Você está na página 1de 15

MECÂNICA DOS SOLOS PROFESSOR

MSC ROUBIER MUNIZ DE SOUSA


APRESENTAÇÃO
EMENTA
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO
EMENTA
A origem e formação dos solos. Os Índices físicos dos solos. A granulometria dos solos. A
plasticidade e os limites de consistência dos solos. A Classificação dos solos. A compactação dos
solos e CBR. Os experimentos de laboratório: Preparação de amostras, determinação do teor de
umidade higroscópica, determinação da massa específica dos grãos, ensaio de granulometria
por peneiramento e sedimentação, determinação do limites de liquidez e plasticidade, ensaio de
compactação.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CH Projeto
1 Origem e formação dos solos 3
2 Índices físicos dos solos 6 Pedagógico
3 Granulometria dos solos 3 IFPE
4 Plasticidade e limites de consistência dos solos 3
5 Classificação dos solos 6
6 Compactação dos solos e CBR 6
7 Experimentos de laboratório: 6
7.1 Preparação de amostras;
7.2 Determinação do teor de umidade higroscópica;
7.3 Determinação da massa específica dos grãos.
8 Experimentos de laboratório: ensaio de granulometria por peneiramento e sedimentação. 9
9 Experimentos de laboratório: ensaio de Limite de Liquidez e de Plasticidade 9
10 Experimentos de laboratório: ensaio de compactação 3
TOTAL 54

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

METODOLOGIA
Serão ministradas aulas expositivo-dialogadas, com a resolução de exercícios
em sala de aula em função dos tópicos relacionados ao conteúdo
programático. Aulas expositivas práticas em laboratório e campo. Visita
técnica.
RECURSOS DIDÁTICOS
• Televisão;
• Lousa branca com lápis e apagador;
• Utilização de microcomputador com softwares de visualização gráfica e
projetor multimídia.

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
CAPUTO, H. P. Mecânica dos solos e suas aplicações. 6ª Ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e
Científicos, 1994. v.1, 2 e 3.
PINTO, C. S. Curso básico de mecânica dos solos. 3ª Ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2006.
VARGAS, M. Introdução à mecânica dos solos. São Paulo: McGraw-Hill, 1978.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
BADILLO, E. J. & RODRÍGUEZ, A. R. Fundamentos de la mecânica de suelos. Segunda Edition. Tomo I.
México: Editorial Limusa S.A., 2005.
DNER, Departamento Nacional de Estradas e Rodagens. Métodos de ensaios.
FIORI, A. P. E CARMIGNANI, L. Fundamentos da mecânica dos solos e das rochas: aplicação na
estabilidade de taludes. Curitiba: Editora UFPR, 2001.
LIMA, M.J. C. P. A. Prospecção geotécnica do subsolo. Rio de Janeiro: Editora Livros técnicos e
Científicos S.A., 1979.
TERZAGUI, K; PECK, R. Mecânica dos solos na prática de engenharia. Rio de janeiro: ao Livro Técnico
S.A.

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


REGRAS
ACADÊMICAS
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

ORGANIZAÇÃO ACADÊMICA INSTITUCIONAL


Recife, março de 2014

Art. 142 A avaliação do desempenho da aprendizagem será efetivada em cada


componente curricular através de atividades de pesquisa, exercícios escritos e orais, testes,
atividades práticas, elaboração de relatórios, estudos de casos, relato de experiências,
produção de textos, execução de projetos, monografias e outros instrumentos que estejam
definidos nos Planos de Ensino de cada componente curricular.
Art. 143 O resultado da avaliação da aprendizagem de cada componente curricular
deverá exprimir o grau de desempenho acadêmico dos estudantes, expresso por nota de
0 (zero) a 10 (dez), considerando até a primeira casa decimal.

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO
II CHAMADA
Art. 145 Será permitido ao estudante requerer na Coordenação de Registro Acadêmico,
por escrito e em formulário próprio, uma segunda chamada da verificação da
aprendizagem, dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis após a sua realização, desde que
fique comprovado o impedimento do estudante por um dos seguintes motivos:
I - serviço militar;
II - falecimento de parente em primeiro e segundo graus;
III - licença gestação;
IV - doença;
V - internamento hospitalar;
VI - acompanhamento em internamento hospitalar de filho(a), cônjuge e genitor(a);
VII - convocação judicial;
VIII - participação em eventos institucionais de natureza didáticos, artístico culturais,
desportivos; cívicos, sociais e científicos;
IX - casos fortuitos;
X - força maior.
Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO
Da Aprovação
Art. 158 Estará aprovado nos Cursos Superiores, o estudante que obtiver frequência igual ou superior a
75% (setenta e cinco por cento) em cada componente curricular e média 7,0 (sete) em cada componente
curricular que componha a matriz do curso.
§ 1º Estará também aprovado nos Curso Técnicos de Nível Médio Subsequentes, o estudante que obtiver
frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) em cada componente curricular e média 6,0
(seis) em cada componente curricular que componha a matriz do curso. (RESOLUÇÃO Nº 46/2015-
CONSUP)
§ 2º O estudante dos Cursos Superiores e dos Cursos Técnicos de Nível Médio Subsequentes que tiver
menos de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência em cada componente curricular, independente
da média alcançada, estará reprovado, sem direito ao exame final. (RESOLUÇÃO Nº 46/2015-CONSUP)
Art. 159 Estará aprovado nos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio, o estudante que obtiver
frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) no computo da carga horária total dos
componentes curriculares do período letivo, além de média igual ou superior a 6,0 (seis) em cada
componente curricular que componha a matriz do curso. (RESOLUÇÃO Nº46/2015-CONSUP)
§ 1º O estudante dos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio que obtiver menos de 75% (setenta e
cinco por cento) de frequência no computo da carga horária total dos componentes curriculares,
independente da média alcançada, estará reprovado, sem direito ao exame final.
Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO
Dos Estudos de Recuperação
Art. 162 A recuperação é processual e desenvolvida ao longo da carga horária do
componente curricular, devendo ser utilizado pelo docente e pelo tutor a distância, no caso da
Educação a Distância, como forma de superar as dificuldades de aprendizagem dos
estudantes, através dos instrumentos explicitados no Art. 142.
§ 1º Para efeito de registro da média de cada bimestre/semestre, após serem aplicados os
instrumentos de avaliação durante os estudos de recuperação, prevalecerão as maiores notas.
§ 2º O estudante terá direito aos estudos de recuperação processual nos componentes em que
obtiver notas inferiores à média mínima do curso, durante as práticas avaliativas no
decorrer do semestre/ano letivo.
Art. 163 O estudante será submetido a Exame Final, caso, durante o semestre/ano letivo, não
obtenha a média mínima:
I - de 7,0 (sete), para os Cursos Superior;
II- de 6,0 (seis), para os Cursos Técnicos de Nível Médio;
III - definida no Projeto Pedagógico do Curso, para os cursos de Formação Inicial e Continuada
ou Qualificação Profissional.
Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com
SISTEMÁTICA DE
AVALIAÇÃO
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

▐ AVALIAÇÕES
▐ Prova Teórica – PT: 70%
▐ Atividades de sala de aula e exercícios – AE: 25%
▐ Frequência, assiduidade, participação e permanência em sala de
aula – F: 5%

Unidade = 70 % PT + 25% AE + 5% F

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

Frequência
▐ Frequência
▐ 75%
▐ 54 H/A 13 H/A de faltas
▐ O nome do aluno não consta na pauta de controle de frequência
▐ o aluno deve procurar a Secretaria
▐ Não existe abono de faltas e o professor não tem autonomia para
receber justificativas ou atestados para tal fim. O aluno deve procurar a
Secretaria
▐ Acompanhar a frequência com o professor

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
APRESENTAÇÃO

▐ Recuperação
▐ Data única para as duas recuperações das duas unidades
▐ Duas avaliações (prova)
Recuperação 01 e Recuperação 02
▐ Final do período

Prof. MSc. Roubier Muniz e-mail: geotecifpe@gmail.com


Mãos à obra