Você está na página 1de 1

V SIMIbA Página inicial Sobre o V SIMIbA Convidados Inscrições no evento Normas para envio de trabalhos Submissão de trabalhos Mais

Programação

(Sujeita a alterações)

Dia 21/05

14h: Credenciamento

14h30: Apresentação de pôster

15h: Workshop 1: Musicologia (David Cranmer, Universidade Nova de Lisboa)

17h30: Abertura solene

18h: Palestra 1: Orphans were made into great musicians in Naples - Robert Gjerdingen (Northwestern University). Moderação: Mário Trilha (UEA)

19h30. Concerto. Orquestra Barroca do Amazonas

Dia 22/05

9h: Credenciamento

10h: Sessão de Comunicações 1, 2 e 3

12h: Recesso de almoço

14h: Workshop 1: Musicologia (David Cranmer, Universidade Nova de Lisboa)

Workshop 2: Canto (Alberto Pacheco, UFRJ)

16h: Intervalo: Lançamento de livros: "Música dispersa: apropiación, influencias, robos y remix en la era de la escucha digital", de Ruben Lopez Cano

16h30: Mesa Redonda 1: Interpretação musical no espaço luso-brasileiro . Moderação: Márcio Páscoa (UEA)

Curt Lange e o interesse pelos repertórios antigos: escolhas, valorização e interpretação - Edite Rocha (UFMG);

Canções brasileiras em cena - Alberto Pacheco (UFRJ);

Momentos para cravo de Edino Krieger: análise, contexto e questões interpretativas - Mário Trilha (UEA).

18h30: Palestra 2: A representação da flautista na arte grega: questões de gênero - José Geraldo Grillo (Unifesp). Moderação: Luciane Páscoa (UEA)

Dia 23/05

10h: Sessão de Comunicações 4, 5 e 6

12h: Recesso de almoço

14h: Workshop 2 - Canto (Alberto Pacheco, UFRJ)

Workshop 3 - Percussão corporal (Cristiane Otutumi, Unespar)

Workshop 4 - Análise Musical (Robert Gjerdingen, Northwestern University-USA)

16h: Intervalo e concerto. Fábio Ventura, piano

16h30: Mesa Redonda 2: Música e estudos culturais - Moderação: Allison Leão (UEA)

A construção imaginária da nação e suas representações de identidade: o caso do Choros nº 10 de Heitor Villa-Lobos - Ana Guiomar Rego (UFG);

Divas no cinema: interpretações iconográficas de cantoras de ópera em filmes - Paulo Kuhl (Unicamp);

Rítmicos, sagrados, profanos: a presença de representações de instrumentos musicais na arte brasileira - um olhar sobre a obra de Carybé na Bahia de
Todos os Santos - Maria José Spiteri (Unicsul).

18h30: Palestra 3: Pensar, sentir e tocar: aspectos da psicologia da música em pesquisas realizadas na UFBA - Diana Santiago (UFBA). Moderação:
Luciano Souto (UEA)

Dia 24/05

10h: Sessão de Comunicações 7, 8 e 9

Workshop 5 - Retórica de la música: análisis, interpretación, exégesis y performance musical (Ruben Lopez-Cano, Escola Superior de Música da
Catalunha)

12h: Recesso de almoço

14h: Workshop 3 - Percussão corporal (Cristiane Otutumi, Unespar)

Workshop 4 - Análise Musical (Robert Gjerdingen, Northwestern University-USA)

16h: Intervalo e concerto: Solistas da OBA: obras de Pedro Lopes Nogueira e Pedro Jorge Avondano

16h30: Mesa Redonda 3: Iconografia Musical - Moderação: Paulo Kuhl (Unicamp)

Música e Política no Brasil: uma visão iconográfica - Marcos Virmond (Unicamp);

Representações de cena na fotografia oitocentista: cantores em trânsito na Amazônia - Luciane Páscoa (UEA);

10 anos de Ridim-Brasil: retrospectiva e desafios - Pablo Sotuyo (UFBA)

18h30: Palestra 4: Retórica, corporalidad y teoría de los tópicos en la música de los siglos XVII y XVIII - Ruben Lopez Cano (Escola Superior de Musica da
Catalunha). Moderação: Luciano Souto (UEA)

Dia 25/05

10h: Sessão de Comunicações 10 e 11

10h: Workshop 5 - Retórica de la música: análisis, interpretación, exégesis y performance musical (Ruben Lopez-Cano, Escola Superior de Música da
Catalunha)

12h: Recesso de almoço

14h: Mesa Redonda 4 - Cognição e educação musical - Moderação: Caroline Caregnato (UEA)

Estudos de cognição na educação musical: um panorama sobre referenciais para os estudos sobre criatividade - Rosane Cardoso de Araújo (UFPR);

Relações entre ensino, aprendizagem e desenvolvimento musical na educação musical - Adriana Mendes (Unicamp);

O ensino de música a adultos sob o viés da experiência com a Percepção Musical - Cristiane Otutumi (Unespar).

16h: Intervalo e concerto: Silvanei Correia e Gabriel Lima (contrabaixo e viola); Guilherme Monteiro (violão)

16h30h: Palestra de encerramento: A música teatral luso-brasileira do período colonial: a edição possível - David Cranmer (UNL). Moderação: Márcio
Páscoa (UEA)

19h: Concerto de encerramento. Trio de violões da UEA (Nelson Cahyado, Luciano Souto e Márcio Carvalho)

Sessões de comunicação de pesquisa

Dia 22/05:

Sessão 1. Iconografia Musical I. Mediador: Pablo Sotuyo (UFBA)

Os filmes cantantes cenografados por Chrispim do Amaral: cinema e música – Savio Stocco e Ricardo Agum

Um paralelo iconográfico entre o tratado Syntagma Musicum de Michael Praetorius e pinturas sobre o Violone/Contrabaixo do século XVII – Bianca da
Silva Correia

Representações de mulheres na música: reflexões sobre quadro Hora da Música de Oscar Pereira da Silva – Tharine Cunha de Oliveira e Luciane Páscoa

Sessão 2. Análise I: Schematae e retórica. Mediador: Robert Gjerdingen (Northwestern University-USA)

Estratégias Comunicativas na obra sacra de André da Silva Gomes: retórica, tópicas, partimento e esquemas musicais – Ozório Christovam e Diósnio
Machado Neto.

O uso das Schematas na construção de temas na Abertura em Ré do Padre José Maurício Nunes Garcia – Ernesto Hartmann

Análise do segundo movimento do segundo concerto para clarinete e orquestra, de José Avelino Canongia, (Deuxième Concerto por la Clarinette avec
Orchestre) através dos passos do discurso retórico e análises de esquemas de contraponto – André Florentino

Sessão 3. Representações em Música. Mediador: Ana Guiomar Rego Souza (UFG)

Estudo sobre o aspecto gestual em Notas Irresponsáveis para trio de flautas transversais de Bruno Kiefer – Vinicius Dias Prates e Leonardo Winter.

Gracioso e Estudo X: uma análise sobre as correlações existentes entre as duas obras - Humberto Junqueira

Representando a batalha em tempos de cólera: Joaquim Félix Baxixa e a Batalha do Vimieiro – Felipe Novaes e Robson Bessa Costa

Dia 23/05:

Sessão 4. Análise II: Outras conexões com a Retórica: estética, história e sociologia. Mediador: Ruben Lopez Cano (ESMUC)

Da retórica e da doutrina ou teoria dos afetos na música barroca italiana – Robson Bessa Costa

Análise das figuras retóricas do Dueto II de Antonio Rodil (c.1730-1787) e uma breve reflexão sobre o contexto das relações de trabalho e possíveis
influências musicais – Arley Rodrigues

Domenico Dall’Oglio (c.1700-1764): Uma reflexão acerca do passado que não teve permissão de existir - Antonina Minenkova

Sessão 5. Análise e musicologia. Abordagens interpretativas. Mediador: Marcos Virmond (Unicamp/USC)

Uma análise interpretativa da sonata para contrabaixo e viola D-SWI Mus. 5185 de Johannes Matthias Sperger e a afinação vienense – Silvanei Correia
Lima e Edoardo Sbaffi

Análise formal, estilística e harmônica do concerto de violino a solo de José Palomino (1753-1810) – Francisco Jayme Cordeiro da Costa

Francisco Mignone, uma vida em canção – Agda Yumi Amaral e Mário Trilha

Sessão 6. Fontes portuguesas para musicologia, análise e interpretação. Mediador: Alberto Pacheco (UFRJ)

Precipício de Faetonte: reconstrução da parte de viola e canto da ária Se quer adorar-me a partir de análise documental e musical – Gabriel Sousa e Márcio
Páscoa

A Casta de Lições para Violino de Pedro Lopes Nogueira: um zibaldone português sob a ótica de 19 tutoriais de violino do séc. XVIII – Gustavo Medina e
Fausto Borém

Análise da modinha de Marcos Portugal Eu gosto muito d’Armenia (Raivas Gostosas) – Flávia Procópio e Mário Trilha

Dia 24/05:

Sessão 7. Iconografia e método. Mediador: José Geraldo Grillo (UNIFESP)

Estudo Iconológico da obra A Princesa Isabel de Aurélio de Figueiredo – Keyla Moraes Figueiredo e Luciane Páscoa

Erwin Panofsky na Contemporaneidade e o Significado da Instalação Mujawara – Cláudio Batista e Luciane Páscoa

A pós-modernidade e a produção de Otoni Mesquita na década de 1980 – Karen Rafaela da Silva Cordeiro e Luciane Páscoa

Sessão 8. Outros cenários. Mediador: Edite Rocha (UFMG)

“SULICÍDIO”: a ruptura da hegemonia do eixo RJ-SP no cenário do RAP Brasileiro – Fábio da Silva Moura e Talita Menezes de Souza

Cifragem analítica para sistemas musicais tonais, modais e tonais/modais – Angelo Nonato Natale Cardoso

O Processo de arranjo de trio para flauta solo: estudo de caso do pasillo andino colombiano “Sincopando” – Gina Arantxa Arbelaez Hernández e Leonardo
Winter.

Sessão 9. Música, imagem e outras artes performativas. Mediador: Maria José Spiteri (UNICSUL)

A Presença de José de Lima Penante e a Memória dos Teatros de Manaus no Período Imperial – Thais Vasconcelos e Márcio Páscoa

Artes Performativas e Visuais: diálogos intertextuais e estéticos - Francisco Rider Pereira da Silva e Luciane Páscoa

Um estudo em duas estações: A Sagração da Primavera de Nijinsky (1889-1950) e a Sagração de Fantasia (1940) – Rayssa Oliveira e Silva

Dia 25/05:

Sessão 10. Questões interpretativas. Mediador: Diana Santiago (UFBA)

Graus de abertura - Indeterminação e Improvisação em Mutationen III de Cláudio Santoro – Fábio Ventura

O repertório das cordas dedilhadas pela perspectiva sócio-cultural: transculturação na prática interpretativa das violas (guitarras) de cinco ordens –
Luciano Souto

A hipnose como ferramenta para diminuir o nervosismo do músico em sua performance em público – Tito Esteves e Caroline Caregnato

Sessão 11: Música e Educação. Mediador: Cristiane Otutumi (UNESPAR)

Uma Análise sobre o papel da educação musical no Brasil: Dos Jesuítas ao início da República – Daniele Silva de Almeida e Caroline Caregnato

Reflexões a respeito dos saberes pedagógicos de professores de música atuantes em Manaus – Natália Guedes Gama e Caroline Caregnato

Espaços para o ensino de música em Manaus: um levantamento realizado com candidatos a um curso de extensão – Maira Dessana Ferreira da Silva e
Mario André Vlaxio Lopes

Criado com o novo Google Sites, uma forma simples de criar sites incríveis. Criar um site Denunciar abuso