Você está na página 1de 2

A-4 Cidades A TRIBUNA

www.atribuna.com.br
Domingo 24
fevereiro de 2019

CHARGE Alex Ponciano

OSs ganham es
E-mail: padron@atribuna.com.br

Na Baixada Santista, de 320 unidades, 42 são geridas por organizações s

FERNANDO DEGASPARI de barrar parte do pagamen-


DA REDAÇÃO to à OS. “Todo mês, a gente
Organizações sociais (OSs) bate as metas. Do ponto de
Maternidade Municipal de São Vicente
já tomam conta de parte do vista da qualidade de servi-
sistema de saúde de cinco ço, me parece incontestá-
das nove cidades da Baixada vel”, considera.
Santista. Das 320 unidades Burocracia menor tam-
de saúde nas nove cidades bém é apontada com um
da região, 42 são geridas por dos motivos de eficiência.
OSs. Para as prefeituras, Ferraz cita como exemplo a
maior eficiência na gestão quebra de um equipamento
com custo menor justificam de raios X. A lei não permite

Dia a Dia
o modelo. O ex-ministro da que haja peças de reserva, e
Saúde, Arthur Chioro, vê o a compra de uma nova de-
modelo com preocupação. mora, no mínimo, 40 dias,
Sindicatos são radicalmen- porque é preciso fazer licita-
te contra. ção. As OSs, por contrato,
Os cinco maiores municí- são obrigadas a fazer a subs-
Sandro Thadeu e-mail:diaadia@atribuna.com.br
pios da região (Cubatão, tituição em 24 horas.
Guarujá, Praia Grande, San- Além disso, Ferraz tam-
tos e São Vicente) adota- bém defende a tese da com-
Mais investimentos no Porto de Santos ram, nos últimos anos, o mo- petência. Na iniciativa pri-
O deputado federal Samuel Moreira (PSDB) apresentou, na última terça- delo que transfere para es- vada, profissional que não
feira, o Projeto de Lei (PL) 910/2019, que institui o Fundo de Investimen- sas entidades,sem fins lucra- rende é desligado. No servi-
to em Infraestrutura Portuária. Ele prevê a destinação de, no mínimo, 62 58
tivos, a administração de ço público, isso não aconte-
50% do valor das licitações para a concessão de portos e para o arrenda-
unidades de média e alta ce, pondera.
mento de instalações portuárias a investimentos em infraestrutura nos
complexos concedidos ou arrendados à iniciativa privada. O texto é
complexidades.
igual ao PL 4311/2016, que foi arquivado automaticamente na Câmara, Em contrato, prefeituras e ECONOMIA
4
porque o autor, João Paulo Papa (PSDB), não foi reeleito. O ex-prefeito OSs estabelecem o valor dos O secretário de Saúde de 2 2
de Santos havia solicitado ao colega para que essa propositura voltasse serviços, as metas de atendi- Santos também aponta van- Pronto Hospital Olavo
a ser debatida no Congresso, diante da posição do Governo Federal em mento e o tempo de gestão. tagens econômicas para se atendimentos Orneaux
continuar realizando leilões por meio do maior valor de outorga. Essa Caso o acordo não seja cum- apostar no modelo. e Maternidade
ideia também foi sugerida pelo atual chefe do Executivo do Município, prido, as administrações De acordo com a Adminis- Municipal
Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), ao ministro da Infraestrutura, municipais podem barrar traçãoMunicipal,umfuncio-
Tarcísio Gomes de Freitas, que demonstrou ser simpático à iniciativa. pagamentos. náriodo Hospital daZN cus- 11 11
ta, em média, R$ 9.227,00. 19 19
EFICIÊNCIA No Estivadores, esse valor é
IRANDY RIBAS-18/10/18 Em Santos, o Hospital dos de R$ 6.548,00. Na UPA
Longo caminho Estivadores e a Unidade de Central, que tem maior
O PL apresentado por Moreira deve- Pronto Atendimento (UPA- quantidade de médicos, a
rá ser apreciado por três comissões Central) são geridos por remuneração média é de ITANHAÉM
da Câmara: Viação e Transportes; OSs. A UPA da Zona No- R$ 6.800,00.
Finanças e Tributação; e Constitui- roeste, inaugurada na sema- “Os profissionais da Zona PERUÍBE
ção e Justiça e de Cidadania. A pro- na passada, e a da Zona Les- Noroeste são melhores ou
posta é de caráter conclusivo, ou te, que está em construção, piores? São tão qualificados
seja, se ela for aprovada por esses seguirão o mesmo modelo. quanto. São servidores pú-
grupos, não haverá a necessidade Assim, apenas o Hospital blicos de carreira, que são
de deliberação do plenário. da Zona Noroeste, que tam- competentes, capacitados e
bém tem maternidade, con- altamente técnicos. A dife-
Chance perdida tinuará administrado so- rença é que, ao longo da car- As prefeituras das nove
Conforme Papa, se o projeto já esti- mente pelo Poder Público. reira, há um acúmulo de fun- cidades da Baixada Santista
vesse em vigor a partir de 2015, o Eleição garantida O secretário de Saúde, Fá- ções e de remunerações, o
Porto de Santos teria recebido mais O presidente do Diretório do PSDB bio Ferraz, se debruça sobre que faz com que a folha de são responsáveis por
de R$ 300 milhões para viabilizar em Santos, Flávio Jordão, aguarda números para defender a pagamento fique mais pesa- 320 UNIDADES
obras de infraestrutura com os lei- os filiados locais para a convenção gestão compartilhada. da”, explica.
lões de áreas do Paquetá, Macuco e da legenda, agendada para hoje. A Segundo ele, a maternida- Para o secretário, o Muni- DE SAÚDE
Ponta da Praia, em dezembro de eleição do diretório foi marcada de do Estivadores tem três cípio ainda pode firmar no-
2015, e da Ilha Barnabé, em setem- por polêmica, mas o tucano garan- mortes para cada mil crian- vas parcerias com OSs pa- Desse total,
bro do ano passado. te que está tudo certo para o pleito ças nascidas vivas, índice ra as unidades de especiali- 42 são administradas
de hoje. abaixo da média santista, dades médicas. Na aten-
Incoerência que é de nove bebês mortos ção básica, caso das policlí- por organizações sociais
Um dos membros da direção do PSL Quem manda mais para mil nascidos vivos. nicas, a Secretaria de Saú- (OSs). Apenas as cinco
de Praia Grande é o ex-vereador A Executiva Estadual diz que não “A gente faz no Estivado- de continuará utilizando o
Totô Toschi, que foi condenado em homologará o resultado em San- res alta complexidade. Tem sistema atual. maiores cidades da região
segunda instância por improbidade tos, mas o diretório santista está uma UTI Neonatal instala- “Com o modelo de organi- adotaram o modelo
administrativa, devido à apresenta- respaldado pela decisão da legen- da lá. É uma performance zação social, eu consigo ter
ção de um atestado médico falso, da em nível nacional, presidida comparada aos principais melhores indicadores, me-
em 2010, para justificar a ausência pelo ex-governador Geraldo Alck- hospitais privados do Brasil lhores resultados, com cus-
na sessão. Na verdade, ele estava min, que liberou a votação. e do mundo. É um índice to quase 20% menor. É difí-
em viagem aos Estados Unidos. muito bom”, diz ele. cil se construir um argumen-
Resgate histórico Todos os indicadores es- to sustentável que ainda
Questão de tempo Há 30 anos, o ex-vice-governador tão estabelecidos em um guarneça você ter unidades
Membro da Executiva estadual e Guilherme Afif Domingos concor- contrato de gestão e têm de hospitalares pelo modelo
nacional da sigla, o deputado fede- ria à Presidência da República. O ser cumpridos. Se isso não clássico. Já fiz esse desafio
ral Júnior Bozzella disse que o parti- responsável pelo plano de gover- acontecer, o Município po- publicamente”, conclui.
do terá uma nova composição no no dele era o hoje ministro da Eco-
Município. O objetivo para 2020 é nomia, Paulo Guedes, e o coorde-
lançar uma candidatura própria a nador da campanha no Rio Grande
prefeito e eleger vereadores. do Sul era o atual ministro-chefe ARGUMENTO
da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. FERNANDA LUZ - 18/4/18
Fonte: Prefeituras
Novos ares
O diretor de Esportes da Prefeitura Juntos chegaremos lá
de Cubatão, Washington Luiz Lessa Na última semana, Lorenzoni no-
de Souza, o Carioca (PSDB), conse- meou Domingos para ser o asses-

Ex-ministro faz ressa


guiu reverter na Justiça Eleitoral a sor especial na equipe de Guedes.
impugnação de sua candidatura a “Se sonhamos juntos, venha me
vereador, na eleição de 2016, e as- ajudar a realizar este sonho”, dis-
sumirá uma vaga na Câmara. Com se o guru das finanças do Governo
isso, Érika Verçosa (PSDB) deixará Bolsonaro ao novo subordinado.
o Legislativo. ❚❚❚ Quem é a organização reza de qual é o projeto técni-
social (OS), qual experiên- co, uma boa capacidade de


cia ela tem na área da saúde licitar e não fazer arranjos
e que instituições hospitala- de amigos, tiver uma lei mu-
Nóssomosminoria res administra com qualida-
de, eficiência e segurança
nicipal, fazer um bom con-
trato, precificado e tal, e de-
noParlamento, são as primeiras perguntas
que devem ser feitas antes
pois ter capacidade de admi-
nistrar esse contrato, em te-
masessaafirmação “Com o modelo de organização social (OS), eu consigo ter
melhores indicadores e melhores resultados, com custo quase
de uma contratação. É o que
pensa o ex-ministro da Saú-
se, poderia ser uma boa saí-
da ou uma saída possível.”
deumamulhernaoposiçãoé 20% menor. É difícil se construir um argumento sustentável que
ainda guarneça você ter unidades hospitalares pelo modelo
de e médico sanitarista san-
tista Arthur Chioro. CRÍTICAS

muitoimportante” clássico. Já fiz esse desafio publicamente” Na opinião do especialista


em Gestão Pública, é preci-
MinistrodaSaúdeentrefeve-
reiro de 2014 e setembro de
Jandira Feghali (PCdoB-RJ), deputada federal Fábio Ferraz so, ainda, ter tudo detalha- 2015,nogovernoDilmaRou-
Secretário de Saúde de Santos do em contrato. “Se tiver cla- seff(PT),Chiorocriticaosmo-
Domingo 24
fevereiro de 2019
A TRIBUNA
www.atribuna.com.br Cidades A-5

spaço na Saúde
sociais; prefeituras defendem o modelo, e especialistas sugerem cautela
Guarujá adota gestão
em 15 Usafas e PAM
❚❚❚ As 15 unidades de saúde PRÓS E CONTRAS
da família (Usafas) de Gua- Do ponto de vista da efi-
rujá passaram, na semana ciência, ele afirma que a
passada, a ser administra- experiência é positiva em
PANORAMA REGIONAL das por uma nova organiza- Guarujá. Contratar médi-
ção social. O modelo de ges- cos, tarefa difícil para
QUANTIDADE DE UNIDADES DE SAÚDE NO MUNICÍPIO UNIDADES ADMINISTRADAS PELA PREFEITURA UNIDADES GERIDAS POR ORGANIZAÇÕES SOCIAIS tão é adotado, também, no qualquer prefeitura, não é
PAM da Rodoviária. problema para OSs, já que
Ocontrato coma organiza- elas não são obrigadas a
UPA da Zona Noroeste, em Santos ção social Pró-Vida, que ge- seguir a CLT.
Hospital Central de Cubatão
re as Usafas, é válido por “Via de regra, não fal-
dois anos e pode ser prorro- tam médicos e temos o
gado por até 60 meses. A paciente sendo atendido.
mesma entidade adminis- Lógico que dentro de uma
traa unidade de pronto aten- ideia de SUS (Sistema
dimento (UPA), popular- Único de Saúde) que é
mente conhecida como atender o máximo de gen-
PAM da Rodoviária. te em menos tempo”, afir-
O secretário de Saúde do ma Sandro Abreu.
Município, Sandro Abreu, O secretário de Saúde
acredita que o modelo é diz, entretanto, que é pre-
mais econômico. “Para con- ciso conhecer a OS que se
tratar uma OS, você tem está contratando. Caso
que, por exigência do Tribu- contrário, a saúde pública
nal de Contas (TCE), apre- pode penar.
sentar um documento que “Quando você tem uma
se chama ‘demonstrativo de OS que sabe fazer toda a
vantajosidade econômica’. parte operacional e admi-
Tem que comprovar que o nistrativa, facilita muito a
cálculo feito pelo Poder Pú- vida do Poder Público.
30 15 blicoparagerenciardetermi- Mas, como em todo segui-
72 69 nado equipamento público mento, existem as OSs que
15 é mais barato por OS do que são sérias e as inexperien-
por administração direta.” tes e amadoras”, afirma.
3 12 3
Unidades de USFs
Hospital
atendimento
emergencial
dos Estivadores,
UPAs Central
CADA CASO
REPRODUÇÃO FACEBOOK
e da ZN

13 13

CUBATÃO
SÃO SANTOS
MONGAGUÁ PRAIA VICENTE
GRANDE
BERTIOGA

GUARUJÁ
17 17

45 41 51 35

16
4
2 2 15 1
FOTOS ALEXSANDER FERRAZ, CARLOS NOGUEIRA, IRANDY RIBAS, NIRLEY SENA E ROGÉRIO SOARES

Complexo Pronto Usafas PAM


Hospitalar atendimentos da Rodoviária “A OS é interessante para o Poder Público à medida que
Irmã Dulce e e hospital ela tem a seriedade que se espera. Se você tem uma OS séria,
centro de você terá uma parceria forte. Se for uma OS que não
especialidades trabalha direito, o Poder Público tem dificuldade. Depende
da OS que o Município contrata e do tipo de contrato de gestão.
A eficiência do serviço vai depender de cada caso”
Sandro Abreu
Secretário de Saúde de Guarujá

Servidores são contra


o regime terceirizado
PAM da Rodoviária, em Guarujá ❚❚❚ Os dois sindicatos que comprar o que quiser, sem
representam os servidores licitação, pagar o dobro do
municipais de Santos são que o serviço público paga-
Complexo Hospitalar Irmã Dulce, em Praia Grande
INFOGRAFIA MONICA SOBRAL/AT
contra a utilização de orga- ria e não há fiscalização so-
nizações sociais para gerir a bre isso. Ela não é obrigada
saúde. Seus representantes a obedecer à Lei de Licita-
listam uma série de moti- ções”, completa.
vos. Entre eles, que o servi-
PANACEIA
alvas ao modelo
ço é mais caro para o Muni- MAIS OPINIÕES
FERNANDA LUZ - 7/9/16 cípio e de baixa qualidade. Fábio Pimentel, responsá-
“Não existe “Toda vez que dá um pro- vel pelo Sindicato dos Servi-
modelo de gestão blema,é uma burocracia pa- dores Estatutários munici-
ideal. O fato de ra responsabilizara OS, por- pais de Santos (Sindest),
delosadotadosatualmente. definirprioridades,operfilas- adotar OSs não que é uma empresa priva- afirma que o serviço, que é
“De maneira geral, o que a sistencial,ofluxodepacientes significa que os da. Elas prestam um servi- de responsabilidade do Es-
gente tem visto em algumas eexigirquehajaprocessosele- problemas estão ço pior e mais caro e têm tado, de acordo com a Cons-
prefeituraseemestadoséque tivo para contratação de pes- resolvidos. Não dá servido para contratação tituição, acaba prestado de
estão extrapolando o que está soal,para evitar a contratação para fazer uma de cabos eleitorais e todo forma precária e sem com-
previsto na lei e repassando doqueelechamade“amigos”. aposta tipo tipo de relações espúrias prometimento.
para as OSs atividades típicas “Não existe modelo de ges- panaceia, como eu dos gestores públicos”, afir- “O servidor público con-
do Estado, como regulação. tão ideal. O fato de adotar vejo em alguns ma Flávio Saraiva, presi- cursado, que tem sua vida
Definirquementra.Seelade- OSs não significa que os pro- lugares. Isso vale dente do Sindicato dos Ser- comprometida com o ser-
finequemsãoosusuários,na- blemas estão resolvidos. para prefeituras, vidores Públicos Munici- viço público, vai prestá-lo
turalmentevaiescolherospa- Não dá para fazer uma apos- governos de pais de Santos (Sindserv). de maneira diferente do
cientesquedão menosdespe- ta tipo panaceia, como eu estados e Governo O representante da cate- que aquele que é mera-
Federal”
sa”,afirma. vejo em alguns lugares. Isso goria afirma, ainda, que di- mente contratado. Mede
Para não cair em armadi- vale para prefeituras, gover- Arthur Chioro versas empresas desse tipo uma febrinha e manda pa-
lhascomoessas,Chioroexpli- nos de estados e Governo Médico sanitarista e estão sendo investigadas ra casa para a pessoa mor-
ca que é o Estado quem deve Federal”, conclui. ex-ministro da Saúde por corrupção. “A OS pode rer feliz”. dispara.