Você está na página 1de 1

Quando o homem compreende a sua Enquanto eu luto, sou

realidade, pode levantar hipóteses


Eu sou um intelectual que não movido pela esperança; e se
sobre o desafio dessa realidade, e
tem medo de ser amoroso. procurar soluções. Assim pode O professor é, eu lutar com esperança, posso
Amo as gentes e amo o transformá-la e com seu trabalho naturalmente, um esperar.
mundo. E é porque amo as pode criar um mundo próprio: seu eu artista, mas ser um
pessoas e amo o mundo que eu e suas circunstâncias. artista não significa que Paulo Freire
Paulo Freire
brigo para que a justiça social ele ou ela consiga formar
se implante antes da o perfil, possa moldar os
caridade. alunos. O que um
Paulo Freire educador faz no ensino é
tornar possível que os
A educação é um ato estudantes se tornem eles
mesmos.
de amor, por isso, um
Paulo Freire
ato de coragem.
Paulo Freire

Das microviolências ao bullying:


Das microviolências ao
reflexões sobre a violência
bullying: reflexões sobre
no ambiente escolar a violência no
ambiente escolar
Édina Moura Vianna Das microviolências ao bullying: reflexões
sobre a violência no ambiente escolar
Édina M. Vianna Édina Moura Vianna
Das microviolências ao bullying: reflexões
Das microviolências ao bullying: reflexões sobre a violência no ambiente escolar
sobre a violência no ambiente escolar
Édina Moura Vianna Édina Moura Vianna