Você está na página 1de 28

Gerência de Redes

Prof. Me. Müller Miranda


Gerência de Redes
Objetivo

Apresentar as funções de gerenciamento em redes de computadores, o


conceito de objeto gerenciado e dos processos envolvidos no gerenciamento
de redes, argumentar as normas e os softwares para gerência de redes de
computadores.
Gerência de Redes
Ementa

Funções de gerenciamento. Objeto Gerenciado. Processos gerente e agente.


MIBs. Norma ISO em Gerência de Redes: desempenho, falhas, configuração,
segurança e contabilidade. Gerenciamento OSI. Gerenciamento Internet
(SNMP). Softwares de Gerência de Redes.
Componentes de uma rede
Uma rede é um conjunto de dispositivos ligados que podem trocar
informações entre si além de compartilhar recursos e aplicativos.
Componentes de uma rede
LAN – Local Area Network

WAN - Wide Area Network


Topologia
É a forma como dispositivos ficam dispostos na rede.

● Barramento;
● Anel;
● Estrela;
● Malha;
● Híbrida;
● Etc.
Topologia
Barramento

Todos os dispositivos são ligados no mesmo cabo que precisa de uma


terminação em cada uma das pontas.
Topologia
Anel

Consiste em estações conectadas através de um circuito fechado, em série. O


anel não interliga as estações diretamente, mas consiste de uma série de
repetidores ligados por um meio físico. É uma configuração em desuso.
Topologia
Estrela

Nesta topologia de rede todos os dispositivos (nós) são conectados a um


dispositivo distribuidor de comunicações central, como um Hub ou
(preferencialmente) um Switch. É a principal topologia de redes utilizada
atualmente.
Topologia
Híbrida

Trata-se de uma combinação de duas ou mais topologias de rede distintas,


com por exemplo uma rede em topologia estrela conectada a uma rede em
topologia barramento.
Modelo OSI e Protocolo TCP/IP
Modelo de Referência OSI - 1984

Protocolo TCP/IP - 1969

Conjunto de Protocolos

HTTP, HTTPS, FTP, DNS


TCP, UDP
IP
Ethernet
ATENÇÃO
PETROBRAS -Analista de Sistemas Júnior - InfraEstrutura - CESPE/UNB

A arquitetura TCP/IP é constituída de cinco camadas e define um padrão no


que diz respeito a redes de computadores e suas interconexões.
ATENÇÃO
De acordo Tanenbaum a arquitetura possui quatro camadas: Aplicação,
Transporte, Internet e Host-Rede, onde essas quatro camadas correspondem
a cinco no modelo OSI: Aplicação, Transporte, Rede, Enlace e Físico.

Alguns autores, trazem cinco camadas, pois fazem a correspondência da


arquitetura do TCP/IP com o modelo OSI.
Protocolo TCP/IP
Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si é
necessário que todos os computadores adotem as mesmas regras para o
envio e o recebimento de informações. Este conjunto de regras é conhecido
como Protocolo de Comunicação.

Dois computadores com diferentes protocolos instalados, não serão capazes


de estabelecer uma comunicação e nem serão capazes de trocar informações.
Protocolo TCP/IP
Antes da popularização da Internet existiam diferentes protocolos sendo
utilizados nas redes das empresas. Os mais utilizados eram os seguintes:
•TCP/IP, NETBEUI, IPX/SPX e AppleTalk
Se colocarmos dois computadores ligados em rede, um com um protocolo,
por exemplo o TCP/IP e o outro com um protocolo diferente, por exemplo
NETBEUI, estes dois computadores não serão capazes de estabelecer
comunicação e trocar informações entre si. Por exemplo, o computador com
o protocolo NETBEUI instalado, não será capaz de acessar uma pasta ou uma
Impressora compartilhada no computador com o protocolo TCP/IP instalado.
Protocolo TCP/IP
A medida que a Internet começou a tornar-se mais popular, o protocolo
TCP/IP passou a tornar-se um padrão de fato, utilizando não só na Internet,
como também nas redes internas das empresas, redes estas que começavam
a ser conectadas à Internet.
Se durante a instalação, o Windows detectar a presença de uma placa de
rede, automaticamente será sugerida a instalação do protocolo TCP/IP.
Protocolo TCP/IP
Quando utilizamos o protocolo TCP/IP como protocolo de comunicação em
uma rede de computadores, temos alguns parâmetros que devem ser
configurados em todos os equipamentos que fazem parte da rede
(computadores, servidores, hubs, switchs, impressoras de rede, etc).
Protocolo TCP/IP
O Número IP é um número no seguinte formato: x.y.z.w
O valor máximo para cada um dos números é 255.

Uma parte do Número IP (1, 2 ou 3 dos 4 números) é a identificação da rede, a


outra parte é a identificação da máquina dentro da rede. O que define
quantos dos quatro números fazem parte da identificação da rede e quantos
fazem parte da identificação da máquina é a máscara de sub-rede.
Protocolo TCP/IP
Para se comunicar em uma rede baseada no protocolo TCP/IP, todo
equipamento deve ter, pelo menos, um número IP e uma máscara de
sub-rede, sendo que todos os equipamentos da rede devem ter a mesma
máscara de sub-rede.
Protocolo TCP/IP
Protocolo TCP/IP
Na Tabela a seguir temos alguns exemplos de máscaras de sub-rede.

Máscara Equipamentos na Rede

255.255.255.0 254

255.255.0.0 65.534

255.0.0.0 16.777.214

Quando a rede está isolada, apenas o número IP e a máscara de sub-rede são


suficientes para que os computadores possam se comunicar.
Protocolo TCP/IP
A conexão da rede local com outras redes é feita através de links de
comunicação de dados. Para que essa comunicação seja possível é necessário
um equipamento capaz de enviar informações para outras redes e receber
informações destas redes. O equipamento utilizado para este fim é o
Roteador. Todo pacote de informações que deve ser enviado para outras
redes deve, obrigatoriamente, passar pelo Roteador.
O número IP do Roteador é informado no parâmetro conhecido como
Gateway. Na prática quando configuramos o parâmetro Gateway, estamos
informando o número IP do Roteador.
Protocolo TCP/IP
Para equipamentos que fazem parte de uma rede, baseada no protocolo
TCP/IP e conectada a outras redes ou a Internet, devemos configurar, no
mínimo, os seguintes parâmetros:

1 Número IP

2 Máscara

3 Gateway
Protocolo TCP/IP - DNS
Um dos parâmetros que deve ser informado é o número IP de um ou mais
servidores DNS – Domain Name System. O DNS é o serviço responsável pela
resolução de nomes.

Toda a comunicação, em redes baseadas no protocolo TCP/IP é feita através


do número IP. O serviço que localiza o número IP associado a um nome é
conhecido como Servidor DNS.
Protocolo TCP/IP - DHCP
DHCP – Dynamic Host Configuration Protocol. O serviço DHCP fornece,
automaticamente, todos os parâmetros de configuração do protocolo TCP/IP
para os equipamentos conectados à rede. Os parâmetros são fornecidos
quando o equipamento é inicializado e podem ser renovados em períodos
definidos pelo Administrador. Com o uso do DHCP uma série de
procedimentos de configuração podem ser automatizados, o que facilita a
vida do Administrador e elimina uma série de erros.
Protocolo TCP/IP - DHCP
Ele pode operar de três formas: Automática, Dinâmica e Manual.

Automática - Uma quantidade de endereços de IP (dentro de uma faixa) é


definida para ser utilizada na rede. Neste caso, sempre que um dos
computadores de uma rede solicitar a conexão com ela, um destes IPs será
designado para a máquina em questão.
Protocolo TCP/IP - DHCP
Dinâmica - O procedimento é bem parecido com o efetuado pela
automática, porém a conexão do computador com determinado IP é limitada
por um período de tempo pré-configurado que pode variar conforme
desejado pelo administrador da rede.

Manual - O DHCP aloca um endereço de IP conforme o valor de MAC


(Medium Access Control) de cada placa de rede de forma que cada
computador utilizará apenas este endereço de IP. Utiliza-se este recurso
quando é necessário que uma máquina possua um endereço de IP fixo.
Exercício
Micro 01 Micro 02 Micro 03
IP: 100.100.100.3 IP: 100.100.100.4 IP: 100.100.100.5
Máscara: 255.255.255.0 Máscara: 255.255.240.0 Máscara: 255.255.255.0
Gateway: 100.100.100.1 Gateway: 100.100.100.1 Gateway: 100.100.100.2

O Micro 02 não está conseguindo comunicar com os demais computadores


da rede. Já o Micro 03 consegue comunicar-se na rede local, porém não
consegue se comunicar com nenhum recurso de outras redes, como por
exemplo a Internet. Quais alterações você deve fazer para que todos os
computadores possam se comunicar normalmente, tanto na rede local
quanto com as redes externas ?