Você está na página 1de 21

5 Qigong Animal

Qigong da Saúde - Wu Qin Xi - As Cinco


Frolicas Animais
Breve históriaWu Qin Xi (五 禽 戏) - Os Cinco Frolicos Animais
podem ser considerados como a forma mais antiga de Qigong
Médico na história chinesa, que remonta à Dinastia Han
Oriental (25-220).
A criação de Wu Qin Xi foi atribuída ao famoso médico e
cirurgião chinês Hua Tuo (110-207), que tinha grande
habilidade como cirurgião, acupunturista, fitoterapeuta e
conhecimento da anatomia humana. Ele também é acreditado
para ser a primeira pessoa no mundo a ter desenvolvido o uso
de anestesia.

Além de tratar seus pacientes quando


estavam doentes, Hua Tuo também
recomendava exercícios físicos para as
pessoas como método de reabilitação,
recuperação e, principalmente, de
prevenção. Wu Qin Xi é um conjunto de
exercícios Daoyin (alongamento
profundo) e Tu Na (respiração
profunda) imita as ações dos animais
com base nos hábitos do tigre, veados,
ursos, macacos e pássaros . Embora o perfil e o valor de Wu Qin Xi permanecessem altos
durante a história da China e da população chinesa em todo o mundo, a falta de
documentos ilustrados que sobreviveram às mudanças de turbulência da China e
do mundo significa que muitas versões diferentes de Wu Qin Xi são inevitável.
Saúde Qigong Wu Qin Xi, um dos Saúde Qigong série, é um novo desenvolvimento
com o apoio da Associação Chinesa de Saúde Qigong para incorporar a essência
do tradicional Wu Qin Xi com abordagem física equilibrada e trazer boa saúde e
bem estar para as pessoas que vivem no 21 r século. Apresenta o conceito
científico e o caráter do tempo moderno o suficiente, e está de acordo com os
princípios tradicionais de regular o corpo, a respiração e a mente
em Qigong . Como resultado, ele atende às necessidades das pessoas para
promover sua saúde.
Jogo de Tigre (虎 戏) 5 Qigong Animal
O tigre é o governante das profundas montanhas selvagens da China. Ele
representa força e coragem nas artes marciais tradicionais chinesas e o espírito de
Tiger sempre forneceu uma profunda fonte de inspiração no folclore chinês e na
produção teatral.
O Tiger Play consiste em duas rotinas: Levante as garras do tigre e apreenda a
presa.
Levante as Garras do Tigre (虎 举)
Posição Pronta
Fique à vontade com os braços pendendo frouxamente, os pés juntos para a
frente. Resolva a mente para um estado calmo e pacífico de concentração.

1. Sair para a esquerda em posição paralela na largura dos ombros, centralizar o


peso corporal. Forme a Garra do Tigre em ambas as mãos, espalhando 10
dedos para fora e flexionando as articulações dos dedos naturalmente. Os
olhos olham para baixo enquanto observam as garras se formarem. (foto 1)
2. Continuando, desenvolva as garras em dois punhos e levante os punhos
lentamente para cima, para a frente dos ombros (fotos 2-3).
3. Solte os punhos e levante as palmas das mãos o máximo possível, depois
forme as garras novamente. Os olhos acompanham o movimento das mãos
(fotos 4 e 5).
4. Aperte os punhos novamente com os olhos observando a mudança (foto 5).
5. Abaixe os punhos para a frente dos ombros e solte os punhos nas palmas das
mãos, depois pressione para baixo e baixe o abdômen para o lado (fotos 6 e 7)

Repita 1-5 vezes três vezes. Inspire ao levantar os punhos / palmas para cima e
expire ao abaixar os punhos / palmas para baixo. Concentre a mente no calcanhar
das palmas das mãos ao empurrar para cima até o topo e pressionar para baixo
com as palmas das mãos. Imagine que seus movimentos estão se encontrando
contra a resistência e a extensão do corpo está conectada através de cada seção
da coluna, da cintura, dos quadris e das pernas até a base dos pés.
Tiger aproveita sua presa (虎 扑)

1. Continuando a partir da posição anterior, ambos os punhos cerrados


frouxamente do lado e levantam-se para a frente dos ombros (foto 8)
2. O corpo saltou para a frente como se o tigre saltasse para frente, com ambos
os braços estendidos para fora e as palmas das mãos formando garras de tigre
ao mesmo tempo. A cintura deve estar reta sem curvatura, pois isso permitirá
que o alongamento profundo seja concluído das garras até o osso da cauda em
uma linha reta. Olhos olhando para a frente (veja foto 9).
3. Continuando, semelhante à maneira como os gatos flexionam as costas,
flexionando o corpo dos joelhos, quadris e abdômen para o meio das costas e
parte superior das costas enquanto coça as garras para o lado dos joelhos, os
olhos olham levemente para baixo (foto 10).
4. Continue flexionando as costas, depois estenda o joelho e mova os quadris, o
abdômen para frente e a parte superior do corpo incline-se para trás. Ao
mesmo tempo, as mãos formam punhos ocos e elevam-se ao longo do lado do
corpo até o nível do peito (foto 11). Olhos olhem para frente.
5. Levante o joelho esquerdo enquanto as mãos continuam a subir ao nível do
ombro (foto 12)
6. Continuando, mantendo o peso corporal para trás, saia do calcanhar esquerdo
e forme a postura vazia. Ao mesmo tempo, os punhos ocos se abrem para
formar as garras do Tigre e se estendem para frente e para baixo até o lado dos
joelhos - imagine um tigre atacando sua presa. Olhos olhando diagonalmente
para baixo (foto 13)
7. Volte para a posição paralela e as mãos formam punhos ocos, retorne à posição
reparatória (foto 14).

8-14 Repetir os movimentos 1-7, exceto com a posição vazia correta ao agarrar
sua presa (fotos 15-20)
Repita o Tiger Aprisiona sua Presa pelo menos uma vez de cada lado e aumenta a
repetição sempre que possível em sua prática, para fortalecer o músculo da perna,
a força abdominal e a parte inferior das costas. Inspire nos movimentos 1 e 3/4 e
expire no movimento 2 e 5/6.
O movimento completo de flexão do corpo com o agachamento com os joelhos, o
contato com o abdômen e o tórax, estendendo os joelhos, empurrando o quadril
para a frente e abdômen e inclinando para trás o corpo deve ser feito suavemente
e continuamente como uma onda.
A captura de suas presas para baixo deve ser feita suavemente primeiro, mas
gradualmente mais vigorosamente com uma inspiração mais rápida e profunda
de Dantian , abraçando o espírito feroz e corajoso do Tigre.
Benefícios para a saúde
O alongamento profundo nos braços ajudará a soltar os ombros, levantando as
costelas e beneficiando o movimento dos pulmões. Os movimentos de flexão e
extensão podem melhorar muito a flexibilidade da coluna, livrando-se da rigidez
muscular ao longo da coluna vertebral e mantendo a função saudável do tronco.
Os praticantes sábios também devem estar cientes de que além de toda extensão
física e contração dos movimentos, é o impacto interno desses movimentos que
traz o benefício de cura a longo prazo. Em particular, o movimento de flexão e
flexão na Coluna Vertebral ajudará a ativar os meridianos ao longo do Dumai
(canal dominante) que se estende ao longo da linha média posterior e Renmai
(canal de concepção) que se estende ao longo da linha média anterior. o fluxo
suave de Qi e sangue e promover o equilíbrio do Yin e Yang em nosso corpo.
Download gratuito em pdf deste e de outros exercícios de qigong: Downloads
gratuitos
Autor: Faye Li Yip
Imagens: Ronnie Robinson

Five-Animal Frolics
Source: Shanghai Daily | February 26, 2017, Sunday | PRINT EDITION

ONE of the outstanding features of the traditional Chinese martial arts is imitating animal
movements. This is because, Chinese martial artists believed in the past — and still do today —
that we humans have lost or have never developed certain natural instincts, senses and
fighting abilities that other animals possess in order to survive in the wild.

By imitating animal movements, martial arts practitioners intend to regain or develop certain
animal fighting techniques and spirit to fight against other men.
The first set of animal-imitating exercises came into being about 2,000 years ago. It was called
Wu Qin Xi or Five-Animal Frolics, created by Hua Tuo (circa 140-208 AD) as a form of
therapeutic qigong or chi kung.

Hua was a famous physician in the later years of the Eastern Han Dynasty (25-220 AD). He is
widely known as the first doctor in the traditional Chinese medicine to invent some anesthetic
herbal formulas and the first surgeon to conduct abdominal operations.

Hua Tuo was born in today’s Bo County in eastern China’s Anhui Province. His father died
when Hua was only seven. Then, he lived with his mother in abject poverty. In order to survive
and enable her son to have a career, the mother sent young Hua to study medicine from a
local folk doctor.

The master first assigned the boy to learn filling the prescriptions with other elder apprentices.
But, the boy was frequently bullied by his fellow apprentices because of his young age. He was
even denied the use of Chinese scales, thus making his job almost mission impossible.

However, through diligent practice, the boy later learned to accurately measure the weight of
herbals and other pharmaceutical ingredients just using his hands.

The master was impressed by the boy’s diligence and ingenuity, so he decided to teach him all
the skills he knew. Soon, Hua became an expert in fields such as acupuncture, physiotherapy,
gynecology, pediatrics and surgery.

Later, Hua also created the Five-Animal Frolics qigong exercises to help people improve their
physical and mental health.

Alguns historiadores apontaram que os exercícios de imitação de animais no país datam de


cerca de 300 aC, quando Chuang-tzu, um antigo filósofo chinês e representante-chave do
taoísmo, escreveu em seu livro que “andando como um urso e esticando o pescoço como um
pássaro para alcançar a longevidade. ”
No entanto, todos concordam que foi Hua Tuo quem desenvolveu o primeiro conjunto
completo de exercícios de qigong imitando animais na China.
Um dos excelentes discípulos de Hua, Wu Pu, praticava as Cinco-Animais Frolics todos os dias
e viveu por mais de 100 anos. Em seu livro, intitulado "O clássico dos cinco animais", Wu citou
seu professor dizendo que o corpo humano precisa de exercícios, mas nunca deve ser feito até
o ponto de exaustão.
“Agora, criei a arte chamada Frolics dos Cinco Animais, imitando os movimentos de tigre,
veado, urso, macaco e pássaro.
“Ele elimina a doença, beneficia as pernas e também é uma forma do Tao Yin (exercício
corporal de flexão e alongamento).
“Se você se sentir mal, apenas pratique uma das minhas Frolics. Um suor suave irá exsudar, a
pele ficará rosada; o corpo se sentirá relaxado e você começará a desenvolver um apetite ”.
Mais tarde, muitas outras formas de qigong e artes marciais introduziram o conceito de
imitação do movimento dos animais.
Por exemplo, muitos artistas marciais acreditam que o Xingyiquan ou o Shape-Will Boxing, a
mais antiga das artes marciais internas de Wudang, foi criado em imitação das técnicas de luta
e do espírito de 12 animais, incluindo os cinco animais dos Frolics de Hua.
Devido à sua saúde preservando benefícios e fácil de fazer, divertido-para-práticas rotinas,
Five-Animal Frolics ainda é praticado hoje por um grande número de pessoas, não só na
China, mas também em muitos outros lugares do mundo como bem.
Em 2011, o governo chinês incluiu as antigas Frolics de Hua na lista de proteção do país de
heranças culturais nacionais.

AGORA E DEPOISCINCO ANIMAIS QI


GONG
Desenvolvido em 145 - 208, Wu Qin Xi usa imitações de animais como base para a prática de Qi Gong. Os 5 animais
são; tigre, veado, urso, macaco e pássaro. Nós imitamos as características, o espírito e os movimentos físicos de cada
animal para proporcionar equilíbrio mental e facilidade física, ajudando especificamente a respiração, digestão, circulação,
flexibilidade das articulações, saúde da coluna, força nas pernas, emoções niveladas, clareza, fadiga e nervosismo e
ansiedade. Existem dois movimentos por animal para praticar, cada movimento ajuda a desbloquear canais meridianos no
corpo e a soltar áreas de contração e tensão. Cada animal também se relaciona com um dos cinco corpos e cinco órgãos
internos yin e cinco yang. Wu Qin Xi é promovido pela Associação Chinesa de Saúde Qi Gong. Veja a página completa
de recursos aqui.

Live Online Cinco Animais Qigong Tuition


A instrutora Nicola é apaixonada por compartilhar o qigong com seus alunos. Ela oferece aulas particulares on-line ao vivo
usando o Skype e / ou a chamada de vídeo do Facebook. Ensinando a você antigos movimentos taoístas que o ajudarão em
uma prática regular de qigong. Esse tipo de aula é personalizado para suas necessidades e experiências. Iniciantes são
encorajados, este serviço está aberto a todos. Visite a seção de Qigong na loja virtual para agendar sua aula.

A prática de Qigong de cinco animais

Abaixo estão descritos os benefícios do conjunto Cinco Animais Qi Gong, considerando a Medicina Tradicional Chinesa
(MTC) e a saúde física e mental.

Ajustar a respiração

1. Tiger
5 Animal Qigong
Health Qigong – Wu Qin Xi – The Five Animal
Frolics
Brief HistoryWu Qin Xi (五禽戏) – The Five Animal Frolics can be regarded as the
earliest form of Medical Qigong in Chinese history, dating back to Eastern Han
Dynasty (25-220).
The creation of Wu Qin Xi was attributed the famous Chinese Physician and
Surgeon Hua Tuo (110-207) who had great skills as a surgeon, acupuncturist,
herbalist and knowledge of human anatomy. He is also believed to be the first
person in the world to have developed the use of anaesthesia.

Besides treating his patients when they were ill, Hua Tuo was also keen
to recommend physical exercises for people as a method of
rehabilitation, recovery, and most importantly for prevention. Wu Qin Xi
is a set of Daoyin (deep stretching) and Tu Na (deep breathing) exercise
imitates the actions of animals based on the habits of the tiger, deer, bear,
monkey and bird. Although the profile and value of Wu Qin Xi remained high through the
history of China and Chinese population around the world, the lack of illustrated
documents that survived the turbulence changes of China and indeed the world,
means that many different version of Wu Qin Xi is inevitable.
Health Qigong Wu Qin Xi, one of Health Qigong series, is a new development with
the support of Chinese Health Qigong Association to embody the essence of the
traditional Wu Qin Xi with balanced physical approach and bring good health and
well being for people living in the 21stcentury. It presents the scientific concept and
the character of the modern time sufficiently, and accords with the traditional
principles of regulating the body, breath and mind in Qigong. As a result, it fits the
needs of people to promote their health.
Tiger Play (虎戏) 5 Animal Qigong
Tiger is the ruler of the deep wild mountains of China. It represents strength and
courage in traditional Chinese martial arts and the spirit of Tiger has always
provided a deeply profound source of inspiration on Chinese folklore and theatrical
production.
The Tiger Play consists of two routines: Raise the Tiger’s Claws & Seizing the Prey.

Raise the Tiger’s Claws (虎举)


Ready Position
Stand at ease with arms hanging loosely, feet together forward. Settle the mind
into a calm, peaceful state of concentration.
1. Step out to left into parallel stance at shoulder width, centralise the body
weight. Form Tiger’s Claw in both hands by spreading 10 fingers out and flexing
the fingers joints naturally. The eyes look downwards whilst watching the claws
form. (pic 1)
2. Continuing on, develop the claws into two fists and raise the fists slowly
upwards to the front of the shoulders (pics 2-3).
3. Unclench the fists and raise the palms upwards as far as possible then form the
claws again. Eyes follow the movement of the hands (pics 4 & 5).
4. Clench the fists again with eyes watching the change (pic 5).
5. Lower the fists to the front of the shoulders and unclench the fists into palms,
then press down passing lower abdomen return to the side (pics 6 & 7)

Repeat 1-5 three times. Inhale as you raise the fists/palms upwards and exhale
when you lower the fists/palms downwards. Focus the mind on the heel of the
palms when pushing upwards to the top and pressing downwards with palms.
Imagine your movements are meeting against resistance and the extension of the
body is connected through each section of the spine, the waist, the hips, and legs
all the way to the bottom of the feet.

Tiger Seizes its Prey (虎扑)


1. Continuing on from the previous position, both fist loosely clenched from the
side and raise to the front of the shoulders (pic 8)
2. The body sprung forward as if the tiger leaps forward, with both arms extend
straight out and palms forming tigers claw at the same time. The waist should
be straight without hunching as this will allow the deep stretch to complete
from the claws through to tail bone in one straight line. Eyes looking straight
ahead (see pic 9).
3. Continuing on, similar to the way cats flexing its back, flexing the body from the
knees, hips, and abdomen then to mid back and upper back while scratching
back and downward the claws towards the side of the knees, eyes look slightly
downwards (pic 10).
4. Continue to flex the back, then extend the knee, and move hips, abdomen
forward and the upper body inclines backwards. At the same time hands form
hollow fists and raise along side of the body to the chest level (pic 11). Eyes
look ahead.
5. Raise the left knee while hands continue to rise to shoulder level (pic 12)
6. Continuing on, keeping the body weight back, step out the left heel and form
left empty stance. At the same time hollow fists open to form Tiger claws and
extend forward and downwards to the side of the knees – imagine a tiger
pouncing on its prey. Eyes looking diagonally downwards (pic 13)
7. Step back to parallel stance and hands form hollow fists, return to reparatory
position (pic 14).

8-14 Repeat movements 1-7 except with right empty stance when seizing its prey
(pics 15-20)
Repeat Tiger Seizes its Prey at least once on each side, and increase the repetition
wherever possible in your practice, to strengthen the leg muscle, abdominal
strength and the lower back. Inhale on movement 1 and 3/4 and exhale on
movement 2 and 5/6.
The complete flexing movement of the body with squatting with the knees,
contacting the abdomen and chest then extending the knees, thrusting the hip
forward and abdomen and backwards inclination of the body should be done
smoothly and continually like a wave.
The downward seizing of its prey should be done gently first, but gradually more
vigorously with faster and deeper inhalation from Dantian, embracing the fierce
and brave spirit of the Tiger.
Health Benefits
The deep stretching on the arms will help loosening up the shoulders, lifting up the
rib cage and benefit movement of the lungs. The bending and extending
movements can greatly improve the flexibility of the spine, getting rid of muscle
stiffness along the spinal column and maintaining healthy function of the torso.
Wise practitioners should also be aware that beyond all physical extension and
contraction of the movements, it is internal impact of these movements that bring
the healing benefit for the long term. In particular, the bending and flexing
movement on the Spinal Column will help to activate the meridians along the
Dumai (governing channel) which extends along the posterior midline and Renmai
(conception channel) which extends along the anterior midline, keep the blockage
free, ensure the smooth flow of Qi and blood and promote the balance of Yin and
Yang in our body.
Free pdf download of this and other qigong excercises: Free Downloads
Author: Faye Li Yip
Images: Ronnie Robinson
O Qigong Cinco Animais
Por: Jusuf Hariman *
Recentemente, passei cinco semanas na República Popular da China para explorar os antigos
exercícios terapêuticos chineses: o QIGONG, que no passado era estreitamente relacionado às artes
marciais chinesas. A viagem foi relatada na edição de agosto de 1982 do AUSTRALIAN
JOURNAL OF TRANSPERSONAL PSYCHOLOGY (Hariman, 1982a). Citei ainda o Dr. Ho Guo
Liang, do Chinese Medical College de Guangzhou, que explicou que existem dois tipos de Qigong:
o Qigong INTERNO e o Qigong EXTERNO. O primeiro, por sua vez, é divisível no tipo ATIVO e
PASSIVO. No oeste, o mais conhecido do tipo ativo é TAI CHI CHUAN, enquanto que para o tipo
passivo: MEDITAÇÃO.
Eu realmente vi muito na China e conheci algumas autoridades no campo de Qigong.Nenhum dos
tipos ativos de Qigong interno me intriga mais que os CINCO ANIMAIS REPRODUZEM
QIGONG. Neste artigo, gostaria de descrever o Qigong do Five Animals Play de tal maneira que
psicólogos clínicos educados no ocidente, psiquiatras clínicos e afins possam explorá-lo e testá-lo
clínica e experimentalmente.
INDICAÇÕES E CONTRA-INDICAÇÕES:
De acordo com a tradição, a primeira formulação do Five Animals Play deveu-se ao célebre
cirurgião Hua-to da dinastia Han (século II dC), que foi o primeiro a usar anestésicos para remover
o veneno do braço de Kuan-ti, o deus da guerra e patrono da dinastia Ch'ing (Berk, 1979 p 57).
Hua - primeiro experimentou a idéia do Jogo dos Cinco Animais quando descobriu que os animais
pareciam possuir uma CAPACIDADE DE AUTO-CURA ESPONTÂNEA, que pode ser ativada e
sistematicamente utilizada através de certos RITUAIS e MOVIMENTOS. O método foi
subseqüentemente refinado por médicos chineses sucessores - um processo que continua hoje em
dia.
Durante os Cinco Animais, o praticante não apenas imita os movimentos de tigre, urso, veado,
guindaste e macaco, mas, mais significativamente, ele assume a personalidade de cada animal por
sua vez. De fato, do ponto de vista fenomenológico, o praticante TORNA-SE A
PERSONALIDADE QUE ASSUME.
Hua-para descobrir ainda que a suposição tem EFEITOS CURATIVOS de acordo com a
personalidade assumida:
"TIGER": ..........: Pulmão (sistema respiratório), peito.
"URSO": ..........: Rim.
"CERVOS": ..........: Fígado.
"CRANE": ......: Coração (Circulação Sanguínea).
"MACACO": ...: Estômago.
(: .........: = tem o poder de curar doenças relacionadas a)
Além disso, durante o processo, a consciência do praticante de si mesmo (psicologicamente e
fisicamente) será tão elevada que, se ele deixar de lado, seus dedos e mãos manipularão
automaticamente e espontaneamente os pontos de acupuntura apropriados. Ele também irá se
comportar de maneira curativa.
Um dos meus informantes (1) relatou o seguinte incidente: Um homem veio com uma muleta,
devido a uma lesão em um de seus joelhos. Durante o Jogo dos Cinco Animais, ele bateu no joelho
machucado repetidas vezes, e tão duramente, que "todos nós estávamos com medo de que isso
agravasse a condição. Pelo contrário, nós realmente testemunhamos uma melhora gradual. Depois,
digamos, mês passado, ele foi capaz de andar sem uma muleta ".
Na República Popular da China, o Five Animals Play é dito ser útil para todos os tipos de condição
(psicológica e física). É usado como modalidade única ou adjunta de outras terapias (acupuntura,
medicina ocidental, etc), conforme a situação determina.
Segundo a medicina tradicional chinesa, o Qigong dos Cinco Animais também possui VALOR
DIAGNÓSTICO. Se a saúde do praticante estiver 100% ok, ele executará a suposição na ordem
correta. Caso contrário, há algo errado.
Uma palavra de cautela. Sustenta-se firmemente que o Jogo dos Cinco Animais deve ser estudado
apenas sob a instrução pessoal direta e individual de um mestre experiente, pois 1/1000 da
população é tão suscetível, que a instrução errada pode causar danos psíquicos consideráveis. Foi-
me dado, por exemplo, alguém que fez tudo sozinho e não foi capaz de parar a suposição
corretamente. Ela está agora em um hospício, e está fora de contato com a realidade na maior parte
do tempo.
O Five Animals Play é estudado nas várias instituições da República Popular da China. Em
Guangzhou, é extensamente pesquisado, por exemplo, no INSTITUTO DE CULTURA FÍSICA DE
GUANGZHOU, sob a direção do Sr. Liang Shi Feng, um famoso mestre de Qigong. A pesquisa é
sistemática, e instrumentos altamente sofisticados, até mesmo para padrões ocidentais, são
usados. Tive o privilégio de ser convidado algumas vezes para visitar o instituto.
EVIDÊNCIA DE EFICÁCIA:
Se estou correto, os médicos chineses tradicionais que refinaram o Qigong dos Cinco Animais não
prosseguiram de acordo com os métodos da PSICOLOGIA EXPERIMENTAL MODERNA. Mas
isso não significa que o caminho deles seja arbitrário e não científico.
O esquema de Popper pode ser ilustrado da seguinte forma:
P1 'TT' .EE '.P2; onde P1 é algum problema, TT é uma teoria provisória, EE é eliminação de erro
pela detecção de erros na teoria provisória, e P2 é um novo problema que surge da "nossa própria
atividade criativa" (Popper, 1968, p. 119).
Além disso, Bhaskar (1975) distingue entre SISTEMAS ABERTOS e FECHADOS, e tem sido
argumentado, por exemplo, por Oatley (1981) e Fielding e Llewelyn (1982), que o esquema pode
ser cientificamente aplicado ao SISTEMA ABERTO. Durante as discussões com os médicos
chineses, invariavelmente me disseram que isso descreve muito bem o modo tradicional dos
médicos chineses.
De fato, sempre houve a tradição de livre discussão, crítica e honestidade intelectual na China (Hu,
1959). O primeiro grande movimento de crítica foi representado por Wang Ch'ung (27 dC-ca 100),
que disse: "Quando vejo a verdade obscurecida pela falsidade, meu coração bate violentamente e
minha escova de escrita treme na minha mão. Como posso permanecer em silêncio? Quando os
critico, examino-os com a minha razão, confiro-os contra fatos e exponho sua falsidade
estabelecendo provas ".Chu His (1130 -1200), o grande líder do movimento Neo-Confusial no
século 12, teria mantido: "Investigue com a mente aberta. Tente ver a razão com a mente aberta. E
com a mente aberta, siga a razão. onde quer que isso o leve, não empurre sua própria opinião muito
para frente. Recue um passo para trás e tente ver o que o outro lado tem a dizer. Essa é a mente
aberta ". Era o espírito da dúvida - do que Goethe chamou de" dúvida criativa "- que iniciou,
inaugurou e animou a era clássica do pensamento chinês, a era de Lao Tzu e Confúcio, até
Hencious, Chuang Tzu, Hsun Tzu e Han-fei (Hu, 1963) Ao concluir seu trabalho: O ESPÍRITO
CIENTÍFICO E O MÉTODO NA FILOSOFIA CHINESA, Hu (1959) escreveu:
"Aqueles grandes humanistas chineses, trabalhando apenas com livros, palavras e evidências
documentais, conseguiram deixar para a posteridade uma tradição científica de investigação
desapaixonada e disciplinada, ou um pensamento evidencial rigoroso e pesquisa evidencial - uma
grande herança do espírito científico e método que faz nós, filhos e filhas da China, não nos
sentimos inteiramente no mar, mas sim, em casa, nesta nova era da ciência moderna "(p. 31).
Wisdom (1974) explica a metodologia de S Freud da seguinte forma:
"Freud parece ter dedicado uma enorme quantidade de pensamento à tentativa de explicar os
elementos intrigantes no que seus pacientes lhe disseram. Em outras palavras, ele não esperou que
as respostas lhe fossem apresentadas, ele parece ter feito infinitas conjecturas tente encontrar
explicações e, em seguida, procurou aplicá-las e testá-las.Este elenco de espírito aparece muito
claramente em seus primeiros trabalhos ESTUDOS SOBRE HISTERIA, e evidências para isso
também podem ser encontradas no fato de que ele procurou construir episódios que deve ter
ocorrido na vida passada de seus pacientes - ele não os encontrou, construiu-os e depois tentou
checá-los (por exemplo, de testemunhas independentes ou diários ou evidências subsequentes de
seus pacientes que os confirmavam) (p. 60-61) "
Da mesma forma, os médicos chineses tradicionais dedicaram uma enorme quantidade de
pensamento à tentativa de melhorar o Qigong dos Cinco Animais. Em outras palavras, eles não
esperaram que as respostas lhes fossem apresentadas; eles parecem ter feito conjecturas sem fim em
uma tentativa de encontrar melhorias, e então procuraram aplicá-los e testá-los, a partir das reações
de seus pacientes, feedbacks de colegas e, não raramente, dados de auto-prática.
Walsh (1982) fez a seguinte observação em relação à importância de estudar literatura de meditação
asiática:
"Para os pesquisadores começarem a se familiarizar com a literatura asiática sobre meditação.
Algumas dessas práticas se estendem por milhares de anos e algumas das melhores mentes da
humanidade se dedicaram a este estudo. O resultado tem sido uma literatura volumosa, ainda
inexplorada pela Western." pesquisadores, produzidos por pessoas com muito maior experiência e
conhecimento de meditação do que a maioria de nós agora começando a pesquisa ". (p 81)
O mesmo, penso eu, pode ser dito sobre o Qigong dos Cinco Animais. De fato, tem havido uma
literatura volumosa; mas, infelizmente, em geral é em chinês (por exemplo, Liang, 1981). Na
verdade, nunca vi um artigo sobre o Qigong dos Cinco Animais, como o descrito aqui, em inglês.
Qigong Cinco Animais consiste em três componentes passo-a-passo:
A. O Ritual de Abertura:
que é para ser feito conscientemente.
B. A parte semiconsciente:
que, como o nome indica, deve ser feito semiconscientemente.
C. O ritual de encerramento
que é para ser feito conscientemente.
A seguinte demonstração, que pessoalmente testemunhei, me disseram, é ilustrativa dos efeitos do
Qigong dos Cinco Animais:
O praticante é CV, 36 anos, sexo feminino, casado e com dois meninos. Ela é uma harpista em um
conservatório em Guangzhou. Após o ritual de abertura, ela de repente assumiu a personalidade de
um tigre. No começo, fiquei chocado e assustado, como sua voz, comportamento, expressão, etc
mudou radicalmente, muito parecido com um tigre real - muito diferente do seu eu comum, que é
uma pessoa bonita, bastante tímida.
Pelo menos três coisas merecem atenção especial aqui:
1. CV ciumed que sob a parte semi consciente, suas pernas, mãos, etc movido automaticamente por
si, sem o controle de sua vontade. No entanto, ela não era amnésica - ela foi capaz de recordar tudo
o que aconteceu. Eu perguntei a ela: "Se você tentasse parar os movimentos, você seria capaz de
fazer isso?" A resposta: "Mais frequentemente do que não, sim, mas com grande dificuldade. Fomos
aconselhados a não fazer isso, por medo de que causaria danos psíquicos. De fato, se por algum
motivo, eu tenho que parar prematuramente, eu tenho que retome o resto do Qigong Cinco Animais
assim que eu for capaz, pela mesma razão ". Assim, parece que, como os fatos da hipnose, os fatos
do Qigong dos Cinco Animais são mais consistentes com um único aparato psíquico cujo
funcionamento normal é uma mistura de automatismos e consciências,
2. Antes da demonstração, o CV sofria de SORE THROAT e HEADACHE. Durante as suposições,
e ocasionalmente entre elas, seus dedos e palmas das mãos manipulam automaticamente certos
pontos de acupuntura e outras regiões ao longo de sua garganta, rosto e outras partes de sua cabeça
e pescoço. Ela se sentiu curada depois.Ela disse que antes do Qigong dos Cinco Animais "ninguém
sabe o que ele fará, e por quanto tempo. SEU CORPO SABE".
3. Entre os vários pressupostos, CV imitou um harpista tocando harpa. Mais tarde, ela me
confidenciou que ela e sua família em breve migrariam para os EUA, o que significava que ela teria
que dizer "adeus" à sua profissão para sempre. Portanto, aos olhos de um médico treinado, o
Qigong dos Cinco Animais pode servir como um 'teste projetivo'. "Durante o Qigong dos Cinco
Animais, suas preocupações atuais, declaradas ou negadas, serão reveladas através de seus
movimentos, expressões e vozes".
Depois de CV ter estado na "parte semiconsciente" por aproximadamente 30 minutos, ela fez o
"ritual de encerramento", abriu os olhos e sorriu amplamente. Ela disse que se sentia muito mais
fresca do que antes.

* HARIMAN Jusuf;
BA, BEc, LLB, BA (Hons), MA, PhD, MIAAP, FIAEP, FWAEH, HFPPTA;
Macquarie Univ., Univ. Syd., Columbia Pacific Univ. (Calif.);
Carreira: Founder Peak Performance Tech. Assn 2000, Assoc. Ed. Aust. Jornal de Hipnoterapia
Clínica e Hipnose 1980-94,
Fundador da quinta força em psicoterapia (Psicoterapia Integrativa e Eclética),
Jornal Fundador de Psicoterapia Integrativa e Eclética,
Consultoria editorial. Resumo da CPU 1988-91,
Assoc. Ed. Aust. Journal of Transpersonal Psychology 1981-85,
Colunista Triple A Media Network 1999;
Fundação Pres. e caiu. Internat., Academia de Psicoterapeutas Ecléticos,
Hon. Pres. Hipnoterapeutas ecléticos,
Escrevendo Caiu. e Manuscrito Assessor Fellowship Aust. Escritoras;
Nomeado para o prêmio Brain Brain Brain 1993,
1977 Dale Carnegie Scholarship;
Ed. Prêmio de Escolha Poem.com;
bar.:
Como usar o poder da auto-hipnose (inglês, espanhol, polonês) 1981, 1994,
A eficácia terapêutica das principais técnicas psicoterapêuticas de 1983,
Banir esse hábito de fumar em 1983,
A psicoterapia realmente ajuda as pessoas em 1984?
Fique Calmo e Alcangue o Topo 1993, 1995;
129 pblns em mgmt e psicologia; m. 1979 Polly Wu (diss. 1990) lsld; rec. colecionar amigos;
endereço. Macquarie Centre, PO Box 1677, North Ryde NSW 2113.
REFERÊNCIAS:
Bernheim, H. Automatismos de Sugestão. Paris: Librarie Felix Alleass, 1917.
Berk, WR. Artes de Cura Chinesas. Culver City, Califórnia: Peace Press, 1979
Bhaskar, R. Uma Teoria Realista da 'Ciência. Brighton: Harvester Press, 1975.
Fielding, RG e Llewe1yn, SP. A psicanálise como ciência humana: crítica e reformulação. Revista
Britânica de Psicologia Médica. 1982, 55, 13-17.
Hariman, J. Como entender o ch'i: um olhar acadêmico. Chute I1lustrado. Maio de 1981, 13 e 16.
Hariman, J. Ch'i Kung: Psicoterapia Chinesa. A Revista Australiana de Psicologia Transpessoal,
agosto de 1982 a, 2 (2), 121-126.
Hariman, J .. O rolamento da CONCENTRAÇÃO TEORIA DA HIPNOSE na concepção freudiana
do Inconsciente. O Jornal Australiano de Hipnoterapia Clínica e Hipnose. Setembro 1982 b, 3 (2),
85-90.
Hariman, J. Uma psicoterapia hipnótica derivada do kung fu. O Jornal Internacional de Psicoterapia
Eclética. Dezembro 1982 c, 1 (2), 67-68.
Hu, S. O espírito científico e método na filosofia chinesa, Filosofia Oriente e Ocidente, 1959, 9 (1),
29-31.
Hu,. O direito de duvidar do antigo pensamento chinês. Ibid, 1963, 12 (4). 295-299.
Liang, SF. Movimentos espontâneos de "Wu Qing Xi". Qigong, maio 1981, 2 (2), 60-72.
Oat1ey, K. Refutation e a apropriação da verdade na psicanálise. British Journal of Medical
Psychology, 1982, 55, 1-11.
Popper, .KR. Conhecimento objetivo: uma abordagem evolutiva. Oxford: Oxford University
Press. 1968
Tohei, K. Aikido na vida diária. Tóquio: Editora Rikugei. 1966
Walsh, R. Um modelo para a visualização de pesquisas sobre meditação. O Jornal da Psicologia
Transpessoal. 1982, 14 (1), 69-84.
Sabedoria, JO. Testando uma interpretação dentro de uma sessão. Em R Wolheim (ed):
FREUD. Rooks de âncora, 1974.