Você está na página 1de 4

A DEIDADE DE JESUS

1º – A Bíblia revela que existe um só Deus:


 a) “Não existe Deus além de mim” (Dt. 32.39);
 b) “Nenhum Deus foi formado antes de mim” (Is. 43.10-11);
 c) “Além de mim não há Deus” (Is. 44.6-8; 45.5-6,21);
 d) “Não há outro semelhante a mim” (Is. 46.9).

2º – A Bíblia ensina que Jesus é Deus:


 a) “A Palavra era Deus” (Jo. 1.1);
 b) Tomé disse: “Senhor meu! Deus meu!” (Jo. 20.28);
 c) Deus chama Jesus de “Ó Deus” (Hb. 1.8);
 d) “Eu Sou” é o nome de Deus no Velho Testamento (Êx. 3.14);
 e) “Eu Sou antes de Abraão” (Jo. 8.58);
 f) “Não usurpou ser igual a Deus” (Fp. 2.6).

3º – A Bíblia ensina que Jesus é divino:


 a) Assim foi profetizado (Is. 9.6);
 b) Foi reconhecido por Tomé (Jo. 20.8);
 c) Afirmado pelos apóstolos (Rm. 9.5; Hb. 1.18);
 d) Aclamado por testemunhas (Jo. 1.14-18).

4º – A Bíblia ensina que Jesus tem os atributos de Deus, o Pai:


 a) Todo poder (Mt. 28.18);
 b) Todo conhecimento (Cl. 2.3);

 c) Eternamente presente (Mt. 18.20);

 d) Eterno (Jo. 1.14-18).

5º – A Bíblia ensina que Jesus é adorado:


 a) Pelos santos do Velho Testamento (Js. 5.13-15);
 b) Pelos demônios (Mc. 5.6);
 c) Por certo homem cego (Jo. 9.38);
 d) Pelos anjos (Hb. 1.6);
 e) Pelos discípulos (Lc. 24.52);
 f) Pelos santos na glória (Ap. 7.9).

6º – A Bíblia ensina que Jesus não é anjo:

 a) Nenhum anjo pode ser chamado Filho de Deus (Hb. 1.5-6);

 b) O mundo futuro não será governado por anjos (Hb. 2.5);

c) Jesus não tomou a natureza de anjos (Hb. 2.16); d) Jesus foi glorificado com Deus e
não com anjos (Jo. 17.5); e) Todo poder foi-lhe dado no céu e na terra (Mt. 28.18);

 f) Ele tem um nome que é sobre todo nome (Fp. 2.9-10);


 g) Deus não reparte sua glória com outrem (Is. 42.8).

 O que dizem as TJs: O espírito santo é uma força ativa.

RESPOSTA APOLOGÉTICA:
 • Personalidade ou Personificação?
 • Atributos de personalidade: a) inteligência (capacidade de conhecimento) — 1 Co 2.10 comparado com Is 11.2; b) vontade
própria (capacidade de escolha) — 1 Co 12.11; c) sensibilidade (capacidade de emoção) — Ef 4.30; Rm 15.30.
 • Atividades pessoais exercidas pelo Espírito Santo: a) ensina — Jo 14.26; b) testifica — Jo 15.26; c) guia — Rm 8.14; d)
convence — Jo 16.7,8; e) contende — Gn 6.3; f) ordena e dirige — At 8.29; 13.1,3; g) intercede — Rm 8.26, 34; h) realiza
milagres — At 8.39.
 • Espírito Santo contradiz as regras de gramática — Palavra grega pneuma (espírito) é do gênero neutro. Uso de 3 espécies
de pronomes, todos do gênero masculino: a) pronome demonstrativo masculino — Jo 16.13,14 (este, esse, aquele); b)
pronomes relativos masculinos — Jo 15.26 e Ef 1.14 (que, o qual); c) pronome pessoal masculino — Jo 16.6,8 (vo-lo enviarei).
 • Falta de identificação pessoal? Não. Artigos nos textos: Jo 14.16,17,26, 15.26, 16.7,13; At 1.8, 5.9,32, 8.18, 10.19,29,47,
13.2, 19.6; Rm 8.16; 1 Co 2.10,11; 2 Co 3.17; Ap 2.11,29; 3.6,13,22. O nome Jesus é encontrado 905 vezes no NT, algumas
vezes sem artigo. Símbolos do Espírito Santo nas suas atividades: água, fogo, pomba, azeite. Jesus: porta (Jo 10.9), videira
(Jo 15.1), caminho (Jo 14.6), etc. Jesus é pessoa tanto quanto o Esírito Santo.

Interesses relacionados