Você está na página 1de 12

MARINHA

CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADESTRAMENTO NUCLEAR DE


DO EXERCÍCIOS
ARAMAR
BRASIL
U.E. AULA
MÓDULO/DISCIPLINA: GCB-302 - Teoria de Reatores II

INSTRUTORA: SCNS Dra. ELAINE PEREIRA TURMA:

AULA 01 – BARRAS DE CONTROLE

1. Quais são os propósitos das barras de controle em um reator nuclear?


2. Quais os principais materiais utilizados como barras de controle e o porquê destas escolhas?
3. Explique os tipos de barras de controle.
4. Qual a reação de queima (consumo) do Boro no fluxo de nêutrons?
5. Qual a classificação do boro quanto a sua absorção de nêutrons? Explique.
6. Como podemos classificar as barras de controle constituídas por Ag-Cd-In?
7. Qual a vantagem de se utilizar o Hf como material absorvedor de nêutrons?
8. Explique por que há um aumento de potência no reator quando se retiram as barras de controle
do núcleo. Utilize as equações do fator de utilização térmica (f) e de Kef para a explicação.
9. O que é SCRAM ou TRIP do reator e como se dá o efeito da reatividade das barras de controle
nesta operação?

AULA 02 – BARRAS DE CONTROLE

1. Com base na figura abaixo, responda as questões a – b – c.


a) Por que a barra de controle foi inserida no meio do fluxo neutrônico radial?
b) Ao se adicionar uma segunda barra, qual seria a localização mais adequada e explique o
motivo.
c) Como é a variação do Valor da Barra de Controle (CRW – Control Rod Worth) frente ao fluxo
neutrônico?
2. Construa a curva diferencial e integral de uma barra de controle, conforme dados de
reatividade (pcm) inserida no reator, para cada intervalo de retirada desta barra (polegadas).

Intervalo de
Reatividade (pcm) movimentação da barra
(polegadas)
20 0a4
30 4a8
50 8 a 12
70 12 a 16
70 16 a 20
50 20 a 24
30 24 a 28
20 28 a 32

3. Sabe-se que o Valor Diferencial da Barra de Controle (DRW) é proporcional ao quadrado da


razão entre o fluxo neutrônico próximo a ponta da barra e o fluxo neutrônico médio no núcleo.
Com base nisto, resolva o seguinte exercício:

Uma barra de controle é posicionada em um reator nuclear com os seguintes parâmetros de fluxo de
nêutrons:
Fluxo médio de nêutrons térmicos = 1 x 1012 nêutrons/cm2.s
Fluxo de nêutrons na ponta da barra de controle = 5 x 1012 nêutrons/cm2.s

Se a barra de controle for levemente retirada, de forma que a ponta da barra esteja localizada em um
fluxo de nêutrons de 1013 nêutrons/cm2.s, então o valor diferencial da barra de controle aumentará em
um fator de _______. (Suponha que o fluxo médio é constante).

a) 0,5
b) 1,4
c) 2,0
d) 4,0

4. Qual dos seguintes parâmetros tem a maior influência no formato de uma curva diferencial de
barra de controle?
a) Distribuição do fluxo neutrônico radial.
b) Distribuição do fluxo neutrônico axial.
c) Distribuição do 135Xe no núcleo.
d) Distribuição de venenos neutrônicos no núcleo.

5. Qual das seguintes alternativas expressa a relação entre o valor diferencial da barra (DRW) e o
valor integral da barra (IRW)?

A. IRW é a inclinação da curva DRW.


B. O IRW é o inverso da curva DRW.
C. IRW é a soma dos DRWs entre as posições inicial e final da barra de controle.
D. IRW é a soma dos DRWs de todas as barras de controle em uma posição específica.

6. O valor integral da barra de controle (IRW) pode ser descrito como a mudança ______ para
uma mudança ______ na posição da barra.

A. da potência do reator; total


B. da reatividade; de unidade
C. da potência do reator; de unidade
D. Reatividade; total

7. Qual dos seguintes parâmetros tem a maior influência no formato de uma curva diferencial?
A. Distribuição do fluxo neutrônico radial do núcleo
B. Distribuição do fluxo de neutrônico axial do núcleo
C. Distribuição de xenônio-135
D. Distribuição de venenos neutrônicos

8. A quantidade de reatividade inserida pelo movimento de uma barra de controle, de uma altura
de referência para qualquer outra altura é chamada de ...
A. valor diferencial da barra.
B. excesso de reatividade.
C. valor integral da barra.
D. reatividade de referência.

9. Valor integral da barra é...


A. a alteração na reatividade por mudança de unidade na posição da barra de controle.
B. o valor da barra associado à barra de controle mais reativa.
C. a mudança no valor de uma barra de controle por unidade de mudança na potência do
reator.
D. a reatividade adicionada movendo-se uma barra de controle de uma posição para outra.

10. Qual das seguintes afirmações expressa a relação entre o valor diferencial da barra (DRW) e
valor integral da barra (IRW)?
A. DRW é a área sob a curva IRW em uma determinada posição da barra.
B. DRW é a inclinação da curva IRW em uma determinada posição da barra.
C. DRW é o IRW em uma determinada posição da barra.
D. DRW é a raiz quadrada do IRW em uma determinada posição da barra.

11. Com base na curva diferencial de uma barra de controle, descreva os pontos A, B e C.

A C

12. Com base na curva integral de uma barra de controle, descreva os pontos A, B e C.

13. Durante a operação em potência máxima, o valor diferencial da barra de controle é menos
negativo (ISTO QUER DIZER: insere menos negatividade ao núcleo ou absorvem menos
nêutrons) no topo e no fundo do núcleo em comparação com as regiões centrais, devido aos
efeitos de ...
A. concentração de boro do refrigerante do reator.
B. distribuição de fluxo de nêutrons.
C. Concentração de xenônio.
D. distribuição da temperatura do combustível.

AULA 03 – BARRAS DE CONTROLE


1. Explique a relação entre o valor da barra de controle (CRW) e a temperatura do moderador.

2. À medida que a temperatura do moderador aumenta, o valor diferencial da barra (DWR) torna-
se mais negativo (ISTO QUER DIZER: insere reatividade negativa ao núcleo, absorve mais
nêutrons) porque…

A. a diminuição da densidade do moderador causa mais vazamento de nêutrons fora do


núcleo.
B. o coeficiente de temperatura moderador diminui, diminuindo a competição.
C. a temperatura do combustível aumenta, diminuindo a absorção de nêutrons no combustível.
D. a diminuição da densidade do moderador aumenta o comprimento da migração de
nêutrons.

3. Com uma usina nuclear operando normalmente em potência máxima, uma queda de 5 ° F
(-15 °C) na temperatura do moderador fará com que a barra do controle diferencial se torne...

A. mais negativo devido a melhor moderação de nêutrons.


B. menos negativo devido ao menor comprimento de migração de nêutrons.
C. mais negativo devido ao aumento da absorção de neutrões no moderador.
D. menos negativo devido ao aumento da absorção de ressonância de nêutrons.

4. Explique o fenômeno do endurecimento do espectro e o aumento do CRW das barras


constituídas por B4C ou Ag-Cd-In.
5. Por que no EOL de um reator o CRW aumenta?

6. Com base na figura abaixo, qual efeito de sombreamento ocorre nos pontos A, B e C.

7. Por que os reatores utilizam banco de barras?

8. Uma partida do reator está em andamento a partir de uma condição de desligamento a frio.
Durante a fase de aquecimento do refrigerante do reator, o valor diferencial da barra de
controle torna-se __________ negativo; e durante a retirada completa do banco inicial de
barras de controle, o valor da diferencial da barra de controle torna-se __________.

A. mais; mais negativo inicialmente e depois menos negativo.


B. mais; menos negativo inicialmente e depois mais negativo.
C. menos; mais negativo durante toda a retirada.
D. menos; menos negativo durante toda a retirada.

9. O valor diferencial da barra tornar-se-á mais negativo se a temperatura do sistema de


refrigeração do reator for __________ e a concentração de boro do refrigerante do reator for
__________.

A. aumentada; diminuída
B. diminuída; diminuída
C. aumentada; aumentada
D. diminuída; aumentada

10. À medida que a temperatura do moderador aumenta, o valor diferencial da barra se torna ...
A. mais negativo devido ao aumento do comprimento de difusão de nêutrons.
B. mais negativo devido à diminuição da absorção de ressonância de nêutrons.
C. menos negativo devido à moderação reduzida de nêutrons.
D. menos negativo devido à diminuição da moderação na absorção de nêutrons.

11. Qual dos seguintes itens fará com que o valor diferencial de um grupo de barras de controle
tornar-se-á menos negativo? (Considere apenas o efeito direto da mudança inicial)
A. Com a diminuição da temperatura do combustível.
B. O sistema de refrigeração do reator é resfriado de 170 °F para 120 °F, durante a preparação
para reabastecimento.
C. O xenônio-135 se acumula na metade inferior do núcleo.
D. Durante o ciclo de combustível, a quantidade de venenos neutrônicos diminui.

AULA 04 – BARRAS DE CONTROLE

1. Explique um reator com refletor.

2. Escolha todas as respostas que apresentam uma vantagem em se utilizar um refletor...


A. perfil de fluxo de nêutrons mais plano.
B. menos barras de controle necessárias.
C. vida mais longa do vaso do reator.
D. maior produção de energia próximo a periferia do núcleo.
E. maior CRW das barras próximas as bordas do núcleo.

3. A principal razão para projetar e operar um reator com uma distribuição de fluxo de nêutrons
axial e radial mais plana é...
A. fornecer a queima das barras de controle.
B. reduzir o vazamento de nêutrons do núcleo.
C. atingir uma densidade de potência média mais alta.
D. fornecer com mais precisão a indicação de potência no núcleo.

4. O que o banco de barras proporciona na operação do reator?

5. Uma finalidade de se usar a sobreposição do banco de barras de controle é ...


A. assegurar uma margem de desligamento adequada.
B. fornecer um valor diferencial mais uniforme.
C. permitir o amortecimento das oscilações do fluxo de nêutrons induzido por xenônio-135.
D. assegurar que os limites de inserção da barra de controle não sejam excedidos.

6. Qual das seguintes opções inclui duas razões para se usar a sobreposição de banco barras de
controle?
A. Fornecer uma distribuição de fluxo axial mais uniforme e fornecer valor diferencial da barra
mais uniforme.
B. Fornecer um valor diferencial da barra mais uniforme e fornecer uma distribuição do fluxo
radial mais uniforme.
C. Fornecer uma distribuição do fluxo radial mais uniforme e assegurar que o grupo de barras
esteja com todas as suas barras individuais niveladas.
D. assegurar que o grupo de barras esteja com todas as suas barras individuais niveladas e for-
necer uma distribuição do fluxo axial mais uniforme.

7. Para que serve o RIL?

8. Por que os limites de inserção da barra de controle geralmente aumentam à medida que a po-
tência do reator aumenta?
A. O defeito de potência aumenta à medida que a potência aumenta.
B. O valor da barra de controle diminui à medida que a potência aumenta.
C. O coeficiente Doppler (temperatura do combustível) diminui à medida que a potência au-
menta.
D. A reatividade negativa do núcleo no equilíbrio do xenônio-135 aumenta à medida que a po-
tência aumenta.

9. Os limites de inserção da barra de controle garantem que as barras serão retiradas quando a
potência do reator ____________ para compensar a variação ____________.
A. aumenta; na reatividade de xenônio.
B. diminuições; na reatividade de xenônio.
C. aumenta; no defeito de potência.
D. diminui; no defeito de potência.

10. Os limites de inserção da barra de controle são estabelecidos para operação de potência, pois a
inserção excessiva da barra irá...
A. afetar negativamente a distribuição de potência do núcleo.
B. gerar excessiva diluição do Boro no refrigerante.
C. causar redução da vida útil da barra de controle.
D. causar fugas de nêutrons rápidos e térmicos.

11. Por que os limites de inserção da barra de controle são estabelecidos pela potência do reator?
A. Para minimizar o valor de uma barra de controle totalmente inserida.
B. Manter um coeficiente de temperatura do moderador negativo.
C. Para fornecer uma margem de desligamento adequada após um TRIP do reator.
D. Para garantir que haja reatividade positiva suficiente para compensar o defeito de potência.

12. Por que os limites de inserção da barra de controle são estabelecidos pelo nível de potência do
reator?
A. Para minimizar o valor de uma barra de controle derrubada.
B. Manter um coeficiente de temperatura do moderador negativo.
C. Para fornecer uma margem de desligamento adequada após um TRIP do reator.
D. Para garantir que haja reatividade positiva suficiente para compensar o defeito de potência.

AULA 05 – BARRAS DE CONTROLE

1. Por que o operador deve manter a diferença de fluxo axial em uma faixa operacional?
2. Por que se deve monitorar a taxa de inclinação de potência do quadrante (QPTR – Quadrant
Power Tilt Ratio)?
3. O que pode indicar um fator de canal quente maior que 1?

4. Se a distribuição de potência do quadrante (às vezes chamada de inclinação de potência do


quadrante ou inclinação azimutal) é mantida dentro dos limites do projeto, qual das seguintes
condições é mais provável?
A. A distribuição de energia axial está dentro dos limites do projeto.
B. A distribuição de energia radial está dentro dos limites do projeto.
C. A instrumentação nuclear está indicando uma precisão dentro dos limites do projeto.
D. A diferença de fluxo axial está dentro dos limites do projeto.

5. Considere um núcleo de reator com quatro quadrantes: A, B, C e D. O reator está operando em


potência de 90%, quando uma barra de controle totalmente retirada no quadrante C cai
completamente para o fundo do reator. Suponha que nenhuma ação do operador seja tomada
e que a potência do reator estabilize em 88%.
Como os valores máximos de distribuição de potência do quadrante superior e inferior do núcleo
são afetados pela barra caída?
A. O valor central superior diminui enquanto o valor central inferior aumenta.
B. O valor do núcleo superior aumenta enquanto o valor do núcleo inferior diminui.
C. Os valores do núcleo superior e inferior diminuem.
D. Os valores do núcleo superior e inferior aumentam.

6. Se a distribuição de potência do quadrante (às vezes chamada de inclinação de potência do


quadrante ou inclinação azimutal) for mantida dentro dos limites do projeto, qual das seguintes
condições é mais provável?

A. A distribuição do fluxo axial está dentro dos limites do projeto.


B. A distribuição do fluxo radial está dentro dos limites do projeto.
C. A instrumentação nuclear está indicando uma exatidão dentro dos limites do projeto.
D. A concentração de xenônio-135 está dentro dos limites do projeto.
7. Um reator está operando em 100% de potência constante quando uma única barra de controle
é totalmente inserida . Após o transiente (variação) inicial, o operador retorna o reator para
100% de potência com a barra de controle ainda totalmente inserida.
Comparado com a forma inicial do fluxo de nêutrons axial, a forma atual do fluxo de nêutrons
terá ...
A. uma distorção menor, porque uma barra de controle totalmente inserida tem valor de
reatividade zero.
B. Distorção menor, porque a barra de controle totalmente inserida é um veneno axialmente
uniforme.
C. distorção maior, porque as metades do núcleo superior e inferior são fracamente acopladas.
D. grande distorção, porque a produção de energia ao longo do comprimento da barra diminui
drasticamente.

8. Depois que uma barra de controle é totalmente inserida (a partir da posição totalmente
retirada), o efeito sobre a forma fluxo axial é mínimo. Isto ocorre porque...
A. o valor diferencial da barra é constante ao longo do comprimento da barra de controle.
B. a barra de controle totalmente inserida é um veneno axialmente uniforme.
C. uma barra de controle só tem valor de reatividade se estiver em movimento.
D. uma variação de distribuição de veneno (QUER DIZER: variação de DRW) ao longo do
comprimento da barra de controle.

9. Um reator opera a 80% de potência por quatro semanas com o banco de barras de controle
inserido 10% da posição totalmente retirada.
Qual dos seguintes itens será mais afetado ao inserir o banco adicionalmente 5%? (Suponha
que a potência do reator não é alterado)
A. Reatividade do xenônio-135.
B. Distribuição do fluxo radial.
C. Distribuição de potência do quadrante (inclinação azimutal).
D. Distribuição do fluxo axial.

10. Um reator está operando a 100% de potência com todas as barras de controle totalmente reti-
radas, quando uma única barra de controle da periferia do núcleo cai completamente. Assu-
mindo que não houve TRIP do reator ou qualquer ação do operador, qual dos seguintes itens
mudará significativamente com a queda desta barra?
A. Apenas distribuição de fluxo axial.
B. Distribuição de fluxo axial e margem de desligamento (SDM).
C. Distribuição do fluxo radial somente.
D. Distribuição de fluxo radial e margem de desligamento (SDM).

OBS. Cálculo do Shutdown Margin (SDM) = quantidade de reatividade necessária para reator se tornar
crítico (Kef =1)

 SDM = reatividade barras de controle (𝝆𝒓𝒐𝒅𝒔 ) – reatividade defeito de potência ou excesso do


núcleo (𝝆𝒑𝒐𝒘𝒆𝒓 𝒅𝒆𝒇𝒆𝒄𝒕 𝒐𝒓 𝒄𝒐𝒓𝒆 𝒆𝒙𝒄𝒆𝒔𝒔 )
11. Um reator está operando em estado estacionário a 75% de potência com todas as barras de
controle totalmente retiradas.
Assumindo que o reator não sofra TRIP (logo nenhuma alteração de potência), qual das
seguintes opções compara os efeitos da inserção completa de uma barra de controle central
frente a inserção parcial (50%) da mesma barra?
A. Uma barra totalmente inserida causa uma alteração menor na distribuição de fluxo axial.
B. Uma barra totalmente inserida causa uma alteração menor na distribuição de fluxo radial.
C. Uma barra totalmente inserida causa uma alteração menor na margem de desligamento.
D. Uma barra totalmente inserida causa uma alteração maior na margem de desligamento.

12. Um reator está operando a 100% de potência no BOL com as barras de controle totalmente
retiradas. Assumindo que o reator não sofra TRIP, qual das seguintes opções compara os efeitos
de se derrubar uma barra de controle central frente a derrubada de uma barra na periferia do
núcleo?
A. Derrubar uma barra de controle central causa uma alteração maior na margem de
desligamento.
B. Derrubar uma barra de controle central causa uma alteração menor na margem de
desligamento.
C. Derrubar uma barra de controle central causa uma alteração maior na distribuição do fluxo
axial.
D. Derrubar uma barra de controle central causa uma alteração maior na distribuição do fluxo
radial.
GABARITOS – QUESTÕES ALTERNATIVAS

AULA 2

3–D
4–B
5–C
6–D
7–B
8–C
9–D
10 – B
13 – B

AULA 3

2–D
3–B
8–A
9–A
10 – A
11 – B

AULA 4

2 – A, C, E
3–C
5–B
6–A
8–A
9–C
10 – A
11 – C
12 – C

AULA 5

4–B
5–D
6–B
7–B
8–B
9–D
10 – C
11 – A
12 – D

Você também pode gostar