Você está na página 1de 23

CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.

br | @Profeducabral

“Só há uma coisa que faz com que um sonho seja Questões de Conjuntos Numéricos
impossível: O medo do Fracasso.”
01. Dados os conjuntos A = {1, 2, 4, 5, 8, 9} e
Paulo Coelho B = {3, 5, 7, 9}, o conjunto A - B é igual a:
a) {1,2, 4, 8}
Teoria dos Conjuntos
b) {3,7}
O que é um Conjunto? c) {5,9}
Podemos definir Conjunto como Grupo de d) {1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 9}
Elementos que atendem uma mesma Regra. Logo e) { }
todo conjunto tem que uma “Lei de Formação”,
uma característica que relaciona todo elemento 02. Sejam os conjuntos A = {1, 3, 5, 6, 7, 9}
que a ele pertence. B = {2, 3, 4, 5, 6, 9, 10} e C = {2, 4, 6, 8, 9, 10}.
A soma do maior e do menor elemento que
Conjunto Vazio? pertencem ao conjunto (C – A)  (A  B) é:
a) 9 b) 10 c) 11 d) 12 e) 13
Conjunto Unitário?
Exemplo 03. Se A é o conjunto dos múltiplos de 5, e B, o
Conjunto V é definido como: o elemento de V pertence conjunto dos divisores de 125, é CORRETO
ao alfabeto, tal que seja uma vogal. afirmar que o número de elementos de A  B é
V = {a, e, i, o, u} igual a:
a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5
 Relações de Pertinência
04. Considerando a teoria dos conjuntos, qual
Dizemos que um elemento qualquer pertence () a
das afirmativas abaixo está incorreta?
um determinado conjunto quando o mesmo atende a a) N está contido em Q
regra de formação do Conjunto b) R contém N
Exemplos c) {3} pertence a N
d) 1,5 pertence a R
a V e) Z contém N
b V
05. Dado o conjunto
 Relações de Inclusão A = {1, 2, {1}, {2}, {3}, {1,2}}
- Dizemos que um conjunto A qualquer contém ()
E as afirmações:
um conjunto B qualquer, quando todos os elementos
de B também atendem a regra de define o conjunto A. I) {1}  A
II) {1}  A
- Dizemos que um conjunto A qualquer está contido
III) {1, 2, 3}  A
() em um conjunto B qualquer, quando todos os
elementos de A também atendem a regra de define o IV) 3  A
conjunto B. Considerando V (verdadeiro) e F (falso) pode-se
dizer que as afirmações I, II, III e IV são,
Exemplos
respectivamente:
- A = {0, 1, 2, 3, 4}
- B = {1, 3} a) V,F,V,V
- C = {0, 2, 4} b) V.V.F.F
- D = {7} c) V.F.F.V
d) V,V,V,F
Temos que: e) F,F,F,F
AB
CA
DA Como identificamos nos conjuntos?
Quando temos “A” ou “B”
ATENÇÃO! NÃO ESQUEÇA!
 Relação de Pertinência é sempre de
Elemento para Conjunto.
 Relação de Inclusão é sempre de
Conjunto para Conjunto

 Vamos Aprender Diferença de Conjuntos


A = {a, e, i, o, u}
B = {b, r, a, s, i, l}
A–B={ }
B–A={ }

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 1
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral

Quando temos “A” e “B” Quando temos “Somente A” ou “Apenas A”

Quando temos “B” Quando temos “Nem A, Nem B”

ATENÇÃO, CUIDADO!
Quando temos “Somente B” ou “Apenas B”
n ( A  B )  n ( A)  n( B )  n( A  B )
QUESTÃO EXEMPLO
01. Num colégio há 500 alunos. 100 gostam de
Matemática, 150 gostam de Português e 50
gostam dos dois.
Pergunta-se:
a) Quantos gostam só de Matemática?
b) Quantos gostam apenas de Português?
c) Quantos não gostam de nenhuma das duas matérias?
d) Quantos gostam de Matemática?

Quando temos “A” RESOLUÇÃO


Observamos o conjunto de todos os alunos do colégio:

A B

Chamamos de conjunto A o conjunto dos alunos que

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 2
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
gostam de matemática e Chamamos de conjunto B o 04. Um levantamento entre leitores revelou que:
conjunto dos alunos que gostam de Português 37% lêem a revista X, 42% lêem a revista Y e
18% lêem as duas revistas, X e Y. A
- Para facilitar a resolução do problema, podemos
porcentagem dos leitores entrevistados que não
iniciar inserindo o número de elementos do conjunto
lêem a revista X nem a revista Y é:
do diagrama iniciando-se pela intersecção. No caso do
a) 39%
nosso exemplo, os alunos que gostam de matemática
b) 40%
e de português.
c) 41%
1ª Pergunta: d) 42%
Quantos alunos gostam só de Matemática? e) 43%
Se 100 alunos gostam de Matemática e 50 gostam das
05. Em uma determinada cidade, existem
duas matérias, então: 100 – 50 = 50
somente os supermercados A e B. Uma pesquisa
2ª Pergunta: feita com a população constatou que 80% são
Quantos alunos gostam apenas de Português? clientes do supermercado A, 70%, do
Se 150 alunos gostam de Português e 50 gostam das supermercado B, e 10% não são clientes de
duas matérias, então: 150 – 50 = 100 nenhum dos dois supermercados. A porcentagem
da população que é cliente dos dois
3ª Pergunta:
supermercados é de:
Quantos gostam de nenhuma das matérias?
a) 50%
Se 50 gostam só de Matemática, 100 gostam só de
b) 30%
Português e 50 gostam das duas, então:
c) 40%
50 + 100 + 50 = 200
d) 20%
Alunos que não gostam de nenhuma das duas e) 60%
matérias: 500 – 200 = 300
06. Se A, B e A  B são conjuntos com 90, 50 e
4ª Pergunta: 30 elementos, respectivamente, então o número
Quantos gostam de matemática? de elementos do conjunto A  B é:
Gostam de matemática incluem os 50 que gostam só a) 10
de Matemática e os 50 que gostam das duas, então: b) 70
50 + 50 = 100 c) 85
d) 110
Questões de Conjuntos e) 170
01. Em uma pesquisa, um canal de esportes 07. Em uma pesquisa sobre hábito de leitura, os
verificou que 300 pessoas assistiam a jogos de resultados obtidos foram os seguintes:
futebol, 150, a corridas de Fórmula 1, 60, a
ambos os esportes, e 180 não assistiam nem a
futebol nem à Fórmula 1. Quantas pessoas foram
pesquisadas, quantas pessoas assistem,
exclusivamente, a futebol e quantas assistem,
exclusivamente, à Fórmula 1, respectivamente?
a) 390 / 300 / 180
b) 500 / 300 / 180
c) 560 / 300 / 90
d) 570 / 240 / 90
e) 600 / 240 / 90
Quantos pesquisados fazem apenas 2 tipos de
02. Em uma entrevista com 10 candidatos, 5 leitura?
falam inglês, 7, francês, e 4, francês e inglês. a) 60
Quantos candidatos NÃO falam nem inglês nem b) 80
francês? c) 140
a) 1 d) 200
b) 2 e) 320
c) 3
d) 4 PROBLEMAS PROPOSTOS
e) 5
01. Sejam os conjuntos A = {1, 3, 5, 6, 7, 9}
e B = {2, 3, 4, 5, 6, 9, 10}. O conjunto (B – A)
03. De um grupo de 42 visitantes em um museu,
será:
35 compraram pinturas, 20, esculturas, e 5 não
a) {2, 3, 4, 5, 6, 9, 10}
compraram nem pintura nem escultura. Quantos
b) {3, 5, 6, 9}
compraram, apenas, pinturas?
c) {2, 4, 10}
a) 2
d) {2, 3, 4, 5}
b) 7
e) {2, 4, 6, 10}
c) 15
d) 17
02. Considere que, em um concurso público, os
e) 30
cargos de Técnico em Agropecuária (de nível

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 3
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
médio) e de Operador de Máquinas Agrícolas (de PROPOSIÇÕES CATEGÓRICAS
nível fundamental) tenham tido, juntos, 140 São chamadas de Proposições Categóricas as questões
candidatos inscritos. Sabendo-se que 60 desses de lógica que tem (possuem) as palavras TODO,
candidatos se inscreveram para o cargo de ALGUM e NENHUM.
Operador de Máquinas Agrícolas e 40 se
inscreveram para os dois cargos, a quantidade São ditas proposições categóricas as seguintes:
de candidatos que se inscreveu para o cargo de - Todo A é B
Técnico em Agropecuária foi - Nenhum A é B
a) inferior a 100. - Algum A é B e
b) superior a 100 e inferior a 108. - Algum A não é B
c) superior a 108 e inferior a 116.
d) superior a 116 e inferior a 124. ATENÇÃO!
e) superior a 124. Dizer que Todo A é B é diferente de (não significa o
mesmo que) Todo B é A.
03. Após combater um incêndio em uma fábrica,
o corpo de bombeiros totalizou as seguintes ATENÇÃO!
informações sobre as pessoas que estavam no Dizer que Nenhum A é B é logicamente equivalente a
local durante o incêndio: dizer que Nenhum B é A.
− 28 sofreram apenas queimaduras;
− 45 sofreram intoxicação; CORRESPONDÊNCIAS EM CONJUNTOS
− 13 sofreram queimaduras e intoxicação;
− 7 nada sofreram. - Todo “A” é “B”
Do total de pessoas que estavam no local B
durante os acidentes, sofreram apenas A
intoxicação
a) 48,38%.
b) 45,00%.
c) 42,10%.
d) 56,25%.
e) 40,00%.

04. Se A, B e A  B são conjuntos com 15, 25 e - Nenhum “A” é “B”


35 elementos, respectivamente, então o número
A B
de elementos do conjunto A  B é:
a) 35
b) 25
c) 20
d) 15
e) 5

05. Uma turma de 40 alunos está se preparando


para o concurso da prefeitura do Paulista. Foi
feita uma pesquisa para saber quem gostava das - Algum “A” é “B”
disciplinas de Português e quem gostava da
disciplina de Raciocínio Lógico. Apenas 5 alunos A B
disseram que não gostavam de nenhuma das
duas disciplinas. 15 alunos disseram que
gostavam de Português e 30 disseram ser
apaixonadas por Raciocínio Lógico. Quantos
alunos gostam apenas de Raciocínio Lógico?
a) 10
b) 15
c) 20
d) 25
e) 30
- Algum “A” não é “B”
06. De um grupo de 50 pessoas, 27 tomam A B
refrigerante, 15 tomam refrigerante e suco
natural e 4 não tomam nem refrigerante nem
suco natural. Quantas pessoas deste grupo
tomam somente suco natural?
a) 17
b) 20
c) 18
d) 23
e) 19

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 4
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral

PRATICANDO E APRENDENDO 03. Marque a alternativa que contém a negação


da proposição “Algum professor é rigoroso”.
01. Um eminente antropólogo, afirmou que
a) Todo professor é rigoroso.
TODOS OS AFANEUS SÃO ZARAGÓS, e que TODOS OS
b) Nenhum professor é rigoroso.
ZARAGÓS SÃO CHUMPITAZES. Com base nestas
c) Pelo menos um professor é rigoroso.
afirmações, podemos concluir que:
d) Pelo menos um professor não é rigoroso.
a) É possível existir um Afaneu que não seja Zaragó.
e) Algum professor não é rigoroso.
b) É possível existir um Afaneu que não seja
Chumpitazes.
c) É possível existir um Zaragó que não seja Afaneu. A negação de Todo pode ser Nenhum?
d) Nada se pode concluir sem saber o que significa
Todo Nenhum Algum A
Afaneu, Zaragó e Chumpitazes.
AéB AéB não é B

 CONCEITOS IMPORTANTES Se Todos A


forem B
NECESSÁRIO
- Expressa o conhecimento que deve ocorrer (tem Se uma parte
que...). Situação obrigada mas que não obriga. Não de A for B e
há como ocorrer a conseqüência sem que antes esta outra não
situação ocorra.
Se nenhum A
SUFICIENTE for B
– Expressa o conhecimento mínimo para que ocorra
determinado evento, obrigando a ocorrência. Situação
que obriga mas que não é obrigada. Toda vez que INTERESSANTE
uma situação ocorre a seguinte ocorrerá, mas há
01. Em uma empresa, o cargo de chefia só pode
possibilidade da seguinte ocorrer, sem que tenha
ser preenchido por uma pessoa que seja pós-
ocorrido esta situação.
graduada em administração de empresas. José
ocupa um cargo de chefia, mas João não.
NEGAÇÃO Partindo desse princípio, podemos afirmar que:
A negação de Todo A é B é Algum A não é B a) José é pós-graduado em administração de
empresas e João também pode ser.
A negação de Algum A é B é Nenhum A é B
b) José é pós-graduado em administração de
empresas, mas João, não.
Lembrando, Negar que... c) José é pós-graduado em administração de
empresas e João também.
Algum A não é B d) José pode ser pós-graduado em administração de
“Todo A é B” Pelo Menos 1 A não é B empresas, mas João, não.
Existe A que não é B 02. Todas as estrelas são dotadas de luz própria.
Nenhum planeta brilha com luz própria. Logo:
a) todos os planetas são estrelas.
Algum A é B b) nenhum planeta é estrela.
“Todo A não é B” Pelo Menos 1 A é B c) todas as estrelas são planetas.
Existe A que é B d) todos os planetas são planetas.
e) todas as estrelas são estrelas.

CUIDADO QUANDO FOR NEGAR! O QUE É LÓGICA?


01. Marque a alternativa que contém a negação O dicionário Aurélio define Lógicasf.
da proposição “As mulheres não são boas 1. Coerência de raciocínio, de idéias.
motoristas”. 2. Modo de raciocinar peculiar a alguém, ou a um
a) “Todas as mulheres são boas motoristas.” grupo.
b) “Existem mulheres que são boas motoristas.” 3.Seqüência coerente, regular e necessária de
c) “Nenhuma mulher é boa motorista.” acontecimentos, de coisas.
d) “Não é verdade que todas as mulheres são boas
motoristas.” A 3 ª Op e r aç ã o d o I nt elec to
e) “Existem mulheres que não são boas motoristas.
Segundo ARISTÓTELES, o raciocínio, enquanto terceira
operação do intelecto pode ser assim definida:
02. Marque a alternativa que contém a negação
da proposição “Todo cachorro é amigo do “É um argumento em que estabelecidas certas
homem”. coisas, outras coisas diferentes se deduzem
a) Pelo menos um cachorro não é amigo do homem. necessariamente das primeiras.”
b) Algum cachorro é amigo do homem.
c) Pelo menos um cachorro é amigo do homem. VERDADE X VALIDADE
d) Nenhum cachorro não é amigo do homem.
A relação verdade-validade é tema de infinitos debates
e) Todo homem não é amigo dos cachorros.

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 5
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
e artigos.
Estrutura de um Silogismo:
No entanto, mesmo que discordemos da distinção
clássica proposta por Aristóteles,
ristóteles, temos que admitir Premissas e Conclusão
que esta ainda é a mais utilizada em nosso cotidiano. As premissas são pelo menos duas, não havendo
limite de quantidade e são sempre aceitas como
verdades, sem contestação, e a partir delas
VERDADE CORRESPONDÊNCIA REAL
construímos o cenário para avaliar a conclusão.
A Conclusão é uma afirmação, não necessariamente
Se não há correspondência, dizemos uma mentira. verdadeira,
adeira, que se puder ser afirmada no cenário
construído pelas premissas, implicará que o
argumento é válido.
VALIDADE COERÊNCIA IDEIAS
Exemplo:
Todo Tricolor é Feliz
ARGUMENTOS Tácio é Feliz
Conclusão: Tácio é Tricolor
Conjunto de enunciados dos quais um é a
Conclusão e os demais são Premissas
Premissas. Premissa Maior: É a premissa geral, de maior
extensão, que vem geralmente
geralmen citada primeiro.
Exercício Exemplo Ex.: Todo Tricolor é Feliz
Observe a construção de um argumento: Premissa Menor: É a premissa mais particular, que
vem geralmente em segundo.
Premissas:
Ex.: Tácio é Feliz
Todos os tricolores são felizes
Todas as pessoas felizes são Alvirrubras. Termo Maior: É o predicado da premissa maior e da
Existem rubro negros que são Tricolores. conclusão.
Ex.: Tricolor
Conclusão:
Existem
stem rubro negros que são alvirrubros. Termo Médio: É o predicado da premissa
premi maior e da
premissa menor.
Este Argumento é válido? Ex.: Feliz
Termo Menor: É o sujeito da premissa menor e da
Vamos Praticar conclusão.
Ex.: Tácio
O silogismo é uma forma de raciocínio dedutivo.
Na sua forma padronizada, é constituído por três
proposições: as duas primeiras denominam
denominam-se
Vamos Praticar
premissas e a terceira, conclusão.
ão. As premissas Em um silogismo, o termo médio é o termo que
são juízos que precedem a conclusão. aparece em ambas as premissas. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente qual é o
Em um silogismo, a conclusão é consequência termo médio do seguinte silogismo:
necessária das premissas. Todo homem é mortal. Nenhum mortal é
São dados 3 conjuntos formados por 2 premissas pedra. Logo, nenhum homem é pedra.
verdadeiras e 1 conclusão não necessariamente a) Mortal. b) Pedra. c) Todo. d) Nenhum. e) Homem.
verdadeira.
“O êxito da vida não se mede pelo caminho que
Premissa 1: Ana é Pernambucana.
nambucana.
você conquistou, mas sim pelas dificuldades
dificul que
(I) Premissa 2: Todo Centralino é pernambucano.
superou no caminho.”
Conclusão: Ana é Centralina.
Abraham Lincoln
Premissa 1: Bruno é torcedor do Sport.
(II) Premissa 2: Todo torcedor do Sport é Feliz.
LÓGICA DO POMBAL
Conclusão: Bruno é Feliz. Digamos que existem 10 pombos
e exatamente dez casas de
Premissa 1: Cláudio é goiano.
pombos. Pela manhã todos os
(III) Premissa 2: Nenhum torcedor do Náutico é
pombos sairam para se alimentar,
goiano.
retornando
o (todos os dez pombos)
Conclusão: Cláudio não é torcedor do
no final da tarde, podemos
Náutico.
AFIRMAR QUE:
É(São) silogismo(s) o(s) conjunto(s) - Nenhuma Casa ficou sem Pombo?
a) III, somente.
b) II e III, somente. - Em cada casa há pelo menos um Pombo?
c) II, somente. - Há pelo menos duas casas com Pombos?
d) I, II e III. - Há pelo menos uma casa com mais de um Pombo?
e) I, somente.
E se fossem 11 Pombos?

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 6
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral

Como são as Questões? dos quais três com mais de 50 páginas. Dez
desses processos são selecionados ao acaso.
Sobre esses dez processos selecionados, é
Um grupo de 15 estudantes se reuniu para
correto concluir que:
estudar para uma prova de Raciocínio Lógico do
a) pelo menos dois são de 2º grau.
professor Eduardo Cabral, sobre este grupo,
b) pelo menos cinco são de 1º grau.
podemos afirmar que:
c) pelo menos dois têm até 50 páginas cada um.
- Há ao menos uma mulher?
d) no máximo dois têm até 50 páginas cada um.
- Com certeza a maioria torce pelo Sport?
e) no máximo um é de 2º grau.
- Há alguém que nasceu em Recife?
- Pelo menos um é Tricolor?
06. Uma estante é constituída por 4 prateleiras.
- Há alguém que vai votar nulo na próxima eleição?
Um lote de 10 livros será distribuído sobre esta
- Há pelo menos duas pessoas que nasceram em
estante. Sobre as possíveis distribuições finais
meses diferentes?
dos livros nas prateleiras, analise.
- Ao menos dois nasceram no mesmo mês?
I. Haverá pelo menos um livro em cada prateleira.
II. Haverá uma prateleira com, pelo menos, três
01. Dez pessoas visitam uma sorveteria e cada livros.
uma pede um sorvete com o sabor de sua III. É possível que duas prateleiras quaisquer nunca
preferência. Existem exatamente 8 sabores tenham a mesma quantidade de livros.
diferentes de sorvete. É correto concluir que: Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
a) todos os sabores de sorvete, são pedidos pelas 10 a) I b) II c) I, II d) II, III
pessoas.
b) pelo menos um sabor de sorvete, entre os 8 LÓGICA DO AZARADO
oferecidos, é pedido por mais de uma pessoa
c) existem dois sabores de sorvete que não são
“Vai acontecer o contrário do que você quer, até não existir
escolhidos por quaisquer das pessoas
qualquer possibilidade diferente do que você deseja.”
d) todas as pessoas não pedem determinado sabor de
sorvete O Sr. Aza R. Ado precisa retirar uma bola
e) todas as pessoas pedem o mesmo sabor de sorvete vermelha dentro de uma urna que possui cem
bolas coloridas, sendo 30 bolas brancas, 20
RESOLVENDO PARA APRENDER Pretas, 15 vermelhas, 5 amarelas, 20 verdes e
10 laranjas.
02. Em uma repartição pública que funciona de Qual a quantidade mínima de bolas que precisam
2ª a 6ª feira, 11 novos funcionários foram ser retiradas por ele para ter certeza, para que
contratados. Em relação aos contratados, é se possa garantir, sem qualquer dúvida, que há
necessariamente verdade que: ao menos uma bola preta?
a) todos fazem aniversário em meses diferentes.
b) ao menos dois fazem aniversário no mesmo mês. RESOLVENDO PARA APRENDER
c) ao menos dois começaram a trabalhar no mesmo
dia do mês.
01. Em um saco há 6 bolas brancas, 5 bolas
d) ao menos três começaram a trabalhar no mesmo
pretas e 4 bolas vermelhas, todas do mesmo
dia da semana.
tamanho e peso. Sem ver, devemos retirar do
e) algum começou a trabalhar em uma 2ª feira.
saco n bolas e ter a certeza de que, entre elas,
há, pelo menos, uma bola preta. O menor valor
03. Numa sala estão 100 pessoas, todas elas
de n para que se tenha essa certeza é:
com menos de 80 anos de idade. É FALSO
a) 5 b) 7 c) 9 d) 10 e) 11
afirmar que pelo menos duas dessas pessoas:
a) Nasceram num mesmo ano. 02. Paulo tem na sua cômoda 17 meias pretas,
b) Nasceram num mesmo mês. 11 meias marrons e 9 meias azuis. As meias
c) Nasceram num mesmo dia da semana. estão todas misturadas. Paulo retira algumas da
d) Nasceram numa mesma hora do dia. cômoda, no escuro, sem ver as cores. Quantas
e) Têm 50 anos de idade. meias devem ser retiradas da cômoda para que
ele tenha a certeza de conseguir, pelo menos,
04. Em uma reunião, encontram-se 15 pessoas. duas da mesma cor?
Podemos afirmar que, necessariamente: a) 18 b) 9 c) 7 d) 4 e) 2
a) pelo menos uma delas tem mais de 30 anos;
03. Em uma gaveta, há 6 lenços brancos, 8 azuis
b) pelo menos duas delas são do sexo feminino;
e 9 vermelhos. Lenços serão retirados, ao acaso,
c) pelo menos duas delas fazem aniversário no mesmo
de dentro dessa gaveta. Quantos lenços, no
mês;
mínimo, devem ser retirados para que se possa
d) pelo menos uma delas é brasileira;
garantir que, dentre os lenços retirados haja um
e) pelo menos uma delas nasceu em Janeiro ou
de cada cor?
fevereiro.
a) 11 b) 15 c) 16 d) 17 e) 18
05. Sobre uma mesa há nove processos judiciais Em uma urna, há 18 esferas: 5 azuis, 6 brancas e 7
de 1º grau, dos quais cinco com mais de 50 amarelas. Não é possível saber a cor de uma esfera
páginas, e seis processos judiciais de 2º grau, sem que ela seja retirada. Também não é possível

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 7
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
distingui-las a não ser pela cor. N esferas serão
retiradas simultaneamente dessa urna. PROBLEMAS DE CORRELACIONAMENTO
04. Qual o menor valor de N para que se possa
garantir que, entre as esferas retiradas, haverá 2 VAMOS “QUEBRAR A CABEÇA”
da mesma cor?
01. Brasil, Colômbia, Argentina, Uruguai,
a) 2 b) 3 c) 4 d) 7 e) 8
Paraguai e Chile disputam um torneio de futebol.
05. Qual o menor valor de N para que se possa Na primeira rodada, acontecem,
garantir que, entre as esferas retiradas, haverá 2 simultaneamente, três jogos desse torneio.
com cores diferentes? Antes dessa rodada, três amigos deram seus
a) 2 b) 3 c) 4 d) 7 e) 8 palpites sobre os vencedores dos três jogos, não
necessariamente na ordem dos jogos. Os
PROBLEMAS PROPOSTOS palpites foram:
- Alberto: Brasil, Paraguai, Colômbia.
- Cléber: Paraguai, Uruguai e Chile.
01. Uma floresta tem 1.000.000 de árvores.
- Renato: Colômbia, Argentina e Chile.
Nenhuma árvore tem mais que 300.000 folhas.
De acordo com as informações dadas, o país que
Pode-se concluir que:
disputou a partida com o Brasil nessa rodada foi
a) Existem na floresta árvores com número de folhas
a) o Uruguai.
distintos.
b) o Paraguai.
b) Existem na floresta árvores com uma só folha.
c) a Colômbia.
c) Existem na floresta árvores com o mesmo número
d) o Chile.
de folhas.
e) a Argentina.
d) O número médio de folhas por árvore é 150.000.
e) O número total de folhas na floresta será maior que
02. Três irmãos, Huguinho, Zezinho e Luisinho,
1012.
estão sentados lado a lado em um cinema.
Luisinho nunca fala a verdade, Zezinho às vezes
02. Hermes guarda suas gravatas em uma única
fala a verdade e Huguinho sempre fala a
gaveta em seu quarto. Nela encontram-se sete
verdade.
gravatas azuis, nove amarelas, uma preta, três
verdes e três vermelhas. Uma noite, no escuro, Quem está sentado à direita diz:
Hermes abre a gaveta e pega algumas gravatas. "Luisinho está sentado no meio".
O número mínimo de gravatas que Hermes deve Quem está sentado no meio diz:
pegar para ter certeza de ter pegado ao menos "Eu sou Zezinho".
duas gravatas da mesma cor é: Por fim, quem está sentado à esquerda diz:
a) 2 "Huguinho está sentando no meio".
b) 4 Quem está sentado à direita, quem está sentado
c) 6 no meio e quem está sentado à esquerda são,
d) 8 respectivamente:
e) 10 a) Zezinho, Huguinho e Luisinho.
b) Luisinho, Zezinho e Huguinho.
03. O cadastro de veículos de uma pequena c) Huguinho, Luisinho e Zezinho.
cidade registra 40 veículos de carga e 245 d) Luisinho, Huguinho e Zezinho.
veículos de passeio. Desses 285 veículos e) Zezinho, Luisinho e Huguinho.
cadastrados, 32 são movidos a diesel. Utilizando
apenas essas informações, a respeito desses 03. Alexandre, Breno, Cleide e Débora saíram
veículos cadastrados, é correto afirmar que: vestindo camisas do seu time de futebol. Sabe-se
a) no máximo, 213 são de passeio movidos a diesel. que cada pessoa torce por um time diferente, e
b) no mínimo, 32 são de carga movidos a diesel. que os times são: Flamengo, Corinthians, São
c) algum veículo de carga é movido a diesel. Paulo, Vasco, não necessariamente nessa ordem.
d) no mínimo, 20% dos veículos de carga não são Cleide é corintiana, Breno não torce pelo
movidos a diesel. Flamengo nem pelo São Paulo, Débora é são-
e) pelo menos, 8 veículos de passeio são movidos a paulina. Sendo assim, conclui-se que Alexandre
diesel. e Breno, respectivamente, torcem para
a) Flamengo e Corinthians.
04. Um baralho convencional possui 52 cartas, b) Vasco e Flamengo.
sendo 13 de cada naipe (paus, copas, espadas e c) São Paulo e Vasco.
ouros). O número mínimo de cartas que devem d) Flamengo e Vasco.
ser retiradas de um baralho convencional para e) Vasco e Corinthians.
que se possa afirmar que necessariamente,
dentre as cartas retiradas, haverá pelo menos 04. Marlene, Jair, Renata, Alexandre e Patrícia
uma de cada naipe é igual a: fizeram uma prova de um concurso obtendo
a) 4 cinco pontuações diferentes. Sabe-se ainda que,
b) 40 nessa prova:
c) 27 − Marlene obteve mais pontos do que Alexandre, mas
d) 26 menos pontos do que Patrícia;
e) 13 − Jair obteve mais pontos do que Renata, que por sua

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 8
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
vez obteve mais pontos do que Marlene. Armando
Sendo assim, é necessariamente correto que – Beto, Carlos e Paulo vivem criticando o advogado.
a) Marlene obteve mais pontos do que Renata. – O Administrador gosta de trabalhar com Carlos,
b) Jair obteve menos pontos do que Patrícia. Paulo e José, mas não gosta de trabalhar com o
c) Renata obteve menos pontos do que Patrícia. contador.
d) Alexandre foi o que obteve menos pontos. Pode-se afirmar que José é o:
e) Patrícia foi a que obteve mais pontos. a) Economista
b) Estatístico
PROBLEMAS PROPOSTOS c) Administrador
d) Advogado
01. Em torno de uma mesa quadrada, e) Contador
encontram-se sentados quatro Professores.
Tácio, o mais antigo entre eles, é Tricolor. Há SOBRE VERDADES E MENTIRAS
também um Alvirrubro, um Rubronegro e um
Alvinegro. João está sentado à direita de Tácio. 01. Quatro meninos têm 5, 7, 9 e 11 carrinhos
Ednaldo, à direita do Alvirrubro. Por sua vez, cada um. A respeito da quantidade de carrinhos
Israel, que não é Rubronegro, encontra-se à que cada um tem, eles afirmaram:
frente de João. Assim: − Antônio: Eu tenho 5 carrinhos;
a) João é Alvinegro e Israel é Alvirrubro. − Bruno: Eu tenho 11 carrinhos;
b) João é Alvirrubro e Israel é Alvinegro. − Cássio: Antônio tem 9 carrinhos;
c) Ednaldo é Alvinegro e Israel é Alvirrubro. − Danilo: Eu tenho 9 carrinhos.
d) Ednaldo é Rubronegro e Israel é Alvirrubro. Se apenas um deles mentiu, tendo os outros dito
e) João é Rubronegro e Israel é Alvinegro. a verdade, então é correto concluir que a soma
do número de carrinhos de Antônio, Bruno e
02. Sobre uma mesa estão três caixas e três Cássio é igual a:
objetos, cada um em uma caixa diferente: uma a) 23. b) 25. c) 21. d) 27. e) 22.
moeda, um grampo e uma borracha. Sabe-se
que: 02. Quatro pessoas estão conversando. Sabe-se
 A caixa verde está à esquerda da caixa azul; que exatamente uma delas fala a verdade e as
 A moeda está à esquerda da borracha; demais mentem. A conversa é descrita abaixo.
 A caixa vermelha está à direita do grampo; - Ana diz: “Todos aqui falam a verdade”.
 A borracha está à direita da caixa vermelha. - Maria diz: “Ana fala a verdade”.
- João diz: “Maria mente”.
Em que caixa está a moeda? - José diz: “João mente”.
a) Na caixa vermelha. Quem falou a verdade?
b) Na caixa verde. a) Ana.
c) Na caixa azul. b) Maria.
d) As informações fornecidas são insuficientes para se c) João.
dar uma resposta. d) José.
e) As informações fornecidas são contraditórias.
PROBLEMAS PROPOSTOS
03. Alcides, Ferdinando e Reginaldo foram a uma
lanchonete e pediram lanches distintos entre si,
01. Um professor de lógica encontra-se em
cada qual constituído de um sanduíche e uma
viajem em um país distante, habitado pelos
bebida. Sabe-se também que:
verdamanos e pelos mentimanos. O que os
- Os tipos de sanduíches pedidos eram de presunto,
distingue é que os verdamanos sempre dizem a
misto quente e hambúrguer;
verdade, enquanto os mentimanos sempre
- Reginaldo pediu um misto quente;
mentem. Certo dia, o professor depara-se com
- Um deles pediu um hambúrguer e um suco de
um grupo de cinco habitantes locais. Chamemo-
laranja;
los de Alfa, Beta, Gama, Delta e Épsilon. O
- Alcides pediu um suco de uva;
professor sabe que um e apenas um no grupo é
- Um deles pediu um suco de acerola.
verdamano, mas não sabe qual deles o é.
Nessas condições, é correto afirmar que:
Pergunta, então, a cada um do grupo quem entre
a) Alcides pediu o sanduíche de presunto.
eles é verdamano e obtém as seguintes
b) Ferdinando pediu o sanduíche de presunto
respostas:
c) Reginaldo pediu suco de laranja
d) Ferdinando pediu suco de acerola Alfa: “Beta é mentimano”
e) Alcides pediu hambúrguer Beta: “Gama é mentimano”
Gama: “Delta é verdamano”
04. Beto, José, Carlos, Paulo e Armando estão Delta: “Épsilon é verdamano”
trabalhado em um projeto, onde cada um exerce Épsilon, afônico, fala tão baixo que o professor
uma função diferente: um é Economista, um é não consegue ouvir sua resposta.
estatístico, um é administrador, um é advogado,
Mesmo assim, o professor de lógica conclui
um é contador.
corretamente que o verdamano é:
– Beto, Carlos e o estatístico não são Paulistas.
a) Delta b) Alfa c) Gama d) Beta e) Épsilon
– No fim de semana, o contador joga futebol com

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 9
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
02. Um crime foi cometido por uma e apenas
uma pessoa de um grupo de cinco suspeitos: Exemplos:
Armando, Celso, Edu, Juarez e Tarso.
Perguntados sobre quem era o culpado, cada um - A lua é quadrada.
- A neve é branca.
deles respondeu:
- Matemática é uma ciência.
Armando: "Sou inocente"
Celso: "Edu é o culpado"
Edu: "Tarso é o culpado" Símbolos da linguagem do Cálculo Proposicional
Juarez: "Armando disse a verdade" Variáveis Proposicionais:
Tarso: "Celso mentiu" Na lógica formal são usadas letras latinas minúsculas
Sabendo-se que apenas um dos suspeitos mentiu p, q, r, s,... para indicar as proposições (fórmulas
e que todos os outros disseram a verdade, pode- atômicas).
se concluir que o culpado é:
a) Armando Exemplos:
b) Celso - A lua é quadrada : p
c) Edu - A neve é branca : q
d) Juarez
e) Tarso Particularmente, acredito que facilite para o aluno
associar a proposição a um conjunto de letras que
“Quem, algum dia, quiser aprender a voar, deve o faça lembrar a proposição, principalmente no
antes aprender a ficar de pé, a caminhar, a momento em que vai associar o resultado
correr, subir em árvores, bailar.” encontrado com as alternativas, podendo neste
Friedrich Nietzsche caso representar por:
- A lua é quadrada = Lq
LÓGICA DAS PROPOSIÇÕES
- A neve é branca = Nb
A lógica clássica é governada por princípios, vamos
formular abaixo os três principais: EXEMPLO – Quando é uma Proposição?
Princípio da Identidade Acerca de proposições, considere as seguintes
Se qualquer sentença é Verdadeira, então ela é frases.
Verdadeira. I - Os Times Pernambucanos são os melhores do
Princípio da Não-Contradição Brasil.
Nenhuma sentença poderá ser Verdadeira e Falsa. II – Qual foi o Campeão Pernambucano de 2017?
Princípio do Terceiro Excluído III – Apague a Luz!
Uma proposição ou é Verdadeira ou é Falsa. IV - Se o Central jogar a série D em 2018, então
Será Campeão e subirá para série C.
Com base nesses princípios as proposições simples São proposições apenas as frases
são ou verdadeiras ou falsas - sendo mutuamente correspondentes aos itens:
exclusivos os dois casos; daí dizer que a lógica a) I e IV.
clássica é bivalente. b) II e III.
c) III e IV.
d) I, II e III.
CÁLCULO PROPOSICIONAL
e) I, II e IV.
Frase é o elemento de comunicação que relaciona
palavras entre si de modo a estabelecer uma
mensagem com sentido completo. Conectivos Lógicos:
As fórmulas atômicas podem ser combinadas entre si
As frases podem ser de vários tipos:
e, para representar tais combinações usaremos os
- Declarativa: “O sol é uma estrela”. conectivos lógicos:
- Imperativa: “Não faça isto!” : e , : ou ,  : se...então ,
- Interrogativa: “Onde você mora?”
- Exclamativa: “Parabéns!”  : se e somente se , : não

PROPOSIÇÃO Exemplos
É um conceito primitivo (aceito sem definição),  A lua é quadrada e a neve é branca.
todavia nada impede de tentarmos estabelecer p  q (p e q são chamados conjunctos)
características para melhorar o entendimento.
 A lua é quadrada ou a neve é branca.
- Tem que ser frase (entendida e completa)
- Tem que ser possível o juízo de Verdadeiro e Falso
p  q ( p e q são chamados disjunctos)
- Tem que Fechada  Se a lua é quadrada então a neve é branca.

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 10
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral

p  q ( p é o antecedente e q o conseqüente) d) estudo e não fumo.


e) fumo e surfo.
 A lua é quadrada se e somente se a neve é branca.
Tabela verdade da "Conjunção" (e):
pq
A conjunção é verdadeira se e somente os conjuntos
 A lua não é quadrada. são verdadeiros.
p ou  p - Símbolo utilizado na conjunção: 

A B AB
Símbolos Auxiliares
( ), parênteses que servem para denotar o "alcance"
V V V
dos conectivos;
V F F

Exemplos: F V F

 Se a lua é quadrada e a neve é branca então a lua F F F


não é quadrada:
( (p  q)   p ) EXEMPLO
 A lua não é quadrada se e somente se a neve é Canto e Toco Guitarra. Não Canto ou Corro.
branca: Assim:
a) Não Canto, Toco Guitarra e Não Corro.
( ( p) q ) ) b) Corro, Toco Bateria e Canto.
c) Canto, Corro e Toco Guitarra.
Os parênteses serão usados segundo a seguinte d) Toco Flauta e Toco Tan Tan.
ordem dos conectivos: , ,  , ,  . e) Corro, Surfo e Fumo.

Com o mesmo conectivo adotaremos a convenção pela


Tabela verdade da "Disjunção Exclusiva" (ou
direita.
exclusivo, ou... ou...):
A disjunção exclusiva será verdadeira quando apenas
Exemplo: uma (somente uma) proposição for verdadeira.
A fórmula Também chamado de Ou Exclusivo, representado na
Sentença por Ou... Ou.
pqrpq
- Símbolo utilizado na disjunção exclusiva: 
Deve ser entendida como

( ( (p  q)  ( r) )  ( p  ( q) ) ) p q pq
V V F
TABELAS VERDADE
V F V
Tabela verdade da "Disjunção" (ou):
F V V
A disjunção é falsa se, e somente, os disjuntos são
falsos. F F F
- Símbolo utilizado na disjunção: 
EXEMPLO
A B AB De três irmãos – José, Adriano e Caio –, sabe-se
que ou José é o mais velho, ou Adriano é o mais
V V V moço. Sabe-se, também, que ou Adriano é o
mais velho, ou Caio é o mais velho. Então, o mais
V F V velho e o mais moço dos três irmãos são,
respectivamente:
F V V a) Caio e José
b) Caio e Adriano
F F F c) Adriano e Caio
d) Adriano e José
e) José e Adriano
EXEMPLO
Surfo ou estudo. Fumo ou não surfo. Velejo ou
não estudo. Ora, não velejo. Assim: Tabela verdade da "Implicação" (Se... Então...):
a) estudo e fumo.
A implicação é falsa se, e somente se, o antecedente é
b) não fumo e surfo.
verdadeiro e o conseqüente é falso.
c) não velejo e não fumo.

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 11
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
- Símbolo utilizado na implicação:  c) não choveu e o nível do rio subiu.
d) deu para pescar.
A B AB e) choveu.

V V V 04. Considere a afirmação condicional: Se Alberto


é médico ou Alberto é dentista, então Rosa é
V F F engenheira.
Seja R a afirmação: 'Alberto é médico';
F V V Seja S a afirmação: 'Alberto é dentista' e
Seja T a afirmação: 'Rosa é engenheira'.
F F V A afirmação condicional será considerada
necessariamente falsa quando
a) R for verdadeira, S for falsa e T for verdadeira.
EXEMPLO b) R for falsa, S for verdadeira e T for verdadeira.
Se o Jardim não é Florido, então o Gato Mia. Se o c) R for falsa, S for falsa e T for falsa.
Jardim é Florido, então o Passarinho não Canta. d) R for falsa, S for falsa e T for verdadeira.
Ora, o Passarinho Canta. Logo: e) R for verdadeira, S for falsa e T for falsa.
a) o jardim é florido e o gato mia 05. Se André é culpado, então Bruno é inocente.
b) o jardim é florido e o gato não mia Se André é inocente, então Bruno é culpado. Se
c) o jardim não é florido e o gato mia André é culpado, Leo é inocente. Se André é
d) o jardim não é florido e o gato não mia inocente, então Leo é culpado. Se Bruno é
e) se o passarinho canta, então o gato não mia inocente, então Leo é culpado. Logo, André,
Bruno e Leo são, respectivamente:
PRATICANDO a) Culpado, culpado, culpado.
b) Inocente, culpado, culpado.
01. Sejam as declarações: c) Inocente, culpado, inocente.
Se João ama então Maria casa com Ele. d) Inocente, inocente, culpado.
Se Maria casa com Ele então Ela não trabalha. e) Culpado, culpado, inocente.
Ora, se Maria vai ter que trabalhar, podemos
concluir que: 06. Considere as afirmações:
a) João é pobre, mas ama Maria.
I - se Patrícia é uma boa amiga, Vítor diz a
b) João é rico, mas é pão duro.
verdade;
c) João não ama Maria e ela gosta de trabalhar.
II - se Vítor diz a verdade, Helena não é uma boa
d) João não casa com Maria e ela não vai trabalhar.
amiga;
e) João não ama Maria e não casa com ela.
III - se Helena não é uma boa amiga, Patrícia é
02. Se Roberta for promovida, então Antônio não será uma boa amiga.
demitido.
A análise do encadeamento lógico dessas três
Se Cláudia se aposentar, então Douglas não perderá o
afirmações permite concluir que elas:
seu posto. a) implicam necessariamente que Patrícia é uma boa
Se Douglas não perder seu posto, então Antônio será amiga
demitido.
b) são consistentes entre si, quer Patrícia seja uma
Sabe-se que Cláudia se aposentou.
boa amiga, quer Patrícia não seja uma boa amiga
A partir dessas informações é correto concluir
c) implicam necessariamente que Vítor diz a verdade e
que:
que Helena não é uma boa amiga
a) Antônio não será demitido ou Roberta será
d) são equivalentes a dizer que Patrícia é uma boa
promovida. amiga
b) Roberta não foi promovida ou Cláudia não se
aposentou.
c) Douglas perdeu seu posto e Antônio não será PROBLEMAS PROPOSTOS
demitido.
d) se Douglas não perder seu posto, então Cláudia não 01. Se Marcus é violonista, então Flávia é
irá se aposentar. flautista. Se Flávia é flautista, então Carlos toca
e) Roberta foi promovida e Douglas não perdeu seu ao piano uma valsa. Se Carlos toca ao piano uma
posto. valsa, então Arlete é sanfoneira. Sabendo-se que
Arlete não é sanfoneira, é correto concluir que:
03. Considere as afirmações verdadeiras: a) Carlos não toca ao piano uma valsa e Marcus não é
I. Se chove, então o nível do rio sobe. violonista.
II. Se o nível do rio não sobe, então dá para pescar. b) Flávia não é flautista e Carlos toca ao piano uma
III. Se o nível do rio sobe, então dá para saltar da valsa.
ponte. c) Marcus não é violonista e Carlos toca ao piano uma
IV. Não deu para saltar da ponte. valsa.
A partir dessas afirmações é correto concluir d) Flávia é flautista e Carlos toca ao piano uma valsa.
que: e) Marcus é violonista e Flávia é flautista.
a) o nível do rio subiu.
02. Alice irá ao País das Maravilhas quando
b) não saltei da ponte porque é perigoso.
imaginar ou perder o medo. Se Alice perder o

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 12
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
medo. EXEMPLO
a) Alice não irá ao País das Maravilhas, pois não vai André é inocente ou Beto é inocente. Se Beto é
imaginar. inocente, então Caio é culpado. Caio é inocente
b) Alice irá ao País das Maravilhas. se e somente se Dênis é culpado. Ora, Dênis é
c) Alice vai necessariamente imaginar. culpado. Logo:
d) Alice não irá, também, imaginar. a) Caio e Beto são inocentes
e) Alice não vai imaginar b) André e Caio são inocentes
c) André e Beto são inocentes
03. Renato Antônio utiliza exclusivamente a d) Caio e Dênis são culpados
regra a seguir para aprovar ou não os possíveis e) André e Dênis são culpados
candidatos a namorar sua filha.
“— Se não for torcedor do Central então tem que MAIS PROBLEMAS PROPOSTOS
ser rico ou gostar de Forró".
Considere os seguintes candidatos: 01. Seja a proposição P: 20% de 40% = 8% e a
Pedro: torcedor do Sport, não é rico, não gosta de Forró. proposição Q: Se ¾ do salário de João é R$
720,00, então o salário de João é maior que R$
Carlos: torcedor do Central, é rico, gosta de Forró.
1000,00. Considerando os valores lógicos das
Marcos: torcedor do Santa Cruz, é rico, gosta de Forró.
proposições P e Q, podemos afirmar que:
Tiago: torcedor do Central, não é rico, não gosta de forró. a) o valor lógico da conjunção entre as duas
Bruno: torcedor do Naútico, não é rico, gosta de forró. proposições é verdade
Classificando cada um desses cinco candidatos, b) o valor lógico da disjunção entre as duas
na ordem em que eles foram apresentados, como proposições e falso
aprovado (A) ou não aprovado (N) segundo a c) o valor lógico do bicondicional entre as duas
regra utilizada por Renato Antônio, tem-se, proposições é verdade
respectivamente, d) o valor lógico do condicional, P então Q, é falso
a) A, A, A, A e A. e) o valor lógico do condicional, Q então P, é falso
b) N, A, A, A e A.
c) N, A, N, A e A. 02. Uma proposição tem valor lógico falso e
d) N, A, N, N e A. outra proposição tem valor lógico verdade.
e) N, A, N, A e N. Nessas condições é correto afirmar que o valor
lógico:
04. Ricardo, Rogério e Renato são irmãos. Um a) da conjunção entre as duas proposições é verdade
deles é médico, outro é professor, e o outro é b) da disjunção entre as duas proposições é verdade
músico. Sabe-se que: c) do condicional entre as duas proposições é falso
1) ou Ricardo é médico, ou Renato é médico, d) do bicondicional entre as duas proposições é
2) ou Ricardo é professor, ou Rogério é músico; verdade
3) ou Renato é músico, ou Rogério é músico, e) da negação da conjunção entre as duas proposições
4) ou Rogério é professor, ou Renato é professor. é falso

Portanto, as profissões de Ricardo, Rogério e 03. A conjunção entre duas proposições


Renato são, respectivamente: compostas é verdadeira se:
a) professor, médico, músico. a) os valores lógicos de ambas as proposições forem
b) médico, professor, músico. falsos
c) professor, músico, médico. b) se o valor lógico de somente uma das proposições
d) músico, médico, professor. for verdade
e) médico, músico, professor. c) se ambas as proposições tiverem valores lógicos
verdadeiros
d) se o valor lógico de somente uma das proposições
Tabela verdade da "Bi-Implicação" (Se... Somente
for falso
se...):
e) se o valor lógico da primeira proposição for verdade
A bi-implicação é verdadeira se, e somente se seus e o valor lógico da segunda proposição for falso.
componentes são ou ambos verdadeiros ou ambos
falsos. 04. Dentre as alternativas abaixo e considerando
o valor lógico das proposições compostas, a
- Símbolo utilizado na bi-implicação:  única falsa é:
a) (3 + 4 = 7) ou (25% de 60 = 18)
A B AB b) (4 + 4 = 8) e (3 + 5=7)
c) Se (2 + 3 = 4), então (1 + 4 = 3)
V V V d) (1 + 4 = 4) se, e somente se, (2 + 3 = 6)
V F F 05. Se o valor lógico de uma proposição p é
verdade e o valor lógico de uma proposição q é
F V F falso, então:
a) O valor lógico da disjunção entre p e q é falso.
F F V
b) O valor lógico da conjunção entre p e q é verdade.
c) O valor lógico do bicondicional entre p e q é falso

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 13
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
d) O valor lógico do condicional entre p e q, nessa verdadeira e o valor lógico de uma proposição q
ordem, é verdade. é falsa, podemos afirmar que:
a) A conjunção entre as duas é verdadeira.
06. Se o valor lógico de uma proposição p é b) p condicional q é verdadeira.
verdade e o valor lógico de uma proposição q é c) p bicondicional q é falsa
falso, então é correto afirmar que o valor lógico d) A disjunção entre as duas é falsa.
de:
a) p conjunção q é verdade. 12. Sejam as proposições p: 30/1000 = 3% e q:
b) p disjunção q é falso. 25/32 > 79/100 , então a conjunção entre p e q
c) p condicional q é falso. é:
d) p bicondicional q é verdade. a) Inconclusiva.
e) q condicional p é falso. b) Verdadeira.
c) Falsa.
07. Com relação aos conectivos lógicos é correto d) Falsa e verdadeira ao mesmo tempo.
afirmar que:
a) O condicional entre duas proposições cujos valores 13. O valor lógico de uma proposição p é
lógicos são falsos tem valor lógico verdadeiro. verdadeiro e o valor lógico de uma proposição q
b) A conjunção entre duas proposições cujos valores é falso. Nessas condições, o valor lógico da
lógicos são falsos tem valor lógico verdadeiro. proposição composta [(~p ↔ q) → p] ^ ~q é:
c) A disjunção entre duas proposições cujos valores a) Falso
lógicos são falsos tem valor lógico verdadeiro. b) Inconclusivo
d) O bicondicional entre duas proposições cujos c) Falso ou verdadeiro
valores lógicos são falsos tem valor lógico falso. d) Verdadeiro
e) A conjunção entre duas proposições cujos valores
lógicos são verdadeiros tem valor lógico falso. 14. O valor lógico de uma proposição p é
verdadeiro e o valor lógico de uma proposição q
08. Assinale a alternativa incorreta com relação é falso. Nessas condições, o valor lógico da
aos conectivos lógicos: proposição composta (~p → q) ↔ ~q é:
a) Se os valores lógicos de duas proposições forem a) Verdadeiro
falsos, então a conjunção entre elas têm valor lógico b) Inconclusivo
falso c) falso ou verdadeiro
b) Se os valores lógicos de duas proposições forem d) falso
falsos, então a disjunção entre elas têm valor lógico
falso 15. Sejam as proposições
c) Se os valores lógicos de duas proposições forem
p: √9 + √16 = √49
falsos, então o condicional entre elas têm valor lógico
verdadeiro q: 3/7 > 11/25
d) Se os valores lógicos de duas proposições forem
Podemos afirmar que:
falsos, então o bicondicional entre elas têm valor
a) p v q = F
lógico falso
b) p  q = V
e) Se os valores lógicos de duas proposições forem
c) p  q = V
falsos, então o bicondicional entre elas têm valor
d) ~p  q = V
lógico verdadeiro
EQUIVALÊNCIAS LÓGICAS E NEGATIVAS
09. Sabe-se que p, q e r são proposições
compostas e o valor lógico das proposições p e q Dupla negação
são falsos. Nessas condições, o valor lógico da ~ (~p)  p
proposição r na proposição composta Leis de Equivalência de De Morgan
{[q v (q ^ ~p)] v r} cujo valor lógico é verdade,
~ (p  q)  ~p  ~q
é:
a) falso ~ (p  q)  ~p  ~q
b) inconclusivo Equivalências Condicionais
c) verdade e falso
pq  ~(p  ~q)  ~p  q
d) depende do valor lógico de p
e) verdade pq  ~q~p
~(pq)  p  ~q
10. Se o valor lógico de uma proposição p é Outras Equivalências
verdadeiro e o valor lógico de uma proposição q ~pq  p  q  ~qp
é falso então o valor lógico da proposição
p~q  ~p  ~q  q~p
composta [(p → q) v ~p ] ^ ~q é:
a) Falso e verdadeiro ~p~q  p  ~q  qp
b) Verdadeiro
c) Falso 01. Uma sentença logicamente equivalente a “Se
d) Inconclusivo Ana é bela, então Carina é feia” é:
a) Se Ana não é bela, então Carina não é feia.
11. Se o valor lógico de uma proposição p é b) Ana é bela ou Carina não é feia.

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 14
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
c) Se Carina é feia, Ana é bela. 03. Escreva o número que falta:
d) Ana é bela ou Carina é feia. 5 15 45 135 ?
e) Se Carina não é feia, então Ana não é bela.

02. Marque a alternativa que contém uma 04. Escreva o número que falta:
proposição equivalente a “Se João comprou
arroz, então Maria não cortou o cabelo”.
a) “Maria cortou o cabelo ou João comprou arroz.” 1 ?
b) “Se João comprou arroz, então Maria cortou o
cabelo.” 2 11
c) “Maria cortou o cabelo ou João não comprou arroz.”
d) “Se Maria não cortou o cabelo, então João comprou
arroz.”
e) “Se Maria cortou o cabelo, então João não comprou
4 7
arroz.”

03. Marque a alternativa que contém uma 05. Escreva o número que falta:
proposição equivalente a “Se o bebê chora,
então a mamadeira está quente”.
a) “A mamadeira está quente se, e só se, o bebê 4 ?
chora.”
b) “O bebê chora e a mamadeira está quente.”
c) “Se o bebê não chora, então a mamadeira não está
5 25
quente.”
d) “Se a mamadeira está quente, então o bebê chora.”
e) “Se a mamadeira não está quente, então o bebê 6 16
não chora.”

04. A negação da afirmação “Se o cachorro late 06. Escreva o número que falta:
então o gato mia” é: 272 242 212 182 ?
a) se o gato não mia então o cachorro não late.
b) o cachorro não late e o gato não mia. 07. De acordo com a sequencia lógica 3, 7, 7, 10,
c) se o cachorro não late então o gato não mia. 11, 13, 15, 16, 19, 19,..., o próximo termo é:
d) o cachorro late e o gato não mia. a) 20
e) o cachorro não late ou gato não mia. b) 21
c) 22
05. Marque a alternativa que contém a negação d) 23
da proposição “Marcelo canta e toca guitarra”. e) 24
a) “Marcelo não canta ou não toca guitarra.”
b) “Marcelo não canta e não toca guitarra.” 08. Se as letras da sequência A, C, F, J,..., estão
c) “Marcelo não canta ou toca guitarra.” descritas através de raciocínio lógico, então,
d) “Marcelo não canta e toca guitarra.” considerando as 26 letras do alfabeto, a próxima
e) “Marcelo canta ou toca guitarra.” letra da sequência deve ser:
06. Marque a alternativa que contém a negação a) M
da proposição “Paula é feliz ou Lívia é bonita”. b) O
a) Paula é feliz ou Lívia é feia. c) P
b) Paula é triste ou Lívia é bonita. d) N
c) Paula é triste e Lívia é feia.
d) Paula é feliz e Lívia é bonita. 09. Os números 2,3,4,5,8,7,16,9... apresentam
e) Paula é triste ou Lívia é feia. uma sequência lógica. Nessas condições o
décimo primeiro termo da sequência é:
“Para adquirir conhecimento, é preciso estudar, a) 64
mas para adquirir sabedoria, é preciso b) 11
observar.” c) 13
Marilyn vos Savant d) 128

10. Os números 3, 8, 18, 38, 78,... apresentam,


SEQUÊNCIAS E SUCESSÕES nessa ordem, uma sequencia lógica. Nessas
circunstâncias, o sétimo número dessa
01. Escreva o número que falta: sequencia é:
23 26 29 32 ? a) 158
b) 148
02. Escreva o número que falta:
c) 168
3 5 8 12 17 ? d) 318
02. Escreva o número que falta: e) 328

7 14 28 56 ? 11. De acordo com a seqüência lógica 1, A, 3, E,

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 15
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
6, I, 10, M, 15, Q,..., o 12° termo e o 13° termo a) 5
da sequencia, considerando o alfabeto de 26 b) 6
letras, são, respectivamente: c) 3
a) T, 21 d) 8
b) U, 21 e) 4
c) V, 28
d) U, 28 04. De acordo com a sequencia infinita: M, A, T,
e) T, 26 E, M, A, M, A, T, E, M, A,...,
A,... a letra representada
pelo elemento da 145a posição da sequencia é:
12. Analisando os números escritos numa a) T
sequência lógica: 3, 6, 10, 15, 21... podemos b) A
dizer que a soma entre o décimo e décimo c) M
segundo termos é igual a: d) E
a) 133
b) 111
c) 169 QUESTÕES COM CALENDÁRIOS
d) 183
e) 157 01. Se o dia 08 de março de um certo ano foi
uma terça-feira,
feira, então o dia 30 de julho desse
13. Observe atentamente a tabela: mesmo ano foi:
a) uma quarta-feira
b) uma quinta-feira
c) uma sexta-feira
d) um sábado
De acordo com o padrão estabelecido, o espaço e) um domingo
em branco na última coluna da tabela deve ser
preenchido com o número: 02. O ano de 2009 começou em uma quinta- quinta
feira. Se durante este ano não existissem
a) 2
domingos, as semanas teriam apenas 6 dias.
b) 5
Nesse caso, se janeiro continuasse a ter 31 dias,
c) 3
o dia 1º de fevereiro de 2009 não teria caído em
d) 6
um domingo e sim em uma:
e) 4
a) segunda-feira.
b) terça-feira.
14. Uma propriedade lógica define a sucessão:
c) quarta-feira.
JUIZ, FARINHA, MACACO, ABELHA
ABELHA, MALETA, *.
d) quinta-feira.
Sendo assim, assinale a alternativa que substitui
e) sexta-feira.
o asterisco corretamente:
a) PALITO
b) CABELO SEQUÊNCIAS DE IMAGENS
c) JILÓ
d) LOUSA 01.. A figura ilustra um triângulo equilátero.
e) ELEFANTE

SEQUÊNCIAS CÍCLICAS
Todas as alternativas abaixo apresentam figuras
01. Considerando a sequência de fguras @, % ,
geométricas que podem ser se formadas com 6
&, # , @, %, &, #,..., podemos dizer que a figura
triângulos idênticos ao apresentado, EXCETO:
EXCETO
que estará na 117ª posição será:
a) @
b) %
c) &
a) b) c)
d) #
e) $

02. Considerando a sequencia de letras: A, B, D,


E, G, H, J, M, A, B, D, E, G, H, J, M, A, B, D, E, G, H, J,
M; e assim por diante, a sílaba formada pela 134a d) e)
letra e pela 345a letra, nessa ordem, é:
a) MA 02. Indique qual figura continua logicamente a
b) HA sequência abaixo:
c) GE
d) HE

03.. O algarismo da 80ª posição da sequência


lógica: 3, 4, 5, 6, 7, 8, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 3, 4, 5, 6, 7,
8,..., é:

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 16
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral

c)
a) b) c) d) e)

03. Considerando as relações horizontais e d)


verticais entre as figuras:

e)

06.
6. Assinale a alternativa que completa a
sequência de dominós.

Assinale a alternativa que substitui a


interrogação.

PROBLEMAS PROPOSTOS
04.. Essas figuras abaixo apresentam os cinco 01. Assinale a alternativa que substitui
primeiros elementos de uma sequência. A figura CORRETAMENTE a ? na sequência a seguir:
que está na terceira posição, da esquerda para a
direita, pode ocupar a posição
ão de ordem
ordem:

a) LENTILHA
b) LIMÃO
c) LAGOSTIM
a) 90. d) FEIJÃO
b) 154. e) MILHO
c) 240.
d) 381. 02.. Considerando o alfabeto com 26 letras e a
e) 479. regra de formação da sequência abaixo,
ab quais as
duas próximas letras
tras que completam a
05.. Assinale a alternativa que contém a próxima sequência:
figura da sequência. a) K O
b) J I
c) G M
d) M K
e) L N

03. Qual o número que substitui CORRETAMENTE


a ? na sequência [3 9 7 7 11 5 15 ? 19]
a) a) 11
b) 3
c) 6
b) d) 5
e) 7

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 17
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
04. Assinale a alternativa que apresenta, Vimos que para cada um dos dois resultados
respectivamente, a 29ª, 105ª e 1944ª letra da possíveis no 1o lançamento, associamos dois outros
sequência criada , repetindo as letras da palavra possíveis resultados do 2o lançamento.
GENTILEZA na mesma ordem.
a) E- L - A O total de resultados possíveis foi: P = 2 . 2 = 4
b) E - L - E Podemos concluir, portanto, que se um
c) G - I - L determinado evento pode acontecer por várias
d) L - I - A etapas sucessivas e independentes, de modo
e) G - E – N que:
P1 é o número de resultados possíveis da 1a etapa
05. Assinale a alternativa que completa a
P2 é o número de resultados possíveis da 2a etapa
sequência do círculo. .
.
.
Pn é o número de resultados possíveis da n-ésima
etapa
Assim, concluímos que o número total de
resultados possíveis é dado por:
P = P1 . P2 .... Pn  Princípio Fundamental da Contagem
a) S 15
b) T 14 PRINCÍPIO DA ADIÇÃO
c) T 15 Se um elemento A pode ser escolhido de m formas e um
elemento B pode ser escolhido de n formas, então a escolha
d) U 14
de A ou B se realizará de m+n formas, desde que tais
e) U 15 escolhas sejam independentes, isto é, nenhuma das
escolhas de um elemento pode coincidir com uma escolha do
06. Paulo escreve a seqüência 1, 3, 4, 7, 11, 18, outro. Caso coincida devemos subtrair a intersecção.
29,... informando que, a partir do terceiro termo,
ela segue uma determinada regra. Podemos PRINCÍPIO DO PRODUTO
afirmar que os dois termos seguintes da Se um elemento A pode ser escolhido de m formas diferentes
seqüência são respectivamente e se depois de cada uma dessas escolhas, um elemento B
a) 47 e 76 pode ser escolhido de n formas diferentes, a escolha A e B
b) 36 e 47 poderá ser realizada de m.n formas.
c) 38 e 47
d) 46 e 57 PERMUTAÇÃO SIMPLES
e) 45 e 75
É um caso particular de arranjo simples. É o tipo de
agrupamento ordenado onde entram todos os
07. Uma sequência tem 9 números reais, sendo o
elementos.
primeiro 20, e o último, 6. Cada termo da
seqüência, a partir do terceiro, é a média
aritmética de todos os anteriores. Qual é o Pn  n!
segundo termo da seqüência?
a) –8
b) 0 ARRANJO X COMBINAÇÃO
c) 4 Arranjo A ordem altera o resultado.
d) 14
Combinação  A ordem não altera o resultado.
e) 2006

PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CONTAGEM ARRANJO SIMPLES

Quantos são os possíveis resultados obtidos ao n!


se lançar uma moeda para cima? An, p 
- Ao lançarmos a moeda, é possível que ocorram dois (n  p )!
resultados: cara ou coroa.
Agora imagine que iremos lançar a moeda duas ARRANJOS COM REPETIÇÃO
vezes. Quais seriam os possíveis resultados?
- Possíveis Resultados
An*,k  n K
C (C; C)
C
K (C; K) COMBINAÇÃO SIMPLES
1olançamento
C (K; C)
K n!
K (K; K) Cn, p 
p!(n  p )!
2o lançamento

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 18
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
Lançamento de uma moeda
VAMOS PRATICAR
01. Eliane possui 7 malas distintas. De quantas S = { cara, coroa } e n (S) = 2
formas, ela pode escolher 3 malas para uma
viagem? Observação do semáforo
a) 35
S = { verde, vermelho, amarelo } e n (S) = 3
b) 21
c) 10
Lançamento de um dado
d) 6
e) 3 S = { 1; 2; 3; 4; 5; 6 } e n (S) = 6

02. Na formatura dos 8 amigos, eles se


Evento de um experimento aleatório
encaminhavam juntos para a fila na qual
receberiam seus anéis. O número possível de É qualquer subconjunto de seu espaço amostral.
diferentes filas a serem formadas, de modo que
EXEMPLOS
dois desses amigos fiquem sempre juntos, é:
Experimento:
a) 10.080. Lançar um dado e observar a face voltada para cima
b) 5.040. S = { 1; 2; 3; 4; 5; 6 } e n(S) = 6
c) 21. Evento A = Obter um número par.
d) 8. A = { 2; 4; 6 } e n(A) = 3
e) 7. Evento B = Obter um múltiplo de 5
B = { 5 } e n(B} = 1 ( evento elementar )
03. A equipe de ensino em informática de uma Evento C = Obter um número maior que 6
instituição é formada por 8 instrutores e 4 C =  e n(C) = 0 ( evento impossível )
técnicos. De quantas formas, podem ser criadas
equipes que tenham 4 instrutores e 2 técnicos?
a) 6 Probabilidade de um evento
b) 76
Defini-se a probabilidade de um evento de um certo
c) 256
experimento aleatório como sendo o número:
d) 336
e) 420 n(evento )
P (evento )
04. De quantas maneiras distintas, 4 pessoas n(espaçoamos tral )
podem se sentar ao redor de uma mesa
quadrada? Evento Impossível ou Certo
a) 4
Se a probabilidade de um determinado evento é igual
b) 6
a , dizemos que este evento é Impossível, ou seja,
c) 10
este evento nunca ocorre. Já quando a probabilidade
d) 12
de ocorrer um determinado evento é 100% este
e) 16
evento é chamado de evento Certo.
05. O número de maneiras que posso presentear
6 amigos com 6 camisetas diferentes é Evento Complementar
a) 6 Chama-se de evento Complementar de um evento A
b) 36
c) 4320 num espaço amostral S, ao evento A tal que:
d) 720 A=S–A.
e) 66
União de Eventos
PROBABILIDADE Dados dois eventos A e B de um espaço amostral S a
probabilidade de ocorrer A ou B é dada por:
CONCEITOS
Experimento aleatório P ( A  B)  P ( A)  P( B)  P ( A  B)
É todo experimento cujo resultado é imprevisível.
Exemplos: Eventos Mutuamente exclusivos
Lançar uma moeda e observar a face voltada para
Dois eventos A e B de um espaço amostral S são
cima; Observar qual a cor indicada num semáforo;
Jogar um dado e verificar o lado voltado para cima. mutuamente exclusivos se, e somente se, A  B  .

Espaço amostral P ( A  B)  P ( A)  P( B )
É o conjunto de todos os resultados possíveis de um
experimento aleatório. O espaço amostral é Probabilidade Condicional
representado por S, e o seu número de elementos por
Dados dois eventos A e B de um espaço amostral S,
n (S).
chama-se de A condicionada a B, a probabilidade de A
Exemplos: ocorrer sabendo-se que vai ocorrer ou já ocorreu o

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 19
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
evento B. Indica-se por P(A | B). 04. As notas obtidas pelos 10 alunos do curso de
digitação foram as seguintes:
n( A  B ) n( A  B )
P( A | B)  e P ( B | A)  7,0 - 9,0 - 5,0 - 6,0 - 8,0 - 7,0 - 9,0 - 8,0 - 6,0 - 8,0
n( B ) n( A) Escolhendo-se,
se, aleatoriamente, um alunaluno do
curso, a probabilidade de sua nota ser maior que
a média aritmética é:
Intersecção de Eventos
a) 30%.
Dados dois eventos A e B de um espaço amostral S b) 40%.
n( A  B ) c) 50%.
não vazio sabemos que P( A | B)  ; d) 60%.
n( B ) e) 70%.
dividindo o numerador e o denominador p
por n (S),
teremos: 05. Uma urna contém 3 bolas brancas e 3 bolas
P ( A  B )  P ( B ).P ( A | B ) ,
vermelhas. Retirando-sese uma única bola dessa
urna, qual a probabilidade de ela ser vermelha?
verme
a) 1
por analogia: P( A  B)  P( A).P(B | A) b) 1/2
c) 1/3
Eventos Independentes d) 1/4
e) 1/6
Dois eventos A e B de um espaço amostral S são
independentes quando: 06. Uma urna contém 10 bolas. Essas bolas são
de diversas cores, e somente 4 são brancas.
P ( B | A)  P ( B ) e P(A | B)  P( A) Sabe-sese que as bolas diferem, apenas, pela cor.
Retiram-se,
se, ao acaso, duas bolas. A
Logo probabilidade de se obterem duas bolas que não
A e B são
independentes
 P( A  B)  P( A).P( B) sejam brancas é:
a) 2/5
A e B são
dependentes
 P( A  B)  P( A).P( B) b) 1/3
c) 4/5
d) 2/3
e) 1/5
VAMOS RESOLVER PARA APRENDER
01.. Em uma festa, há 10 crianças, sendo 6 PROBLEMAS PROPOSTOS
meninos e 4 meninas. 3 brindes serão sorteados
para as crianças.
s. A probabilidade de as 3 01. No diagrama abaixo, os números foram
crianças ganhadoras dos brindes serem do dispostos segundo um critério. De acordo com
mesmo sexo é: esse critério, que números substituem,
a) 10% respectivamente, os símbolos ▲ e ▼?
b) 15%
c) 20%
d) 25%
e) 30%
a) 24 e 360
02. Uma urna contém seis bolas brancas e b) 18 e 240
quatro bolas vermelhas. Qual a probabilidade de, c) 32 e 280
sendo retiradas duas bolas ao acaso e d) 24 e 480
simultaneamente,
taneamente, as duas bolas serem e) 32 e 480
vermelhas?
a) 1/15 02. Quantos anos somam juntos Mateus, Marcos,
b) 2/15 Lucas e João, se Marcos é 2 anos mais jovem que
c) 3/15 Lucas, Mateus é 25 anos mais velho que João e 5
d) 1/10 anos mais velho que Marcos, e João tem a
e) 2/10 metade da idade de Lucas?
a) 160
03. A probabilidade de Bella ir à praia é 3/5; a b) 155
probabilidade de Ed ir à praia é de 2/5, e a c) 135
probabilidade de ambos irem à praia é de 1/5. d) 150
Estando Bella na praia, a probabilidade
robabilidade de Ed e) 115
também estar é de
a) 1/5 03. Considerando as proposições:
b) 2/5 A: “José fica".
c) 3/5 B: “José sai".
d) 1/3 C: “José perderá o lugar".
e) 2/3 P: “Ou José fica ou, se sair, perderá o lugar".
P pode ser expressa simbolicamente por: por
Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 20
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
a) C →(A ∧ B) apresentada em:
b) A → (B ∨ C) a) III, somente.
c) A →(B →C) b) II e III, somente.
d) A ∧ (B →C) c) I e II, somente.
e) A ∨ (B →C) d) I e III, somente.
e) I, II e III.
04. Considere as sentenças:
A: “Maria é atleta‟. 11. O gráfico a seguir mostra o percentual de
B: “João é cantor". Bolsas de Iniciação recebidas por área em um
Assinale a alternativa que simboliza a proposição determinado período.
“Nem Maria é atleta nem João é cantor".
a) ~ (A ∧ B)
b) ~ A ∨ ~ B
c) ~ A → B
d) ~ A ∧ ~ B
e) ~ ( A ∨ ~ B)

05. A proposição P ∧ Q é equivalente a


a) P → ~ Q
b) ~ (P → ~ Q)
c) ~ Q → P
d) ~ P → ~ Q
e) Q → ~ P
Sabendo que foram distribuídas 200 bolsas,
06. Se as afirmações “Alguma figura geométrica assinale a alternativa CORRETA.
é circular" e “Nenhum polígono é circular
circular" são a) A Área 1 teve a menor quantidade de bolsas; foram
verdadeiras, necessariamente
sariamente é também verdade apenas 4 bolsas.
que: b) A Área 3 recebeu acima da média.
a) alguma figura geométrica não é polígono. c) A Área 6 recebeu a metade do que recebeu a Área
b) algum polígono é figura geométrica. 1.
c) alguma figura geométrica é polígono. d) A Área 5 recebeu a maior quantidade de bolsas;
d) nenhum polígono é figura geométrica. foram 56 ao todo.
e) nenhuma figura geométrica é polígono.
olígono. e) A média de distribuição por área foi 14%.

07. A negação da proposição “toda nuvem é 12. A sequência de números [912 - 824 - 736 -
branca" é a seguinte: 648 - 552 - 464 - ...] foi estabelecida segundo um
a) Nenhuma nuvem é branca. critério.
b) Toda nuvem não é branca. De acordo com esse critério, a diferença entre o
c) Alguma nuvem é branca. 7º e o 8º elemento é
d) Nenhuma nuvem não é branca. a) 88
e) Alguma nuvem não é branca. b) 96
c) 76
08. Maria é mais alta do que José José. João é mais d) 86
baixo do que José. Logo, e) 98
a) Maria é mais baixa do que João.
b) João é mais alto do que Maria. 13. O diagrama abaixo foi formado com as letras
c) João é mais baixo do que Maria de palavra EMBRULHADO que foram fo sendo
d) José é mais baixo do que João. retiradas seguindo uma determinada regra.
e) José é mais alto do que Maria.

09.. Acerca de proposições e seus val


valores lógicos,
assinale a alternativa que NÃO apresenta uma
tautologia.
a) (A ∧ B) → ( A ∨ B)
b) ~ ( A ∨ B) → (~ A ∨ B ) Seguindo essa regra,, a nona letra a ser retirada
c) (A ∧ ~ B) → ~ ( A ∧ B ) é:
d) ( A ∧ B ) ∨ ( ~ B → A ) a) M
e) A ∨ ~ A b) U
c) L
10. Considerando que as proposições lógicas A e d) O
B são Verdadeirasras e a proposição C é Falsa, e) R
analise as proposições compostas:
I. ~A ∨ c 14. Analise as proposições abaixo:
I. Existe urso que não é branco.
II. A → ~C
II. Algum urso não é branco.
III. ( A ∧ C) → ~ B III. Todo urso não é branco.
É VERDADEIRA a proposição
posição composta Existe a negação da proposição “todo urso é

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 21
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
branco” apenas em: a) 24
a) II. b) 120
b) III. c) 720
c) I e II. d) 5040
d) I e III. e) 40320
e) II e III.
21. Seja V o conjunto dos apreciadores de vinho
15. Qual é o próximo número da sequência: 1 2 9 e C o conjunto dos apreciadores de cerveja.
12 19 24 31 ?
a) 33
b) 35
c) 38
d) 39
Sabe-sese que a área sombreada no diagrama não n
e) 42
possui elemento algum, então:
então
a) todo apreciador de vinho, também, aprecia cerveja.
16. Um Órgão ofertou para seus funcionários
b) todo apreciador de cerveja, também, aprecia
cursos de Editor de Texto, Planilha Eletrônica e
vinho.
Editor de Imagem. O resultado das inscrições foi
c) nenhum apreciador de vinho, também, aprecia
o seguinte:
cerveja.
d) algum apreciador
ciador de vinho, também, aprecia
cerveja.
e) algum apreciador de cerveja, também, aprecia
vinho.

22. Se você estudar, então tirará boa nota.


Assim,
a) mesmo que você estude, você não tirará boa nota.
Quantos funcionários farão, apenas, um curso? b) você tirará boa nota, só se você estudar.
a) 130 c) se você não estudar, então você não irá tirar boa
b) 149 nota
c) 150 d) seu estudo é condição suficiente para você tirar boa
d) 217 nota.
e) 243 e) seu estudo é condição necessária para você tirar
boa nota.
17. Uma Secretaria possui 210 funcionários,
composta de apoio, técnicos e fiscais. Sabendo
Sabendo- 23. Se p e q são proposições, então a proposição
se que o número de funcionários de apoio é 1/4 ~p ∧ ~q é equivalente a
da quantidade de técnicos e que os fiscais a) ~p → q
totalizam 2/3 dos funcionários, quantos são os b) ~ (p → ~q)
técnicos? c) ~ ( ~p ∧ ~q)
a) 140 d) ~(p ∨ q)
b) 90 e) p ∨ q
c) 70
d) 56 24. Se os pais de professores são sempre
e) 14 professores, então
a) os filhos de professores nunca são professores
18. Qual desses números não pertence à série 1 b) os filhos de não professores nunca são professores.
- 1 - 2 - 6 – 24 - 100 - 120 – 720? c) os filhos de não professores
pr sempre são
a) 1 professores.
b) 6 d) os filhos de professores sempre são professores.
c) 100 e) os filhos de professores às vezes são professores.
d) 120
e) 720 25. Considerando como verdadeira a declaração:
“se alguém tem amigo, então não chora nunca",
19. Ou o sapato é barato ou Fernanda não é CORRETO concluir que
compra o sapato. Se a sandália não é cara, então a) se alguém não tem amigo, então chora.
o sapato é caro. Se Fernanda compra o sa sapato, b) se alguém não tem amigo, então não chora nunca.
então: c) se alguém chora, então não tem amigo.
a) o sapato é caro e a sandália é barata. d) se alguém não chora nunca, então tem amigo.
b) o sapato não é barato e a sandália é cara. e) se alguém não chora nunca, então não tem amigo.
c) o sapato é barato e a sandália é cara.
d) o sapato é barato e a sandália não é cara. 26. Considere que ou Mônica será atriz, ou
e) o sapato não é barato e a sandália não é cara. Magali será cozinheira, ou Rosinha será
veterinária. Se Chico Bento for agrônomo, então
20. Quantos anagramas podem ser feitos com a Rosinha será veterinária. Se Magali for
palavra POSTAGEM que comecem com a letra G? cozinheira, então Rosinha será veterinária. Ora,

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 22
CURSO DE RACIOCÍNIO LÓGICO | Wattsapp: 81 9.9153.0486 | email: ehcco@yahoo.com.br | @Profeducabral
Rosinha não será veterinária. Sobre isso, é
CORRETO afirmar que
a) Mônica será atriz e Magali não será cozinheira.
b) Chico Bento não será agrônomo e Mônica não será
atriz.
c) Magali não será cozinheira e Chico Bento será
agrônomo.
d) Rosinha não será veterinária e Magali será
cozinheira.
e) Chico Bento será agrônomo e Magali será
cozinheira.

27. Dizer que “todos os piratas são saqueadores"


é FALSA; é logicamente equivalente a dizer que
a) todos não saqueadores são não piratas.
b) pelo menos um pirata não é saqueador.
c) pelo menos um saqueador não é pirata.
d) nenhum pirata é saqueador.
e) nenhum saqueador é pirata.

28. Em uma academia, todos os que fizeram


esteira, antes fizeram alongamento. Como nem
todos fizeram alongamento, pode-se concluir
que
a) alguns fizeram esteira, mas não fizeram
alongamento.
b) alguns fizeram esteira e nenhum fez alongamento.
c) pelo menos um não fez esteira.
d) todos fizeram esteira e alguns não fizeram
alongamento.
e) todos fizeram esteira e nenhum fez alongamento.

29. Considerando como verdadeira a declaração:


“se alguém tem amigo, então não chora nunca”,
é CORRETO concluir que
a) se alguém não tem amigo, então chora.
b) se alguém não tem amigo, então não chora nunca.
c) se alguém chora, então não tem amigo.
d) se alguém não chora nunca, então tem amigo.
e) se alguém não chora nunca, então não tem amigo.

30. Se A, B e C são conjuntos não vazios, sendo


N(X) = número de elementos do conjunto X, é
CORRETO afirmar que das afirmativas abaixo:
I. A ∩ (B ∪ C ) = (A ∩ B) ∪ (A ∩ C)
II. N (A ∩ B) = N (A ∪ ) - N (A) + N(B)
III. Se A ∩ B = Ø , então, obrigatoriamente, A = B = Ø
a) I é verdadeira.
b) I e II são verdadeiras.
c) III é verdadeira.
d) I, II e III são verdadeiras.
e) II e III são verdadeiras.

PROFESSOR EDUARDO CABRAL


- Natural de Caruaru-PE
- Torcedor do Central
- Técnico em Informática
- Professor desde 1995.
- Empregado da Caixa Econômica Federal.
- Formado em Engenharia Eletrônica (UFPE)
- Aprovado nos concursos da Infraero (nível
médio), Caixa Econômica Federal (nível médio) e
Prominp (nível superior).

Rua Dr. Aniceto Varejão, 758 – Candeias - (81) 3376.4135 - contato@centroprofissionalespecial.com.br Página 23