Você está na página 1de 2

Comunicação empresarial: Barreiras e Fluxos

Nossa vida pessoal, a comunicação é fator de extrema importância para


que possamos transmitir informações, fatos, nossas idéias, desejos, etc.

No mundo empresarial não é diferente, pois as informações produzidas e


transmitidas causam impactos na vida dos funcionários, porém, estes
impactos podem causar efeitos diversos daqueles que se pretendia. Daí a
importância de uma comunicação eficiente e eficaz.

No atual cenário informatizado das organizações, recorremos ao e-mail para


comunicação rápida de nossas idéias e a recepção quase instantânea das
respostas solicitadas. Mas há, também, as cartas, memorandos, circulares,
comunicação interna, etc. Dependendo do que se deseja comunicar,
podemos utilizar o jornal, o rádio, a televisão, o cinema, a internet ou
qualquer outro tipo de “veículo” para divulgação.

A comunicação empresarial poder ser vista como um processo dinâmico


através do qual as organizações se relacionam com o meio ambiente e por
meio do qual as divisões da organização se conectam entre si. Mas essa
comunicação pode sofrer algumas interferências, as “barreiras”, como:

 Barreiras mecânicas ou físicas – Aparelho de transmissão, como o


barulho, ambiente e equipamentos inadequados. A comunicação é
bloqueada por fatores físicos.
 Barreiras fisiológicas – Dizem respeito aos problemas genéticos ou
de malformação dos órgãos vitais da fala.
 Barreiras semânticas – São as que decorrem do uso inadequado de
uma linguagem não comum ao receptor ou a grupos visados.
 Barreiras psicológicas – São os preconceitos e estereótipos que
fazem com que a comunicação fique prejudicada.

Barreiras na Comunicação Empresarial

 Barreiras pessoais – A pessoas podem facilitar ou dificultar as


comunicações. Tudo irá depender da personalidade de cada um, do
estado de espírito, das emoções, dos valores, etc...
 Barreiras administrativas burocráticas – Decorrem das formas
como as organizações atuam e processam suas informações.

O excesso de informações é outra barreira bastante presente na atualidade.


A sobrecarga de informações de toda ordem e nas mais variadas formas, a
proliferação de papéis administrativos e institucionais, reuniões
desnecessárias e inúteis, etc.

A falta de seleção e de prioridades acaba confundindo o público em vez de


propiciar uma comunicação eficaz.
As comunicações incompletas e parciais também constituem mais uma
barreira na comunicação organizacional. São encontradas nas informações
fragmentadas, distorcidas ou sujeitas a dúvidas, nas informações não
transmitidas ou sonegadas, etc...
Rede Formal e Informal
O sistema de comunicação das organizações flui basicamente por meio de
duas redes: a formal e a informal.

A rede formal pode ser conceituada como o conjunto de canais e meios de


comunicação estabelecidos de forma consciente e deliberados.

A rede informal surge no decorrer do tempo quando o próprio sistema


formal é suplementado. Ela se baseia nas relações sociais intra –
organizativas e é uma forma mais rápida de atender a demandas mais
urgentes e instáveis.

Fluxos Comunicativos
Os fluxos mais comumente estudados são: os descendentes ou verticais, os
ascendentes, os horizontais ou laterais, os transversais e o circular.

 Fluxo descendente ou vertical – É o processo de informações da


cúpula diretiva da organização para os subalternos, isto é, a
comunicação de cima para baixo.
 Fluxo ascendente – É o processo contrário. São as pessoas situadas
na posição inferior da estrutura organizacional que enviam à cúpula
suas informações.
 Fluxo horizontal ou lateral – É a comunicação que ocorre no
mesmo nível. É a comunicação entre os pares e as pessoas situadas
em posição hierárquicas semelhantes.

O Fluxo transversal ou longitudinal se dá em todas as direções, fazendo-se


presente nos fluxos descendente, ascendente e horizontal nas mais variadas
posições das estruturas ou da arquitetura organizacional. Esse tipo de fluxo
acontece nas organizações orgânicas e flexíveis que permitem uma gestão
mais participativa e integrada, criam condições para que as pessoas passem
a intervir em diferentes áreas e com elas interagir.

O Fluxo circular abarca todos os níveis sem se ajustar às direções


tradicionais. Surge e se desenvolve muito mais nas organizações informais
e favorece a efetividade no trabalho.

Fonte:
http://analgesi.co.cc/html/t35762.html