Você está na página 1de 1

O Caráter Cristão

“12Assim, pois, amados meus, como sempre obedecestes, não só na minha presença, porém, muito mais agora, na
minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor; 13porque Deus é quem efetua em vós tanto o
querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. 14Fazei tudo sem murmurações nem contendas, 15para que vos
torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual
resplandeceis como luzeiros no mundo, 16preservando a palavra da vida, para que, no Dia de Cristo, eu me glorie de
que não corri em vão, nem me esforcei inutilmente.” Fp. 2.12-16

Introdução
 A frase “se melhorar estraga” – quando é por nós empregadas?
 Tem coisa melhor que a salvação? Tem como melhorá-la?
 O desenvolvimento da salvação é o melhor testemunho dos cristãos ao mundo

Explicação
1. Obediência obstinada (12)
 Como sempre obedecestes
 Presença e ausência
 Com temor e tremor
2. Transformação pela liberdade concedida por Deus (13)
 Todas as nossas vontades são transformadas por Deus
 É pela boa vontade de Deus que temos a salvação e as coisas advindas dela
3. Constrangimento a não viver como o homem sem Cristo (14)
 A murmuração é fruto de lábios que não adora
 A contenda é fruto uma vida que não entendeu a paz que vem de Cristo
 O problema central do homem é o coração – fábrica de ídolos
4. Viver neste mundo como filho de Deus (15)
 Nossas atitudes devem ser aprovadas pela Palavra de Deus
 Nossas atitudes devem confrontar e se opor ao mundo que vivemos (aplicar a contextualização)
 Somos luzeiros por que temos a luz de Cristo
 O mundo está em trevas por que está sob o efeito da queda
5. Esperar com expectativas a vida futura (16)
 A Palavra de Deus deve ser preservada em nós
 A esperança da vida eterna deve ser nutrida
 Devemos esperar verdadeiras recompensas

Aplicação
1. Há o que nos impedem o desenvolvimento do caráter cristão
 A nossa falta de obediência
 As ofertas do mundo
 As tentações de Satanás
2. Há o que nos impulsionam ao desenvolvimento do caráter cristão
 Vida devocional
 Leitura do mundo de forma correta
 A vocação que nos foi concedida para a glória de Deus
3. Há motivos reais para que desenvolvermos do caráter cristão
 Satisfação pessoal
 Viver com um propósito legítimo neste mundo
 Ter a certeza da vida eterna
 Ter a certeza de recompensas da parte de Deus