Você está na página 1de 8

TD

TA ##
Teste de Avaliação 1
Escola Data
Nome N.º
N.º Turma
Professor Classificação

Para responder aos itens de escolha múltipla, selecione a única opção (A, B, C ou D) que
permite obter uma afirmação correta ou responder corretamente à questão colocada.
Se apresentar mais do que uma opção, a resposta será classificada com zero pontos.
O mesmo acontece se a letra transcrita for ilegível.

Grupo I Cotações

1. A síntese do prop-2-en-1-ol (CH2 =CHCH2OH), cujo nome comum é acroleína, pode ser realizada por dois processos:
Método 1 - No processo tradicional faz-se reagir o 3-cloroprop-1-eno (CH2 =CHCH2CL), composto perigoso para o
ambiente, venenoso e inflamável, com água:
CH2 =CHCH2CL + H2O → CH2 =CHCH2OH + HCL
Método 2 - No processo que melhor respeita os princípios da química verde, o propeno reage com o ácido etanoico
e com o dioxigénio:
Etapa 1: CH2 =CHCH3 + CH3COOH + O2 → CH2 =CHCH2OCOCH3 + H2O
1
2
Etapa 2: CH2 =CHCH2OCOCH3 + H2O → CH2 =CHCH2OH + CH3COOH
M (C3H6O) = 58,08 g/mol;   M (CH3CHCH2) = 42,08 g/mol;   M (CL2) = 70,90 g/mol;   M (C3H5CL) = 76,52 g/mol

1.1. Relativamente ao 3-cloroprop-1-eno, selecione o único pictograma de perigo que não deve surgir no frasco 8
deste reagente.
(A) (B)

(C) (D)

(D).
O enunciado afirma que o 3-cloroprop-1-eno é um composto perigoso para o ambiente (C), venenoso (A) e
inflamável (B). Assim, a resposta correta é a (D).

1.2. A produção de 3-cloroprop-1-eno, reagente do primeiro processo apresentado, pode ser realizada, a elevadas 12
temperaturas, de acordo com a seguinte equação química:
CH3CH=CH2(g) + CL2(g) → CLCH2CH=CH2(g) + HCL(g)
Determine a economia atómica percentual desta reação.
Etapa A - massa de reagentes e produtos
Na reação:
CH3CH=CH2(g) + CL2(g) → CLCH2CH=CH2(g) + HCL(g) os reagentes são o C3H6 e o CL2:
mreagentes = mC H + mCL ⇔ mreagentes = 42,08 + 70,90 ⇔ mreagentes = 112,98 g
3 6 2

70
Teste de Avaliação 1

O produto esperado é apenas o C3H5CL:


mprodutos = mC H CL ⇔ mprodutos = 76,52 g
3 5

Etapa B - cálculo da economia atómica percentual


mtotal de átomos incorporados no produto desejado
e.a. (%) = * 100 ⇔
mtotal de átomos nos reagentes

⇔ e.a. (%) = * 100 ⇔


76,52
112,98
⇔ e.a. (%) = 67,73%

1.3. Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte. 8


O método 2 é o processo que melhor respeita os princípios da química verde, porque…
(A) … produz uma maior quantidade de resíduos indesejáveis.
(B) … tem um maior número de passos.
(C) … o processo tradicional produz um ácido forte (HCL).
(D) … o processo tradicional utiliza reagentes não nocivos.
(C).
Os princípios da química verde recomendam o menor número de passos possível, mas sem produção de
substâncias perigosas (o HCL é corrosivo).

1.4. A reação global do processo que melhor respeita os princípios da química verde inclui as etapas 1 e 2.
1.4.1. Justifique a seguinte afirmação verdadeira: 12

“A reação global do processo que melhor respeita os princípios da química verde tem economia atómica
igual a 100%.”
Tópico A
Para se conhecer a reação global é necessário somar as reações parciais:

aCH2 =CHCH3 + CH3COOH + O2 → CH2 =CHCH2OCOCH3 + H2Ob


1
2
+ (CH2 =CHCH2OCOCH3 + H2O → CH2 =CHCH2OH + CH3COOH)

CH2 =CHCH3 + O → CH2 =CHCH2OH


1
2 2
Tópico B
Dado que, na reação global, não se forma nenhum outro produto da reação para além do esperado, a
reação tem economia atómica percentual igual a 100%.
1.4.2. Determine a massa de prop-2-en-1-ol obtida quando se fazem reagir, pelo método 2, 85,16 g de propeno 12
com excesso de ácido etanoico e de dioxigénio.
Etapa A - quantidade química de propeno

n= ⇔n= ⇔ n = 2,024 mol


m 85,16
M 42,08
Etapa B - Massa de prop-2-en-1-ol
Como a estequiometria da reação é 1:1:

= ⇔ x = 2,024 mol
1 mol 1 mol
2,024 mol x

n= ⇔ 2,024 = ⇔
m m
M 58,08

⇔ m = 117,6 g

71
Teste de Avaliação 1

Grupo II

2. O fosgénio (COCL2) é um gás utilizado na indústria dos polímeros para produzir, entre outros, poliuretanos e policar-
bonatos. É também utilizado na indústria farmacêutica como espécie intermediária na produção de alguns medica-
mentos. O uso deste composto envolve medidas de segurança elevadas pois é tóxico e corrosivo. Quando inspirado
reage com a água presente nos pulmões produzindo ácido clorídrico e dióxido de carbono de acordo com a seguinte
equação química:
COCL2(g) + H2O(L) → 2 HCL(aq) + CO2(g)
Este gás é de tal forma letal que foi utilizado em ambiente de guerra. A inalação de uma dose de 25 mg por cada kg
de massa corporal provoca a morte de metade dos indivíduos que inspirem esta dose.
M (COCL2) = 98,92 g mol- 1;  M (HCL) = 36,46 g mol- 1
Considere a inalação de 1,00 * 10- 3 mol do gás por um indivíduo com 70 kg de massa corporal.

2.1. Selecione a opção que contém a massa de ácido clorídrico produzido nesta inalação se a reação for completa. 8

(A) 36,5 mg (B) 72,9 mg


(C) 18,2 mg (D) 54,7 mg
(B).
Como a estequiometria da reação é de 1:2:

= ⇔ x = 2,00 * 10- 3 mol de HCL


1 mol de COCL2 2 mol de HCL
1,00 * 10 mol de COCL2
-3 x

Então:
n = ⇔ 2,00 * 10- 3 = ⇔ m = 72,92 * 10- 3 g = 72,9 mg
m m
M 36,46

2.2. Selecione a opção que contém o volume de dióxido de carbono, medido nas condições de pressão e temperatura 8
normais, produzido nesta inalação se a reação for completa.
(A) 22,4 cm3 (B) 44,8 cm3
(C) 22,4 cm3 mol- 1 (D) 44,8 cm3 mol- 1
(A).
Como a estequiometria da reação é de 1:1:

= ⇔ x = 1,00 * 10- 3 mol de CO2


1 mol de COCL2 1 mol de CO2
1,00 * 10 mol de COCL2
-3 x

Então:

n= ⇔ 1,00 * 10- 3 = ⇔ V = 2,24 * 10- 2 dm3 = 22,4 cm3


V V
Vm 22,4

2.3. Comprove, apresentando os cálculos que julgar convenientes, que a dose de fosgénio inalado pelo indivíduo não 12
é suficiente para atingir 25 mg por cada kg de massa corporal.
Etapa A - massa do gás

n= ⇔ 1,00 * 10- 3 = ⇔ m = 9,892 * 10- 2 g = 98,92 mg


m m
M 98,92
Etapa B - dose de fosgénio inalado

= ⇔ x = 1,4 mg
98,92 mg x
70 kg 1 kg
Por comparação:

<
1,4 mg 25 mg
1 kg 1 kg
pelo que o limite de exposição não foi ultrapassado.

72
Teste de Avaliação 1

Grupo III

3. A Lei de Lavoisier ou lei da conservação da massa foi enunciada no século XVIII. No contexto de uma reação química, a
aplicação desta lei determina que o número total de átomos de cada elemento presentes nos reagentes é igual ao
número total de átomos desses elementos presentes nos produtos da reação.
M (C6H12O6) = 180,16 g mol- 1;  M (H2O) = 18,02 g mol- 1;  M (CH4) = 16,04 g mol- 1
Considere os seguintes esquemas químicos:
(I) Na2O(s) + H2O(L) → NaOH(aq)
(II) Cu(s) + AgNO3(aq) → Cu(NO3)2(aq) + Ag(s)
(III) MnO2(s) + HCL(aq) → MnCL2(aq) + CL2(g) + H2O(L)

3.1. Selecione a opção que contém os coeficientes estequiométricos que permitem acertar estes esquemas químicos. 8

(A) (I) 1:1:2;  (II) 1:2:1:2;  (III) 1:4:1:1:2


(B) (I) 2:1:2;  (II) 1:2:1:1;  (III) 1:4:1:1:1
(C) (I) 1:2:2;  (II) 1:2:1:2;  (III) 1:4:1:1:2
(D) (I) 2:1:2;  (II) 1:2:1:1;  (III) 1:4:1:2:2
(A).
Na2O(s) + H2O(L) → 2 NaOH(aq)
Cu(s) + 2 AgNO3(aq) → Cu(NO3)2(aq) + 2 Ag(s)
MnO2(s) + 4 HCL(aq) → MnCL2(aq) + CL2(g) + 2 H2O(L)

3.2. Considere a seguinte reação química em que metano e água são colocados a reagir para produzir di-hidrogénio
gasoso, fundamental para a síntese de diversos compostos químicos.
CH4(g) + 2 H2O(g) → CO2(g) + 4 H2(g)
Nas condições de pressão e temperatura normais (PTN), na reação de 1,00 m3 de metano (CH4) com 10,0 kg de
água obtiveram-se 100 L de di-hidrogénio.
3.2.1. Comprove que o reagente limitante nesta reação é o metano. 12

Etapa A - quantidade química dos reagentes


10,0 * 10
nH O = ⇔n= ⇔ n = 555 mol
3
m
2
M 18,02
1,00 * 10
nCH = ⇔n= ⇔ n = 44,6 mol
3
V
4
Vm 22,4
Etapa B - reagente limitante
Por comparação:

de H2O >
555 mol 44,6 mol
de CH4
2 1
Portanto, o metano é o reagente limitante.
3.2.2. Selecione a opção que contém o rendimento da reação de síntese. 8

(A) 57,2% (B) 0,401%


(C) 2,50% (D) 3,57%
(C).
Dado que o metano é o reagente limitante e como a estequiometria da reação é de 1:4:

= ⇔ x = 1,78 * 102 mol de H2 (teórico)


1 mol de CH4 4 mol de H2
44,6 mol de CH4 x

73
Teste de Avaliação 1

A quantidade obtida foi:


1,00 * 10
nH = ⇔n= ⇔ n = 4,46 mol
2
V
2
Vm 22,4
O rendimento foi:

h (%) = * 100 ⇔
quantidade de produto obtido
quantidade de produto previsto

⇔ h (%) = * 100 ⇔ h (%) = 2,50%


4,46
178

3.3. Os seres vivos são exemplos de sistemas complexos em que ocorrem imensas reações químicas. Uma das mais
importantes que ocorre no organismo humano é a que transforma glicose (C6H12O6) em dióxido de carbono e
água, por reação com o dioxigénio do ar.

Oxigénio Glicose
Comburente Combustível

Água
Energia
Dióxido
de carbono Óxidos

C6H12O6(s) + 6 O2(g) → 6 CO2(g) + 6 H2O(g)


3.3.1. Determine, para a reação completa com excesso de dioxigénio, o volume de dióxido de carbono libertado 12
para o ambiente na transformação dos 20 g de glicose, nas condições PTN.
Etapa A - quantidade química de glicose

n= ⇔n= ⇔ n = 0,11 mol


m 20
M 180,16
Etapa B - volume de CO2
Como a estequiometria é de 1:6:

= ⇔ x = 0,66 mol
1 mol 6 mol
0,11 mol x

n= ⇔ 0,66 = ⇔ V = 15 dm3
V V
Vm 22,4
3.3.2. Selecione a opção que contém a quantidade de dioxigénio que reagiu com os 20 g de glicose. 8

(A) 0,66 mol


(B) 0,33 mol
(C) 0,11 mol
(D) 15 L
(A).

n= ⇔n= ⇔ n = 0,11 mol


m 20
M 180,16
Como a estequiometria (também) é de 1:6:

= ⇔ x = 0,66 mol
1 mol 6 mol
0,11 mol x

74
Teste de Avaliação 1

Grupo IV

4. A síntese do etanoato de etilo (CH3CO2C2H5) permite obter um solvente, com inúmeras aplicações industriais. Pode
ser utilizado para remover o verniz das unhas ou extrair a cafeína do café. É sintetizado fazendo reagir etanol
(C2H5OH) com ácido acético (CH3CO2H).

C2H5OH(L) + CH3CO2H(L) b CH3CO2C2H5(aq) + H2O(L)


Ácido sulfúrico

r (CH3CO2H) = 1,0492 g mL- 1 r (C2H5OH) = 0,7893 g mL- 1 M (CH3CO2C2H5) = 88,11 g mol- 1


M (CH3CO2H) = 60,05 g mol- 1 M (C2H5OH) = 46,07 g mol- 1 M (H2O) = 18,02 g mol- 1

4.1. Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte. 8

Fazendo reagir igual volume de ambos os reagentes, é possível afirmar que…


(A) … a quantidade química dos reagentes não é a mesma.
(B) … ambos os reagentes são limitantes.
(C) … o volume de solução final é igual ao volume de solução inicial.
(D) … toda a massa inicial de reagentes é transformada em produtos da reação.
(A).
Como os reagentes não são gasosos, não se pode afirmar que a quantidade química seja a mesma para o
mesmo volume (como se poderia se fossem gases nas mesma condições de pressão e temperatura).
Consequentemente, apesar de o volume ser o mesmo, não terão a mesma quantidade química e sendo a
estequiometria a mesma (1:1) apenas um dos dois reagentes será limitante. Havendo um reagente limitante, o
outro estará em excesso, pelo que a massa deste reagente não será completamente transformada em massa
de produtos da reação. Por fim, não existem dados suficientes (massa volúmica da solução final) para afirmar
que o volume de solução final é igual ao volume de solução inicial.

4.2. Selecione a expressão que permite determinar o volume de ácido acético necessário para fazer reagir comple- 8
tamente 10 mL de etanol.
46,07 * 0,7893 0,7893 * 10 60,05
*
1,0492 * 10 * 60,05
(A) mL (B) mL
46,07 1,0492
1,0492 * 10 * 60,05 1,0492 * 10 46,07
*
46,07 * 0,7893
(C) mL (D) mL
60,05 0,7893
(B).
Da estequiometria da reação (1:1) verifica-se que netanol = nácido acético.
Como:
n*M retanol * V 0,7893 * 10
r= ⇔r= ⇔n= ⇔n=
m
mol
V V Metanol 46,07
Então:
n*M n * Mácido 0,7893 * 10
r= ⇔r= ⇔V= ⇔V=a b*
m 60,05
mL
V V rácido 46,07 1,0492

4.3. Selecione a expressão que permite determinar a massa de etanoato de etilo que se forma quando são produzi- 8
das 2,00 mol de água.
2,00 * 88,11 2,00 * 18,02
(C) 2,00 * 88,11 g
2,00
(A) g (B) g (D) g
18,02 88,11 88,11
(C).
Da estequiometria da reação (1:1) verifica-se que nágua = netanoato de etilo.
Como:

n= ⇔ 2,00 = ⇔ m = 2,00 * 88,11 g


m m
M 88,11

75
Teste de Avaliação 1

Grupo V

5. Na síntese do ácido acetilsalicílico é adicionada aos reagentes uma pequena quantidade de ácido sulfúrico (H2SO4)
concentrado. A utilização de ácidos fortes obriga a cuidados especiais no seu manuseamento. Como referência, o
valor-limite de exposição prolongada deste ácido não deve ultrapassar 0,2 mg/m3.

5.1. Identifique a opção que contém medidas de segurança essenciais a implementar no laboratório escolar durante 8
a utilização deste ácido concentrado.
(A) Afastar de fontes de combustão, fontes de calor e explosivos.
(B) Guardar o frasco que contém a solução concentrada no fundo de uma prateleira contendo reagentes sólidos.
(C) Colocar soluções de bases fortes junto desta solução para a poder neutralizar caso seja necessário.
(D) Usar esta solução apenas na hotte, servindo-se de luvas, bata e óculos de segurança.
(D).
Como o ácido é corrosivo e volátil deve ser utilizado na hotte, servindo-se de luvas, bata e óculos de segurança.
Reagentes aquosos não devem ser guardados junto de reagentes sólidos. A neutralização é realizada com
bases mas a neutralização de ácidos fortes com bases fortes é exotérmica, portanto, deve ser evitada. Embora
o ácido não deva estar junto de fontes de calor e explosivos, não é (geralmente) um combustível.

5.2. Determine se o valor-limite de exposição é ultrapassado quando 2 gotas da solução ácida concentrada são dei- 16
xadas cair num laboratório escolar cujas dimensões são: comprimento: 10 m, largura: 8,0 m e altura: 3,0 m.
Considere que uma gota contém aproximadamente 0,050 mL de solução e que é totalmente evaporada.
% (m/m) = 98% r (H2SO4) = 1,84 g/mL M (H2SO4) = 98,08 g mol- 1
Etapa A - massa H2SO4 presente nas 2 gotas

r= ⇔ m = 1,84 * (2 * 0,050) ⇔ m = 0,18 g = 1,8 * 102 mg de solução


m
V

% m/m = * 100 ⇔ msoluto = * msolução ⇔


msoluto % m/m
msolução 100

⇔ msoluto = * 1,8 * 102 = 1,8 * 102 mg


98
100
Etapa B - volume da sala
V = 10 * 8,0 * 3,0 ⇔ V = 240 m3
Etapa C - concentração mássica
1,8 * 102 mg
cm = ⇔ cm = = 0,75 mg m- 3
m
V 240 m3
Como este valor é superior a 0,2 mg m- 3, o valor-limite de exposição foi ultrapassado.

5.3. Para sintetizar o ácido acetilsalicílico um grupo de alunos dissolveu 2,027 g de ácido salicílico (reagente limi-
tante) em 5 mL de anidrido acético e adicionou 5 gotas de ácido sulfúrico.

O O
O O O
C H2SO4 C
OH C C OH C
+ H 3C O CH3 + H3C OH
OH O
C
O CH3

76
Teste de Avaliação 1

5.3.1. Selecione a opção que identifica a função do ácido sulfúrico. 8

(A) É o reagente limitante.


(B) Serve de catalisador.
(C) Serve para aquecer a solução pois a sua dissolução em água é exotérmica.
(D) É o reagente em excesso.
(B).
O ácido sulfúrico atua como catalisador da reação, isto é, não atua como reagente.
5.3.2. Determine o rendimento da síntese efetuada sabendo que se obteve a massa de 2,522 g do conjunto sal e 16
papel de filtro, este último de massa 0,401 g.
M (C7H6O3) = 138,12 g mol- 1;    M (C4H6O3) = 102,09 g mol- 1;    M (C9H8O4) = 180,16 g mol- 1
Etapa A - quantidade química do reagente limitante

n= ⇔n= ⇔ n = 1,468 * 10- 2 mol


m 2,027
M 138,12
Etapa B - massa prevista
Como a estequiometria é de 1:1:

n= ⇔ 1,468 * 10- 2 = ⇔ m = 2,645 g


m m
M 180,16
Etapa C - rendimento
2,522 - 0,401
h (%) = * 100 ⇔ h (%) = * 100 ⇔
quantidade de produto obtido
quantidade de produto previsto 2,645
⇔ h (%) = 80,19%

77

Você também pode gostar