Você está na página 1de 5

Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa

Teoria do Processo

2º Semestre - Ano letivo 2018/2019

Jorge Leal, Helena Bolina, Mariana França Gouveia

PROGRAMA

I.Organização Judiciária e Processo Civil

A. Organização judiciária portuguesa

1. Introduçaã o

2. Tribunais judiciais

3. Julgados de paz

4. Tribunais administrativos e tributaá rios

5. Tribunal de Contas

6. Tribunal Constitucional

B. Processo civil

1. Introduçaã o

2. Estrutura

3. Funçaã o

4. Objeto

5. Sujeitos

6. Princíápios gerais

a. Acesso aos tribunais

b. Princíápio da equidade

c. Prazo razoaá vel

d. Princíápio da legalidade do conteuá do da decisaã o

e. Princíápio do dispositivo

f. Princíápio do inquisitoá rio


g. Princíápio da preclusaã o e da autorresponsabilidade das partes

h. Princíápio da cooperaçaã o

i. Princíápio da imediaçaã o, oralidade e concentraçaã o e princíápio da livre apreciaçaã o da


prova

j. Princíápio da economia processual

k. Princíápio da gestaã o processual

II. Processo Penal e Processo de Contraordenação

A. Processo Penal

1. Introduçaã o ao Processo Penal: Processo Penal e Direito Penal.

2. Os instrumentos internacionais: Declaraçaã o Universal do Direitos do Homem, Pacto


Internacional dos Direitos Civis e Políáticos e Convençaã o Europeia para a Proteçaã o dos
Direitos Humanos e das Liberdades Fundamentais.

3. Processo Penal e Constituiçaã o. Estado de Direito e garantias. O modelo processual penal


portugueê s.

4. As fases do processo.

5. As formas do processo: processo comum e processos especiais.

6. Princíápios do processo penal.

a. Natureza e funçaã o.

b. Princíápios relativos aà organizaçaã o e estrutura do processo penal.

c. Princíápios relativos aà promoçaã o do processo.

d. Princíápios relativos aà prossecuçaã o processual.

e. Princíápios relativos aà prova.

f. Princíápios relativos aà forma.

B. Processo de Contraordenação

7. O processo de contraordenaçaã o e o processo penal.

8. Estrutura e caracteríásticas do processo de contraordenaçaã o.

9. Processo de contraordenaçaã o e garantias.

10. As fases do processo de contraordenaçaã o.


11. As especialidades dos regimes setoriais.

II. Resolução Alternativa de Litígios

1. A Resoluçaã o Alternativa de Litíágios.

2. Mediaçaã o

3. Arbitragem

BIBLIOGRAFIA

Organização Judiciária
 SALVADOR DA COSTA E LUIÍS LAMEIRAS, Lei da Organização do Sistema Judiciário, 3.ª ediçaã o,
Almedina, 2017.
 JOAÃ O MIGUEL BARROS, Sistema Judiciário Anotado, 2.ª ediçaã o, AAFDL Editora, 2017.
 ANTOÍ NIO A. VIEIRA CURA, Organização Judiciária Portuguesa, Gestlegal, 2018.

Processo Civil
 JOSEÍ LEBRE DE FREITAS, Introdução ao Processo Civil, 4.ª ediçaã o, Gestlegal, 2017.
 JOSEÍ LEBRE DE FREITAS, A Ação Declarativa Comum, 4.ª ediçaã o, Gestlegal, 2017.
 JOSEÍ LEBRE DE FREITAS E ISABEL ALEXANDRE, Código de Processo Civil Anotado, vol. I e II, 3.ª
ediçaã o, Coimbra Editora, 2014 e Almedina 2018.
 PAULO RAMOS DE FARIA E ANA LUIÍSA LOUREIRO, Primeiras Notas ao Código de Processo Civil, vol.
I, 2.ª ediçaã o e II, Almedina, 2014.
 PAULO PIMENTA, Processo Civil Declarativo, 2.ª ediçaã o, Almedina, 2018.
 RITA LOBO XAVIER, Ineê s Folhadela e Gonçalo Andrade e Castro, Elementos de Direito
Processual Civil, 2.ª ediçaã o, Universidade Catoá lica Editora Porto, 2018.
 RUI PINTO, Código de Processo Civil Anotado, vol. I e II, Almedina, 2018.
 Antoá nio Santos Abrantes Geraldes, Paulo Pimenta e Luíás Filipe Pires de Sousa, Código de
Processo Civil Anotado, vol. I, Almedina, 2018.
 FRANCISCO MANUEL LUCAS FERREIRA DE ALMEIDA, Direito Processual Civil, volume I, 2.ª ediçaã o,
Almedina, 2018.
 JORGE AUGUSTO PAIS DE AMARAL, Direito Processual Civil, 14.ª ediçaã o, Almedina, 2018.

Processo Penal e Processo de Contraordenação


 ALBUQUERQUE, Paulo PINTO DE
- Comentário do Código de Processo Penal [anotaçaã o ao artigo 4.º], 4.ª ediçaã o, Lisboa: UCP,
2011.
- Comentário do Regime Geral das Contra-ordenações, Lisboa: Universidade Catoá lica Editora,
2011.
 ANTUNES, Maria Joaã o
- «Direito processual penal – “direito constitucional aplicado”», in Que futuro para o Direito
Processual Penal. Simpósio em homenagem a Jorge de Figueiredo Dias, por ocasião dos 20
anos do Código de Processo Penal Português, Coimbra: Coimbra Editora, 2009.
- Direito Processual Penal, Coimbra: Almedina, 2016.
 BELEZA, Teresa PIZARRO
- Apontamentos de Processo Penal (com a colaboraçaã o de outros autores), vol. I, Lisboa:
AAFDL, 1992.
- «O processo penal portugueê s em tempos de mudança», Themis, Ed. especial n.º 6, 2018.
 BELEZA, Teresa PIZARRO/COSTA PINTO, Frederico de Lacerda da - «Criminal Procedure» in C.F.
Almeida/A. Cristas/ N. Piçarra (orgs), Portuguese Law, An Overview, Coimbra: Almedina,
2007.
 BOLINA, Helena Magalhaã es
- «Razaã o de ser, significado e consequeê ncias do princíápio da presunçaã o de inoceê ncia (artigo
32.º, n.º 2, da CRP), BFDUC 70, 1994.
- «O direito ao sileê ncio e o estatuto dos supervisionados no mercado de valores mobiliaá rios»,
Revista de Concorrência e Regulação, Ano III, n.º 11/12, 2012.
 CANOTILHO, J.J. Gomes/MOREIRA, Vital - Constituição da República Portuguesa Anotada, vol. I, 4ª
ed. rev., Coimbra: Coimbra Editora, 2007.
 COSTA PINTO, Frederico de Lacerda da
- Direito Processual Penal. Curso Semestral, fascíáculos policopiados, Lisboa: AAFDL, 1998.
- «Direito de audiçaã o e direito de defesa em processo de contraordenaçaã o», RPCC 23, 2013.
- «As garantias do Estado de Direito e a evoluçaã o do Direito de Mera Ordenaçaã o Social»,
Scientia Ivridica, tomo LXVI, n.º 344, 2017.
 FIGUEIREDO DIAS, Jorge de
- Direito Processual Penal, Liçoã es coligidas por Maria Joaã o Antunes, Coimbra: Secçaã o de Textos
da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, 1988-89.
- «Os princíápios estruturantes do processo e a revisaã o de 1998 do Coá digo de Processo Penal»,
RPCC, 2/1998, pp. 199-213.
 FIGUEIREDO DIAS, Jorge de/COSTA ANDRADE, Manuel da/COSTA PINTO, Frederico de Lacerda da -
Supervisão, direito ao silêncio e legalidade da prova, Lisboa: Almedina, 2009.
 LEONES DANTAS, Antoá nio - Direito das Contra-ordenações – questões gerais, Braga: AEDUM,
2010.
 MARQUES DA SILVA, Germano – Direito Processual Penal Português, vol. I (2ª ed.), Lisboa: UCP,
2017.
 MARQUES DA SILVA, Germano/SALINAS, Henrique – Anotaçaã o ao artigo 32.º, in Jorge Miranda e
Rui Medeiros, Constituição Portuguesa Anotada, tomo I, 2ª ed., Coimbra: Wolters
Kluwer/Coimbra Editora, 2007.
 SILVA DIAS, Augusto – Direito das Contra-ordenações, Coimbra: Almedina, 2018.
 SILVA DIAS, Augusto/RAMOS, Vaê nia COSTA - O Direito à Não Auto-inculpação (Nemo Tenetur Se
Ipsum Accusare) no Processo Penal e Contra-ordenacional Português, Coimbra: Coimbra
Editora, 2009.
 SOUSA MENDES, Paulo de – Lições de Direito Processual Penal, Coimbra: Almedina (4.ª reimp.,
2017), 2013.
RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS
 Mariana França Gouveia – Curso de Resoluçaã o Alternativa de Litíágios, Coimbra:
Almedina (3.ª reimp., 2014), 2019