Você está na página 1de 6

Ensino Médio

TESTE SEUS
CONHECIMENTOS Aluno(a):
Disciplina: BIOLOGIA Profª.: PAULO HENRIQUE

2° ANO - EM Data:___/___ /

6 7 8 9 10 11 12 13 14

01. UFF 2012 2ª. ETAPA MODIFICADA Em 1928, Griffith relatou em um trabalho que Pneumococcus não
capsulados podiam começar a apresentar cápsulas quando misturados com Pneumococcus capsulados e
mortos pelo calor (figura abaixo). Em 1944, Avery e colaboradores demonstraram que o DNA era a molécula
envolvida nesse processo.
Posteriormente outros trabalhos mostraram que as bactérias, apesar de não apresentarem reprodução
sexuada, podem receber genes de outras bactérias por três mecanismos diferentes de recombinação:
transformação, transdução e conjugação.

a) Que mecanismo de recombinação foi observado por Griffith? Explique como o DNA está envolvido nesse
processo.

b) Em qual dos mecanismos de transferência de material genético é necessário o contato físico entre as
células bacterianas? Justifique sua resposta.

c) Em qual dos três mecanismos os vírus bacteriófagos podem servir de vetores na recombinação
bacteriana? Justifique sua resposta.
d) IDENTIFIQUE a etapa A, B, C ou D utilizada para a produção de vacinas. JUSTIFIQUE

02. Um dos problemas da resistência a antibióticos consiste na disseminação de genes de resistência entre
as bactérias.
Analise esta figura, em que estão indicados os mecanismos I, lI e III de transmissão de genes envolvendo
bactérias:

Os mecanismos l, ll e lll são classificados como processos de transferência lateral de genes. Identifique e
explique cada um dos três mecanismos:
I - ________________________________________________________________________________
II ________________________________________________________________________________
III ________________________________________________________________________________

03. FUVEST 2009


Em entrevista concedida à revista eletrônica ComCiência, publicada pela Sociedade Brasileira para o
Progresso da Ciência, Carlos Vogt afirmou:
“O combate à doença de Chagas, à febre amarela, à leishmaniose, à malária, à dengue, tem mobilizado a
sociedade e os governos na busca de soluções mais permanentes e no estabelecimento de políticas públicas
que conduzam a medidas de prevenção mais dinâmicas e eficientes.”
http://www.comciencia.br/reportagens/2005/06/01.01shtml
a) O controle da proliferação de mosquitos é uma medida adotada para combate a doenças. Para qual(is) das
cinco doenças citadas no texto acima, essa estratégia pode ser efetiva?

b) Distribua as cinco doenças em grupos, de acordo com o tipo de agente causador. Justifique os grupos
formados.
04. Em águas onde há mais oferta de nutrientes, principalmente nitratos e fosfatos ocorre grande crescimento
de algas do fitoplâncton, microplantas aquáticas capazes de realizar fotossíntese (fenômeno denominado
floração de algas).
a) Sendo nitratos e fosfatos substâncias inorgânicas, explique como a oferta desses nutrientes pode
aumentar em águas onde ocorre despejo de esgoto, rico em matéria orgânica.

b) Concorde ou discorde com a frase “A floração de algas do fitoplâncton é sempre benéfica aos
ecossistemas aquáticos”, justificando mediante um exemplo concreto e biologicamente aceitável.

05. UNICAMP 2012


A malária é a principal parasitose dos países tropicais. Segundo a Organização Mundial de Saúde, há mais
de 200 milhões de casos de malária a cada ano e 500 mil deles ocorrem no Brasil. Até hoje, a principal forma
de combate à malária consiste no controle do vetor de seu agente etiológico. No entanto, em estudo
publicado na revista Science em setembro de 2011, cientistas anunciaram que vacinas produzidas a partir de
células inteiras do agente causador da malária, depois de submetidas a uma dose letal de radiação γ, deram
bons resultados em estudos preliminares realizados inclusive com humanos.
a) Qual é o agente causador da malária? E qual é o seu vetor?

b) Qual é a importância do tratamento das células dos agentes causadores da malária com dosagem letal de
radiação? Como células mortas podem agir como vacina?

06. PUCSP 2010 Leia com atenção o trecho a seguir:


HISTÓRIA DE DUAS BACTÉRIAS
A bactéria Zi e a bactéria Wu encontram-se em um meio de cultura contendo um antibiótico A.
Zi comenta com Wu: — “Esse antibiótico me deixa muito mal. Estou com dificuldade de sintetizar moléculas
de RNA”.
Responde Wu: — “Puxa, eu continuo produzindo normalmente proteínas e sinto-me muito bem. Zi, farei
imediatamente uma ponte citoplasmática com você e vou lhe transferir um plasmídio especial”.
Um pouco depois, Zi comenta: — “Wu, muito obrigada, meu processo de síntese de proteínas se
normalizou. Sou uma nova bactéria!”
Com relação ao trecho descrito, é INCORRETO afirmar que

a) a bactéria Zi, inicialmente, teve dificuldade de sintetizar moléculas de RNA e isso interferiu na síntese
de proteínas.
b) a bactéria Wu tem constituição genética que permite sobreviver em meio contendo o antibiótico A.
c) ocorreu conjugação entre as bactérias Wu e Zi.
d) a bactéria Zi recebeu molécula de RNA mensageiro presente no plasmídio, o que lhe garantiu resistência
ao antibiótico A.
e) a bactéria Wu transferiu DNA para a bactéria Zi.
07 (MACKENZIE-SP) A contaminação do reservatório de água de Santa Isabel do Ivai (PR) provocou 375
casos de toxoplasmose. A doença fugiu ao controle das autoridades sanitárias do município de 9154
habitantes, que teve 375 casos confirmados e 743 notificações. Essa doença pode causar aborto, deficiências
neurológicas e visuais.
Alguns gatos tinham um ninho na estação de tratamento de água da cidade.
Adaptado de Folha de São Paulo, 24/02/2002

A ___ I ___, na referida cidade, pode ter sido provocada por contaminação do sistema de abastecimento de
água. Os gatos, encontrados na estação, agem como hospedeiros ___ II ___ do causador da doença, que é
___ III ___.
Os espaços I, II e III devem ser preenchidos, correta e respectivamente por :

a) epidemia, definitivos e um protozoário.


b) epidemia, definitivos e uma bactéria.
c) endemia, intermediários e um protozoário.
d) endemia, definitivos e um protozoário.
e) epidemia, intermediários e uma bactéria.

08 FAVIP 2011 As parasitoses ocorrentes no Brasil geralmente estão associadas às péssimas condições
higiênicosanitárias, sendo boa parte dessas doenças veiculadas pela água contaminada, como, por exemplo
a:

A) Doença de Chagas.
B) Amebíase.
C) Filariose.
D) Leishmaniose.
E) Malária.

09 UFOP 2010 A idéia de se utilizarem organismos


vivos como armas biológicas é antiga. Logo após os
atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, em
que aviões derrubaram as torres gêmeas do World
Trade Center em Nova York, houve um atentado
bioterrorista em que foram utilizadas culturas de
bactérias Bacillus anthracis. A doença Carbúnculo,
causada por essa bactéria, é tratável com antibióticos,
se for logo diagnosticada. Em um experimento
laboratorial, se acrescentarmos um antibiótico
bactericida a uma cultura de B. anthracis, a divisão
celular dessa bactéria ficará prejudicada. Considere o
crescimento dessa cultura bacteriana em três fases
distintas, expressas no seguinte gráfico:

Assinale a alternativa que mostra em qual dessas fases o antibiótico bactericida deve ser acrescentado para
ser mais eficiente.

A) Fase I.
B) Fase II.
C) Fase III.
D) Fase IV.
10 UFAL Observe as figuras ao lado que representam três
grandes grupos de organismos. Com relação às características
e classificação dos seres mostrados abaixo, é correto afirmar
que;

A) o vírus da hepatite B é um parasita intracelular obrigatório,


classificado em um dos cinco reinos.
B) a Escherichia coli e a Leishmania são protistas que causam
doenças transmitidas por insetos.
C) bactérias e vírus possuem uma parede celular rígida encobrindo o material genético.
D) a Leishmania possui arquitetura celular semelhante à Escherichia coli.
E) o vírus da Hepatite B e a Leishmania possuem uma estrutura lipoprotéica na sua porção mais
externa envolvendo seus conteúdos internos.

11 UERJ – Análise da Feema revela: peixes das lagoas da Barra estão contaminados. Tilápias,
vendidas na Ceasa, têm toxinas acima do recomendado para o consumo. (O globo 2007)

O lançamento de poluentes em rios e lagoas pode proporcionar, quando as condições ambientais são
favoráveis, um rápido crescimento de organismos fitoplanctônicos na água. Recentemente, o complexo
lagunar da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, apresentou uma dessas florações, com a presença de grandes
quantidades de cianobactérias. Dentre as espécies encontradas, algumas eram produtoras de potente toxina,
o que trouxe riscos à saúde da população.
O conjunto de substâncias presentes na água, cujo aumento de concentração favorece o rápido crescimento
de cianobactérias, é:

(A) sais minerais


(B) metais pesados
(C) matéria orgânica
(D) óxidos de enxofre

12 Mackenzie 2011 Planta encontrada no sapato de suspeito. Esse foi o título de uma reportagem publicada
em um jornal. O texto dizia que o sapato foi levado a um especialista do Instituto de Botânica, que identificou
a amostra como sendo uma alga clorofícea (verde).
Atualmente as algas não são consideradas como plantas verdadeiras porque:
a) não possuem organelas membranosas em suas células.
b) não possuem os mesmos pigmentos que as plantas.
c) não apresentam tecidos especializados.
d) não usam água como matéria prima para a fotossíntese.
e) não possuem flores.

13 UEM 2012 A célula de um protozoário é bastante especializada, podendo até ser comparada à
complexidade de um animal. Cada organela da célula de um protozoário tem uma função vital específica.
Com relação aos protozoários é correto afirmar que

01) nas espécies marinhas os vacúolos contráteis são importantes na eliminação da água.
02) a conjugação é a reprodução sexuada que ocorre na maioria dos esporozoários.
04) o complexo apical é a organela de locomoção apresentada pelo causador da leishmaniose.
08) tricocistos são estruturas de defesa apresentadas pelo Paramecium.
16) foraminíferos, radiolários, sarcodinos e heliozoários são protozoários que emitem expansões
citoplasmáticas para captura de alimento.

14 UNESP 2011 Municípios do Nordeste atingidos pelas chuvas sofrem com doenças O fim das enchentes
não significa que o perigo acabou. Cresce o risco de proliferação de doenças nos 95 municípios alagoanos e
pernambucanos afetados pelos temporais. Em alguns municípios a rede de abastecimento de água foi
destruída. O contato direto da população com a água e a lama deixa os sanitaristas preocupados.
(www.globo.com/jornalnacional. Adaptado.)
Na situação colocada, dentre as doenças que mais imediatamente preocupam os sanitaristas, pode-se citar
(A) difteria, tifo e tuberculose.
(B) tétano, giardíase e leishmaniose.
(C) leptospirose, hepatite e diarreia.
(D) hepatite, difteria e leishmaniose.
(E) diarreia, dengue e toxoplasmose.
GABARITO

1. a. Resposta: O mecanismo é Transformação. Fragmentos do DNA da bactéria morta chegam ao


citoplasma da bactéria viva e se recombinam com seu material genético, conferindo à bactéria receptora a
característica de apresentar cápsula.
B Resposta: O mecanismo é Conjugação, pois é necessária a presença do pillus interligando as células
bacterianas para que possa ocorrer a transferência do material genético.
c. Resposta: No mecanismo de Transdução. O material genético do vírus se integra ao genoma da célula
bacteriana, para que o ácido nucléico viral possa ser duplicado. Dessa forma, seqüências do DNA bacteriano
podem permanecer ligadas ao DNA viral e consequentemente serem transportadas por outra bactéria.
d. d) Numa vacina, emprega-se a etapa III, na qual o antígeno é inativado, e, a seguir, inoculado no
organismo do paciente a fim de estimular seu sistema de defesa.
02
transdução conjugação transformação

03. a) malária, febre amarela, leishmania e dengue são transmitidas por mosquitos e doença de
Chagas, por um percevejo.
b) Destas, Chagas, malária e leishmania são causados por protozoários e dengue e febre amarela, por
vírus.
04. a) A matéria orgânica, ao ser decomposta por organismos saprófitas (decompositores) gera
matéria inorgânica como nitratos e fosfatos, diretamente utilizáveis pelos seres autótrofos.
b) A floração de algas em água doce e parada (como lagos e represas) pode levar à eutrofização,
enquanto a floração de algas em água salgada, às marés tóxicas. Em ambos os casos ocorrerá a
morte de organismos presentes no ambiente aquáticos em questão.

05. a) O agente causador da malária é o protozoário do gênero Plasmodium, e o vetor é o mosquito


Anopheles.
b) A importância da radiação com dose letal é impedir que o protozoário permaneça vivo e cumpra seu
ciclo de vida, causando a doença no hospedeiro.
As células mortas podem agir como vacina porque componentes das células mortas, ao serem
administrados a um organismo, podem ser reconhecidos como antígenos e estimular a produção de
anticorpos.

06.D
07.A
08.B
09.B
10.E
11.A
12.C
13.8+16
01. No controle osmótico
02. Reprodução deles é assexuada (esquizogonia esporogônia)
04. Complexo apical, caracterísitca dos apicomplexos, permite a perfuração da membrana da célula do hospedeiro
14. C