Você está na página 1de 3

Animalia

Chordata

Aves

Piciformes

Ramphastidae

Vivem nas florestas da América Central e América do Sul. Possuem um bico


grande e oco. Seu sistema digestivo é extremamente curto, o que explica a sua
base alimentar, já que as frutas são facilmente digeridas e absorvidas pelo trato
gastrointestinal.

Além de serem frugívoros (comerem fruta), necessitam de um certo nível


proteico na dieta, o qual
alcançam caçando
alguns insetos, pequenas
presas (como lagarto,
perereca, etc) e mesmo
ovos de outras aves.
Possuem pés zigodáctilos
(dois dedos direcionados
para frente e dois para
trás), típicos de animais
que trepam em árvores.
São monogâmicos territorialistas. Não há dimorfismo sexual e a sexagem pode
ser feita por análise de seu DNA.

1
É um bicho desordeiro que vive em bandos.
Passam o tempo todo a agitarem-se, a gritar e a
pular de galho em galho. Gostam de voar sobre
os rios e pousar sobre as árvores mais altas.

Para dormir eles colocam a cabeça para trás, o


bico fica debaixo de uma das asas e o rabinho fica para frente, por cima do
corpo. É uma forma de descansar o bico. Eles até bocejam quando estão com
sono.

Uma das formas de distinguir o


macho e a fêmea do Tucano é
olhar para o bico. O bico do macho
é menos curvo, mais estreito e mais
comprido.

O casal de tucanos costuma fazer o


ninho no oco das árvores altas, mas
também usam ninhos abandonados de pica-pau. Podem colocar de 2 a 4 ovos
e os pais alimentam os filhotes com o sumo das frutas e insetos. Os filhotes
nascem cegos e só saem do ninho com quase um mês de idade.

Os seus predadores são águias, falcões, cobras


e corujas. Quando atacados, fazem muito
barulho porque vivem em bando. Os macacos e
as cobras atacam o ninho dos tucanos.
Podemos
também
incluir o
homem porque os traficantes de animais têm
facilidade de os vender, uma vez que são
aves muito bonitas.

2
CAUSAS DA EXTINÇÂO

Tem sido capturado e traficado para outros


países a fim de ser vendido em lojas de
animais. Isto tem como consequência a
diminuição da sua população nas florestas,
pondo em risco a variabilidade genética,
bem como a morte de muitos animais
durante o transporte. Não são aves
migratórias

Uma outra ameaça para a sua existência


é a destruição do seu habitat natural, a
selva amazónica.

Hoje em dia alguns tucanos estão em reservas naturais, para serem preservados.
Desta forma reproduzem-se e a população aumenta

Realizado por:

Duarte Fernandes Diogo nº 7 Turma: 5.2

Você também pode gostar