Você está na página 1de 7

MARINHA DO BRASIL

DIRETORIA DE HIDROGRAFIA E NAVEGAÇÃO


SUPERINTENDÊNCIA DE ENSINO
CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE HIDROGRAFIA PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: SENSORIAMENTO REMOTO

SENSORIAMENTO REMOTO

1ºTen. (QC-CA) UBIRAJARA SANTOS GOMES

NITERÓI - RJ
2018
SENSORIAMENTO REMOTO

Trabalho referente à disciplina


Sensoriamento Remoto do Curso de
Aperfeiçoamento em Hidrografia para
oficias, turma de 2018, da Diretoria de
Hidrografia e Navegação.

Instrutor: CMG (RM1) Heraldo Soares


Caldeira.

NITERÓI - RJ
2018
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO......................................................................................................................4
2. PERGUNTAS.........................................................................................................................4
3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS....................................................................................7
1. INTRODUÇÃO

Esse presente trabalho foi confeccionado com o propósito de reunir através de


questões o conhecimento adquirido na disciplina de Sensoriamento Remoto (SERE).
A fim de termos uma melhor direcionamento do trabalho, este está organizado em
tópicos dispostos na seguinte sequência: quatro questões do tipo múltipla escolha, três
questões do tipo discursiva, uma questão que envolve cálculos e quatro questões do tipo
“Verdadeiro (V)” ou “Falso (F)”.

2. PERGUNTAS
2.1 Questões múltipla escolha
1) A técnica de sensoriamento remoto obtém informalções de um alvo sem que haja
contato direto com o mesmo através de sensores. De acordo com INPE, qualquer
sistema sensor apresenta componentes necessários para a captação de radiação
eletromagnética. Com base nesse conceito, a sequência que identifica os componentes
de um sensor de acordo com a figura abaixo é:

a) (1) Coletor / (2) Detector / (3) Processador / (4) Produto. Referência [3]
b) (1) Detector / (2) Processador / (3) Coletor / (4) Produto
c) (1) Precessador / (2) Detector / (3) Detector / (4) Produto
d) (1) Coletor / (2) Produto / (3) Processador / (4) Detector

2) Assinale entre os itens a seguir aquele que não faz parte da fase de planejamento do
voo em aerofotogrametria
a) tempo
b) plano de voo
c) modelo digital do terreno. Referência [2]
d) hora do dia

3) Em termos do comportamento dualístico da luz e dos conceitos de corpúsculo e


onda, assinale a alternativa correta:

a) O modelo ondulatório de Huygens prevaleceu sobre o modelo corpuscular de


Newton.
b) Uma partícula atravessa obstáculos menores que seu comprimento de onda,

4
uma onda não.
c) A avaliação da natureza dualística da luz é feita através de duas teorias que são
mutualmente excludentes.
d) Uma partícula transporta matéria, já uma onda, não consegue
transportar matéria. Referência [1]

4) Acerca dos conceitos e definições associados a fotogrametria e sensoriamento


remoto assinale a assertiva correta:

a) A fotogrametria analógica é realizada usando-se um computador e fotografias


digitais ou digitalizadas.
b) Paralaxe é o deslocamento aparente na posição de um objeto devido a
alteração na posição do observador. Referência [2]
c) A orientação exterior está relacionada matematicamente às características
geométricas do sistema de câmeras que adquiriua fotografias.
d) Os sensores de micro-ondas usam um pulso do laser para medir distâncias
entre o sensor e a superfície da Terra.

2.2 Questões de Verdadeiro ou Falso.

5) F – A lei de Stefan-Boltzmann trata-se da determinação do comprimento de onda


de máxima emitância espectral para uma dada temperatura, ou seja, o comprimento de
onda em que a radiação emitida é máxima.

Justificativa – Trata-se da lei de Wien. Referência [1].


6) F – No que se refere ao método aerofotogramétrico, alguns aparelhos de restituição
mais modernos podem processar imagens em formato digital de fotografias aéreas
vetorizadas, isto é, digitalizada matricialmente.

Justificativa – A fotografia aérea rasterizada é digitalizada matricialmente.


Referência[2]
7) V – A resolução temporal é definida em função do tempo de revisita do sensor para
um mesmo ponto na superfície terrestre. Referência [1].

8) V – Os levantamentos topográficos utilizando o método aerofotogramétrico tem


como base a análise, medição e interpretação de fotografias, com recurso a aparelhos
de restituição estereoscópica. Referência [2].

2.3 Questão de cálculo

9) a fim de realiza um um voo fotogramétrico sobre uma área em que a distância focal
é de 500mm, a altitude média do terreno é por volta de 100m e a escala usada de
1:5000.
Com base nos dados citados, determine a altitude de voo dessa aeronave. Referência
[2].

5
A escala pode ser obtida de:

f
E=
H−h

Sendo: f = a distância focal; H = a altura de voo; e h = a altitude média do terreno.

Substituindo os valores dados no problema na fórmula acima, temos:

1 0,500
=
5000 H−100

Arrumando a equação teremos:

H=( 5000 x 0,500 ) +100

Resposta: H=2.600 m

2.4 Questões do tipo pergunta/resposta.

10) Explique o motivo de necessitarmos realizar o recobrimento longitudinal e lateral


em uma missão de aerofotogrametria.

Resposta: O recobrimento longitudinal trata-se do percentual que determinada


fotografia superpõe em relação a uma fotografia consecutiva em uma faixa de voo. A
partir desse recobrimento é possível obter a estereoscopia, ou seja, a vizualização de
uma imagem em três dimensões (3D) quando as duas fotografias são usadas em um
estereoscópio. Referência [4].

11) Qual a principal diferença entre os sistemas que utilizam a tecnologia de


sensoriamenot remoto LiDAR e os sistemas que utilizam a fotografia aérea e imagens
de satélite?

Resposta: A principal diferença é que no sistema Lidar o princípio de funcionamento é


baseado na emissão de sua própria fonte de energia, o laser, o qual emite radiação
eletromaganética de ondas curtas, sendo então classificado como um sensor ativo. Já
os sensores clássicos dependem do sol como uma fonte de iluminação, ou seja, a fonte
de engergia eletromagnética não é orinária no próprio sistema, o que o caracteriza
como um sensor passivo. Referência [1]

12) Qual sensor que utiliza micro-ondas e permite identificar os campos de vento da
superfície do mar? Qual o princípio de funcionamento desse sensor?

6
Resposta: O sensor em questão trata-se do escaterômetro. Este sensor mede o
retroespalhamento de um pulso radar na superfície do oceano sendo que a radiação
retroespalhada pelo oceano é diretamente afetada pela rugosidade causada pelo vento
sobre essa superfície, e que devido a essa correlação de causa e efeito ser possível a
estimativa do vento próximo àquela superfíce. Referência [6].

3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

[1] MOREIRA, Mauricio Alves. Fundamentos do Sensoriamento Remoto e Metodologias de


Aplicacao. 4a ed. Viçosa: UFV, 2010.

[2] ANDRADE, Jose Bittencourt de. Fotogrametria. 2a ed. ampliada e atualizada. Curitiba:
SBEE, 1999.

[3] INPE – Tutorial de Geoprocessamento – Introdução ao Sensoriamento Remoto.

[4] SANTOS, Alexandre Rosa - Apostila Teórica de Geoprocessamento da Universidade


Federal do Espírito Santo (UFES) – Departamento de Engenharia Rural.

[5] M. Giongo et al. - LiDAR: princípios e aplicações florestais – Pesquisa Florestal


Brasileira, Colombo, v.30, n.63, p.231-244, ago./out.2010.

[6]VIOLANTE, Nelson C. et al. Sobre os mecanismos de imageamento do Radar de Abertura


Sintética SAR para a estimação do espectro direcional de ondas geradas pelo vento. Rev.
Bras. Geof., Dez 2010, vol.28, no.4.

Você também pode gostar