Você está na página 1de 2

Dízimas Periódicas

1. Definição 61 23
= 0,12323 … = 0,2323 …
495 99
Uma dízima periódica é um número que quando
escrito no sistema decimal apresenta uma série infinita de Desta forma, torna-se fundamental que saibamos
algarismos decimais que, a partir de um certo algarismo, se encontrar a fração que gera cada dízima para que possamos
repetem em grupos de um ou mais algarismos, ordenados realizar operações com ela. Por exemplo, a operação:
sempre na mesma disposição e chamados de período.
0,1212... + 0,5555... – 0,0222... + 0,2323...
Por exemplo, os números a seguir são dízimas
periódicas: deve ser realizada na forma fracionária como:
3,2222..... 0,353535.... 45,76555... 4 5 1 23
+ − +
33 9 45 99
As dízimas periódicas são representadas por
reticências (...) no final do número ou por um traço sobre a Para encontrarmos as dízimas, existe o caminho
parte que repete, chamado de período. Assim, os mesmos algébrico e o prático.
valores acima podem ser representados:
3. Solução Algébrica

3, 2 തതത
0, ത35 45,765ത
Para encontrarmos a fração de uma dízima,
As dízimas periódicas são formadas de três partes: devemos proceder da seguinte forma:
parte inteira, anti-período e período. Parte inteira é a parte
que antecede as casas decimais (antes da vírgula ou ponto a) Devemos atribuir a dízima a uma incógnita, x por
decimal). O período é a parte que se repete de forma exemplo;
infinita. Já o anti-período é a parte do número que está b) Depois, devemos multiplicar a dízima por uma
após o início das casas decimais (após a vírgula), e vai até potência de 10 (1, 10, 100, 1000,....) até que
o início do período. Assim, por exemplo, o número tenhamos duas versões, uma com o período logo
45,76555.... apresentado acima, tem 45 como parte inteira, após a virgula e outra com um período do lado
76 como anti-período e 5 como período. esquerdo da vírgula.
c) Finalmente, subtraímos ambos os lados destas
Existem dois tipos de dízimas periódicas: as igualdades e isolamos a incógnita. O resultado é a
simples e as compostas. As dízimas periódicas simples a fração geratriz.
não apresentam o período logo após a vírgula, ou seja, não
apresentam o anti-período. Já as dízimas periódicas Vejamos, por exemplo, as dízimas 0,555..., 2,333.... e
compostas apresentam o anti-período entre a parte inteira e 1,64444...
o período. Por exemplo:
a) x = 0,5555....
- Simples: 0,222... 3,4444.... 13,1111... como essa dízima já tem o período logo após a
-Compostas: 0,0333... 12,34545... 6,7537878... virgula, já temos a primeira relação. Para a segunda,
precisamos colocar a vírgula após a primeira repetição do
2. Fração Geratriz período (após o primeiro 5). Para isso, basta multiplicar
ambos os lados da equação por 10. Isso produz a segunda
Toda dízima periódica pertence ao conjunto dos relação que é: 10x = 5,555...
números racionais (Q). Desta forma, todas elas, sem
exceção, possuem uma fração que, quando dividimos o Juntamos as duas equações e subtraímos a
numerador pelo denominador, encontramos esta dízima. primeira da segunda:
Esta fração é chamada de fração geratriz. Por exemplo:
‫ = ݔ‬0,555 … (1)
5 1 ൜
= 0,5555 … = 0,02222 … 10‫ = ݔ‬5,555 … . (2)
9 45
Fazendo (2) – (1) e isolando o x, teremos:
7 148
= 2,3333 … = 1,64444..
3 90 10‫ ݔ‬− ‫ = ݔ‬5,555 … − 0,555 …
9‫ = ݔ‬5
5 25 1188 + 25
‫=ݔ‬ 12,2525 … = 12 + 0,2525 … = 12 + =
9 99 99
1213
=
Essa fração é a geratriz da dízima. 99

b) x = 2,333... b) Dízimas Compostas

‫ = ݔ‬2,333 … (1) As dízimas compostas são convertidas em fração



10‫ = ݔ‬23,333. . . (2) através de um dispositivo que forma a fração assim: para
cada algarismo do período ainda se coloca um algarismo 9
Fazendo (2) – (1) e isolando o x, teremos: no denominador. Mas, agora, para cada algarismo do anti-
período se coloca um algarismo zero, também no
10‫ ݔ‬− ‫ = ݔ‬23,333 … − 2,333 … denominador. No caso do numerador, faz-se a seguinte
9‫ = ݔ‬21 conta: (parte inteira com anti-período e período) – (parte
21 7 inteira com anti-período). Assim:
‫=ݔ‬ =
9 3

c) x = 1,6444...

10‫ = ݔ‬16,444 … (1)



100‫ = ݔ‬164,444. . . (2)

Fazendo (2) – (1) e isolando o x, teremos:

100‫ ݔ‬− 10‫ = ݔ‬164,444 … − 16,444 …


90‫ = ݔ‬148
148 74
‫=ݔ‬ = Outros exemplos:
90 45
164 − 16 148 74
4. Solução Prática 1,6444 … = = = (1)
90 90 45
Para a solução prática de uma fração geratriz,
21308 − 2130 19178
precisamos separar as dízimas simples das compostas. 21,30888. . = = (2)
900 900
247321 − 2473 244848
a) Dízima Simples
2,4732121 … = = (3)
Em primeiro lugar, vamos ver as dízimas simples 99000 99000

125 − 1 124
com a parte inteira zero. Para encontrarmos a dízima
periódica dela, basta formar a fração com o período no 0,1252525 … = = (4)
numerador e um algarismo nove para algarismo do período 990 990
no denominados. Por exemplo:

5 Observe que no exemplo (1), o denominador foi


0,555 … = 90 pois o 9 veio do tamanho do período (1 algarismo) e o 0
9 do número de algarismo do anti-período. No exemplo (3),
foram dois noves do tamanho do período e três zeros pois o
foi colocado um algarismo 9 pois o período tem tamanho
anti-período continha três casas.
1. Vejamos outros casos:

23 375
0,2323 … = 0,375375 … =
99 999 Prof. Marcos Carrard
www.mcarrard.com.br
Quando a dízima apresentar um período não
inteiro, devemos separá-la em duas partes: inteira e
decimal, somadas. Depois, transformamos a parte decimal
em fração pelo método acima e aplicamos a soma de fração
para encontrar a solução final:

4 22
2,444 … = 2 + 0,444. . = 2 + =
9 9