Você está na página 1de 81
(VJ Estratégia CONCURSOS Aula 03 DT cence aa or er ae Ry Professores: Nadia Carolina, Ricardo Vale Direito Constitucional p/ Policia Federal rategia Prof® Nadia Carolina / Prof. Ricardo Vale ILA 03 - DIREITO CONSTITUCION. Direitos Sociai 1- Introducio: 2- Os juais dos trabalhadores (art. 7°: os dos trabalhadores: 5- Perda da Nacionalidade: 6- Lingua e Simbolos Oficiais: Questdes Comentadas.. Lista de Questée: Gabarito.. Ola, amigos do Estratégia Concursos, tudo bem? Na aula de hoje, daremos continuidade ao estudo dos direitos fundamentais. Falaremos sobre os direitos sociais e os direitos de nacionalidade. Um grande abraso, Nadia e Ricardo Para tirar davidas e ter acesso a dicas e contetidos gratuitos, acesse nossas redes sociai: Facebook do Prof. Ricardo Vale: https: //www.facebook.com/profricardovale Facebook da Prof*. Nadia Carolina: htty ‘www. facebook.com/nadia.c.santos.16?fref=ts Canal do YouTube do Ricardo Vale: Prof. Nadia Carolina www.estrategiaconcursos.com.br 1de 80 Direito Constitucional p/ Policia Federal BEstratégia Pra Mie Corsi / Prof. foarte Ve os Sociais 1- Introdugdo: Ao estudarmos os direitos de 12 gerag&o, percebemos que estes buscam restringir a ag&o do Estado sobre os individuos, limitando o poder estatal. Sdo, por isso, direitos que tém como valor-fonte a liberdade, impondo ao Estado uma obrigagao de nao-fazer, de no intervir na érbita privada. Em razao disso, a doutrina os denomina liberdades negativas. A natureza juridica dos direitos soci: é diversa. Trata-se de direitos fundamentais de 2@ geracao, que impdem ao Estado uma “obrigacao de fazer”, uma obrigagdo de ofertar prestagées positivas em favor dos individuos, visando concretizar a igualdade material. S80, portanto, direitos que tém como valor-fonte a igualdade; eles buscam possibilitar melhores condigdes de vida aos individuos e, assim, realizar a justica social. Pode-se dizer que os direitos sociais séo prestagdes positivas (acées) realizadas pelo Estado para melhorar a qualidade de vida dos hipossuficientes, ou seja, dos mais necessitados. Em razéo disso, o Estado deve garantir que todos tenham acesso a educacéo, satide, alimentac&o, trabalho, dentre outros. Segundo Alexandre de Moraes, os direitos sociais constituem normas de ordem piiblica, com a caracteristica de imperativas. A origem dos direitos sociais remonta a crise do Estado liberal, ocasionada pelo forte avanco da industrializagdo. Nas fabricas, os trabalhadores viviam em condigdes precérias. Movimentos reivindicatérios passaram, entéo, a exigir uma postura mais ativa do Estado, que nao devia limitar-se a néo intervir, mas também atuar_positivamente, garantindo condigdes minimas aos trabalhadores. Os direitos sociais aparecem, portanto, em um contexto histérico marcado por reivindicagdes trabalhistas e pelo surgimento de doutrinas socialistas. Constatava-se que a mera consagracao da igualdade formal no era suficiente para realizar a igualdade material. Como grande marco dos direitos sociais, citamos a Constituicio de Weimar de 1919 (Constituicéo do Império Alemao). Na Constituig&o Federal de 1988, os direitos sociais esto relacionados nos art. 6° - art. 11. Ha, também, outros dispositivos do texto constitucional que versam sobre os direitos sociais. £ o caso, por exemplo, do art. 194 (que trata da seguridade social), art. 196 (direito 4 satide) e art. 205 (direito a educag&o) Prof. Nadia Carolina www.estrategiaconcursos.com.br 2de 80