Você está na página 1de 16

PROCESSO SELETIVO 2018 – RESIDÊNCIA

MÉDICA E ESPECIALIZAÇÃO
Edital nº 001/2018

ENTRADA DIRETA
LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES
1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o rascunho da Folha de Respostas reproduzido ao final deste caderno APENAS para marcar
o Gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e o cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Quem quiser ter saúde no corpo, procure tê-la na alma.” Francisco Quevedo

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.
5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:
• use apenas caneta esferográfica azul ou preta;
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão;
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Não serão permitidos, durante a realização das provas, a comunicação entre candidatos, a utilização de
chapéus ou bonés, óculos escuros, protetor auricular, o porte e utilização mesmo que desligados, de aparelhos celulares
ou similares, pager, beep, controle remoto, máquinas calculadoras ou similares, qualquer outro tipo de aparelho eletrônico,
relógios, livros, anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta. Parágrafo único: Mesmo que autorizado por
exercício de cargo ou função, não será permitido o porte de armas, durante a realização da prova. Os candidatos deverão
permanecer no local da realização das provas durante, no mínimo, 60 (sessenta) minutos após o início das provas. Os
três últimos candidatos deverão permanecer no local de prova, sendo liberados somente quando todos tiverem concluído
a prova ou o tempo tiver se esgotado. Findo o prazo limite de realização das provas, os candidatos deverão entregar os
cadernos de provas e as Folhas de Respostas devidamente preenchidas e assinadas, sendo que os gabaritos para recurso
poderão ser anotados em folha adequada, a ser fornecida pela coordenação de realização das provas junto a estas. O
candidato não poderá levar a prova. Somente as anotações do gabarito, em material fornecido pela equipe de aplicação da
prova, contendo as alternativas marcadas como resposta para cada questão em forma de rascunho.

O caderno de questões e o gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 14 de janeiro de 2018.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


ATENÇÃO
Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,
75 (setenta e cinco) questões de múltipla escolha com 4 (quatro) alternativas de
respostas para cada questão, assim distribuídas: 15 (quinze) questões de Cirurgia
Geral, 15 (quinze) questões de Clínica Médica, 15 (quinze) questões de Pediatria,
15 (quinze) questões de Ginecologia e Obstetrícia e 15 (quinze) questões de
Medicina Preventiva e Social.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que


ele tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberá qualquer reclamação ou
recursos posteriores.
QUESTÃO 4
CIRURGIA GERAL
Com relação ao tratamento não operatório do paciente
traumatizado, assinale a alternativa INCORRETA.
QUESTÃO 1 A) Na indicação do tratamento não operatório
do paciente traumatizado, é mandatório que
Com relação às propriedades físico-químicas dos haja estabilidade hemodinâmica e ausência de
anestésicos locais, assinale a alternativa CORRETA. peritonite ao exame fisico e que seja possível
realizar avaliações seriadas.
A) A solubilidade lipídica é que determina a potência
de um anestésico. B) Nas lesões traumáticas do baço, como o
sangramento geralmente é de origem arterial
B) A latência de um anestésico depende (maior pressão), não está indicado o tratamento
principalmente da sua concentração. não operatório, devido ao alto índice de
C) Os anestésicos são ácidos fracos, solúveis em ressangramento.
água. C) O trauma renal também é passível de tratamento
não operatório e as lesões do sistema coletor não
D) A duração de ação de um anestésico está
constituem contraindicação absoluta à conduta
relacionada a seu pKa.
conservadora.
D) No paciente vítima de trauma contuso que
QUESTÃO 2 apresente lesão hepática, o tratamento não
operatório pode ser indicado, desde que o
Com relação ao melanoma, pode-se afirmar: paciente esteja estável hemodinamicamente e
não apresente sinais de peritonite.
A) Os melanomas in situ têm baixo risco de
metástases, por estarem na fase radial não
invasiva, com todas as células tumorais confinadas QUESTÃO 5
até o nível da derme.
O transplante hepático é, hoje, um procedimento
B) O melanoma lentiginoso acral representa o tipo mundialmente aceito como modalidade terapêutica para
mais comum, sendo encontrado em até 85% dos doenças hepáticas graves e outras patologias metabólicas
casos. Apresenta predileção pelas áreas acrais que implicam perda de qualidade de vida. A seleção de
(distais) e acomete vários grupos étnicos. receptores para o transplante de fígado no país depende
C) O melanoma nodular é caracterizado pela de sua pontuação no escore MELD.
presença de um nódulo que não é precedido pela Considerando os critérios dessa doença, assinale a
fase de crescimento radial. Apresenta prognóstico alternativa que não apresenta um dos exames necessários
mais reservado. para a confirmação diagnóstica.
D) O melanoma do tipo lentigo maligno ocorre A) Creatinina
principalmente em pacientes abaixo dos
40 anos de idade e acomete regiões que não B) INR
necessariamente estão expostas ao Sol. C) Albumina
D) Bilirrubina

QUESTÃO 3
QUESTÃO 6
Com relação às características dos fios de sutura,
assinale a alternativa que contenha todas as A infecção pós-operatória constitui um dos maiores desafios
características CORRETAS. das modernas instituições hospitalares, pois tem impacto
na permanência hospitalar, no custo e, infelizmente, na
A) SEDA: origem sintética, configuração mortalidade. A classificação dos procedimentos cirúrgicos
multifilamentar, inabsorvível. por grau de contaminação, apesar de criticada por muitos,
B) NÁILON: origem sintética, configuração ainda é a principal ferramenta de ações preventivas que
monofilamentar, absorvível. as comissões de controle de infecção hospitalar adotam
no seu dia a dia.
C) CATEGUTE: origem biológica, configuração
multifilamentar, absorvível. Considerando esses parâmetros, como se classifica uma
cirurgia de hernioplastia inguinal com colocação de tela
D) POLIPROPILENO: origem biológica, configuração de polipropileno em um paciente do sexo masculino,
monofilamentar, inabsorvível. diabético e com miocardiopatia isquêmica?
A) Potencialmente contaminada.
B) Limpa.
C) Contaminada.
D) Infectada.

3
QUESTÃO 7 QUESTÃO 9

A doença do refluxo gastroesofageano (DRGE) apresenta A apendicite aguda é a causa mais frequente de infecção
um quadro muito frequente de sintomas dispépticos com abdominal, sendo a mais comum de todas as operações
impacto importante na qualidade de vida. Muitas vezes, de urgência.
o tratamento cirúrgico se impõe como a forma mais
Considerando-se a fisiopatologia da apendicite aguda,
eficaz de combate à doença. A endoscopia digestiva alta
a principal causa é:
é o padrão ouro pra diagnóstico, mas frequentemente
é insuficiente para definição do tratamento cirúrgico, A) obstrução por fecalito.
quando indicado.
B) obstrução por neoplasia.
Entre os testes a seguir, qual é imprescindível para definir
pelo tratamento cirúrgico, caso o exame endoscópico C) obstrução por parasita intestinal.
evidencie apenas DRGE não erosiva? D) compressão por linfáticos periapendiculares.
A) Esofagomanometria.
B) REED. QUESTÃO 10
C) PHmetria esofágica de 24h. Quando um organismo sofre uma lesão ou trauma, ocorrem
D) Cintilografia. mudanças hormonais e metabólicas denominadas
“resposta ao estresse”. Essa resposta visa restabelecer
o equilíbrio das suas funções, e, ato contínuo, preservar
QUESTÃO 8 a vida.
São alterações endócrinas apresentadas pelo organismo
As hérnias de parede abdominal são uma das afecções frente a uma situação de trauma cirúrgico, EXCETO:
de tratamento exclusivamente cirúrgico mais frequentes
do mundo, tendo o seu tratamento despertado a atenção A) Aumento do hormônio adrenocorticotrófico
de pesquisadores da área médica desde os tempos (ACTH).
antigos. Porém, o primeiro tratamento fundamentado de B) Aumento do cortisol.
uma hérnia inguinal só veio a ser descrito por Bassini no C) Diminuição da aldosterona.
século XIX.
D) Diminuição da insulina.
Em relação às hérnias abdominais, assinale com V as
afirmativas verdadeiras e com F as falsas.
QUESTÃO 11
( ) Aproximadamente 75% das hérnias abdominais
são inguinais. As formas de acesso à via aérea principal devem ser
( ) A hérnia inguinal pode ser definida como uma do conhecimento de todo médico, posto que é um
falha de tecido conjuntivo na parede abdominal procedimento que salva vidas, em qualquer ambiente de
na região inguinal. assistência à saúde.
( ) A região inguinal é delimitada lateroinferiormente Na técnica correta para entubação, com que mão o
pelo músculo transverso do abdome, medialmente laringoscópio deve ser segurado?
pela fáscia transversal e superiormente por A) Com a mão dominante do operador.
uma linha imaginária ligando as duas espinhas
ilíacas. B) Sempre com a mão direita.
( ) As hérnias femorais, ou crurais, podem ocorrer C) Com qualquer mão.
como consequência de um erro técnico durante D) Sempre com a mão esquerda.
a correção das hérnias inguinais.
Assinale a sequência CORRETA.
QUESTÃO 12
A) V V F F
Sobre as indicações de toracotomia no paciente vítima de
B) V F V V trauma torácico, assinale a alternativa CORRETA.
C) F V F V A) Drenagem torácica com saída inicial de mais de
D) V F F V 1.000 mL de sangue da cavidade pleural.
B) Drenagem mantida de mais de 100 mL/hora, por
duas horas subsequentes à drenagem.
C) Lesão confirmada da traqueia torácica ou do
brônquio.
D) Pneumotoráx identificado ao RX da admissão.

4
QUESTÃO 13
CLÍNICA MÉDICA
Com relação à anatomia vascular dos cólons e reto,
assinale a alternativa INCORRETA.
QUESTÃO 16
A) O território de irrigação da artéria mesentérica
superior inclui todo o intestino delgado e termina O lúpus eritematoso sistêmico (LES) pode-se manifestar
no ceco. O restante do intestino grosso é irrigado inicialmente com diferentes quadros clínicos e / ou
pela artéria mesentérica inferior. laboratoriais, nos quais esse diagnóstico deve ser sempre
lembrado.
B) A arcada de Riolan é responsável por circulação
colateral, conectando as artérias mesentéricas Em relação ao diagnóstico de LES, é correto afirmar:
inferior e superior. A) A presença de apenas 3 dos 11 critérios apresenta
baixa sensibilidade.
C) A artéria mesentérica inferior termina na artéria
retal superior, que corre posterior ao reto (no B) O fator antinuclear (FAN) é um exame de alta
mesorreto). sensibilidade, mas de baixa especificidade.
C) Em pacientes com FAN positivo, a presença de
D) A drenagem venosa colorretal espelha a irrigação
anticorpos anti-Ro/SSA e anti-La/SSB constitui
arterial. A veia retal inferior drena para a veia ilíaca
um critério diagnóstico adicional.
interna, que, depois, chega à veia cava inferior.
D) Mesmo que o número mínimo de critérios
necessários para o diagnóstico seja alcançado,
QUESTÃO 14 é necessário investigar a presença de todos, pois
o número de critérios influencia no esquema de
Sobre diverticulose e diverticulite aguda dos cólons, tratamento.
assinale a alternativa CORRETA.

A) Até 40% dos portadores de divertículos colônicos QUESTÃO 17


permanecerão assintomáticos por toda a vida. Por definição, na bacteriúria assintomática não há
B) Mesmo os pacientes portadores de diverticulite sintomas locais ou sistêmicos de infecção urinária, porém
não complicada deverão permanecer internados, essa situação merece tratamento:
devido à necessidade de suspensão completa da A) em pacientes diabéticos, pois estes são
dieta e de soroterapia. imunossuprimidos.
C) Pacientes com idade inferior a 40 anos deverão B) quando a urocultura for positiva para estafilococos,
ter colectomia eletiva indicada após o primeiro bactéria não usual no trato urinário.
episódio de diverticulite aguda, devido à alta C) quando a urocultura mostrar uma bactéria
incidência de recorrência e complicações. multirresistente, pela maior virulência desta.
D) Guidelines atuais recomendam a realização D) quando o paciente for submetido à cirurgia
de colectomia eletiva após episódio único de urológica, ainda que seja imunocompetente.
diverticulite complicada.
QUESTÃO 18

QUESTÃO 15 Na nefrolitíase, cálculos de oxalato de cálcio são os mais


comuns.
Com relação à retocolite ulcerativa idiopática (RCUI), Constitui uma medida potencialmente útil na prevenção
é incorreto afirmar: desses cálculos:
A) O tabagismo parece ter efeito protetor quanto ao A) dieta restrita em cálcio visando reduzir a calciúria.
desenvolvimento de RCUI. B) diurético de alça para aumentar o fluxo urinário.
B) Pacientes submetidos à apendicectomia C) suplementação de vitamina C.
prévia parecem ter risco diminuído para o D) restrição de sódio da dieta.
desenvolvimento de RCUI.
C) São comuns achados desde úlceras rasas até QUESTÃO 19
acometimento transmural com formação de
fístulas. Alguns pacientes idosos podem apresentar uma anemia
leve, sem leucopenia ou plaquetopenia associadas e sem
D) Manifestações extraintestinais incluem artrite, uma causa aparente (idiopática).
espondilite anquilosante, eritema nodoso, Para se chegar a esse diagnóstico, a(o):
pioderma gangrenoso e colangite esclerosante
primária. A) anemia deve ser hipoproliferativa.
B) ferritina pode estar baixa, mas nenhuma causa
para deficiência de ferro é encontrada.
C) concentração de eritropoietina é normal ou
elevada, indicando que a anemia não se deve à
insuficiência renal.
D) mielograma é necessário para exclusão de outras
causas hematológicas.

5
QUESTÃO 20 QUESTÃO 24

No tratamento de pacientes diabéticos tipo 2 com as Em relação à diarreia, assinale a alternativa INCORRETA.
terapias fornecidas pelo Sistema Único de Saúde,
é correto afirmar: A) Causa infecciosa é a principal etiologia de diarreia
aguda em pronto-socorro.
A) O uso prolongado da metformina pode causar
deficiência de vitamina B12. B) Nos casos de diarreia alta, as fezes são
caracteristicamente volumosas, com restos
B) Quando a insulina for iniciada, as medicações orais
alimentares, odor pútrido e costumam se
devem ser suspensas pelo risco de hipoglicemia
acompanhar de cólicas periumbilicais.
da combinação.
C) Glibenclamida está contraindicada em pacientes C) Nos casos de diarreia baixa, as fezes são
com idade > 60 anos pelo risco de hipoglicemia e caracteristicamente de grande volume, com baixa
suas consequências nessa faixa etária. frequência, acompanhada de puxo, urgência,
tenesmo, muco, pus e sangue.
D) Em pacientes com peso normal, embora incomum
entre diabéticos, não havendo contraindicação, D) Na diarreia inflamatória, as fezes apresentam uma
o início do tratamento com glibenclamida grande quantidade de leucócitos e de sangue,
é preferível, devido à perda de peso que a sendo bactérias enteroinvasivas as causas mais
metformina pode causar. frequentes.

QUESTÃO 21 QUESTÃO 25

Em paciente jovem assintomático com TSH indetectável Em relação ao delirium, assinale a alternativa
e T4 livre normal, o próximo passo para definição da INCORRETA.
conduta é solicitar:
A) A presença de delirium está correlacionada a
A) anticorpos antitireoperoxidase (anti-TPO). um agravamento do prognóstico do paciente,
B) anticorpos antirreceptor de TSH (TRAb). a aumento da morbidade em curto prazo e a
C) ultrassonografia de tireoide. maiores taxas de mortalidade.
D) tri-iodotironina (T3). B) Idade acima de 65 anos, imobilidade e uso de
drogas como anticolinérgicos, benzodiazepínicos
e narcóticos são fatores de risco associados a
QUESTÃO 22 delirium.
Na prevenção primária de eventos cardiovasculares, não C) Eletroencefalograma normal, perda de memória
havendo contraindicação, é terapia recomendada: de curta duração, inatenção, início insidioso e
caráter flutuante são características típicas do
A) Aspirina em baixa dose em todo paciente diabético
delirium.
com idade > 50 anos.
B) Bloqueador de receptor de angiotensina em todo D) Permitir que o paciente possa deambular e que
paciente diabético que também seja hipertenso. ele possa fazer o uso de suas lentes corretivas
ou de aparelho de audição são medidas para
C) Estatina em todo indivíduo com idade entre 40 e
prevenção de delirium.
75 anos com LDL-c > 70 mg/dL e com alto risco
de eventos em 10 anos.
D) Fibrato em todo paciente que já esteja usando QUESTÃO 26
estatina com LDL-c na meta e que persista com
triglicérides > 150 mg/dL. Em relação à abordagem inicial e ao tratamento
específico das intoxicações agudas, assinale a alternativa
INCORRETA.
QUESTÃO 23
A) Taquicardia, confusão mental, pupilas midriáticas
Em relação aos mecanismos que levam à insuficiência e pele seca, quente e avermelhada são
respiratória aguda, assinale a alternativa INCORRETA. características típicas da síndrome colinérgica.
A) O efeito shunt é definido como a perfusão de B) Dor precordial, infarto do miocárdio, emergência
unidades alveolares não ventiladas. hipertensiva, acidente vascular cerebral e
B) Alterações difusionais na barreira alveolocapilar arritmias podem ocorrer nas intoxicações por
são muito comuns como causa isolada de cocaína e anfetaminas.
hipoxemia numa situação de emergência. C) Bradpneia, rebaixamento do nível de consciência
C) Distúrbio entre a ventilação alveolar e a perfusão e pupilas mióticas são sintomas de intoxicação
capilar (V/Q) é a causa mais comum de hipoxemia. por opioide.
D) Hipoventilação leva a aumento da pressão arterial D) Ácido valproico, etanol, metformina e salicilatos
de CO2 (PaCO2) e aumento da pressão alveolar podem causar intoxicação com acidose metabólica
de CO2 (PACO2), com consequente queda na grave e persistente.
PAO2 e na PaO2.

6
QUESTÃO 27
PEDIATRIA
O carvão ativado é contraindicado nas seguintes
situações, EXCETO:
A) Ingestão de substâncias corrosivas como ácidos QUESTÃO 31
ou bases.
Em relação ao crescimento e desenvolvimento da criança,
B) Ingestão de hidrocarbonetos.
é incorreto afirmar:
C) Substâncias que não são adsorvidas pelo carvão
como álcool e ferro. A) As crianças com baixa estatura para a idade
D) Paciente intubado, em ventilação mecânica. tendem a ter menor rendimento escolar no futuro,
redução da produtividade econômica e menor
QUESTÃO 28 altura.

Considere um paciente que relata episódios frequentes B) O teste do reflexo vermelho deve ser realizado
(mais de cinco) de cefaleia que limitam suas atividades na penumbra, com o oftalmoscópio colocado
diárias, com duração de aproximadamente 48 horas, aproximadamente de 5 cm a 10 cm de distância
unilateral, pulsátil e acompanhada de fotofobia. A história dos olhos da criança, e serve como triagem para
e o exame físico e neurológico não sugerem cefaleias diagnóstico de catarata congênita, retinoblastoma
secundárias. ou retinopatia da prematuridade.
Considerando-se esse caso, a principal hipótese C) Os registros do peso, da estatura e do
diagnóstica é de: comprimento, bem como do perímetro cefálico
da criança, são recomendáveis até os 2 anos de
A) migrânea.
idade.
B) cefaleia do tipo tensional.
C) cefaleia secundária a distúrbios metabólicos. D) Os pais devem ser alertados quanto ao risco
de morte súbita de crianças no primeiro ano de
D) cefaleia em salvas e outras autonômicas vida, sobretudo nos primeiros 6 meses, sendo
trigeminais.
que a melhor maneira de prevenir esses casos é
colocando a criança para dormir de lado.
QUESTÃO 29
Considere um paciente de 33 anos de idade, previamente
QUESTÃO 32
hígido, com relato de há dois dias estar com quadro de
diarreia e vômitos com piora nas últimas 12 horas. Ele Analise as afirmativas a seguir sobre a imunização da
relata que apresentou três evacuações aquosas nas criança, assinalando com V as verdadeiras e com F as
últimas duas horas, vomitou duas vezes e que “nada falsas.
para no estômago”. Ao exame, apresenta-se afebril, com
24 incursões respiratórias por minuto, ausculta limpa, ( ) A vacina BCG é aplicada de forma intradérmica e
saturando 98% em ar ambiente, ritmo cardíaco sinusal objetiva evitar todas as formas de tuberculose.
com frequência cardíaca de 108 bpm e pressão arterial ( ) A vacina contra hepatite B (recombinante)
de 100/55 mmHg. Os exames mostram uma creatinina deve ser administrada preferencialmente nas
de 2,5 mg/dL (aumento de 2,5 vezes na creatinina basal primeiras 12 horas de nascimento ou na primeira
do paciente), bicarbonato de 21 mEq/L, pH de 7,35, visita da criança ao serviço de saúde.
Ur de 98 e potássio de 4,5 mEq/L. O fluxo urinário é de ( ) Em condições especiais, por exemplo, antes de
0,3 mL/kg/h nas últimas 13 horas e a fração excretada de quimioterapia e a partir de 12 meses de idade,
sódio (FENA) < 1%. indica-se a administração da vacina contra
Considerando o quadro descrito, assinale a alternativa varicela.
INCORRETA. ( ) Em crianças infectadas pelo HIV, a administração
A) A causa mais provável da disfunção renal é de BCG no primeiro mês de vida não deve ser
pré-renal. realizada.
B) O paciente apresenta insuficiência renal aguda Assinale a sequência CORRETA.
estágio 2 pela classificação de AKIN (Acute
Kidney Injury Network). A) V F V F
C) Deve-se iniciar reposição volêmica e monitorar a B) F V V F
diurese.
D) Deve-se iniciar hemodiálise imediatamente. C) V F F V
D) V V F F
QUESTÃO 30

São caraterísticas do tétano generalizado, EXCETO:


A) Trismo com dificuldade de abrir a mandíbula.
B) Redução do nível de consciência.
C) Disautonomia com oscilações bruscas de pressão
arterial e frequência cardíaca.
D) Contratura tônica da musculatura facial produzindo
o denominado risus sardonicus.

7
QUESTÃO 33 QUESTÃO 36

Em relação à odontopediatria, é incorreto afirmar: Em relação à tuberculose, é correto afirmar:

A) Quando bem executada, a higienização bucal A) De acordo com o Ministério da Saúde do Brasil,
demanda em torno de três minutos e deve o gênero feminino e o grupo etário 60 a 69 anos
ser realizada de forma sistematizada, pois a apresentam as maiores taxas de incidência.
qualidade da escovação é tão importante quanto
B) O diagnóstico da tuberculose em crianças,
a sua frequência.
devido à sua característica paucibacilar, deve ser
B) Os níveis de infecção por flora criogênica realizado por meio de critérios epidemiológicos e
apresentam um padrão familiar. clínico-radiológicos.
C) Na cronologia da dentição decídua, observa-se C) A broncoscopia apresenta rendimento superior à
que os primeiros dentes a realizar o irrompimento coleta de três amostras de lavado gástrico.
são os incisivos por volta do 6º ao 10º mês de
D) Está contraindicada a associação de
vida, apesar da alta variabilidade em termos de
corticosteroides ao esquema anti-TB na
época.
meningoencefalite tuberculosa.
D) O risco de cárie varia conforme a superfície e
o grupo de dentes, sendo os caninos por sua
superfície lisa os mais suscetíveis à ação dos QUESTÃO 37
ácidos bacterianos.
Em relação à síndrome diarreica, é incorreto afirmar:

A) A diarreia do tipo secretora é aquela induzida por


QUESTÃO 34
enterotoxinas bacterianas.
Em relação à gripe por influenzavírus, é correto afirmar: B) A E. coli enterotoxigênica (ECET) é a principal
causa da síndrome hemolítico-urêmica (SHU)
A) O zanamivir é indicado principalmente a
por produzir dois tipos de enterotoxinas:
menores de 5 anos para tratamento ou para
LT (termolábel) e ST (termoestável),
quimioprofilaxia, pois, além do tratamento, ainda
reduz o risco de broncoespasmo. C) O Na+ pode ser absorvido acoplado a glicose,
galactose ou aminoácidos, com auxílio de
B) Trata-se de uma infecção aguda das vias aéreas
transportadores específicos e se mantendo
que cursa com quadro febril, com a curva térmica
inalterado durante os episódios de diarreia aguda.
usualmente declinando após dois ou três dias e
normalizando em torno do sexto dia de evolução. D) Na diarreia osmótica, ocorre a presença de fezes
de conteúdo ácido e hiperosmótico, eliminadas
C) O período de incubação da influenza dura de
com gases (fezes explosivas), substâncias
10 a 14 dias.
redutoras presentes, distensão e cólicas
D) Indivíduos maiores de 19 anos de idade em uso abdominais, assim como hiperemia da região
prolongado de ácido acetilsalicílico apresentam perineal.
risco de síndrome de Reye.

QUESTÃO 38
QUESTÃO 35
Em relação às parasitoses intestinais, é correto afirmar:
Considerando os níveis de controle da asma, relacione a
COLUNA II com a COLUNA I, associando os parâmetros A) O alérgeno do áscaris é considerado o menos
aos graus de controle. ativo de todos os alérgenos de origem parasitária.

COLUNA I B) O abscesso hepático é a segunda forma mais


frequente de giardíase invasiva.
1. Asma controlada
C) A síndrome hiperinfecciosa é considerada
2. Asma parcialmente controlada
complicação da estrongiloidíase, resulta da
3. Asma não controlada disseminação das larvas por todo o organismo e
COLUNA II ocorre principalmente em desnutridos, portadores
de neoplasias, na vigência de tratamento com
( ) PFE normal.
corticoides ou imunossupressores.
( ) Três ou mais sintomas diurnos por semana.
D) O gato é considerado um hospedeiro do
( ) Limitação das atividades.
Hymenolepis nana.
( ) Mais de três parâmetros alterados.
( ) Despertares noturnos.
Assinale a sequência CORRETA.
A) 2 2 1 3 1
B) 1 2 1 3 2
C) 1 2 2 3 2
D) 1 1 2 3 1

8
QUESTÃO 39 QUESTÃO 42

Considerando as anemias, relacione a COLUNA II com Em relação à febre reumática, é correto afirmar:
a COLUNA I, associando os tipos de anemia a suas
A) O diagnóstico da febre reumática é eminentemente
respectivas características.
clínico, podendo o quadro ser bastante variável,
COLUNA I ocorrendo desde lesões leves de pouca expressão
clínica até casos graves de evolução fulminante.
1. Anemia ferropriva
2. Anemia megaloblástica B) As recidivas da doença não são um importante
fator para o agravamento das lesões valvares,
3. Anemia falciforme
uma vez que o processo cicatricial do primeiro
4. Talassemia episódio já é o determinante para progressão das
COLUNA II valvopatias.
( ) Contagem de reticulócitos normal. C) Entre os critérios menores de Jones, pode-se citar
( ) Crises aplásicas. a artrite, a cardite e a coreia de Sydenham.
( ) Hidropsia fetal. D) Na maioria dos pacientes, existe uma elevação
( ) Macrocitose. nos títulos de antiestreptolisina O – ASO a
partir do terceiro dia após o quadro de infecção
Assinale a sequência CORRETA.
estreptocócica.
A) 2 3 4 1
B) 3 2 1 4 QUESTÃO 43
C) 4 2 3 1 Em relação à síndrome nefrótica, é correto afirmar:
D) 1 3 4 2 A) A hiperlipidemia e a lipidúria estão presentes,
embora permaneçam obscuros os exatos
mecanismos dessas alterações.
QUESTÃO 40
B) A expressão clínica mais importante é a
Em relação às doenças exantemáticas, é incorreto hipertensão arterial de início insidioso, que logo
afirmar: se generaliza, podendo constituir quadro de
anasarca intensa.
A) O exantema escarlatiniforme caracteriza-se
por áreas extensas de vermelhidão difusa, C) Na maioria das crianças, ocorre um quadro de
poupando a região perioral. hipertensão arterial associada, muitas vezes
grave, que não se normaliza com o controle da
B) Entre os exantemas papulovesiculares, merecem doença.
destaque o da varicela, o do herpes, o do impetico
e o das enteroviroses. D) O medicamento de escolha para o tratamento é
a ciclofosfamida, sendo que em casos discretos
C) O exantema da rubéola tem tonalidade rósea pode-se aguardar de 4 a 6 semanas na tentativa
acastanhada, generaliza-se em três dias e de se obter remissão espontânea.
desaparece no sétimo dia de evolução.
D) O exantema súbito normalmente acomete QUESTÃO 44
crianças de 6 meses a 3 anos de idade.
Considerando as afecções cirúrgicas, relacione a
COLUNA II com a COLUNA I, associando a doença a seu
QUESTÃO 41 respectivo tratamento.

Em relação às convulsões, é incorreto afirmar: COLUNA I


1. Lábio leporino
A) As crises atônicas são caracterizadas por
2. Hérnia inguinal
contrações e relaxamentos musculares rítmicos.
3. Hidrocele
B) A síndrome de Dravet é considerada o espectro
4. Epispádia
fenotípico mais grave da convulsão febril plus.
COLUNA II
C) As convulsões sintomáticas agudas são
( ) Operada logo após o diagnóstico.
secundárias a um problema agudo que afeta
a excitabilidade cerebral, como desequilíbrio ( ) Operada após um ano de idade.
eletrolítico ou meningite. ( ) Operada por volta dos 3 anos de idade.
D) Nas crises generalizadas, as primeiras alterações ( ) Operada por volta do 3º mês de vida.
clínicas e EEG indicam envolvimento sincrônico Assinale a sequência CORRETA.
de ambos os hemisférios cerebrais. A) 4 2 3 1
B) 3 2 1 4
C) 2 3 4 1
D) 1 3 4 2

9
QUESTÃO 45 QUESTÃO 48

Analise as afirmativas a seguir sobre leucemias, linfomas Em relação ao partograma, é correto afirmar:
e tumores da infância, assinalando com V as verdadeiras
e com F as falsas. A) A parada secundária de descida ocorre durante o
período de dilatação e é diagnosticada quando,
( ) O diagnóstico diferencial das leucemias quando após dois toques consecutivos com intervalo de
só existe pancitopenia deve ser feito com anemia duas horas, não ocorre a descida da apresentação.
aplásica e mielofibrose.
B) Na fase ativa prolongada, a dilatação cervical
( ) Um valioso marcador tumoral nos casos de
permanece inalterada em dois toques consecutivos
hepatoblastoma da infância é o antígeno
com intervalo de duas horas entre eles.
carcinoembrionário (CEA) que pode ser utilizado
para diagnóstico e monitoramento dos tumores. C) A parada secundária de dilatação pode ser em
( ) Nos casos de linfoma de Hodgkin, com o uso decorrência de uma DCP (desproporção céfalo-
de regimes terapêuticos atuais, pacientes com pélvica) absoluta ou relativa.
fatores prognósticos e doença em estágio inicial D) A aplicação (preenchimento) do partograma deve
apresentam uma sobrevida global maior do que ser iniciada na fase latente do trabalho de parto
95% em 5 anos. para identificação precoce das distocias e suas
( ) O tumor de Wilms em estágio IV caracteriza-se correções.
por tumor em ambos os rins.
Assinale a sequência CORRETA. QUESTÃO 49

A) V F V F C) V F F V Considerando as possibilidades terapêuticas para a


gravidez ectópica, é correto afirmar:
B) F V F V D) V V F F
A) Os principais critérios para a utilização do
metotrexato como tratamento são estabilidade
GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA hemodinâmica, Beta HCG até 5.000 mUI/mL,
possibilidade de seguimento da paciente e
ausência de atividade cardíaca embrionária ou
QUESTÃO 46 fetal.
B) A salpingostomia pode ser realizada em pacientes
Em relação ao período implantacional e à embriogênese,
com gravidez ectópica íntegra ou rôta.
é correto afirmar:
C) O tratamento cirúrgico está indicado somente
A) A mórula atinge a cavidade uterina cerca de sete quando há instabilidade hemodinâmica.
dias após a fertilização.
D) O tratamento expectante pode ser feito em
B) O blastocisto se implanta nas células da cavidade pacientes sintomáticas e com níveis de Beta HCG
uterina e se diferencia em duas camadas, em ascensão em dosagens seriadas.
o citotrofoblasto (camada celular externa) e o
sinciciotrofoblasto (camada celular interna).
QUESTÃO 50
C) O mesoderma embrionário dá origem à epiderme
e aos seus anexos. Em relação ao diabetes mellitus gestacional (DMG),
D) A neurulação (formação do tubo neural) ocorre na é correto afirmar:
terceira semana do desenvolvimento embrionário.
A) Os critérios diagnósticos do DMG segundo a
International Association of the Diabetes and
QUESTÃO 47 Pregnancy Study Group (IADPSG ) são glicemia
de jejum ≥ 95 mg/dL, uma hora pós-sobrecarga
Considerando as alterações fisiológicas da gravidez, com 75 gramas de dextrosol ≥ 180 mg/dL e
é correto afirmar: duas horas pós-sobrecarga com 75 gramas de
dextrosol ≥ 153 mg/dL, sendo considerado
A) No sistema respiratório, ocorre a elevação do diagnóstico apenas um valor alterado.
diafragma com consequente diminuição da
circunferência torácica. B) A recomendação para o início da utilização de
tratamento farmacológico no DMG é feita quando
B) No sistema sanguíneo, a massa eritrocitária está a terapia nutricional não resultar em valores de
inalterada e, portanto, ocorre a hemodiluição em glicemias capilares abaixo de 95 mg/dL em jejum,
decorrência do aumento do volume plasmático. uma hora após a refeição abaixo de 140 mg/dL e
C) No sistema cardiovascular, ocorre a diminuição duas horas após a refeição abaixo de 120 mg/dL.
da pressão sistólica em torno de 10 mmHg e da C) A metformina e a glibenclamida não devem ser
pressão diastólica em torno de 15 mmHg. utilizadas na gravidez por serem drogas classe D
D) A estase urinária está relacionada a fatores do FDA (Food and Drug Administration).
mecânicos e aos níveis elevados de estrogênio, D) As malformações fetais e o abortamento
que provoca hipotonia da musculatura lisa do espontâneo não estão correlacionados com os
ureter. valores da glico-hemoglobina à concepção.

10
QUESTÃO 51 QUESTÃO 54

Em relação às síndromes hipertensivas na gestação, é Os prolapsos de órgãos pélvicos podem levar a uma
correto afirmar: importante redução da qualidade de vida da mulher.

A) A síndrome HELLP é sempre precedida pela Sobre essa patologia, é correto afirmar:
hipertensão. A) É uma importante causa de tratamento cirúrgico
B) Mulheres com pré-eclâmpsia prévia não têm pélvico feminino.
risco aumentado de hipertensão gestacional em B) Os partos cesáreos ou vaginais, mesmo de
gravidez futura. repetição, são fatores de risco estatisticamente
semelhantes para o desenvolvimento dos
C) A incidência do acidente vascular encefálico (AVE)
prolapsos.
não aumenta com o avanço da idade materna,
porém o risco é maior em pacientes obesas e C) A International Continence Society definiu
diabéticas. uma classificação dos prolapsos com medidas
específicas; nessa classificação, um prolapso
D) Se ocorrer o aumento de transaminase hepática de parede vaginal anterior com medida do ponto
(TGO > 70) após a 20ª semana de gestação Ba = +1 indica um prolapso grau 3.
em pacientes com hipertensão arterial crônica,
D) A bacia óssea tem um papel preponderante na
o diagnóstico provável é de pré-eclâmpsia
suporte estático e dinâmico dos órgãos pélvicos,
sobreposta.
e o tecido conjuntivo tem um papel secundário
nesse suporte.
QUESTÃO 52
QUESTÃO 55
Em relação às hemorragias da segunda metade da
gestação, assinale a alternativa CORRETA. O câncer de colo é o câncer ginecológico pélvico mais
comum nas mulheres brasileiras, muito importante para a
A) Os principais fatores de risco para o descolamento saúde da mulher e para a saúde pública, com rastreamento
prematuro da placenta (DPP) são as causas efetivo e possibilidade de prevenção.
mecânicas ou traumáticas.
Sobre a patologia oncológica, é correto afirmar:
B) Na ruptura uterina incompleta, o peritônio visceral
permanece íntegro. A) As taxas de câncer de colo são diretamente
proporcionais aos indicadores econômicos e
C) A classificação clínica Grau II do DPP se sociais de cada país.
caracteriza por sangramento vaginal discreto,
B) Os vírus do HPV tipo 16 e 18 são os principais
sem repercussões materno-fetais.
fatores etiológicos infecciosos envolvidos.
D) Na placenta prévia (PP) marginal, a placenta está C) A invasão do espaço linfovascular, apesar de ser
implantada no segmento uterino inferior, com descrita no resultado anatomopatológico do pós-
distância maior que 2 cm do orifício interno do operatório, não tem influência sobre o prognóstico
colo uterino. e o tratamento das pacientes.
D) O estadiamento do câncer de colo uterino é
QUESTÃO 53 cirúrgico.

De acordo com as diretrizes da International Continence QUESTÃO 56


Society, a incontinência urinária é um sintoma, um sinal e
uma alteração do estado de vida. Pacientes acometidas pela endometriose representam
um grupo que inspira muito cuidado do ginecologista,
Sobre ela, é correto afirmar: visto se tratar de uma patologia de alta morbidade, com
A) Para o tratamento da incontinência urinária, influência importante na qualidade de vida e no futuro
é imprescindível o conhecimento da fisiologia reprodutivo da mulher.
da micção, em que o sistema simpático é o Sobre essa patologia, é correto afirmar:
responsável pela fase de eliminação de urina
A) A teoria de Sampson explica a gênese da
B) O estudo urodinâmico fornece dados objetivos ao endometriose em vários locais do corpo.
diagnóstico, sendo muito importante quando se B) A dor defecatória é um dos principais sintomas
planeja indicar tratamentos invasivos, cirúrgicos. dessa patologia, com boa especificidade para os
C) O tratamento farmacológico tem papel importante casos de endometriose pélvica.
nos casos de incontinência urinária de esforço, C) A elevação do antígeno de câncer 125 (Ca 125)
sendo o de melhor resultado. apresenta correlação positiva com gravidade da
D) Os slings, cirurgias com faixas suburetrais, apesar endometriose e boa especificidade, embora sua
de largamente usadas, apresentam baixos índices sensibilidade seja inadequada para uso clínico em
de sucesso no tratamento da incontinência casos iniciais.
urinária de esforço. D) As medicações androgênicas ainda fazem parte
do tratamento de escolha para casos elegíveis
para tratamento clínico.

11
QUESTÃO 57 QUESTÃO 59

A transição entre o período de idade reprodutiva e a As patologias de mamas são frequentes e o diagnóstico
fase de senescência ovariana é um período que inspira diferencial com as lesões malignas devem sempre estar
vários cuidados médicos, com medidas preventivas que na linha de atenção.
podem gerar melhora da qualidade de vida das mulheres.
Sobre as patologias e propedêuticas mamárias, é correto
Esse período de progressão endocrinológica gradual é
afirmar:
chamado de transição menopáusica.
Sobre esse período, é correto afirmar: A) A detecção precoce do câncer de mama está
apoiada na avaliação dos fatores de risco, no
A) A fase inicial dessa transição se caracteriza exame clínico mamografia de rastreamento e na
pela elevação significativa das gonadotrofinas: ressonância magnética em algumas pacientes.
hormônio luteinizante (LH) e folículo estimulante
(FSH). B) A idade não é um fator importante na avaliação do
risco de câncer de mama.
B) Há um aumento da produção de sulfato
de deshidroepiandrostenediona (SDHEA) C) Pelo sistema de Breast Imaging and Data System
suprarrenal compensando a diminuição da (BI-RADS), a classificação 2 indica um achado
produção hormonal ovariana. suspeito, devendo-se considerar a biópsia.
C) Apesar da queda gradativa hormonal desse D) A ultrassonografia mamária tem substituído a
período, é infrequente a irregularidade menstrual mamografia como exame de rastreamento do
importante. câncer de mama, com vantagens para avaliação
D) Apesar de as mulheres nessa transição não se de calcificações mamárias.
considerarem férteis ainda, a gestação pode
ocorrer nos ciclos ovulatórios ocasionais. Sendo QUESTÃO 60
importante o planejamento familiar também nessa
fase. O câncer de ovário é um verdadeiro desafio para os
médicos e é uma patologia com grande potencial de
QUESTÃO 58 morbidade e mortalidade.
Sobre esse importante tumor ginecológico, é correto
A amenorreia é uma queixa comum na ginecologia.
afirmar:
Excluindo as situações fisiológicas, gravidez e menopausa,
as demais causas devem ser pesquisadas. A) Os tumores de células germinativas são os
Sobre as amenorreias, é correto afirmar: cânceres malignos de ovário mais frequentes,
acometendo especialmente pacientes na quarta
A) As amenorreias primárias podem ser investigadas década de vida.
antes, mas, por definição, devem ser investigadas
B) Nas mulheres com câncer de mama, ainda não
em mulheres com mais de 15 anos, com ou
foi detectada nenhuma correlação de aumento na
sem desenvolvimento de outras caraterísticas
incidência de câncer de ovário subsequente.
puberais, como telarca e pubarca.
C) A maioria dos cânceres de ovário hereditários está
B) Na síndrome mulleriana de Mayer-Rokitansky-
associada à mutação no gene BRCA1, localizado
Kuster–Hauser, a telarca e a pubarca são
no cromossomo 17.
normais, as pacientes possuem cromossomos
46 XX. D) No estadiamento II, conforme a Federação
Internacional de Ginecologia e Obstetrícia
C) A síndrome de Asherman é um exemplo de uma
(FIGO), do carcinoma primário de ovário,
amenorreia hormonal herdada.
a cirurgia inicial é o único tratamento a ser
D) Nas amenorreias secundárias, as causas mais indicado.
comuns são hipogonadismo hipogonadotrófico.

12
QUESTÃO 64
MEDICINA PREVENTIVA E SOCIAL
O conceito de vigilância em saúde não inclui:

A) vigilância das doenças e agravos não


QUESTÃO 61 transmissíveis.
Entre as medidas utilizadas para sintetizar dados, B) vigilância dos repasses financeiros das comissões
encontram-se aquelas de tendência central, que indicam tripartides.
o centro de uma distribuição, em geral, de uma amostra.
C) vigilância ambiental em saúde.
A esse respeito, numere a COLUNA II de acordo com
D) vigilância da saúde do trabalhador.
a COLUNA I, fazendo a relação das medidas a seus
respectivos conceitos.
COLUNA I QUESTÃO 65
1. Média A integração entre a Vigilância em Saúde e a Atenção
2. Mediana Primária à Saúde é condição obrigatória para a
3. Moda construção da integralidade na atenção e para o alcance
dos resultados, com desenvolvimento de um processo de
COLUNA II trabalho condizente com a realidade local, que preserve
( ) Indica o valor que aparece com maior frequência as especificidades dos setores e compartilhe suas
na amostra. tecnologias, tendo por diretrizes, EXCETO:
( ) É o ponto central da distribuição, que é obtido A) Compatibilização dos territórios de atuação das
após todas as observações serem colocadas em equipes, com a gradativa inserção das ações de
ordem crescente (ou decrescente), de acordo vigilância em saúde nas práticas das equipes da
com o seu valor. Saúde da Família.
( ) É a soma de todos os valores dividida pelo
número de amostras. B) Planejamento e programação integrados das
ações individuais e coletivas.
Assinale a sequência CORRETA.
C) Monitoramento e avaliação disponibilizados pelo
A) 1 2 3 Ministério da Saúde para estados e municípios.
B) 3 2 1 D) Educação permanente dos profissionais de
saúde, com abordagem integrada nos eixos da
C) 2 3 1
clínica, vigilância, promoção e gestão.
D) 2 1 3

QUESTÃO 66
QUESTÃO 62
Analise as afirmativas a seguir,
A realização de uma metanálise não inclui:
A vigilância é uma característica essencial da prática
A) formulação do problema e delineamento do epidemiológica e pode ser usada para:
estudo. I. monitorar a efetividade e avaliar o impacto de
B) identificação dos estudos relevantes. medidas de prevenção e controle, estratégias de
intervenção e mudanças nas políticas de saúde.
C) repetição dos estudos para comprovação dos
II. identificar casos isolados ou agrupados e avaliar
resultados.
o impacto de eventos para a saúde pública e
D) medição, combinação e interpretação dos avaliar tendências.
resultados. III. medir fatores de risco para doenças e planejar e
fornecer atenção aos doentes.
QUESTÃO 63 Apresentam corretamente usos da vigilância
epidemiológica os itens:
Os estudos em que as unidades de análise são grupos
de pessoas ao invés de indivíduos e são particularmente A) I e II, apenas.
úteis para gerar hipóteses são chamados de: B) I e III, apenas.
A) transversais. C) II e III, apenas.
B) ecológicos. D) I, II e III.
C) coortes.
D) casos controles.

13
QUESTÃO 67 QUESTÃO 72

As medidas de dispersão são utilizadas para resumir São dificuldades para o trabalho em equipe, EXCETO:
dados e têm por objetivo indicar quão diferentes são os
indivíduos em uma amostra. A) Falta de capacitação e inexperiência dos
profissionais de saúde.
A medida calculada pela fórmula s = √s² é denominada:
B) Conflitos entre os membros da equipe.
A) erro padrão da média.
C) Considerar a superioridade das opiniões dos
B) variância.
outros membros da equipe em relação às suas
C) desvio padrão. próprias.
D) erro padrão.
D) Equipes pequenas.

QUESTÃO 68
QUESTÃO 73
Analise as afirmativas a seguir, relativas ao território.
De acordo com Ian Mc Whitney, são competências
I. A territorialização é o processo de análise específicas da Medicina Familiar, EXCETO:
territorial que visa uma base organizativa dos
sistemas de saúde e do planejamento da A) Competências de comunicação.
vigilância em saúde. B) Competências preventivas.
II. O território é o espaço limitado político-
C) Competências terapêuticas.
administrativamente ou por ação de um grupo
social. D) Competências de gestão de recursos.
III. No âmbito municipal, pode-se identificar os
territórios, distrito, área, microárea e moradia.
QUESTÃO 74
Estão corretas as afirmativas:
A) I e II, apenas. O sistema de informação que coleta informações sobre a
Estratégia de Saúde da Família é o:
B) I e III, apenas.
C) II e III, apenas. A) SIAB.
D) I, II e III. B) SIA.
C) APAC.
QUESTÃO 69 D) SISVAN.
A unidade operacional do agente comunitário de saúde
(ACS) é:
QUESTÃO 75
A) microárea.
A taxa de mortalidade entre adultos é definida como:
B) área.
C) distrito. A) a probabilidade de morrer entre as idades de 15 e
D) módulo assistencial. 60 anos para cada 1.000 pessoas.
B) a probabilidade de morrer entre as idades de 20 e
80 anos para cada 1.000 pessoas
QUESTÃO 70
C) a probabilidade de morrer entre as idades de 15 e
São grandes referenciais para o sistema de saúde 60 anos para cada 100.000 pessoas.
brasileiro definidos pela Constituição Federal de 1988,
EXCETO: D) a probabilidade de morrer entre as idades de 20 e
80 anos para cada 100.000 pessoas.
A) Conceito ampliado de saúde.
B) Reforma sanitária.
C) Saúde como direito do cidadão e dever do estado.
D) Instituição de um sistema único de saúde.

QUESTÃO 71

O sistema único de saúde tem como princípios, EXCETO:

A) Universalidade.
B) Descentralização.
C) Integralidade.
D) Territorialização.

14
FOLHA DE RESPOSTAS
(RASCUNHO)
A B C D A B C D A B C D
01 28 55
A B C D A B C D A B C D
02 29 56
A B C D A B C D A B C D
03 30 57
A B C D A B C D A B C D
04 31 58
A B C D A B C D A B C D
05 32 59
A B C D A B C D A B C D
06 33 60
A B C D A B C D A B C D
07 34 61
A B C D A B C D A B C D
08 35 62
A B C D A B C D A B C D
09 36 63
A B C D A B C D A B C D
10 37 64
A B C D A B C D A B C D
11 38 65
A B C D A B C D A B C D
12 39 66
A B C D A B C D A B C D
13 40 67
A B C D A B C D A B C D
14 41 68
A B C D A B C D A B C D
15 42 69
A B C D A B C D A B C D
16 43 70
A B C D A B C D A B C D
17 44 71
A B C D A B C D A B C D
18 45 72
A B C D A B C D A B C D
19 46 73
A B C D A B C D A B C D
20 47 74
A B C D A B C D A B C D
21 48 75
A B C D A B C D
22 49
A B C D A B C D
23 50
A B C D A B C D
24 51
A B C D A B C D
25 52
A B C D A B C D
26 53
A B C D A B C D
27 54

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
ATENÇÃO:
AGUARDE AUTORIZAÇÃO
PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.