Você está na página 1de 7

06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18

01 UNICAMP 2010 O gráfico abaixo mostra a variação da


temperatura corporal de dois grupos de animais em relação à
variação da temperatura do ambiente.

a) Dentre os anfíbios, aves, mamíferos, peixes e répteis, quais


têm variação de temperatura corporal semelhante ao traço A e
quais têm variação semelhante ao traço B? Justifique.

b) Como cada um desses grupos de animais (A e B) controla sua temperatura corporal?

02 UFG (modificado)O texto que se segue foi extraído de "Xadrez, truco e outras guerras", de José Roberto Torero.
Servimos-nos de algumas de suas estruturas, para introduzir a(s) questão(ões) seguintes.

Os abutres, sábios animais que se alimentavam do mais farto dos pastos, já começavam a sobrevoar a ala dos
estropiados quando o General mandou que acampassem. Naquela tarde assaram trinta bois, quantidade ínfima para
abastecer os homens que ainda sobravam.... O plano dos comandantes era assaltar fazendas da região e tomar-lhes o
gado...
À noite a ração foi ainda mais escassa, e, para enganar a fome, fizeram-se fogueiras para assar as últimas batatas e
umas poucas raízes colhidas pelo caminho. Como o frio também aumentava, surgiu um impasse: quem ficaria perto do
fogo: os coléricos, que logo morreriam, ou os sãos, que precisavam recuperar as forças para a luta?
(TORERO, J. Roberto. "Xadrez, truco e outras guerras")
1. Como o frio também aumentava, surgiu um impasse: quem ficaria perto do fogo (...)
O corpo dos animais apresenta diferentes mecanismos, capazes de promover o
bem-estar do indivíduo, em diferentes temperaturas ambientais.

a) A pele desses animais é formada por células. Esquematize a estrutura molecular


da membrana plasmática, indicando 3 componentes da mesma.

b)Entre os animais ectotérmicos ou pecilotérmicos e os endotérmicos, quais


necessitariam mais de expor-se a fontes ambientais de calor? justifique sua resposta.
03 O esquema representa dois neurônios contíguos (I e II), no corpo de um animal, e sua posição em relação a duas
estruturas corporais identificadas por X e Y.

a) Tomando-se as estruturas X e Y como referência, em que sentido se propagam os impulsos nervosos através dos
neurônios I e II?

b) Considerando-se que, na sinapse mostrada, não há contato físico entre os dois neurônios, o que permite a
transmissão do impulso nervoso entre eles?

c) Explique o mecanismo que garante a transmissão unidirecional do impulso nervoso na sinapse.

04 UFF 2009 (modificada)


A figura abaixo mostra as regiões de um neurônio.

a) Nomeie as estruturas indicadas.

b) Como estão organizadas as cargas elétricas e a concentração de íons nas superfícies interna e externa de uma
membrana polarizada e de uma membrana despolarizada do axônio de um neurônio? Justifique.

c) A tabela abaixo apresenta a relação entre a velocidade do impulso nervoso e o diâmetro de dois tipos de fibras
nervosas denominadas A e B. Analise a tabela e identifique qual grupo de fibras (A ou B) apresenta bainha de mielina.
Justifique.
05 UERJ 2011 Com o objetivo de estudar a influência de hormônios
sobre o metabolismo da glicose, foram
utilizados os seguintes procedimentos experimentais:
- manter inicialmente em jejum um animal adequado ao estudo;
- injetar nesse animal, por via subcutânea, e em diferentes intervalos
de tempo, os hormônios
A, B e C, que atuam no metabolismo dos carboidratos.
O gráfico abaixo apresenta as alterações da taxa de glicose no
sangue do animal em função da inoculação de cada um desses
hormônios.

A)Nomeie os hormônios A e B, produzidos pelo pâncreas, e identifique o órgão que produz o hormônio C.

B) Indique, ainda, o que ocorre com o glicogênio muscular após a administração do hormônio A.

06 UEL 2010 A partir da descoberta das lentes, tornou-se possível corrigir deficiências de visão decorrentes da
incapacidade do olho de focalizar as imagens sobre a retina.
Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir:
I. Pessoas com hipermetropia têm globos oculares mais longos que o normal, o que impede a focalização correta de
objetos mais próximos. Neste caso, os raios de luz convergem antes da retina.
II. Em casos de presbiopia, as imagens são formadas depois da retina, fazendo com que a pessoa afaste os objetos
para vê-los melhor. Este problema é corrigido com lentes convergentes.
III. Nos últimos anos, houve significativa diminuição da espessura das lentes, para um mesmo grau de distúrbio de visão,
devido à descoberta de novos materiais com alta transparência e alto índice de refração.
IV. O problema de astigmatismo, corrigido com lentes esferocilíndricas, é uma deficiência causada pela assimetria na
curvatura da córnea, que ocasiona a projeção de imagens sem nitidez na retina.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

07 UFF 2010 No meio ambiente coexistem seres com diferentes características e que estão sujeitos a diversos fatores
abióticos. Dentre eles, destacam-se as variações de temperatura, que são maiores no ambiente terrestre do que no
ambiente aquático. A manutenção da temperatura do corpo é fundamental para os vertebrados terrestres, sendo mantida
por dois tipos de mecanismos termorreguladores: a ectotermia e a endotermia. A tabela abaixo mostra a quantidade de
calorias diárias retiradas dos alimentos para manter a temperatura corpórea de dois animais terrestres A e B.

Analisando o texto e a tabela, pode-se afirmar que:


(A) o animal B é ectotérmico, pois a maioria das calorias necessária para manter a sua temperatura
corpórea é obtida do meio ambiente.
(B) o animal A é ectotérmico, pois a maioria das calorias necessária para manter a sua temperatura
corpórea é obtida do meio ambiente.
(C) o animal A é endotérmico, pois a maioria das calorias necessária para manter a sua temperatura
corpórea é obtida do meio ambiente.
(D) o animal B é endotérmico, pois a maioria das calorias necessária para manter a sua temperatura
corpórea é obtida do meio ambiente.
(E) os animais A e B são endotérmicos, pois a maioria das calorias necessária para manter suas temperaturas corpóreas
é obtida do meio ambiente.
08. UEL 2011 A adrenalina é muito associada aos esportes radicais devido à excitação à qual a pessoa que os pratica
está submetida. Este hormônio prepara o corpo para enfrentar situações de perigo ou de emergência.
Em qual(is) glândula(s) endócrina(s) humana(s) é produzida a adrenalina?

a) Hipófise.
b) Tireoide.
c) Paratireoides.
d) Suprarrenais.
e) Pâncreas.

09. UECE 2011 19. A glândula que estimula a liberação do cálcio dos ossos, por meio do hormônio que produz é o(a)

A) pâncreas.
B) paratireóide.
C) hipófise.
D) supra-renal.

10. FATEC Vinte pessoas normais beberam, cada uma, 2 litros


de água num intervalo de 2 horas. A seguir temos os gráficos
que registram as médias das variações dos volumes urinários e
das concentrações do hormônio anti-diurético (ADH) no sangue
em função do tempo.

A análise dos gráficos permite concluir que


a) o hormônio ADH tem efeito diurético, o que faz aumentar o
volume urinário.
b) o volume urinário não tem nenhuma relação com a secreção
do hormônio ADH.
c) há uma relação diretamente proporcional entre a
concentração do hormônio ADH e o volume urinário.
d) o aumento do volume urinário influi sobre os rins, inibindo a secreção do hormônio ADH.
e) há uma relação inversamente proporcional entre a concentração do hormônio ADH e o volume urinário.

11. UFF Considere os grupos de animais:

- o grupo (a), correspondente aos crustáceos que regulam a


osmolaridade de seus líquidos corporais somente em uma faixa
estreita de variações de osmolaridade do meio ambiente;
- o grupo (b), correspondente à maioria dos invertebrados
marinhos que estão em equilíbrio osmótico com o meio ambiente;
- o grupo (c), correspondente aos vertebrados marinhos que
regulam ativamente a osmolaridade de seus líquidos corporais.

O gráfico, a seguir, representa a relação entre a osmolaridade dos


líquidos corporais e a osmolaridade do meio ambiente em que se
encontram estes três grupos de animais: A relação entre a
osmolaridade do meio ambiente e a osmolaridade dos líquidos corporais dos animais correspondentes aos grupos (a),
(b) e (c) está representada, respectivamente, pelas linhas indicadas por:

a) III, II, I
b) III, I, II
c) II, I, III
d) II, III, I
e) I, II, III
12. UFF 2011 “Dizer que o som das vuvuzelas usadas pelos sul-africanos nos estádios é ensurdecedor não é exagero.
Uma fundação suíça ligada a uma empresa fabricante de aparelhos auditivos alertou os torcedores da Copa que uma
vuvuzela faz mais barulho que uma motosserra e que tal barulho pode prejudicar a audição de espectadores e
jogadores.”
(O globo on line, 07/06/2010 às 19:05)
Supondo que um torcedor tenha a orelha média afetada pelo som da vuvuzela, as estruturas que podem sofrer danos,
além do tímpano, são as seguintes:

(A) pavilhão auditivo e cóclea.


(B) ossículos e tuba auditiva.
(C) meato acústico e canais semicirculares.
(D) pavilhão auditivo e ossículos.
(E) nervo coclear e meato acústico.

13. O esportista e o cachorro perdem calor em excesso


respectivamente por sudorese e ofegação já que cães não
possuem glândulas sudoríparas em toda a superfície de sua
pele.

pergunta:
O gráfico ao lado representa como um determinado tipo de
animal reage às variações de temperatura do ambiente. Para
manifestar essa reação, seu corpo lança mão de
mecanismos fisiológicos diferenciados em locais de clima
quente e de clima frio. Assinale a opção que apresenta
corretamente os mecanismos fisiológicos adequados a cada
uma das situações.

a) CLIMA QUENTE - contração dos vasos sangüíneos superficiais. CLIMA FRIO: eriçamento de pêlos e penas.
b) CLIMA QUENTE - dilatação de vasos sangüíneos superficiais. CLIMA FRIO: respiração ofegante.
c) CLIMA QUENTE: diminuição da circulação abaixo da pele. CLIMA FRIO: tremor do corpo.
d) CLIMA QUENTE: respiração ofegante. CLIMA FRIO: dilatação de vasos sangüíneos superficiais.
e) CLIMA QUENTE: aumento da sudorese. CLIMA FRIO: contração dos vasos sangüíneos superficiais.

14. UEL 2011 Para o desempenho das práticas desportivas, o equilíbrio é fundamental. Os órgãos de equilíbrio
detectam a posição do corpo e permitem perceber se estamos de cabeça para cima ou para baixo e a velocidade em
que estamos nos deslocando. A orelha humana é o órgão responsável pela audição e pelo equilíbrio e uma de suas
regiões, a orelha interna, é um complexo labirinto membranoso conhecido como aparelho vestibular.
Qual das estruturas citadas a seguir é um dos componentes do aparelho vestibular responsável pelo equilíbrio?

a) Cóclea.
b) Membrana timpânica.
c) Canais semicirculares.
d) Bigorna.
e) Órgão de Corti.

15. UECE 2011 O sistema nervoso central (SNC) é uma das divisões do sistema nervoso, sendo composto das
seguintes partes:

A) medula espinhal e gânglios.


B) encéfalo e nervos.
C) nervos e gânglios.
D) encéfalo e medula espinhal.

16. UECE 2011 12. Existem na pele extremidades de fibras nervosas envoltas por diversas camadas de células. A
camada mais externa capta estímulos táteis e vibrações transmitindo-os seqüencialmente a outras camadas, e, por fim,
às terminações nervosas. Tais estruturas são os

A) terminais de Ruffini.
B) corpúsculos de Paccini.
C) discos de Merkel.
D) bulbos terminais de Krause.
17. Mackenzie 2011 Questão nº 40
Vários distúrbios neurológicos são devidos a alterações na ação de neurotransmissores. A respeito dessas substâncias,
é correto afirmar que
a) sua ação sempre depende da existência de receptores na membrana.
b) não podem ser reabsorvidas uma vez secretadas, sendo necessária a sua destruição.
c) sempre são capazes de provocar um potencial de ação em um neurônio.
d) são sempre lançadas no espaço entre um axônio e um dendrito.
e) a intensidade da resposta não depende da quantidade dessas substâncias lançadas na sinapse.

18. UNICAMP 2011 QUESTÃO 8


Os gráficos A, B e C mostram as variações da secreção de insulina e glucagon em função da concentração de glicose, e
as variações da concentração de glicose no sangue, após uma refeição rica em carboidratos.

Com base nos gráficos acima, pode-se afirmar que


a) se os níveis de glicose no sangue estão altos, a secreção de insulina aumenta para permitir que as moléculas de
glicose sejam absorvidas pelas células, e os níveis de glucagon permanecem baixos, pois não há necessidade de o
glicogênio ser transformado em glicose.
b) o aumento dos níveis de glicose no sangue causa um aumento da secreção de insulina e de glucagon por células do
pâncreas, pois ambos os hormônios contribuem para que as moléculas de açúcar atravessem a membrana plasmática
das células.
c) a secreção de glucagon é alta em indivíduos que tenham se alimentado de carboidrato duas horas antes, pois muitos
desses carboidratos acabam se transformando em glicose; já com relação à insulina, ocorre um aumento porque os
níveis de glicose estão elevados.
d) as células secretoras do pâncreas estão sempre produzindo grandes quantidades de insulina e de glucagon, pois
esses dois hormônios são responsáveis pela captura de glicose do sangue para as células.
GABARITO 3º ANO

1. a) Anfíbios, peixes e répteis têm variação de temperatura semelhante ao gráfico A, enquanto aves e
mamíferos têm variação de temperatura semelhante ao gráfico B.
b) Os animais cuja temperatura corporal varia conforme o gráfico A procuram lugares mais frescos, na
sombra, quando a temperatura ambiente se torna elevada (e lugares mais quentes, quando a temperatura
estiver baixa). Já os que se comportam conforme o gráfico B mantêm sua temperatura corpórea por meio
do calor gerado pelo próprio metabolismo.
2. a) Observe a figura a seguir:
1 - bicamada lipídica
2 - proteína
3 - glicocálix
b) Animais ectotérmicos como os invertebrados, peixes, anfíbios e répteis apresentam a temperatura
corpórea variando com o ambiente.
Desse modo, necessitam de fontes externas de calor para acelerar seus processos metabólicos.
3. Resolução
a) Os impulsos nervosos propagam-se no sentido de II para I.
b) A transmissão do impulso na sinapse é feita por neurotransmissores.
c) Os neurotransmissores são secretados pelas terminações do axônio.
4. a) I Dendritos
III Corpo celular / Citoplasma com vesículas contendo neurotransmissor
II Axônio
IV Dendritos / Telodendro / Terminal axonal ou axônico
b) Resposta:
Na membrana polarizada do axônio a superfície interna apresenta carga negativa e a externa, positiva. Isto
ocorre devido à maior concentração de íon sódio na superfície externa. Na membrana despolarizada ocorre a
situação inversa visto que o sódio entra no axônio tornando desta forma a superfície interna positiva e a externa
negativa.
c) Resposta:
A fibra A é a fibra mielinizada devido a sua maior velocidade de impulso comparada à fibra B. Isso ocorre porque
a bainha de mielina funciona como isolante elétrico e aumenta a condução nervosa.
5. A: glucagon; B: insulina
Hormônio C: produzido pelas glândulas suprarrenais (cortisona ou cortisol)
O glicogênio muscular não se altera.
6. E
7. B
8. D
9. B
10.E
11. B
12. B
13. E
14. C
15. D
16. B
17. A
18. A