Você está na página 1de 7

22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor

Direito do consumidor
Oscar Ivan Prux
Artigos sobre direito do consumidor

A igualdade nas
contratações

Por Tribuna do Paraná 30/12/2007 00:00

O
direito básico dos consumidores à igualdade nas contratações (inc.
II, art. 6.º, Lei n.º 8.078/90), apresenta importância não apenas para
as partes envolvidas, mas também para o restante do contexto
social. Ele é composto de duas faces relevantes: – o equilíbrio na
contratação considerando seus partícipes diretos. Ou seja, o equilíbrio de
forças entre o consumidor e o fornecedor; – e, o asseguramento de que nas
relações de consumo, exista sempre a igualdade de possibilidades negociais,
bem como a tratamento isento de qualquer discriminação injustificada para
com consumidor que busque o fornecimento
https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 1/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor
com consumidor que busque o fornecimento.

Por equilíbrio contratual entre o consumidor e o fornecedor na relação de


consumo é comum entender-se apenas o equilíbrio da equação econômica
do contrato. Entretanto, é importante visualizar todo conjunto de encargos e
deveres que são atribuídos para as partes. Exemplo: é desequilibrada a
relação em que, para o cumprimento de sua obrigação de pagar a
mensalidade, o consumidor tem débito em conta corrente bancária, enquanto
para obter a assistência à saúde que contratou, a operadora do plano exige o
cumprimento de trâmites burocráticos despropositados, a impor idas e
vindas, com sucessivas autorizações e confirmações, para quem necessita
agilidade na liberação da cobertura de seu atendimento médico ou hospitalar.
O fornecedor é senhor do mercado, mas precisa ser muito bem equacionada
esta natural desigualdade de forças que tende a prejudicar o consumidor.
Sinaliza essa perspectiva, o próprio fato da Lei nº 8.078/90, ter sido instituída
como Código de Proteção e Defesa do Consumidor (e não como Código das
Relações de Consumo), a indicar sua função de re-equilibrar relações
intrinsecamente desiguais entre o fornecedor (mais forte) e consumidor
(mais fraco). A mencionada lei, ao tratar de forma diferente aos desiguais (na
medida adequada à sua desigualdade), trouxe a fórmula estabelecida para
implementar a igualdade isonômica objetivada pela Constituição Federal.

Já quanto à igualdade de possibilidades e de tratamento negocial, têm-se


aspectos que podem se relacionar, tanto com as práticas de mercado, quanto
com o que acontece dentro da contratação. Observe-se que pode parecer
despropositado falar-se de práticas envolvidas na fase pré-contratual, porém
é conveniente observar que o CDC prescreve que toda informação ou
publicidade suficientemente precisa, obriga o fornecedor que a fizer veicular
ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado (art. 30), bem
como, que as declarações de vontade constantes de escritos particulares,
recibos e pré-contratos relativos às relações de consumo vinculam o
fornecedor (art. 48). Deste modo, percebe-se que a igualdade nas
contratações começa nas práticas de mercado que, posteriormente, acabam
fazendo parte do conteúdo do contrato. A igualdade nas contratações
principia com o direito ao acesso ao consumo sem discriminação seja
https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 2/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor
principia com o direito ao acesso ao consumo sem discriminação, seja
econômica, seja por outros fatores pessoais que possam distinguir as
pessoas. Aliás, em seu rol de práticas abusivas de mercado, o inc. II, art. 39,
do CDC, inclui a ação de recusar atendimento as demandas dos
consumidores, respeitada a exata medida das disponibilidades de estoque, e,
ainda, de conformidade com os usos e costumes. Assim, é ilícito o
fornecedor deixar de atender a determinado(s) consumidor (es) quando tal é
feito com o propósito de, injustificadamente, não lhe(s) dar acesso ao
consumo ou desigualar a contratação que venha a ser firmada.. De forma
igualitariamente isonômica, os consumidores devem ter direito de participar
do mercado. É injusto, por exemplo, ver consumidores ricos quando vão a
agência bancária pagar suas contas de água e luz serem atendidos em salas
vips, enquanto consumidores pobres que vão pagar o mesmo tipo de conta
tem de enfrentar filas em local desconfortável e inadequado. Por evidente,
não é uma questão de dar à todos um completo acesso a qualquer serviço ou
produto, posto que é impossível baratear todos os tipos de fornecimentos,
assim como, nunca conseguiremos toda uma população com bom poder
aquisitivo. Também a igualdade de possibilidades contratuais, não exige que
todos os negócios versando sobre um mesmo tipo de fornecimento, tenham
sempre o mesmo preço e as mesmas condições. O que se assegura, em
condições de igualdade, é a possibilidade de acesso ao mercado de
consumo e a possibilidade de negociação sem discriminações preliminares
que sejam injustificadas, bem como, que o cumprimento do contrato não
desiguale aos consumidores contratantes. Podem militar em favor dos
fornecedores, algumas justificativas amparadas em circunstâncias de
mercado, mas elas não são isoladamente suficientes para justificar
diferenças no tratamento dedicado a cada um dos consumidores. Há sempre
que haver amparo legal para tratamentos diferenciados. É importante notar,
que o fornecedor quer vender o máximo possível e quando injustas
discriminações acontecem, elas não surgem ao acaso, mas são intentadas
com objetivo claro de obter alguma vantagem indevida ou, ainda, como
represália destinada a prejudicar o consumidor. Portanto, se o consumidor
busca um consumo lícito e é adimplente, deve, no mínimo, ter a possibilidade
de negociar com o fornecedor e obter acesso concreto aos contratos de
https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 3/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor

consumo, tal como os demais consumidores. Simpatias, antipatias,


interesses econômicos díspares, convicções, culturas e credos diferentes, a
menos que amparados em expresso permissivo legal, não podem servir para
obstaculizar esse ou aquele consumidor em específico, de ter,
igualitariamente (de forma isonômica), a possibilidade de acesso aos
fornecimentos e cumprimento equilibrado dos contratos dispostos no
mercado de consumo.

Oscar Ivan Prux é advogado, economista, professor, especialista em Teoria


Econômica, mestre e doutor em Direito. Coordenador do curso de Direito da
Unopar em Arapongas-PR. Diretor do Brasilcon para o Paraná.

SIGA A TRIBUNA DO PARANÁ


E ACOMPANHE MAIS NOVIDADES

Tribuna do Paraná
Curtir Página 206 mil curtidas

Seja o primeiro de seus amigos a curtir isso.

https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 4/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor

Últimas dos blogs

Cozinha do Cadu Triboladas Mania Animal

Cadu Dartagnan Paula Weidlich


Este canal é dedicado O mundo do Darta e seus Dicas sobre o mundo
aos apaixonados pela amigos. Piadas, abraços, PET e divulgação sobre
culinária e que fazem do memes e muito humor feiras de adoção de cães
prazer da boa comida um e gatos
estilo de vida.
22/02/2019 · 07:44
22/02/2019 · 07:33
22/02/2019 · 07:47 NÁUFRAGO
DEPOIS DA
BURRITOS
CHUVA E DA
MEXICANOS 0
ENCHENTE,
PROTEJA SEU
0
CACHORRO DA
LEPTOSPIROSE!

CONTEÚDO DA WEB

https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 5/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor

Patrocinado

[Fotos] Inacreditável o que esse homem


fez…
desa omundial

Patrocinado

Abra sua conta no Banco Digital de


quem…
@modalmais

Patrocinado

Teste rápido revela qual o melhor


suplemento…
lp.vitaminas.com.vc
https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 6/7
22/02/2019 A igualdade nas contratações - Direito do consumidor

Patrocinado

Um truque simples pode queimar toda


a…
bemestar-saude.acessovip.net.br

Recomendado por

https://www.tribunapr.com.br/blogs/direito-consumidor/a-igualdade-nas-contratacoes/ 7/7