Você está na página 1de 6

INTRODUÇÃO: Hoje, quero falar com os irmãos sobre a importância do Evangelho de

Cristo em nossas vidas. Infelizmente, ele está sendo muito deturpado por charlatões
gananciosos que só pensam em dinheiro, e desconhecem o poder transformador dEle em
nossas vidas. O Evangelho de Cristo não é dinheiro, glória ou louvor para nós aqui na terra,
mas sim o poder de Deus para todo aquele que crer em Cristo. Ele também deve ser a
prioridade em nossas vidas. Ou seja, deve sempre, sempre, estar em primeiro lugar em
todas as nossas atitudes. Por isso quero que os amados irmãos abram a suas Bíblias em
Filipenses três do um a onze!

Tema: O EVANGELHO DEVE SER PRIORIDADE EM NOSSA VIDA

Texto Base: Filipenses 3.1-11

ELUCIDAÇÃO:

Alguns aspectos principais devem ser ressaltados quando falamos desta carta!

1. A cidade de Filipos não estava nos planos do Apóstolo Paulo. Quando voltamos
para o Livro de Atos dezesseis percebemos que quem age de forma miraculosa é o
Espírito Santo para que Paulo fosse para a Macedônia pregar o evangelho para aquelas
pessoas! (At. 16.6-9). Isso é extraordinário, pois nos leva a meditar no poder que o Espírito
Santo tem na obra de redenção! Devemos estar atentos ao que o Espírito Santo tem para
nos dizer através das Sagradas Escrituras!

2. Outro fato interessante é que a igreja de Filipos ajudou o Apóstolo em seu


ministério! Eles ajudaram Paulo desde o início, quando o mesmo foi pregar em Tessalônica
(Fl 4:15- 16; veja Atos 16:11-17:4 e 2 Coríntios 8:1-5).

3. O interessante é que “eles deram com ânimo e de coração, sabendo que sua
dádiva estava indo para a divulgação do evangelho”.

4. Importante dizer que Paulo estava preso quando escreve esta carta (acredito que
eu que Éfeso)!

5. Em um apanhado rápido, Paulo apresenta no capítulo um a supremacia de Cristo


quando diz: “Para mim o viver é Cristo [...]”. No capítulo dois, ele enfatiza a primazia no
outro: “Cada um não se preocupe somente com o que é seu, mas também com o que é dos
outros”. No capítulo três ele aponta POR QUE O EVANGELHO DEVE ESTAR EM
PRIMEIRO LUGAR EM NOSSAS VIDAS!
1- POR QUE O EVANGELHO NOS PROTEGE DOS FALSOS ENSINOS (v. 2-3)
EXPLICAÇÃO:

a. Cuidado (blepete) significa que os filipenses deveriam estar em constante atenção


sobre os ensinos.

b. A preocupação de Paulo era pra que o Evangelho não fosse corrompido na


cabeça dos irmãos em Filipos.

c. Por isso ele é bastante enfático quando vai caracterizar o grupo de pessoas que
estavam pervertendo o Evangelho. Ele afirma que eles são:

1- Cães: Animais semi-selvagens, que andavam em matilhas latindo a todos.

2- Maus obreiros: Emissários para perverter o simples evangelho de Cristo!

3- Falsa circuncisão: Paulo usa um jogo de palavras! A palavra grega para


circuncisão é Peripitomin, mas Paulo usa Katatomin que significa incisão, corte,
amputação na carne que os pagãos usavam para marcar o corpo. Paulo está
dizendo: Quando vocês confiam em uma incisão física, num corte no corpo e não na
circuncisão do coração, vocês são a falsa circuncisão.

d. Diferente daquelas pessoas, quem tinha o verdadeiro evangelho eram eles que
serviam a Deus em espírito, ou seja, pessoas que não dependem de rituais para ser
participantes do corpo de Cristo e compartilhar da comunhão com Deus! Esse é o
verdadeiro caráter de um filho de Deus. e. Ele mostra que devemos identificar os falsos
mestres.

ILUSTRAÇÃO: 1. No evento Altos Papos um amigo contou algo que aconteceu com a filha
para ilustrar a importância de ensinarmos a verdade aos nossos filhos. Ele disse que a
menina estudando a aula de ciências aprendeu sobre evolução e o professor ensinava
como se fosse à verdade. Mas interessante que ela diz ao pai que aprende sobre evolução,
mas sabe que está errado, por que o mundo foi criado por Deus! Isso é incrível por que ela
tem conhecimento sobre a verdade! Da mesma forma com o evangelho! Quando
conhecemos de fato o evangelho, o que vier de diferente nós iremos rejeitar, por que já
conhecemos a verdade!

APLICAÇÃO: 1. É por isso que eu não concordo com os católicos ou também com os
adventistas, por exemplo, pois eles distorcem o Evangelho de Cristo Jesus! Eles não
aceitam o simples evangelho de Cristo, e colocam mais do que a fé para a salvação do
homem!
2. Será que o conhecimento que nós temos do Evangelho é suficiente para nos protege
dos falsos ensinos? É nosso dever como cristão ter na mente e no coração o puro
Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, a saber a salvação pela fé somente!

2- POR QUE O EVANGELHO NOS COLOCA NO CAMINHO CERTO (v. 4-8)

EXPLICAÇÃO:

a. Para rebater os Judaizantes, Paulo aponta que se fosse para ser gloriar na carne
ele deveria também. E elenca sete características dele (v. 4-6):

1- Circuncidado ao oitavo dia: Ele diz que cumpriu a lei mosaica de forma cabal
(Gn. 17.12);

2- Descendente de Israel: Nasceu e foi criado entre o povo de Israel (Povo de


Deus);

3- Da tribo de Benjamim: Tribo que permaneceu fiel e também de onde saiu o


primeiro rei;

4- Hebreu de hebreu: Ele era um hebreu com pais hebreus. Ele falava aramaico;

5- Era fariseu: Seguia a lei rigorosamente (At. 23.6; 26.5; Gl 1.14). Ele era doutor da
lei!

6- Zeloso com o judaísmo: Ao ponto de perseguir a igreja (At. 8.3; 9.1);

7- Irrepreensível: D. A. Carson diz que “ele podia afirmar que, no que dizia respeito
às exigências externar da lei, a lei mosaica pela qual ele tentara viver, era
irrepreensível”. Uma justiça legalista!

b. Algo que devemos destacar é que Paulo utiliza a mesma palavra “perda” (zemian)
que foi utilizada em Atos 27.10. Lá entendemos que mesmo tendo perdido a carga, eles
ainda tinham a vida, que era mais valiosa!

c. Paulo ressalta o fato de que o amor a Cristo vale mais do que qualquer outra
coisa, ou seja, o evangelho de Cristo lhe mostrou o que de fato é importante, o próprio
Cristo!

d. O evangelho o colocou no caminho certo.

e. Ele utiliza uma palavra forte pra dizer que o que importava de fato era Cristo e não
as suas características: Esterco (aquilo que é expulso do corpo humano).

f. Como encontrado na Bíblia de Genebra: Paulo deitou fora com repugnância tudo o
que o pudesse interferir na “Sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus”.
ILUSTRAÇÃO:

g. Me faz recordar de Atos 9, quando Paulo é surpreendido por Cristo e ali ele tem
sua vida transformada! O texto vai dizer que ele pede ao sumo sacerdote cartas para as
sinagogas de damasco para que se no caminho ele encontrasse algum cristão, ele os
conduziria para Jerusalém. A grande questão é que o caminho que Paulo estava
percorrendo iria ser mudado completamente. A Bíblia vai dizer que ao seguir viagem, no
caminho, uma luz resplandecente, vinda do céu, o cercou. Ouviu uma voz que lhe dizia:
Saulo, Saulo, por que me persegues? O Evangelho de Cristo o conduziu para o caminho
correto!

APLICAÇÃO:

1. Usando a analogia da conversão de Paulo, você se lembra do seu “caminho para


Damasco”? Lembra-se de que sua vida estava sendo conduzida para a morte, uma morte
pior do que a física, a morte espiritual, mas Cristo veio de forma graciosa e lhe surpreende
dizendo que existe uma vida que vai além do que esta física, uma vida que pode ser vivida
com abundância, uma vida com Deus! Glória a Deus pelo Evangelho da salvação!!

2. Temos que abrir mão do nosso “eu” por algo muito maior do que nós próprios! Por isso
Jesus Cristo deve ter a primazia em todo aspecto de nossas vidas, como: Família, namoro,
colégio, faculdade, trabalho, igreja!

3. Outra coisa que podemos concluir é que “O verdadeiro Evangelho é que muda as
pessoas e não o contrário! Quando você vê alguém amoldando o Evangelho salvador de
Cristo Jesus ao seu bel prazer, fuga dele, pois como Paulo disse escrevendo para a igreja
de Galácia, é maldição!”.

3- POR QUE O EVANGELHO É O ÚNICO QUE PODE NOS JUSTIFICAR E NOS LEVAR
PRA PERTO DE DEUS (v. 9-11)

EXPLICAÇÃO:

a. Aqui, Paulo faz um contraste sobre a justiça da lei com a justiça verdadeira, a que
procede de Deus.

b. Paulo reconhece que a salvação é baseada não em obras humanas de obediência da


lei, mas inteira e exclusivamente na “justiça que procede de Deus”.

c. Ele afirma que o conhecimento de Jesus Cristo e de sua ressurreição vem através da
justiça imputada por Deus em nós!
d. Por isso que o mesmo Paulo afirma em Efésios 2.8 que somos salvos pela graça e por
meio da fé.

e. Ressalto que a fé não é à base da nossa salvação. Ela é o meio dado por Deus para
sermos salvos. Isso é importante pelo fato de quê o mérito da nossa salvação é Cristo e
não á fé, como dizem alguns.

f. Cristo crucificado e ressurreto é essencial para a vida do cristão, por que como Paulo
disse aos irmãos de corintos: se Cristo não ressuscitou vã é nossa fé (1Co 15.14)!

g. A palavra justiça apresentada neste versículo é da mesma raiz da palavra que Paulo
escreve no livro de Romanos (1.17).

h. Justiça: Quitação da culpa.

i. A verdadeira justiça vem de Deus, pela fé em Cristo Jesus.

ILUSTRAÇÃO:

j. Ao se deparar com o Livro de Romanos, mais especificamente 1.17, Martinho Lutero


entende que a justiça que é ressaltada ali era a justiça que Deus imputara na vida do
homem, ou seja, não é pelo que fazemos, mas pelo que Deus fez em nós!

k. Olha o que ele escreve em seu prefácio do livro de Romanos: “Nenhum ser humano é
justificado diante de Deus através das obras da lei." Através disso você pode ver que os
mestres [i.e., os teólogos] e sofistas são sedutores quando eles ensinam que você pode se
preparar para a graça através das obras. Como pode qualquer pessoa se preparar a si
próprio para o bem por meio das obras se ele não faz nenhuma boa obra exceto com
aversão e constrangimento em seu coração? Como pode tal obra agradar a Deus, se isso
procede de um coração oposto e sem desejo ardente?”.

APLICAÇÃO:

1. O Evangelho de Cristo é o único que dá vida ao ser humano morto espiritualmente! É o


único que nos tira das trevas e nos transporta para a Luz!!

2. O Evangelho de Cristo é o único meio de termos os nossos pecados perdoados e


estarmos justificados diante de Deus. Então por isso, ame o evangelho, viva o evangelho,
pregue o evangelho, espalhe-o para que todos possam também ter acesso ao único
caminho que nos leva a Deus!

CONCLUSÃO: Quando criamos nossa lista de prioridades, será que estamos pensando em
nosso conhecimento do evangelho? Conclamo aos irmãos, hoje à noite, a refletir sobre a
importância que o evangelho tem de ter em nosso dia-a-dia. Por isto separe tempo para
que seu conhecimento por Jesus Cristo esteja sendo aprofundado! Como Paulo disse no
versículo um que “o conhecimento do evangelho nos dá segurança!” Então que nós
possamos estar em segurança primando em conhecer e viver por amor do evangelho de
Cristo Jesus!