
definitivo da obra. II. Licitação entre interessados devidamente cadastrados ou
que atenderem todas as condições exigidas para
25 - Contrato administrativo verbal, nos termos da Lei n° cadastramento até o terceiro dia anterior ao do recebimento
8.666/93, das propostas, observada a necessária qualificação.
A. Essas modalidades dizem respeito, respectivamente,
não pode existir. A.
B. ao concurso e à tomada de preços.
cabe para compras realizadas por dispensa de licitação, B.
independentemente do valor. à tomada de preços e ao concurso.
C. C.
cabe para compras, pelo regime de adiantamento, para ao pregão e ao convite.
valores não superiores a R$ 4.000,00. D.
D. ao convite e ao leilão.
cabe para compras realizadas por inexigibilidade de E.
licitação, independentemente do valor. ao leilão e ao pregão.
E.
cabe para compras realizadas pela modalidade convite, CONTRATOS ADMINISTRATIVOS
independentemente do valor.
01 - Os contratos administrativos se diferenciam dos
26 - Segundo a Lei no 8.666/93, na compra de bens imóveis contratos de direito privado por propiciarem alguns tipos de
pela Administração, deve ser aplicada licitação na prerrogativas para o poder público. Essas prerrogativas são
modalidade concorrência chamadas de
A. A.tratados desiguais.
independentemente do valor envolvido. B.acordos Impróprios.
B. C.fato do príncipe.
somente para valores acima de R$ 150.000,00. D.onerosidade exclusiva.
C. E.cláusulas exorbitantes.
somente para valores acima de R$ 500.000,00.
D. 02 - O contrato administrativo representa um ajuste entre a
somente para valores acima de R$ 650.000,00. Administração Pública e particulares, regido
E. predominantemente pelo direito público. Nesse tipo de
somente para valores acima de R$ 1.500.000,00. ajuste, por estar agindo na qualidade de poder público, a
Administração Pública possui certas prerrogativas que
27 - "Modalidade de licitação entre quaisquer interessados distinguem o contrato administrativo do contrato de direito
para escolha de trabalho técnico, científico ou artístico, privado, denominadas, pela doutrina, de cláusulas
mediante a instituição de prêmios ou remuneração aos exorbitantes.
vencedores, conforme critérios constantes de edital As opções a seguir apresentam exemplos de prerrogativas
publicado na imprensa oficial com antecedência mínima de conferidas à Administração Pública nos contratos
45 dias." Esse conceito corresponde, nos termos da Lei nº administrativos, à exceção de uma. Assinale-a.
8.666/93, à modalidade de licitação denominada A.Exigir garantias.
A. B.Alterar unilateralmente o contrato.
concorrência. C.Aplicar sanções de natureza administrativa ao contratado.
B. D.Celebrar contratos por prazo indeterminado.
tomada de preços. E.Fiscalizar, por meio de um representante, a execução do
C. contrato.
convite.
D. 03 - Excetuada a hipótese de pequenas compras de pronto
concurso. pagamento, os contratos administrativos devem ser
E. obrigatoriamente escritos. Segundo o entendimento da
leilão. doutrina, essa exigência está relacionada com o aspecto
conhecido por
28 - Na contratação de instituição brasileira incumbida A.formalidade.
regimental ou estatutariamente da pesquisa, do ensino ou B.onerosidade.
do desenvolvimento institucional, ou de instituição dedicada C.bilateralidade.
à recuperação social do preso, desde que a contratada D.comutatividade.
detenha inquestionável reputação ético-profissional e não E.consensualidade.
tenha fins lucrativos, a licitação
A. 04 - A Administração pública estadual firmou contrato de
é inexigível. segurança predial estabelecendo prazo de vigência de 12
meses, com previsão de prorrogação por até 60 meses. O B.autoriza apenas a aplicação de multa contratual caso a
encerramento do contrato, ao final dos primeiros 12 meses, dispensa tenha se pautado no valor do ajuste.
se daria em 30 de novembro do corrente ano. Considerando C.obriga a Administração a rescindir o ajuste,
cuidar-se de contrato de duração por prazo determinado, independentemente da natureza do inadimplemento, em
eventual prorrogação de vigência razão do princípio da supremacia do interesse público.
A.teria lugar a qualquer momento, de forma limitada ou não D.autoriza a Administração a rescindir unilateralmente o
aos 60 meses, desde que comprovada vantajosidade ajuste e também a aplicar as sanções previstas na lei e no
econômica para Administração e independentemente de contrato, a depender do grau e natureza do inadimplemento,
aditivo contratual. garantida a prévia defesa.
B.poderia ser feita a qualquer momento, por mero E.autoriza a aplicação de sanções previstas na lei e no
apostilamento, mesmo após 30/11/2018, desde que dentro contrato, independentemente de defesa prévia, por se tratar
do prazo máximo de 60 meses. de contratação direta.
C.poderia ser feita a qualquer momento, por meio de aditivo
contratual, mesmo após 30/11/2018 e excedendo o prazo 08 - Um contrato administrativo se diferencia de um contrato
máximo de 60 meses, em razão do princípio da continuidade de direito privado por propiciar alguns tipos de prerrogativas
dos serviços públicos. para o poder público. Assinale a opção que indica como
D.teria lugar em momento anterior ao respectivo término, ou essas prerrogativas são chamadas.
seja, até 30/11/2018, podendo ser feita por mero A.Cláusulas exorbitantes.
apostilamento, sendo desnecessários aditivo contratual e B.Tratados desiguais.
aprovação da autoridade competente. C.Acordos Impróprios.
E.teria lugar em momento anterior ao respetivo término, ou D.Fato do príncipe.
seja, até 30/11/2018, devendo ser instrumentalizada por E.Onerosidade pública.
aditivo contratual, firmado pela autoridade competente.
09 - A relevância dos serviços públicos se expressa pela
05 - Apartando-se da discussão doutrinária existente quanto existência de princípios específicos que regem sua
à matéria e admitindo-se a existência das categorias prestação aos usuários. Orientada por esses princípios, os
contratos privados da Administração e contratos responsáveis pela prestação direta ou indireta de serviço
administrativos, público podem adotar algumas medidas que se distinguem
A.aplicam-se indistinta e integralmente às duas categorias da execução de contratos administrativos referentes a outros
as normas publicísticas, em razão da presença da objetos. Dentre elas,
Administração pública nas relações jurídicas. A.a possibilidade de alterar determinados aspectos da
B.submetem-se a controle judicial e do Tribunal de Contas execução do serviço, permitindo sua atualização às
apenas os contratos administrativos, já os de direito privado mudanças tecnológicas no decorrer do tempo, como
da administração não estão submetidos a controle exercido expressão do princípio da mutabilidade do regime jurídico
pelas Cortes de Contas. que rege a prestação daqueles serviços.
C.admitem forma escrita, cláusula obrigatória de prazo de B.o dever de manter a prestação dos serviços públicos pelas
vigência e formalização precedida de licitação para a mesmas condições inicialmente vigentes no regime jurídico
segunda categoria apenas. de execução contratual, sem demandar do Poder Público
D.regem-se pelas normas da Lei no 8.666/1993 apenas os qualquer compensação financeira ainda que demande novos
contratos administrativos, sendo disciplinados investimentos, quando se tratar de delegação.
exclusivamente pelo disposto no Código Civil os contratos C.a vedação à distinção entre os usuários, permitindo-se, no
privados da administração. entanto, variação da tarifa cobrada, desde que a execução
E.aplicam-se predominantemente as normas de direito de serviços tenha sido delegada à iniciativa privada.
privado aos primeiros e, no que couber e de forma D.a prerrogativa de rescisão unilateral do contrato, salvo se
derrogada, as publicísticas. nos casos de delegação não tiver havido transferência da
titularidade do serviço, hipótese em que a extinção da
06 - Considere hipoteticamente que a Adminsitração pública avença deve se dar sempre por meio de decisão judicial.
realizou compra cujos bens foram imediata e integralmente E.a desafetação de determinados serviços da categoria de
entregues no ato da aquisição. Para a contratada não serviços públicos, por meio de decisão administrativa, caso
sobejou obrigação futura, nem mesmo de assistência fique demonstrada redução de demanda de expressão
técnica. A referida avença significativa, a ponto dos investimentos serem mais
A.deve ser formalizada por termo de contrato, sob pena de adequados em outro setor.
nulidade, não gerando nenhum efeito a avença.
B.pode ter o termo de contrato substituído por outro 10 - Considere abaixo o que concerne aos contratos
instrumento previsto, mais simples, a critério da administrativos.
Administração e independentemente do seu valor. I. A inadimplência do contratado, com referência a encargos
C.deve ter o termo de contrato substituído por outro fiscais, poderá, em algumas hipóteses, onerar o objeto do
instrumento previsto, mais simples, a critério da contratada, contrato.
se o valor do ajuste coincidir com o que autoriza a II. A subcontratação de partes da obra, serviço ou
contratação direta, independentemente de licitação. fornecimento não exime o contratado de suas
D.pode ser formalizada por meio de autorização de compra responsabilidades, tanto legais, quanto contratuais.
ou nota de empenho de despesa, a depender do seu valor e III. Na fiscalização da execução contratual, admite-se a
da concordância das partes. contratação de terceiros para assistir e subsidiar o
E.autoriza pagamento antecipado pela administração e representante da Administração de informações pertinentes
forma verbal, independentemente do valor. a essa atribuição.
IV. O fato do príncipe não se preordena diretamente ao
07 - Considere hipoteticamente que a Administração pública particular contratado, pois tem cunho de generalidade e
celebrou contrato não precedido de procedimento licitatório, apenas reflexamente incide sobre o contrato, ocasionando
pois se cuidava de hipótese legal autorizativa de contratação oneração excessiva ao particular independentemente da
direta, por dispensa de licitação. Durante a execução do vontade deste.
ajuste, a contratada deixou de cumprir obrigações Está correto o que se afirma APENAS em
contratuais, fato que A.I, II e III.
A.não autoriza a administração a rescindir a avença, por se B.II, III e IV.
tratar de contratação direta. C.I e III.
D.II e IV. B.A clareza na redação oficial é uma característica
E.I e IV. prescindível.
C.É característica da redação oficial a pessoalidade.
REDAÇÃO OFICIAL D.A redação oficial pode se valer de excessos linguísticos e
de rebuscamentos.
01 - A Correspondência Oficial é definida pela comunicação E.A redação oficial evita o uso do padrão culto de linguagem
entre os órgãos do serviço público ou autárquico, na troca em algumas ocasiões, podendo fazer uso de gíria e de
de informações de interesse comum ou das partes. Sobre a jargão.
finalidade da comunicação oficial conhecida como
memorando, assinale a afirmativa correta. 06 - Assinale a alternativa correta no que se refere à
A.Expedir mensagens urgentes a locais de difícil acesso. correção gramatical e à adequação da linguagem do trecho
B.Enviar documentos não estratégicos para entes privados. apresentado à correspondência oficial.
C.Expor o plano de governo, na abertura da sessão A.Informo que Vossa Senhoria deveis encaminhar o
legislativa. documento de denúncia diretamente a Comissão de Ética
D.Manter a comunicação entre a Administração Pública e deste Conselho.
setores particulares. B.É muito importante que você compareça à Sessão de
E.Estabelecer a comunicação entre unidades administrativas Pessoal, sem falta, com antecedência, para pedir suas
de um mesmo órgão. férias.
C.Informo que não dá pra entregar seu registro profissional
02 - Segundo o Manual de Redação da Presidência da na data prevista por que o papel timbrado acabou.
República, podemos afirmar sobre o memorando, exceto: D.Esclarecemos a Vossa Senhoria que, no momento, tua
A.Tem como finalidade exclusiva o tratamento de assuntos solicitação não poderá ser atendida, cujos os motivos estão
oficiais pelos órgãos da Administração Pública entre si. expressos a seguir.
B.É a modalidade de comunicação entre unidades E.Importa ressaltar que a informatização dos trabalhos desta
administrativas de um mesmo órgão. Comissão foi essencial para a melhoria da qualidade dos
C.Pode ter caráter meramente administrativo, ou ser serviços prestados ao público.
empregado para a exposição de projetos, ideias,
diretrizes,etc. a serem adotados por determinado setor do 07 - Admite-se como correto o seguinte comentário sobre a
serviço público, em seu âmbito interno. portaria:
D.Quanto a sua forma, o memorando segue o modelo do A.De caráter instrutivo e apoiando-se na legislação vigente,
padrão ofício, com a diferença de que o seu destinatário informa quais são os novos procedimentos para o
deve ser mencionado pelo cargo que ocupa. credenciamento de profissionais da imprensa, brasileiros ou
E.A tramitação do memorando em qualquer órgão deve estrangeiros.
pautar-se pela rapidez e pela simplicidade de procedimentos B.De caráter complementar, o documento é destinado ao
burocráticos. esclarecimento das necessárias distinções entre brasileiros
e estrangeiros que atuem como profissionais da imprensa,
03 - Vera Souza é assistente técnica em saúde e trabalha na destacando a prioridade de acesso a credenciamento
chefia de gabinete do secretário estadual de saúde. Ela conferida aos primeiros.
elaborou um documento, que foi assinado pelo Secretário e C.De caráter interno, funciona como elemento norteador do
endereçado à Reitora da Universidade Federal do Rio trabalho dos funcionários responsáveis pelo credenciamento
Grande do Norte. Esse documento tinha como finalidade da imprensa, dispondo sobre questões burocráticas e
tratar de assuntos oficiais entre os órgãos. De acordo com o procedimentais inacessíveis ao cidadão comum.
manual de redação da presidência da república, a servidora D.Obedecendo ao caráter normativo desse tipo de
redigiu documento, emprega estruturas que definem (com o verbo
A.memorando. “ser”) e regulamentam (com verbos como “poder” e “dever”).
B.ofício. E.De caráter propositivo, expõe as recomendações do
C.aviso. Secretário Especial de Comunicação Social da Presidência
D.mensagem. da República (com os verbos “ser” e “poder”), as quais, a
partir da data de sua publicação, devem ser submetidas ao
04 - Consideradas as diretrizes do Manual da Presidência da O fecho das comunicações oficiais possui, além da
República, está correta a frase que se encontra em: finalidade de arrematar o texto, a de saudar o destinatário.
A.A partir do reconhecimento da demanda não satisfeita, foi 08 - Sobre o tema, assinale a alternativa CORRETA.
proposto o co-envolvimento proativo dos participantes, no A.Para autoridades superiores, inclusive o Presidente da
seminário, a serem implementados. República: Atenciosamente
B.Por meio de ofício solicitaram aos Ministérios B.Para autoridades de mesma hierarquia: Respeitosamente
economizarem energia e que fossem elaborados planos de C.Para autoridades de hierarquia inferior: Carinhosamente
contenção de despesas durante o período de duração da D.As comunicações dirigidas a autoridades estrangeiras
seca. atendem a rito e tradição próprios e disciplinados no Manual
C.Em complemento às observações feitas onde ficaram de Redação do Ministério das Relações Exteriores.
definidas as medidas a serem adotadas, venho apontar a
correspondência entre objetivos e recursos. 09 - A clareza deve ser a qualidade básica de todo texto
D.Em decreto assinado pelo Presidente da República, foi oficial. No entanto, a clareza não é algo que se atinja por si
instituída a hora de verão a partir de zero hora do primeiro só: ela depende estritamente das demais características da
domingo do mês de novembro de cada ano, até zero hora redação oficial. Para ela concorrem:
do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano A.a pessoalidade, que evita a duplicidade de interpretações
subsequente. que poderia decorrer de um tratamento personalista dado ao
E.O Ministro comunicou a seu assessor que ele deve texto.
participar da reunião que foi agendada para a próxima B.o uso do padrão culto de linguagem, que requer emprego
semana. de vocábulos de circulação restrita, como a gíria e o jargão.
C.a formalidade e a padronização, que possibilitam a
05 - Com relação à redação oficial, assinale a alternativa imprescindível uniformidade dos textos.
correta. D.a verbosidade, que faz desaparecer do texto os excessos
A.As comunicações oficiais devem ser formais, isto é, linguísticos.
obedecem a certas regras de forma.
10 - O processo de comunicação só se realiza plenamente 15 - Assinale a alternativa correta no que se refere à
satisfazendo as expectativas do emissor e do receptor, correção gramatical e à adequação da linguagem do trecho
quando o texto for exposto em linguagem que atenda a apresentado à correspondência oficial.
certos requisitos. É INCORRETO afirmar que o requisito A.Informamos que os processos aos quais Vossa Senhoria
clareza, na redação oficial, decorre: se referiu no documento datado de 23/7/2018 foram
A.do uso de palavras e expressões em sentido comum, encaminhados à Presidência deste Conselho.
salvo quando o assunto for de natureza técnica. B.Esclareça‐se, à propósito, que os interessados que
B.da construção de orações na ordem indireta. interporam recursos devem aguardar a resposta da
C.do emprego dos sinais de pontuação de forma judiciosa, Comissão de Avaliação no prazo previamente estipulado.
evitando os abusos estilísticos. C.O Grupo Técnico de Gerenciamento de Projetos vêem
D.do uso do tempo verbal de maneira uniforme em todo o prestar os devidos esclarecimentos quanto o repasse de
texto. recursos ao Fundo Nacional da Saúde.
D.Vimos solicitar à Vossa Senhoria a liberação dos
11 - Em relação à finalidade dos expedientes oficiais, documentos que os funcionários do setor de Protocolo
assinale a alternativa correta. reteram sem explicação.
A.Tanto o Aviso quanto o Ofício têm como finalidade o E.Inconformado com o resultado do processo licitatório,
tratamento de assuntos oficiais pelos órgãos da requero que o mesmo seja impuguinado por favorecimento
Administração Pública entre si e, no caso do Aviso, também indevido do vencedor.
com particulares.
B.O Memorando é utilizado para comunicação entre 16 - São modalidades de comunicação oficial praticamente
unidades administrativas de órgãos diferentes, sendo uma idênticas. A única diferença entre eles é que um é expedido
forma de comunicação eminentemente externa. exclusivamente por Ministros de Estado, para autoridades
C.O Memorando não tem caráter administrativo. de mesma hierarquia, ao passo que o outro é expedido para
D.Uma das finalidades da Exposição de Motivos é informar o e pelas demais autoridades. Ambos têm como finalidade o
Presidente da República ou o Vice-Presidente sobre tratamento de assuntos oficiais pelos órgãos da
determinado assunto. Administração Pública entre si e um deles, também, com
E.A Mensagem e o Correio eletrônico possuem a mesma particulares. De acordo com o Manual de Redação da
finalidade, sendo que este está progressivamente Presidência da República, estamos falando,
substituindo o uso daquela. respectivamente, de:
A.Mensagem e memorando.
12 - Assinale a opção que indica quando o telegrama, tipo B.Aviso e memorando.
de correspondência oficial, deve ser utilizado. C.Memorando e ofício.
A.Em uma situação de recursos escassos que impede o uso D.Aviso e ofício.
de meios dispendiosos.
B.Em uma situação que exige segurança, por meio da 17 - Analise: Sua principal característica é a agilidade.
certificação digital. A tramitação em qualquer órgão deve pautar-se pela rapidez
C.Em uma situação de urgência, em que não é possível o e pela simplicidade de procedimentos burocráticos. Para
uso de outras correspondências. evitar desnecessário aumento do número de comunicações,
D.Em uma situação que exige uma forma predeterminada de os despachos devem ser dados no próprio documento e, no
estrutura e de linguagem. caso de falta de espaço, em folha de continuação. Esse
E.Em uma situação que prescinde de uma entrega rápida. procedimento permite formar uma espécie de processo
simplificado, assegurando maior transparência à tomada de
13 - Referente aos aspectos gerais da redação oficial, decisões, e permitindo que se historie o andamento da
assinale a alternativa correta. matéria tratada.
A.A diagramação do texto não é um fator essencial para a Segundo o Manual de Redação da Presidência da
padronização dos textos oficiais, pois o mais importante é a República, estamos falando de qual tipo de documento?
padronização da linguagem. A.Correio eletrônico.
B.A clareza deve ser a qualidade básica de todo texto oficial, B.Memorando.
possibilitando a imediata compreensão por parte do leitor. C.Ofício.
C.De acordo com o Manual de Redação da Presidência da D.Aviso.
República, há um consenso de que o padrão culto da língua, Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
o qual deve ser utilizado na redação oficial, é aquele em que 18 - De acordo com o Manual de Redação da Presidência
se emprega um vocabulário específico da área da da República, há três tipos de expedientes que se
adminstração pública. diferenciam antes pela finalidade do que pela forma, quais
D.Em determinadas situações, é permitida a ininteligibilidade sejam:
de um texto oficial em favor de uma maior impessoalidade e A.Aviso, despacho e portaria.
de um uso mais acurado do padrão culto da linguagem. B.Ofício, aviso e memorando.
E.As comunicações oficiais não são uniformes, pois há C.Ofício, memorando e mensagem.
diversos comunicadores e diversos receptores dessas D.Despacho, ordem de serviço e portaria.
comunicações.
19 - De acordo com o Manual de Redação da Presidência
14 - Quanto à redação oficial, assinale a alternativa correta. da República (BRASIL, 2002) e observando a norma padrão
A.Em alguns casos, as comunicações oficiais podem da Língua Portuguesa, todo servidor deve saber que:
prescindir de certas regras de forma. A.“Respeitosamente” é usado para o Presidente da
B.O texto de uma comunicação oficial pode se fazer valer de República e “Atenciosamente” para autoridades de
rebuscamentos sempre que for cabível. hierarquia inferior.
C.Em uma comunicação oficial, o texto pode ser escrito de B.Para evitar equívocos, recomenda-se não deixar a
forma que o leitor não o compreenda imediatamente. assinatura em página isolada do expediente. Devese
D.Na redação oficial, a linguagem técnica deve ser transferir para essa página ao menos o último parágrafo
empregada sempre que for cabível, não sendo necessário anterior ao fecho.
evitar seu uso. C.Excluídas as comunicações assinadas pelo Reitor, todas
E.A comunicação oficial deve ser impessoal, ou seja, isenta as demais comunicações oficiais devem trazer o nome e o
da interferência da individualidade de quem a elabora. cargo da autoridade que as expede, abaixo do local de sua
assinatura.
D.“Att.” é inadequado para documentos oficiais e e-mails, D.O Curso de Ciências Biológicas – Bacharelado tem
pois é a redução de “attention” / “in attention to”, expressão entrada de alunos no primeiro semestre, o de Licenciatura
da escrita empresarial norte-americana usada para no segundo.
direcionar o documento a um destinatário específico. Em
português, essa expressão corresponde à redução “A/C” (Ao 24 - Mariana Silva foi convidada para ministrar um Curso
cuidado de). sobre o tema “Redação Oficial”. Considerando que a
servidora possui grande conhecimento desse assunto e que
20 - Os modelos determinados por uma Portaria do observou, com rigor, todas as normas constantes no Manual
Ministério da Justiça publicada em 1937 foram simplificados de Redação da Presidência da República (BRASIL, 2002),
e uniformizados pelo Manual de Redação Oficial da qual orientação não foi dada por ela?
Presidência da República em 2002. A.O uso de Vossa Magnificência e de Magnânimo(a)
Pelas novas determinações, está estabelecido que só se Reitor(a) deve ser empregado por força da tradição, em
podem usar os seguintes fechos para todas as modalidades comunicações dirigidas a reitores de universidade.
de comunicação oficial: B.O uso do tratamento digníssimo (DD) às autoridades foi
A.Atenciosamente e Respeitosamente abolido uma vez que a dignidade é pressuposto para que se
B.Atenciosamente e Sinceramente ocupe qualquer cargo público.
C.Cordialmente e Sinceramente C.Doutor não é forma de tratamento, e sim título acadêmico,
D.Atenciosamente, Cordialmente e Respeitosamente devendo ser, como regra geral, empregado apenas em
E.Cordialmente, Respeitosamente e Sinceramente comunicações dirigidas a pessoas que tenham tal grau por
terem concluído curso universitário de doutorado ou, por
21 - O Manual de Redação da Presidência da República costume, para designar bacharéis em Direito e em Medicina.
(BRASIL, 2002) define a forma de diagramação de gêneros D.Vossa Senhoria é empregado para Pró-Reitor, Chefe de
do discurso oficiais, tais como o Ofício e o Memorando. Departamento, Conselheiro de qualquer órgão deliberativo
O servidor que conhece profundamente esse manual sabe ou consultivo da UNIFAL-MG, Coordenador de Curso e
que deverá: ilustríssimo não deve ser usado para particulares, sendo
A.imprimir ofícios, memorandos e anexos destes no suficiente o pronome de tratamento Senhor(a).
anverso; manter as margens esquerda e direta com
distâncias invertidas nas páginas pares ("margem espelho"); 25 - Assinale a opção que indica quando o telegrama, tipo
iniciar cada parágrafo com 2,5 cm de distância da margem de correspondência oficial, deve ser utilizado.
esquerda. A.Em uma situação de recursos escassos que impede o uso
B.utilizar fonte do tipo Times New Roman de corpo 12 no de meios dispendiosos.
texto em geral, 11 nas citações, e 10 nas notas de rodapé; a B.Em uma situação que exige segurança, por meio da
partir da segunda página, constar o número da página; certificação digital.
utilizar as fontes Symbol e Wingdings para símbolos não C.Em uma situação de urgência, em que não é possível o
existentes na fonte Times New Roman. uso de outras correspondências.
C.usar negrito, itálico, sublinhado, letras maiúsculas, D.Em uma situação que exige uma forma predeterminada de
sombreado, sombra, relevo, bordas ou qualquer outra forma estrutura e de linguagem.
de formatação com pouca parcimônia; imprimir na cor preta E.Em uma situação que prescinde de uma entrega rápida.
em papel branco; usar, preferencialmente, o formato de
arquivo Rich Text nos documentos de texto. 26 - De acordo com as normas explicitadas no Manual de
D.manter o campo destinado à margem lateral esquerda Redação da Presidência da República, um memorando deve
com, no mínimo, 2,0 cm de largura; manter o campo conter
destinado à margem lateral direita com 3,0 cm; utilizar A.agradecimento efusivo dirigido ao destinatário da
espaçamento simples entre as linhas e de 6 pontos após comunicação.
cada parágrafo, ou, se o editor de texto utilizado não B.linguagem cotidiana permeada por termos do jargão
comportar tal recurso, deixar uma linha em branco. burocrático.
C.nome, cargo e endereço do destinatário da comunicação
22 - O Manual de Redação Oficial da Presidência da oficial.
República define objetivamente o memorando como uma D.pronome de tratamento combinado a verbo na segunda
modalidade de comunicação que se estabelece entre pessoa do singular.
unidades administrativas E.tipo e número do expediente, seguido da sigla do órgão
A.de órgãos internos ou externos de uma mesma área de que o está expedindo.
atuação.
B.de um mesmo órgão de uma instituição. 27- Durante a execução do trabalho, você Secretário de
C.que atuam em órgãos diferentes de uma mesma empresa. Escola terá como atribuição a elaboração de documentos
D.que não podem estar hierarquicamente em níveis administrativos. Para que o documento administrativo seja
diferentes. eficiente e atinja o objetivo desejado, ele deve conter alguns
E.que não podem estar hierarquicamente no mesmo nível. requisitos. Assinale a alternativa que não apresenta o
requisito do documento administrativo tipo ofício:
23 - De acordo com o Manual de Redação da Presidência A.O endereçamento correto.
da República, “a omissão de certos termos ao fazermos uma B.Felicitações de aniversário.
comparação, omissão própria da língua falada, deve ser C.Assinatura do responsável.
evitada na língua escrita, pois compromete a clareza do D.O assunto a ser abordado.
texto: nem sempre é possível identificar, pelo contexto, qual
o termo omitido. A ausência indevida de um termo pode 28 - Marque a alternativa incorreta em relação à abreviações
impossibilitar o entendimento do sentido que se quer dar a das formas de tratamento:
uma frase” (BRASIL, 2002). Em qual sentença a omissão A.Vossa Eminência - V. Sh.ª
comprometeu a clareza do texto? B.Vossa Majestade - V. M.
A.Contratam-se colaboradores, de preferência com C.Vossa Excelência - V. Exª.
experiência. D.Vossa Santidade - V. S.
B.O Ministério da Educação dispõe de mais verbas do que
os Ministérios do Governo. 29 - Assinale a alternativa que apresenta a modalidade de
C.A UNIFAL-MG comprou café e leite para os convidados; a comunicação oficial entre unidades administrativas de um
instituição parceira, torradas e queijo. mesmo órgão, que podem estar hierarquicamente em
mesmo nível ou em nível diferente, que consiste em uma padrão ofício, com a diferença de que seu destinatário deve
forma de comunicação eminentemente interna e que segue ser mencionado pelo cargo que ocupa. Exemplo: Ao Sr.
o modelo do padrão ofício, com a diferença de que o seu Chefe do Departamento de Fiscalização. No caso do ofício
destinatário deve ser mencionado pelo cargo que ocupa. há o acréscimo do vocativo, que invoca o destinatário,
A.aviso seguido de vírgula. Exemplo: Senhor Ministro.
B.mensagem
C.exposição de motivos 34 - Pode-se dizer que redação oficial é a maneira pela qual
D.parecer o Poder Público redige atos normativos e comunicações. Ela
E.memorando. deve caracterizar-se por:
A.impessoalidade, uso do padrão culto de linguagem,
30 - Assinale a alternativa em que é apresentado o fecho clareza, concisão, formalidade e uniformidade.
adequado, segundo o Manual de Redação da Presidência B.uso do padrão culto de linguagem, clareza, concisão,
da República, para as comunicações oficiais dirigidas a formalidade e uniformidade, de forma pessoal.
autoridades de mesma hierarquia ou de hierarquia inferior. C.impessoalidade, clareza, concisão, formalidade,
A.Agradecidamente, uniformidade e liberdade de registro linguístico.
B.Atenciosamente, D.clareza, concisão e registro informal de linguagem.
C.Com respeito e consideração, E.formalidade, uniformidade e prolixidade.
D.Com sinceros cumprimentos,
E.Mui respeitosamente, 35 - Sobre redação oficial, analise as afirmativas a seguir.
I. Redação oficial é a maneira pela qual o poder público
31 - Leia a definição que aparece a seguir. redige atos normativos e comunicações.
"Expediente dirigido ao Presidente da República ou ao Vice- II. A redação oficial deve caracterizar-se pela
Presidente para informá-lo de determinado assunto, propor impessoalidade, clareza, concisão, formalidade e
alguma medida, submeter a sua consideração projeto de ato uniformidade.
normativo. Em regra, expedido por um Ministro de Estado, III. As comunicações oficiais são necessariamente
nos casos em que o assunto tratado envolva mais de um uniformes, pois há sempre um único comunicador.
Ministério, deverá ser assinado por todos os Ministros Está correto o que se afirma em:
envolvidos." A.I, apenas.
Trata-se de: B.I e II, apenas.
A.projeto de lei financeira. C.I e III, apenas.
B.exposição de motivos. D.II e III, apenas.
C.memorando. E.I, II e III.
D.lei ordinária.
E.proposta de emenda à Constituição. 36 - A respeito do Memorando, as afirmativas a seguir estão
corretas, à exceção de uma. Assinale-a.
32 - Determinados atributos da redação oficial decorrem do A.É a modalidade de comunicação entre unidades
próprio artigo 37 da Constituição. Esses atributos são: administrativas, de um mesmo órgão, que estejam
A.impessoalidade e uso do padrão culto de linguagem, que hierarquicamente em mesmo nível.
desobrigam emprego de concisão. B.Pode ter caráter meramente administrativo ou ser
B.formalidade e uniformidade, que são garantidos pelo empregado para a exposição de projetos, ideias etc.
chamado "burocratês". C.Caracteriza-se pela agilidade, sua característica principal.
C.impessoalidade, uso do padrão culto de linguagem, D.Tramita em qualquer órgão com rapidez, graças à
clareza, concisão, formalidade e uniformidade. simplicidade de seus procedimentos burocráticos.
D.clareza e concisão, que devem ser garantidos até mesmo E.Deve conter os despachos no próprio documento ou no
em contraposição ao uso do padrão culto de linguagem. caso de falta de espaço, em folha de continuação.
E.impessoalidade, que, sozinha, garante qualquer outro
atributo da redação oficial. 37 - Acerca de comunicações oficiais, assinale (V) para a
afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.
33 - A redação das comunicações oficiais deve, antes de ( ) Há três tipos de expedientes que se diferenciam antes
tudo, seguir os preceitos estabelecidos no Manual de pela finalidade do que pela forma: o ofício, o aviso e a
Redação da Presidência da República. Nele estão previstas, circular.
entre outras, as modalidades ofício e memorando. Sobre ( ) Nos documentos do padrão ofício, deve ser utilizada,
eles, leia as afirmativas e assinale a incorreta. preferencialmente, fonte do tipo Times New Roman de corpo
A.O ofício tem como finalidade o tratamento de assuntos 20 no texto em geral, 16 nas citações e 12 nas notas de
oficiais pelos órgãos da Administração Pública entre si e, rodapé.
também, com particulares. ( ) O ofício é expedido exclusivamente por Ministros de
B.Devem constar do cabeçalho ou do rodapé do ofício as Estado para autoridades de mesma hierarquia, ao passo
seguintes informações do remetente: nome do órgão ou que o aviso é expedido para e pelas demais autoridades.
setor; endereço postal; telefone e endereço de correio As afirmativas são, respectivamente, de cima para baixo:
eletrônico. A.V, V e V.
C.O memorando, de acordo com o que pretende expor, B.V, F e V.
apresenta duas formas básicas de estrutura: uma para C.V, V e F.
aquela que tenha caráter exclusivamente informativo e outra D.F, V e F.
para a que proponha alguma medida ou submeta projeto de E.F, F e F.
ato normativo.
D.O memorando pode ter caráter meramente administrativo 38 - A modalidade de comunicação interna entre unidades
ou ser empregado para expor projetos, ideias, diretrizes que administrativas de um mesmo órgão, que podem estar
serão adotados por determinado setor do serviço público. hierarquicamente em um mesmo nível ou em níveis
Para evitar desnecessário aumento do número de diferentes, é denominada
comunicações, os despachos ao memorando devem ser A.ofício.
dados no próprio documento e, no caso de falta de espaço, B.aviso.
em folha de continuação. C.protocolo.
E.Quanto à sua forma, o memorando (forma de D.memorando.
comunicação eminentemente interna) segue o modelo do E.ata.
D.o aviso é expedido por autoridades da esfera federal, para
39 - Qual a principal modalidade de comunicação dirigida ao autoridades de outras hierarquias, ao passo que o ofício é
Presidente da República pelos Ministros e Secretários e que expedido para e pelos Ministros de Estado.
através da qual, em certos casos, pode ser encaminhada E.o aviso é expedido exclusivamente pelas unidades
cópia ao Congresso Nacional ou ao Poder Judiciário? administrativas de um mesmo órgão, enquanto que o ofício
A.Moção. é expedido pelos cidadãos que procuram o serviço público.
B.Instrução.
C.Proposição. 45 - São características da redação oficial, EXCETO:
D.Exposição de motivos. A.prolixidade.
B.padronização.
40 - Na identificação dos signatários em comunicações C.simplicidade de expressão.
oficiais, o Manual de Redação da Presidência da República D.impessoalidade.
(Brasília, 2002) recomenda não deixar a assinatura em E.clareza.
página isolada do expediente. Nesse sentido, o Manual faz a
seguinte recomendação adicional: 46 - Com relação às formas de tratamento em
A.Aumentar a tabulação da página. correspondências oficiais, considere as seguintes
B.Diminuir o espaçamento do cabeçalho e do rodapé da afirmativas:
página. 1. Por denotar respeito, a forma de tratamento “doutor” pode
C.Transferir para essa página ao menos a última frase ser empregada mesmo no caso de o destinatário não ter
anterior ao fecho. obtido esse grau em curso universitário.
D.Reduzir o número total de signatários para que o fecho 2. O fecho de uma comunicação cujo destinatário é
seja redigido junto com o expediente. autoridade hierarquicamente superior é “respeitosamente”.
3. O vocativo a ser empregado em comunicações
41 - endereçadas a deputados federais e senadores é
“Excelentíssimo Senhor”.
Assinale a alternativa correta.
A.Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
B.Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
A que tipo de comunicação oficial o enunciado se refere? C.Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
A.Portaria. D.Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
B.Memorial. E.As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
C.Mensagem.
D.Recomendação. 47 - Sobre memorandos, considere as seguintes afirmativas:
1. Por ser uma modalidade de comunicação eminentemente
42 - Conforme orientações para elaboração da redação interna, a linguagem do memorando não precisa ser formal.
oficial, estabelece-se o emprego de apenas dois fechos 2. Havendo espaço, os despachos aos memorandos devem
diferentes para todas as modalidades de comunicação ser feitos no próprio documento.
oficial. Assinale a alternativa que indica, respectivamente, o 3. Memorandos são uma modalidade restrita à comunicação
fecho correto utilizado para autoridades superiores, inclusive entre unidades administrativas de mesma hierarquia
o Presidente da República, e o fecho para autoridades de . Assinale a alternativa correta.
mesma hierarquia ou de hierarquia inferior. A.Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
A.Cordialmente e Atenciosamente. B.Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
B.Cordialmente e Respeitosamente. C.Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
C.Atenciosamente e Respeitosamente. D.Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
D.Respeitosamente e Cordialmente. E.As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
E.Respeitosamente e Atenciosamente.
48 - Com base no que dispõe o Manual de Redação da
43 - A redação de atos oficiais precisa ser exercida por meio Presidência da República, analise as afirmativas a seguir.
de regras que disciplinam toda a atuação pública, de forma I. A redação oficial deve caracterizar-se pela
que se permita uma única interpretação e que deve impessoalidade, pelo uso do padrão culto de linguagem,
caracterizar-se pela pela clareza, pela concisão, pela formalidade e pela
A.coerência, concisão, parcialidade, objetividade e uniformidade, embora esses atributos não decorram da
informalidade. Constituição Federal.
B.formalidade, impessoalidade, racionalidade, II. Os pronomes de tratamento apresentam certas
temporalidade e legibilidade. peculiaridades quanto à concordância, pois, embora se
C.clareza, informalidade, subjetividade, cordialidade e refiram à segunda pessoa gramatical, levam a concordância
uniformidade. para a terceira pessoa.
D.impessoalidade, clareza, concisão, formalidade e III. O memorando é uma forma de comunicação
uniformidade. eminentemente interna, por ser a modalidade de
E.concisão, legibilidade, neutralidade, pessoalidade e comunicação entre unidades administrativas de um mesmo
eventualidade. órgão, que podem estar hierarquicamente em mesmo nível
ou em níveis diferentes.
44 - De acordo com as normas da redação oficial, o Aviso e IV. Orações reduzidas são aquelas em que o verbo está em
o Ofício são modalidades de comunicação oficial uma das três formas nominais — infinitivo, particípio e
praticamente idênticas. A única diferença entre eles é que gerúndio — e, por isso, possuem classificações diferentes
A.o aviso é expedido exclusivamente pelos Presidentes das das que recebem as orações subordinadas desenvolvidas.
Câmaras Legislativas Municipais, e o ofício é expedido para Está correto o que se afirma em:
e pelos Secretários Municipais. A.I e II, somente.
B.o aviso é expedido exclusivamente pelos Secretários- B.II e III, somente.
Executivos dos Ministérios para os Secretários Estaduais e C.III e IV, somente.
Municipais, e o ofício é expedido pelas demais autoridades. D.I e III, somente.
C.o aviso é expedido exclusivamente por Ministros de E.I e IV, somente.
Estado, para autoridades de mesma hierarquia, ao passo
que o ofício é expedido para e pelas demais autoridades.
49 - “Comunicação escrita, formal e cerimoniosa, utilizada C.Margens, Abreviaturas, Registro, Formalidade,
no serviço público, trocada entre autoridades da mesma Encerramento.
função ou cargos inferiores, para seus superiores D.Nenhuma das alternativas.
hierárquicos, com o propósito de fazer uma solicitação ou
reivindicação oficial.” Essa é uma definição de: 55 - A redação oficial é caracterizada pela impessoalidade,
A.Ofício uso do padrão culto de linguagem, clareza, concisão,
B.Ofício de Notas formalidade e uniformidade. Assinale a alternativa
C.Carta CORRETA sobre concisão:
D.Comunicação Interna A.A necessidade de empregar determinado nível de
linguagem nos atos e expedientes oficiais decorre, de um
50 - Considere a seguinte introdução de um documento lado, do próprio caráter público desses atos e
oficial: comunicações; de outro, de sua finalidade.
B.As comunicações oficiais devem ser sempre formais, isto
é, obedecem a certas regras de forma: além das já
mencionadas exigências de impessoalidade e uso do padrão
culto de linguagem, é imperativo, ainda, certa formalidade de
tratamento.
Esse trecho é ilustrativo de um documento denominado C.É o texto que consegue transmitir um máximo de
A.circular, mas faltam-lhe o título e o vocativo. informações com um mínimo de palavras. Para que se redija
B.ata, mas falta-lhe o localizador espacial. com essa qualidade, é fundamental que se tenha, além de
C.circular, mas falta-lhe o título. conhecimento do assunto sobre o qual se escreve, o
D.ata, mas faltam-lhe os localizadores temporais. necessário tempo para revisar o texto depois de pronto. É
nessa releitura que muitas vezes se percebem eventuais
51 - Ao redigir um ofício, o secretário de um órgão público redundâncias ou repetições desnecessárias de ideias.
utilizou a seguinte construção: D.Nenhuma das alternativas.

55 - De acordo com o Manual de Redação Oficial, há três


Em um ofício, essa construção faz parte tipos de expedientes que se diferenciam antes pela
A.do fecho, mas essa redação é considerada em desuso. finalidade do que pela forma:
B.da introdução, e a redação é considerada de uso corrente. A.O ofício, o aviso e o memorando.
C.do cabeçalho, e a redação é considerada de uso corrente. B.O Signatário, o ofício e o aviso.
D.da identificação, mas essa redação é considerada em C.O aviso, o memorando e a mensagem.
desuso. D.Nenhuma das alternativas.

52 - Em um órgão público, o chefe de um setor solicita a um 56 - A impessoalidade denota o caráter do assunto tratado,
funcionário a narração escrita de um fato ocorrido. Para que são questões que dizem respeito ao interesse público.
atender, de modo coerente, à solicitação do chefe, esse A.Sistema Binário.
funcionário deve produzir B.Sistema Decimal.
A.um memorando. C.Sistema Hexadecimal.
B.um relatório. D.Sistema Octal.
C.uma portaria.
D.uma procuração. 57 - Assinale a única alternativa INCORRETA sobre a
impessoalidade na correspondência oficial.
53 - Com relação as correspondências oficiais em sua A.A impessoalidade deve-se ao fato de sempre haver um
redação deve ser observado o seguinte: Analise as destinatário concebido de forma homogênea e impessoal.
afirmativas abaixo: B.A impessoalidade nos assuntos que constam das
I – evitar o uso de termos e expressões de caráter coletivo, comunicações oficiais decorre da ausência de impressões
pois a comunicação oficial é feita em nome do Serviço individuais de quem comunica.
Público e dirigida à coletividade; C.A impessoalidade da correspondência oficial se
II – uso do padrão culto da linguagem; assemelha à utilizada em textos literários, em que a
III – texto conciso que transmita o máximo de informações individualidade de quem a elabora fica aparente.
com o mínimo de palavras, livre de expressões ou palavras D.A impessoalidade denota o caráter do assunto tratado,
desnecessárias ou redundantes que nada lhe acrescenta; que são questões que dizem respeito ao interesse público.
IV – uso de expressões complexas que possibilitem imediata
compreensão pelo leitor; 58 - Qual é um dos principais atrativos da comunicação por
V – formalidade e uniformidade adequada à finalidade da correio eletrônico, de modo que não há interesse em definir
comunicação; forma rígida para sua estrutura, ainda que se deva evitar o
VI – uso da linguagem técnica apenas em situações que a uso de linguagem incompatível com uma comunicação
exijam; oficial?
Estão CORRETAS as afirmativas: A.Flexibilidade.
A.I , III, IV , V e VI. B.Transitividade.
B.II, III, V e VI. C.Coesão literária.
C.III, IV e VI. D.Irreversibilidade.
D.Nenhuma das alternativas.
CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO
54 - A finalidade de uma ata é certificar oficialmente um fato,
podendo ser ata informal ou formal. Assinale a alternativa 01 - Dentre os crimes praticados contra a Administração
que constitui as partes de ata formal: Pública, importa em peculato:
A.Abertura, Legalidade, Expediente ,Ordem do dia, A.Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,
Encerramento ,Registro das decisões. ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em
B.Data, local, horário de início e fim da reunião, Pessoas razão dela, vantagem indevida.
presentes e seus cargos, Pauta da reunião, Discussões, B.Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou
Registro das decisões, Compromissos. indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-
la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar I. O preso que foge do presídio, aproveitando-se de um
promessa de tal vantagem. descuido dos policiais, não responde por nenhum delito
C.Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de relacionado à sua fuga.
ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para II. A ação de várias pessoas, retirando, mediante violência,
satisfazer interesse ou sentimento pessoal. pessoa presa da guarda da escolta que o tinha sob custódia,
D.Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou para fins de linchamento, caracteriza o delito de
qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem arrebatamento de preso.
a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito III. A conduta do preso que permite ao seu companheiro de
próprio ou alheio. cela assumir sua identidade e assim se apresentar ao
E.Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar carcereiro encarregado de dar cumprimento a alvará de
subordinado que cometeu infração no exercício do cargo ou, soltura, logrando êxito em fugir, não comete nenhum delito,
quando lhe falte competência, não levar o fato ao pela ausência de grave ameaça ou violência à pessoa.
conhecimento da autoridade competente. Está correto o que consta SOMENTE em
A.
02 - Não constitui crime contra a administração pública: III.
A.Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de B.
ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa da lei, para I e III.
satisfazer interesse ou sentimento pessoal C.
B.Devassar o sigilo de proposta de concorrência pública, ou II e III.
proporcionar a terceiro o ensejo de devassa-lo D.
C.Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou I.
imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de E.
mercadorias I e II.
D.Utilizar ou divulgar, indevidamente, com o fim de
beneficiar a si ou a outrem, ou de comprometer a 07 - O Peculato trata-se de um crime previsto no Código
credibilidade do certame, conteúdo sigiloso de concurso Penal Brasileiro próprio de funcionário público (aquele que,
público embora transitoriamente ou sem remuneração, exerce
E.Desobedecer à ordem legal de funcionário público cargo, emprego ou função pública) contra a Administração
Pública: O crime de peculato acontece:
03 - Quanto aos crimes contra a Administração Pública, é A.
INCORRETO afirmar: quando o funcionário público se apropria ou concorre para a
A.O emprego irregular de verbas ou rendas públicas apropriação de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
acarreta pena de detenção ou multa. público ou particular, de que tem a posse em razão do
B.Pode ocorrer crime de excesso de exação ainda que o cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.
tributo ou contribuição social sejam devidos. B.
C.Considera-se funcionário público, para efeitos penais, quando o funcionário público, que exerce cargo
aquele que exerce cargo, emprego ou função pública, comissionado, deixe de comparecer em seu local de
mesmo que sem remuneração. trabalho por trinta dias sem prévia comunicação ou
D.Quando o autor do crime ocupar cargo em comissão, a justificativa ao seu superior.
pena será reduzida em um sexto. C.
E.Haverá extinção da punibilidade no peculato culposo quando o funcionário público por questões pessoais usa de
quando o dano for reparado antes de sentença irrecorrível. falso testemunho contra outro funcionário, calar a verdade
ou prestar queixa ou denúncia que sabe-se ser falsa.
04 - De acordo com Noções de Direito Penal – Dos crimes D.
contra a Administração Pública, artigo 321, patrocinar, direta quando o funcionário público pratica ato desabonador contra
ou indiretamente, o interesse privativo perante a o Presidente da República ou chefe de governo estadual ou
administração pública, valendo-se da qualidade de municipal na presença de várias pessoas ou por meio que
funcionário, terá como penalidade facilite sua divulgação.
A. E.
detenção, de 1 (um) a 4 (quatro) anos. quando o funcionário público tem uma conduta voluntária,
B. sem intenção de produzir o resultado ilícito, porém,
reclusão, de 2 (dois) a 3 (três) meses. previsível, que poderia ser evitado. A conduta deve ser
C. resultado de negligência, imperícia ou imprudência.
reclusão, de 1 (um) a 3 (três) meses, e multa.
D. 08 - A respeito dos crimes contra a administração pública,
detenção, de 1 (um) a 3 (três) meses, ou multa. assinale a opção correta.
A.Pratica crime de denunciação caluniosa aquele que
05 - O funcionário público que, embora não tendo a posse registra ocorrência policial de crime que sabe não ter sido
do dinheiro, valor ou bem, o subtrai, em proveito próprio ou cometido, provocando a autoridade policial a instaurar
alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona a inquérito policial.
qualidade de funcionário: B.A pena prevista para o crime de falsa perícia, quer em
A. processo cível, quer em processo criminal, é a mesma, sem
comete crime de prevaricação. incidência de agravante. O fato deixa de ser punível se,
B. antes da sentença, no processo referente ao ilícito, o perito
não comete crime contra a Administração Pública. se retratar ou declarar a verdade.
C. C.O agente penitenciário que deixa de cumprir o seu dever
comete crime de peculato culposo. de proibir ao preso o acesso de aparelho telefônico que lhe
D. permita a comunicação com o ambiente externo não pratica
comete crime de peculato doloso. crime, mas deve responder por infração administrativa
E. prevista em lei.
comete crime de excesso de exação. D.Considera-se funcionário público, para efeitos penais,
quem exerça cargo, emprego ou função pública, excluídos
06 - A respeito dos Crimes contra a Administração Pública, os que trabalhem para empresa prestadora de serviço
considere:
contratada ou conveniada para a execução de atividade Compete à justiça estadual processar e julgar sujeito ativo
típica da administração pública. de crime de uso de documento falso, praticado mediante a
E.Constitui crime oferecer, ainda que indiretamente, dinheiro apresentação de documentação falsa a um PRF.
a funcionário público estrangeiro para que ele pratique ato B.
de ofício relacionado a transação comercial internacional. A legislação em vigor acerca do tráfico ilícito de
entorpecente possibilita ao condenado por tráfico ilícito de
09 - Em relação aos crimes contra a administração pública, entorpecente, desde que seja réu primário, com bons
assinale a opção correta antecedentes e que não se dedique às atividades criminosas
A. nem integre organização criminosa, a redução de um sexto
O delegado que deixa de instaurar inquérito policial para a dois terços de sua pena, bem como a conversão desta em
satisfazer interesse pessoal comete o crime de penas restritivas de direitos, desde que cumpridos os
favorecimento pessoal. mesmos requisitos exigidos para a redução da pena.
B. C.
A pessoa que solicita determinada quantia a pretexto de Pratica crime contra a honra e não desacato o sujeito ativo
influir em ato praticado por policial pratica advocacia que manda uma carta para a residência de um PRF,
administrativa afirmando que este é o "maior apropriador do dinheiro
C. público".
O delegado que deixa de responsabilizar subordinado que D.
cometeu infração no exercício do cargo pratica crime de Compete à justiça militar processar e julgar militar por crime
condescendência criminosa de abuso de autoridade, desde que este tenha sido
D. praticado em serviço.
O policial que solicita para si determinada quantia em razão E.
da função que exerce pratica crime de concussão A corrupção é crime necessariamente bilateral, de forma que
E. a configuração da corrupção passiva dependerá da
Comete crime de desobediência o agente público que deixa existência do crime de corrupção ativa.
de cumprir seu dever de vedar o acesso a telefone celular,
permitindo ao preso a comunicação externa. 13 - Prevaricação é crime contra a Administração Pública,
previsto no Código Penal vigente, e significa
10 - Os Crimes contra a Administração Pública, estão A.
previstos nos artigos 312 a 359-H. Em relação a esses apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor, ou
crimes, é correto afirmar que constituem crimes contra a qualquer outro bem móvel, público ou particular, de quem
administração da justiça o que se segue: tem a posse em razão do cargo, ou desvia-lo em proveito
A. próprio ou alheio.
corrupção ativa em transação comercial internacional, que B.
consiste em prometer, oferecer ou dar, direta ou exigir para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda
indiretamente, vantagem indevida a funcionário público que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão
estrangeiro ou a terceira pessoa, para determiná-lo a dela, vantagem indevida.
praticar, omitir ou retardar ato de ofício relacionado à C.
transação comercial internacional. retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício,
B.favorecimento pessoal, que consiste em auxiliar a se ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para
subtrair à ação de autoridade pública autor de crime a que é satisfazer interesse ou sentimento pessoal.
cominada pena de reclusão. D.
C. solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou
subtração ou inutilização de livro ou documento que consiste indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-
em subtrair, ou inutilizar, total ou parcialmente, livro oficial, la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar
processo ou documento confiado à custódia de funcionário, promessa de tal vantagem.
em razão de ofício, ou de particular em serviço público. E.
D. abandonar cargo público fora dos casos permitidos por lei.
impedimento, perturbação ou fraude de concorrência, que 14 - Acerca dos crimes contra a administração pública,
consiste em impedir, perturbar ou fraudar concorrência assinale a opção correta.
pública ou venda em hasta pública, promovida pela A.Para a configuração do peculato é irrelevante serem
administração federal, estadual ou municipal, ou por particulares os bens apropriados ou desviados, pois basta a
entidade paraestatal; afastar ou procurar afastar concorrente posse da coisa em razão do cargo, ainda que sua
ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou propriedade seja de particular.
oferecimento de vantagem. B.No crime de concussão, a vantagem exigida deve
E. beneficiar o próprio agente, não se configurando o delito
corrupção ativa que consiste em oferecer ou prometer caso a vantagem indevida venha a beneficiar terceiro.
vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a C.Em nenhuma hipótese, restará configurado o crime de
praticar, omitir ou retardar ato de ofício. excesso de exação quando ficar constatado que o tributo ou
a contribuição social exigido pelo funcionário era legalmente
11 - Segundo o Código Penal, são crimes contra a devido.
Administração Pública: D.Se, por negligência, o funcionário, indevidamente, deixar
A.corrupção ativa, corrupção passiva e estelionato. de praticar ato de ofício ou praticá-lo contra disposição
B.furto, advocacia administrativa e desacato. expressa de lei, ele responderá pelo crime de prevaricação,
C.apropriação indébita, roubo e desobediência. sem prejuízo das sanções administrativas pertinentes.
D.abandono de função, prevaricação e receptação.
E.resistência, peculato e concussão. LEI DE IMPROBIDADE ADMNISTRATIVA – LEI 8429/92

12 - Acerca dos crimes contra a administração pública, do 01 - Conforme o art. 10 da Lei nº 8.429/1992, assinale a
abuso de autoridade, do tráfico ilícito de entorpecentes e da alternativa que apresenta uma conduta que se enquadra
competência, assinale a opção correta. como ato de improbidade administrativa que causa prejuízo
A. ao erário.
A.Frustrar a licitude de concurso público.
B.Revelar ou permitir que chegue ao conhecimento de A.Aplica-se apenas aos servidores públicos integrantes da
terceiro, antes da respectiva divulgação oficial, teor de administração direta, indireta ou fundacional de qualquer dos
medida política ou econômica capaz de afetar o preço de Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
mercadoria, bem ou serviço. municípios.
C.Perceber vantagem econômica para intermediar a B.Os agentes públicos de qualquer nível ou hierarquia são
liberação ou aplicação de verba pública de qualquer obrigados a velar pela estrita observância dos princípios de
natureza. legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade no
D.Aceitar emprego, comissão ou exercer atividade de trato dos assuntos que lhe são afetos.
consultoria ou assessoramento para pessoa física ou C.Quando o ato de improbidade causar lesão ao patrimônio
jurídica que tenha interesse suscetível de ser atingido ou público ou ensejar enriquecimento ilícito, caberá à
amparado por ação ou omissão decorrente das atribuições autoridade administrativa responsável pelo inquérito
do agente público, durante a atividade. representar à Polícia Federal para a indisponibilidade dos
E.Permitir, facilitar ou concorrer para que terceiro se bens do indiciado.
enriqueça ilicitamente. D.Constitui ato de improbidade o percebimento de vantagem
econômica para intermediar a liberação ou aplicação de
02 - De acordo com a Lei de Improbidade Administrativa, verba pública de qualquer natureza.
sua jurisprudência e doutrina, assinale a alternativa correta. E.Constitui ato de improbidade o recebimento de vantagem
A.Reputa-se agente público, para os efeitos de improbidade econômica de qualquer natureza, direta ou indiretamente,
administrativa, todo aquele que exerça cargo, emprego ou para omitir ato de ofício, providência ou declaração a que
função na Administração Pública, exceto se transitoriamente esteja obrigado.
ou sem remuneração.
B.As disposições da Lei de Improbidade são aplicáveis 06 - Imagine que, hipoteticamente, um servidor da Câmara
exclusivamente àquele que, mesmo não sendo agente Municipal de São José dos Campos dispense,
público, concorra para a prática do ato de improbidade ou indevidamente, a realização de um processo licitatório e
dele se beneficie, desde que de forma direta. efetue uma compra direta. Esse servidor, nos termos da Lei
C.O magistrado não está obrigado a aplicar Federal no 8.429/92, praticou, em tese,
cumulativamente todas as penas previstas pela Lei de A.ato de improbidade administrativa que atenta contra os
Improbidade, podendo, mediante adequada fundamentação, princípios da Administração Pública.
fixá-las e dosálas segundo a natureza, a gravidade e as B.ato de improbidade administrativa que importa
consequências da infração. enriquecimento ilícito.
D.Se, no caso concreto, há apenas indícios de improbidade C.ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao
administrativa, as instâncias ordinárias não podem decretar erário.
a quebra do sigilo bancário. D.ato de improbidade administrativa decorrente de aplicação
E.O Ministério Público, se não intervir no processo como indevida de benefício financeiro ou tributário.
parte, atuará obrigatoriamente, como fiscal da lei, sob pena E.uma conduta que não pode ser punida como ato de
de multa. improbidade administrativa.

03 - Conforme disposto na Lei nº 8.429, de 2 de junho de 07 - Considere hipoteticamente que a entidade “Y”, que
1992, reputa-se agente público, para os efeitos desta lei, recebe subvenção e subsídios do Governo Federal, tenha
aquele que: tido seu sistema eletrônico de controle de arrecadação
A.exerce transitoriamente função no Estado de Roraima. fraudado por empregado seu, com auxílio de terceiro,
B.exerce, desde que com remuneração, cargo na União. conluio que permitiu o desvio, por anos, de centavos das
C.exerce, exceto se transitoriamente, por designação, cargo receitas arrecadadas pela entidade “Y”. A partir do que
no Município de Boa Vista. estabelece a Lei no 8.429/1992 (LIA),
D.exerce, transitoriamente, desde que com remuneração, A.as condutas descritas não configuram ato de improbidade
emprego no Estado de Roraima. em qualquer de suas modalidades, pois a entidade “Y” não
E.exerce, desde que com remuneração, por nomeação, tem finalidade lucrativa, elemento normativo do tipo do ato
cargo em empresa incorporada ao patrimônio público do de improbidade.
Estado de Roraima. B.apenas a conduta do empregado da pessoa jurídica
04 - O Ministério Público de determinado Estado ingressou configura ato de improbidade, não a do terceiro, que não
com ação de improbidade administrativa contra agente mantém vínculo de qualquer natureza com a entidade “Y”,
público, requerendo, dentre outros pedidos, o ressarcimento que recebe subsídios públicos.
de dano por ter havido lesão ao patrimônio público. Em sua C.nenhuma das condutas configura ato de improbidade, em
defesa, sustentou o citado agente que sua conduta foi razão de não terem sido praticadas por agente público,
omissiva e culposa, pleiteando, assim, a improcedência da qualidade essencial para configuração do referido ilícito.
demanda. Nos termos da Lei de Improbidade Administrativa D.ambas as condutas configuram, em tese, ato de
(Lei no 8.429/1992), improbidade, pois foram praticadas contra o patrimônio de
A.o ressarcimento de dano causado ao erário não pode ser entidade que recebe recursos públicos.
pleiteado em ação de improbidade, devendo ser manejada E.as condutas do empregado da entidade e do terceiro
ação autônoma para tanto, sendo imprescindível para a configuram, em tese, ato de improbidade, desde que reste
condenação que a conduta do agente seja dolosa e demonstrado, além do prejuízo à entidade, o correspondente
omissiva. enriquecimento ilícito.
B.a conduta omissiva afasta a obrigação de reparar o dano
causado, independentemente de dolo ou culpa. 08 - Considere que, hipoteticamente, um integrante de
C.a conduta culposa afasta a obrigação de reparar o dano Comissão de Licitação do Poder Judiciário federal tenha
causado, independentemente de ter sido cometida por ação percebido vantagem econômica para liberar, antes de sua
ou omissão. publicação, cópia de edital de licitação de obra pública a
D.apenas a conduta omissiva e culposa afasta a determinada empresa interessada em participar do certame.
obrigatoriedade de reparar o dano causado. A conduta do membro da Comissão
E.a tese da defesa não afasta a obrigatoriedade de reparar o A.não configura ato de improbidade, pois, para tanto, é
dano causado. necessário prova de efetivo prejuízo à competitividade.
B.não configura ato de improbidade, por se tratar de conduta
05 - Quanto à Lei de Improbidade Administrativa, é praticada por servidor do Poder judiciário, ao qual não se
INCORRETO afirmar que: aplica a denominada Lei de improbidade administrativa.
C.configura ato de improbidade administrativa, que causa responsabilizado por ato de improbidade porque é servidor
prejuízo ao erário, punível na modalidade culposa ou dolosa. público;
D.somente configurará ato de improbidade administrativa na E.Almir e Adir não podem responder por ato de improbidade
hipótese de haver acréscimo do preço ofertado que decorra administrativa, porque não ostentam a qualidade de agentes
do conhecimento prévio do edital. políticos.
E.configura ato de improbidade administrativa, punível na
modalidade dolosa e, na culposa, apenas se houver 12 - João, Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça de
comprovação de prejuízo. Alagoas, lotado em determinada Vara Criminal, revelou fato
de que tinha ciência em razão das suas atribuições,
09 - De acordo com a Lei no 8.429/1992, constitui ato de consistente no teor do depoimento de determinada
improbidade administrativa que importa enriquecimento testemunha em ação penal de grande repercussão social
ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida que tramita em segredo de justiça, ainda em fase de
em razão do exercício de cargo público efetivo na instrução.
Administração Indireta, especificamente, De acordo com as disposições da Lei nº 8.429/92, João:
A.liberar recursos de parcerias firmadas pela administração A.não cometeu ato de improbidade administrativa, porque
pública com entidades privadas sem a estrita observância não houve efetivo prejuízo ao erário, mas deve responder
das normas pertinentes ou influir de qualquer forma para a em âmbito disciplinar;
sua aplicação irregular. B.não cometeu ato de improbidade administrativa, porque
B.ordenar ou permitir a realização de despesas não está ausente o especial fim de agir do agente, consistente
autorizadas em lei ou regulamento. em seu enriquecimento ilícito;
C.realizar operação financeira sem observância das normas C.não cometeu ato de improbidade administrativa, porque
legais e regulamentares ou aceitar garantia insuficiente ou não faz parte do Poder Executivo ou Legislativo, mas deve
inidônea. responder em âmbito disciplinar;
D.agir negligentemente na arrecadação de tributo ou renda, D.cometeu ato de improbidade administrativa, sem prejuízo
bem como no que diz respeito à conservação do patrimônio dos demais reflexos nas esferas criminal e administrativo-
público. disciplinar;
E.exercer atividade de consultoria para pessoa jurídica que E.cometeu ato de improbidade administrativa, desde que se
tenha interesse suscetível de ser atingido ou amparado por comprove nexo causal entre a conduta do servidor e efetivo
omissão decorrente das atribuições do agente público, dano ao erário.
durante a atividade.
13 - Superintendente de Autarquia estadual X concedeu à
10 - Servidor que lança mão de seu cargo para viabilizar empresa de turismo Y licença para que realizasse transporte
acesso a informações privilegiadas referentes a concurso fretado de passageiros, dispensando-a, no mesmo ato, em
público razão de relação de amizade próxima com o seu diretor, do
A.comete ato de improbidade, na modalidade que gera pagamento da taxa exigida para o exercício do poder de
enriquecimento ilícito, dispensado, portanto, dolo para sua polícia em questão. Ao assim proceder, o referido agente
configuração. público
B.incide em ato de improbidade que gera prejuízo ao erário, A.praticou ato de improbidade administrativa, que, no
ainda que não comprovados referidos danos, porque entanto, não é punível, em razão da sua natureza, com
presumidos pela gravidade da conduta. perda da função pública e suspensão dos direitos políticos.
C.incide em ato de improbidade que gera prejuízo ao erário, B.não praticou ato de improbidade, pois a licença é ato
sendo indispensável a prova do dolo no cometimento da administrativo vinculado, razão por que, preenchidos os
ação antijurídica. requisitos para concessão, não poderia negá-la.
D.comete ato de improbidade se o faz dolosamente, C.praticou ato de improbidade administrativa que causa
elemento subjetivo essencial à configuração de todas as lesão ao erário, punível, inclusive, com perda da função
modalidades de conduta improba. pública e suspensão dos direitos políticos.
E.incide em ato de improbidade que atenta contra os D.não praticou ato de improbidade, pois a Lei no 8.429/1992
princípios da Administração, que exige prova de dolo, ainda tem seu campo de incidência restrito aos servidores públicos
que este elemento subjetivo não venha a ser imprescindível da Administração pública direta.
para a responsabilização do servidor em outras esferas. E.praticou ato de improbidade administrativa que causa
lesão ao erário, punível, exclusivamente, com a perda da
11 - Almir, servidor público da Câmara Municipal de Salvador função pública e suspensão dos direitos políticos.
e membro da comissão permanente de licitação, valendo-se
de seu cargo, em conluio com seu amigo Adir, que não é 14 - Considerando o disposto na Lei no 8.429/92 e no
servidor público, frustrou a licitude de processo licitatório no Estatuto de Ética Profissional do Servidor do TRT da 6a
âmbito do legislativo municipal. A fraude praticada fez com Região, o servidor que fornecer informações sigilosas a um
que a sociedade empresária de que Adir é sócio- licitante, dando-lhe conhecimento de fatos que lhe conferem
administrador saísse vencedora no certame e celebrasse vantagem na participação do certame,
contrato superfaturado. A.pratica ato de improbidade que gera enriquecimento ilícito,
Na hipótese descrita, no que concerne ao sujeito ativo do o que absorve eventual infração disciplinar no caso de
ato de improbidade administrativa, de acordo com as conduta dolosa.
disposições da Lei nº 8.429/92: B.pratica conduta antiética, mas não incorre em ato de
A.Almir deve responder por ato de improbidade improbidade, para cuja configuração é indispensável a
administrativa, mas Adir não pode ser responsabilizado por demonstração de prejuízo ao erário.
ato de improbidade porque não é servidor público; C.pratica ato de improbidade, na modalidade que causa
B.ambos devem ser responsabilizados por ato de prejuízo ao erário, dispensada prova do dolo e sem prejuízo
improbidade administrativa, seja o agente público Almir, seja da configuração de conduta antiética.
o particular Adir que concorreu e se beneficiou do ato; D.deve ser processado por ato de improbidade e, após a
C.Almir e Adir não podem responder por ato de improbidade apuração da conduta, poderá ser iniciado processo
administrativa, porque não ostentam a qualidade de disciplinar por conduta antiética e violação dos deveres
ordenador de despesas; profissionais.
D.Adir deve responder por ato de improbidade administrativa E.pode ser processado por ato de improbidade na
porque causou dano ao erário, mas Almir não pode ser modalidade que causa prejuízo ao erário, desde que seja
comprovada conduta dolosa do servidor, ficando afastada a C.tipifica infração disciplinar, dado o vínculo funcional
necessidade de processo por conduta antiética. existente com o Tribunal, de caráter estatutário, ainda que
em caráter temporário.
15 - Com fundamento na urgência foi dispensada, pela D.tipifica ato de improbidade, na modalidade que gera
Administração pública, a realização de chamamento público enriquecimento ilícito, considerando-se demonstrada a
para celebração de termo de colaboração com entidade conduta dolosa.
privada, sem fins lucrativos, que receberia, para execução E.dispensa prova de dolo, considerando que os atos de
do objeto da avença, recursos públicos. Posteriormente, improbidade são tipificados mediante conduta culposa e
verificou-se não só a inexistência do pressuposto fático que prova de prejuízo ao erário.
fundamentou a dispensa como a existência de conluio entre
o administrador público competente para assinar o juste e o 18 - Frente ao que dispõe a Lei de Improbidade
dirigente da entidade, com a finalidade de frustrar a Administrativa, assinale a alternativa INCORRETA.
realização do processo seletivo exigível na hipótese. À luz A.Qualquer pessoa poderá representar à autoridade
da Lei de Improbidade Administrativa, administrativa competente para que seja instaurada
A.tanto a conduta do administrador público como do investigação destinada a apurar a prática de ato de
dirigente da entidade constituem, em tese, ato de improbidade. A representação, que será escrita ou reduzida
improbidade administrativa, causador de lesão ao erário, a termo e assinada, conterá a qualificação do representante,
punível em caso de dolo ou de culpa. as informações sobre o fato e sua autoria e a indicação das
B.responde por improbidade administrativa, provas de que tenha conhecimento.
independentemente da comprovação de dolo, o B.Constitui crime a representação por ato de improbidade
administrador público, não configurando ato de improbidade contra agente público ou terceiro beneficiário, quando o
a conduta do dirigente da entidade, que não mantém vínculo autor da denúncia o sabe inocente.
empregatício com a Administração pública. C.A perda da função pública e a suspensão dos direitos
C.tanto a conduta do administrador público como do políticos só se efetivam com o trânsito em julgado da
dirigente da entidade não constituem ato de improbidade, sentença condenatória. Mas a autoridade judicial ou
por falta de previsão em Lei, em razão da natureza da administrativa competente poderá determinar o afastamento
relação jurídica estabelecida formalmente entre a do agente público do exercício do cargo, emprego ou
Administração pública e a organização da sociedade civil. função, sem prejuízo da remuneração, quando a medida se
D.o administrador público responde por ato de improbidade, fizer necessária à instrução processual.
desde que sejam comprovados lesão ao erário e ação ao D.Independentemente das sanções penais, civis e
menos culposa, não sendo cabível a responsabilização do administrativas previstas na legislação específica, está o
dirigente da entidade na hipótese. responsável pelo ato de improbidade sujeito as cominações
E.em razão da natureza da relação jurídica estabelecida previstas na lei, que serão aplicadas cumulativamente, de
formalmente entre a Administração pública e a organização acordo com a gravidade do fato.
da sociedade civil, ambos os responsáveis respondem por E.As disposições da Lei nº 8.429/1992 são aplicáveis, no
ato de improbidade, não cabendo, na hipótese, a aplicação que couber, àquele que, mesmo não sendo agente público,
da pena de perda da função pública e de proibição de induza ou concorra para a prática do ato de improbidade ou
contratar com o Poder Público. dele se beneficie sob qualquer forma direta ou indireta.

16 - Considere as seguintes hipóteses: 19 - O Ministério Público recebeu informações de que


I. José Carlos, não sendo agente público, induziu seu primo determinado agente público teve evolução patrimonial
Douglas, servidor público federal, à prática de ato de incompatível com a sua renda. Considerando a tipologia dos
improbidade administrativa. atos de improbidade administrativa, prevista nos artigos 9º,
II. Horácio, não sendo agente público, concorreu para a 10, 10-A e 11 da Lei nº 8.429/92, é correto afirmar que essa
prática de ato de improbidade administrativa praticado pela conduta pode ser enquadrada como
sua amiga Tábata, servidora pública federal ainda não A.violação aos princípios regentes da atividade estatal.
estável B.dano ao patrimônio público.
III. Isabel, não sendo agente público, se beneficiou C.excessiva exação tributária.
indiretamente pela prática de ato de improbidade D.enriquecimento ilícito.
administrativa praticado pela sua vizinha, Sofia, que exercia E.infração disciplinar.
cargo em comissão na empresa pública “X”.
Nesses casos, as disposições da Lei no 8.429/1992 serão 20 - A improbidade administrativa não enseja
aplicáveis, no que couber, a A.multa civil.
A.José Carlos, Douglas, Horácio, Tábata, Isabel e Sofia. B.perda de bens ou valores.
B.Douglas, Tábata e Sofia, apenas. C.privação da liberdade.
C.José Carlos, Douglas, Horácio, Tábata e Sofia, apenas. D.ressarcimento integral do dano.
D.Douglas, Horácio e Tábata, apenas. E.proibição de contratar com o Poder Público.
E.Douglas e Sofia, apenas.
LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO
17 - Marcia estagiava no gabinete do desembargador de
determinado Tribunal. Auxiliava o assessor na inclusão dos 01 - Acerca da Lei nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à
votos nos processos e no sistema de acompanhamento de Informação), assinale a assertiva correta.
processos, razão pela qual recebia aqueles documentos A.Considera-se informação a unidade de registro de
antes de se tornarem públicos. Passado certo tempo desde informações, qualquer que seja o suporte ou formato.
o início do estágio, passou a adulterar algumas decisões a B.É dever do Estado garantir o direito de acesso à
pedido de interessados, recebendo, para tanto, informação, que será franqueada, mediante procedimentos
remuneração significativa. A conduta de Marcia subjetivos.
A.enseja responsabilidade civil, administrativa e criminal, C.Considera-se informação sigilosa aquela relacionada à
não podendo, contudo, incidir em ato de improbidade, pois pessoa natural identificada ou identificável.
não se trata de ocupante de cargo, emprego ou função D.Tratamento da informação é o conjunto de ações
públicos. referentes à produção, recepção, classificação, utilização,
B.configura ato de improbidade na modalidade que causa acesso, reprodução, transporte, transmissão, distribuição,
prejuízo ao erário, sendo elemento subjetivo necessário a arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação,
existência de dolo. destinação ou controle da informação.
E.No caso de indeferimento de acesso a informações ou às autorizar ou conceder o acesso imediato à informação
razões da negativa do acesso, poderá o interessado interpor disponível. Não sendo possível conceder o referido acesso
recurso contra a decisão no prazo de 05 (cinco) dias a imediato, o órgão ou entidade que receber o pedido deverá:
contar da sua ciência. “I – comunicar a data, local e modo para se realizar a
consulta, efetuar a reprodução ou obter a certidão; II –
02 - De acordo com a Lei n° 12.527/2011 − Lei de Acesso à indicar as razões de fato ou de direito da recusa, total ou
Informação – assinale a alternativa correta. parcial, do acesso pretendido; ou III – comunicar que não
A.Essa Lei prevê o fornecimento gratuito de informação, possui a informação, indicar, se for do seu conhecimento, o
ficando proibida qualquer cobrança pelo custo dos serviços órgão ou a entidade que a detém, ou, ainda, remeter o
e dos materiais utilizados. requerimento a esse órgão ou entidade, cientificando o
B.Subordinam-se a essa Lei apenas os Poderes Executivo e interessado da remessa de seu pedido de informação”, no
Legislativo, bem como toda a Administração Pública direta e prazo não superior a __________ dias, o qual poderá ser
indireta das esferas federal, estadual, distrital e municipal. prorrogado por mais _____ dias, mediante justificativa
C.As informações que puderem colocar em risco a expressa, da qual será cientificado o requerente.
segurança do Presidente e do Vice-Presidente da República Assinale a alternativa que preenche, correta e
e respectivos cônjuges e filhos(as) serão classificadas como respectivamente, as lacunas do trecho acima.
“secretas”. A.60 (sessenta) – 30 (trinta)
D.Não se faz necessário que o Requerente diga por que e B.30 (trinta) –10 (dez)
para que deseja a informação requerida. C.20 (vinte) –10 (dez)
E.O prazo máximo de restrição de acesso a uma informação D.30 (trinta) –20 (vinte)
considerada secreta é de 10 (dez) anos. E.20 (vinte) –20 (vinte)

03 - A respeito da Lei n.º 12.527/2011, assinale a alternativa 07 - O art. 6º da Lei de Acesso a Informação prevê no inciso
correta. “VI - informação pertinente à administração do patrimônio
A.No caso de indeferimento de acesso a informações ou a público, utilização de recursos públicos, licitação, contratos
razões da negativa do acesso, poderá o interessado interpor administrativos”. Isso significa que o Ouvidor Municipal
recurso contra a decisão no prazo de cinco dias, a contar da A.deve requisitar ao órgão em questão, mas este, não tem
sua ciência. obrigação de repassar à ouvidoria as informações
B.O recurso será dirigido à autoridade hierarquicamente solicitadas, dada a divisão de atribuições de cada órgão.
superior à que exarou a decisão impugnada, que deverá se B.deve, somente com o aval do Prefeito Municipal, autorizar
manifestar no prazo de cinco dias. ou não o repasse e divulgação desses dados e informações.
C.Negado o acesso à informação não classificada como C.pode divulgar anualmente ao TCE informações relativas à
sigilosa pelos órgãos ou entidades do Poder Executivo utilização dos recursos públicos pelo Município.
Federal, o requerente poderá recorrer à Controladoria‐Geral D.pode ter acesso a documentos, dados e demais
da União, que deliberará no prazo de dez dias. informações da atuação dos órgãos da estrutura municipal,
D.Não sendo possível autorizar ou conceder o acesso para respaldar seu trabalho.
imediato, o órgão ou a entidade que receber o pedido
deverá, em prazo não superior a dez dias, indicar as razões 08 - O art. 6º da Lei de Acesso a Informação, em seu inciso
de fato ou de direito da recusa, total ou parcial, do acesso II assim dispõe: “II - proteção da informação, garantindo-se
pretendido. sua disponibilidade, autenticidade e integridade”. Assim,
E.O serviço de busca e fornecimento da informação é cabe ao Ouvidor Municipal:
gratuito, inclusive nas hipóteses de reprodução de A.Criar mecanismos internos de recepção, processamento,
documentos pelo órgão ou pela entidade pública consultada. verificação da procedência ou não da demanda recebida,
visando garantir sua relevância e interesse social para o
04 - Para os efeitos da Lei n.ₒ 12.527/2011, primariedade demandante e, de forma geral, para todos os cidadãos que
consiste na usufruem do mesmo serviço público.
A.qualidade da informação não modificada, inclusive quanto B.Não divulgar a informação, pois é sigilosa e pessoal e
à origem, ao trânsito e ao destino. interessa apenas ao cidadão demandante.
B.qualidade da informação não modificada, inclusive quanto C.Divulgar a demanda recebida apenas no relatório anual da
à origem, ao trânsito e ao destino. Ouvidoria Municipal.
C.qualidade da informação não modificada, inclusive quanto D.Consultar os demais órgãos internos se aprovam ou não a
à origem, ao trânsito e ao destino. divulgação das demandas dos cidadãos.
D.qualidade da informação coletada na fonte, com o máximo
de detalhamento possível, sem modificações. 09 - A Lei de Acesso a Informação, em seu inciso V do art.
E.informação relacionada à pessoa natural identificada ou 3º, prevê: “V - desenvolvimento do controle social da
identificável. administração pública.” Isso significa que o Ouvidor
Municipal deve
05 - Para os efeitos da Lei n.ₒ 12.527/2011, primariedade A.antes de instituir formas e mecanismo de
consiste na acompanhamento e avaliação da gestão pública municipal,
A.qualidade da informação não modificada, inclusive quanto consultar o interesse do cidadão.
à origem, ao trânsito e ao destino. B.instituir formas e mecanismos de acompanhamento,
B.qualidade da informação que tenha sido produzida, avaliação e proposição de sugestões pelo munícipe quanto
expedida, recebida ou modificada por determinado indivíduo, às políticas públicas e serviços prestados pelo município.
equipamento ou sistema. C.cuidar de resolver as queixas recebidas, pois cabe à
C.qualidade da informação que pode ser conhecida e ouvidoria o controle social da administração pública.
utilizada por indivíduos, equipamentos ou sistemas D.encaminhar as queixas e denúncias para apreciação dos
autorizados. órgãos corregedores.
D.qualidade da informação coletada na fonte, com o máximo
de detalhamento possível, sem modificações. 10 - A Lei no 12.527/2011 regula o acesso à informação na
E.informação relacionada à pessoa natural identificada ou Administração Pública e dispõe sobre os procedimentos a
identificável. serem observados pela Administração Pública direta e
indireta. Assinale a alternativa que contém, nos termos
06 - Segundo o que dispõe a Lei nº 12.527/2011 (Lei de dessa lei, conduta(s) ilícita(s) que enseja(m)
Acesso à Informação), órgão ou entidade pública deverá responsabilidade do agente público.
A.Agir prudentemente na análise das solicitações de acesso
à informação. 14 - A Lei de Acesso à Informação estabelece que:
B.Assegurar a gestão transparente da informação, A.qualquer interessado poderá apresentar pedido de acesso
propiciando amplo acesso a ela e sua divulgação. a informações de interesse público, desde que contenha a
C.Assegurar a proteção da informação, garantindo-se sua identificação do requerente e os motivos determinantes da
disponibilidade, autenticidade e integridade. solicitação.
D.Informar sobre a tramitação de documentos na sua B.é dever do órgão ou entidade pública autorizar ou
respectiva unidade. conceder o acesso imediato à informação disponível.
E.Recusar-se a fornecer informação requerida nos termos C.não são passíveis de divulgação as informações
da lei, retardar deliberadamente o seu fornecimento ou resultantes de auditorias realizadas por órgãos de controle
fornecê-la intencionalmente de forma incorreta, incompleta interno e controle externo.
ou imprecisa. D.os projetos de pesquisa e desenvolvimento científicos ou
tecnológicos imprescindíveis à sociedade e ao Estado não
11 - Sobre o pedido de acesso à informação previsto na Lei são passíveis de divulgação.
n°. 12.527/2011, é CORRETO afirmar: E.esclarecimento sobre interpretação de legislação podem
A.Em casos de informações de acesso irrestrito, admite-se ser requeridas aos órgãos, desde que se faça referência
pedido de informação anônimo, via correio eletrônico sem expressa a pedido anterior de informação feito a, no
identificação. máximo, 90 dias.
B.O pedido de acesso à informação deve conter justificativa
do requerente, demonstrando interesse legítimo nas 15 - Considerando a Lei nº 12.527, de Acesso à Informação,
informações a serem prestadas. preencha os parênteses com (V) para verdadeiro ou (F) para
C.A informação armazenada em formato digital deve ser falso. Constitui conduta ilícita que enseja responsabilidade
fornecida ao requerente em via impressa. do agente público:
D.Quando os órgãos e entidades do poder público ( ) recusar-se a fornecer informação requerida nos termos
dispuserem de sítios oficiais na internet, não poderão desta Lei; retardar deliberadamente o seu fornecimento; ou
restringir que os pedidos de acesso à informação sejam fornecer informação de forma correta, completa ou precisa.
feitos somente por meio de via escrita protocolada. ( ) agir sem dolo ou com boa-fé na análise das solicitações
E.O serviço de busca e fornecimento da informação é de acesso à informação.
gratuito, inclusive nas hipóteses de reprodução de ( ) divulgar ou permitir a divulgação ou acessar ou permitir
documentos pelo órgão ou pela entidade pública consultada. acesso indevido à informação sigilosa ou informação
pessoal.
12 - A Lei n. 12.527, de 18 de Novembro de 2011, que ( ) impor sigilo à informação para obter proveito pessoal ou
regulamenta o acesso à informação pública, dispõe que as de terceiro, ou para fins de ocultação de ato ilegal cometido
informações pessoais relativas à intimidade, vida privada, por si ou por outrem.
honra e imagem terão seu acesso restrito, independente de ( ) destruir ou subtrair, por qualquer meio, documentos
classificação de sigilo, a agentes públicos legalmente concernentes a possíveis violações de direitos humanos por
autorizados e à pessoa a que elas se referirem. De acordo parte de agentes do Estado.
com essa lei, esse tipo de informação terá seu acesso Assinale a alternativa que preenche corretamente os
restrito pelo prazo máximo de parênteses, na ordem em que se apresentam.
A.100 anos, a contar da sua data de produção. A.F, F, V, V, V.
B.75 anos, a contar da sua data de produção. B.F, V, F, F, V.
C.50 anos, a contar da sua data de produção. C.V, F, V, V, F.
D.35 anos, a contar da sua data de produção. D.F, V, F, V, F.
E.V, F, F, F, V.
13 - Relativamente aos conceitos trazidos pela Lei de
Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011), relacione a 16 - De acordo com a Lei de Acesso à Informação, o acesso
Coluna 1 à Coluna 2. a informações pessoais será restrito à pessoa a que elas se
Coluna 1 referirem e aos agentes públicos legalmente autorizados,
1. Informação. independentemente de classificação de sigilo, pelo prazo
2. Documento. máximo de
3. Disponibilidade. A.quinze anos.
4. Autenticidade. B.vinte e cinco anos.
5. Integridade. C.cinquenta anos.
Coluna 2 D.cem anos.
( ) Unidade de registro de informações, qualquer que seja o E.cinco anos.
suporte ou formato.
( ) Qualidade da informação que pode ser conhecida e 17 - A Lei n° 12.527/2011 dispõe sobre os procedimentos a
utilizada por indivíduos, equipamentos ou sistemas serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e
autorizados. Municípios, com o fim de garantir o acesso a informações.
( ) Dados, processados ou não, que podem ser utilizados Considerando o que prevê a referida Lei, analise as
para produção e transmissão de conhecimento, contidos em afirmativas a seguir.
qualquer meio, suporte ou formato. I ^ Considera-se disponibilidade a qualidade da informação
( ) Qualidade da informação não modificada, inclusive que pode ser conhecida e utilizada por indivíduos,
quanto a origem, trânsito e destino. equipamentos ou sistemas autorizados.
( ) Qualidade da informação que tenha sido produzida, II ^ Integridade da informação é a qualidade da informação
expedida, recebida ou modificada por determinado indivíduo, não modificada, inclusive quanto à origem, ao trânsito e ao
equipamento ou sistema. destino.
A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima III ^ Primariedade é a qualidade da informação que tenha
para baixo, é: sido produzida, expedida, recebida ou modificada por
A.3 – 2 – 1 – 5 – 4. determinado indivíduo, equipamento ou sistema.
B.3 – 4 – 1 – 2 – 5. IV ^ Informação pessoal é aquela relacionada à pessoa
C.2 – 1 – 5 – 4 – 3. natural ou jurídica identificada ou identificável.
D.2 – 3 – 1 – 5 – 4. Está(ão) correta(s)
E.1 – 3 – 2 – 4 – 5. A.apenas IV.
B.apenas I e II. 02 - Assinale a opção que indica, dentre as atividades
C.apenas II e III. realizadas em um órgão público, as que são exercidas pelo
D.apenas III e IV. Setor de Protocolo.
E.I, II, III e IV. A.Recebimento, autuação e eliminação.
B.Recebimento, registro e arquivamento.
18 - A legislação brasileira sobre transparência no setor C.Recebimento, registro e autuação.
público apresentou consideráveis avanços desde a D.Registro, classificação, digitalização.
aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), E.Registro, autuação, arquivamento.
culminando com a Lei de Acesso à Informação (LAI). Entre
as disposições da LAI para afeiçoamento das práticas de 03 - Em relação aos principais sistemas de classificação de
transparência está o(a): documentos é INCORRETO afirmar que:
A.definição de sigilo como exceção às regras de A.no alfabético podem ser ordenados por nome, assunto,
transparência; origem, destino ou local.
B.exigência de divulgação de informações sobre a execução B.o numérico classifica-se pela ordem de entrada, sem
orçamentária em tempo real; considerar sua ordem alfabética.
C.estabelecimento de prazo máximo de dez dias úteis para C.o cronológico é também conhecido como alfabético.
fornecimento de informações requeridas; D.no geográfico são classificados conforme divisão
D.fixação de modelos de layout para portais eletrônicos dos geográfica previamente estabelecida.
órgãos públicos;
E.obrigatoriedade de realização e divulgação de audiências 04 - Os arquivos devem ser organizados de forma que
públicas. proporcionem condições de, EXCETO:
A.segurança, inclusive contra incêndio, extravio, roubo e
19 - A Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, em seu deterioração.
artigo 4º, regula o acesso à informação e apresenta alguns B.complexidade, deve acompanhar o crescimento da
conceitos. A respeito desses conceitos, dadas as organização ou órgão público.
afirmativas, C.precisão na consulta e assegurar a localização de
I. Autenticidade refere-se à qualidade da informação que qualquer documento arquivado.
tenha sido produzida, expedida, recebida ou modificada por D.acesso, deve proporcionar condições de consulta
determinado indivíduo, equipamento ou sistema. imediata, permitindo pronta localização dos documentos.
II. Informação pessoal é aquela submetida temporariamente
à restrição de acesso público em razão de sua 05 - Assinale a opção que apresenta um exemplo de suporte
pessoalidade, sendo disponibilizada após autorização. de informação.
III. Disponibilidade refere-se à qualidade da informação que A.Estante.
pode ser conhecida e utilizada por indivíduos, equipamentos B.Biblioteca.
ou sistemas autorizados. C.Pen-drive.
verifica-se que está(ão) correta(s) D.Legislação básica.
A.II, apenas. E.Caneta esferográfica.
B.III, apenas.
C.I e II, apenas. 06 - No arquivamento de documentos por nome, existem
D.I e III, apenas. algumas regras, chamadas de regras de alfabetação, que
E.I, II e III. devem ser seguidas na ordenação dos arquivos. Sobre elas,
analise as seguintes afirmativas.
20 - Em relação à Lei nº 12.527, de 18 de novembro de I. Sobrenomes compostos de substantivo e adjetivo devem
2011, que regula o acesso à informação, é CORRETO ser separados, com exceção de sobrenomes iniciados com
afirmar: as palavras Santo, São e Santa.
A.Não se aplica aos Estados e Municípios, visto que é uma II. No caso de nomes de espanhóis ou de qualquer país de
lei Federal. língua espanhola, a ordenação deverá ser feita pelo
B.Foi criada para proteger informações sigilosas que penúltimo sobrenome e, para tanto, os dois últimos
colocam em risco a soberania nacional. sobrenomes deverão ser transpostos para o início.
C.Informações sigilosas são aquelas submetidas por tempo III. Títulos que acompanham os nomes não devem ser
indeterminado à restrição de acesso público. considerados. Devem ser colocados no início, entre
D.Os órgãos e entidades do poder público devem assegurar parênteses.
a proteção da informação sigilosa e da informação pessoal, IV. Nos nomes de eventos, o numeral do início deve ser
observada a sua disponibilidade, integridade e eventual colocado no final, entre parênteses. A ordenação, nesse
restrição de acesso. caso, se dará pelo nome do evento e não pelo numeral.
E.A Lei prevê que o interessado deverá constituir advogado Pode-se afirmar que:
para ter acesso a informações de cunho sigiloso. A.todas estão corretas.
B.somente uma está correta.
DOCUMENTAÇÃO E ARQUIVO C.somente duas estão corretas.
D.somente três estão corretas.
01 - As mensagens eletrônicas por seu baixo custo, E.todas estão incorretas.
transformaram-se na principal forma de comunicação para
transmissão de documentos. Não podemos afirmar que: 07 - A ordenação é a técnica de disposição de documentos
A.Caso necessite enviar o mesmo e-mail, a vários dentro de pastas e destas em setores específicos.
destinatários, o ideal é usar a opção de “cópia oculta”. Conforme o exposto, é correto afirmar que a forma de
B.No campo “assunto” a mensagem deve ser preenchida de ordenação geográfica consiste na disposição dos
modo a facilitar a organização documental tanto do documentos ou das pastas de acordo com
destinatário quanto do remetente. A.a ordem das letras do alfabeto.
C.A “confirmação de leitura” deve ser utilizada sempre que B.a sequência temporal.
disponível. C.as unidades territoriais.
D.A mensagem deve seguir uma forma rígida de estrutura, D.temas ou assuntos.
como a de Comunicações Oficiais. E.a sequência numérica atribuída aos documentos.
08 - Segundo a classificação do estágio de evolução, B.a industrialização desempenhou papel importante na
pautada na teoria das três idades, um arquivo pode ser sociedade exigindo arquivos de melhor qualidade, maiores e
A.histórico. mais funcionais.
B.permanente. C.a importância dos arquivos é tão evidente que a própria
C.textual. Constituição Federal apresenta determinações sobre eles.
D.setorial. D.há necessidade de mudança de mentalidade que deve
E.privado. basear-se na fórmula de eliminação de papéis e destruição
de documentos.
09 - Ao se organizar um arquivo, é imprescindível que sejam
consideradas suas regras e seus princípios. Com base 14 - Os arquivos constituem conjuntos organizados de
nessa premissa, assinale a afirmativa correta. documentos, produzidos ou recebidos e preservados. Sobre
A.O princípio da proveniência preconiza que arquivos arquivos públicos e privados é INCORRETO afirmar que:
originários de uma instituição devem manter sua A.é possível afirmar que existem três diferentes espécies de
individualidade. arquivos públicos.
B.O princípio da cumulatividade preconiza que os arquivos B.correntes e temporários são espécies de arquivos
devem acumular documentos como uma coleção de públicos.
assuntos sobre um tema. C.temporários são conjuntos de documentos de valor
C.O princípio da organicidade preconiza que os documentos histórico, científico ou cultural e devem ser preservados
possuem autonomia entre si. indefinidamente.
D.O princípio da pertinência preconiza que os documentos D.o arquivo de uma empresa reflete a sua atividade, o seu
de um arquivo só serão válidos, caso sejam relevantes. porte e seus objetivos, portanto é um arquivo privado.
E.O princípio da autenticidade preconiza que os arquivos
devem possuir informações atestadas como verdadeiras. 15 - Arquivos e documentos estão diretamente relacionados.
Sobre esta relação é correto afirmar, EXCETO:
10 - Após a criação de um novo órgão público estadual, A.o valor de um documento é determinado levando-se em
surge a necessidade de criar um arquivo para a guarda de consideração as finalidades que possui e seu tempo de
seus documentos. Como forma de organização do arquivo, o vigência.
gestor decide utilizar o sistema de arquivamento indireto, em B.ás vezes, o tempo de vigência de um documento se
função do grande volume de documentos que serão subordina a imperativos da lei.
abrigados. É um exemplo de uso desse tipo de sistema, o C.por seu valor, os documentos são classificados segundo a
método economia que vão ocasionar nas empresas privadas e por
A.alfabético. força da transparência nas empresas públicas.
B.geográfico. D.a conservação e a proteção dos documentos devem ser
C.dicionarizado. acompanhadas de registro que especifique o modo, a data e
D.numérico. o local para onde foram encaminhados.
E.enciclopédico.
16 - O arquivamento eletrônico de informações não dispensa
11 - A documentação pode ter diferentes naturezas em o conhecimento dos métodos tradicionais de classificação.
função de sua organização, utilidade e finalidade. Assinale a Devese conhecer os métodos para propor soluções
alternativa que INCORRETAMENTE trata deste assunto. apropriados. Sobre o tema responda as questões 48, 49 e
A.Apresenta natureza comercial quando é principalmente 50. Sobre como organizar de modo eficiente uma reunião é
organizada e utilizada pelas empresas. correto afirmar, EXCETO:
B.A natureza científica quando tem por finalidade auxiliar e A.marcá-la de acordo com a disponibilidade de horário da
assessorar a Administração Pública relativamente à coleta e maioria de seus participantes e respeitar o horário biológico;
classificação de documentos oficiais. não marcar imediatamente após o almoço, pois o processo
C.Apresenta natureza científica quando o objetivo é, entre digestivo provoca sonolência.
outros, didático, sem visar diretamente o lucro. B.uma vez elaborada a pauta da reunião, deve ser emitida a
D.Tem natureza oficial quando coleta e classifica, por convocação, confirmadas as presenças e preparar a sala e
exemplo, Decretos, Tratados, Portarias e outros atos todo o material que será usado.
normativos próprios da Administração Pública Federal, C.o local deve estar em temperatura agradável; a luz é
Estadual ou Municipal, visando assessorar a Administração fundamental, portanto, evitem-se as penumbras.
Pública. D.sempre que possível marque reuniões no final do dia, pois
assim o executivo da reunião poderá conduzir a pauta com
12 - Analise as afirmativas a seguir em relação às fases do mais tranquilidade, sem a pressão de outros compromissos.
processo de documentação.
I. A documentação é basicamente estática. 17 - Levando em consideração a classificação com base na
II. O processo de documentação se desenvolve em fases. organização de documentos mais comumente utilizadas,
III. Recolhimento é a fase em que se aplica julgamento à assinale a alternativa CORRETA.
seleção dos documentos. A.Numérico é o sistema mais simples e mais utilizado.
IV. Coleta e Tradução são duas das mais importantes fases. B.Alfabética ignora qualquer outro tipo de planejamento,
V. Toda classificação deve seguir uma orientação teórica e classifica os documentos pela ordem de entrada.
ao mesmo tempo antecipar sua utilidade prática. C.No sistema Assunto em ordem de classificação, os
Assinale a alternativa CORRETA. documentos são classificados conforme divisão geográfica.
A.Apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas. D.O sistema cronológico é também conhecido como
B.Apenas as afirmativas III e V estão corretas. numérico.
C.Apenas as afirmativas II, III e V estão corretas.
D.Apenas as afirmativas I e V estão corretas 18 - O arquivamento eletrônico de informações não dispensa
o conhecimento dos métodos tradicionais de classificação.
13 - Sobre o tema “arquivo” é INCORRETO afirmar que: Devese conhecer os métodos para propor soluções
A.a importância dos arquivos cresceu enormemente à apropriados. Sobre o tema responda as questões 48, 49 e
medida em que se de desenvolveram os conceitos sociais, 50. No método alfabético, o arquivamento por nome de
econômicos e culturais da humanidade. pessoas deve observar, EXCETO:
A.em primeiro lugar deve constar o sobrenome, em caso de
mais de um, o último sobrenome.
B.os títulos (Dr.; Ministro) ou parentescos (Sobrinho; Filho;
Jr.) que seguem ou antecedem o nome, são considerados
no arquivamento e devem ser colocados no início, conforme
a mesma regra do último sobrenome.
C.sobrenomes precedidos de prefixos ou preposições, em
letra maiúscula, fazendo parte integrante do sobrenome,
(Vincent Van Gogh) devem ser arquivados pela letra do
prefixo.
D.sobrenome composto por um substantivo e um adjetivo
(Maria Casa Grande) deve permanecer inseparável, embora
possa se optar pelo último sobrenome.

19 - O sistema de arquivamento em que é necessário


recorrer a um índice alfabético remissivo ou a um
determinado código para recuperação de um documento é
denominado de
A.indireto.
B.direto.
C.básico.
D.padronizado.
E.ideográfico.

20 - Observe as fichas que resultaram do cadastramento de


instituições e pessoas que exercem atividades
agropecuárias em determinada região:
a. José de Oliveira Júnior
b. Carlos de Oliveira Filho
c. O Boi Gordo Ltda.
d. Brasil Agropecuária & Cia.
e. José Cabral de Souza
f. Companhia Boa Vista
g. Paulo de Sousa
Ao ordená-las, de acordo com as regras de alfabetação, as
fichas ficam assim dispostas:
A.d, f, g, a, c, e, b.
B.d, b, f, e, a, g, c.
C.b, d, e, f, g, a, c.
D.c, d, f, b, a, g, e.
E.d, b, a, c, g, e, f.