Você está na página 1de 7

Geografia 1.

a série do Ensino Médio

AULA 1 2 Diferencie Europa Setentrional de Europa Meridional


em seus aspectos socioeconômicos.
Exercícios propostos
Europa Setentrional
1 Observe o mapa abaixo para responder à questão. – elevado padrão de vida
Fluxos migratórios – população de adultos e velhos
– pecuária intensiva
– triticultura
Indianos, paquistaneses – siderurgia, mecânica, papeleira
e outros asiáticos
especialmente para o
Reino Unido
Europa Meridional
– agricultura mediterrânea: oliveira e videira
Russos e povos
bálticos para os
países nórdicos
– turismo, uma das maiores fontes de renda
– indústria mecânica (vale do Pó, Itália)
Russos e alemães
étnicos para
Alemães étnicos
a Alemanha
Hungria, Romênia
e Polônia para Gregos étnicos para
3 Caracterize os principais aspectos socioeconômicos
a Alemanha a Grécia
da Alemanha.
Imigrantes da antiga
Iugoslávia e albaneses
para a Itália Terceira potência industrial do mundo capitalista, sexto maior produtor de
Nigerianos,
senegaleses
e outros africanos Marroquinos, argelinos
carvão mineral do mundo. Suas indústrias concentram-se na bacia do rio
para o Reino Unido
e Europa Ocidental
e tunisianos para a
Espanha, Itália e França Reno (vale do Ruhr). Destaque para a siderurgia, metalurgia, mecânica, au-
tomobilística, química e eletrônica. O país é grande exportador de industria-
a) Explique as causas e consequências das migrações lizados e importador de matérias-primas e fontes de energia.
que se direcionam para a Europa.

Causas: oferta de oportunidades na Europa rica, fato que atrai grandes con-
tingentes de imigrantes.
4 Destaque os principais aspectos econômicos do Rei-
Consequências: “invasão” de imigrantes, concorrência com os trabalhadores
no Unido e da França.
locais, xenofobia.
Reino Unido: líder mundial em serviços financeiros, produtos farmacêuticos
e indústria armamentista. O Reino Unido explora jazidas de petróleo no Mar
b) Quais são os principais grupos migratórios? do Norte. É um exportador de produtos industrializados.
França: a indústria constitui a principal atividade econômica francesa, con-
Os principais grupos originam-se na América Latina, no centro e norte da centrando 40% da população ativa. A indústria concentra-se na região pari-
África, no Oriente Médio (principalmente na Turquia), no Sudeste Asiático e siense e destacam-se os setores de transportes com trens e aviões, além da
na Europa Oriental. indústria da moda e de bebidas, como vinho.

5 Qual é a peculiaridade da Itália em termos socioeco-


nômicos? Qual é o papel da União Europeia no caso?

A Itália é dividida em Norte rico (vale do Pó) e Sul (Mezzogiorno) pobre. No


c) O que é xenofobia?
Norte temos atividades industriais, produção agrícola intensiva, alto consu-
mo energético e elevado IDH. No Sul temos economia primária, baixo consu-
Prática segregacionista em relação a estrangeiros, que se manifesta na difi-
mo energético, agricultura de subsistência, evasão populacional. A União
culdade de acesso deles, pressão sobre salários e oferta de empregos, e sur-
Europeia investe na economia do Sul na tentativa de diminuir as diferenças
gimento de grupos neonazistas.
locais em relação ao Norte do país.

–1
Exercícios-Tarefa 2 Como nos velhos livros de suspense, um fantasma
apavora a Europa. Insidiosamente ele força os governos
1 (EAFPJK) Hoje, milhões de pessoas estão tentando a aprovarem leis que beneficiam casais com filhos re-
deixar o hemisfério sul em direção ao norte. É o oposto do cém-nascidos, obrigam os europeus a conviverem de má
que houve no passado. Entre os 15 países da União Euro- vontade com estrangeiros que eles acusam de lhes rou-
peia (UE), 11 já se tornaram países de imigrantes. Até barem o emprego e descaracterizar a cultura e o sangue
mesmo algumas nações da Europa Central, como Hun- europeu. Só que as populações europeias não se con-
gria e Polônia, estão recebendo imigrantes, que vêm de vencem de que devem lutar contra esse fantasma, pois, a
cada dia que passa, a situação se agrava.
regiões mais pobres, como os rincões do antigo Império
Trata-se do problema do(a)
Soviético, África e Ásia. Até mesmo Portugal, que era o
a) abandono das atividades primárias, fazendo decair a
país mais pobre da Europa, hoje recebe mais gente do
produção agrícola.
que exporta. Todo o planeta está envolvido num processo
de transição. b) envelhecimento da população, obrigando o setor
produtivo a lançar mão da mecanização e da mão de
(Jean-Claude Chesnais. O Estado de S. Paulo,
obra estrangeira.
20 de setembro de 1994)
c) emigração contínua de jovens europeus em direção
A partir da leitura do texto acima, assinale a alternativa ao mercado de trabalho norte-americano.
falsa. d) perda de cérebros para o desenvolvimento de pesqui-
a) Parte dos emigrantes africanos para a Europa consti- sa no Japão.
tui-se de refugiados das guerras civis que assolam certos e) do aumento de produção do setor secundário da eco-
países desse continente. nomia, que não encontra mercado consumidor interno,
b) Os jovens dos países pobres do hemisfério sul consti- cada vez mais pobre.
tuem o principal segmento populacional a emigrar para o Resolução:
norte, em função da ausência de perspectivas nos seus O envelhecimento da população obriga o setor produtivo,
países de origem. em países da Europa, a automatizar-se, mecanizar-se no
c) A UE (União Europeia) tem estabelecido políticas de campo e aproveitar a mão de obra jovem estrangeira, ge-
restrições à entrada de imigrantes nos 15 países que a rando descontentamentos e medidas anti-imigratórias.

constituem, entre outras razões pela pressão de grupos Resposta: B


nacionalistas xenófobos. 3 (Unitau) Na Europa, os movimentos migratórios das
d) O extremo oriente, em especial o Japão, é uma área de últimas décadas passaram a ter caráter extracontinental,
emigração, pois seu grande desenvolvimento tecnológico li- o que provoca sentimentos exacerbados principalmente
bera muita mão de obra qualificada para a Europa e os EUA. quando há crises econômicas. Esses sentimentos estão
relacionados:
e) A globalização (ou mundialização) das relações econô-
a) a conflitos separatistas.
micas, sociais e culturais, viabilizada em muito pelo desen-
b) ao xenofobismo.
volvimento tecnológico dos meios de informação, funciona
c) à unificação entre os povos.
como um estímulo ao fluxo migratório dos países pobres
d) ao turismo.
para os desenvolvidos.
e) à xenofilia.
Resolução:
Resolução:
Os países asiáticos, particularmente o Japão, não são paí-
O fato de os movimentos migratórios terem se acentuado
ses típicos emigratórios de mão de obra qualificada. Com- em direção à Europa, provenientes de áreas extra-
parativamente, os países onde o número de emigrantes é continentais, provocou reações contrárias da população
maior, são os emergentes, como os BRIC (Brasil, Rússia, com sentimento de aversão aos estrangeiros, denominado
Índia e China) e outros, como os latino-americanos. xenofobismo.
Resposta: D Resposta: B
2–
4 (Unip) País com características climáticas marcadas O país assinalado no mapa corresponde à:
pela continentalidade. Tem como destaque agrícola o cul- a) França, que vem sofrendo as consequências de uma
tivo de produtos de climas mais frios, como o trigo. Cor-
grave crise econômica.
responde à terceira maior economia do mundo.
Destaca-se pela indústria diversificada. b) Alemanha, que recentemente passou por um proces-
Trata-se da: so de reunificação.
a) França. d) Suécia. c) Itália, que apresenta grandes desigualdades sociais
b) Espanha. e) Holanda. internas.
c) Alemanha. d) Espanha, que passa atualmente por acelerado cresci-
Resolução:
mento econômico.
O país mencionado como terceira maior economia mundial,
e) Polônia, que recentemente foi aceita como membro da
com características climáticas de continentalidade e predo-
mínio de climas mais frios é a Alemanha. União Europeia.
Resposta: C Resolução:

5 (Unimep) Os países da Europa Ocidental apresentam di- O mapa destaca um país europeu extenso, voltado
ferenças internas muito acentuadas, a maioria resultante da para o Mar do Norte, o qual passou, após a que da do
Revolução Industrial. Isso porque os países que se industria- Muro de Berlim, ao final da Guerra Fria, por um proces -
lizaram primeiro constituem hoje os Estados-Nações euro- so de reunificação.
peus capitalistas altamente industrializados. Há ainda um
Resposta: B
segundo grupo, formado por países cujo nível industrial é
grande, mas bem inferior ao apresentado pelo grupo anterior. 7 A área da Itália conhecida como Mezzogiorno é identifi-
Por fim, pode-se reconhecer um terceiro grupo, formado por
cada como:
aqueles países em que o setor primário exerce um papel mui-
to importante no conjunto de suas economias. a) o "triângulo industrial" (Milão, Gênova e Turim).
São represen tantes do 1º, 2º e 3º grupos, res pec tiva - b) o centro (Roma–Nápoles), devido aos grandes proble-
mente: mas urbanos decorrentes de seu crescimento desordenado.
a) a Dinamarca, a Espanha e a Itália;
b) a Grécia, a Grã-Bretanha e a Irlanda; c) a planície do Pó, pois é responsável por mais da meta-
c) a Itália, a Grécia e a Islândia; de da produção de cereais do país.
d) a Alemanha, Portugal e a Irlanda; d) o Sul, pois apresenta escassez de recursos minerais,
e) a França, a Noruega e Portugal. bem como predomínio agrícola, e constitui área de eva-
Resolução: são populacional.
França, Noruega e Portugal representam o 1º, 2º e 3º gru- e) Veneza, pois desde a Idade Média é o centro comercial
pos, respectivamente, na caracterização dos países euro- de toda a Itália.
peus segundo sua economia.
Resolução:
Resposta: E
A Itália é um dos países da Europa Meridional que apresen-
6 (Unopar) Considere o mapa apresentado abaixo. ta diferenças regionais. No Norte, uma área dinâmica, mais
desenvolvida, industrializada, localizam-se cidades como
Turim, Milão, Gênova, Veneza. O Sul, Mezzogiorno, menos
industrializado, mais agrário, com escassez de recursos mi-
nerais, constitui uma área de evasão populacional.
Resposta: D

8 (Vunesp) Considerando-se os contrastes regionais e


de desenvolvimento existentes na Itália, é verdadeiro afir-
mar que:
a) o Norte é predominantemente agrícola e no Sul a in-
dústria é incipiente.
b) o Sul é altamente industrializado e o Norte tem impor-
0 250
km tante desenvolvimento agropecuário.
c) o Sul é altamente industrializado e o Norte possui uma
produção agrícola das mais modernas da Europa.
–3
d) o Norte é fracamente industrializado e o Sul possui os mas enfrentados por países europeus em relação à carne
mais modernos complexos agroindustriais. foram:
e) o Norte é altamente industrializado e o Sul é predomi- a) contaminação por dioxina na Inglaterra e doença da
nantemente agrícola, com estrutura agrária arcaica.
"vaca louca" na França.
Resolução:
b) doença da "vaca louca" na Inglaterra e contaminação
Ainda em relação à Itália, o Norte, Vale do Pó, é mais in-
por dioxina na Bélgica.
dustrializado, em contraste com o Sul agrário.
c) contaminação por aflatoxina na Áustria e por resíduos
Resposta: E
nucleares em Chernobyl.
9 (FGV) Derrotada nas duas guerras mundiais, a Alema-
d) contaminação por aflatoxina na Bélgica e por mercúrio
nha esteve dividida por quarenta anos. A respeito das mu-
na Holanda.
danças nas fronteiras alemãs, é correto afirmar que:
a) os acordos de Potsdam, no final da Segunda Guerra e) doença da "vaca louca" na Inglaterra e contaminação
Mundial, dividiram o território alemão em três zonas de por dioxina na Alemanha.
ocupação: norte-americana, germânica e russa. Resolução:
b) a cidade de Berlim, localizada na ex-República Demo-
A criação de gado bovino em países da União Europeia,
crática Alemã – de regime socialista – foi dividida em dois
embora com rigorosos cuidados em termos de segurança
setores: o ocidental capitalista, de economia de mercado,
alimentar, apresentou dois sérios problemas, que com-
e o oriental socialista, de economia estatal.
c) a queda do Muro de Berlim em 1989 possibilitou a reuni- prometeram a sua qualidade: a doença da “vaca louca”,
ficação da Alemanha, mas, ao contrário do que se previa, tal na Inglaterra, deteriorando a parte neurológica dos ani-
fato enfraqueceu sua condição de potência mundial, devido mais, e a contaminação por dioxina na Bélgica.
à xenofobia e à ação de grupos neonazistas. Resposta: B
d) a Alemanha Ocidental comandou o processo de reuni-
ficação do território germânico no final da década de
AULA 2
1980, sem altos custos, pois a Alemanha Oriental figurava
entre os países europeus mais industrializados e de ele- Exercícios propostos
vada renda per capita.
e) a ex-República Federal Alemã e a ex-República De- 1 Diferencie, em seus aspectos principais, as organiza-
mocrática Alemã constituíram o centro do conflito entre ções Otan e Pacto de Varsóvia.
EUA e ex-URSS durante a Guerra Fria, sendo a primeira
ligada ao Pacto de Varsóvia e a segunda, à Otan.
Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte): formada pelos principais
Resolução: países da Europa Ocidental, além do Canadá e Turquia. Recebeu recente-
Durante a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha esteve di- mente a adesão da Rússia. Criada em 1949 para defender os países-mem-
vidida, na cidade de Berlim, nos setores Oriental – de in-
bros contra ataques de inimigo externo comum, no caso de uma possível
fluência socialista, a RDA (República Democrática Alemã) –
intervenção de estados socialistas liderados pela então URSS, a partir da cor-
e Ocidental – a RFA (República Federal da Alemanha), de
economia de mercado. tina de ferro. Com a queda do muro de Berlim continuou existindo e passou
a admitir nações do antigo bloco socialista (países do leste europeu incluindo
Resposta: B
a Rússia).
10 (Unilus) Os países da União Europeia, grandes pro-
Pacto de Varsóvia: foi a contrapartida da Otan pelo lado socialista da Europa
dutores de carne bovina, estão cada vez mais exigentes
no pós-guerra. Criada em 1955, contava com os principais países da cortina
nas questões de segurança alimentar. Deste modo, as-
sim como o Japão e a Coreia do Sul, passam a exigir con- de ferro, como a Bulgária, Alemanha Oriental (RDA), Polônia, Tchecoslová-
trole individual de bovinos: cada bezerro que nasce quia e a própria URSS. Tinha como missão treinar táticas de defesa contra
recebe um número e um "passaporte" que o acompanha ataques externos ao bloco. Com o fim do socialismo, a instituição desapare-
até o abate. Recentemente os dois mais graves proble- ceu em 1990.
4–
2. Complete as lacunas de modo correto e identifique no mapa os países envolvidos.

MAR DE BARENTS

OCEANO
ATLÂNTICO
MAR DO AR
NORTE M ICO
Á LT
B

MAR
CÁSPIO
M

MAR NEGRO
A
R

A
D
R

TI
C
O

MAR MAR
MEDITERRÂNEO TIRRENO
MAR
JÔNICO

MAR MEDITERRÂNEO Chipre

Ao final da Segunda Guerra, em 1944, surgiu o Benelux , confirmado em 1948, formado pela Bélgica, Holanda
e Luxemburgo, como a primeira organização supranacional com a finalidade de promover o comércio e desenvolver a
economia. Em 1952, foi assinado o Tratado de Paris, que criou a Ceca , Comunidade Europeia do Carvão e Aço ,que
tinha por objetivo criar um mercado comum de carvão, ferro, coque, gusa, sucata e aço, eliminando os desequilíbrios no
intercâmbio desses produtos na comunidade europeia, e harmonizar os preços no comércio exterior.
Em 1957, foi assinado o Tratado de Roma, fundando o Mercado Comum Europeu (MCE) , reunindo os seis paí-
ses-membros da Ceca , Alemanha, França, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo. O bloco também é chamado
de Comunidade Econômica Europeia (CEE) .
Em 1973, o ingresso do Reino Unido , da Irlanda (Eire) e da Dinamarca mar-
cou a expansão do bloco. Depois, em 1981, entra a Grécia e em 1986, Portugal e Espanha .
Em 1991, a organização contava com doze membros e se preparava para a etapa mais ousada e importante, a assinatu-
ra do Tratado de Maastricht, criando a União Europeia .

3 Quais são as quatro principais liberdades da União 4 Dê as características principais do quadro físico da
Europeia? Europa Central e Oriental.

Livre circulação de ideias e pessoas. Relevo – predomínio de grandes planícies, principalmente entre a Polônia e
Livre circulação de capital. os Montes Urais na Rússia. Na porção sul, cadeias montanhosas na península
Livre circulação de bens e produtos e serviços. Balcânica.
Adoção do padrão monetário, o euro. Hidrografia – O rio mais conhecido na região é o Danúbio. Nasce na Alema-
nha e segue para o leste desaguando no Mar Negro.
Clima – A região está mais sujeita ao clima temperado continental com in-
verno e verões rigorosos com grande amplitude térmica e baixa umidade.
Vegetação – Tundra e floresta de coníferas (taiga) no norte; floresta
temperada no centro; estepes e pradarias ao sul.

–5
Exercícios-Tarefa Resolução:
No que se refere ao comércio mundial, os países da
1 (Unifoa) O "Tratado de Maastricht", assinado em de- União Europeia destacam-se pelos fortes subsídios desti-
zembro de 1991, teve por objetivo: nados aos seus produtos agropecuários, evidenciando
um forte protecionismo.
a) A "Iniciativa pelas Américas", que é a proposta dos
EUA para um único mercado continental. Resposta: C
b) Um acordo entre Israel e a OLP, transferindo o poder 4 (Fuvest) Uma das inquietações fundamentais da atuali-
aos palestinos na Cisjordânia. dade, dentro do processo de globalização, consiste em se in-
c) A reunificação da Alemanha, devido à queda do socia- dagar sobre o que irá prevalecer no comércio internacional,
lismo na ex-Alemanha Oriental. multilateralismo ou regionalismo? Para gerenciar o comércio
d) A criação da CEI e extinção da URSS. internacional e fortalecer o multilateralismo, foi criado em
1995 ________________, com sede em Genebra (Suíça),
e) A unificação monetária do continente europeu, para ex-
substituindo ________________, de 1947.
pandir melhor a sua integração econômica.
Resolução: Adapt. de Sene e Moreira, 1998
As lacunas devem ser preenchidas, respectivamente,
O Tratado de Maastricht (cidade holandesa) foi firmado en-
por:
tre 1989/1990, estabelecendo as novas bases da União
Europeia, cuja prioridade era unificar a moeda, adotan- a) G7; o Gatt d) o Gatt; o Bird
do-se o euro, a fim de facilitar a integração econômica. b) o G7; a OMC e) a OMC; o Bird
Resposta: E c) a OMC; o Gatt
2 (Unip) Atualmente, cerca de 85% do comércio mundial Resolução:
é realizado por intermédio de alianças internacionais, en- Discute-se, dentro do contexto da economia globalizada, se
tre as quais se destacam a União Europeia, o Nafta, o o que prevalece é o multilateralismo ou o regionalismo, sen-
Asean, a Apec e o Mercosul. Essas alianças distin- do ambas as formas representadas pelo organismo OMC –
Organização Mundial do Comércio –, que substituiu o antigo
guem-se por vários fatores, entre os quais está o grau de
GATT (Acordo Geral de Tarifas e Comércio).
integração que objetivam e que já atingiram. A União Eu-
ropeia é o caso mais avançado de integração econômica. Resposta: C
O bloco europeu reúne, atualmente, 15 membros, englo- 5 (Unirio) A União Europeia estabeleceu recentemente
bando mais de 370 milhões de habitantes, e é responsá- uma moeda única – o euro. São doze países participantes.
vel por 40% do comércio mundial. Qual a principal consequência econômica esperada da
Assinale a alternativa que não apresenta um país-mem- adoção do euro no âmbito dessa Comunidade?
bro da União Europeia.
a) Diminuição dos preços dos produtos e diminuição da
a) Noruega. d) Suécia. inflação, apesar do aumento do déficit público.
b) Alemanha. e) Finlândia.
b) Eliminação dos custos relacionados às taxas de câm-
c) França. bio entre os países do acordo.
Resolução: c) Fortalecimento do dólar como moeda internacional, já
A União Europeia reúne hoje (2010) 27 países-mem- que o euro será utilizado somente nas transações intraco-
bros. Dos países citados, a Noruega é o que não partici- munidade.
pa do bloco.
d) Elevação das taxas cambiais, favorecendo a especu-
Resposta: A lação financeira, mas dificultando o desenvolvimento das
atividades produtivas.
3 (Mackenzie) Com a consolidação da União Europeia, Resolução:
especialistas prevêem uma nova "guerra comercial" entre A adoção do euro pelos países-membros da UE (União Eu-
os países europeus e os Estados Unidos, envolvendo a ropeia), exceto Reino Unido, Dinamarca e Suécia, na opor-
exportação de produtos agropecuários, porque: tunidade de sua implantação, visava eliminar os custos rela-
a) a produtividade agropecuária dos Estados Unidos é cionados às taxas de câmbio entre os países do acordo.
baixa, o que torna os produtos americanos pouco compe- Resposta: B
titivos.
6 (PUC) Na União Europeia, inclusive nos países do
b) as diferenças climáticas entre as duas áreas favore- capitalismo avançado, 11,5% da população economi-
cem os produtores europeus, que colhem suas safras em camente ativa está desempregada, o que corresponde
pleno inverno americano. a 23 milhões de pessoas.
c) a agropecuária europeia é fortemente subsidiada pe- Sobre texto é correto afirmar que:
los governos. a) o peso da taxa de desemprego é resultante da queda
d) na maior parte da Europa predominam técnicas agro- do muro de Berlim, que aumentou consideravelmente a
pecuárias de baixa produtividade. população desempregada, pois os países do antigo Mer-
e) ambas as áreas disputam os mercados dos países cado Europeu, anterior a Maastricht, possuíam índices
subdesenvolvidos. de desemprego próximos do zero.

6–
b) a União Europeia não resolveu a crise do desempre- Resolução:
go, mas resolveu de forma eficiente outras dimensões da Em 2002, os 12 países europeus adotaram a moeda única,
vida política e econômica dos respectivos países. o euro, enquanto o Reino Unido, a Dinamarca e a Suécia
c) a taxa de desemprego colocada pelo texto é apenas optaram por não adotá-la.
conjuntural e tende a desaparecer assim que o Projeto da Resposta: D
União Europeia estiver completo.
d) a taxa de desemprego na União Europeia é considerada 9 (Unip) Este país ingressou na UE em 1986 e passou a
estrutural, pois na situação de crise, observa-se sua expan- apresentar grande crescimento econômico. Apesar de
são e na fase de ascensão econômica, a sua diminuição. parecer ter acertado seu caminho, diante da recente fase
e) as taxas de desemprego são diferentes de país para de prosperidade, ainda tem como base econômica a pro-
país, e no momento em que a União Europeia conseguir dução de gêneros agrícolas mediterrâneos, seus deriva-
uma moeda única, o índice de desemprego diminuirá sen- dos e o turismo.
sivelmente neste bloco. a) Alemanha.
Resolução: b) França.
O desemprego tornou-se muito acentuado em países da c) Portugal.
União Europeia, sua integração no âmbito regional foi efi- d) Suíça.
ciente nas dimensões econômica e política, mas não con- e) Noruega.
seguiu solucionar a crise de desemprego. Resolução:
Resposta: B Os países que ingressaram na União Europeia entre 1981
(Grécia) e 1986 (Portugal e Espanha) tiveram, naquela
7 (Puccamp) O Tratado de Roma, em 1957, estabeleceu
oportunidade, melhorias em seu desempenho socioeconô-
novos princípios na forma de intervenção dos Estados na or-
mico. A descrição do texto refere-se a Portugal, por sua
ganização do capital. Esses princípios resultaram na criação
base econômica agrícola mediterrânea e atividade turística.
do Mercado Comum Europeu, cujo objetivo consistia:
a) na livre importação e exportação de produtos, na cir- Resposta: C
culação de mão de obra, na igualdade de direitos dos tra- 10 (Vest-Rio)
balhadores e na uniformização das tarifas aduaneiras en-
tre os países-membros. TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA
b) na formação de uma aliança de países europeus, lide- Título I – Disposições comuns
rados pela França e Alemanha Ocidental, estabelecendo Artigo B – À União atribuem-se os seguintes objetivos: –
acordos militares, visando conter os avanços do socialis- A promoção de um progresso econômico e social equili-
mo soviético. brado mediante a criação de um espaço sem fronteiras
c) no acordo para a redefinição do mapa político da Euro- internas e estabelecimento de uma União Econômica e
pa, principalmente das fronteiras da França, Bélgica, Lu- Monetária, a adoção de uma moeda única e a execução
xemburgo, Alemanha e Itália, a fim de eliminar as discór- de uma política externa e de segurança comum.
dias decorrentes dos conflitos bélgicos, nas décadas de
1930 e 1940. União Europeia, tal como assinado em
d) na organização de um poder político unificado de to- 7 de fevereiro de 1992, em Maastricht, Holanda
dos os países europeus, com a finalidade de promover a O Tratado de Maastricht, assinado pelos chefes de gover-
desmilitarização das superpotências. no dos doze países-membros da União Europeia (UE),
e) na superação das rivalidades entre os países europeus, delineou os principais fundamentos para uma Nova
em especial da anglo-francesa, como forma de realizar o Ordem Europeia.
grande sonho dos antigos romanos da construção de uma A alternativa que não apresenta uma consequência do
Europa unida. que foi discutido em Maastricht é:
Resolução: a) a adoção de políticas comuns no âmbito externo e
O Tratado de Roma resultou na formação do Mercado Co- de defesa.
mum Europeu em 1957, tendo por objetivos facilitar a livre b) criação de um Banco Central único para os doze países.
circulação de produtos e mão de obra, promover a unifor- c) livre circulação de pessoas e mercadorias entre os
mização das tarifas aduaneiras e a igualdade de leis tra- países-membros.
balhistas entre os países-membros da organização. d) substituição das moedas dos doze países-membros
Resposta: A da UE pelo marco alemão.
e) possiblidade de votar e ser votado para cargo munici-
8 (Uesoba) Cerca de 306 milhões de pessoas, habitan- pal, independente da nacionalidade.
tes de 12 países europeus, passaram a usar, desde janei-
ro de 2002, a mesma moeda: o euro. Deste número não Resolução:
fazem parte os habitantes: Acerca do Tratado da União Europeia, o qual estabelece
a) da Alemanha e França. uma série de medidas a serem adotadas pelos países parti-
b) da França, Itália e Alemanha. cipantes do bloco, estão as alternativas a, b, c e e, discuti-
c) da Itália e Dinamarca. das na reunião de Maastricht, exceto a substituição das mo-
d) do Reino Unido, Dinamarca e Suécia. edas dos participantes pelo marco alemão.
e) de Portugal, Suécia e Itália. Resposta: D
–7