Você está na página 1de 141

Conteúdo

Anual - 2019
Ensino Médio

Conteúdo Anual - Médio 



1ª série
Conteúdo
Conteúdo Programático
Programático – 2016
Disciplina: Biologia I Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Cap. 1 – O controle gênico das atividades
1a Semana celulares
• A natureza química do material genético
Cap. 1 – O controle gênico das atividades
2a Semana celulares
• Genes e RNA: transcrição gênica
Cap. 1 – O controle gênico das atividades
celulares
3a Semana
• Mecanismo de síntese das proteínas
• Atividades
1o Cap. 2 – Metabolismo energético
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

4a Semana • Energia para a vida


• ATP, a “moeda energética” do mundo vivo
Cap. 2 – Metabolismo energético
5a Semana
• Respiração celular
Cap. 2 – Metabolismo energético
6a Semana
• Respiração celular
Cap. 2 – Metabolismo energético
7a Semana
• Respiração celular
Cap. 2 – Metabolismo energético
8a Semana
• Fermentação

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Cap. 3 – A descoberta da célula viva
1a Semana
• O mundo microscópico
Cap. 3 – A descoberta da célula viva
2a Semana • A célula observada ao microscópio fotônico
• A célula observada ao microscópio eletrônico
Cap. 3 – A descoberta da célula viva
3a Semana
• Outros métodos para o estudo da célula
Cap. 3 – A descoberta da célula viva
4a Semana
2 o • Construindo o modelo atual de célula
Cap. 4 – Fronteiras da célula
5a Semana
• Membrana plasmática
Cap. 4 – Fronteiras da célula
6a Semana
• Permeabilidade celular
Cap. 4 – Fronteiras da célula
7a Semana
• Permeabilidade celular
Cap. 4 – Fronteiras da célula
8a Semana
• Envoltórios externos à membrana plasmática

Tabela_CP_Biologia_I-1ano.indd 1 03/11/15 09:03


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Citoplasma e organelas citoplasmáticas
1a Semana
• O citoplasma
Cap. 5 – Citoplasma e organelas citoplasmáticas
2a Semana
• Organelas citoplasmáticas
Cap. 5 – Citoplasma e organelas citoplasmáticas
3a Semana
• Organelas citoplasmáticas
Cap. 5 – Citoplasma e organelas citoplasmáticas
4a Semana
3o • Organelas citoplasmáticas
Cap. 5 – Citoplasma e organelas citoplasmáticas
5a Semana
• Organelas citoplasmáticas
Cap. 6 – Núcleo e cromossomos
6a Semana
• O núcleo celular
Cap. 6 – Núcleo e cromossomos
7a Semana • Cromossomos da célula eucariótica
• Cromossomos humanos

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
1a Semana
• Importância da divisão celular
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
2a Semana
• Mitose
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
3a Semana
• Mitose
4o
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
4a Semana
• Regulação do ciclo celular
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
5a Semana
• Meiose
Cap. 7 – Divisão celular: mitose e meiose
6a Semana
• Meiose

Tabela_CP_Biologia_I-1ano.indd 2 03/11/15 09:03


Conteúdo Programático
Disciplina: Biologia II Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo observaÇÕES


Cap. 1 – Reprodução humana
1a Semana
• Sistema genital feminino
Cap. 1 – Reprodução humana
• Sistema genital masculino
2 Semana
a
• Fecundação
• Atividades
Cap. 2 – Noções de embriologia animal
3a Semana • Segmentação e formação de blástula
• Gastrulação
Cap. 2 – Noções de embriologia animal
4a Semana • Formação de tecidos e órgãos
1 o
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

• Atividades
Cap. 2 – Noções de embriologia animal
5a Semana • Formação de tecidos e órgãos
• Atividades
Cap. 3 – Desenvolvimento embrionário de mamíferos
6a Semana • Características reprodutivas dos diferentes grupos de
mamíferos
Cap. 3 – Desenvolvimento embrionário de mamíferos
7a Semana
• Embriologia dos mamíferos placentários
Cap. 3 – Desenvolvimento embrionário de mamíferos
8a Semana
• O nascimento de um ser humano

Bimestre Semana Conteúdo observaÇÕES


Cap. 4 – Tecidos epiteliais e Tecidos conjuntivos
1a Semana
• Estrutura e funções dos tecidos epiteliais
Cap. 4 – Tecidos epiteliais e Tecidos conjuntivos
2a Semana
• Estrutura e função dos tecidos conjuntivos
Cap. 4 – Tecidos epiteliais e Tecidos conjuntivos
3a Semana
• Tecido epitelial e conjuntivo na pele humana
Cap. 4 – Tecidos epiteliais e Tecidos conjuntivos
4a Semana • Tecidos conjuntivos especiais
• Atividades
2o Cap. 5 – Tecido sanguíneo
5a Semana
• O sangue e a origem das células sanguíneas
Cap. 5 – Tecido sanguíneo
6a Semana • Componentes do sangue humano
• Atividades
Cap. 6 – Tecidos musculares e tecido nervoso
7a Semana
• Tecidos musculares
Cap. 6 – Tecidos musculares e tecido nervoso
8a Semana • Tecido nervoso
• Atividades

Tabela_CP_Biologia_II-1ano.indd 1 03/11/15 09:04


Bimestre Semana Conteúdo observaÇÕES
Cap. 7 – Nutrição
1a Semana • Alimentos e nutrientes
• Organização do sistema digestório
Cap. 7 – Nutrição
2a Semana • O processo da digestão
• Atividades
Cap. 8 – Circulação sanguínea
3a Semana • Sistema cardiovascular humano
• Fisiologia da circulação sanguínea
3o Cap. 8 – Circulação sanguínea
4a Semana • O sangue e as defesas corporais
• Atividades
Cap. 9 – Respiração e excreção
5a Semana
• Sistema respiratório humano
Cap. 9 – Respiração e excreção
6a Semana
• Sistema respiratório humano
Cap. 9 – Respiração e excreção
7a Semana • Sistema urinário humano

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Atividades

Bimestre Semana Conteúdo observaÇÕES


Cap. 10 – Integração e controle corporal: sistemas
1a Semana nervoso e endócrino
• Sistema nervoso
Cap. 10 – Integração e controle corporal: sistemas
2a Semana nervoso e endócrino
• Sistema nervoso
Cap. 10 – Integração e controle corporal: sistemas
3a Semana nervoso e endócrino
• Os sentidos
Cap. 10 – Integração e controle corporal: sistemas
4o nervoso e endócrino
4 Semana
a
• Sistema endócrino
• Atividades
Cap. 10 – Integração e controle corporal: sistemas
nervoso e endócrino
5 Semana
a
• Sistema endócrino
• Atividades
Cap. 11 – Movimento e suporte do corpo humano
• Sistema muscular humano
6 Semana
a
• Sistema esquelético humano
• Atividades

Tabela_CP_Biologia_II-1ano.indd 2 03/11/15 09:04


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 7 – Entre o bem e o mal Conteúdo Programático
• O que é moral?
• Ética e moral
• Caráter histórico e social da moral Disciplina: Filosofia Série: 1o ano Ensino: Médio
1a Semana
• Dever e liberdade
• A virtude
• Podemos ser livres? bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
• Três concepções de liberdade
Capítulo 1 – A experiência filosófica
Capítulo 7 – Entre o bem e o mal • Como é o pensar do filósofo?
• O que é moral? 1 Semana
a
• A filosofia de vida
• Ética e moral • Para que serve a filosofia?
• Caráter histórico e social da moral
2a Semana Capítulo 1 – A experiência filosófica
• Dever e liberdade
• A virtude • Como é o pensar do filósofo?
2 Semana
a

• Podemos ser livres? • A filosofia de vida


• Três concepções de liberdade • Para que serve a filosofia?

Capítulo 7 – Entre o bem e o mal Capítulo 1 – A experiência filosófica


• Ética aplicada • Informação, conhecimento e sabedoria
• A bioética 3a Semana • É possível definir filosofia?
3 Semana
a
• A reflexão filosófica
• Ética ambiental

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Ética dos negócios • Para não concluir
4o • O que esperar? Capítulo 1 – A experiência filosófica
Capítulo 8 – Filosofia política • Informação, conhecimento e sabedoria
• Política: para quê? 4a Semana • É possível definir filosofia?
• Poder e força • A reflexão filosófica
1o • Para não concluir
4a Semana • A institucionalização do poder
• O desafio democrático Capítulo 2 – A arte
• Democracia e cidadania • Estética: a reflexão sobre a arte
• Vivemos em uma democracia? 5a Semana
• O julgamento do gosto
Capítulo 8 – Filosofia política • Arte e conhecimento
• Política: para quê? Capítulo 2 – A arte
• Poder e força • Estética: a reflexão sobre a arte
5a Semana • A institucionalização do poder 6 Semana
a
• O julgamento do gosto
• O desafio democrático • Arte e conhecimento
• Democracia e cidadania
Capítulo 2 – A arte
• Vivemos em uma democracia?
• O aprimoramento do gosto
Capítulo 8 – Filosofia política 7 Semana
a
• A valorização do artista
• Campos do exercício democrático • As primeiras rupturas
• Os riscos da democracia
6a Semana Capítulo 2 – A arte
• Regimes totalitários
• A arte da sociedade industrial
• Regimes autoritários 8a Semana
• As técnicas de reprodução
• Para não concluir
• A indústria cultural

Tabela_CP_Filosofia-1ano.indd 2-3 30/10/15 10:07


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 3 – As formas de crença Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
• O que é crença? • O que é lógica?
1a Semana • O mito • Termo e proposição
1 Semana
a
• O sagrado e o profano • Quadrado de oposições
• Formas de compreensão do divino • A argumentação
• Tipo de argumentação
Capítulo 3 – As formas de crença
• O que é crença? Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
2a Semana • O mito • O que é lógica?
• O sagrado e o profano • Termo e proposição
2 Semana
a
• Formas de compreensão do divino • Quadrado de oposições
• A argumentação
Capítulo 3 – As formas de crença
• Tipo de argumentação
• Deus existe?
3a Semana • O problema do mal Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
• Religião e democracia • Falácias
• Para refletir • A lógica simbólica
3 Semana
a
• Lógica proposicional
Capítulo 3 – As formas de crença
• A lógica de predicados
• Deus existe?
• A importância da lógica
4a Semana • O problema do mal
2o • Religião e democracia Capítulo 6 – O conhecimento científico

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Para refletir • Ciência e senso comum
• Distinção entre senso comum e ciência
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade 3o 4 Semana
a
• A comunidade científica
• O ato de conhecer
5 Semana
a
• Ciência e valores
• Modos de conhecer
• A responsabilidade social do cientista
• A verdade
Capítulo 6 – O conhecimento científico
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade
• Ciência e senso comum
• O ato de conhecer
6 Semana
a
• Distinção entre senso comum e ciência
• Modos de conhecer 5 Semana
a
• A comunidade científica
• A verdade
• Ciência e valores
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade • A responsabilidade social do cientista
• Podemos alcançar a certeza?
7 Semana
a
Capítulo 6 – O conhecimento científico
• Teorias sobre a verdade
• Os métodos das ciências
• A verdade como horizonte
• O método experimental
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade 6 Semana
a
• A ciência como construção
• Podemos alcançar a certeza? • O método das ciências humanas
8 Semana
a
• Teorias sobre a verdade • Para concluir
• A verdade como horizonte
Capítulo 6 – O conhecimento científico
• Os métodos das ciências
• O método experimental
7 Semana
a
• A ciência como construção
• O método das ciências humanas
• Para concluir

Tabela_CP_Filosofia-1ano.indd 4-5 30/10/15 10:07


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 3 – As formas de crença Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
• O que é crença? • O que é lógica?
1a Semana • O mito • Termo e proposição
1 Semana
a
• O sagrado e o profano • Quadrado de oposições
• Formas de compreensão do divino • A argumentação
• Tipo de argumentação
Capítulo 3 – As formas de crença
• O que é crença? Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
2a Semana • O mito • O que é lógica?
• O sagrado e o profano • Termo e proposição
2 Semana
a
• Formas de compreensão do divino • Quadrado de oposições
• A argumentação
Capítulo 3 – As formas de crença
• Tipo de argumentação
• Deus existe?
3a Semana • O problema do mal Capítulo 5 – Instrumento do pensar: a Lógica
• Religião e democracia • Falácias
• Para refletir • A lógica simbólica
3 Semana
a
• Lógica proposicional
Capítulo 3 – As formas de crença
• A lógica de predicados
• Deus existe?
• A importância da lógica
4a Semana • O problema do mal
2o • Religião e democracia Capítulo 6 – O conhecimento científico

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Para refletir • Ciência e senso comum
• Distinção entre senso comum e ciência
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade 3o 4 Semana
a
• A comunidade científica
• O ato de conhecer
5 Semana
a
• Ciência e valores
• Modos de conhecer
• A responsabilidade social do cientista
• A verdade
Capítulo 6 – O conhecimento científico
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade
• Ciência e senso comum
• O ato de conhecer
6 Semana
a
• Distinção entre senso comum e ciência
• Modos de conhecer 5 Semana
a
• A comunidade científica
• A verdade
• Ciência e valores
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade • A responsabilidade social do cientista
• Podemos alcançar a certeza?
7 Semana
a
Capítulo 6 – O conhecimento científico
• Teorias sobre a verdade
• Os métodos das ciências
• A verdade como horizonte
• O método experimental
Capítulo 4 – Conhecimento e verdade 6 Semana
a
• A ciência como construção
• Podemos alcançar a certeza? • O método das ciências humanas
8 Semana
a
• Teorias sobre a verdade • Para concluir
• A verdade como horizonte
Capítulo 6 – O conhecimento científico
• Os métodos das ciências
• O método experimental
7 Semana
a
• A ciência como construção
• O método das ciências humanas
• Para concluir

Tabela_CP_Filosofia-1ano.indd 4-5 30/10/15 10:07


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 7 – Entre o bem e o mal Conteúdo Programático – 2016
• O que é moral?
• Ética e moral
• Caráter histórico e social da moral Disciplina: Filosofia Série: 1o ano Ensino: Médio
1a Semana
• Dever e liberdade
• A virtude
• Podemos ser livres? bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
• Três concepções de liberdade
Capítulo 1 – A experiência filosófica
Capítulo 7 – Entre o bem e o mal • Como é o pensar do filósofo?
• O que é moral? 1 Semana
a
• A filosofia de vida
• Ética e moral • Para que serve a filosofia?
• Caráter histórico e social da moral
2a Semana Capítulo 1 – A experiência filosófica
• Dever e liberdade
• A virtude • Como é o pensar do filósofo?
2 Semana
a

• Podemos ser livres? • A filosofia de vida


• Três concepções de liberdade • Para que serve a filosofia?

Capítulo 7 – Entre o bem e o mal Capítulo 1 – A experiência filosófica


• Ética aplicada • Informação, conhecimento e sabedoria
• A bioética 3a Semana • É possível definir filosofia?
3 Semana
a
• A reflexão filosófica
• Ética ambiental

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Ética dos negócios • Para não concluir
4o • O que esperar? Capítulo 1 – A experiência filosófica
Capítulo 8 – Filosofia política • Informação, conhecimento e sabedoria
• Política: para quê? 4a Semana • É possível definir filosofia?
• Poder e força • A reflexão filosófica
1o • Para não concluir
4a Semana • A institucionalização do poder
• O desafio democrático Capítulo 2 – A arte
• Democracia e cidadania • Estética: a reflexão sobre a arte
• Vivemos em uma democracia? 5a Semana
• O julgamento do gosto
Capítulo 8 – Filosofia política • Arte e conhecimento
• Política: para quê? Capítulo 2 – A arte
• Poder e força • Estética: a reflexão sobre a arte
5a Semana • A institucionalização do poder 6 Semana
a
• O julgamento do gosto
• O desafio democrático • Arte e conhecimento
• Democracia e cidadania
Capítulo 2 – A arte
• Vivemos em uma democracia?
• O aprimoramento do gosto
Capítulo 8 – Filosofia política 7 Semana
a
• A valorização do artista
• Campos do exercício democrático • As primeiras rupturas
• Os riscos da democracia
6a Semana Capítulo 2 – A arte
• Regimes totalitários
• A arte da sociedade industrial
• Regimes autoritários 8a Semana
• As técnicas de reprodução
• Para não concluir
• A indústria cultural

Tabela_CP_Filosofia-1ano.indd 2-3 30/10/15 10:07


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 14 – Hidrodinâmica Conteúdo Programático
• Escoamento de fluidos
– Vazão
– Equação da continuidade Disciplina: Física I Série: 1o ano Ensino: Médio
5 Semana
a
• Efeito Bernoulli
– Equação de Bernoulli
– Efeito Magnus Bimestre Semana Conteúdo Observações
– Equação de Torricelli
4o Cap. 1 – Conceitos fundamentais de Termologia
Cap. 14 – Hidrodinâmica • Termologia: observações macroscópicas,
• Escoamento de fluidos interpretações microscópicas
– Vazão 1 Semana
a
– Energia térmica e calor
– Equação da continuidade – Estados de agregação da matéria
6 Semana
a
• Efeito Bernoulli – Noção de temperatura
– Equação de Bernoulli
– Efeito Magnus Cap. 2 – Termometria
– Equação de Torricelli • Medida da temperatura
– Termômetro
• Graduação de um termômetro. Escalas
termométricas
2 Semana
a
– Conversão entre as escalas Celsius e Fahrenheit

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Variação de temperatura
– Função termométrica
• Temperatura como medida da agitação térmica
– Escala absoluta Kelvin
Cap. 3 – Dilatação térmica de sólidos e líquidos
• Dilatação em termos microscópicos
• Dilatação térmica dos sólidos
– Dilatação linear
3 Semana
a
– Dilatação superficial
– Dilatação volumétrica
1o • Dilatação térmica dos líquidos
– Relação entre os coeficientes de dilatação
Cap. 4 – Calor: energia térmica em trânsito
• Calor: energia térmica em trânsito
– Calor sensível e calor latente
• Quantidade de calor sensível. Equação
4 Semana
a
fundamental da Calorimetria.
Calor específico
– Capacidade térmica de um corpo
• Trocas de calor. Calorímetro
Cap. 4 – Calor: energia térmica em trânsito
• Calor: energia térmica em trânsito
– Calor sensível e calor latente
• Quantidade de calor sensível. Equação
5a Semana
fundamental da Calorimetria.
Calor específico
– Capacidade térmica de um corpo
• Trocas de calor. Calorímetro
Cap. 5 – Mudanças de fase
• Pressão e temperatura
6a Semana • Quantidade de calor latente
– Curvas de aquecimento e de resfriamento
– O fenômeno da superfusão

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 6 – Diagramas de fases Cap. 13 – Hidrostática
• Diagrama de fases • Conceito de pressão
• Equilíbrio sólido-líquido. Fusão e solidificação • Conceito de massa específica e densidade
– Substâncias que se dilatam na fusão • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Substâncias que se contraem na fusão – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
• Equilíbrio líquido-vapor. Ebulição e condensação – Pressão de colunas líquidas
1 Semana
a
• Pressão máxima de vapor. Isotermas de Andrews – Unidades práticas de pressão
7a Semana
• Umidade do ar. Evaporação – Pressão atmosférica
– Natureza do líquido • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Pressão externa comunicantes
– Área da superfície livre • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
1o – Temperatura • Teorema de Arquimedes
– Umidade
Cap. 13 – Hidrostática
• Equilíbrio sólido-vapor. Sublimação
• Conceito de pressão
Cap. 7 – Propagação do calor • Conceito de massa específica e densidade
• Fluxo de calor • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
• Condução térmica – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Lei da condução térmica – Pressão de colunas líquidas
2a Semana
8a Semana – Aplicações da condução térmica – Unidades práticas de pressão
• Convecção térmica – Pressão atmosférica

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Noções de irradiação térmica • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Lei de Stefan-Boltzmann. Lei de Kirchhoff comunicantes
– Aplicações e efeito da irradiação • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
• Teorema de Arquimedes
4o
Cap. 13 – Hidrostática
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Conceito de pressão
Cap. 8 – Estudo dos gases • Conceito de massa específica e densidade
• Transformações gasosas • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Transformação isocórica (ou isométrica) – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Transformação isobárica – Pressão de colunas líquidas
3 Semana
a

– Transformação isotérmica – Unidades práticas de pressão


1a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro – Pressão atmosférica
• Equação de Clapeyron • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Lei geral dos gases perfeitos comunicantes
• Teoria cinética dos gases • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
– Pressão, temperatura absoluta e energia • Teorema de Arquimedes
cinética de um gás ideal Cap. 13 – Hidrostática
Cap. 8 – Estudo dos gases • Conceito de pressão
• Transformações gasosas • Conceito de massa específica e densidade
– Transformação isocórica (ou isométrica) • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Transformação isobárica – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Transformação isotérmica – Pressão de colunas líquidas
4 Semana
a

2o 2a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro – Unidades práticas de pressão


• Equação de Clapeyron – Pressão atmosférica
– Lei geral dos gases perfeitos • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
• Teoria cinética dos gases comunicantes
– Pressão, temperatura absoluta e energia • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
cinética de um gás ideal • Teorema de Arquimedes

Cap. 8 – Estudo dos gases


• Transformações gasosas
– Transformação isocórica (ou isométrica)
– Transformação isobárica
– Transformação isotérmica
3a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro
• Equação de Clapeyron
– Lei geral dos gases perfeitos
• Teoria cinética dos gases
– Pressão, temperatura absoluta e energia
cinética de um gás ideal

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 11 – Sistema de forças aplicadas a um Cap. 8 – Estudo dos gases
ponto material. Equilíbrio do ponto • Transformações gasosas
material – Transformação isocórica (ou isométrica)
• Resultante de um sistema de forças – Transformação isobárica
4a Semana – Determinação da resultante de um sistema de – Transformação isotérmica
forças 4a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro
• Equilíbrio de um ponto material • Equação de Clapeyron
– Método da linha poligonal das forças – Lei geral dos gases perfeitos
– Método das projeções • Teoria cinética dos gases
– Pressão, temperatura absoluta e energia
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos
cinética de um gás ideal
corpos extensos
• Momento de uma força em relação a um ponto Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
– Binário • Calor e trabalho
5a Semana – Momento do binário – Trabalho numa transformação gasosa
– Resultante do binário • O princípio da conservação da energia aplicado
• Equilíbrio dos corpos extensos à Termodinâmica
– Teorema das três forças – Energia interna. Lei de Joule para os gases ideais
– Tipos de equilíbrio de um corpo – Primeira Lei da Termodinâmica
3o • Transformações termodinâmicas de um gás ideal
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos 2o
– Transformação isotérmica (temperatura
corpos extensos

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
constante)
• Momento de uma força em relação a um ponto
– Transformação isobárica (pressão constante)
– Binário
– Transformação isocórica (volume constante)
6a Semana – Momento do binário
– Transformação adiabática
– Resultante do binário
5a Semana – Transformação cíclica. Conversão de calor em
• Equilíbrio dos corpos extensos
trabalho e de trabalho em calor
– Teorema das três forças
• A conversão de calor em trabalho
– Tipos de equilíbrio de um corpo
– Transformações reversíveis e transformações
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos irreversíveis
corpos extensos – Segunda Lei da Termodinâmica
• Momento de uma força em relação a um ponto – Conversão de calor em trabalho: máquina
– Binário térmica
7a Semana – Momento do binário – Conversão de trabalho em calor: máquina
– Resultante do binário frigorífica
• Equilíbrio dos corpos extensos – Ciclo de Carnot
– Teorema das três forças – Escala Kelvin termodinâmica
– Tipos de equilíbrio de um corpo • Princípio da degradação da energia
– Desordem e entropia

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 6-7 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 9 – As leis da Termodinâmica Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
• Calor e trabalho • Calor e trabalho
– Trabalho numa transformação gasosa – Trabalho numa transformação gasosa
• O princípio da conservação da energia aplicado • O princípio da conservação da energia aplicado
à Termodinâmica à Termodinâmica
– Energia interna. Lei de Joule para os gases – Energia interna. Lei de Joule para os gases
ideais ideais
– Primeira Lei da Termodinâmica – Primeira Lei da Termodinâmica
• Transformações termodinâmicas de um gás ideal • Transformações termodinâmicas de um gás ideal
– Transformação isotérmica (temperatura – Transformação isotérmica (temperatura
constante) constante)
– Transformação isobárica (pressão constante) – Transformação isobárica (pressão constante)
– Transformação isocórica (volume constante) – Transformação isocórica (volume constante)
– Transformação adiabática – Transformação adiabática
6 Semana
a
2o 8 Semana
a
– Transformação cíclica. Conversão de calor em – Transformação cíclica. Conversão de calor em
trabalho e de trabalho em calor trabalho e de trabalho em calor
• A conversão de calor em trabalho • A conversão de calor em trabalho
– Transformações reversíveis e transformações – Transformações reversíveis e transformações
irreversíveis irreversíveis
– Segunda Lei da Termodinâmica – Segunda Lei da Termodinâmica

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Conversão de calor em trabalho: máquina – Conversão de calor em trabalho: máquina
térmica térmica
– Conversão de trabalho em calor: máquina – Conversão de trabalho em calor: máquina
frigorífica frigorífica
– Ciclo de Carnot – Ciclo de Carnot
– Escala Kelvin termodinâmica – Escala Kelvin termodinâmica
• Princípio da degradação da energia • Princípio da degradação da energia
– Desordem e entropia – Desordem e entropia
2o
Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
• Calor e trabalho
– Trabalho numa transformação gasosa Bimestre Semana Conteúdo Observações
• O princípio da conservação da energia aplicado
à Termodinâmica Cap. 10 – Gravitação universal
– Energia interna. Lei de Joule para os gases • Sistema cosmológico heliocêntrico
ideais • Leis de Kepler
– Primeira Lei da Termodinâmica • Lei da gravitação universal
1 Semana
a

• Transformações termodinâmicas de um gás ideal – Campo gravitacional e campo de gravidade


– Transformação isotérmica (temperatura – Aceleração da gravidade
constante) – Corpos em órbita
– Transformação isobárica (pressão constante) – A imponderabilidade
– Transformação isocórica (volume constante) Cap. 10 – Gravitação universal
– Transformação adiabática • Sistema cosmológico heliocêntrico
7a Semana
– Transformação cíclica. Conversão de calor em • Leis de Kepler
trabalho e de trabalho em calor • Lei da gravitação universal
• A conversão de calor em trabalho
3o 2 Semana
a
– Campo gravitacional e campo de gravidade
– Transformações reversíveis e transformações – Aceleração da gravidade
irreversíveis – Corpos em órbita
– Segunda Lei da Termodinâmica – A imponderabilidade
– Conversão de calor em trabalho: máquina
Cap. 10 – Gravitação universal
térmica
• Sistema cosmológico heliocêntrico
– Conversão de trabalho em calor: máquina
• Leis de Kepler
frigorífica
• Lei da gravitação universal
– Ciclo de Carnot 3 Semana
a
– Campo gravitacional e campo de gravidade
– Escala Kelvin termodinâmica
– Aceleração da gravidade
• Princípio da degradação da energia
– Corpos em órbita
– Desordem e entropia
– A imponderabilidade

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 8-9 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 9 – As leis da Termodinâmica Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
• Calor e trabalho • Calor e trabalho
– Trabalho numa transformação gasosa – Trabalho numa transformação gasosa
• O princípio da conservação da energia aplicado • O princípio da conservação da energia aplicado
à Termodinâmica à Termodinâmica
– Energia interna. Lei de Joule para os gases – Energia interna. Lei de Joule para os gases
ideais ideais
– Primeira Lei da Termodinâmica – Primeira Lei da Termodinâmica
• Transformações termodinâmicas de um gás ideal • Transformações termodinâmicas de um gás ideal
– Transformação isotérmica (temperatura – Transformação isotérmica (temperatura
constante) constante)
– Transformação isobárica (pressão constante) – Transformação isobárica (pressão constante)
– Transformação isocórica (volume constante) – Transformação isocórica (volume constante)
– Transformação adiabática – Transformação adiabática
6 Semana
a
2o 8 Semana
a
– Transformação cíclica. Conversão de calor em – Transformação cíclica. Conversão de calor em
trabalho e de trabalho em calor trabalho e de trabalho em calor
• A conversão de calor em trabalho • A conversão de calor em trabalho
– Transformações reversíveis e transformações – Transformações reversíveis e transformações
irreversíveis irreversíveis
– Segunda Lei da Termodinâmica – Segunda Lei da Termodinâmica

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Conversão de calor em trabalho: máquina – Conversão de calor em trabalho: máquina
térmica térmica
– Conversão de trabalho em calor: máquina – Conversão de trabalho em calor: máquina
frigorífica frigorífica
– Ciclo de Carnot – Ciclo de Carnot
– Escala Kelvin termodinâmica – Escala Kelvin termodinâmica
• Princípio da degradação da energia • Princípio da degradação da energia
– Desordem e entropia – Desordem e entropia
2o
Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
• Calor e trabalho
– Trabalho numa transformação gasosa Bimestre Semana Conteúdo Observações
• O princípio da conservação da energia aplicado
à Termodinâmica Cap. 10 – Gravitação universal
– Energia interna. Lei de Joule para os gases • Sistema cosmológico heliocêntrico
ideais • Leis de Kepler
– Primeira Lei da Termodinâmica • Lei da gravitação universal
1 Semana
a

• Transformações termodinâmicas de um gás ideal – Campo gravitacional e campo de gravidade


– Transformação isotérmica (temperatura – Aceleração da gravidade
constante) – Corpos em órbita
– Transformação isobárica (pressão constante) – A imponderabilidade
– Transformação isocórica (volume constante) Cap. 10 – Gravitação universal
– Transformação adiabática • Sistema cosmológico heliocêntrico
7a Semana
– Transformação cíclica. Conversão de calor em • Leis de Kepler
trabalho e de trabalho em calor • Lei da gravitação universal
• A conversão de calor em trabalho
3o 2 Semana
a
– Campo gravitacional e campo de gravidade
– Transformações reversíveis e transformações – Aceleração da gravidade
irreversíveis – Corpos em órbita
– Segunda Lei da Termodinâmica – A imponderabilidade
– Conversão de calor em trabalho: máquina
Cap. 10 – Gravitação universal
térmica
• Sistema cosmológico heliocêntrico
– Conversão de trabalho em calor: máquina
• Leis de Kepler
frigorífica
• Lei da gravitação universal
– Ciclo de Carnot 3 Semana
a
– Campo gravitacional e campo de gravidade
– Escala Kelvin termodinâmica
– Aceleração da gravidade
• Princípio da degradação da energia
– Corpos em órbita
– Desordem e entropia
– A imponderabilidade

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 8-9 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 11 – Sistema de forças aplicadas a um Cap. 8 – Estudo dos gases
ponto material. Equilíbrio do ponto • Transformações gasosas
material – Transformação isocórica (ou isométrica)
• Resultante de um sistema de forças – Transformação isobárica
4a Semana – Determinação da resultante de um sistema de – Transformação isotérmica
forças 4a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro
• Equilíbrio de um ponto material • Equação de Clapeyron
– Método da linha poligonal das forças – Lei geral dos gases perfeitos
– Método das projeções • Teoria cinética dos gases
– Pressão, temperatura absoluta e energia
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos
cinética de um gás ideal
corpos extensos
• Momento de uma força em relação a um ponto Cap. 9 – As leis da Termodinâmica
– Binário • Calor e trabalho
5a Semana – Momento do binário – Trabalho numa transformação gasosa
– Resultante do binário • O princípio da conservação da energia aplicado
• Equilíbrio dos corpos extensos à Termodinâmica
– Teorema das três forças – Energia interna. Lei de Joule para os gases ideais
– Tipos de equilíbrio de um corpo – Primeira Lei da Termodinâmica
3o • Transformações termodinâmicas de um gás ideal
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos 2o
– Transformação isotérmica (temperatura
corpos extensos

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
constante)
• Momento de uma força em relação a um ponto
– Transformação isobárica (pressão constante)
– Binário
– Transformação isocórica (volume constante)
6a Semana – Momento do binário
– Transformação adiabática
– Resultante do binário
5a Semana – Transformação cíclica. Conversão de calor em
• Equilíbrio dos corpos extensos
trabalho e de trabalho em calor
– Teorema das três forças
• A conversão de calor em trabalho
– Tipos de equilíbrio de um corpo
– Transformações reversíveis e transformações
Cap. 12 – Momento de uma força. Equilíbrio dos irreversíveis
corpos extensos – Segunda Lei da Termodinâmica
• Momento de uma força em relação a um ponto – Conversão de calor em trabalho: máquina
– Binário térmica
7a Semana – Momento do binário – Conversão de trabalho em calor: máquina
– Resultante do binário frigorífica
• Equilíbrio dos corpos extensos – Ciclo de Carnot
– Teorema das três forças – Escala Kelvin termodinâmica
– Tipos de equilíbrio de um corpo • Princípio da degradação da energia
– Desordem e entropia

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 6-7 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 6 – Diagramas de fases Cap. 13 – Hidrostática
• Diagrama de fases • Conceito de pressão
• Equilíbrio sólido-líquido. Fusão e solidificação • Conceito de massa específica e densidade
– Substâncias que se dilatam na fusão • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Substâncias que se contraem na fusão – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
• Equilíbrio líquido-vapor. Ebulição e condensação – Pressão de colunas líquidas
1 Semana
a
• Pressão máxima de vapor. Isotermas de Andrews – Unidades práticas de pressão
7a Semana
• Umidade do ar. Evaporação – Pressão atmosférica
– Natureza do líquido • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Pressão externa comunicantes
– Área da superfície livre • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
1o – Temperatura • Teorema de Arquimedes
– Umidade
Cap. 13 – Hidrostática
• Equilíbrio sólido-vapor. Sublimação
• Conceito de pressão
Cap. 7 – Propagação do calor • Conceito de massa específica e densidade
• Fluxo de calor • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
• Condução térmica – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Lei da condução térmica – Pressão de colunas líquidas
2a Semana
8a Semana – Aplicações da condução térmica – Unidades práticas de pressão
• Convecção térmica – Pressão atmosférica

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Noções de irradiação térmica • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Lei de Stefan-Boltzmann. Lei de Kirchhoff comunicantes
– Aplicações e efeito da irradiação • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
• Teorema de Arquimedes
4o
Cap. 13 – Hidrostática
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Conceito de pressão
Cap. 8 – Estudo dos gases • Conceito de massa específica e densidade
• Transformações gasosas • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Transformação isocórica (ou isométrica) – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Transformação isobárica – Pressão de colunas líquidas
3 Semana
a

– Transformação isotérmica – Unidades práticas de pressão


1a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro – Pressão atmosférica
• Equação de Clapeyron • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
– Lei geral dos gases perfeitos comunicantes
• Teoria cinética dos gases • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
– Pressão, temperatura absoluta e energia • Teorema de Arquimedes
cinética de um gás ideal Cap. 13 – Hidrostática
Cap. 8 – Estudo dos gases • Conceito de pressão
• Transformações gasosas • Conceito de massa específica e densidade
– Transformação isocórica (ou isométrica) • Pressão em um líquido. Teorema de Stevin
– Transformação isobárica – Superfícies isobáricas num líquido em equilíbrio
– Transformação isotérmica – Pressão de colunas líquidas
4 Semana
a

2o 2a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro – Unidades práticas de pressão


• Equação de Clapeyron – Pressão atmosférica
– Lei geral dos gases perfeitos • Equilíbrio de líquidos imiscíveis. Vasos
• Teoria cinética dos gases comunicantes
– Pressão, temperatura absoluta e energia • Princípio de Pascal. Prensa hidráulica
cinética de um gás ideal • Teorema de Arquimedes

Cap. 8 – Estudo dos gases


• Transformações gasosas
– Transformação isocórica (ou isométrica)
– Transformação isobárica
– Transformação isotérmica
3a Semana • Conceito de mol. Número de Avogadro
• Equação de Clapeyron
– Lei geral dos gases perfeitos
• Teoria cinética dos gases
– Pressão, temperatura absoluta e energia
cinética de um gás ideal

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:05


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 14 – Hidrodinâmica Conteúdo Programático – 2016
• Escoamento de fluidos
– Vazão
– Equação da continuidade Disciplina: Física I Série: 1o ano Ensino: Médio
5 Semana
a
• Efeito Bernoulli
– Equação de Bernoulli
– Efeito Magnus Bimestre Semana Conteúdo Observações
– Equação de Torricelli
4o Cap. 1 – Conceitos fundamentais de Termologia
Cap. 14 – Hidrodinâmica • Termologia: observações macroscópicas,
• Escoamento de fluidos interpretações microscópicas
– Vazão 1 Semana
a
– Energia térmica e calor
– Equação da continuidade – Estados de agregação da matéria
6 Semana
a
• Efeito Bernoulli – Noção de temperatura
– Equação de Bernoulli
– Efeito Magnus Cap. 2 – Termometria
– Equação de Torricelli • Medida da temperatura
– Termômetro
• Graduação de um termômetro. Escalas
termométricas
2 Semana
a
– Conversão entre as escalas Celsius e Fahrenheit

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Variação de temperatura
– Função termométrica
• Temperatura como medida da agitação térmica
– Escala absoluta Kelvin
Cap. 3 – Dilatação térmica de sólidos e líquidos
• Dilatação em termos microscópicos
• Dilatação térmica dos sólidos
– Dilatação linear
3 Semana
a
– Dilatação superficial
– Dilatação volumétrica
1o • Dilatação térmica dos líquidos
– Relação entre os coeficientes de dilatação
Cap. 4 – Calor: energia térmica em trânsito
• Calor: energia térmica em trânsito
– Calor sensível e calor latente
• Quantidade de calor sensível. Equação
4 Semana
a
fundamental da Calorimetria.
Calor específico
– Capacidade térmica de um corpo
• Trocas de calor. Calorímetro
Cap. 4 – Calor: energia térmica em trânsito
• Calor: energia térmica em trânsito
– Calor sensível e calor latente
• Quantidade de calor sensível. Equação
5a Semana
fundamental da Calorimetria.
Calor específico
– Capacidade térmica de um corpo
• Trocas de calor. Calorímetro
Cap. 5 – Mudanças de fase
• Pressão e temperatura
6a Semana • Quantidade de calor latente
– Curvas de aquecimento e de resfriamento
– O fenômeno da superfusão

Tabela_CP_Fisica_I-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:05


Conteúdo Programático
Disciplina: Física II Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Cap. 1 – Introdução à Física
• A Física
– O que é a Física
• Física e Matemática
1 Semana
a
– Método em Física
– Medidas de comprimento e tempo
– Algarismos significativos
Notação científica
Cap. 2 – Introdução ao estudo dos movimentos
• Elementos da cinemática
– Posição numa trajetória
– Referencial

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
2a Semana • Velocidade escalar média e velocidade escalar
instantânea
– Movimento progressivo e movimento
retrógrado
– Função horária do espaço
Cap. 3 – Estudo do movimento uniforme
• Movimento uniforme (MU)
3a Semana
– Função horária do espaço no MU
– Velocidade relativa
Cap. 3 – Estudo do movimento uniforme
• Movimento uniforme (MU)
4 Semana
a
– Função horária do espaço no MU
1o – Velocidade relativa
Cap. 4 – Movimento com velocidade escalar
variável. Movimento uniformemente
variado
• Movimentos com velocidade escalar variável
– Aceleração escalar
– Movimento acelerado e movimento retardado
5 Semana
a
– Função horária da velocidade
• Movimento uniformemente variado (MUV)
– Função horária da velocidade no MUV
– Função horária do espaço no MUV
– Velocidade escalar média no MUV
– Equação de Torricelli para o MUV
Cap. 4 – Movimento com velocidade escalar
variável. Movimento uniformemente
variado
• Movimentos com velocidade escalar variável
– Aceleração escalar
– Movimento acelerado e movimento retardado
6 Semana
a
– Função horária da velocidade
• Movimento uniformemente variado (MUV)
– Função horária da velocidade no MUV
– Função horária do espaço no MUV
– Velocidade escalar média no MUV
– Equação de Torricelli para o MUV

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:07


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Movimentos verticais
7a Semana • Queda livre e lançamento vertical
– Descrição matemática
Cap. 6 – Gráficos do MU e do MUV
• Gráficos
– Gráfico de função constante
– Gráfico de função do 1o grau
1o – Gráfico de função do 2o grau
• Gráficos do MU
8a Semana – Gráfico da função s 5 f(t)
– Gráfico da função v 5 f(t)
– Gráfico da função a 5 f(t)
• Gráficos da MUV
– Gráfico da função s 5 f(t)
– Gráfico da função v 5 f(t)
– Gráfico da função a 5 f(t)

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:07


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua Cap. 7 – Vetores
conservação • Grandezas escalares e grandezas vetoriais
• Energia cinética • Vetores
• Energia potencial • Operações com vetores
1 Semana
a
1a Semana – Energia potencial gravitacional – Adição vetorial
– Energia potencial elástica – Subtração vetorial
• Conservação da energia mecânica – Multiplicação de um número real por um vetor
• Diagramas de energia Componentes de um vetor
Outras formas de energia
Cap. 8 – Cinemática vetorial
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua • Vetor deslocamento, velocidade vetorial e
conservação aceleração vetorial
• Energia cinética – Vetor deslocamento
• Energia potencial – Velocidade vetorial
2a Semana
2a Semana – Energia potencial gravitacional – Aceleração vetorial
– Energia potencial elástica • Velocidade e aceleração vetoriais em MU e MUV
• Conservação da energia mecânica – Movimento uniforme (MU)
• Diagramas de energia – Movimento uniformemente variado (MUV)
Outras formas de energia 2o Composição dos movimentos
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua Cap. 9 – Lançamento horizontal e lançamento
conservação oblíquo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Energia cinética • Lançamento horizontal
• Energia potencial – Queda livre
3a Semana
3a Semana – Energia potencial gravitacional – Movimento horizontal
– Energia potencial elástica • Lançamento oblíquo
• Conservação da energia mecânica – Movimento vertical
• Diagramas de energia – Movimento horizontal
Outras formas de energia
Cap. 9 – Lançamento horizontal e lançamento
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento oblíquo
4o • Impulso de uma força • Lançamento horizontal
• Quantidade de movimento de um corpo – Queda livre
4a Semana
– Quantidade de movimento de um sistema de – Movimento horizontal
corpos • Lançamento oblíquo
4 Semana
a
• Teorema do impulso – Movimento vertical
• Princípio da conservação da quantidade de – Movimento horizontal
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento
• Impulso de uma força
• Quantidade de movimento de um corpo
– Quantidade de movimento de um sistema de
corpos
5 Semana
a
• Teorema do impulso
• Princípio da conservação da quantidade de
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento
• Impulso de uma força
• Quantidade de movimento de um corpo
– Quantidade de movimento de um sistema de
corpos
6 Semana
a
• Teorema do impulso
• Princípio da conservação da quantidade de
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 6-7 03/11/15 09:07


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 10 – Movimentos circulares Cap. 12 – Forças de atrito
• Grandezas angulares • Força de atrito de escorregamento
– Espaço angular – Atrito dinâmico
1 Semana
a
– Velocidade angular – Atrito estático
5a Semana – Aceleração angular • Força de resistência do ar
• Período e frequência – Velocidade limite
• Movimento circular uniforme (MCU)
Cap. 12 – Forças de atrito
– Transmissão de movimento circular uniforme
• Força de atrito de escorregamento
Movimento circular uniformemente variado (MCUV)
– Atrito dinâmico
2 Semana
a
Cap. 10 – Movimentos circulares – Atrito estático
• Grandezas angulares • Força de resistência do ar
– Espaço angular – Velocidade limite
– Velocidade angular
Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
6a Semana – Aceleração angular
• Movimentos curvilíneos uniformes
• Período e frequência
3a Semana – Resultante centrípeta
• Movimento circular uniforme (MCU)
• Movimentos curvilíneos variados
– Transmissão de movimento circular uniforme
– Força em referencial não inercial
Movimento circular uniformemente variado (MCUV)
Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
Cap. 11 – Os princípios da Dinâmica
• Movimentos curvilíneos uniformes
• Conceito de força

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
4a Semana – Resultante centrípeta
– Noção operacional de massa
• Movimentos curvilíneos variados
– Aristóteles, Galileu e Newton
– Força em referencial não inercial
• Princípio da inércia (primeira Lei Newton)
– Inércia Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
3o • Movimentos curvilíneos uniformes
2o – Referenciais inerciais
• Princípio fundamental da Dinâmica (segunda Lei 5a Semana – Resultante centrípeta
7 Semana
a
• Movimentos curvilíneos variados
de Newton)
– O peso é uma força – Força em referencial não inercial
– Classes de força Cap. 14 – Trabalho e potência
– Massa inercial e massa gravitacional • Trabalho de uma força constante
– Sistema de unidades – Força constante paralela ao deslocamento
• Princípio da ação e reação (terceira Lei de – Força constante não paralela ao deslocamento
Newton) • Trabalho de uma força qualquer
– Força normal 6 Semana
a
• Trabalho das forças peso e elástica
Cap. 11 – Os princípios da Dinâmica – Trabalho da força peso
• Conceito de força – Trabalho da força elástica
– Noção operacional de massa • Potência
– Aristóteles, Galileu e Newton • Rendimento
• Princípio da inércia (primeira Lei Newton) Cap. 14 – Trabalho e potência
– Inércia • Trabalho de uma força constante
– Referenciais inerciais – Força constante paralela ao deslocamento
• Princípio fundamental da Dinâmica (segunda Lei – Força constante não paralela ao deslocamento
8 Semana
a
de Newton) • Trabalho de uma força qualquer
– O peso é uma força 7a Semana
• Trabalho das forças peso e elástica
– Classes de força – Trabalho da força peso
– Massa inercial e massa gravitacional – Trabalho da força elástica
– Sistema de unidades • Potência
• Princípio da ação e reação (terceira Lei de • Rendimento
Newton)
– Força normal

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 8-9 11/4/15 8:51 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 10 – Movimentos circulares Cap. 12 – Forças de atrito
• Grandezas angulares • Força de atrito de escorregamento
– Espaço angular – Atrito dinâmico
1 Semana
a
– Velocidade angular – Atrito estático
5a Semana – Aceleração angular • Força de resistência do ar
• Período e frequência – Velocidade limite
• Movimento circular uniforme (MCU)
Cap. 12 – Forças de atrito
– Transmissão de movimento circular uniforme
• Força de atrito de escorregamento
Movimento circular uniformemente variado (MCUV)
– Atrito dinâmico
2 Semana
a
Cap. 10 – Movimentos circulares – Atrito estático
• Grandezas angulares • Força de resistência do ar
– Espaço angular – Velocidade limite
– Velocidade angular
Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
6a Semana – Aceleração angular
• Movimentos curvilíneos uniformes
• Período e frequência
3a Semana – Resultante centrípeta
• Movimento circular uniforme (MCU)
• Movimentos curvilíneos variados
– Transmissão de movimento circular uniforme
– Força em referencial não inercial
Movimento circular uniformemente variado (MCUV)
Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
Cap. 11 – Os princípios da Dinâmica
• Movimentos curvilíneos uniformes
• Conceito de força

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
4a Semana – Resultante centrípeta
– Noção operacional de massa
• Movimentos curvilíneos variados
– Aristóteles, Galileu e Newton
– Força em referencial não inercial
• Princípio da inércia (primeira Lei Newton)
– Inércia Cap. 13 – Forças em trajetórias curvilíneas
3o • Movimentos curvilíneos uniformes
2o – Referenciais inerciais
• Princípio fundamental da Dinâmica (segunda Lei 5a Semana – Resultante centrípeta
7 Semana
a
• Movimentos curvilíneos variados
de Newton)
– O peso é uma força – Força em referencial não inercial
– Classes de força Cap. 14 – Trabalho e potência
– Massa inercial e massa gravitacional • Trabalho de uma força constante
– Sistema de unidades – Força constante paralela ao deslocamento
• Princípio da ação e reação (terceira Lei de – Força constante não paralela ao deslocamento
Newton) • Trabalho de uma força qualquer
– Força normal 6 Semana
a
• Trabalho das forças peso e elástica
Cap. 11 – Os princípios da Dinâmica – Trabalho da força peso
• Conceito de força – Trabalho da força elástica
– Noção operacional de massa • Potência
– Aristóteles, Galileu e Newton • Rendimento
• Princípio da inércia (primeira Lei Newton) Cap. 14 – Trabalho e potência
– Inércia • Trabalho de uma força constante
– Referenciais inerciais – Força constante paralela ao deslocamento
• Princípio fundamental da Dinâmica (segunda Lei – Força constante não paralela ao deslocamento
8 Semana
a
de Newton) • Trabalho de uma força qualquer
– O peso é uma força 7a Semana
• Trabalho das forças peso e elástica
– Classes de força – Trabalho da força peso
– Massa inercial e massa gravitacional – Trabalho da força elástica
– Sistema de unidades • Potência
• Princípio da ação e reação (terceira Lei de • Rendimento
Newton)
– Força normal

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 8-9 11/4/15 8:51 AM


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua Cap. 7 – Vetores
conservação • Grandezas escalares e grandezas vetoriais
• Energia cinética • Vetores
• Energia potencial • Operações com vetores
1 Semana
a
1a Semana – Energia potencial gravitacional – Adição vetorial
– Energia potencial elástica – Subtração vetorial
• Conservação da energia mecânica – Multiplicação de um número real por um vetor
• Diagramas de energia Componentes de um vetor
Outras formas de energia
Cap. 8 – Cinemática vetorial
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua • Vetor deslocamento, velocidade vetorial e
conservação aceleração vetorial
• Energia cinética – Vetor deslocamento
• Energia potencial – Velocidade vetorial
2a Semana
2a Semana – Energia potencial gravitacional – Aceleração vetorial
– Energia potencial elástica • Velocidade e aceleração vetoriais em MU e MUV
• Conservação da energia mecânica – Movimento uniforme (MU)
• Diagramas de energia – Movimento uniformemente variado (MUV)
Outras formas de energia 2o Composição dos movimentos
Cap. 15 – Energia, suas formas e sua Cap. 9 – Lançamento horizontal e lançamento
conservação oblíquo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Energia cinética • Lançamento horizontal
• Energia potencial – Queda livre
3a Semana
3a Semana – Energia potencial gravitacional – Movimento horizontal
– Energia potencial elástica • Lançamento oblíquo
• Conservação da energia mecânica – Movimento vertical
• Diagramas de energia – Movimento horizontal
Outras formas de energia
Cap. 9 – Lançamento horizontal e lançamento
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento oblíquo
4o • Impulso de uma força • Lançamento horizontal
• Quantidade de movimento de um corpo – Queda livre
4a Semana
– Quantidade de movimento de um sistema de – Movimento horizontal
corpos • Lançamento oblíquo
4 Semana
a
• Teorema do impulso – Movimento vertical
• Princípio da conservação da quantidade de – Movimento horizontal
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento
• Impulso de uma força
• Quantidade de movimento de um corpo
– Quantidade de movimento de um sistema de
corpos
5 Semana
a
• Teorema do impulso
• Princípio da conservação da quantidade de
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição
Cap. 16 – Impulso e quantidade de movimento
• Impulso de uma força
• Quantidade de movimento de um corpo
– Quantidade de movimento de um sistema de
corpos
6 Semana
a
• Teorema do impulso
• Princípio da conservação da quantidade de
movimento
• Choques
– Coeficiente de restituição

Tabela_CP_Fisica_II-1ano.indd 6-7 03/11/15 09:07


Conteúdo Programático
Disciplina: Geografia Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Saiba Mais – Paradigmas da geografia (Escolas e
1a Semana
Princípios)
Saiba Mais – A geografia e a organização do
2a Semana
espaço
3a Semana Cap. 1 – O mundo contemporâneo
1o 4a Semana Cap. 2 – O Brasil na era das redes
5a Semana Cap. 3 – A informação geográfica e a Cartografia
6a Semana Cap. 3 – A informação geográfica e a Cartografia
7a Semana Cap. 4 – Tempo da sociedade e tempo da natureza
8a Semana Cap. 5 – Estrutura geológica e formas de relevo
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Bimestre Semana Conteúdo Observações


1a Semana Cap. 6 – A dinâmica da atmosfera
2a Semana Cap. 6 – A dinâmica da atmosfera
3a Semana Cap. 7 – Domínios naturais e recursos hídricos
Cap. 8 – Domínios morfoclimáticos e biomas do
4a Semana
Brasil
2o
Cap. 8 – Domínios morfoclimáticos e biomas do
5a Semana
Brasil
6a Semana Cap. 9 – O meio ambiente global
7a Semana Cap. 10 – A questão energética mundial e no Brasil
8a Semana Cap. 11 – Políticas ambientais no Brasil

Bimestre Semana Conteúdo Observações


1a Semana Cap. 12 – Dinâmicas demográficas
2a Semana Cap. 12 – Dinâmicas demográficas
Saiba Mais – Estrutura da população (mundo e
3a Semana
Brasil)
3o Saiba Mais – Estrutura da população (mundo e
4a Semana
Brasil)
5a Semana Cap. 13 – Migrações internacionais
6a Semana Cap. 14 – Brasil: diversidade cultural e migrações
7a Semana Cap. 15 – Brasil: dinâmicas territoriais

Tabela_CP_Geografia-1ano.indd 1 03/11/15 09:08


Bimestre Semana Conteúdo Observações
1a Semana Cap. 16 – A urbanização mundial
2a Semana Cap. 16 – A urbanização mundial
3a Semana Cap. 17 – Cidades e redes urbanas do Brasil
4o
4a Semana Cap. 17 – Cidades e redes urbanas do Brasil
5a Semana Cap. 18 – O direito à cidade
6a Semana Cap. 18 – O direito à cidade

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Tabela_CP_Geografia-1ano.indd 2 03/11/15 09:08


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 13 – Artigo, numeral e interjeição Conteúdo Programático
• Artigo
– Formas do artigo
– Características semânticas dos artigos Disciplina: Gramática Série: 1o ano Ensino: Médio
definidos e indefinidos
O capítulo Artigo, numeral e
• Uso dos artigos definidos e indefinidos
4o interjeição será trabalhado na BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
• Numeral
disciplina de Redação.
– Tipos de numeral
Cap. 1 – Linguagem e Variação Linguística
• Uso dos numerais
• Linguagem e Língua
• Interjeição
– Signo linguístico
– Tipos de interjeição
1a Semana • Variação e Norma
• Usos das interjeições
– Variedades regionais e sociais
– Variedades estilísticas
– Mudança linguística
• Usos da gíria
Cap. 1 – Linguagem e Variação Linguística
• Linguagem e Língua
– Signo linguístico
2a Semana • Variação e Norma
– Variedades regionais e sociais

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Variedades estilísticas
– Mudança linguística
• Usos da gíria
Cap. 2 – Introdução ao Estudo da Sintaxe
• Estruturas, relações e funções
3a Semana
– Relações e funções sintáticas
– Os enunciados da língua
Cap. 2 – Introdução ao Estudo da Sintaxe
• Estruturas, relações e funções
4 Semana
a
– Relações e funções sintáticas
– Os enunciados da língua
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
1o • Termos essenciais
– O estudo do sujeito
– O estudo do predicado
• Termos integrantes
– Complementos verbais
– Complemento nominal
5a Semana
– Agente da passiva
• Termos acessórios e vocativo
– Adjunto adnominal
– Adjunto adverbial
– Aposto
– Vocativo
• Usos do sujeito
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
• Termos essenciais
– O estudo do sujeito
– O estudo do predicado
• Termos integrantes
– Complementos verbais
– Complemento nominal
6a Semana
– Agente da passiva
• Termos acessórios e vocativo
– Adjunto adnominal
– Adjunto adverbial
– Aposto
– Vocativo
• Usos do sujeito

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 2-3 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
• Termos essenciais • As orações que equivalem a adjetivos
– O estudo do sujeito – Orações subordinadas adjetivas restritivas
– O estudo do predicado – Orações subordinadas adjetivas explicativas
• Termos integrantes • Usos das orações subordinadas adjetivas
– Complementos verbais • As orações que equivalem a advérbios
– Complemento nominal – Orações subordinadas adverbiais causais
7a Semana
– Agente da passiva – Orações subordinadas adverbiais
• Termos acessórios e vocativo consecutivas
– Adjunto adnominal – Orações subordinadas adverbiais condicionais
4 Semana
a
– Adjunto adverbial – Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Aposto – Orações subordinadas adverbiais
– Vocativo comparativas
• Usos do sujeito – Orações subordinadas adverbiais
conformativas
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
– Orações subordinadas adverbiais finais
• Termos essenciais
– Orações subordinadas adverbiais
– O estudo do sujeito
proporcionais
– O estudo do predicado
1o – Orações subordinadas adverbiais temporais
• Termos integrantes
• Usos das orações subordinadas adverbiais
– Complementos verbais

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Complemento nominal Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
8a Semana
– Agente da passiva • As orações que equivalem a adjetivos
• Termos acessórios e vocativo – Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Adjunto adnominal – Orações subordinadas adjetivas explicativas
– Adjunto adverbial • Usos das orações subordinadas adjetivas
– Aposto • As orações que equivalem a advérbios
– Vocativo – Orações subordinadas adverbiais causais
• Usos do sujeito – Orações subordinadas adverbiais
consecutivas
Cap. 3 – Substantivo
– Orações subordinadas adverbiais condicionais
• Definição e classificação 4o 5 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Classificação dos substantivos
O capítulo Substantivo será – Orações subordinadas adverbiais
• As flexões do substantivo
trabalhado na disciplina de comparativas
– Gênero
Redação. – Orações subordinadas adverbiais
– Número
conformativas
– Formas associadas à variação de grau
– Orações subordinadas adverbiais finais
• Usos do substantivo
– Orações subordinadas adverbiais
proporcionais
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos das orações subordinadas adverbiais
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
• As orações que equivalem a adjetivos
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Orações subordinadas adjetivas explicativas
• Usos das orações subordinadas adjetivas
• As orações que equivalem a advérbios
– Orações subordinadas adverbiais causais
– Orações subordinadas adverbiais
consecutivas
– Orações subordinadas adverbiais condicionais
6 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Orações subordinadas adverbiais
comparativas
– Orações subordinadas adverbiais
conformativas
– Orações subordinadas adverbiais finais
– Orações subordinadas adverbiais
proporcionais
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos das orações subordinadas adverbiais

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 4-5 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 12 – A dimensão Discursiva da Linguagem Cap. 5 – Oralidade e Escrita
• Os elementos da comunicação • A relação entre oralidade e escrita
– As funções da linguagem • A dimensão sonora da língua portuguesa
1 Semana
a
• O trabalho dos interlocutores com a linguagem – A relação entre os sons da língua e a escrita
– A indeterminação da linguagem 1a Semana alfabética
• Usos singulares da linguagem • Usos de estruturas coloquiais na escrita
• As convenções da escrita
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
– A convenção ortográfica
• A orações que equivalem a adjetivos
– O uso de acentos gráficos na escrita
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Orações subordinadas adjetivas explicativas Cap. 5 – Oralidade e Escrita
• Usos das orações subordinadas adjetivas • A relação entre oralidade e escrita
• As orações que equivalem a advérbios • A dimensão sonora da língua portuguesa
– Orações subordinadas adverbiais causais – A relação entre os sons da língua e a escrita
– Orações subordinadas adverbiais 2a Semana alfabética
consecutivas • Usos de estruturas coloquiais na escrita
– Orações subordinadas adverbiais condicionais • As convenções da escrita
2 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas – A convenção ortográfica
– Orações subordinadas adverbiais – O uso de acentos gráficos na escrita
comparativas
Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
– Orações subordinadas adverbiais
• A articulação das orações

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
conformativas
– Período composto por coordenação
– Orações subordinadas adverbiais finais
3a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adverbiais
4o – Período composto por coordenação e
proporcionais
subordinação
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos do período composto
• Usos das orações subordinadas adverbiais
Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
2o • A articulação das orações
• A orações que equivalem a adjetivos
– Período composto por coordenação
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
4a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adjetivas explicativas
– Período composto por coordenação e
• Usos das orações subordinadas adjetivas
subordinação
• As orações que equivalem a advérbios
• Usos do período composto
– Orações subordinadas adverbiais causais
– Orações subordinadas adverbiais Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
consecutivas • A articulação das orações
– Orações subordinadas adverbiais condicionais – Período composto por coordenação
3 Semana
a
5a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Orações subordinadas adverbiais – Período composto por coordenação e
comparativas subordinação
– Orações subordinadas adverbiais • Usos do período composto
conformativas
– Orações subordinadas adverbiais finais Cap. 8 – Período Composto por Coordenação
– Orações subordinadas adverbiais • As orações coordenadas
proporcionais – Orações coordenadas assindéticas
6 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais temporais – Orações coordenadas sindéticas
• Usos das orações subordinadas adverbiais – Relações coesivas
• Usos das orações coordenadas

Cap. 8 – Período Composto por Coordenação


• As orações coordenadas
– Orações coordenadas assindéticas
7 Semana
a
– Orações coordenadas sindéticas
– Relações coesivas
• Usos das orações coordenadas

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 6-7 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 8 – Período Composto por Coordenação Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
• As orações coordenadas • As orações que equivalem a substantivos
– Orações coordenadas assindéticas – Orações subordinadas substantivas subjetivas
8 Semana
a
– Orações coordenadas sindéticas – Orações subordinadas substantivas objetivas
– Relações coesivas diretas
• Usos das orações coordenadas – Orações subordinadas substantivas objetivas
Cap. 6 – Adjetivo 5a Semana indiretas
2o
• Definição e classificação – Orações subordinadas substantivas
– Classificação dos adjetivos completivas nominais
O capítulo Adjetivo será – Orações subordinadas substantivas
• As Flexões do adjetivo
trabalhado na disciplina de predicativas
– A flexão de gênero dos adjetivos
Redação. – Orações subordinadas substantivas apositivas
– A flexão de número dos adjetivos
– A flexão de grau dos adjetivos – Orações reduzidas
• Usos do adjetivo • Usos das orações subordinadas substantivas
Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
• As orações que equivalem a substantivos
BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES – Orações subordinadas substantivas subjetivas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
Cap. 9 – A Construção de Sentido diretas
• Sentido e contexto

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Orações subordinadas substantivas objetivas
– A importância do contexto indiretas
6a Semana
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas
1a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto completivas nominais
• Relações lexicais 3O – Orações subordinadas substantivas
– Relações de sentido entre as palavras predicativas
• Uso das relações lexicais na construção da – Orações subordinadas substantivas apositivas
coesão textual – Orações reduzidas
Cap. 9 – A Construção de Sentido • Usos das orações subordinadas substantivas
• Sentido e contexto Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
– A importância do contexto • As orações que equivalem a substantivos
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas subjetivas
2a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto – Orações subordinadas substantivas objetivas
• Relações lexicais diretas
– Relações de sentido entre as palavras – Orações subordinadas substantivas objetivas
• Uso das relações lexicais na construção da indiretas
coesão textual 7a Semana
– Orações subordinadas substantivas
Cap. 9 – A Construção de Sentido completivas nominais
• Sentido e contexto – Orações subordinadas substantivas
3 o
– A importância do contexto predicativas
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas apositivas
3a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto – Orações reduzidas
• Relações lexicais • Usos das orações subordinadas substantivas
– Relações de sentido entre as palavras Cap. 11 – Colocação Pronominal
• Uso das relações lexicais na construção da • Os pronomes oblíquos átonos O capítulo Colocação
coesão textual – As posições ocupadas pelos pronomes Pronominal será trabalhado na
Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I oblíquos átonos disciplina de Redação.
• As orações que equivalem a substantivos • Usos da colocação pronominal
– Orações subordinadas substantivas subjetivas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
diretas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
indiretas
4a Semana
– Orações subordinadas substantivas
completivas nominais
– Orações subordinadas substantivas
predicativas
– Orações subordinadas substantivas apositivas
– Orações reduzidas
• Usos das orações subordinadas substantivas

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 8-9 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 8 – Período Composto por Coordenação Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
• As orações coordenadas • As orações que equivalem a substantivos
– Orações coordenadas assindéticas – Orações subordinadas substantivas subjetivas
8 Semana
a
– Orações coordenadas sindéticas – Orações subordinadas substantivas objetivas
– Relações coesivas diretas
• Usos das orações coordenadas – Orações subordinadas substantivas objetivas
Cap. 6 – Adjetivo 5a Semana indiretas
2o
• Definição e classificação – Orações subordinadas substantivas
– Classificação dos adjetivos completivas nominais
O capítulo Adjetivo será – Orações subordinadas substantivas
• As Flexões do adjetivo
trabalhado na disciplina de predicativas
– A flexão de gênero dos adjetivos
Redação. – Orações subordinadas substantivas apositivas
– A flexão de número dos adjetivos
– A flexão de grau dos adjetivos – Orações reduzidas
• Usos do adjetivo • Usos das orações subordinadas substantivas
Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
• As orações que equivalem a substantivos
BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES – Orações subordinadas substantivas subjetivas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
Cap. 9 – A Construção de Sentido diretas
• Sentido e contexto

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Orações subordinadas substantivas objetivas
– A importância do contexto indiretas
6a Semana
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas
1a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto completivas nominais
• Relações lexicais 3O – Orações subordinadas substantivas
– Relações de sentido entre as palavras predicativas
• Uso das relações lexicais na construção da – Orações subordinadas substantivas apositivas
coesão textual – Orações reduzidas
Cap. 9 – A Construção de Sentido • Usos das orações subordinadas substantivas
• Sentido e contexto Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I
– A importância do contexto • As orações que equivalem a substantivos
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas subjetivas
2a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto – Orações subordinadas substantivas objetivas
• Relações lexicais diretas
– Relações de sentido entre as palavras – Orações subordinadas substantivas objetivas
• Uso das relações lexicais na construção da indiretas
coesão textual 7a Semana
– Orações subordinadas substantivas
Cap. 9 – A Construção de Sentido completivas nominais
• Sentido e contexto – Orações subordinadas substantivas
3 o
– A importância do contexto predicativas
• Sentido literal e sentido figurado – Orações subordinadas substantivas apositivas
3a Semana – Conotação e denotação: relações com o texto – Orações reduzidas
• Relações lexicais • Usos das orações subordinadas substantivas
– Relações de sentido entre as palavras Cap. 11 – Colocação Pronominal
• Uso das relações lexicais na construção da • Os pronomes oblíquos átonos O capítulo Colocação
coesão textual – As posições ocupadas pelos pronomes Pronominal será trabalhado na
Cap. 10 – Período Composto por Subordinação I oblíquos átonos disciplina de Redação.
• As orações que equivalem a substantivos • Usos da colocação pronominal
– Orações subordinadas substantivas subjetivas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
diretas
– Orações subordinadas substantivas objetivas
indiretas
4a Semana
– Orações subordinadas substantivas
completivas nominais
– Orações subordinadas substantivas
predicativas
– Orações subordinadas substantivas apositivas
– Orações reduzidas
• Usos das orações subordinadas substantivas

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 8-9 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 12 – A dimensão Discursiva da Linguagem Cap. 5 – Oralidade e Escrita
• Os elementos da comunicação • A relação entre oralidade e escrita
– As funções da linguagem • A dimensão sonora da língua portuguesa
1 Semana
a
• O trabalho dos interlocutores com a linguagem – A relação entre os sons da língua e a escrita
– A indeterminação da linguagem 1a Semana alfabética
• Usos singulares da linguagem • Usos de estruturas coloquiais na escrita
• As convenções da escrita
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
– A convenção ortográfica
• A orações que equivalem a adjetivos
– O uso de acentos gráficos na escrita
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Orações subordinadas adjetivas explicativas Cap. 5 – Oralidade e Escrita
• Usos das orações subordinadas adjetivas • A relação entre oralidade e escrita
• As orações que equivalem a advérbios • A dimensão sonora da língua portuguesa
– Orações subordinadas adverbiais causais – A relação entre os sons da língua e a escrita
– Orações subordinadas adverbiais 2a Semana alfabética
consecutivas • Usos de estruturas coloquiais na escrita
– Orações subordinadas adverbiais condicionais • As convenções da escrita
2 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas – A convenção ortográfica
– Orações subordinadas adverbiais – O uso de acentos gráficos na escrita
comparativas
Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
– Orações subordinadas adverbiais
• A articulação das orações

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
conformativas
– Período composto por coordenação
– Orações subordinadas adverbiais finais
3a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adverbiais
4o – Período composto por coordenação e
proporcionais
subordinação
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos do período composto
• Usos das orações subordinadas adverbiais
Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
2o • A articulação das orações
• A orações que equivalem a adjetivos
– Período composto por coordenação
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
4a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adjetivas explicativas
– Período composto por coordenação e
• Usos das orações subordinadas adjetivas
subordinação
• As orações que equivalem a advérbios
• Usos do período composto
– Orações subordinadas adverbiais causais
– Orações subordinadas adverbiais Cap. 7 – O Estudo do Período Composto
consecutivas • A articulação das orações
– Orações subordinadas adverbiais condicionais – Período composto por coordenação
3 Semana
a
5a Semana – Período composto por subordinação
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Orações subordinadas adverbiais – Período composto por coordenação e
comparativas subordinação
– Orações subordinadas adverbiais • Usos do período composto
conformativas
– Orações subordinadas adverbiais finais Cap. 8 – Período Composto por Coordenação
– Orações subordinadas adverbiais • As orações coordenadas
proporcionais – Orações coordenadas assindéticas
6 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais temporais – Orações coordenadas sindéticas
• Usos das orações subordinadas adverbiais – Relações coesivas
• Usos das orações coordenadas

Cap. 8 – Período Composto por Coordenação


• As orações coordenadas
– Orações coordenadas assindéticas
7 Semana
a
– Orações coordenadas sindéticas
– Relações coesivas
• Usos das orações coordenadas

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 6-7 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
• Termos essenciais • As orações que equivalem a adjetivos
– O estudo do sujeito – Orações subordinadas adjetivas restritivas
– O estudo do predicado – Orações subordinadas adjetivas explicativas
• Termos integrantes • Usos das orações subordinadas adjetivas
– Complementos verbais • As orações que equivalem a advérbios
– Complemento nominal – Orações subordinadas adverbiais causais
7a Semana
– Agente da passiva – Orações subordinadas adverbiais
• Termos acessórios e vocativo consecutivas
– Adjunto adnominal – Orações subordinadas adverbiais condicionais
4 Semana
a
– Adjunto adverbial – Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Aposto – Orações subordinadas adverbiais
– Vocativo comparativas
• Usos do sujeito – Orações subordinadas adverbiais
conformativas
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
– Orações subordinadas adverbiais finais
• Termos essenciais
– Orações subordinadas adverbiais
– O estudo do sujeito
proporcionais
– O estudo do predicado
1o – Orações subordinadas adverbiais temporais
• Termos integrantes
• Usos das orações subordinadas adverbiais
– Complementos verbais

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Complemento nominal Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
8a Semana
– Agente da passiva • As orações que equivalem a adjetivos
• Termos acessórios e vocativo – Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Adjunto adnominal – Orações subordinadas adjetivas explicativas
– Adjunto adverbial • Usos das orações subordinadas adjetivas
– Aposto • As orações que equivalem a advérbios
– Vocativo – Orações subordinadas adverbiais causais
• Usos do sujeito – Orações subordinadas adverbiais
consecutivas
Cap. 3 – Substantivo
– Orações subordinadas adverbiais condicionais
• Definição e classificação 4o 5 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Classificação dos substantivos
O capítulo Substantivo será – Orações subordinadas adverbiais
• As flexões do substantivo
trabalhado na disciplina de comparativas
– Gênero
Redação. – Orações subordinadas adverbiais
– Número
conformativas
– Formas associadas à variação de grau
– Orações subordinadas adverbiais finais
• Usos do substantivo
– Orações subordinadas adverbiais
proporcionais
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos das orações subordinadas adverbiais
Cap. 14 – Período Composto por Subordinação II
• As orações que equivalem a adjetivos
– Orações subordinadas adjetivas restritivas
– Orações subordinadas adjetivas explicativas
• Usos das orações subordinadas adjetivas
• As orações que equivalem a advérbios
– Orações subordinadas adverbiais causais
– Orações subordinadas adverbiais
consecutivas
– Orações subordinadas adverbiais condicionais
6 Semana
a
– Orações subordinadas adverbiais concessivas
– Orações subordinadas adverbiais
comparativas
– Orações subordinadas adverbiais
conformativas
– Orações subordinadas adverbiais finais
– Orações subordinadas adverbiais
proporcionais
– Orações subordinadas adverbiais temporais
• Usos das orações subordinadas adverbiais

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 4-5 11/23/15 11:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 13 – Artigo, numeral e interjeição Conteúdo Programático – 2016
• Artigo
– Formas do artigo
– Características semânticas dos artigos Disciplina: Gramática Série: 1o ano Ensino: Médio
definidos e indefinidos
O capítulo Artigo, numeral e
• Uso dos artigos definidos e indefinidos
4o interjeição será trabalhado na BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
• Numeral
disciplina de Redação.
– Tipos de numeral
Cap. 1 – Linguagem e Variação Linguística
• Uso dos numerais
• Linguagem e Língua
• Interjeição
– Signo linguístico
– Tipos de interjeição
1a Semana • Variação e Norma
• Usos das interjeições
– Variedades regionais e sociais
– Variedades estilísticas
– Mudança linguística
• Usos da gíria
Cap. 1 – Linguagem e Variação Linguística
• Linguagem e Língua
– Signo linguístico
2a Semana • Variação e Norma
– Variedades regionais e sociais

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
– Variedades estilísticas
– Mudança linguística
• Usos da gíria
Cap. 2 – Introdução ao Estudo da Sintaxe
• Estruturas, relações e funções
3a Semana
– Relações e funções sintáticas
– Os enunciados da língua
Cap. 2 – Introdução ao Estudo da Sintaxe
• Estruturas, relações e funções
4 Semana
a
– Relações e funções sintáticas
– Os enunciados da língua
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
1o • Termos essenciais
– O estudo do sujeito
– O estudo do predicado
• Termos integrantes
– Complementos verbais
– Complemento nominal
5a Semana
– Agente da passiva
• Termos acessórios e vocativo
– Adjunto adnominal
– Adjunto adverbial
– Aposto
– Vocativo
• Usos do sujeito
Cap. 4 – Sintaxe do Período Simples
• Termos essenciais
– O estudo do sujeito
– O estudo do predicado
• Termos integrantes
– Complementos verbais
– Complemento nominal
6a Semana
– Agente da passiva
• Termos acessórios e vocativo
– Adjunto adnominal
– Adjunto adverbial
– Aposto
– Vocativo
• Usos do sujeito

Tabela_CP_Gramatica-1ano.indd 2-3 11/23/15 11:03 AM


Conteúdo Programático
Disciplina: História Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo Observações


1a Semana Introdução: A produção do conhecimento histórico
Cap. 1 – A Pré-história humana
2a Semana
Cap. 2 – Civilizações do Nilo e da Mesopotâmia
3a Semana Cap. 2 – Civilizações do Nilo e da Mesopotâmia
Cap. 3 – Índia e China
4a Semana
1o Cap. 4 – Hebreus, fenícios e persas
5a Semana Cap. 4 – Hebreus, fenícios e persas
6a Semana Cap. 5 – A civilização grega
Cap. 5 – A civilização grega
7a Semana
Cap. 6 – Roma: da República ao Império
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

8a Semana Cap. 6 – Roma: da República ao Império

Bimestre Semana Conteúdo Observações


1 Semana Cap. 7 – A Europa feudal
a

2a Semana Cap. 7 – A Europa feudal


3a Semana Cap. 7 – A Europa feudal
4a Semana Cap. 7 – A Europa feudal
2o
5a Semana Cap. 7 – A Europa feudal
6a Semana Cap. 8 – A civilização islâmica e os reinos africanos
7a Semana Cap. 8 – A civilização islâmica e os reinos africanos
8a Semana Cap. 8 – A civilização islâmica e os reinos africanos

Bimestre Semana Conteúdo Observações


1a Semana Cap. 9 – A civilização do Renascimento
2a Semana Cap. 9 – A civilização do Renascimento
Cap. 10 – Sociedade e cultura dos nativos
3a Semana
americanos
Cap. 11 – O absolutismo e a formação do Estado
3o 4a Semana
moderno
Cap. 11 – O absolutismo e a formação do Estado
5a Semana
moderno
6a Semana Cap. 12 – Espanhóis e ingleses na América
7a Semana Cap. 12 – Espanhóis e ingleses na América

Tabela_CP_Historia-1ano.indd 1 03/11/15 09:10


Bimestre Semana Conteúdo Observações
1a Semana Cap. 13 – O Império colonial português
2a Semana Cap. 13 – O Império colonial português
3a Semana Cap. 13 – O Império colonial português
4o
4a Semana Cap. 14 – Da África para o Brasil
5a Semana Cap. 15 – A mineração na América portuguesa
6a Semana Cap. 15 – A mineração na América portuguesa

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Tabela_CP_Historia-1ano.indd 2 03/11/15 09:10


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 10 – Parnasianismo
Conteúdo Programático
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto”
• O projeto literário do Parnasianismo
1a Semana • Os parnasianos brasileiros Disciplina: Literatura Série: 1º ano Ensino: Médio
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas
• Outros parnasianos brasileiros Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 10 – Parnasianismo Cap. 1 – A estética romântica: idealização e arrebatamento
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto” Romantismo em Portugal
• O projeto literário do Parnasianismo • Dia de glória dos filhos da pátria
2a Semana • Os parnasianos brasileiros • O Romantismo: a força dos sentimentos
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas • O projeto literário do Romantismo
1a Semana
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas • Portugal: um país sem rei entra em crise
• Outros parnasianos brasileiros • Os primeiros românticos
• O Ultrarromantismo português
Cap. 10 – Parnasianismo • Uma mudança de olhar: o romance aproxima-se da
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto” realidade
• O projeto literário do Parnasianismo
3a Semana • Os parnasianos brasileiros Cap. 1 – A estética romântica: idealização e arrebatamento
Romantismo em Portugal
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas
• Dia de glória dos filhos da pátria

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas • O Romantismo: a força dos sentimentos
• Outros parnasianos brasileiros • O projeto literário do Romantismo
2a Semana
Cap. 11 – Simbolismo • Portugal: um país sem rei entra em crise
• O fim da era das revoluções • Os primeiros românticos
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real • O Ultrarromantismo português
4o • Uma mudança de olhar: o romance aproxima-se da
• O projeto literário do Simbolismo
4a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês realidade
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade Cap. 2 – Romantismo no Brasil. Primeira geração: literatura
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte e nacionalidade
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana • Uma corte em fuga
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro 3a Semana • O Romantismo no Brasil: o discurso da nacionalidade
• A poesia indianista da primeira geração
Cap. 11 – Simbolismo • O projeto literário da poesia da primeira geração
• O fim da era das revoluções • Gonçalves Dias: os índios, a pátria e o amor
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real 1o
• O projeto literário do Simbolismo Cap. 2 – Romantismo no Brasil. Primeira geração: literatura
5a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês e nacionalidade
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade • Uma corte em fuga
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte 4a Semana • O Romantismo no Brasil: o discurso da nacionalidade
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana • A poesia indianista da primeira geração
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro • O projeto literário da poesia da primeira geração
• Gonçalves Dias: os índios, a pátria e o amor
Cap. 11 – Simbolismo
• O fim da era das revoluções Cap. 3 – Segunda geração: idealização, paixão e morte
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real • A segunda geração romântica: uma poesia arrebatada
• O projeto literário do Simbolismo • O projeto literário dos ultrarromânticos
5 Semana
a
6a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês • Casimiro de Abreu: versos doces e meigos
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade • Álvares de Azevedo: ironia, amor e morte
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte • Fagundes Varela: uma poesia de transição
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana Cap. 3 – Segunda geração: idealização, paixão e morte
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro • A segunda geração romântica: uma poesia arrebatada
• O projeto literário dos ultrarromânticos
6 Semana
a
• Casimiro de Abreu: versos doces e meigos
• Álvares de Azevedo: ironia, amor e morte
• Fagundes Varela: uma poesia de transição
Cap. 4 – Terceira geração: a poesia social
• Uma nação em busca de ordem
• O Condoreirismo: a poesia clama por liberdade
7 Semana
a
• O projeto literário da poesia da terceira geração
• Castro Alves: o último dos poetas românticos
• Sousândrade: a identidade americana

Tabela_CP_Literatura-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:22


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 4 – Terceira geração: a poesia social Cap. 8 – Realismo
• Uma nação em busca de ordem • A Revolução Industrial muda a face da Europa
• O Condoreirismo: a poesia clama por liberdade • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
1o 8a Semana • O projeto literário da poesia da terceira geração • O projeto literário do Realismo
• Castro Alves: o último dos poetas românticos • Portugal: atraso e estagnação
• Sousândrade: a identidade americana 1a Semana
• Um início movimentado e polêmico...
• Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Um Brasil em crise
• Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
Cap. 5 – O romance urbano
• O romance urbano: retrato da vida na corte Cap. 8 – Realismo
• O projeto literário do romance urbano • A Revolução Industrial muda a face da Europa
1a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• José de Alencar: um crítico dos costumes • O projeto literário do Realismo
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem • Portugal: atraso e estagnação
2a Semana
• Um início movimentado e polêmico...
Cap. 5 – O romance urbano • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• O romance urbano: retrato da vida na corte • Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
• O projeto literário do romance urbano • Um Brasil em crise
2a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo
• Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
• José de Alencar: um crítico dos costumes

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem Cap. 8 – Realismo
Cap. 5 – O romance urbano • A Revolução Industrial muda a face da Europa
• O romance urbano: retrato da vida na corte • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• O projeto literário do romance urbano • O projeto literário do Realismo
3a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo • Portugal: atraso e estagnação
3a Semana
• José de Alencar: um crítico dos costumes • Um início movimentado e polêmico...
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
Cap. 6 – O romance indianista • Um Brasil em crise
• Os índios chegam às páginas dos romances • Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
4a Semana • O projeto literário do romance indianista
• A prosa indianista de José de Alencar 3o Cap. 8 – Realismo
• A Revolução Industrial muda a face da Europa
Cap. 6 – O romance indianista
• Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• Os índios chegam às páginas dos romances
5a Semana • O projeto literário do romance indianista • O projeto literário do Realismo
• A prosa indianista de José de Alencar • Portugal: atraso e estagnação
4a Semana
2o • Um início movimentado e polêmico...
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras • Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
• O projeto literário do romance regionalista • Um Brasil em crise
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros • Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
6a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior
• Franklin Távora: cantor do Norte Cap. 9 – Naturalismo
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista • Novas perspectivas para a origem humana
• O teatro romântico • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Martins Pena e a comédia de costumes 5a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• O Naturalismo chega ao Brasil
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
• O projeto literário do romance regionalista • Um caso particular: Raul Pompeia
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros Cap. 9 – Naturalismo
7a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior • Novas perspectivas para a origem humana
• Franklin Távora: cantor do Norte • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista 6a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• O teatro romântico • O Naturalismo chega ao Brasil
• Martins Pena e a comédia de costumes • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico • Um caso particular: Raul Pompeia
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras
Cap. 9 – Naturalismo
• O projeto literário do romance regionalista
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros • Novas perspectivas para a origem humana
8a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Franklin Távora: cantor do Norte 7a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista • O Naturalismo chega ao Brasil
• O teatro romântico • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
• Martins Pena e a comédia de costumes • Um caso particular: Raul Pompeia

Tabela_CP_Literatura-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:22


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 4 – Terceira geração: a poesia social Cap. 8 – Realismo
• Uma nação em busca de ordem • A Revolução Industrial muda a face da Europa
• O Condoreirismo: a poesia clama por liberdade • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
1o 8a Semana • O projeto literário da poesia da terceira geração • O projeto literário do Realismo
• Castro Alves: o último dos poetas românticos • Portugal: atraso e estagnação
• Sousândrade: a identidade americana 1a Semana
• Um início movimentado e polêmico...
• Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Um Brasil em crise
• Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
Cap. 5 – O romance urbano
• O romance urbano: retrato da vida na corte Cap. 8 – Realismo
• O projeto literário do romance urbano • A Revolução Industrial muda a face da Europa
1a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• José de Alencar: um crítico dos costumes • O projeto literário do Realismo
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem • Portugal: atraso e estagnação
2a Semana
• Um início movimentado e polêmico...
Cap. 5 – O romance urbano • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• O romance urbano: retrato da vida na corte • Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
• O projeto literário do romance urbano • Um Brasil em crise
2a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo
• Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
• José de Alencar: um crítico dos costumes

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem Cap. 8 – Realismo
Cap. 5 – O romance urbano • A Revolução Industrial muda a face da Europa
• O romance urbano: retrato da vida na corte • Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• O projeto literário do romance urbano • O projeto literário do Realismo
3a Semana • O amor segundo Joaquim Manuel de Macedo • Portugal: atraso e estagnação
3a Semana
• José de Alencar: um crítico dos costumes • Um início movimentado e polêmico...
• Manuel Antônio de Almeida: a estética da malandragem • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
Cap. 6 – O romance indianista • Um Brasil em crise
• Os índios chegam às páginas dos romances • Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
4a Semana • O projeto literário do romance indianista
• A prosa indianista de José de Alencar 3o Cap. 8 – Realismo
• A Revolução Industrial muda a face da Europa
Cap. 6 – O romance indianista
• Realismo: a sociedade no centro da obra literária
• Os índios chegam às páginas dos romances
5a Semana • O projeto literário do romance indianista • O projeto literário do Realismo
• A prosa indianista de José de Alencar • Portugal: atraso e estagnação
4a Semana
2o • Um início movimentado e polêmico...
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico • Antero de Quental: a “voz” da revolução
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras • Eça de Queirós e a destruição das ilusões românticas
• O projeto literário do romance regionalista • Um Brasil em crise
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros • Machado de Assis: um cético analisa a sociedade
6a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior
• Franklin Távora: cantor do Norte Cap. 9 – Naturalismo
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista • Novas perspectivas para a origem humana
• O teatro romântico • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Martins Pena e a comédia de costumes 5a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• O Naturalismo chega ao Brasil
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
• O projeto literário do romance regionalista • Um caso particular: Raul Pompeia
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros Cap. 9 – Naturalismo
7a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior • Novas perspectivas para a origem humana
• Franklin Távora: cantor do Norte • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista 6a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• O teatro romântico • O Naturalismo chega ao Brasil
• Martins Pena e a comédia de costumes • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
Cap. 7 – O romance regionalista. O teatro romântico • Um caso particular: Raul Pompeia
• Regionalismo: o Brasil literário amplia suas fronteiras
Cap. 9 – Naturalismo
• O projeto literário do romance regionalista
• Alencar e os heróis dos sertões brasileiros • Novas perspectivas para a origem humana
8a Semana • Visconde de Taunay e o patriarcado do interior • Naturalismo: a aproximação entre literatura e ciência
• Franklin Távora: cantor do Norte 7a Semana • O projeto literário do Naturalismo
• Bernardo Guimarães: o folhetim regionalista • O Naturalismo chega ao Brasil
• O teatro romântico • Aluísio Azevedo: o autor das “massas”
• Martins Pena e a comédia de costumes • Um caso particular: Raul Pompeia

Tabela_CP_Literatura-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:22


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 10 – Parnasianismo
Conteúdo Programático – 2016
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto”
• O projeto literário do Parnasianismo
1a Semana • Os parnasianos brasileiros Disciplina: Literatura Série: 1º ano Ensino: Médio
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas
• Outros parnasianos brasileiros Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 10 – Parnasianismo Cap. 1 – A estética romântica: idealização e arrebatamento
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto” Romantismo em Portugal
• O projeto literário do Parnasianismo • Dia de glória dos filhos da pátria
2a Semana • Os parnasianos brasileiros • O Romantismo: a força dos sentimentos
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas • O projeto literário do Romantismo
1a Semana
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas • Portugal: um país sem rei entra em crise
• Outros parnasianos brasileiros • Os primeiros românticos
• O Ultrarromantismo português
Cap. 10 – Parnasianismo • Uma mudança de olhar: o romance aproxima-se da
• O Parnasianismo: a “disciplina do bom gosto” realidade
• O projeto literário do Parnasianismo
3a Semana • Os parnasianos brasileiros Cap. 1 – A estética romântica: idealização e arrebatamento
Romantismo em Portugal
• Olavo Bilac, o poeta das estrelas
• Dia de glória dos filhos da pátria

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Raimundo Correia: as imagens mais sugestivas • O Romantismo: a força dos sentimentos
• Outros parnasianos brasileiros • O projeto literário do Romantismo
2a Semana
Cap. 11 – Simbolismo • Portugal: um país sem rei entra em crise
• O fim da era das revoluções • Os primeiros românticos
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real • O Ultrarromantismo português
4o • Uma mudança de olhar: o romance aproxima-se da
• O projeto literário do Simbolismo
4a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês realidade
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade Cap. 2 – Romantismo no Brasil. Primeira geração: literatura
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte e nacionalidade
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana • Uma corte em fuga
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro 3a Semana • O Romantismo no Brasil: o discurso da nacionalidade
• A poesia indianista da primeira geração
Cap. 11 – Simbolismo • O projeto literário da poesia da primeira geração
• O fim da era das revoluções • Gonçalves Dias: os índios, a pátria e o amor
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real 1o
• O projeto literário do Simbolismo Cap. 2 – Romantismo no Brasil. Primeira geração: literatura
5a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês e nacionalidade
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade • Uma corte em fuga
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte 4a Semana • O Romantismo no Brasil: o discurso da nacionalidade
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana • A poesia indianista da primeira geração
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro • O projeto literário da poesia da primeira geração
• Gonçalves Dias: os índios, a pátria e o amor
Cap. 11 – Simbolismo
• O fim da era das revoluções Cap. 3 – Segunda geração: idealização, paixão e morte
• O Simbolismo: o desconhecido supera o real • A segunda geração romântica: uma poesia arrebatada
• O projeto literário do Simbolismo • O projeto literário dos ultrarromânticos
5 Semana
a
6a Semana • Portugal: um país acuado pelo Ultimatum inglês • Casimiro de Abreu: versos doces e meigos
• Simbolismo português: entre a forma e a saudade • Álvares de Azevedo: ironia, amor e morte
• Simbolismo brasileiro: além do real e próximo da morte • Fagundes Varela: uma poesia de transição
• Cruz e Sousa: a transfiguração da condição humana Cap. 3 – Segunda geração: idealização, paixão e morte
• Alphonsus de Guimaraens: o místico mineiro • A segunda geração romântica: uma poesia arrebatada
• O projeto literário dos ultrarromânticos
6 Semana
a
• Casimiro de Abreu: versos doces e meigos
• Álvares de Azevedo: ironia, amor e morte
• Fagundes Varela: uma poesia de transição
Cap. 4 – Terceira geração: a poesia social
• Uma nação em busca de ordem
• O Condoreirismo: a poesia clama por liberdade
7 Semana
a
• O projeto literário da poesia da terceira geração
• Castro Alves: o último dos poetas românticos
• Sousândrade: a identidade americana

Tabela_CP_Literatura-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:22


Conteúdo Programático
Disciplina: Matemática I Série: 1o ano Ensino: Médio

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 1 – A linguagem dos conjuntos
1a Semana
• A linguagem dos conjuntos
• Operações com conjuntos
2a Semana • Problemas sobre quantidades de elementos de
conjuntos finitos
• Classificação dos números
3a Semana
• O eixo real
Cap. 2 – Introdução ao estudo das funções
4a Semana • Sistemas de coordenadas
1o
• O conceito de função
5a Semana • Construções gráficas e variação de uma função
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Cap. 3 – Complementos sobre a teoria geral das


funções
6 Semana
a
• Ampliação de uma notação e estudo da paridade
de funções
7a Semana • Composição de funções
8a Semana • Inversão de funções

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 4 – Função afim
1a Semana • Função afim
• Variação da função afim
2a Semana • Inequação-produto e inequação-quociente
Cap. 5 – Função quadrática
3a Semana • Função quadrática
• Otimização da função quadrática
4a Semana • Inequações polinomiais do 2o grau
2o
Cap. 6 – Função modular
5a Semana • Módulo de um número real
• A função modular
• Equações modulares
6a Semana
• Inequações modulares
Cap. 7 – Matemática financeira
7a Semana
• Porcentagem e aplicações
8a Semana • Juro

Tabela_CP_Matematica_I-1ano.indd 1 11/23/15 9:47 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 8 – Função exponencial
1a Semana • Introdução ao estudo da função exponencial
• Radiação em R
2a Semana • Potência de expoente real
3a Semana • A função exponencial
3o 4a Semana • Equação e inequação exponencial
Cap. 9 – Função logarítmica
5a Semana • Logaritmo
• Número de Neper e logaritmo neperiano
6a Semana • Função logarítmica
7a Semana • Equação e inequação logarítmica

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 10 – Sequências
1a Semana
• O conceito de sequência

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
2a Semana • Progressão aritmética (PA)

4o 3a Semana • Progressão aritmética (PA)


4a Semana • Progressão geométrica (PG)
5a Semana • Progressão geométrica (PG)
6a Semana • Progressão geométrica (PG)

Tabela_CP_Matematica_I-1ano.indd 2 11/23/15 9:47 AM


Conteúdo Programático
Disciplina: Matemática II Série: 1o ano Ensino: Médio

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 1 – Geometria plana
1a Semana
• Ângulos e polígonos
2a Semana • Teorema de Tales e semelhança de figuras
3a Semana • Circunferência e círculo
4a Semana • Cálculo de áreas
1o
Cap. 2 – Trigonometria no triângulo retângulo
5a Semana
• Estudo da trigonometria no triângulo retângulo
6a Semana • Estudo da trigonometria no triângulo retângulo
7a Semana • Transformações trigonométricas
8a Semana • Transformações trigonométricas
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 3 – A circunferência trigonométrica
1a Semana
• Unidades de medida de arco e de ângulo
2a Semana • Circunferência trigonométrica
3a Semana • Seno e cosseno de um arco trigonométrico
2o 4a Semana • Tangente de um arco trigonométrico
5a Semana • Equações trigonométricas
6a Semana • Equações trigonométricas
7a Semana • Inequações trigonométricas
8a Semana • Inequações trigonométricas

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 4 – Outras razões trigonométricas, adição
1a Semana de arcos e resolução de triângulos
• Secante, cossecante e cotangente
2a Semana • Identidades
3a Semana • Adição de arcos
3o 4a Semana • Adição de arcos
5a Semana • Arco duplo
6a Semana • Resolução de triângulos
Saiba Mais
7a Semana • “Fatoração da soma e da diferença de senos e
cossenos (transformação em produto)”

Tabela_CP_Matematica_II-1ano.indd 1 11/23/15 10:03 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 5 – Funções trigonométricas
1a Semana
• As funções seno e cosseno
2a Semana • As funções seno e cosseno
4o 3a Semana • Movimentos periódicos
4a Semana • Outras funções trigonométricas
5a Semana • Outras funções trigonométricas
6a Semana • Funções trigonométricas inversas

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Tabela_CP_Matematica_II-1ano.indd 2 11/23/15 10:03 AM


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo Conteúdo Programático
• O Futurismo
• O Expressionismo
4a Semana Disciplina: Múltiplas Linguagens Série: 1o ano Ensino: Médio
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
expressionistas para a arquitetura
• A Escola de Viena
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo Bimestre Semana Conteúdo Observações
• O Futurismo Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• O Expressionismo do século XIX
5a Semana
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e • A virada do século
expressionistas para a arquitetura • O nascimento da arte moderna
1a Semana
• A Escola de Viena • Impressionismo
3o • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo • Inovações na arquitetura
• O Futurismo • A música na virada de século
• O Expressionismo
6a Semana Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
expressionistas para a arquitetura do século XIX
• A Escola de Viena • A virada do século
• O nascimento da arte moderna
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo 2a Semana
• Impressionismo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• O Futurismo • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
• O Expressionismo • Inovações na arquitetura
7a Semana
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e • A música na virada de século
expressionistas para a arquitetura
Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• A Escola de Viena do século XIX
• A virada do século
• O nascimento da arte moderna
3a Semana
• Impressionismo
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
• Inovações na arquitetura
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • A música na virada de século
1a Semana • Dadaísmo
Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• Surrealismo do século XIX
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo 1o • A virada do século
2a Semana • Dadaísmo • O nascimento da arte moderna
4a Semana
• Surrealismo • Impressionismo
• Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Inovações na arquitetura
3a Semana • Dadaísmo • A música na virada de século
• Surrealismo
4o Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo nas artes
4 Semana • Dadaísmo
a
• Aspectos históricos, sociais e culturais
• Surrealismo • As duas vertentes pós-impressionistas
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Os nabis
5a Semana • Dadaísmo 5a Semana • Os fauves
• Várias tendências
• Surrealismo
• O Movimento Moderno na arquitetura
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz
6a Semana • Dadaísmo • Música no Brasil
• Surrealismo • A dança moderna
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações
nas artes
• Aspectos históricos, sociais e culturais
• As duas vertentes pós-impressionistas
• Os nabis
6a Semana • Os fauves
• Várias tendências
• O Movimento Moderno na arquitetura
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz
• Música no Brasil
• A dança moderna

Tabela_CP_Multiplas_Linguagens-1ano.indd 3 03/11/15 09:16


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na
nas artes literatura
• Aspectos históricos, sociais e culturais • Contexto histórico do Simbolismo
• As duas vertentes pós-impressionistas • A estética simbolista
• Os nabis • Simbolismo no Brasil
4 Semana
a
7a Semana • Os fauves • O teatro simbolista
• Várias tendências • O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo
• O Movimento Moderno na arquitetura • A modernização da escultura
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz • A arquitetura Art Nouveau
• Música no Brasil • A música na primeira metade do século XX
• A dança moderna
1o Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações • A origem das vanguardas históricas
nas artes • O contexto histórico das vanguardas
5a Semana
• Aspectos históricos, sociais e culturais • O Cubismo
• As duas vertentes pós-impressionistas • Picasso: a vitalidade de um gênio
• Os nabis • O Neoclassicismo musical do século XX
8a Semana • Os fauves
Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• Várias tendências 2o
• A origem das vanguardas históricas
• O Movimento Moderno na arquitetura
• O contexto histórico das vanguardas
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz 6 Semana
a
• O Cubismo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Música no Brasil
• Picasso: a vitalidade de um gênio
• A dança moderna
• O Neoclassicismo musical do século XX
Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• A origem das vanguardas históricas
• O contexto histórico das vanguardas
Bimestre Semana Conteúdo Observações 7 Semana
a
• O Cubismo
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na • Picasso: a vitalidade de um gênio
literatura • O Neoclassicismo musical do século XX
• Contexto histórico do Simbolismo Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• A estética simbolista • A origem das vanguardas históricas
• Simbolismo no Brasil • O contexto histórico das vanguardas
1 Semana
a
8 Semana
a
• O teatro simbolista • O Cubismo
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • Picasso: a vitalidade de um gênio
• A modernização da escultura • O Neoclassicismo musical do século XX
• A arquitetura Art Nouveau
• A música na primeira metade do século XX
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na
literatura Bimestre Semana Conteúdo Observações
• Contexto histórico do Simbolismo
• A estética simbolista Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
• Simbolismo no Brasil • O Futurismo
2 o
2 Semana
a
• O Expressionismo
• O teatro simbolista 1 Semana
a
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A modernização da escultura expressionistas para a arquitetura
• A arquitetura Art Nouveau • A Escola de Viena
• A música na primeira metade do século XX Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na • O Futurismo
literatura • O Expressionismo
3o 2 Semana
a
• Contexto histórico do Simbolismo • Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A estética simbolista expressionistas para a arquitetura
• Simbolismo no Brasil • A Escola de Viena
3a Semana
• O teatro simbolista Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • O Futurismo
• A modernização da escultura • O Expressionismo
• A arquitetura Art Nouveau 3 Semana
a
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A música na primeira metade do século XX expressionistas para a arquitetura
• A Escola de Viena

Tabela_CP_Multiplas_Linguagens-1ano.indd 5 03/11/15 09:16


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na
nas artes literatura
• Aspectos históricos, sociais e culturais • Contexto histórico do Simbolismo
• As duas vertentes pós-impressionistas • A estética simbolista
• Os nabis • Simbolismo no Brasil
4 Semana
a
7a Semana • Os fauves • O teatro simbolista
• Várias tendências • O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo
• O Movimento Moderno na arquitetura • A modernização da escultura
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz • A arquitetura Art Nouveau
• Música no Brasil • A música na primeira metade do século XX
• A dança moderna
1o Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações • A origem das vanguardas históricas
nas artes • O contexto histórico das vanguardas
5a Semana
• Aspectos históricos, sociais e culturais • O Cubismo
• As duas vertentes pós-impressionistas • Picasso: a vitalidade de um gênio
• Os nabis • O Neoclassicismo musical do século XX
8a Semana • Os fauves
Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• Várias tendências 2o
• A origem das vanguardas históricas
• O Movimento Moderno na arquitetura
• O contexto histórico das vanguardas
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz 6 Semana
a
• O Cubismo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Música no Brasil
• Picasso: a vitalidade de um gênio
• A dança moderna
• O Neoclassicismo musical do século XX
Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• A origem das vanguardas históricas
• O contexto histórico das vanguardas
Bimestre Semana Conteúdo Observações 7 Semana
a
• O Cubismo
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na • Picasso: a vitalidade de um gênio
literatura • O Neoclassicismo musical do século XX
• Contexto histórico do Simbolismo Cap. 4 – Século XX: início das vanguardas históricas
• A estética simbolista • A origem das vanguardas históricas
• Simbolismo no Brasil • O contexto histórico das vanguardas
1 Semana
a
8 Semana
a
• O teatro simbolista • O Cubismo
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • Picasso: a vitalidade de um gênio
• A modernização da escultura • O Neoclassicismo musical do século XX
• A arquitetura Art Nouveau
• A música na primeira metade do século XX
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na
literatura Bimestre Semana Conteúdo Observações
• Contexto histórico do Simbolismo
• A estética simbolista Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
• Simbolismo no Brasil • O Futurismo
2 o
2 Semana
a
• O Expressionismo
• O teatro simbolista 1 Semana
a
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A modernização da escultura expressionistas para a arquitetura
• A arquitetura Art Nouveau • A Escola de Viena
• A música na primeira metade do século XX Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
Cap. 3 – Tendências simbolistas e decorativas nas artes e na • O Futurismo
literatura • O Expressionismo
3o 2 Semana
a
• Contexto histórico do Simbolismo • Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A estética simbolista expressionistas para a arquitetura
• Simbolismo no Brasil • A Escola de Viena
3a Semana
• O teatro simbolista Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo
• O Simbolismo e sua relação com o Impressionismo • O Futurismo
• A modernização da escultura • O Expressionismo
• A arquitetura Art Nouveau 3 Semana
a
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
• A música na primeira metade do século XX expressionistas para a arquitetura
• A Escola de Viena

Tabela_CP_Multiplas_Linguagens-1ano.indd 5 03/11/15 09:16


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo Conteúdo Programático – 2016
• O Futurismo
• O Expressionismo
4 Semana
a
Disciplina: Múltiplas Linguagens Série: 1o ano Ensino: Médio
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
expressionistas para a arquitetura
• A Escola de Viena
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo Bimestre Semana Conteúdo Observações
• O Futurismo Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• O Expressionismo do século XIX
5 Semana
a
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e • A virada do século
expressionistas para a arquitetura • O nascimento da arte moderna
1a Semana
• A Escola de Viena • Impressionismo
3o • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo • Inovações na arquitetura
• O Futurismo • A música na virada de século
• O Expressionismo
6 Semana
a
Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e
expressionistas para a arquitetura do século XIX
• A Escola de Viena • A virada do século
• O nascimento da arte moderna
Cap. 5 – Vanguardas europeias: Futurismo e Expressionismo 2a Semana
• Impressionismo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• O Futurismo • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
• O Expressionismo • Inovações na arquitetura
7 Semana
a
• Conexões com a vanguarda: propostas futuristas e • A música na virada de século
expressionistas para a arquitetura
Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• A Escola de Viena do século XIX
• A virada do século
• O nascimento da arte moderna
3a Semana
• Impressionismo
Bimestre Semana Conteúdo Observações • Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
• Inovações na arquitetura
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • A música na virada de século
1a Semana • Dadaísmo
Cap. 1 – A renovação artística e cultural da segunda metade
• Surrealismo do século XIX
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo 1o • A virada do século
2a Semana • Dadaísmo • O nascimento da arte moderna
4a Semana
• Surrealismo • Impressionismo
• Arte brasileira no final do século XIX e início do XX
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Inovações na arquitetura
3a Semana • Dadaísmo • A música na virada de século
• Surrealismo
4o Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo nas artes
4 Semana • Dadaísmo
a
• Aspectos históricos, sociais e culturais
• Surrealismo • As duas vertentes pós-impressionistas
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Os nabis
5a Semana • Dadaísmo 5a Semana • Os fauves
• Várias tendências
• Surrealismo
• O Movimento Moderno na arquitetura
Cap. 6 – Dadaísmo e Surrealismo • Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz
6a Semana • Dadaísmo • Música no Brasil
• Surrealismo • A dança moderna
Cap. 2 – Rumo ao século XX: desdobramentos e inovações
nas artes
• Aspectos históricos, sociais e culturais
• As duas vertentes pós-impressionistas
• Os nabis
6a Semana • Os fauves
• Várias tendências
• O Movimento Moderno na arquitetura
• Nascimento e consolidação do blues, ragtime e jazz
• Música no Brasil
• A dança moderna

Tabela_CP_Multiplas_Linguagens-1ano.indd 3 03/11/15 09:16


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 11 – Resenha Conteúdo Programático
• Resenha: definição e usos
1 Semana
a
• Análise crítica: Produção de resenha
• Conexões Disciplina: Redação Série: 1o ano Ensino: Médio
Cap. 11 – Resenha
• Resenha: definição e usos
2 Semana
a
Bimestre Semana Conteúdo Observações
• Análise crítica: Produção de resenha
• Conexões Cap. 1 – Discurso e texto
Cap. 12 – Cartum e charge • As marcas ideológicas dos textos
1 Semana
a

• Cartum e charge: definição e usos • Discurso e texto: dois conceitos essenciais


3a Semana • O humor gráfico: painel de charges • O discurso no tempo: imagem do jovem
• Conexões Cap. 1 – Discurso e texto
4o • Procedimentos e recursos textuais • As marcas ideológicas dos textos
2 Semana
a

Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • Discurso e texto: dois conceitos essenciais


• Dissertação: definição e usos • O discurso no tempo: imagem do jovem
4 Semana
a
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 2 – A interlocução e o contexto
texto dissertativo-argumentativo • Os leitores dos textos
3 Semana
a

Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • O texto e seu contexto


• Dissertação: definição e usos • O perfil do leitor: produção de texto informativo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
5 Semana
a
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 2 – A interlocução e o contexto
texto dissertativo-argumentativo • Os leitores dos textos
4a Semana
Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • O texto e seu contexto
• Dissertação: definição e usos • O perfil do leitor: produção de texto informativo
6a Semana 1o
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 3 – Os gêneros do discurso
texto dissertativo-argumentativo • Uma definição de gênero
5 Semana
a
• Os tipos de composição
• Diversidade de gêneros: produção de painel
Cap. 3 – Os gêneros do discurso
• Uma definição de gênero
6 Semana
a
• Os tipos de composição
• Diversidade de gêneros: produção de painel
Cap. 4 – Relato oral e escrito
• Relato: definição e usos
7a Semana
• Experiências compartilhadas: produção de relato
• Conexões
Cap. 4 – Relato oral e escrito
• Relato: definição e usos
8 Semana
a
• Experiências compartilhadas: produção de relato
• Conexões

Tabela_CP_Redacao-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:19


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Leitura e gêneros do discurso Cap. 8 – Biografia
• Caminhos da leitura • Biografia: definição e usos
1 Semana
a
• A relação entre o contexto discursivo, os gêneros • Histórias de vida: produção de perfil biográfico
1a Semana e o sentido dos textos • Conexões
• O papel do leitor
Cap. 9 – Conto
• Aula de leitura: exercícios de interpretação de
• Definição e usos
textos
2a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
Cap. 5 – Leitura e gêneros do discurso mistério
• Caminhos da leitura • Conexões
• A relação entre o contexto discursivo, os gêneros
Cap. 9 – Conto
2a Semana e o sentido dos textos
• Definição e usos
• O papel do leitor
3a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
• Aula de leitura: exercícios de interpretação de
mistério
textos
• Conexões
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail
Cap. 9 – Conto
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
3a Semana 3o • Definição e usos
• Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
4a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
• Conexões
mistério
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail • Conexões

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
4 Semana
a Cap. 10 – Textos publicitários
2o • Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
• Textos publicitários: definição e usos
• Conexões 5 Semana
a
• A arte de persuadir: produção de anúncio
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail • Conexões
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
5 Semana
a Cap. 10 – Textos publicitários
• Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
• Textos publicitários: definição e usos
• Conexões 6 Semana
a
• A arte de persuadir: produção de anúncio
Cap. 7 – Diário e blog • Conexões
• Diário: definição e usos
Cap. 10 – Textos publicitários
6a Semana • Blog: definição e usos
• Textos publicitários: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal 7a Semana
• A arte de persuadir: produção de anúncio
• Conexões
• Conexões
Cap. 7 – Diário e blog
• Diário: definição e usos
7a Semana • Blog: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal
• Conexões
Cap. 7 – Diário e blog
• Diário: definição e usos
8a Semana • Blog: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal
• Conexões

Tabela_CP_Redacao-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:19


Bimestre Semana Conteúdo Observações Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 5 – Leitura e gêneros do discurso Cap. 8 – Biografia
• Caminhos da leitura • Biografia: definição e usos
1 Semana
a
• A relação entre o contexto discursivo, os gêneros • Histórias de vida: produção de perfil biográfico
1a Semana e o sentido dos textos • Conexões
• O papel do leitor
Cap. 9 – Conto
• Aula de leitura: exercícios de interpretação de
• Definição e usos
textos
2a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
Cap. 5 – Leitura e gêneros do discurso mistério
• Caminhos da leitura • Conexões
• A relação entre o contexto discursivo, os gêneros
Cap. 9 – Conto
2a Semana e o sentido dos textos
• Definição e usos
• O papel do leitor
3a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
• Aula de leitura: exercícios de interpretação de
mistério
textos
• Conexões
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail
Cap. 9 – Conto
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
3a Semana 3o • Definição e usos
• Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
4a Semana • A concisão narrativa: produção de conto de
• Conexões
mistério
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail • Conexões

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
4 Semana
a Cap. 10 – Textos publicitários
2o • Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
• Textos publicitários: definição e usos
• Conexões 5 Semana
a
• A arte de persuadir: produção de anúncio
Cap. 6 – Carta pessoal e e-mail • Conexões
• Carta pessoal e e-mail pessoal: definição e usos
5 Semana
a Cap. 10 – Textos publicitários
• Carta eletrônica: produção de e-mail pessoal
• Textos publicitários: definição e usos
• Conexões 6 Semana
a
• A arte de persuadir: produção de anúncio
Cap. 7 – Diário e blog • Conexões
• Diário: definição e usos
Cap. 10 – Textos publicitários
6a Semana • Blog: definição e usos
• Textos publicitários: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal 7a Semana
• A arte de persuadir: produção de anúncio
• Conexões
• Conexões
Cap. 7 – Diário e blog
• Diário: definição e usos
7a Semana • Blog: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal
• Conexões
Cap. 7 – Diário e blog
• Diário: definição e usos
8a Semana • Blog: definição e usos
• Diário virtual: produção coletiva de blog pessoal
• Conexões

Tabela_CP_Redacao-1ano.indd 4-5 03/11/15 09:19


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Cap. 11 – Resenha Conteúdo Programático – 2016
• Resenha: definição e usos
1 Semana
a
• Análise crítica: Produção de resenha
• Conexões Disciplina: Redação Série: 1o ano Ensino: Médio
Cap. 11 – Resenha
• Resenha: definição e usos
2 Semana
a
Bimestre Semana Conteúdo Observações
• Análise crítica: Produção de resenha
• Conexões Cap. 1 – Discurso e texto
Cap. 12 – Cartum e charge • As marcas ideológicas dos textos
1 Semana
a

• Cartum e charge: definição e usos • Discurso e texto: dois conceitos essenciais


3a Semana • O humor gráfico: painel de charges • O discurso no tempo: imagem do jovem
• Conexões Cap. 1 – Discurso e texto
4o • Procedimentos e recursos textuais • As marcas ideológicas dos textos
2 Semana
a

Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • Discurso e texto: dois conceitos essenciais


• Dissertação: definição e usos • O discurso no tempo: imagem do jovem
4 Semana
a
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 2 – A interlocução e o contexto
texto dissertativo-argumentativo • Os leitores dos textos
3 Semana
a

Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • O texto e seu contexto


• Dissertação: definição e usos • O perfil do leitor: produção de texto informativo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
5 Semana
a
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 2 – A interlocução e o contexto
texto dissertativo-argumentativo • Os leitores dos textos
4a Semana
Cap. 13 – Texto dissertativo-argumentativo I • O texto e seu contexto
• Dissertação: definição e usos • O perfil do leitor: produção de texto informativo
6a Semana 1o
• Exposição de um ponto de vista: produção de Cap. 3 – Os gêneros do discurso
texto dissertativo-argumentativo • Uma definição de gênero
5 Semana
a
• Os tipos de composição
• Diversidade de gêneros: produção de painel
Cap. 3 – Os gêneros do discurso
• Uma definição de gênero
6 Semana
a
• Os tipos de composição
• Diversidade de gêneros: produção de painel
Cap. 4 – Relato oral e escrito
• Relato: definição e usos
7a Semana
• Experiências compartilhadas: produção de relato
• Conexões
Cap. 4 – Relato oral e escrito
• Relato: definição e usos
8 Semana
a
• Experiências compartilhadas: produção de relato
• Conexões

Tabela_CP_Redacao-1ano.indd 2-3 03/11/15 09:19


Conteúdo Programático
Disciplina: Química I Série: 1o ano Ensino: Médio

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
1a Semana quantitativos
• Transformações Químicas
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
2a Semana quantitativos
• Transformações Químicas
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
3a Semana quantitativos
• Quantidades e Unidades
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
4a Semana quantitativos
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

• Quantidades e Unidades
1o
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
5a Semana quantitativos
• Balanceamento de equações por tentativa
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
6a Semana quantitativos
• Balanceamento de equações por tentativa
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
7a Semana quantitativos
• Balanceamento de equações por método algébrico
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
8a Semana quantitativos
• Balanceamento de equações por método algébrico

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
1a Semana
• Estequiometria
– Caso I – Relação massa-massa
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
2 Semana
a
• Estequiometria
– Caso I – Relação massa-massa
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
2o
3 Semana
a
• Estequiometria
– Caso II – Relação mol-mol
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
4a Semana
• Estequiometria
– Caso III – Relação massa-mol
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
5 Semana
a
• Estequiometria
– Caso IV – Relação massa-volume (CNTP)

Tabela_CP_Quimca_I-1ano.indd 1 11/4/15 9:16 AM


BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
6 Semana
a
• Estequiometria
– Caso IV – Relação massa-volume (CNTP)
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
2 o
7 Semana
a
• Estequiometria
– Caso V – Relação massa-no de partículas
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
8 Semana
a
• Estequiometria
– Caso V – Relação massa-no de partículas

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
1a Semana

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Estequiometria
– Rendimento de uma reação química
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
2 Semana
a
• Estequiometria
– Rendimento de uma reação química
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
3 o
3 Semana
a
• Estequiometria
– Reagente limitante e reagente em excesso
Cap. 1 – Reações químicas: aspectos qualitativos e
quantitativos
4a Semana
• Estequiometria
– Reagente limitante e reagente em excesso
5a Semana Saiba mais – Reações consecutivas
6a Semana Saiba mais – Reações envolvendo pureza de reagentes
7a Semana Saiba mais – Reações envolvendo pureza de reagentes

BIMESTRE SEMANA CONTEÚDO OBSERVAÇÕES


Cap. 2 – O estado gasoso
1a Semana
• Teoria cinética
Cap. 2 – O estado gasoso
2a Semana
• Leis dos gases
Cap. 2 – O estado gasoso
3a Semana
• Lei combinada e lei geral do estado gasoso
4o
Cap. 2 – O estado gasoso
4a Semana
• Leis de Dalton, Amagat e Graham
Cap. 2 – O estado gasoso
5a Semana
• Estequiometria envolvendo gases
Cap. 2 – O estado gasoso
6a Semana
• Estequiometria envolvendo gases

Tabela_CP_Quimca_I-1ano.indd 2 11/4/15 9:16 AM


Conteúdo Programático
Disciplina: Química II Série: 1o ano Ensino: Médio

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Capítulo 1 – As propriedades da matéria
• A matéria e suas propriedades
1 Semana
a
• Os estados físicos da matéria
• Transformações químicas
Capítulo 2 – Separação de misturas
• Tipos de materiais
2a Semana • Propriedades das misturas
• Separação de misturas heterogêneas
• Separação de misturas homogêneas
Capítulo 3 – A estrutura da matéria
• O desenvolvimento dos modelos atômicos
• A descoberta das partículas subatômicas
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

3 Semana
a
• O átomo
• A radioatividade
• Aplicações tecnológicas da radioatividade
Capítulo 3 – A estrutura da matéria
• O desenvolvimento dos modelos atômicos
• A descoberta das partículas subatômicas
4 Semana
a
• O átomo
1o • A radioatividade
• Aplicações tecnológicas da radioatividade
Capítulo 4 – Tabela periódica
• O desenvolvimento da tabela periódica
• A organização atual da tabela periódica
5a Semana • O modelo de Rutherford-Bohr
• Configuração eletrônica
• Os subníveis e os orbitais
• Propriedades periódicas
Capítulo 4 – Tabela periódica
• O desenvolvimento da tabela periódica
• A organização atual da tabela periódica
6a Semana • O modelo de Rutherford-Bohr
• Configuração eletrônica
• Os subníveis e os orbitais
• Propriedades periódicas
Saiba Mais (Capítulo 2)
7a Semana
• Alotropia
Saiba Mais (Capítulo 2)
8a Semana
• Números quânticos e princípios fundamentais

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Capítulo 5 – Ligações químicas
1a Semana • Fundamentos das ligações químicas
• Ligações iônicas
2o Capítulo 5 – Ligações químicas
2a Semana
• Ligações covalentes
Capítulo 5 – Ligações químicas
3a Semana
• Ligações metálicas

Tabela_CP_Quimca_II-1ano.indd 1 03/11/15 09:19


Bimestre Semana Conteúdo Observações
Capítulo 6 – Interações moleculares )
4a Semana
• Polaridade das ligações
Capítulo 6 – Interações intermoleculares
5a Semana
• Geometria molecular
Capítulo 6 – Interações intermoleculares
6a Semana
2o • Tipos de interações entre moléculas
Capítulo 6 – Interações intermoleculares
7a Semana • Interações intermoleculares e propriedades dos
compostos
Saiba Mais (Capítulo 6)
8a Semana
• Hibridação

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Capítulo 7 – Oxirredução
1a Semana
• Número de oxidação

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
Capítulo 7 – Oxirredução
2a Semana
• Reações de oxirredução
Capítulo 7 – Oxirredução
3a Semana
• Metalurgia
Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
propriedades químicas
4 Semana
a
3o • Princípios da Química inorgânica
• Soluções eletrolíticas
Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
5a Semana propriedades químicas
• Comportamento ácido-base
Saiba Mais (Capítulo 8)
6a Semana
• Classificação de ácidos
Saiba Mais (Capítulo 8)
7a Semana
• Classificação de bases

Bimestre Semana Conteúdo Observações


Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
1a Semana propriedades químicas
• Neutralização dos Sais
Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
2a Semana propriedades químicas
• Classificação dos Sais
Saiba Mais
3a Semana
• Nomenclatura de sais
4o
Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
4a Semana propriedades químicas
• Óxidos e classificação
Capítulo 8 – Os compostos inorgânicos e suas
5a Semana propriedades químicas
• Nomenclatura de óxidos
Saiba Mais
6a Semana
• Reações Inorgânicas

Tabela_CP_Quimca_II-1ano.indd 2 03/11/15 09:19


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos Conteúdo Programático
humanos
1a Semana • Primeiras palavras
• Democracia Disciplina: Sociologia Série: 1o ano Ensino: Médio
• Teoria democrática moderna
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos
humanos bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
2a Semana • Primeiras palavras Capítulo 1 – Produção de conhecimento: uma
• Democracia característica fundamental das
• Teoria democrática moderna sociedades humanas
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos • Primeiras palavras
humanos 1a Semana • As diferentes formas de conhecimento
3 Semana
a
• Ciência e senso comum: opostos ou
• Teoria democrática contemporânea
• Cidadania e direitos humanos complementares?
• A contribuição da Sociologia para a interpretação
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos da sociedade contemporânea
4o humanos
4 Semana
a
Capítulo 1 – Produção de conhecimento: uma
• Teoria democrática contemporânea
• Cidadania e direitos humanos característica fundamental das
sociedades humanas
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
• Primeiras palavras
humanos 2a Semana • As diferentes formas de conhecimento
• Democracia, cidadania e direitos humanos no • Ciência e senso comum: opostos ou
5a Semana Brasil complementares?
• Considerações sociológicas: Cidadania no Brasil • A contribuição da Sociologia para a interpretação
• Instrumento jurídico: Os direitos humanos no da sociedade contemporânea
Brasil
Capítulo 1 – Produção de conhecimento: uma
Capítulo 7 – Democracia, cidadania e direitos característica fundamental das
humanos sociedades humanas
• Democracia, cidadania e direitos humanos no • Os métodos de análise sociológica da realidade
6a Semana Brasil 1o
social
• Considerações sociológicas: Cidadania no Brasil • Métodos de investigação científica nas Ciências
• Instrumento jurídico: Os direitos humanos no 3a Semana Sociais
Brasil • A Sociologia e a interpretação da sociedade do
século XXI
• Considerações sociológicas: A produção do
conhecimento sociológico
• Instrumento jurídico: A Sociologia como
disciplina na Educação Básica
Capítulo 1 – Produção de conhecimento: uma
característica fundamental das
sociedades humanas
• Os métodos de análise sociológica da realidade
social
• Métodos de investigação científica nas Ciências
4a Semana Sociais
• A Sociologia e a interpretação da sociedade do
século XXI
• Considerações sociológicas: A produção do
conhecimento sociológico
• Instrumento jurídico: A Sociologia como
disciplina na Educação Básica

Tabela_CP_Sociologia-1ano.indd 2-3 30/10/15 10:08


bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 2 – A Sociologia e a relação entre o Capítulo 4 – Socialização e controle social
indivíduo e a sociedade • Controle social
5a Semana • Primeiras palavras • Considerações sociológicas: Sociedade do
• A relação entre indivíduo e sociedade: 7a Semana espetáculo e relacionamentos digitais entre
perspectivas sociológicas clássicas jovens
• Instrumento jurídico: O Estado e o
Capítulo 2 – A Sociologia e a relação entre o
desenvolvimento dos indivíduos
indivíduo e a sociedade 2o
6a Semana • Primeiras palavras Capítulo 4 – Socialização e controle social
• A relação entre indivíduo e sociedade: • Controle social
perspectivas sociológicas clássicas • Considerações sociológicas: Sociedade do
8a Semana espetáculo e relacionamentos digitais entre
Capítulo 2 – A Sociologia e a relação entre o
jovens
indivíduo e a sociedade
• Instrumento jurídico: O Estado e o
1o • A relação entre indivíduo e sociedade:
desenvolvimento dos indivíduos
perspectivas sociológicas contemporâneas
7a Semana
• Considerações sociológicas: Os dilemas da
construção da identidade na era da informação
• Instrumento jurídico: A Lei e a defesa dos direitos
individuais bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES
Capítulo 2 – A Sociologia e a relação entre o Capítulo 5 – Raça, etnia e multiculturalismo

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
indivíduo e a sociedade 1a Semana • Primeiras palavras
• A relação entre indivíduo e sociedade: • Preconceito, discriminação e segregação
perspectivas sociológicas contemporâneas
8a Semana Capítulo 5 – Raça, etnia e multiculturalismo
• Considerações sociológicas: Os dilemas da
• Raça, racismo e etnia: aspectos
construção da identidade na era da informação
socioantropológicos
• Instrumento jurídico: A Lei e a defesa dos direitos
• Multiculturalismo e ação afirmativa
individuais 2 Semana
a
• Considerações sociológicas: Um debate sobre
as cotas raciais.
• Instrumento jurídico: Ensino de História da África
bimestre Semana Conteúdo OBSERVAÇÕES e dos Negros no Brasil
Capítulo 5 – Raça, etnia e multiculturalismo
Capítulo 3 – Cultura e ideologia
• Raça, racismo e etnia: aspectos
• Primeiras palavras
1 Semana
a
socioantropológicos
• Cultura e vida social
• Multiculturalismo e ação afirmativa
• Cultura, ideologia e indústria cultural 3 Semana
a
• Considerações sociológicas: Um debate sobre
Capítulo 3 – Cultura e ideologia as cotas raciais.
• Primeiras palavras • Instrumento jurídico: Ensino de História da África
2 Semana
a
• Cultura e vida social e dos Negros no Brasil
• Cultura, ideologia e indústria cultural
3o Capítulo 6 – Poder, política e Estado
Capítulo 3 – Cultura e ideologia 4a Semana • Primeiras palavras