Você está na página 1de 7

Matemática 1.

a série do Ensino Médio


Frentes 1 e 2

AULA 1 – FRENTE 1
4 Um triângulo tem um ângulo de 60° formado por la-
dos de medidas 4 cm e 6 cm. A medida do terceiro lado
^ ^ desse triângulo, em centímetros, é:
1 Num triângulo ABC em que AB = 5 2, B = 30° e C = 45°,
a medida do lado AC é: a) 3 2 b) 2 7 c) 7 2 d) 4 7 e ) 2 19
5 3
a) 5 b) c) 5 2 d) 5 3 e) 5 6
3

5 Um triângulo tem lados com medidas 4 cm, 6 cm e 8 cm.


O cosseno do menor ângulo desse triângulo é:
7 11 7 6 3
a) b) c) d) e)
2 Sabendo-se que um dos lados de um triângulo mede 24 16 8 7 4
12 cm e que o ângulo oposto a esse lado é 60°, o raio da
circunferência circunscrita, em centímetros, é:
a) 12 b) 8 3 c) 6 2 d) 6 e) 4 3

Exercícios-Tarefa

1 Dois lados de um triângulo medem 2 cm e 4 cm e for-


mam entre si um ângulo de 60°. A medida do terceiro lado
desse triângulo, em centímetros, é:
^ ^
3 Num triângulo ABC, sabe-se que A = 60°, B = 75° e a) 2 b) 3 c) 3 2 d) 2 3 e) 2 7
AB = 2m. A medida do lado BC, em metros, é:
Resolução:
a) 2 b) 3 c) 6 d) 2 3 e) 3 2
x2 = 22 + 42 – 2 . 2 . 4 . cos 60°
x2 = 4 + 16 – 8
x2 = 12
x=2 3
Resposta: D

–1
2 As medidas dos lados de um triângulo são 3 2, 10 ^
5 Em um triângulo ABC, AB = 3, BC = 4 e B = 60°. O
e 4. O ângulo oposto ao lado de medida 10 é:
lado AC mede:
a) 30° b) 45° c) 60° d) 120° e) 135° a) 5 b) 13 c) 37 d) 2 3 e) 3 3
Resolução: Resolução:
( 10)2 = 42 + (3 2)2 – 2 . 4 . 3 . 2 . cos α
AC2 = 32 + 42 – 2 . 3 . 4 . cos 60°
10 = 16 + 18 – 24 . 2 . cos α AC2 = 9 + 16 – 12
24 2 . cos α = 24 2
AC = 13
24 1 2 AC = 13
cos α = = = → α = 45°
24 2 2 2
Resposta: B
Resposta: B

3 Sabendo-se que um dos ângulos de um triângulo é


30° e o lado oposto a esse ângulo mede 16 cm, a medida
do raio da circunferência circunscrita ao triângulo, em
centímetros, é:
a) 8 b) 12 c) 16 d) 16 2 e) 16 3 AULA 2 – FRENTE 1
Resolução:
1 Na sequência em que a1 = 10 e an+1 = an – 4, para
16 todo n ∈IN*, o 4.o termo é:
=2.R
sen 30 o a) 2 b) 0 c) – 2 d) – 4 e) – 6
2 . R . sen 30° = 16
1
2 . R . = 16
2
R = 16
Resposta: C

^ ^
4 Num triân gu lo ABC em que A = 105°, C = 30° e
AC = 6 cm, a me di da do lado AB, em cen tí me tros, é:
a) 3 2 b) 2 3 c) 6 2 d) 6 3 e) 6 6
Resolução: 2 O 15.o termo da sequência definida por an = 2 . n2 – 100,
para todo n ∈IN*, é:
^ ^ ^ ^ ^
I) A + B + C = 180° → 105° + B + 30° = 180° ↔ B = 45° a) 125 b) 150 c) 250 d) 350 e) 450
AB AC
II) =
^ ^
sen C sen B
^ ^
AB . sen B = AC . sen C
AB . sen 45° = 6 . sen 30°
2
AB . =6.1
2 2
6 6 2
AB . = ↔ AB = 3 2
2 2
Resposta: A

2–
3 Assinale a alternativa correta: 6 Na sequência em que a1 = 2 e an+1 = 2 . an + 3, para
a) (3; 7; 11; 15; 19) não é uma P.A. todo n ∈IN*, o 6.o termo é:
b) (2; 4; 8; 16; 32) é uma P.A. a) 177 b) 157 c) 117 d) 97 e) 77
c) (10; 5; 0; –5; –10) é uma P.A.
d) (1,5; 2,5; 3,5; 4,5) não é uma P.A.
e) (6; 6; 6; 6; 6) não é uma P.A.

Exercícios-Tarefa

1 Assinale a alternativa correta:


4 Na se quên cia de fi ni da por an = 3n + 10, para todo
n ∈ IN*, a di fe ren ça en tre o 20. o e o 18. o ter mos é: a) (–3; –5; –7; –9) é uma P.A. crescente.
a) 6 b) 8 c) 10 d) 12 e) 16 b) (2; –2; 2; –2) é uma P.A. constante.
c) (3; 8; 13; 18; 23) não é uma P.A.
d) (6; 5; 4; 3; 2) é uma P.A. decrescente.
e) (4; 6; 8; 10; 14) é uma P.A.

Resolução:
(6; 5; 4; 3; 2) é uma P.A. de cres cen te, pois a ra zão
é r = 2 – 3 = 3 – 4 = 4 – 5 = 5 – 6 = –1
Resposta: D

5 Numa progressão aritmética (P.A.) a diferença entre um


termo e o seu anterior é constante (razão da P.A.). Assim, o
valor de x de modo que a sequência (x; 2x + 1; 5x + 7) seja 2 Sabendo-se que a sequência (3x – 8; x + 2; 5x; ...) é
uma P.A. é: uma P.A., o valor de x é:
1 1 3 7 5
a) b) – c) – d) – e) – a) –2 b) 2 c) 4 d) 6 e) 8
2 2 2 2 2
Resolução:
5x – (x + 2) = x + 2 – (3x – 8)
5x – x – 2 = x + 2 – 3x + 8
4x – 2 = –2x + 10
6x = 12
x=2
Resposta: B

–3
3 Na sequência em que a1 = 3 e an+1 = 2 . an + 2, para AULA 3 – FRENTE 2
todo n ∈IN*, o 5.o termo é:
a) 38 b) 58 c) 78 d) 88 e) 98
1 Se logab = m, então logb3 a 2 é:
3 2m 2 3m 3
Resolução: a) b) c) d) e) m2
2m 3 3m 2
a1 = 3
a2 = 2 . a1 + 2 = 2 . 3 + 2 = 8
a3 = 2 . a2 + 2 = 2 . 8 + 2 = 18
a4 = 2 . a3 + 2 = 2 . 18 + 2 = 38
a5 = 2 . a4 + 2 = 2 . 38 + 2 = 78
Resposta: C

4 O 13.o termo da sequência definida por an = 5 . n + 20, 2 Sabendo-se que log102 = 0,30, o valor de log210 é:
para todo n ∈IN*, é: 1 10 100 3
a) b) c) d) e) 3,1
a) 65 b) 70 c) 75 d) 80 e) 85 3 3 3 100

Resolução:
a13 = 5 . 13 + 20
a13 = 65 + 20
a13 = 85
Resposta: E

5 A sequência (3x – 1; x + 3; x + 5; ...) é uma P.A. O 4.o


termo dessa sequência é:
a) 1 b) 2 c) 4 d) 6 e) 8

Resolução:
I) x + 5 – (x + 3) = x + 3 – (3x – 1)
x + 5 – x – 3 = x + 3 – 3x + 1 3 Considere a função f(x) = log3x. O valor de f(36) – f(4) é:
2x = 2 a) 18 b) 12 c) 9 d) 3 e) 2
x=1
II) A sequência é (2; 4; 6; 8; ...)
Resposta: E

4–
4 Se log102 = m e log103 = n, então log612 é: 2 Se log102 = a e log105 = b, então log2050 é:
2 . (m + n) 2 . m+n a +1 a
a) d) a) d) + 1
m.n m + n b +1 b
b +1 b +1
(m + n)2 m2 . n b) e)
b) e) a +1 a
m.n m + n b
2 . m .n c) + 1
c) a
m + n
Resolução:
log1050 log10(5 . 10) log105 + log1010
log2050 = = = =
log1020 log10(2 . 10) log102 + log1010
b +1
a +1
Resposta: B

3 O valor de log56 . log49 . log68 . log95 é:


3 5 7
a) b) 2 c) d) 3 e)
5 O valor de log35 . log58 . log23 é: 2 2 2
a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 8
Resolução:
log26 log29 log28 log25
log56 . log49 . log68 . log95= . . . =
log25 log24 log26 log29
log28 3
=
log24 2

Resposta: A

4 Se logyx = a, então logx y é:


2 a 1
a) b) c) d) 2a e) a
Exercícios-Tarefa a 2 2a

1 Considere a função f(x) = log2x. O valor de f(96) – f(3) é: Resolução:


1
a) 32 b) 16 c) 8 d) 5 e) 4 1 1
logy y logyy 2 . log y 1
logx y = = = 2 y
= 2 =
Resolução: logyx a a a 2a
96
f(96) – f(3) = log296 – log23 = log2  = log232 = 5 Resposta: C
 3
Resposta: D

–5
5 Sabendo-se que log104 = 0,6, o valor de log1610 é: 3 Resolvendo, em IR, a equação
6 5 4 5 2
a) b) c) d) e) log2 (x – 6) + log2x = log27, o conjunto verdade é:
5 6 5 4 3
a) V = {– 1; 7} d) V = {–1}
Resolução: b) V = {7} e) V = ∅
log1010 1 1 1 1 c) V = {0; 7}
log1610 = = = = = =
log1016 log1042 2 . log104 2 . 0,6 12
,
10 5
=
12 6
Resposta: B

4 Resolvendo, em IR, a inequação log3 (2x – 4) < log310,


obtemos:
AULA 4 – FRENTE 2 a) V = {x ∈IR x < 7} d) V = {x ∈IR 2 < x < 7}

log x + log2y = 5 , b) V = {x ∈IR x > 7} e) V = {x ∈IR x > 0}


1 Ao resolver o sistema  2
log8x – log8y = – 1 c) V = {x ∈IR 0 < x < 7}
os valores de x e y são, respectivamente:
a) 2 e 16 d) – 2 e – 8
b) – 2 e 16 e) 16 e 2
c) 2 e 8

5 Resolvendo, em IR, a inequação


log0,2 (5x – 1) < log0,219, obtemos:
2 Resolvendo, em IR, a equação log7 (x2 – 2x – 10) = log7x,  1
a) V = {x ∈IR x < 4} d) V =  x ∈ IR x > 
obtemos:  5
a) V = {5} d) V = {– 2} b) V = {x ∈IR 0 < x < 4} e) V = {x ∈IR x > 4}
b) V = {2} e) V = {– 2; 5}
 1 
c) V = {0; 5} c) V =  x ∈ IR < x < 4 
 5 

6–
Exercícios-Tarefa 3 Resolvendo, em IR, a equação
log10(x – 7) + log10x = log108, obtemos:
log x + log4y = 3 ,
1 Ao resolver o sistema  4 a) V = {7; 8} d) V = {8}
log2x – log2y = – 2 b) V = {–1; 8} e) V = {0; 8}
os valores de x e y são, respectivamente: c) V = {–1}
a) – 4 e 16 d) 4 e 2
b) 2 e 4 e) 4 e 16 Resolução:
c) – 2 e 16 Condição de existência: x – 7 > 0 e x > 0 ↔ x > 7
log10 [(x – 7). x] = log10 8
Resolução: (x – 7) . x = 8
2
x – 7x – 8 = 0
log x + log4y = 3 Condição de existência: 7 ±9
 4 x>0ey>0 x= ↔ x = 8 ou x = – 1
log x + log y = – 2
2 2
2
↔ x = 8, pois x > 7
log x . y = 3
 4 Resposta: D
 x
log2 y = – 2

3
x . y = 4  x . y = 64
 
x – 2 → x 1 4 Resolvendo, em IR, a inequação log8(3x – 9) > log86,
 y = 2  y = 4 → y = 4x obtemos:
a) V = {x ∈IR x > 3} d) V = {x ∈IR 0 < x < 3}
b) V = {x ∈IR x > 5} e) V = {x ∈IR 3 < x < 5}
temos: x . y = 64
c) V = {x ∈IR 0 < x < 5}
x . 4x = 64
x2 = 16
x = 4, pois x > 0 Resolução:
Condição de existência: 3 x – 9 > 0
Se y = 4x 3x>9
y=4.4 x>3
y = 16 log8 (3x – 9) > log8 6
3x – 9 > 6
Resposta: E 3x > 15
x>5

V = {x ∈ IR / x > 5}
Resposta: B

5 Resolvendo, em IR, a inequação log0,1(x – 3) > log0,18,


2 Resolvendo, em IR, a equação obtemos:
log0,7 (x2 – x – 8) = log0,7 x, obtemos: a) V = {x ∈IR x > 3} d) V = {x ∈IR 0 < x < 11}
a) V = {– 2; 4} d) V = {– 2} b) V = {x ∈IR x > 11} e) V = {x ∈IR 0 < x < 3}
b) V = {0; 4} e) V = ∅
c) V = {x ∈IR 3 < x < 11}
c) V = {4}
Resolução:
Resolução: Condição de existência: x – 3 > 0
Condição de existência: x2 – x – 8 > 0 e x > 0 x >3
x2 – x – 8 = x log0,1 (x – 3) > log0,1 8 ↔ x – 3 < 8,
x2 – 2x – 8 = 0 pois a base é menor que 1
2±6
x= ↔ x = 4 ou x = – 2 x – 3 < 8 ↔ x < 11
2
De x > 3 e x < 11, temos: 3 < x < 11
↔ x = 4, pois x > 0
Resposta: C
Resposta: C
–7