Você está na página 1de 27

01 - (ITA SP/1998)

A concentração de H+ (aq) em água de chuva é maior em qual das regiões


abaixo descriminadas?
a) Deserto do Saara.
b) Floresta Amazônica.
c) Oceano Atlântico no Hemisfério Sul.
d) Região onde só se usa etanol como combustível.
e) Região onde se usa muito carvão fóssil como combustível.

Gab: E

RESOLUÇÃO
O carvão fóssil quando queimado produz grande quantidade de SO 2 que
aumenta a acidez da chuva.

02 - (Ufes ES/2005)
O ozônio, O3, está normalmente presente na estratosfera e oferece proteção
contra a radiação ultravioleta do sol, prejudicial aos organismos vivos. O
desaparecimento de ozônio na estratosfera é conseqüência, assim se admite,
da decomposição do O3 catalisada por átomos de cloro. Os átomos de cloro
presentes na estratosfera provêm principalmente
a) da decomposição dos clorofluorcarbonos usados em sistemas de
refrigeração, propelentes de aerossóis domésticos, etc.
b) das indústrias que fazem a eletrólise do NaCl( aq) para a produção de
gás Cl2.
c) da evaporação da água do mar, que arrasta grande quantidade de íons
cloreto.
d) do processo de branqueamento de polpa de celulose, que usa
componentes clorados.
e) dos alvejantes domésticos que têm grande quantidade de cloro ativo.

Gab: A

03 - (Ufpr PR/2005)
A população mundial consome anualmente energia necessária para aquecer
em torno de 9x1011 (900.000.000.000) toneladas de água até seu ponto de
ebulição. A maior parte dessa energia é retirada da queima do carvão e de
produtos derivados do petróleo. Essa queima eleva as concentrações de SO 2 e
CO2 na atmosfera, que causam, respectivamente, os seguintes efeitos:
a) chuva ácida e efeito estufa.
b) efeito estufa e aumento da temperatura da atmosfera.
c) maior incidência de raios ultravioleta e efeito estufa.
d) degradação da camada de ozônio e chuva ácida.
e) aumento de nebulosidade e chuva ácida.

Gab: A

04 - (Integrado RJ/1997)
A presença de materiais indesejáveis no ar altera a composição da atmosfera
terrestre, tornando-a praticammte irrespirável. Em São Paulo, foi realizado
um rigoroso programa de racionamento do tráfego de veículos automotores,
com o objetivo de diminuir os indices de poluição. Com relação a esse
problema, escolha a alternativa correta:
a) o ar ideal para se respirar deve ser constituido somente de Oxigênio;
b) o ar ideal para se respirar deve ser constituido mais de Oxigênio do que
de Nitrogênio;
c) o ar não poluido e adequado ao ser humano deve ser constituido de
Nitrogênio, Oxigênio e Hidrogênio em partes iguais;
d) a atmosfera terrestre não poluida é constituida mais de Nitrogênio do
que de Oxigênio;
e) a atmosfera ideal é uma mistura heterogênea formada de vapor d’água e
Oxigênio.

Gab: D

05 - (Uerj RJ/2006/1ªFase)
Duas importantes ações na luta contra o aumento do efeito estufa são a
limitação da queima de combustíveis fósseis e a promoção do crescimento de
florestas.
A importância do crescimento das florestas se deve à ocorrência, nas plantas,
da etapa metabólica resumida na seguinte equação química:
a) CO 2  H 2 O  H 2 CO 3
b) C 6 H12 O 6  2 C 2 H 6 O  2 CO 2
c) 6 CO 2  6 H 2 O  C 6 H12 O 6  6 O 2
d) C 6 H12 O 6  6 O 2  6 CO 2  6 H 2 O

Gab: C

06 - (ITA SP/1998)
A concentração de H+ (aq) em água de chuva é maior em qual das regiões
abaixo descriminadas?
a) Deserto do Saara.
b) Floresta Amazônica.
c) Oceano Atlântico no Hemisfério Sul.
d) Região onde só se usa etanol como combustível.
e) Região onde se usa muito carvão fóssil como combustível.

Gab: E

RESOLUÇÃO
O carvão fóssil quando queimado produz grande quantidade de SO 2 que
aumenta a acidez da chuva.

07 - (Uemt MT/1996)
O componente atmosférico cuja concentração vem aumentando nestas últimas
décadas é o:
a) argônio;
b) oxigênio;
c) nitrogênio;
d) vapor d’água
e) dióxido de carbono;

Gab: E

08 - (Uepb PB/2006)
Enumere a segunda coluna de acordo com a primeira.
I. Muitos problemas relacionados aos recursos hídricos têm surgido pela
sua utilização irracional.
II. Ao mesmo tempo, a agricultura, os desmatamentos, grandes obras
como as hidrelétricas e represas acabaram provocando modificações em rios,
lagos, bacias hidrográficas e florestas.
III. Além da água de nossas torneiras, todos os resíduos, xampus e
detergentes que descem pelo ralo terão os mesmos destinos, algum rio ou lago
que precisará ser tratado posteriormente.
IV. Um dos sérios problemas de poluição aquática é o desequilíbrio das
concentrações das espécies químicas presentes na água, [H 3O+] e [OH–].
V. Para medir a acidez de um meio aquoso utiliza-se uma grandeza
denominada pH. Na água pura, o valor de pH é igual a sete. A adição de uma
substância ácida em água provocará...
VI. A adição de uma substância básica em água provocará...
() Mudança no pH para valores menores que 7.
() Daí a necessidade de se economizar não só a água, mas também os
produtos que podem contaminá-la.
() Tomar banho, escovar os dentes e/ou lavar louça com a torneira aberta,
torneira mal fechada ou com problema, entre outros.
() Mudança no pH para valores maiores que 7.
() Todos esses impactos precisam ser considerados nos projetos
destinados a gerar alimentos, energia, bens de consumo, turismo etc.
() A água (H2O) se auto-dissocia nas espécies OH– e H3O+, sendo que na
água pura as concentrações dessas espécies são muito pequenas e iguais. No
entanto, fenômenos como a chuva ácida têm alterado estas concentrações,
resultando em elevada acidez de lagos e rios, e conseqüente morte de peixes e
plantas.
A seqüência (que preenche corretamente a segunda coluna) correta é:
a) V, III, I, VI, II, IV
b) VI, III, I, V, II, IV
c) V, I, III, VI, II, IV
d) VI, I, III, V, II, IV
e) IV, III, I, V, VI, II

Gab: A

09 - (Uerj RJ/2006/1ªFase)
Emissões de gases do tipo SOx na atmosfera causam vários danos ambientais.
Na agricultura, um desses danos é tornar o solo inadequado para o plantio,
devido a compostos formados pela reação desses gases com a água da chuva.
Nesse caso, a fórmula de uma das substâncias que podem ser adicionadas ao
solo para tornálo mais adequado para o plantio está descrita em:
a) NaNO3
b) CaCO3
c) FeSO4
d) Cl2O3

Gab: B

10 - (Unicamp SP/1995)
Imagine a humanidade em um futuro longínquo... As reservas de combustível
fóssil (petróleo, carvão) se esgotaram e a energia térmica provém, agora, da
combustão do gás hidrogênio, H2, obtido através da decomposição da água, de
onde resulta, também, o gás oxigênio, O2.
a) Poderá haver um risco de se acabar com toda a água disponível no
planeta, da mesma forma que se esgotaram os combustíveis fósseis?
b) Nossa atmosfera ficará super-enriquecida pelo gás oxigênio proveniente
da decomposição da água? Justifique as suas respostas.

Gab:
a) não haverá esse risco, pois o H 2 obtido na decomposição da água regenera
a água por combustão
b) não, pois o O2 é consumido na combustão do H2.

11 - (Ufrj RJ/1997)
O mercúrio, que devido ao uso em garimpos de ouro ameaça, de
contaminação, grandes extensões do Pantanal Matogrossense, foi um dos
primeiros metais isolados pelo homem. Os egípcios antigos obtiveram-no
mediante a ustulação (aquecimento em corrente de ar) de seu principal
mineral, o cinábrio (sulfeto de mercúrio, HgS).
a) Qual é o gás liberado no ustulador que resulta da reação do cinábrio
com o oxigênio?
b) Defina o tipo de ligação química entre o mercúrio e o enxofre no cinábrio
(HgS). Justifique sua resposta

Gab:
a) Dióxido de enxofre: SO2
b) Ligação iônica

12 - (Fei SP/1994)
Nos últimos anos, a cidade de São Paulo vem sofrendo os efeitos da chuva
ácida. O caráter ácido da chuva é causado pela presença de:
a) monóxido de carbono;
b) amônia;
c) óxidos de enxofre;
d) sais de fósforo;
e) partículas de carvão.

Gab: C
13 - (Ufc CE/1992/1ªFase)
Leia com atenção o texto abaixo e marque a(s) alternativa(s) correta(s):

“O alto índice de acidez verificado em dezesseis rios da Bacia Amazônica


impede a multiplicação do vibrião cholerae. (...) A acidez das águas deve-se
à ausência de sais minerais, como cálcio, o potássio, o ferro, o fósforo, o
magnésio, o manganês e outros.”
(folha de São Paulo, 22/04/91).

01. Ca, K, Fe, P, Mg e Mn são sais ácidos,


02. Ca, K, Fe, P, Mg e Mn são elementos metálicos,
04. Ca, K, Fe, P, Mg e Mn são elementos químicos.
08. Ca, K, Fe, P, Mg e Mn são sais minerais.

Gab: 02-04-08

14 - (Enem MEC/1999)
O sol participa do ciclo da água, pois, além de aquecer a superfície da Terra
dando origem aos ventos, provoca a evaporação da água dos rios, lagos e
mares. O vapor da água, ao se resfriar, condensa em minúsculas gotinhas, que
se agrupam formando as nuvens, neblinas ou névoas úmidas. As nuvens
podem ser levadas pelos ventos de uma região para outra. Com a
condensação e, em seguida, a chuva, a água volta à superfície da Terra,
caindo sobre o solo, rios, lagos e mares. Parte dessa água evapora retornando
à atmosfera, outra parte escoa superficialmente ou infiltra-se no solo, indo
alimentar rios e lagos. Esse processo é chamado de ciclo da água.
Considere, então, as seguintes afirmativas:

I. A evaporação é maior nos continentes, uma vez que o aquecimento ali é


maior do que nos oceanos.
II. A vegetação participa do ciclo hidrológico por meio da transpiração.
III. O ciclo hidrológico condiciona processos que ocorrem na litosfera, na
atmosfera e na biosfera.
IV. A energia gravitacional movimenta a água dentro do seu ciclo.
V. O ciclo hidrológico é passível de sofrer interferência humana, podendo
apresentar desequilíbrios.

a) Somente a afirmativa III está correta.


b) Somente as afirmativas III e IV estão corretas.
c) Somente as afirmativas I, II e V estão corretas.
d) Somente as afirmativas II, III, IV e V estão corretas.
e) Todas as afirmativas estão corretas.

Gab: D

15 - (Enem MEC/1998)
Se compararmos a idade do planeta Terra, avaliada em quatro e meio bilhões
de anos (4,5×109 anos), com a de uma pessoa de 45 anos, então, quando
começaram a florescer os primeiros vegetais, a Terra já teria 42 anos. Ela só
conviveu com o homem moderno nas últimas quatro horas e, há cerca de uma
hora, viu-o começar a plantar e a colher. Há menos de um minuto percebeu o
ruído de máquinas e de indústrias e, como denuncia uma ONG de defesa do
meio ambiente, foi nesses últimos sessenta segundos que se produziu todo o
lixo do planeta!

I. O texto acima, ao estabelecer um paralelo entre a idade da Terra e á de


uma pessoa pretende mostrar que:
a) a agricultura surgiu logo em seguida aos vegetais, perturbando desde
então seu desenvolvimento.
b) o ser humano só se tornou moderno ao dominar a agricultura e a
indústria, em suma, ao poluir.
c) desde o surgimento da Terra, são devidas ao ser humano todas as
transformações e perturbações.
d) o surgimento do ser humano e da poluição é cerca de dez vezes mais
recente que o do nosso planeta.
e) a industrialização tem sido um processo vertiginoso, sem precedentes
em termos de dano ambiental.

II. O texto permite concluir que a agricultrura começou a ser praticada há


cerca de:
a) 365 anos
b) 460 anos
c) 900 anos
d) 10.000 anos
e) 460.000 anos

III. Na teoria do big bang, o Universo surgiu há cerca de 15 bilhões de anos,


a partir explosão e expansão de uma densíssima gota. De acordo com a escala
proposta no texto, essa teoria situaria o início do Universo há cerca de:
a) 100 anos
b) 150 anos
c) 1.000 anos
d) 1.500 anos
e) 2.000 anos

Gab: I- e; II- d; III- b.

16 - (Enem MEC/1999)
“Apesar da riqueza das florestas tropicais, elas estão geralmente baseadas em
solos inférteis e improdutivos. Grande parte dos nutrientes é armazenada nas
folhas que caem sobre o solo, não no solo propriamente dito. Quando esse
ambiente é intensamente modificado pelo ser humano, a vegetação
desaparece, o ciclo dos nutrientes é alterado e a terra se torna rapidamente
infértil.”
(CORSON, Walter H. Manual Global de Ecologia, 1993)

No texto acima, pode parecer uma contradição a existência de florestas


tropicais exuberantes sobre solos pobres. No entanto, este fato é explicado
pela:
a) profundidade do solo, pois, embora Nobre, sua espessura garante a
disponibilidade de nutrientes para a sustentação dos vegetais da região.
b) boa iluminação das regiões tropicais, uma vez que a duração regular do
dia e da noite garante os ciclos dos nutrientes nas folhas dos vegetais da
região.
c) existência de grande diversidade animal, com número expressivo de
população que, com seus dejetos, fertilizam o solo.
d) capacidade de produção abundante de oxigênio pelas plantas das
florestas tropicais consideradas os “pulmões” do mundo.
e) rápida reciclagem dos nutrientes, potencializada pelo calor e umidade
das florestas tropicais, o que favorece a vida dos decompositores.

Gab: E

17 - (Umg MG/1997)
O efeito estufa, causado pelo acúmulo de gás carbônico, CO 2, na atmosfera,
tem contribuído para um significativo aumento da temperatura média da Terra.
Todas as alternativas apresentam processos que produzem gás carbônico,
exceto:
a) a fabricação de cal, CaO, pelo aquecimento de carbonato de cálcio,
CaCO3
b) a fotossíntese realizada pelas plantas.
c) a queima de combustível por um motor de automóvel.
d) a queima de gás em um fogão.
e) a queimada de florestas.

Gab: B

18 - (Fei SP/1995)
O chamado “combustível do futuro” é uma substância obtida a partir da água. É
representado pela fórmula:
a) O2
b) O3
c) H2
d) H2O2
e) (H2O)2

Gab: C

19 - (Fei SP/1995)
Em tempo de seca são comuns queimadas nas florestas. No ar atmosférico
envolvido em uma queimada, a concentração de oxigênio e a de vapor de
água, respectivamente;
a) aumenta – diminui
b) aumenta – aumenta
c) diminui – aumenta
d) diminui – diminui
e) diminui – não se altera

Gab: C
20 - (Vunesp SP/1995)
Quando os gases NO2 e SO3 entram em contato com a umidade do ar,
originam um efeito de poluição conhecido como “chuva ácida”. Isto ocorre
porque se formam:
a) monóxido de nitrogênio (NO) e ácido sulfídrico (H 2S) em água.
b) água oxigenada e monóxido de carbono, ambos tóxicos.
c) gás carbônico e fuligem (carvão finamente dividido).
d) ácido carbônico, nitratos e sulfato metálicos solúveis.
e) ácido nítrico (HNO3) e ácido sulfúrico (H2SO4).

Gab: E

21 - . (Fuvest SP)
Em tempo de seca são comuns às queimadas nas florestas. No ar atmosférico
que envolve uma queimada, a concentração de oxigênio e a de vapor de água,
respectivamente.
a) aumenta – diminui
b) aumenta – aumenta
c) diminui – aumenta
d) diminui – diminui
e) diminui – não se altera

Gab: D

22 - (Ufrs RS)
Uma das hipóteses para a formação da chuva ácida admite que:
a) o enxofre dos combustíveis fósseis é queimado e pode ser oxidado até
SO3, o qual, por sua vez, reage com a água da chuva, formando ácido
sulfúrico.
b) há ácidos fixos que ao serem expelidos na atmosfera, nas combustões
de produtos orgânicos, contaminam o ar.
c) emanações industriais são ricas em ácidos voláteis que precipitam ao
chegar na atmosfera.
d) os produtos existentes na gasolina originam, na combustão, ácidos
orgânicos de elevada massa molecular, os quais se combinam com a água da
chuva.
e) o gás carbônico da atmosfera se combina com a água da chuva,
formando o ácido carbônico, que baixa o pH da chuva.

Gab: A

23 - (Fgv SP/2000)
A queima de combustíveis fósseis eleva as concentrações de SO 2 e CO2 na
atmosfera, que causam, respectivamente, os seguintes efeitos:
a) Efeito estufa e aumento da temperatura da atmosfera.
b) Chuva ácida e efeito estufa.
c) Degradação da camada de ozônio e efeito estufa.
d) Degradação da camada de ozônio e chuva ácida.
e) Chuva ácida e câncer de pele.
Gab: B
As elevadas concentrações de SO2, NOx e hidrocarbonetos, entre outros,
produzidos na queima de combustíveis fósseis, contribui para a formação de
chuvas ácidas. A elevação da concentração de CO2, por sua vez, contribui para
o efeito estufa.

24 - (Umg MG/1997)
A queima de combustíveis fósseis nos veículos automotores e nas indústrias e
grandes queimadas nas regiões de florestas tropicais são duas das principais
causas do aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera.
Esse aumento – cerca de 11% nos últimos trinta anos – contribuiu para a
elevação da temperatura média do globo terrestre, através do efeito estufa.

Desse ponto de vista, o uso do álcool como combustível em automóveis é


interessante, porque não contribui, de forma permanente, para o aumento da
concentração atmosférica de dióxido de carbono.
A alternativa que melhor explica essa vantagem do uso do álcool etílico é
a) a queima do etano é completa.
b) a queima do etano não produz CO2.
c) o catalisador usado nos carros a etanol impede a formação de CO 2.
d) o replantio da cana-de-açúcar consome CO2.

Gab: D

25 - (Ufg GO/2002/1ªFase)
O astrônomo Carl Sagan propôs que “…se toda a história do universo pudesse
ser comprimida em um único ano, os seres humanos teriam surgido na Terra
há apenas sete minutos. Nesses sete minutos, a espécie humana agrediu a
natureza mais que todos os outros seres vivos do planeta em todos os tempos
[…] algumas conseqüências dessas agressões ambientais são a destruição da
camada de ozônio, o efeito estufa e a chuva ácida”.
Sobre esses fenômenos e utilizando-se dos conhecimentos da Química, julgue
os itens:
1. o efeito estufa provoca o degelo das calotas polares, num processo
endotérmico.
2. a destruição da camada de ozônio é devida à intensa emissão de CO 2.
3. a chuva ácida, por possuir carbonatos, não desgasta pedras calcárias,
como o mármore.
4. a chuva ácida ocorre devido à presença de óxidos de enxofre, de
carbono e de nitrogênio, na atmosfera.

Gab: CEEC
26 - (Acafe SC/2003/Janeiro)
Os ácidos têm sabor azedo e, de modo geral, são tóxicos e corrosivos,
entretanto são muito comuns no nosso dia-a-dia, como por exemplo: o ácido
acético, o ácido cítrico e o ácido lático.
Assinale a alternativa que indica o produto correlacionado,
respectivamente, com os ácidos citados acima.
a) vinagre - laranja - leite azedo
b) laranja - bateria - vinagre
c) uva - laranja - vinagre
d) maçã - uva - produto de limpeza
e) leite - maçã - laranja

Gab: A

27 - (Ufjf MG/2005/1ªFase)
Leia, com atenção, o fragmento abaixo:
“As alterações climáticas globais, decorrentes da emissão excessiva de gases
e partículas na atmosfera, aumentam o chamado “efeito estufa”. A
concentração de dióxido de carbono (CO 2), que antes do ano de 1850 era de
280 ppm (partes por milhão), atinge hoje 370 ppm e pode subir para 1000 ppm
no final desse século.”
Fonte: Ciência Hoje, julho de 2004.
NÃO É CORRETO dizer, sobre o CO2, que:
a) em contato com a água da chuva, produz ácido carbônico.
b) é um composto molecular.
c) é um dos produtos obtidos pela queima de combustíveis nos motores de
automóveis.
d) possui ligações polares e, portanto, é uma molécula polar.
e) o seu excesso na atmosfera causa o “efeito estufa”.

Gab: D

28 - (Unifesp SP/2004/1ªFase)
Considere as seguintes afirmações com relação a alguns aspectos da Química
Ambiental:
I. O uso de conversores catalíticos nos veículos automotivos, movidos a
gasolina, visa transformar gases nocivos, como os hidrocarbonetos e óxidos de
nitrogênio, em outros menos nocivos.
II. O ar dos pântanos é rico em metano, pois o processo fermentativo da
celulose na presença de água e ausência de oxigênio produz dióxido de
carbono e metano.
III. Uma indústria que purifica a bauxita lança, nos sistemas aquáticos
próximos, grande quantidade de um lodo vermelho de características ácidas,
constituído principalmente de óxidos e hidróxidos de ferro.
Está correto o que se afirma em:
a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

Gab: B

29 - (Unicamp SP/2004)
A Terra é um sistema em equilíbrio altamente complexo, possuindo muitos
mecanismos auto-regulados de proteção. Esse sistema admirável se formou ao
longo de um extenso processo evolutivo de 4550 milhões de anos. A atmosfera
terrestre é parte integrante desse intrincado sistema. A sua existência, dentro
de estreitos limites de composição, é essencial para a preservação da vida. No
gráfico ao lado, pode-se ver a abundância relativa de alguns de seus
constituintes em função da altitude. Um outro constituinte, embora minoritário,
que não se encontra na figura é o ozônio, que age como filtro protetor da vida
na alta atmosfera. Na baixa atmosfera, a sua presença é danosa à vida,
mesmo em concentrações relativamente baixas.

a) Considerando que o ozônio seja formado a partir da combinação de


oxigênio molecular com oxigênio atômico, e que este seja formado a partir da
decomposição do oxigênio molecular, escreva uma seqüência de equações
químicas que mostre a formação do ozônio.
b) Tomando como base apenas o gráfico e as reações químicas citadas no
item a, estime em que altitude a formação de ozônio é mais favorecida do
ponto de vista estequiométrico. Justifique.

Gab:
a) 3O2 
 2O3

b) De acordo com o gráfico, isso é favorecido a uma altitude próxima de


135km.

30 - (Ufmt MT/2006/1ªFase)
Uma das conseqüências das inundações está no fato de que as águas das
cheias não são limpas – invadem o sistema de esgoto, espalham detritos pelas
casas e ruas, contaminando a água de consumo humano e aumentando o risco
de doenças.
Uma das indicações feitas, nesses casos, é que todas as pessoas tenham
acesso à água potável. Sobre água potável, assinale a afirmativa INCORRETA.
a) Uma solução saturada de cloreto de sódio é melhor condutora de
corrente elétrica que a água potável.
b) Toda água mineral é potável por não apresentar qualquer vestígio de
poluição orgânica.
c) O critério potabilidade é diferente do critério de pureza da espécie
química água.
d) No tratamento da água, não se pode perder de vista a potabilidade, ou
seja, os bactericidas a serem usados deverão agir sem prejudicar a qualidade
da água.
e) Água potável é aquela que, sem necessidade de tratamento adicional, é
apropriada ao consumo humano e inócua dos pontos de vista fisiológico e
organolético.

Gab: B

31 - (Ufmt MT/2005/1ªFase)
Em relação ao dióxido de enxofre produzido ao longo da combustão do óleo
diesel, assinale a afirmativa INCORRETA.
a) Na atmosfera, o SO2 reage com oxigênio transformando-se em SO 3 que,
por sua vez, reage com água formando H2SO4.
b) O óxido de nitrogênio (NO), produzido ao longo da combustão nos
motores dos automóveis, intensifica o efeito do SO2 no pH das chuvas.
c) O dióxido de enxofre é um óxido ácido.
d) A emissão de SO2 na atmosfera provoca um aumento no pH das chuvas.
e) Entre os efeitos nocivos do SO2 estão o odor sufocante e a irritação às
mucosas dos olhos e do aparelho respiratório.

Gab: D

32 - (ITA SP/2005)
Explique em que consiste o fenômeno denominado chuva ácida. Da sua
explicação devem constar as equações químicas que representam as reações
envolvidas.

Gab:
As chuvas ácidas podem ocorrer em ambientes diferentes.
• Essa chuva pode-se formar naturalmente pela reação do gás carbônico
(CO2) com água, originando o ácido carbônico, conforme representa a equação
química:
H2O(l ) + CO2(g)  H2CO3(aq)
ácido carbônico
• Outro tipo de chuva ácida é decorrente dos óxidos de nitrogênio (N xOy),
principalmente o dióxido de nitrogênio (NO 2), formado pela reação de gás (N2)
com gás oxigênio (O2) em ambientes com relâmpagos ou grande quantidade
de veículos com motor à explosão, conforme a seqüência de equações:
N2(g) + 2O2(g) energia
  2NO2(g)
2NO2(g) + H2O(l )  HNO2(aq) + HNO3(aq)
ácido nitroso ácido nítrico
• O terceiro tipo de chuva ácida é formado em ambientes poluídos a partir
da combustão de derivados do petróleo que, por possuírem impurezas de
enxofre, formam o dióxido de enxofre (SO 2), que se transforma em trióxido de
enxofre (SO3) e reage com a água da chuva, conforme as equações químicas:
S(s) + O2(g)  SO2(g)
SO2(g) + 1/2O2(g)  SO3(g)
SO3(g) + H2O(l )  H2SO4(aq)
ácido sulfúrico
O ácido sulfúrico é um ácido forte, que causa danos N 2(g) + 2O2(g) ao meio
ambiente.

33 - (Mackenzie SP/2006)
Uma teoria sobre o aquecimento global da Terra propõe que a elevação da
temperatura está relacionada, principalmente, com o crescente aumento do
teor de gás carbônico atmosférico. O gás carbônico, assim como os vidros
transparentes de uma estufa usada no cultivo de flores, permite a entrada de
luz solar, mas dificulta a dissipação do calor para o espaço. Esse
comportamento:
a) é a causa da chuva ácida.
b) leva à destruição da camada de ozônio.
c) provoca a solidificação de grandes massas de água nos pólos.
d) é, possivelmente, minimizado pela presença de alguns aerossóis
(partículas em suspensão na atmosfera), que rebatem a luz solar, diminuindo a
radiação que aquece a Terra.
e) não interfere na temperatura da superfície do planeta.

Gab: D

34 - (Mackenzie SP/2006)
Dentre as substâncias citadas abaixo, aquela que contribui para aumentar a
acidez da água da chuva tem como fórmula molecular:
a) SO2
b) NH3
c) CO
d) N2
e) CH4

Gab: A

35 - (Mackenzie SP/2006)
A luz, a concentração de nutrientes e a temperatura das águas oceânicas são
fatores que influem na produção de grandes cardumes. Assim, regiões mais
produtivas para a pesca estão localizadas em águas

I) mais quentes e com baixa concentração de nutrientes.


II) costeiras, próximas a litoral, que possua estuário com manguezal
preservado.
III) das profundezas das fossas oceânicas.
IV) próximas à costa, rica em corais, que receba despejo de grande
quantidade de soluções ácidas e de metais pesados.
V) frias, iluminadas e com elevada concentração de nutrientes.

Das afirmações feitas, estão corretas somente:


a) I, III e IV.
b) II e V.
c) III e IV.
d) I e II.
e) III, IV e V.

Gab: B

36 - (Mackenzie SP/2006)
A única fonte de energia, dentre as citadas abaixo, que não resulta na
produção de substâncias poluentes, nem causa qualquer impacto ambiental, é
a energia
a) termelétrica.
b) nuclear.
c) eólica.
d) de biomassa.
e) hidrelétrica.

Gab: C

37 - (Unaerp SP/2006)
As embalagens Tetra Pak atualmente podem ser recicladas por meio de um
processo industrial que envolve um sistema de plasma no qual uma tocha
atinge vários graus de temperatura. Assim recuperamos o polietileno como uma
parafina, o papel reciclado e o metal de alumínio, que compõem essas
embalagens, diminuindo-se, portanto, a poluição ambiental e a produção de
lixo. Informações essas dadas por Edy Merendino, em uma palestra proferida
na 5ª Semana de Engenharia Química e Tecnologia pela empresa Tetra Pak
Ltda, em Agosto de 2005 na UNAERP – Ribeirão Preto (SP).
Assim, podemos verificar que o tempo de decomposição dos materiais
depende da sua composição química e do local onde são depositados.

Dentre as opções apresentadas, qual é a incorreta?


a) O papel se decompõe em 3 meses quando colocado em ambiente
úmido.
b) O chiclete se decompõe em 5 anos.
c) Os plásticos se decompõem após mais de 100 anos.
d) O vidro é formado por SiO 2, Na2CO3, CaO e outras substâncias
inorgânicas como Fe2+, Cr3+, Mn2+ e os microorganismos não conseguem
decompô-lo, assim sofre facilmente a biodegradação.
e) Os metais em princípio não são biodegradáveis. A lata de alumínio não
se corrói.

Gab: D

38 - (Udesc SC/2006)
Nos últimos anos, o perigo do efeito estufa agravou-se devido à emissão
excessiva de substâncias químicas que absorvem o calor refletido pela Terra.
Assinale a alternativa em que todas as substâncias apresentadas referem-se
aos “gases do efeito estufa”.
a) CO2, CH4, NOx, CFCs
b) H2O, NaCl, CO2, C8H16
c) CO2, CH4, SO2, HNO3
d) O2, NOx, H2O, NH3
e) H2SO4, CFCs, CO2, H2O

Gab: A

39 - (Ufba BA/2006)
A água é a substância mais abundante na Terra, sendo responsável pela
existência de todos os seres vivos. Entretanto, apesar da aparente abundância
–– 0,62% no subsolo, 0,0091% nos lagos e nos rios e 0,001% na atmosfera ––,
a água de boa qualidade começa a escassear em vários pontos do planeta em
razão do aumento de consumo, como pode-se observar a partir dos dados da
tabela e do gráfico. O aumento da população mundial e a intensidade de
atividade humana na biosfera vêm interferindo no ciclo da água, o que, sem
dúvida, trará sérias conseqüências para o abastecimento.
(FELTRE, 2004, p. 52).

A partir da análise do texto e com base nos dados apresentados na tabela e no


gráfico,
• mencione, além do aumento da população mundial, duas causas
determinantes da escassez de água e duas conseqüências resultantes da
interferência da atividade humana no ciclo da água no planeta;
• identifique um processo que permita a redução do consumo de água
para os setores de atividade humana que demonstraram maior crescimento de
consumo relativo entre os anos de 1970 e 2010;
• determine a variação da disponibilidade de água per capita em milhares
de m3, entre os anos de 1970 e 2010.
Gab:
• Causas determinantes da escassez de água de boa qualidade:
Desperdício e poluição de água.
• Conseqüências resultantes da interferência da atividade humana no ciclo
de água no planeta:
Alterações na quantidade e na qualidade de água disponível para consumo da
população.
• Crescimento de consumo relativo entre os setores de atividade humana
Agrícola: 0,516
Indústria: 0,584
Doméstico: 4,35
• Processo de reutilização de parte da água consumida pelos setores
industrial e doméstico o que possibilitará a redução do consumo de água no
mundo.
• A variação da disponibilidade de água per capita em milhares de m3
entre os anos de 1970 e 2010 é: 5 900m3 – 1 1700m3 = –5 800m3

40 - (Fatec SP/2006)
00. O efeito estufa é produzido por certos gases que atuam como paredes
de vidro de uma estufa, retendo o calor e provocando o aquecimento da
superfície terrestre.
01. A diminuição da eficiência dos faróis do automóvel na neblina está
intimamente relacionada com o efeitoTyndall.
02. São considerados gases responsáveis pelo efeito estufa: CO 2, CFC’s
(clorofluocarbonetos), CH4, N2O, SO2 e H2O(v).
03. Chuva ácida forma-se quando óxidos de enxofre e nitrogênio combinam-
se com vapor d’água da atmosfera, gerando os ácidos sulfúrico e nítrico, que
podem ser conduzidos pelas correntes de ar a grandes distâncias, antes de se
depositarem em forma de chuva.
04. O ozônio é um gás atmosférico azul que, quando presente na troposfera,
constitui um sério poluente.

Gab: VVVVV

41 - (Unimontes MG/2006)
A figura a seguir mostra as variações na concentração relativa de nutrientes
( NO 3 e PO 34 ) fitoplâncton e de consumidores (bactérias, protozoários e
zooplâncton) em águas oceânicas temperadas.

Essa figura mostra que não é possível entender a composição química da água
do mar sem considerar os processos biológicos existentes nesse ambiente.
Analisando-se a figura e levando-se em conta os processos biológicos que
ocorrem (fotossíntese, respiração e decomposição), todas as alternativas estão
corretas, EXCETO
a) A concentração de consumidores é reduzida no verão, devido à grande
incidência de radiação.
b) A quantidade de dióxido de carbono dissolvida na água é menor no
período da primavera.
c) A ausência de luz no inverno pode explicar a diminuição da
concentração de fitoplâncton.
d) A abundância de nutrientes leva à alta concentração de fitoplâncton e
consumidores, no outono.

Gab: A

42 - (Uel PR/2007)
A venda de créditos de carbono é um mecanismo estabelecido pelo protocolo
de Kyoto para reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera. As
quantidades de toneladas de CO2 ou outros gases, economizadas ou
seqüestradas da atmosfera, são calculadas por empresas especializadas de
acordo com as determinações de órgãos técnicos da ONU.
Uma tonelada de óleo diesel, trocada por biodiesel, gera direito a créditos. Um
hectare de plantação de eucalipto absorve, por ano, cerca de 12 toneladas
deste gás.

Analise as afirmativas a seguir sobre o gás carbônico.

I. O produto da reação entre CO 2 e H2O é um composto estável, pois o


equilíbrio da reação se desloca para a direita independentemente das
concentrações dos reagentes.
II. Mesmo o CO2 apresentando ligações C-O polares, a molécula tem
caráter apolar e apresenta forças de atração intermoleculares fracas.
III. O CO2 é uma molécula polar por ser constituído por ligações covalentes
polares.
IV. Na reação de fotossíntese dos vegetais, a glicose é um dos produtos
formados pela reação do CO2 com água.

stão corretas apenas as afirmativas:


a) I e II.
b) I e III.
c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV .

Gab:C

43 - (Ufal AL/2007)
Tanto o dióxido de carbono como o metano são gases estufa. Quanto à
solubilidade desses gases em água é correto afirmar que
a) somente o dióxido de carbono é apreciavelmente solúvel.
b) ambos são muito solúveis.
c) somente o metano é apreciavelmente solúvel.
d) ambos são insolúveis.
e) ambos são muito solúveis somente em temperatura elevada.

Gab: A

44 - (Unimontes MG/2007/1ªFase)
A atmosfera do planeta Terra é única e sem barreiras que possam reter, em
determinado local, os materiais nela lançados. Esses materiais são
transformados durante o seu deslocamento até sua absorção por sorvedouros,
como mostram as figuras a seguir:

Em relação ao caminho dos materiais lançados na atmosfera, é INCORRETO


afirmar que
a) a atmosfera terrestre constitui um ambiente bastante oxidante, devido
principalmente à alta concentração de oxigênio.
b) os materiais particulados, dispersos no ar, adsorvem gases e líquidos,
assim como gotas de água das nuvens dissolvem gases.
c) a atmosfera é o primeiro receptor da radiação solar que chega ao
planeta, e os seres vivos e água são os receptores finais.
d) o tempo de permanência, no planeta, dos materiais transportados independe
das interações e de sua absorção por sorvedouros.

Gab: D

45 - (Uem PR/2007/Julho)
Sobre os gases CFC e outros gases que podem destruir a camada de ozônio,
assinale a alternativa correta.
a) Os gases CFC são instáveis e degradam-se com liberação de O 3, que
atua como filtro da radiação UV-B.
b) O cloro proveniente dos gases CFC ataca e destrói a molécula de
ozônio, que é o agente protetor contra as radiações UV.
c) Os gases hálons usados nos sistemas de refrigeração, propulsão e
combate a incêndio podem escapar para a troposfera, destruindo o carbono da
camada de ozônio.
d) O bromoclorotrifluormetano é um exemplo de gás hálon que contribui
para a destruição da camada de ozônio.
e) O buraco da camada de ozônio acentua-se no inverno, quando o cloro
preso nas nuvens de gelo sobre o pólo Sul se desprende.

Gab: B
46 - (Uem PR/2007/Julho)
Sobre os minerais pesados presentes nas praias e nas plataformas
continentais, assinale a alternativa correta.
a) Possuem densidade específica alta, comumente superior à do quartzo.
b) São materiais provenientes das profundezas oceânicas, que chegam às
praias pelo movimento das marolas.
c) São constituídos principalmente de CaCO 3 e MgCO3.
d) São facilmente mobilizados pelas marés, por serem mais densos que as
areias.
e) Não envolvem minérios compostos de ferro, uma vez que o ferro é
oxidado pelas águas salinas.

Gab: A

47 - (Uesc BA/2007)
Um novo modelo para explicar as extinções em massa no final dos períodos
Permiano e Triássico propõe que um intenso aquecimento global teria
desencadeado esses desastres ecológicos. A baixa oxigenação desestabilizava
a quimioclina, onde a água rica em oxigênio se encontrava com a água rica em
ácido sulfídrico produzido por bactérias anaeróbias que viviam nas
profundezas. O H2S também se espalhava pelo ar, matando animais e plantas
terrestres e subindo até a troposfera, agredindo a camada de ozônio do
planeta. (WARD, 2006, p. 39)
As informações do texto e o conhecimento acerca das características e
propriedades das substâncias envolvidas no modelo proposto permitem
afirmar:
01. O gás sulfídrico, ao atingir a troposfera e destruir a camada de ozônio,
provoca o aquecimento global.
02. A erupção do gás sulfídrico eleva o pH da água, após a dissolução
desse gás ácido.
03. O gás sulfídrico, mais denso que o dióxido de carbono, atinge as
camadas mais baixas da atmosfera.
04. O enxofre e o oxigênio formam H2S e H2O que têm moléculas de mesma
polaridade.
05. O H2S tem ponto de ebulição menor que o da H2O.

Gab: FFFFV

48 - (UFCG PB/2007/Julho)
Nos últimos anos os compostos organoclorados presentes em vários produtos
como DDT, Aldrin e outros, tem sofrido restrição de uso como biocidas no Brasil
e nos demais Paises do mundo. Esta restrição deve-se ao fato de que:
a) São tóxicos e difíceis de ser degradados pela ação ambiental.
b) Tem alto custo de fabricação.
c) São muito solúveis em água e sua ação residual pequena.
d) São tóxicos e por isso, pouco eficientes.
e) São pouco eficientes porque são facilmente degradados.

Gab: A
49 - (Ufms MS/2007/Conh. Gerais)
“Pesquisadores da Nasa e de várias universidades norte-americanas, liderados
por Ranga Myneni, da Universidade de Boston, analisaram imagens de satélite
e descobriram que durante a seca a floresta amazônica tem mais folhas. Os
dados mostram que a mata ao longo das margens do rio Amazonas não está
limitada por água, mas por luz. Durante a estação chuvosa, as nuvens
impedem a passagem dos raios solares e as árvores sofrem. Mas vão à forra
na seca, de junho a setembro, com uma festa de folhas. É o contrário do que
acontece no Cerrado, que tem mais área foliar durante a estação chuvosa”.
(fonte: Pesquisa Fapesp - Edição Impressa 134 - Abril 2007).
Com base no texto acima e nas condições estabelecidas para a ocorrência da
reação de fotossíntese, assinale a alternativa correta.
a) No período compreendido entre junho e setembro, é maior a produção
de oxigênio por meio da reação de fotossíntese.
b) No período chuvoso, haverá maior produção de oxigênio na floresta
amazônica.
c) O seqüestro de dióxido de carbono pelas árvores é mais eficiente no
período chuvoso.
d) A reação de fotossíntese independe da incidência de luz.
e) No período da seca, as árvores não produzem glicose.

Gab: A

50 - (Ueg GO/2008/Janeiro)
O ar é uma mistura de vários gases: nitrogênio (78%), oxigênio (21%), gases
raros (0,97%) e gás carbônico (0,03%), sendo essa composição alterada
quando o ar é contaminado com vapor de inseticidas, solventes, fuligem, gases
tóxicos etc. O acúmulo de gases poluentes impede que o calor atravesse a
atmosfera em direção ao espaço, com conseqüente aquecimento global do
planeta. Esse fenômeno é denominado
a) destruição da camada de ozônio.
b) chuva ácida.
c) efeito estufa.
d) inversão térmica.

Gab: C

51 - (Ufpe PE/2008)
O nitrogênio é um importante constituinte dos seres vivos, pois é parte de todo
aminoácido. Além de presente na biosfera, ele também é encontrado no solo,
nas águas e na atmosfera. Sua distribuição no planeta é parte do chamado
ciclo do nitrogênio. Resumidamente, neste ciclo, estão presentes as etapas de
fixação do nitrogênio atmosférico por microorganismos, que, posteriormente, é
transformado em amônia. A amônia sofre um processo de nitrificação e é
convertida a nitrato, que pode sofrer um processo de desnitrificação e ser
finalmente convertido a nitrogênio molecular, retornando à atmosfera. Sobre
esses processos, analise as afirmações a seguir.
00. Na reação de nitrificação, o nitrogênio é oxidado de –3 para +3.
01. A amônia é uma molécula volátil, porém em solos ácidos pode formar o
íon amônio, não volátil.
02. O nitrogênio molecular é muito estável por apresentar uma ligação tripla
e, por isto, sua transformação em amônia, por meios sintéticos, requer grandes
quantidades de energia.
03. No processo de desnitrificação, o nitrogênio sofre uma redução de +5
para 0.
04. A maioria dos nitratos é solúvel em água.

Gab: FVVVV

52 - (Unesp SP/2008)
A queima dos combustíveis fósseis (carvão e petróleo), assim como dos
combustíveis renováveis (etanol, por exemplo), produz CO 2 que é lançado na
atmosfera, contribuindo para o efeito estufa e possível aquecimento global. Por
qual motivo o uso do etanol é preferível ao da gasolina?

a) O etanol é solúvel em água.


b) O CO2 produzido na queima dos combustíveis fósseis é mais tóxico do
que aquele produzido pela queima do etanol.
c) O CO2 produzido na queima da gasolina contém mais isótopos de
carbono 14 do que aquele produzido pela queima do etanol.
d) O CO2 produzido na queima do etanol foi absorvido recentemente da
atmosfera.
e) O carbono do etanol é proveniente das águas subterrâneas.

Gab: D

53 - (Ufrn RN/2008)
A concentração de CO2 no oceano varia com a profundidade, principalmente
devido aos processos biológicos de fotossíntese (F) e respiração (R) das
plantas aquáticas, mostrados abaixo:
( F) : 6H 2 O  6CO 2   C 6 H12 O 6  6O 2
( R ) : C 6 H12 O 6  6O 2 
 6H 2 O  6CO 2
Sabendo-se que a fotossíntese só ocorre em presença de luz, pode-se afirmar
que a concentração de
a) CO2 é menor na superfície, porque, nela, a taxa de respiração é maior.
b) CO2 é menor na superfície, porque, nela, a taxa de fotossíntese é maior.
c) O2 é menor na superfície, porque, nela, a taxa de fotossíntese é menor.
d) O2 é menor na superfície, porque, nela, a taxa de respiração é menor.

Gab: B

54 - (Ufrn RN/2008)
Evitar o desmatamento e plantar árvores são formas de reduzir os níveis de
dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, pois as árvores têm o importante papel
de transformar o CO2 em açúcares, por intermédio da fotossíntese. Nessa
reação, o dióxido de carbono reage com a água, em presença de luz,
produzindo glicose (C6H12O6) e oxigênio (O2).
a) Escreva a equação química balanceada da reação de fotossíntese.
b) Calcule a massa de glicose formada a partir de 72 L de CO 2, à pressão
de 1 atm e a 25ºC, sabendo que o volume molar, nessas condições de T e P, é
de aproximadamente 24 litros por mol (L/mol).

Gab:
a)
6H 2 O(l)  6CO 2 (g)  (luz ou hv ou ) 
 C 6 H12O 6 (s)  6O 2 (g)
ou
6H 2 O(l)  6CO 2 (g)  (luz ou hv ou  ) 
 C 6 H12O 6 (aq)  6O 2 (g)
ou
luz ou hv ou 
6H 2 O(l)  6CO 2 (g )    
 C 6 H12O 6 (s)  6O 2 (g )
ou
luz ou hv ou 
12H 2 O(l)  6CO 2 (g)   
luz ou hv ou 
  C 6 H12O 6 (aq )  6O 2 (g)  6H 2 O(l)
ou
luz ou hv ou 
3H 2 O(l)  3CO 2 (g)    
luz ou hv ou 
   1 2 C 6 H12O 6 (s)  3O 2 (g)
b) 90g de C6H12O6

55 - (Ufscar SP/2008)
Atualmente, a humanidade depende fortemente do uso de combustíveis fósseis
para atender suas necessidades energéticas. No processo de queima desses
combustíveis, além dos produtos diretos da reação de combustão – dióxido de
carbono e vapor de água –, vários outros poluentes gasosos são liberados para
a atmosfera como, por exemplo, dióxido de nitrogênio e dióxido de enxofre.
Embora nos últimos anos tenha sido dado destaque especial ao dióxido de
carbono por seu papel no efeito estufa, ele, juntamente com os óxidos de
nitrogênio e enxofre, tem um outro impacto negativo sobre o meio ambiente: a
propriedade de se dissolverem e reagirem com a água, produzindo os ácidos
correspondentes, que acarretam a acidificação das águas das chuvas, rios,
lagos e mares.
a) Escreva as equações químicas balanceadas das reações de dióxido de
carbono e dióxido de enxofre com a água, dando origem aos ácidos
correspondentes.
b) A chuva acidificada pela poluição reage com o carbonato de cálcio,
principal componente de rochas calcárias, provocando a dissolução lenta
dessas rochas. Escreva a equação química balanceada entre o carbonato de
cálcio e os íons Hpresentes na chuva acidificada.

Gab:
a)

CO 2( aq )  H 2 O ( l)  H 2 CO 3( aq )

SO 2( aq )  H 2 O ( l)  H 2SO 3( aq )
b)
CaCO3(s)  2H (aq )  Ca (2aq

)  CO 2( g )  H 2 O ( l )

56 - (Ufg GO/2008/2ªFase)
Sabe-se que, em lagos, ocorre uma estratificação das camadas de água
durante o verão, com as mais frias situando-se no fundo. Conseqüentemente,
as camadas mais profundas são pobres em oxigênio dissolvido, enquanto na
superfície os níveis de oxigênio estão próximos à saturação. As espécies
químicas dissolvidas no lago refletem essa situação. Considere as seguintes
espécies químicas presentes no lago: dióxido de carbono, íon sulfato, metano,
amônia, íon nitrato e ácido sulfúrico.
Considerando essas informações,
a) explique como se distribuem as espécies químicas presentes nesse
lago, na superfície e no fundo, durante o verão e o inverno;
b) explique, tendo como referência o fragmento do texto “Como será a vida
daqui mil annos?”, “posto que, de primeiro de Janeiro a 31 de Dezembro,a
temperatura seja a mesma - 70 gráos Fharenheit.”, como se distribuem as
espécies químicas nesse lago, na superfície e no fundo.

Gab:
a)

Verão
Na superfície, haverá a predominância das seguintes espécies: CO 2, NO 3 ,

SO 2
4 , em decorrência do contato com o O 2(g) do ar.
No fundo, haverá a predominância das seguintes espécies: CH 4, H2S, NH3, em
decorrência do ambiente anaeróbico e do fato de a água ser mais densa (fria),
permanecendo abaixo da camada de água quente (superfície).
Inverno
Na superfície, predominância de CO2, NO3 , SO 24  , em decorrência do contato
com o O2(g) do ar. No fundo, haverá a predominância das seguintes espécies:
CO2, NO 3 , SO 24  ; com o resfriamento, a camada superior tornar-se-á mais
densa, permitindo a mobilidade das espécies oxidadas.
b) Como a temperatura será constante ao longo do ano, não haverá
convecção com o conseqüente arraste das espécies da superfície para o fundo
e vice-versa. Assim, as espécies reduzidas predominarão no fundo e as
oxidadas, na superfície.
TEXTO: 1 - Comum à questão: 57

A figura acima ilustra parte de um ambiente urbano comum nos dias atuais.
Nela pode-se observar a existência de indústrias produzindo bens de consumo
e gerando alguns sub-produtos indesejáveis; a circulação de veículos e a
presença de chaminés emitindo gases; a existência de um córrego recebendo
dejetos domésticos e industriais; e a existência de uma estação de tratamento
de água (ETA). Em todas essas situações, a Química está presente de forma
positiva e, às vezes, de forma negligente. Desse modo, as questões que se
seguem estão de alguma maneira associadas aos eventos que ocorrem nesse
ambiente imaginário.

57 - (Ufma MA/2006/1ªFase)
As indústrias e os veículos eliminam diversos gases que constituem os
principais poluentes do ar. Com relação a esse fato, considere as afirmações
abaixo e marque a opção cujos itens são verdadeiros.
I. Os constituintes principais desses gases são os óxidos de carbono (CO,
CO2), de nitrogênio (NOx) e de enxofre (SOx).
II. Os óxidos NO2 e SO3, por serem óxidos ácidos, contribuem para a
degradação de ecossistemas em virtude da formação de chuvas ácidas.
III. Os óxidos de carbono (CO e CO2) são potencialmente tóxicos por reagir
com o ferro da hemoglobina e bloquear o transporte de oxigênio do sangue.
IV. CO2 é um gás estufa e contribui para o aumento da temperatura média
da Terra.
V. Os óxidos de carbono contribuem também para o fenômeno da chuva
ácida.
a) I, II e IV
b) I, III e IV
c) I, II e V
d) II, III e IV
e) II, III e V

Gab: A

TEXTO: 2 - Comum à questão: 58

A floresta amazônica contém, em média, 15.000 toneladas de biomassa por


km2. Os principais elementos constituintes da biomassa são C, H, N, O, S e P.
Nas grandes queimadas, cerca de 50% desta biomassa (7.500 toneladas) é
transformada em vários gases. As quantidades dos principais gases produzidos
são: 24.000 toneladas de CO 2; 1.600 toneladas de CO; 32 toneladas de CH 4;
34 toneladas de NO e NO2; e 12 toneladas de SO2. É produzida, também, em
torno de 1,5% (224 toneladas) de cinza, que é constituída essencialmente por
óxidos, fosfatos e sulfatos de sódio, potássio, cálcio e magnésio.

58 - (Ufpa PA/2006/1ªFase)
Os gases produzidos nas queimadas que podem contribuir para o efeito estufa
são somente
a) CO e NO+NO2
b) SO2 e NO
c) CO2 e CH4
d) CO2 e NO2
e) NO+NO2 e SO2

Gab: C

TEXTO: 3 - Comum à questão: 59

O solo agrícola, que tem uma profundidade em torno de 40 cm, é constituído


por uma mistura complexa de minerais e matéria orgânica. Sabe-se hoje dos
benefícios dos macronutrientes — nitrogênio, fósforo, potássio, magnésio,
cálcio e enxofre, no desenvolvimento dos vegetais. Entretanto, o uso excessivo
e inadequado de fertilizantes, contendo principalmente nitratos, nitritos e
hidrogenofosfatos pode destruir toda a vida do sistema aquático. Sendo muito
solúveis, esses íons alcançam as águas dos rios, lagos e represas, provocando
a multiplicação acelerada de algas, que acabam por sufocar e matar as águas.
Esse fenômeno é chamado de eutrofização.

59 - (Mackenzie SP/2007)
A respeito do fenômeno conhecido por eutrofização, fazem-se as afirmações:
I. A presença em excesso de certos ânions nas águas de rios, represas e
lagos acelera a multiplicação de algas.
II. Algas em excesso podem formar um “tapete” que isola a água das
represas e rios do oxigênio do ar.
III. A deficiência de oxigênio dissolvido na água causa a morte de plantas
aquáticas e peixes.
IV. A decomposição do resíduo das algas mortas, por microorganismos
aeróbios, leva a um aumento da concentração de gás oxigênio dissolvido na
água.
Das afirmações feitas, estão corretas:
a) I, II, III e IV.
b) I, II e III, somente.
c) I e II, somente.
d) II e III, somente.
e) I e IV, somente.

Gab: B

TEXTO: 4 - Comum à questão: 60

A cidade de Santo Amaro da Purificação, do recôncavo baiano, é considerada a


cidade com maior índice de contaminação por chumbo, no mundo. Em 1960
uma companhia francesa iniciou atividades de beneficiamento do minério de
chumbo, principalmente a galena (PbS), nessa região. Esse processo foi
realizado, praticamente, sem controle dos danos ambientais e da proteção dos
funcionários e moradores da região. Além do chumbo expelido pelas chaminés
da fábrica, os subprodutos (escórias), considerados inócuos na época, foram
depositados no terreno da fábrica, a céu aberto, e parte deles foi utilizada no
capeamento de algumas ruas da cidade. A fábrica foi desativada em 1993,
deixando quase 500 mil toneladas de escória que contém cádmio, chumbo,
zinco e outros metais pesados, contaminando a população das regiões vizinhas
à fábrica. O chumbo pode causar vários danos à saúde, dentre eles a
perturbação na biossíntese da hemoglobina, proteína que contém ferro e
transporta oxigênio através dos glóbulos vermelhos(eritrócitos) pelo organismo.
A figura apresenta a estrutura do grupo heme, onde o Fe(II) está ligado a
quatro átomos de N do anel porfirínico.
CH2
CH 3
H
H3C C

CH 2
N N
HC Fe CH

N N
H 3C CH3
C
H

HOOC COOH

60 - (Uftm MG/2008)
Por flotação, a galena é separada de outros metais. O chumbo é obtido quando
a galena é aquecida na presença de ar, formando o óxido de chumbo(II), e este
reduzido com coque (carbono) ou CO. Considere que na produção de 10,4
toneladas de chumbo, foram utilizadas 15,0 toneladas de galena. O rendimento
percentual, aproximado, do processo considerado, foi de
Dados: massas molares (g/mol): S = 32, Pb = 207
a) 80%.
b) 75%.
c) 70%.
d) 65%.
e) 60%.

Gab: A