Você está na página 1de 2

Problematização

Laís e Fábia estão estudam no 6º ano. Elas se reuniram para estudar para as
provas que se aproximam e decidiram começar o estudo por ciências, que
ambas “adoram”. Nas aulas de ciências, elas se sentem motivadas, pois
percebem que o professor ama o que faz. Fábia diz: “é incrível como ele
consegue fazer a gente entender, como junta as coisas da vida com as coisas
da disciplina”. Já Laís acha que esse professor “tem o dom, já nasceu para
lecionar!”.

As aulas desse professor são organizadas, é possível perceber que ele as


planeja. Além disso, ele varia as estratégias dependendo do conteúdo e tem
facilidade para ouvir os alunos. Outra qualidade desse professor é que “não se
estressa por bobagem”. Quando ocorre algum problema, tipo indisciplina, ele
ouve, reflete e age, mas sem fazer escândalo. Comparando o professor de
ciências com o de matemática, as alunas chegaram à conclusão de que a
matéria também ajuda. Dito de outro modo, elas acham que matemática é
chata mesmo, não tem como fazer uma aula legal, interessante, pois o que
elas vivenciam nessa disciplina é leitura do conteúdo do livro e posterior
resolução individual de exercícios. A maior reclamação das duas alunas é que,
quando têm dúvidas, o professor não responde de um modo que elas
entendam, e sim repete o que está no livro, sem mudar nada. Laís acha até
que o professor de matemática não sabe a matéria.

Vamos analisar a ação desses dois professores. Ensinar é um dom que já


nasce com a pessoa e não há como desenvolver essa habilidade? A disciplina
(ou o conteúdo) realmente é tão decisiva que não há como fazer aulas
interessantes em algumas áreas?

Revendo a Problematização

Muito bem! Acredito que já tenhamos tido tempo suficiente para refletir sobre o
caso apresentado no início dos estudos deste tema. Caso queira, leia o caso
novamente antes de responder. Caso contrário, analise as alternativas a
seguir e dê a sua resposta. Depois de ter assistido ao vídeo com o caso e ter
lido o conteúdo teórico, responda à questão:

a). Bons professores têm o dom, já nascem com facilidade para se comunicar
com as pessoas e influenciá-las.

b). A diferença entre professores que encantam e outros que são maçantes
está na disciplina lecionada, pois alguns temas são extremamente áridos e
desagradáveis, por mais que o professor se esforce.

c). A habilidade do professor depende do domínio de sua disciplina e também


do conhecimento de como os grupos funcionam, das técnicas e dos
procedimentos adequados para cada conteúdo.

Feedback a. Atualmente sabemos que, para além das habilidades individuais, é possível
aprender e desenvolver conhecimentos e habilidades que nos levem a ser um professor que
encanta. b. Os conteúdos realmente são diferentes entre si, mas isso não significa que haja
alguns temas desagradáveis por si só. O domínio da Didática pode contribuir
significativamente para o sucesso do ensinoaprendizagem. c. Realmente, é possível aprender a
ser um bom professor, mediante o aprofundamento na metodologia de ensino. Tanto a
experiência quanto o estudo oferecem ao professor condições para que melhore a sua prática.