Você está na página 1de 58

EXEMPLO

Cálculo simplificado de um pórtico


de edifício de 3 pavimentos
Planta do Pavimento tipo:

2500 2500

7000
3000

2500

14000
4000 4000

7000
6000 8000 6000

20000
Dados do projeto:

• Edifício com 3 pavimentos a ser utilizado como escritório;


• Pé direito típico: 3,1m;
• Steel deck adotado: MF 50 com espessura de folha de
0,80mm;
• Pilares já definidos (ver planta);
• Contra piso com 2,0cm em argamassa de cimento e areia;
• Piso cerâmico (27 kgf/m²);
• TRRF definido como 60 minutos;
• Vigas secundárias biapoiadas;
• Pilares engastados nas fundações;
• Pressão do vento: 63 kgf/m² atuante nas fachadas;
Dados do projeto:

• Parede de alvenaria nas fachadas, constituídas com bloco de


concreto autoclavado (γ = 800 kgf/m³). Espessura das
paredes 20 cm.

Para efeito de visualização e demonstração dos


procedimentos de cálculo adotados em um projeto de
estruturas verticais de aço, será dimensionado um pórtico
de fachada;
O pórtico adotado será o pórtico da fila A, cuja
identificação será feita posteriormente;
Resolução:

1ª Etapa: Definição da altura total da laje:


Steel deck: MF 50
TRRF = 60 minutos
Altura efetiva da laje (hef) para TRRF de 60 minutos:
80mm

Altura da capa de concreto


acima do steel deck
Resolução:

Altura total da laje:

Adotar laje com altura total de 110mm.

Com isto a capa de concreto ficara com 60mm


Resolução:

2ª Etapa: Lançamento e pré definição das vigas


Para steel deck MF50, com espessura de 0,80mm,
considerando o apoio das formas sobre vãos contínuos
pode ser considerado o vão de 2800mm, para laje com
altura total de 110mm;

Portanto, um lançamento possível para as vigas


secundárias seria:
Resolução:
2000 2000 2000 2000 2000 2000 2000 2000 2000 2000

7000
7000
6000 8000 6000
Resolução:

3ª Etapa: Marcação de vigas e pilares

01 02 03 04

V1 P10 V6 P11 V1
C P9
P12

V11
V11

V11
V9 V9
V10

V10

V10

V10
V7 V7
V5

V12
V12

P5
B V3 P6 V4 V3
P8
P7

V7 V8 V8 V7
V10

V10

V10

V10

V10

V10

V10
A P4
P1 V1 P2 V2 P3 V1
Resolução:

4ª Etapa: Definição dos carregamentos atuantes:


Peso Próprio da laje:

Contra piso:
Resolução:

Sobrecarga de utilização:
Escritórios (NBR 6120/80) = 200 kgf/m²

Pressão do vento nas fachadas:


Já definida com valor de 63 kgf/m².

Peso próprio de vigas:


As vigas metálicas (secundárias e principais) serão
lançadas de forma estimada e a verificação será feita
posteriormente;
Resolução:

Peso próprio de vigas:


As vigas secundárias necessárias ao cálculo (V10) serão
adotadas com perfil laminado W 360x32,9 (catálogo
GERDAU), com aço ASTM A572 Gr.50;
As vigas principais serão adotadas com perfis soldados,
feitos com chapas em aço CIVIL 350;
Para o dimensionamento do pórtico da fila A, serão
adotadas as seguintes vigas:
Vão de 6,0m = PS 500x200x9,5x9,5x8,0
Vão de 8,0m = PS 600x200x12,5x12,5x8,0
Resolução:

5ª Etapa: Dimensionamento das vigas secundarias (V10)


Modelo estrutural de cálculo:

7000mm
Resolução:

Determinação do carregamento atuante – Vigas V10


Como a largura de influência sobre as vigas V10 é de 2,0m,
as cargas da laje sobre a viga serão:
Peso próprio da laje:
qpplaje = 2,0m x 204kgf/m²  qpplaje = 408kgf/m²
Contra piso:
qcp = 2,0m x 41kgf/m²  qcp = 82kgf/m²
Piso (revestimento cerâmico)
qpiso = 2,0m x 27kgf/m²  qpiso = 54kgf/m²
Sobrecarga:
qsc = 2,0m x 200 kgf/m²  qsc = 200 kgf/m²
Resolução:

Peso próprio da viga:


Perfil W360x32,9  qpp = 32,9 kgf/m

Carregamento de cálculo:
Para combinação última normal:

Portanto tem-se:
Resolução:

Portanto tem-se:

Fd = (1,25x32,9 + 1,35x82 + 1,35x54 + 1,5x400)

Peso próprio da viga Contra piso


Piso
Sobrecarga

Fd = 824,73 kgf/m
Resolução:

Comentários:
1) O contra piso foi considerado como elemento moldado
in loco;
2) O revestimento (piso cerâmico) foi considerado como
elemento industrializado;
3) Não há ação do vento sobre as vigas de piso;
Resolução:

Momentos fletores e esforços cortantes na V10:


(modelo resolvido no Ftool):
824,73

D.M.F

5051,47

2886,55
D.E.C

2886,55
Resolução:
Verificação do perfil W360x32,9
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Entrada de dados do perfil. Basta selecionar o tipo do


aço e as propriedades são preenchidas
automaticamente. Para perfis laminados é necessário
especificar apenas o perfil.
Resolução:
Verificação do perfil W360x32,9
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Entrada de dados para cálculo das resistências.


Entrada de dados do tipo do
Atenção especial aos comprimentos destravados
aço. Basta selecionar o tipo do
(Lx, Ly e Lz) e ao coeficiente de correção do
aço. As propriedades são
momento fletor (Cb).
preenchidas automaticamente.
Resolução:
Verificação do perfil W360x32,9
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Resultados das verificações. Neste caso o perfil


Entrada de dados dos esforços escolhido está “folgado”, apresentado um
atuantes. aproveitamento de 29% em relação à flexão e de
7% em relação ao cisalhamento.
Resolução:

6ª Etapa: Dimensionamento do pórtico do fila A

01 02 03 04

V1 V2 V1

3200
V1 V2 V1

3200
V1 V2 V1

3200
P1 P2 P3 P4

6000 8000 6000


Resolução:

Dimensionamento das vigas (V1 e V2)


Como as vigas do pórtico estão paralelas ao steel deck,
não há descarregamento de cargas da laje sobre estas
vigas de forma direta;

As cargas devido ao apoio das vigas secundarias (V10)


deverão obviamente ser consideradas;

Além das cargas provenientes das vigas secundárias (V10)


deverão ser consideradas as cargas devido ao peso próprio
da viga e a carga da parede de alvenaria (fechamento da
fachada);
Resolução:

6ª Etapa: Dimensionamento do pórtico do fila A


Modelo estrutural das vigas:

Rv10 Rv10 Rv10 Rv10 Rv10 Rv10 Rv10


q1 q2 q1

2000 mm 2000 mm 2000 mm 2000 mm 2000mm 2000 mm 2000 mm 2000 mm 2000 mm 2000 mm

6000 mm 8000 mm 6000 mm


Resolução:

Determinação do carregamento atuante – Vigas V1 e V2


Reações das vigas V10 *:
RV10 = 2885,55 kgf (já calculado)
Carga devido à parede**:
qparede = 3,20m x 0,20m x 800 kgf/m³  qparde = 512kgf/m

* As reações das vigas V10 já estão majoradas e incluem


todas as cargas provenientes das lajes;

** A carga devido à parede foi calculada pelo método


simplificado.
Resolução:

Peso próprio da viga:


Perfil PS 500x200x9,5x9,5x8,0  qpp = 60,0 kgf/m
Perfil PS 600x200x12,5x12,5x8,0  qpp = 75,36 kgf/m

Carregamento de cálculo:
Para combinação última normal:

Portanto tem-se:
Resolução:

Vigas V1:

Peso próprio da viga Parede


Resolução:

Vigas V2:

Peso próprio da viga Parede


Resolução:
Momentos fletores e esforços cortantes nas vigas V1 e V2:
(modelo resolvido no Ftool):
2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf

766,2 kgf/m 785,2 kgf/m 766,2 kgf/m

D.M.F

9230 kgf x m 9230 kgf x m


17840 kgf x m

7470 kgf
5190 kgf 5190 kgf

D.E.C

5190 kgf 7470 kgf 5190 kgf


Resolução:
Verificação da viga V1 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)
Resolução:
Verificação da viga V1 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Importante: Como a viga V1 está paralela ao steel deck, foi desconsiderado o


travamento promovido pelo steel deck em relação à flexão no eixo Y-Y. Assim, a
distância entre pontos de travamento é a distância entre vigas secundárias (2,0m).
Resolução:
Verificação da viga V1 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Resultado: Perfil ok!


Resolução:
Verificação da viga V2 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)
Resolução:
Verificação da viga V2 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Importante: Como a viga V1 está paralela ao steel deck, foi desconsiderado o


travamento promovido pelo steel deck em relação à flexão no eixo Y-Y. Assim, a
distância entre pontos de travamento é a distância entre vigas secundárias (2,0m).
Resolução:
Verificação da viga V2 (PS 500x200x9,5x9,5x8,0)
(Planilha NBR 8800 2008 - Seção I)

Resultado: Perfil ok!


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Reações nos pilares: Obtidas a partir do modelo das vigas
V1 e V2
2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf 2886,55 kgf

766,2 kgf/m 785,2 kgf/m 766,2 kgf/m

5190 kgf 12660 kgf 12660 kgf 5190 kgf

As reações indicadas referem-se a um pavimento.


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Cargas devido ao vento nos pilares de fachada
 Pressão do vento: 63 kgf/m² (já definida)
 Largura de influência dos pilares:
P4

P9 P3

P5
P2

P1

00
60

70
00
00
80

70
0 0 00
60
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Para os pilares serão considerados perfis H (laminados ou
soldados);
O lançamento dos pilares na planta é:

P5
B V3 P6 V4 V3
P8
P7

V7 V8 V8 V7
V10

V10

V10

V10

V10

V10

V10
A P4
P1 V1 P2 V2 P3 V1
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
A partir do lançamento dos pilares em planta verica-se
que:
- Os pilares P1 e P4 sofrerão flexão nos eixos X e Y, além
da carga de compressão;
- Os pilares P2 e P3 sofrerão flexão no eixo X, além da
carga de compressão.
P5
B V3 P6 V4 V3
P8
P7

V7 V8 V8 V7
V10

V10

V10

V10

V10

V10

V10
A P4
P1 V1 P2 V2 P3 V1
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Cargas de vento nos pilares em função das larguras de
influência:
Pilares P1 e P4:

Flexão em torno do eixo X (vento frontal):


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Cargas de vento nos pilares em função das larguras de
influência:
Pilares P1 e P4:

Flexão em torno do eixo Y (vento lateral):


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Cargas de vento nos pilares em função das larguras de
influência:
Pilares P2 e P3:

Flexão em torno do eixo X (vento frontal):


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Modelos estruturais dos pilares:

- Como todos os pilares possuem altura total de 9,3m (3


pavimentos de 3,1m), serão considerados como peças
inteiras (sem emendas);
- Conforme já descrito os pilares são engastados nas
fundações e as vigas ligadas a estes pilares são rotuladas;
- Mesmo rotuladas, as vigas de piso promovem
travamento ao deslocamento horizontal dos pilares;
- Para simplificação dos cálculos, a cobertura do edifício
será considerada com os mesmos carregamentos dos
pavimentos.
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Modelos estruturais dos pilares:

Cobertura

2º Pavimento

1º Pavimento

Térreo
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P2 e P3:
12660 kgf Esforços máximos obtidos (Ftool):

Carga de compressão máxima: Nd = 37.980kgf


12660 kgf Carga de cisalhamento máxima: Vd =1550 kgf
Momento fletor máximo: Md = 450 kgf x m
441 kgf/m

12660 kgf
Carga de compressão referente ao primeiro
trecho do pilar (Térreo ao 1º Pavimento);

Força de cisalhamento e momento fletor


referentes ao 2º Pavimento
P2 / P3
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Verificação dos Pilares P2 e P3
(Perfil Adotado: W 200 x 35,9)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Verificação dos Pilares P2 e P3
(Perfil Adotado: W 200 x 35,9)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Verificação dos Pilares P2 e P3
(Perfil Adotado: W 200 x 35,9)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4 :
Para cálculo dos pilares P1 e P4 é necessário conhecer a
reação da vigas V7 da fachada lateral que apoiam-se nestes
pilares;

Conforme lançamento estrutural, as vigas V7 possuem


metade da largura de influência das vigas V10. Logo, a carga
distribuída sobre estas vigas decorrente da laje será metade
da carga obtida para as vigas V10:
824,73 ݂݇݃/݉
‫ݍ‬௏଻ = = 412,37 ݂݇݃/݉
2
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4 :
Como as vigas V7 são vigas de fachada, sobre elas atuara
também a carga devido à parede, cujo valor já foi calculado:

qparede = 3,20m x 0,20m x 800 kgf/m³  qparde = 512kgf/m

Por simplificação, para as vigas V7 será considerado o mesmo


perfil adotado para as vigas V10 (W360x32,9).

Assim, a carga total sobre as vigas V7 será:


Resolução:

Fd = (1,35x512) + 412,37

Carga devido à parede

Carga da viga V7 já incluindo cargas


da laje e peso próprio da viga

Fd = 1103,57 kgf/m
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4 :
Como as vigas V7 são vigas biapoiadas, a reação em cada um
de seus apoios de extremidade será dada por:

RA = RB = q x L / 2 3862,5 kgf

Assim, o modelo estrutural dos pilares P1 e P4 será:


Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4 (eixo X):
Esforços máximos obtidos (Ftool):
5190 + 3862,5
= 9052,5 kgf
Carga de compressão máxima: Nd = 27.150 kgf
5190 + 3862,5 Carga de cisalhamento máxima: Vd = 670 kgf
= 9052,5 kgf Momento fletor máximo: Md = 190 kgf x m
189 kgf/m

5190 + 3862,5 Carga de compressão referente ao primeiro


= 9052,5 kgf trecho do pilar (Térreo ao 1º Pavimento);

Força de cisalhamento e momento fletor


referentes ao 2º Pavimento
P1 / P4 (X)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4 (eixo Y):
Esforços máximos obtidos (Ftool):
5190 + 3862,5
= 9052,5 kgf Carga de compressão máxima: Nd = 27.150 kgf
Carga de cisalhamento máxima: Vd = 780 kgf
5190 + 3862,5 Momento fletor máximo: Md = 220 kgf x m
= 9052,5 kgf
220,5 kgf/m

5190 + 3862,5
Carga de compressão referente ao primeiro
= 9052,5 kgf trecho do pilar (Térreo ao 1º Pavimento);

Força de cisalhamento e momento fletor


referentes ao 2º Pavimento

P1 / P4 (Y)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Pilares P1 e P4

Esforços máximos finais para dimensionamento:

Carga de compressão máxima: Nd = 27.150 kgf


Carga de cisalhamento máxima: Vd = 780 kgf
Momentos fletores máximos: Mdx = 150 kgf x m
Mdy = 220 kgf x m
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Verificação dos Pilares P1 e P4
(Perfil Adotado: W 200 x 35,9)
Resolução:
Verificação dos pilares do pórtico da fila A
Verificação dos Pilares P1 e P4
(Perfil Adotado: W 200 x 35,9)