Você está na página 1de 4

1

CENTRO MONTESSORI DE
PESQUISAS PEDAGÓGICAS
AMERICANA-SP-BRASIL
cmpp@cmpp.com.br - - http://www.cmpp.com.br/

Curso de Instrumentação no
Material Didático
(apostilas de uso restrito a alunos de cursos do
CMPP)

006 CORES FUNDAMENTAIS


- OBJETIVO FORMATIVO GERAL:-
Todos os materiais para o desenvolvimento cromático
tem por objetivo formativo geral levar a criança a
observar e reconhecer as cores em diferentes tons, por
seus nomes corretos, no ambiente que a rodeia,
ajudando-a a expressar-se com exatidão,
universalidade e artisticamente.
II- MATERIAL DE ENFOQUE: -
1a caixa de cores fundamentais
III- NÍVEL NA ESCALA DO CMPP:-
A partir de 2,5 anos
IV-DESCRIÇÃO:-
Uma caixa, com seis plaquetas de madeira pintadas aos
pares, com as
cores
fundamentais:
azul, amarelo e
vermelho. Fica
a caixa na
2

estante dos materiais sensoriais. Nas laterais das


plaquetas existem rebordos por onde devem ser
manuseadas. Esse rebordos impedem que as plaquetas
se danifiquem com o tempo, pois a tinta utilizada é
comum e pode sofrer danos com os movimentos
abrasivos das mesma sobre a mesa ou tapete. Evita-se
dessa forma que as plaquetas precisem de ser
repintadas seguidamente.
V- OBJETIVO FORMATIVO PARCIAL:-
A criança deverá conhecer as cores fundamentais e
seus nomes corretos; treinar a pequena “pega”;
reconhecer as cores fundamentais nos objetos que
tenha sob sua visão.
VI- ESTRATÉGIAS:-
A Mestra leva a caixa para a mesa ocupada pelo aluno
ou para o tapete individual. Senta-se à direita da
criança. Pega cada uma das plaquetas (seis ao todo),
pelas laterais, usando os dedos polegar e médio,
tirando-os da caixa e depositando-os na mesa ou no
tapete sem fazer ruídos. Depois de todas retiradas,
mistura-as ao acaso. Apanha uma qualquer e a coloca
de lado. Em seguida procura uma outra plaqueta que
tenha a mesma cor, colocando-a ao lado da primeira
escolhida. Procedendo da mesma forma com as
demais, formará três pares identificados pelas cores
que possuem, já que nas dimensões são idênticas todas
as peças.
Após ter montado os pares dessa forma, volta a
misturar as peças e pede à criança que forme os pares.
Depois que ela fez isso, retorna as peças à caixa, uma a
3

uma, sempre tomando-as pelos rebordos laterais e


colocando-as aos pares montados.
Depois que a criança recolocou as plaquetas na caixa,
deve levá-la para o local de origem, ou seja, a estante
dos materiais sensoriais.
É uma atividade muito simples e fácil, que a maioria
das crianças faz sem problema algum. Contudo,
algumas erram e a Mestra não deve corrigir nesse
instante. Passados alguns dias, deve refazer a atividade
até que a criança consiga fazer o pareamento.
Quando a criança parear corretamente, a Mestra deve
introduzir os nomes das cores, usando a Lição dos Três
Tempos. Pega uma plaqueta qualquer e ensina o nome:
“isto é vermelho”. Mistura as peças e apanha
novamente a vermelha e pergunta: “o que é isto?”. Se
a criança respondeu acertadamente (“isto é vermelho”),
então volta a misturar as plaquetas e completa: “dê-me
o vermelho”.
Repete com mais uma das plaquetas. Se a criança
responder acertadamente em ambas, passa então a usar
a terceira plaqueta. Se não responder, ou se manifestar
desinteresse ou imaturidade ou falta de vontade em
aprender os nomes das plaquetas, não deve insistir. A
Mestra encerra o exercício para só voltar em outro dia.
Se a criança aprendeu os nomes das cores, a Mestra
deve pedir à criança que observe objetos do ambiente,
roupas, lápis, etc., onde as cores aprendidas aparecem.
A partir desse momento, sempre que a criança for
colorir algum desenho, a Mestra deve se referir às
cores pelos nomes corretos, para que ela os fixe na
estrutura mental.
4

VII- AVALIAÇÃO:-
O indicativo do objetivo alcançado é quando a criança
não titubeia nem vacila ao dar nome às cores, sabe
distingui-las no ambiente ou entre outras cores que
venha a encontrar. O sistema avaliatório deve incluir
também a forma como a criança pega as plaquetas,
como as retira da caixa e as coloca sobre a mesa ou
tapete, se usou os dedos corretamente e se guardou a
caixa no mesmo lugar onde se encontrava.

Interesses relacionados