Você está na página 1de 3

Ensino Pré-Vestibular

GABARITO

HISTÓRIA
GERAL

EXT
5
Gabarito

História geral
História geral
INDEPENDÊNCIA DAS AMÉRICAS
Testes (página 2) b)
11. — investimentos no extrativismo e na agricultura de expor-
a) José de San Martin, Simón Bolívar, Agustín de Iturbide, Miguel tação das economias dessas regiões para abastecer o
Hidalgo Y Costilla, Jean-Jacques Dessalines, outros. mercado interno dos EUA;
— intervenção direta da marinha norte-americana em países
b) A América Ibérica pós-independência continuou marcada dessas regiões — Haitií, Nicarágua, Cuba e República
por características típicas do mundo colonial, dominada Dominicana.
agora pela elite criolla, o que não significou a implanta- — interferência norte-americana na política interna de países
ção de repúblicas democráticas na América Latina; as dessas regiões, como por exemplo, em Cuba, com a
independências não provocaram transformações subs- imposição da emenda Platt à Constituição Cubana.
tanciais na estrutura econômico-social latino-americana, — restauração da Doutrina Monroe, a América para os
já que foi mantida a exploração de formas de trabalho americanos, numa tentativa de afastamento da Ingla-
escravo, como também não significaram melhorias terra e das demais potências européias da economia
substantivas para as populações indígenas ou mesmo da região da América Central e do Caribe.
para os mestiços livres da América Espanhola.
13. O governo do presidente Theodore Roosevelt caracterizou-se
12. pela política imperialista estadunidense na América Central e no
a) Identificam-se na proposta política de Bolívar para a Caribe, conhecida como Política do Grande Porrete (Big Stick).
América Independente as seguintes características: Essa política visava a forçar a submissão da região aos interesses
união entre as novas nações americanas, que lhes econômicos e estratégicos dos EUA, que se mostravam prontos
possibilitasse desenvolvimento mais autônomo, dimi- a intervir militarmente caso fossem contrariados.
nuindo sua dependência externa; ruptura violenta com Os EUA incitaram o processo de independência do Panamá,
a metrópole e até mesmo com os interesses externos província colombiana, em troca da negociação para a construção
da Inglaterra, a quem não interessava o surgimento de de um canal que ligaria os oceanos Atlântico e Pacífico. A cons-
um grande e forte país de língua espanhola na região; trução do canal, cuja área, a princípio, era domínio perpétuo dos
e superação da herança colonial. EUA, representou a consolidação de seu controle marítimo na
região do Caribe a partir de 1914, quando se concluiu a obra. Sob
b) As idéias de Bolívar não foram concretizadas na América protestos contra a presença estadunidense no país, realizou-se
hispânica independente por causa dos particularismos um acordo prevendo a devolução do canal aos panamenhos, o
regionais, das disputas políticas entre as elites agrárias, que se efetivou no final de 1999.
que passaram a deter o poder, do caudilhismo e dos inte-
resses ingleses e norte-americanos na fragmentação. SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E História geral 1
5
CAPITALISMO MONOPOLISTA
AMÉRICAS NO SÉCULO XIX Testes (páginas 6 e 7)
Testes (página 4) 11.
11. a) O imperialismo resultou do processo expansionista dos
a) Guerra contra o México e contra os índios; construção capitais financeiro e industrial, iniciado na segunda me-
de ferrovias; aumento demográfico; ampliação das tade do século XIX.
áreas de cultivo e criação; aumento das contradições O capitalismo monopolista levou à formação de grandes
entre norte e sul, que levaria à Guerra de Secessão; complexos econômicos que, na passagem do século XIX
fortalecimento da ideologia do Destino Manifesto e do para o XX, partilharam os continentes africano e asiático
individualismo (self made man). e penetraram na América Latina. Tal política orientava-
se pela necessidade de fortalecimento econômico e
b) As sucessivas crises econômicas que a Europa atra- conquistas de novas áreas do globo para sua esfera de
vessou no período, os processos de unificação italiana influência, gerando monopólios, exportação de capitais,
e alemã e as perseguições políticas. tecnologias, guerras, etc.

12. b) As potências imperialistas européias realizaram a par-


a) A doutrina do Destino Manifesto baseava-se no pressu- tilha da África e da Ásia penetrando no coração desses
posto de que os estadunidenses constituíam um “povo continentes, destacando-se, na África, o Congo Belga,
escolhido” com a missão de “civilizar” os outros povos, e a África Ocidental Francesa e a Rodésia; e, na Ásia, a
visava a legitimar o expansionismo econômico dos EUA Índia e a Birmânia. Tais conquistas geraram rivalidades
em direção às regiões da América Latina. Tal doutrina, entre as potências industriais, originando a Primeira
com base no darwinismo social, servia para exaltar Guerra Mundial (1914—1918).
a superioridade da cultura branca, anglo-saxônica e
protestante.
PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Gabarito
Testes (página 8)
11.
a) Dentre as principais causas da Primeira Guerra Mundial,
destacam-se as disputas imperialistas entre as gran-
des nações européias, principalmente pelo controle de
territórios na Ásia e na África, como, por exemplo, as
tensões da famosa questão marroquina, que acirraram
as rivalidades entre França e Alemanha.

b) As derrotas militares do Império Russo diante da Ale-


manha durante a guerra aceleraram o processo de
desagregação do regime do czar Nicolau II. A fome, o
alistamento compulsório, o grande número de mortes
e a corrupção generalizada ajudaram a precipitar o
desfecho revolucionário de 1917.

2 História geral
5