Você está na página 1de 38

Mensagem de

Miqueias para Hoje

Sermão nº 2328

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)

Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra

Fev/2019
S772
Spurgeon, Charles H.- 1834-1892
Mensagem de Miqueias para hoje / Charles H.
Spurgeon
Tradução e adaptação Silvio Dutra Alves – Rio
de Janeiro, 2019.
38p.; 14,8 x21cm

1. Teologia. 2. Pregação. 3. Alves, Silvio Dutra.


I. Título.

CDD 252

2
"Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é
o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a
justiça, e ames a misericórdia, e andes
humildemente com o teu Deus." (Miquéias 6: 8)

Esta é a essência da lei de Deus, o lado espiritual


dela - seus dez mandamentos são uma
ampliação deste verso. A lei é espiritual e toca os
pensamentos, as intenções, as emoções, as
palavras, as ações - mas especialmente Deus
exige o coração. Agora é nossa grande alegria
que o que a lei exige, o evangelho dá. “Cristo é o
fim da lei para a justiça de todo aquele que crê.”
Nele, cumprimos os requisitos da lei, primeiro,
pelo que Ele fez por nós e depois, pelo que Ele
opera em nós. Ele nos conforma com a lei de
Deus. Ele nos faz, pelo Seu Espírito, não pela
nossa justiça, mas pela Sua glória, prestar à lei a
obediência que não pudemos apresentar de nós
mesmos. Nós somos fracos através da carne,
mas quando Cristo nos fortalece, a justiça da lei
é cumprida em nós que não andamos segundo a
carne, mas segundo o Espírito. Somente pela fé
em Cristo é que um homem aprende a praticar
a justiça, a amar a misericórdia e a andar
humildemente com Deus - e somente pelo
poder do Espírito Santo nos santificando para
esse fim cumprimos esses três requisitos
divinos. Nós cumprimos perfeitamente em
3
nosso desejo - seríamos santos como Deus é
santo se pudéssemos viver como nosso coração
aspira viver - sempre faríamos justiça, sempre
amaríamos a misericórdia e sempre
andaríamos humildemente com Deus. Isso, o
Espírito Santo nos ajuda diariamente a fazer,
trabalhando em nós o querer e o realizar
segundo o bom prazer de Deus. E o dia virá e nós
estaremos ansiando por isso, quando, estando
totalmente livres deste corpo debilitante, nós O
serviremos dia e noite em Seu templo e
renderemos a Ele uma obediência
absolutamente perfeita, pois, “eles são sem
culpa diante do trono de Deus.”

Esta noite terei uma tarefa bastante suficiente


se eu me concentrar apenas no terceiro
requisito: “Ande humildemente com o seu
Deus”, perguntando primeiro, qual é a natureza
dessa humildade? E em segundo lugar, onde é
que esta humildade se mostra?

I. Primeiro, qual é a natureza dessa humildade?


O texto é muito cheio de ensinamentos a esse
respeito. E, primeiro, essa humildade pertence à
mais alta forma de caráter. Observe o que
precede nosso texto, “pratiques a justiça e ames
a misericórdia”. Suponha que um homem tenha
feito isso? Suponha que em ambas as coisas ele
tenha chegado ao padrão divino, então o que?
4
Por que, então, ele deve andar humildemente
com Deus! Se andamos na luz de Deus, como
Deus está na luz e temos comunhão com Ele,
ainda precisamos andar diante de Deus com
muita humildade, sempre olhando para o
sangue, pois é assim, que o sangue de Jesus
Cristo, Seu Filho , limpa e continua a nos limpar
de todo pecado. Se tivermos feito essas duas
coisas, ainda teremos que dizer que somos
servos inúteis e devemos andar humildemente
com Deus. Nós ainda não alcançamos essa
consumação, de sempre agir com justiça e amar
a misericórdia, apesar de estarmos nos
aproximando dela pela graciosa ajuda de Cristo.
Mas se alcançássemos o ideal que está posto
diante de nós e todo ato fosse correto para o
homem - e mais, todo ato estivesse
deleitavelmente saturado com um amor ao
próximo tão forte quanto o nosso amor a nós
mesmos - mesmo assim viria o preceito:
“Caminhe humildemente com seu Deus”.

Caros amigos, se alguma vez você pensar que


alcançou o ponto mais alto da graça cristã -
quase espero que você nunca pense assim - mas
suponha que você deveria pensar assim, não
pense nisso. Peço-lhe que diga qualquer coisa
que beira a ostentação, ou exiba qualquer tipo de
espírito que pareça glorioso em suas próprias
realizações, mas ande humildemente com seu
5
Deus! Eu acredito que quanto mais graça um
homem tem, mais ele sente sua deficiência de
graça. Todas as pessoas que eu já pensei que
poderiam ter sido chamadas perfeitas diante de
Deus, foram notáveis por uma negação de
qualquer coisa do tipo - elas sempre negaram
qualquer coisa como perfeição! Eles sempre se
debruçaram diante de Deus e, se alguém foi
obrigado a admirá-los, eles coraram com sua
admiração. Se eles pensaram que eles eram, de
todo, os objetos de reverência entre seus
companheiros cristãos, eu percebi quão
zelosamente eles deixaram isso de lado com
comentários autodepreciativos, nos dizendo
que nós não sabíamos tudo, ou não deveríamos
pensar assim deles. E aí eu os admiro ainda mais.
O louvor deles volta para eles com interesse! Oh,
deixe-nos ser dessa mente! Os melhores dentre
os homens são apenas os melhores homens, e os
santos mais brilhantes ainda são pecadores,
para os quais ainda há a fonte aberta, mas não
aberta, observe você, em Sodoma e Gomorra,
mas aberta para a casa de Davi e para o
habitantes de Jerusalém, que somente eles
ainda podem continuar, com todos os seus
privilégios elevados, para lavar-se nele e estar
limpo. Este é o tipo de humildade, então, que é
consistente com o mais elevado caráter moral e
espiritual. Não, é a própria roupa de tal caráter,
como diz Pedro: “Sejais revestidos de
6
humildade”, como se, depois de termos
colocado toda a armadura de Deus,
colocássemos tudo isso para cobrir tudo! Não
queremos que o elmo brilhe ao sol, nem a
armadura de bronze nos joelhos brilhe diante
dos homens, mas nos vestimos como oficiais à
paisana, escondemos as belezas que mais se
revelarão.

A segunda observação é a seguinte: a humildade


aqui prescrita envolve comunhão constante
com Deus. Observe que nos é dito para andar
humildemente com Deus. Não adianta andar
humildemente longe de Deus. Tenho visto
algumas pessoas muito orgulhosamente
humildes, muito orgulhosas de sua humildade.
Eles foram tão humildes que ficaram
orgulhosos o suficiente para duvidar de Deus!
Eles não podiam aceitar a misericórdia de
Cristo, disseram eles. Eles eram tão humildes.
Na verdade, a deles era uma humildade
diabólica, não a humildade que vem do Espírito
de Deus. Ah não! Essa humildade nos faz andar
com Deus, e amados, você pode conceber uma
humildade mais alta e mais verdadeira do que a
que deve vir de andar com Deus? Lembra-te do
que Jó disse: “Eu ouvi falar de ti pelo ouvir do
ouvido; mas agora os meus olhos te veem. Por
isso me abomino e me arrependo no pó e na
cinza.” Lembre-se de como Abraão, quando ele
7
comungou com Deus e implorou a ele por
Sodoma, disse: “Eu me atrevi a falar ao Senhor,
que sou pó e cinza.” “Poeira” - que mostra a
fragilidade de sua natureza. “Cinzas” - como se
ele fosse como o refugo do altar que não podia
ser queimado - que Deus não teria. Sentiu-se ser,
pelo pecado, como a varredura de uma fornalha,
as cinzas, que não têm qualquer valor - e isso não
aconteceu porque ele estava longe de Deus, mas
porque estava perto de Deus. Você pode chegar
a ser tão grande quanto você gosta se você se
afastar de Deus, mas chegando perto do Senhor
você corretamente canta - “Quanto mais suas
glórias atingem meus olhos, mais humilde eu
fico.” Confie que é assim . Pode ser uma espécie
de medida climática quanto à sua comunhão - se
você é orgulhoso ou humilde. Se você está
subindo, Deus está diminuindo em sua estima.
"Ele deve crescer", disse João Batista do Senhor
Jesus, "mas devo diminuir". As duas coisas
andam juntas - se essa escala aumenta, essa
escala deve diminuir. “Anda humildemente
com o teu Deus.” Atreva-se a ficar com Deus!
Atreva-se a tê-lo como seu amigo diário! Seja
corajoso o suficiente para chegar a Ele que está
dentro do véu! Fale com Ele, ande com Ele como
um homem caminha com seu amigo familiar -
mas ande humildemente com Ele. Você fará isso
se andar verdadeiramente. Eu não posso
conceber uma coisa dessas - é impossível - um
8
homem andando orgulhosamente com Deus!
Ele pega seu companheiro pelo braço e sente
que ele é tão bom quanto seu vizinho, talvez
superior a ele, mas ele não pode andar com Deus
em tal estado de espírito como esse! O finito
com o infinito! Só isso sugere humildade: o
pecaminoso com o que é três vezes Santo? Isso
nos joga no pó.

Mas, em seguida, essa humildade implica


atividade constante. “Ande humildemente com
o seu Deus”. Caminhar é um exercício ativo.
Essas pessoas haviam se proposto a se curvar
diante de Deus, como vocês observam no sexto
verso: “Com quem devo me apresentar perante
o Senhor e me curvar diante do Deus
Altíssimo?” Mas a resposta não é: “Eleve-se
humildemente diante de Deus”, mas “Ande
humildemente com Deus.”

Agora, amados, quando estamos muito


engajados, pressionados com negócios, uma
coisa após a outra entrando, se o grande Mestre
nos emprega em alguma grande preocupação -
claro, somente para nós - se temos trabalho após
trabalho, somos muito capazes de esquecer que
somos apenas servos, estamos fazendo todos os
negócios para nosso Mestre, somos apenas
agentes de comissão para ele. Estamos aptos a
pensar que somos o chefe da empresa. Não
9
pensaríamos assim se pensássemos
constantemente, por um momento, pois
saberíamos nossa posição correta. Mas, no meio
da atividade, nós ficamos sobrecarregados com
muito serviço e estamos muito aptos a sair do
nível apropriado. Talvez tenhamos que governar
os outros e esquecemos que também somos
homens sob autoridade. É fácil interpretar o
pequeno rei sobre os pequenos, mas não deve
ser assim. Você deve aprender não somente a
ser humilde no quarto da comunhão - e a ser
humilde com a Bíblia diante de você - mas ser
humilde na pregação, ser humilde no ensino,
ser humilde no governo, ser humilde em tudo o
que você fizer quando você tem tanto quanto
você pode fazer! Quando, de manhã à noite, você
ainda está pressionado com este e aquele
serviço, ainda mantenha seu lugar apropriado.
Foi aí que Marta errou, você sabe - não em ter
muito serviço, mas em se tornar elevada. Ela era
"Sra. Marta ”, e a dona de casa é uma rainha! Mas
Maria sentou-se no lugar do servo aos pés de
Jesus. Se o coração de Marta pudesse estar onde
o corpo de Maria estava, então ela teria servido
corretamente. O Senhor nos faz Marta-Maria,
ou Maria-Marta, sempre que estamos
ocupados, para que possamos andar
humildemente com Deus!

10
A seguir, não creio que seja exagero dizer que
essa humildade denota progresso. O homem
deve andar - e isso é progresso - avançando.
“Ande humildemente”. Não devo ser tão
humilde que sinto que não posso mais, nem me
esforçar mais, ou ser melhor - eles chamam isso
de humildade -, mas a palavra é preguiça. “Eu
não posso ser tão crente, ousado, tão útil quanto
um homem assim é.” Não lhe é dito para ser
humilde e ficar quieto, mas para ser humilde e
andar com Deus! Vá em frente! Avance! Não
com um desejo orgulhoso de destacar-se de
seus companheiros cristãos - nem mesmo com
a expectativa latente de ser mais respeitado
porque você tem mais graça - mas ainda ande,
avance, avance, cresça! Seja enriquecido com
todas as coisas preciosas de Deus. Seja cheio de
toda a plenitude de Deus. Ande, ande sempre.
Não deite em desespero! Não role no pó com
desespero, porque você acha que as coisas altas
são impossíveis para você. Ande, mas ande
humildemente. Você logo descobrirá, se
progredir, que precisa ser humilde.

Eu acredito que quando um homem recua, ele


fica orgulhoso. E estou convencido de que,
quando um homem avança, ele fica mais
humilde - e é parte do avanço andar mais e mais
e mais humildemente. Por isso, o Senhor prova
muitos de nós. Por isso, Ele nos visita à noite e
11
nos castiga, para que possamos ser qualificados
para ter mais graça e atingir realizações mais
elevadas, sendo mais humildes, “pois Deus
resiste aos orgulhosos e dá graça aos humildes”.
Escale a montanha, e você terá sede entre os
penhascos estéreis. Mas se você descer aos
vales, onde o cervo vermelho vagueia e os
riachos fluem entre os prados, você deve beber
todo o seu vinho! O cervo não suspira pelos
riachos de água? Você ofega por eles? Eles
fluem no Vale da Humilhação! O Senhor nos
traz todos lá! Em seguida, a humildade aqui
prescrita implica constância - “Anda
humildemente com o teu Deus”. Não és às vezes
humilde, mas anda sempre humildemente com
o teu Deus. Se fôssemos sempre o que somos às
vezes, que cristãos seríamos! Eu ouvi você dizer,
eu penso, e eu disse o mesmo, eu mesmo, “Eu
me senti muito quebrado e deitei muito baixo
aos pés do meu Mestre.” Você estava assim no
dia seguinte? E no dia seguinte - você continuou
assim? Não é muito possível para nós sermos
um dia, por causa de nossa grande dívida para
com nosso Mestre, implorando que Ele não
fosse duro conosco e não é possível, amanhã,
estarmos tomando nosso irmão pela garganta?
Eu não digo que o povo de Deus faria isso, mas
sinto que o espírito que está neles pode levá-los
a pensar em fazê-lo - um dia reconhecendo a
autoridade de seu Pai e fazendo Sua vontade - e
12
outro dia do lado de fora da porta e recusando-
se a entrar porque o filho pródigo voltou para
casa. “Você nunca me deu um novilho, para que
eu pudesse me divertir com meus amigos. Eu
tenho sido um fiel crente, mas nunca tenho
grandes alegrias, mas assim que veio seu filho,
que devorou sua vida com prostitutas, você
matou para ele o bezerro cevado. Aqui está um
pecador miserável apenas salvo e ele está em
êxtase de prazer! Como isso pode estar certo?”
Oh filho mais velho, ó irmão mais velho, ande
humildemente com seu Pai! Sempre seja assim
em qualquer circunstância. É muito bom ter
muita humildade guardada em uma caixa com a
qual perfumar suas orações e depois sair e ser
“Meu Senhor”, e alguns há que são muito
humildes no meio da igreja e que são arrogantes
no mundo. Isso nunca deveria ser! Não é dito:
“Curve-se humildemente diante de Deus de vez
em quando.” Mas como uma coisa regular e
constante: “Ande humildemente com seu
Deus”. Não é: “Curve sua cabeça como um junco
sob alguma falha consciente que você não pode
negar.”, Mas, no brilho de sua pureza e na
clareza de sua santidade, ainda mantenha seu
coração em reverência humilde diante do trono
de Deus! Mais uma vez, somente, e então
abandonaremos essa parte do assunto - a
humildade aqui prescrita inclui uma confiança
deleitável. Deixe-me ler o texto para você: "Ande
13
humildemente com Deus". Não, não, não
devemos ferir a passagem desse jeito! “Ande
humildemente com o seu Deus”. Não pense que
é humildade duvidar do seu interesse em Cristo
- isso é incredulidade! Não pense que é
humildade pensar que Ele é o Deus de outro
homem e não o seu - "Anda humildemente com
o seu Deus". Saiba que Ele é o seu Deus! Tenha
certeza disso - suba do deserto inclinando-se
sobre o seu amado. Não tenha dúvidas, nem
mesmo a sombra de uma dúvida, de que você é
seu Amado e que Ele é seu! Não descanse por
um momento se houver alguma questão sobre
este assunto abençoado. Ele se entrega a você -
aceita-o para ser seu por uma aliança de sal que
jamais será quebrada - e entregue-se a Ele,
dizendo: “Eu sou do meu amado e meu amado é
meu”. Ande humildemente com seu Deus. Não
deixe que nada o afaste dessa confiança. Mas
então, vem a humildade. Tudo isso é graça! Este
é todo o resultado da eleição divina! Portanto,
seja humilde. Você não escolheu a Cristo, mas
Ele escolheu você! Esse é todo o efeito do amor
redentor - portanto, seja humilde. Você não é
seu, você é comprado com um preço, então você
não pode ter espaço para a glória. Esta é toda a
obra do Espírito - "Então, dê toda a glória ao Seu
santo nome, a Ele toda a glória pertence." "Ande
humildemente com o seu Deus." Eu deito a Seus
pés como um indigno e digo: "Por que isso vem
14
para mim? Não sou digno da menor das
misericórdias que fizeste para passar diante de
mim ”. Acho que essa é a humildade prescrita no
texto. Que o Espírito de Deus a trabalhe em nós!

II. E agora, em segundo lugar, com grande


brevidade em muitos pontos, tenho que
responder à pergunta: ONDE ESTA
HUMILIDADE SE MOSTRA? Eu tenho o que
pode ser uma tarefa longa - um puritano
quereria uma hora e meia a mais para a segunda
parte do assunto. Nossos antepassados
puritanos pregavam, você sabe, por uma
ampulheta que ficava ao lado deles, e às vezes,
quando eles deixavam uma ampulheta acabar
no final da hora, eles diziam ao povo: “Vamos ter
outra ampulheta - e eles viraram de novo, e
continuaram por mais uma hora! Mas eu não
vou fazer isso. Não quero cansar-te e prefiro
mandar-te embora com saudades do que
repugnância. Onde, então, essa humildade se
mostra? Deveria se mostrar em todos os atos da
vida. Eu não aconselharia nenhum de vocês a
tentar ser humilde, mas ser humilde. Quanto a
agir humildemente, quando um homem se
esforça para isso, isso é uma coisa pobre.
Quando um homem fala muito sobre sua
humildade - quando ele é muito humilde com
todos - ele é geralmente um hipócrita. A
humildade deve estar no coração e então sairá
15
espontaneamente como o fluxo da vida em todo
ato que um homem realiza. Mas agora,
especialmente, ande humildemente com Deus
quando suas graças são fortes e vigorosas;
quando houve uma exibição muito clara deles;
quando você foi muito paciente, muito ousado,
muito aplicado na oração; quando as Escrituras
se abriram para você - quando você desfrutou de
uma grande temporada de pesquisa da Palavra,
e especialmente quando o Senhor lhe deu
sucesso em Seu serviço quando há mais almas
do que o usual trazidas a Cristo, quando Deus fez
de você uma líder entre o Seu povo e colocou
Sua mão sobre você, e disse: “Vá nessa sua
força.” Então, “Ande humildemente com o seu
Deus.” O diabo dirá quando você tiver pregado
um bom sermão - talvez você não tenha pregado
um bom quando ele diz que você tem, pois ele é
um grande mentiroso - mas você pode ir para
casa maravilhosamente satisfeito com um
sermão com o qual Deus não está satisfeito, e
você pode ir para casa maravilhosamente
humilde sobre um sermão que Deus pretende
abençoar. Mas quando realmente parece haver
algo que o maligno te tenta a se gloriar, então
ouça esta palavra: “Anda humildemente com o
teu Deus.” Depois, quando tens muito trabalho a
fazer e o Senhor te chama para isto, então, antes
de você ir a isto, caminhe humildemente com
seu Deus. Você pergunta: "Como?" Sentindo que
16
você é muito inadequado para isso, pois você é
inadequado em si mesmo - e sentindo que você
não tem força, pois você não tem nenhuma!
Quando você é fraco, reconhecendo sua
fraqueza, você crescerá forte. Incline-se no seu
Deus, clame a Ele em oração. Não abra a sua
própria boca, mas do seu coração ore: “Abra os
meus lábios e a minha boca exprimirá o teu
louvor”.

Seja intensamente subserviente ao Espírito de


Deus. Se entregue para ser trabalhado por Ele
para que você possa trabalhar sobre os outros.
Oh, existe tal diferença entre um sermão
pregado por nosso próprio poder e um sermão
pregado no poder do Espírito Santo! Se você não
sente a diferença, meu irmão, seu povo logo
descobrirá: “Oh, não ser nada, nada! Apenas
deitar-se a Seus pés!” Então, quando
caminhamos humildemente com nosso Deus
em serviço, Ele nos preenche e nos fortalece.
Em seguida, ande humildemente com Deus em
todos os seus objetivos. Quando você está
procurando alguma coisa, lembre-se de qual é o
seu motivo. Mesmo que seja a melhor coisa,
procure apenas por Deus. Se algum homem, ou
qualquer mulher, tentar trabalhar na escola
dominical, ou se alguém pregar ao ar livre, ou na
casa de Deus com vista a ser alguém, com a ideia
de ser considerado um admirável irmão ou irmã
17
zelosos, permita que essa palavra entre em seus
ouvidos - "Ande humildemente com seu Deus".

Há uma palavra que Jeremias falou a Baruque,


que precisamos dizer às vezes a nós mesmos:
"Buscas grandes coisas para si mesmo? Não as
busque.” Vocês, rapazes do Colégio, nem
sempre estejam procurando lugares grandes.
Esteja disposto a ir a lugares pequenos para
pregar o evangelho a pessoas pobres. Não
importa se o Senhor o mandar direto para a
favela mais baixa - vá e deixe que o seu objetivo
seja sempre assim: “Eu não desejo nada para
mim, exceto a maior de todas, para glorificar a
Deus!” “Ande humildemente com seu Deus.
”Você é o tipo de homem que será promovido no
devido tempo se estiver disposto a descer. Na
verdadeira Igreja de Cristo, o caminho para o
topo é baixo! Afunde-se no lugar mais alto. Eu
não digo isto que mesmo afundando você pode
pensar no topo - pense apenas na glória do seu
Senhor. “Anda humildemente com o teu Deus.”
Anda humildemente com Deus, também,
estudando a sua Palavra e crendo na sua
verdade. Nós temos um número de homens,
hoje em dia, que são críticos da Bíblia. A Bíblia
está atada ao seu bar, não, pior do que isso, ela
está sobre a mesa deles para ser dissecada e eles
não têm nenhum sentimento de decência em
relação a ela. Eles vão cortar seu próprio
18
coração. Eles dividirão suas partes mais ternas,
até mesmo o precioso Cântico de Salomão, ou o
evangelho do apóstolo amado, ou o Livro do
Apocalipse não é sagrado aos olhos deles. Eles se
encolhem do nada - seu bisturi, sua faca -
cortam tudo. Eles são os juízes do que a Bíblia
deveria ser e é deposto de seu trono. Deus nos
salve desse espírito maligno! Desejo sempre me
sentar aos pés de Deus nas Escrituras. Eu não
acredito que, de uma capa para a outra, haja
qualquer erro nela de qualquer tipo, seja na
ciência natural ou física, seja na história ou
qualquer outra coisa! Estou preparado para
acreditar no que quer que seja dito e para aceitá-
lo, acreditando que seja a Palavra de Deus, pois
se não é tudo verdade, não vale a pena um único
centavo para mim. Pode ser para o homem que
é tão sábio que ele pode discernir o verdadeiro
do falso, mas eu sou tão tolo que eu não poderia
fazer isso. Se eu não tiver um guia, aqui, isso é
infalível, eu gostaria de me guiar, pois, afinal de
contas, terei que fazê-lo. Terei que corrigir os
erros do meu guia, perpetuamente - mas não
estou qualificado para isso e, portanto, estou
pior do que se não tivesse nenhum guia. Sente-
se, Razão, e deixe a Fé se levantar! Se o Senhor
disse isso, que Deus seja verdadeiro e todo
homem um mentiroso! Se a ciência contradiz a
Escritura, tanto pior para a ciência - a Escritura
é verdadeira, quaisquer que sejam as teorias dos
19
homens. "Ah", você diz, "você é um fanático
antiquado." Sim, eu sou. Eu não negarei
qualquer elogio que você escolher passar sobre
mim e eu ficarei de pé ou cairei neste livro
abençoado! Esta foi a poderosa arma da Reforma
- feriu o papado - e não a descartarei, quem quer
que seja. Fique quieto, meu irmão, e ouça a voz
do Senhor e ande humildemente com o seu
Deus quanto à Sua verdade.

Ande humildemente com Deus, em seguida,


quanto às misericórdias recebidas. Você estava
doente há pouco tempo e agora está
melhorando. Não deixe o orgulho entrar porque
você acha que pode levantar tantos quilos. Você
está entrando no negócio. Você veste um casaco
muito melhor do que costumava vir aqui, mas
não comece a se achar um cavalheiro poderoso!
Agora você entra numa sociedade muito boa,
você diz, mas não tenha vergonha de ir à reunião
de oração junto com os pobres do Senhor - e
sentar-se ao lado de alguém que não tenha um
casaco novo por muitos dias. “Anda
humildemente com o teu Deus”, ou então pode
ser que Ele te leve um ou dois degraus e te traga
de volta à tua velha pobreza - e então o que dirás
a ti mesmo para a tua loucura? Em seguida, ande
humildemente com Deus sob grandes
provações. Quando você é trazido muito baixo,
não chute os baldes. Quando onda após onda
20
vem, não comece a reclamar. Isso é orgulho -
não murmure, mas curve-se. Diga: “Senhor, se
me atacar, eu mereço mais do que você me
deita. Você não tem lidado comigo de acordo
com o meu pecado. Aceito o castigo.” Não se
levante o espírito rebelde como uma criança
quando é contrariada, ou quando a esposa é
tirada de seu peito ou o marido da cabeça da
casa. Oh, não - diga: “É o Senhor. Deixe que Ele
faça o que lhe parecer bom”. E depois, ande
humildemente com Deus em suas devoções,
como entre você e Deus em seu quarto. Você lê?
Leia humildemente. Você ora? Ore
humildemente. Você canta? Cante
alegremente, mas cante humildemente. Tome
cuidado, quando seu Deus e você estiverem
juntos, e ninguém mais - que quando você
mostrar a Ele seu humilde coração com
profunda humildade - que não seja mais
humilde do que é.

E então, em seguida, ande humildemente entre


você e seus irmãos. Peça para não ser o mestre
do coral. Não deseje ser o homem principal da
igreja. Seja humilde. O melhor homem da igreja
é o homem que está disposto a ser um capacho
para todos, para limpar as botas - o irmão que
não se importa com o que acontece com ele,
desde que Deus seja glorificado. Eu ouvi os
irmãos dizerem: “Bem, mas você deve defender
21
sua dignidade.” Eu perdi a minha há muito
tempo e nunca pensei que valeria a pena
procurar por ela! Quanto à dignidade do pastor,
a dignidade do ministro, se não tivermos
dignidade de caráter, a outra é um pedaço de
pano.

Devemos tentar ganhar nossa posição na igreja


de Deus estando dispostos a ocupar o lugar mais
baixo - e, se assim fizermos, nossos irmãos
cuidarão para que, em pouco tempo, nos digam:
"Suba mais alto". Em seus negócios com cristãos
fracos, nem sempre repreendam. Lembre-se de
que, se você for forte agora, poderá muito em
breve ficar tão fraco quanto seus irmãos. E ao
lidar com os pecadores, “ande humildemente
com o seu Deus”. Não fique muito longe, como
se os amasse tanto que a distância emprestasse
encantamento à vista! Você não acha que, às
vezes, lidamos com os pecadores como se
quiséssemos arrancá-los da fogueira se
houvesse um par de pinças à mão, mas não nos
importamos em fazê-lo se nossos próprios
dedos delicados fossem atingidos pelo fogo?

Ah, amados, devemos descer de todos os


lugares elevados e sentir uma piedade profunda
e terna pelos perdidos, e assim andar
humildemente com Deus! Agora, não tenho
tempo para passar por todo este assunto quanto
22
às suas circunstâncias. Se você é pobre, se você
é obscuro, não fique ansiando por um lugar
mais alto - “ande humildemente com seu Deus”.
Tome o que Ele lhe dá. Ao olhar para trás,
regozije-se em toda a Sua misericórdia e ande
humildemente com a lembrança de todos os
seus tropeços. Olhando para o futuro, antecipe o
futuro com prazer, mas não imagine com
orgulho como você ainda será grande.
“Caminhe humildemente com o seu Deus”. Em
todos os seus pensamentos de coisas sagradas,
seja humilde. Pensamentos de Deus devem
deixar você de baixo. Os pensamentos de Cristo
devem levá-lo a seus pés. Os pensamentos do
Espírito Santo devem fazer você lamentar por
tê-lo irritado. Pensamentos de todas as bênçãos
da aliança devem fazer você se perguntar se tais
privilégios chegaram até você. Os pensamentos
do céu devem deixar você maravilhado por ser
encontrado entre os serafins. Os pensamentos
do inferno deveriam torná-lo humilde –

“Pois se não fosse a graça divina,

Que o destino tão terrível teria sido o meu.”

Oh, irmãos e irmãs, que o Senhor nos ajude a


andar humildemente com Deus! Isso nos
manterá certos. A verdadeira humildade é
pensar corretamente em você mesmo, não mal.
23
Quando você descobrir o que você realmente é,
você será humilde, pois você não é nada de que
tenha para se gabar. Ser humilde fará você
seguro. Ser humilde lhe fará feliz. Ser humilde
fará música em seu coração quando você for
para a cama. Ser humilde, aqui, fará você
acordar à semelhança de seu Mestre, passo a
passo. O Senhor abençoe esta palavra, pelo amor
de Jesus! Amém.

Miqueias– 6

1 Ouvi, agora, o que diz o SENHOR: Levanta-te,


defende a tua causa perante os montes, e ouçam
os outeiros a tua voz.

2 Ouvi, montes, a controvérsia do SENHOR, e


vós, duráveis fundamentos da terra, porque o
SENHOR tem controvérsia com o seu povo e
com Israel entrará em juízo.

3 Povo meu, que te tenho feito? E com que te


enfadei? Responde-me!

4 Pois te fiz sair da terra do Egito e da casa da


servidão te remi; e enviei adiante de ti Moisés,
Arão e Miriã.

5 Povo meu, lembra-te, agora, do que maquinou


Balaque, rei de Moabe, e do que lhe respondeu
Balaão, filho de Beor, e do que aconteceu desde
24
Sitim até Gilgal, para que conheças os atos de
justiça do SENHOR.

6 Com que me apresentarei ao SENHOR e me


inclinarei ante o Deus excelso? Virei perante ele
com holocaustos, com bezerros de um ano?

7 Agradar-se-á o SENHOR de milhares de


carneiros, de dez mil ribeiros de azeite? Darei o
meu primogênito pela minha transgressão, o
fruto do meu corpo, pelo pecado da minha
alma?

8 Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é


o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a
justiça, e ames a misericórdia, e andes
humildemente com o teu Deus.

9 A voz do SENHOR clama à cidade (e é


verdadeira sabedoria temer-lhe o nome): Ouvi,
ó tribos, aquele que a cita.

10 Ainda há, na casa do ímpio, os tesouros da


impiedade e o detestável efa minguado?

11 Poderei eu inocentar balanças falsas e bolsas


de pesos enganosos?

12 Porque os ricos da cidade estão cheios de


violência, e os seus habitantes falam mentiras, e
a língua deles é enganosa na sua boca.
25
13 Assim, também passarei eu a ferir-te e te
deixarei desolada por causa dos teus pecados.

14 Comerás e não te fartarás; a fome estará nas


tuas entranhas; removerás os teus bens, mas
não os livrarás; e aquilo que livrares, eu o
entregarei à espada.

15 Semearás; contudo, não segarás; pisarás a


azeitona, porém não te ungirás com azeite;
pisarás a vindima; no entanto, não lhe beberás o
vinho,

16 porque observaste os estatutos de Onri e


todas as obras da casa de Acabe e andaste nos
conselhos deles. Por isso, eu farei de ti uma
desolação e dos habitantes da tua cidade, um
alvo de vaias; assim, trareis sobre vós o opróbrio
dos povos.

EXPOSIÇÃO DE C. H. SPURGEON: MIQUEIAS 6.

Verso 1. Ouvi, agora, o que diz o SENHOR.

E ainda alguns duvidam da inspiração infalível


da Escritura! Eu começaria cada leitura da
Escritura com uma palavra de admoestação
como essa - “Ouça agora o que o Senhor diz”. Foi
isso que o profeta disse, mas Deus falou pelo
profeta - “Ouvi, agora, o que diz o SENHOR:
Levanta-te, defende a tua causa perante os
26
montes, e ouçam os outeiros a tua voz.” Quando
os homens endureceram e afastaram os
ouvidos, disseram ao profeta para falar às
montanhas, àquelas montanhas que haviam
sido desfiguradas com os santuários de ídolos,
com altares em cada colina alta ou, quem sabe,
aquelas montanhas mais altas que nunca foram
cultivadas. e isso permaneceu intocado pelas
mãos profanas dos homens. Deus faz um apelo a
essas coisas antigas.

2. Ouvi, montes, a controvérsia do SENHOR, e


vós, duráveis fundamentos da terra, porque o
SENHOR tem controvérsia com o seu povo e
com Israel entrará em juízo.

Foi surpreendente a condescendência da parte


de Deus que Ele se dignasse a vir como um réu
perante a corte augusta das montanhas e na
presença dos fundamentos profundos da terra.
É uma nobre concepção - em poesia, excelente -
em grandeza, digna de Deus. Ele fez o seu apelo
às colinas antigas para ouvir a Sua súplica,
enquanto Ele condescendeu em argumentar e
perguntar ao Seu povo porque rejeitaram o seu
Deus e se desviaram para os ídolos. Então Ele
implorou a Israel.

3. Povo meu, que te tenho feito? E com que te


enfadei? Responde-me!
27
Ele lhes pede para dar qualquer razão por que
eles se afastaram Dele. Amados amigos, alguns
de vocês, que são o povo de Deus, se tornaram
frios em seu amor por Ele? Você está
negligenciando o serviço do Altíssimo? Você
está começando a confiar em um braço de
carne? Você está procurando seus prazeres no
mundo? Você perdeu o amor de seu esposo, seu
primeiro amor ao seu bendito Senhor? Então
ouça-O implorar a você! Não seja como era
Israel, mas deixe o Senhor falar-lhe mais do que
aos montes – “Que te fiz eu? E onde te cansei?
Testifica contra mim.” Ó Senhor, não temos
nada para testificar contra ti! Temos muito a
testemunhar para ti e ficamos corados ao
pensar que não o fizemos com mais frequência.
Oh, que sentíssemos mais amor por ti e
tivéssemos prestado um testemunho mais
ousado e mais consistente do teu amor, da tua
graça, e da tua fidelidade!

4. Porque te fiz subir da terra do Egito e te


resgatar da casa dos servos; e enviei diante de ti
Moisés, Arão e Miriã.

Deus constantemente se refere à saída de Israel


do Egito - em todas as grandes ocasiões Ele
começa: “Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei
da terra do Egito, da casa da servidão”. E para o
seu povo, o Senhor ainda diz: “Eu te tirei da terra
28
do Egito e te resgatei da casa da escravidão”. Não
é assim? Não nos deleitamos ainda na Sua obra
redentora, na aspersão do sangue do Cordeiro
Pascal e na mão alta e braço estendido com que
o Senhor nos libertou da escravidão do nosso
pecado?

Lembre-se de que você também era um escravo!


Não te esqueças de quem te comprou e com que
preço! Lembre-se de quem te livrou e te
conduziu com grande poder! Lembre-se disso e
deixe seu amor frio queimar novamente e deixe
sua indiferença se transformar em entusiasmo!
Ó Senhor, reviva o teu povo! O Senhor ainda diz
a seu povo: “Eu enviei diante de ti Moisés (o
legislador), Aarão (o sacerdote) e Miriã (a
profetisa).” Um para ensinar-lhe, outro para
pleitear por você e se sacrificar por você, e o
terceiro para cantar para você, para cantar sua
canção de alegria no Mar Vermelho. Deus deu
ao Seu povo muitos ministérios em muitas
formas - e todos estão concentrados em Seu
Filho, que é tudo para nós. Oh, pela grandeza de
Seus dons para nós, vamos voltar ao nosso
antigo amor a Ele e a algo mais do que isso!

5. Povo meu, lembra-te, agora, do que maquinou


Balaque, rei de Moabe, e do que lhe respondeu
Balaão, filho de Beor, e do que aconteceu desde
29
Sitim até Gilgal, para que conheças os atos de
justiça do SENHOR.

Balaque esforçou-se para levar Balaão a


amaldiçoar o povo de Deus, mas eles não
poderiam ser vencidos pelo poder humano. Ele
procurou destruí-los por ação sobre-humana,
mas as maldições de Balaão se transformaram
em bênçãos. Deus não permitiria que o falso
profeta amaldiçoasse Israel e Ele, em nosso
caso, transformou a maldição do grande
adversário em uma bênção. Ele nos libertou e
nossas provações nos fortaleceram e nos
ensinaram mais sobre Deus. Não nos
lembraremos disso? Sitim foi o último
acampamento do outro lado do Jordão. Gilgal foi
o primeiro na terra prometida - portanto eles
estão unidos, aqui, com a justiça de Deus ao Seu
povo, pois a palavra está no plural. É uma
expressão idiomática - “para que conheças as
justiças do Senhor”. Ele é sempre justo, em
todos os sentidos, para com tudo e sob todos os
aspectos! Eu gostaria que soubéssemos disso,
porque às vezes começamos a pensar que Ele
lida duramente conosco. Quando somos
severamente julgados, começamos a duvidar da
justiça do Senhor. Lembre-se de tudo o que Ele
fez a você desde o primeiro dia até o último,
"para que você possa conhecer a justiça do
Senhor". Agora, o autor assume o caso, mas ele
30
também se torna réu e pergunta o que pode
fazer. para alcançar uma reconciliação.

6, 7. Com que me apresentarei ao SENHOR e me


inclinarei ante o Deus excelso? Virei perante ele
com holocaustos, com bezerros de um
ano? Agradar-se-á o SENHOR de milhares de
carneiros, de dez mil ribeiros de azeite? Darei o
meu primogênito pela minha transgressão, o
fruto do meu corpo, pelo pecado da minha
alma?

As pessoas darão a Deus tudo menos o que Ele


quer. Eles começam dizendo que eles trarão
ofertas queimadas - eles estão prontos para isso.
O machado cairá sobre a cabeça de inumeráveis
novilhos, como Deus exigiu debaixo da lei. As
pessoas estão prontas o suficiente para aquele
sacrifício - e quanto aos carneiros, eles
derramarão seu sangue aos milhares! Se o óleo
é necessário para a oferta de carne, rios dela
devem fluir! Quando eles ofereceram o que
Deus teria, eles oferecem o que Ele não teria - o
que Deus abominou - pois eles se ofereceram
para dar seu primogênito por suas
transgressões! Eles insultaram a Jeová com os
sacrifícios de Moloque, com matança humana,
oferecendo seus filhos para obter expiação
pelos seus pecados! Eles estavam dispostos a ir,
até mesmo, para esse comprimento e fazer
31
qualquer coisa, mas não o que Deus quer. E os
homens ainda darão a Deus qualquer coisa que
não seja o que Ele pede, edifícios majestosos,
serviços magníficos, música esplêndida, ouro e
prata - tudo menos o que o Senhor exige! Eis a
resposta de Deus:

8. Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que


é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a
justiça, e ames a misericórdia, e andes
humildemente com o teu Deus.

Foi uma adoração espiritual que o Senhor exigiu


- não externa, nem ofertas externas - mas o
CORAÇÃO! Se você vai trazer uma oferta, traga
você mesmo - não há outro presente que o
Senhor tanto deseje. O profeta menciona três
coisas que o Senhor exigia de Seu povo -
“Praticar justiça” - aqui estão as ações da vida.
“Amar a misericórdia” - há as gentilezas da vida
que devem ser apresentadas com alegria. O
profeta não diz, “para fazer misericórdia”, mas
para “amá-la”, para deleitar-se, para encontrar
grande prazer no perdão das ofensas, na ajuda
dos pobres, na alegria dos enfermos, no ensino
do ignorante, na volta dos pecadores aos
caminhos de Deus. "E andar humildemente com
o seu Deus". Essas são as coisas que agradam a
Deus. E quando estamos em Cristo e Ele se torna
a nossa justiça, estes são os sacrifícios com os
32
quais Deus está bem satisfeito. Eles fazem uma
oferenda de um aroma suave, um incenso
sagrado que podemos apresentar diante dEle.
Não fale mais das suas ordenanças exteriores,
da sua adoração com abundância de música, ou
da eloquência humana e da aprendizagem e do
que for. Essas coisas não encantam o Senhor -
nenhuma oferta é aceitável, a menos que a
conduta exterior mostre que o coração está
certo com Ele.

9. A voz do SENHOR clama à cidade (e é


verdadeira sabedoria temer-lhe o nome): Ouvi,
ó tribos, aquele que a cita.

A voz de Deus para o Seu povo é frequentemente


pronunciada por meio de sua aflição - “Ouça a
vara”. Ele deseja que entendamos que
julgamentos e calamidades são Sua voz
clamando para a cidade. Oh, que nós fôssemos
homens de sabedoria, que ouviríamos o que
Deus tem a dizer! Infelizmente, Israel não ouviu
e Judá não quis ouvir nem mesmo a própria voz
de Deus!

10. Ainda há, na casa do ímpio, os tesouros da


impiedade e o detestável efa minguado?

11 Poderei eu inocentar balanças falsas e bolsas


de pesos enganosos?
33
Ele chega a detalhes práticos. Nos dias de
Miqueias, os homens haviam se enriquecido
pela opressão, por falta de justiça - tinham
ofendido seus semelhantes - e Deus perguntou-
lhes se esperavam agradar a Ele quando suas
casas estavam cheias de tesouros que eles
virtualmente haviam roubado dando pouca
mensuração e peso baixo. Deus condescende
até apontar esses detalhes minuciosos de
conduta moral. Não é para nós, Seus ministros,
estar subindo nas nuvens, para surpreender
você com a grandeza de nossos pensamentos e
palavras - mas para vir a suas lojas, olhar para
suas medidas, seus passos e seu pesos! Devo
considerá-los puros com as balanças malignas e
com a sacola de pesos enganosos?

12 Porque os ricos da cidade estão cheios de


violência, e os seus habitantes falam mentiras, e
a língua deles é enganosa na sua boca.

Eles eram, suponho, muito o que os orientais


ainda são. Você não pode negociar com eles sem
precisar de mais de dois olhos. Seu preço tem
que ser abatido e suas quantidades devem ser
contadas. Deus não teria o seu povo assim. Ele
não diz nada sobre os moabitas ou os babilônios
fazendo isso, mas para o Seu povo fazer isso era
muito doloroso para ele.
34
13. Assim, também passarei eu a ferir-te e te
deixarei desolada por causa dos teus pecados.

Eles mentiram e trapacearam - então Deus lhes


dava uma língua triste, denunciando sua saúde
debilitada. Ele faria a angústia atual deles para
ficar pior e pior até que eles deveriam estar
doentes pelas feridas deles.

14. Comerás e não te fartarás; a fome estará nas


tuas entranhas; removerás os teus bens, mas
não os livrarás; e aquilo que livrares, eu o
entregarei à espada.

E a sua queda será no meio de você. “Sentirás


um naufrágio interior - mesmo quando
comeres, serás fraco como um homem que
nada comeu”.

De modo que, em cada projeto, ficariam


desapontados - em todo projeto, ficariam
frustrados porque Deus seria contra eles.

15. Semearás; contudo, não segarás; pisarás a


azeitona, porém não te ungirás com azeite;
pisarás a vindima; no entanto, não lhe beberás o
vinho,

Deus pode permitir que os homens tenham toda


forma de prosperidade exterior e, no entanto,
não façam uso disso. Temo que alguns, talvez
35
alguns presentes, tenham todas as bênçãos
religiosas externas, mas que nada vem disso.
Você ouve sermões, você vem a reuniões, você
pisa as azeitonas, mas você não é ungido com o
óleo. As uvas estão no tanque de vinho, mas você
não bebe o vinho. Deus nos salve dessa triste
condição!

16. porque observaste os estatutos de Onri e


todas as obras da casa de Acabe e andaste nos
conselhos deles. Por isso, eu farei de ti uma
desolação e dos habitantes da tua cidade, um
alvo de vaias; assim, trareis sobre vós o opróbrio
dos povos.

Acabe era um arqui-rebelde contra Deus.


Lembra-se de seu assassinato de Nabote para
obter sua vinha? E essas pessoas seguiram o seu
mau exemplo.

Foi muito difícil suportar essa repreensão


quando não havia nenhum conforto do Espírito
para ir com isso. Existem alguns professantes
que suportam o opróbrio de Cristo, mas nunca
compartilham Sua coroa - esse é um estado de
coisas temeroso. De bom grado, aceitaríamos
essa censura de que podemos ser
verdadeiramente dEle. Mas se professamos ser
povo de Deus e agirmos inconsistentemente,
devemos suportar todo o opróbrio, mas não
36
temos nada para nos sustentar sob ele. Ó
Senhor, em sua misericórdia, salve-nos disso!

Nota do tradutor:

É muito difícil aprendermos a equilibrar o


pensamento sobre a bondade de Deus em graça
para conosco, e a aplicação dos seus juízos. No
caso do Seu povo, uma coisa não exclui a outra,
pois tudo está ordenado para o seu bem. Os
juízos corretivos são para a nossa disciplina e
purificação da fé de modo a possibilitar uma
efetiva participação da santidade e da
comunhão com Deus.

O que deve ser evitado é o pensamento


superficial e leviano de que por ser amor, Deus
é indiferente ao nosso pecado, uma vez que
fomos perdoados em Cristo, e por ter Ele levado
sobre Si a nossa culpa na cruz do Calvário.

Deus sempre odiou e odiará o pecado, e jamais


estará alegre conosco caso permaneçamos na
prática continuada do pecado. Ao contrário, Ele
se entristece, o Espírito Santo pode até mesmo
ser apagado na sua influência, instrução e
direção continuada em nossas vidas enquanto
não nos arrependermos e confessarmos as
nossas faltas.
37
Quando um crente vive em pecado, o coração de
Deus em relação a ele ainda é o coração de um
pai amoroso, no entanto, um coração
entristecido, e certamente o pai disciplinará e
repreenderá o filho faltoso, exatamente pelo
fato de amá-lo.

38

Interesses relacionados