Você está na página 1de 5

Novo Espaço – Matemática A, 12.

º ano
Proposta de resolução do teste de avaliação [janeiro – 2019]

CADERNO 1

1.
1.1. Considere-se o acontecimento A: "pelo menos um dos membros do casal é escolhido"

 
5
C3 10
P  A  1  P A  1  7
 1   0, 714
C3 35
Resposta: Opção (C) 0,714
1.2. Seja n o número de sequências diferentes que é possível formar.
n  6!  2!  1440
6! : permutações do casal juntamente com os restantes elementos.
2! : permutações entre os elementos do casal.
Resposta: Podem formar-se 1440 sequências diferentes.

2.
2.1. f   x   4x  ex

f   x   4  e x

Observando uma representação gráfica de f  ,


identifica-se o valor arredondado do seu zero,
observando que há mudança de sinal.
x  1,39
Resposta: Opção (A) 1,39
f  x   f  4 f  x   f  4 1 f  x   f  4
2.2. k  lim = lim = lim  lim =
x 4 x  4x
2 x4 x  x  4 x 4 x x 4 x4

 f   4  =  16  e 4   9, 650


1 1
=
4 4
Resposta: Opção (A) 10  k  9

3.
3.1. Como a reta y  1 é assíntota ao gráfico de f quando x tende para  , o seu declive é 0 .

3x  f  x   f  x   f  x 
lim
x 
= lim  3 
x 
 = 3  lim 
x 
 = 30  3
x  x   x 
Resposta: Opção (D) 3

1
Novo Espaço – Matemática A, 12.º ano
Proposta de resolução do teste de avaliação [janeiro – 2019]

3.2. g  x   x2  f  x 

f  x
g  x  2x  .
2 f  x

Atendendo a que a reta r passa pelos pontos (2, 3) e (0, 6) e designando por m o seu
63 3 3
declive, tem-se m    . Então, f   2    .
02 2 2
3
f   2  3 16  3
g  2  4 
3
= 4 2 = 4  4   4, 43
2 f  2 2 3 4 3 4 4

Resposta: g   2  4, 43

4. f  x   ex  2x

ex
f  x  2
2 ex
Sejam mr e ms os declives das retas r e s , respetivamente.

e0 1 3 1 2
mr  f   0    2   2   , pelo que ms    .
2 e 0 2 2 mr 3

2
Então, resolvendo a equação f   x   graficamente, obtém-se:
3

x  3,35
Resposta: A abcissa do ponto B é, aproximadamente, 3,35 .

FIM (Caderno 1)

2
Novo Espaço – Matemática A, 12.º ano
Proposta de resolução do teste de avaliação [janeiro – 2019]

CADERNO 2

 n 1 
n n
 1
5. lim un  lim    lim 1    e
 n   n
Sabe-se que  un  é crescente, logo un  e  . Então, lim f  un    .

Resposta: Opção (D) 

6.
6.1. Como o domínio de f é e a função é contínua, uma vez que se trata de uma função
irracional, então não tem assíntotas verticais.
Assíntotas não verticais:
Seja y  mx  b .
 4 4
x 2 1  2  x 1 2
f  x x 4 2
 x  x 
m  lim  lim  lim  lim
x x x x x x x x
4
x 1 2
 lim x  lim 1  4  1
x x x x2
 x2  4  x  x2  4  x 
b  lim
x  
 f  x   x   xlim x 4x
2
  lim
x
x2  4  x
x2  4  x2 44
 lim  lim 0 
x 
x 2  4  x x x 2  4  x 
Quando x   , o gráfico de f admite a assíntota de equação y  x .
Repetindo o processo quando x   :
 4 4
x 2 1  2  x 1 2
f  x x 4 2
 x  x 
m  lim  lim  lim  lim
x  x x x x x x x
4
x 1 2
 lim x  lim   1  4   1

x 

x  x  x 2 

 x2  4  x  x2  4  x 
b  lim
x   
 f  x   x   xlim x 4x
2
  lim
x
x2  4  x
x2  4  x2 44
 lim  lim 0 
x 
x 2  4  x x x 2  4  x 
Quando x   , o gráfico de f admite a assíntota de equação y   x .
Resposta: As assíntotas ao gráfico de f são definidas pelas equações y  x e y   x .

3
Novo Espaço – Matemática A, 12.º ano
Proposta de resolução do teste de avaliação [janeiro – 2019]

6.2. a) Como a função f é par, a abcissa do ponto Q é a . Então, QP  2a .

2a  f  a  2a  a 2  4
g a  , isto é, g  a    g  a   a  a2  4 .
2 2

b) A função g definida por g  x   x x 2  4 é uma função contínua em , em

particular, é contínua no intervalo 1, 2 .

g 1  5 e g  2  2 22  4  2 8  32

Como 5  28  32 , então 5  28  32 .

Pelo Teorema de Bolzano-Cauchy, conclui-se que a  1, 2 : g  a   28 .

7.
n n
  k   k 
n
 k
 n 1      1    lim 1  
nk 
n k
lim  un   lim     n    lim   n     n   e  ek 2
7.1.  lim
 n2  n 1  2    1  2  
n
 2 e2
  n  n lim  1  
      n
1 1 1
1
5
5 13
ek 2  f 1  f  4   ek 2  e 4  2e  ek 2  e 4  ek 2  e 4  k  2   k 
2 4 4
13
Resposta: Opção (C)
4
x 4x
7.2. f  x  e
2
1 4x x 4x 1 1 4x x 4x  1 x  4x 4  x 4x
f  x   e  e   e  e     e 
 e
2 2 4 2 8 2 8 8

4  x 4x x
f  x  0  e  0  4  x  0  e 4  0  x  4
8
x  –4 
f  x – 0 +

f  x 
2
e
2
f  4   2e 1  
e
 2
Resposta: C  4,  
 e

4
Novo Espaço – Matemática A, 12.º ano
Proposta de resolução do teste de avaliação [janeiro – 2019]

8.
1 3
f  x   0  4 x 1   0  2    21  2 x  2  1  x  
2 x 1
8.1.
2 2
 3
x    ,  
 2
 3
Resposta: O conjunto-solução é   ,   .
 2

 2x  4  4x   2x  4   2x   2x   0
1 1 1
f  x   g  x   4 x 1 
2
8.2.
2 2 2
Seja 2x  y .
1 2  4  32 1 1
4 y2  y   0  8 y2  2 y 1  0  y   y  y
2 16 2 4
1 1
2x   2 x    2 x  21  x  1
2 4
cond. impossível

Resposta: S  1

e2 x  e x e x  e x  1 ex ex 1 1 1
9. lim  lim  lim  lim  1 
x 0 2x x 0 2x x 0 2 x 0 x 2 2
1
e 1 0 1 1
x
lim  
x 0 2 2 2
f  0   4k

Para a função ser contínua no ponto de abcissa 0 , deve verificar-se:


f  0  lim f  x   lim f  x 
x0 x0

1 1
4k   22 k  21  2k  1  k  
2 2
1
Resposta: O valor de k é  .
2

FIM (Caderno 2)